A poda e conduo do cafeeiro conilon slide 0

A poda e conduo do cafeeiro conilon

  • Published on
    24-May-2015

  • View
    4.594

  • Download
    29

Transcript

1. Poda e Conduo do Cafeeiro Conilon Ronivon Melanes LeandroConsultor da Casa do Adubo LTDA Extremo Sul da Bahia 2. Poda e Conduo do Cafeeiro Conilon O Caf Conilon uma planta de crescimento continuo, com desenvolvimento de ramos tanto no sentido vertical quanto horizontal, denominados ortotrpicos ou verticais plagiotrpicos ou produtivos,respectivamente. Aps colheitas sucessivas, os ramos produtivos reduzem o seu vigor, no havendo crescimento compensatrio para a manuteno de altas produtividades. 3. Poda e Conduo do Cafeeiro Conilon A vida til dos ramos reduzida devido ao baixo uso de fertilizantes e corretivos, competio com ervas daninhas, idade das plantas e abaixa fertilidade dos solos. A produo s acontece em ramos novos, tornando-se necessrio a realizao da poda, que renovar a lavoura, favorecendo assim altas produtividades. 4. Poda e Conduo do Cafeeiro Conilon Outras finalidades da poda so a recuperao de plantas depauperadas, reduo da altura das plantas e o aumento da produtividade em lavouras com problemas de fechamento, permitindo melhor insolao e criando um ambiente menos favorvel broca e ferrugem. 5. Poda de Produo ou de Frutificao Para indicar uma poda de produo devemos fazer algumas avaliaes: Grau de fechamento da lavoura.Nvel de Depauperamento da planta. Evoluo da produo. Dependncia do produtor em relao a produo Futura. Tipo de Clone. 6. Poda de Produo ou de Frutificao Analisando cada fator citado, chegaremos a concluso se a poda dever ser mais ou menos intensa. A poda de produo dever ser realizada nos ramos que sustentaram trs ou mais produes, salvo se o galho estiver melhor que o broto, sendo assim retira-se o broto e tanta renovar a planta no ano seguinte. 7. Poda de Produo ou de Frutificao Os critrios para escolha dos ramos devem ser analisados considerando cada planta, isoladamente, pois com a tecnologia das mudas clonais existe diferena na arquitetura, no tamanho, na flexibilidade e no vigor que varia de clone para clone. Se o plantio for em linha, pode-se padronizar o critrio da poda, pois as plantas sero idnticas. 8. Poda de Produo ou de Frutificao Assim para cada clone e de acordo com o estande que o espaamento comporta, deveremos definir o nmero de ramos que devero ser podados e o nmero de brotos que devero ficar para renovar a planta. 9. Poda de Produo ou de Frutificao Os Ramos devem ser podados, preferencialmente, altura de 30 a 50 cm da superfcie do solo. Desta forma favorece o desenvolvimento do broto devido a entrada de luz, cote muito baixo desfavorece a organizao dos brotos por falta de espao. 10. 11. Altura do corte adequado 12. Corte muito Baixo 13. Morte por corte baixo 14. Poda de Produo ou de Frutificao Anualmente, juntamente com a poda dos ramos velhos, deve ser feita a desbrota dos ramos estiolados, retirando os brotos que estiverem na planta. Alm da poda e desbrota temos que, fazer uma limpeza dos ramos plagiotrpicos que j produziram mais de 50 %. 15. 16. Poda de Produo ou de Frutificao Em experimentos conduzidos pelo extinto rgo EMCAPA (hoje, INCAPER), em Linhares-ES, obteve-se rendimento mdio de 53,5% superior ao da testemunha, apenas com a incluso da poda nos tratos culturais efetuados na lavoura. A poda mais a adubao juntas acresceram 143,8% a produo das lavouras. 17. Conduo 18. Broto muito Baixo 19. Retirada do Ramo Principal No terceiro ou quarto ano devemos tirar o ramo principal, pois a planta precisar produzir brotos vigorosos para substituir os galhos velhos, quando cortamos o galho principal favorecemos a entrada de luz no meio da planta. 20. Nmero de Ramos Ortotrpicos Podemos trabalhar com mais ramos por hectare quando as plantas so mais jovens, mais devemos diminuir os ramos nas plantas que tenham mais de 4 anos. Menos de 4 anos: 13000 hastes por hectare. Mais de 4 anos: 12000 hastes por hectare. 21. Nmero de Ramos Ortotrpicos Na contagem das 12000 hastes para as plantas adultas devemos contar tambm os brotos, lembrem-se de um ano para o outro eles j so galhos com potencial produtivo. Se no o fizer promoveremos o fechamento da planta por excesso de ramos. 22. Desbrota do Cafeeiro Conilon Aps colheita todos os brotos devem ser retirados, pois geralmente so brotos que surgiram na sombra e ficam estiolados. Em (Set-Out) devemos fazer uma desbrota deixando um broto nos ramos que sairo na prxima poda, se nesses ramos no estiverem surgido brotos deveremos esperar a desbrota de (Jan-Fev). 23. Conduo do Cafeeiro Conilon A funo dos brotos substituir os galhos velhos, portanto em uma planta que possua galhos que vo produzir nesta safra e mais uma ou duas neste no se deve deixar broto. 24. Conduo do Cafeeiro Conilon Como os ramos produzem em media trs colheitas, isso quer dizer que sua vida til de trs anos. Se o ramo produz economicamentetrs anos isso significa que a cada ano devemos substituir 30% dos ramos da planta por brotos, e que no final de trs anos deveremos ter uma planta renovada seguindo assim um ciclo produtivo. 25. Conduo do Cafeeiro Conilon O que realmente ideal em lavouras j implantadas que sofreram fechamento uma poda mais drastica e a conduo dos brotos todos na mesma idade. Esta padronizao favorece a produtividade, facilita o manejo e reduz os custos com poda e desbrota. 26. Conduo do Cafeeiro Conilon quase impossvel dar uma receita de poda e conduo o que vocs iro aprender so dicas importantes, porque cada planta tem uma poda diferente em conseqncia das caractersticas como: Arquitetura das plantas e rigidez dos galhos devido a viabilidade gentica conseguida atravs das mudas clonais. 27. 28. 29. 30. Conduo em tnel 31. Poda Alta 32. Conduo Mantendo a copa 33. Resultado Final 34. Resultado Final 35. 36. 37. Vergamento 38. Resultado do Vergamento 39. Planta adulta com apenas uma haste 40. Conduo do Cafeeiro Conilon 41. Vida til Mdia dos Galhos 42. Planta que foi feito o vergamento 43. 44. Planta em crescimento natural 45. 46. COMPARATIVO 47. Lavoura com manejo inadequado 48. Lavoura Profissional 49. Poda e Limpeza da Planta 50. Varias idades de hastes na mesma planta 51. Duas copas na mesma planta 52. 53. 54. 55. Gema de brotao 56. Brotos estiolados 57. Broto estiolado 58. Corrigindo o nmero de hastes 59. Lavoura bem conduzida 60. Broto estiolado 61. Desbrota e conduo 62. A Casa do Adubo agradece a presena de todos. Ronivon Melanes Leandro [email_address] (73) 9973-4857