Lista de exerccio 1etapa

  • Published on
    04-Jul-2015

  • View
    11.406

  • Download
    27

DESCRIPTION

Lista de exerccio

Transcript

1. Movimento de Assistncia Estudantil (M.A.E.)Fsica Pr-PAAES 1 etapa(CINEMTICA)1) (UFU-PAIES) Em uma estrada reta e horizontal, umjovem casal viaja em um automvel com velocidadeconstante em relao ao solo. Enquanto conversam, umdeles se distrai e deixa cair um objeto pela janela.Desprezando a resistncia do ar, considere asalternativas abaixo referentes trajetria do objeto quecaiu e marque (V) verdadeira ou (F) falsa.1( ) Um arco de parbola, em relao a umobservador parado beira da estrada.2( ) Um segmento de reta vertical, em relao aoautomvel.3( ) Um arco de parbola, em relao s pessoasque viajam no automvel.4( ) Um segmento de reta vertical, independentedo referencial adotado.2.) (Fuvest 91) Adote: velocidade do som no ar = 340m/sUm avio vai de So Paulo a Recife em uma hora e 40 Com base nas informaes dadas, marque, para asminutos. A distncia entre essas cidades afirmativas abaixo, (V) Verdadeira, (F) Falsa ou (SO)aproximadamente 3000km. Sem Opo.a) Qual a velocidade mdia do avio?1 ( ) A corredora A executou um movimento comb) Prove que o avio supersnico. acelerao nula durante toda a corrida, enquanto acorredora B executou3.) (Udesc 97) Um campista planeja uma viagem, no seu um movimento com acelerao constante e negativacarro, para acampar em uma cidade situada a entre 0 e 80 minutos e com acelerao constante e660,0km de Florianpolis. Para tal, considera os seguintespositiva entrefatos:80 e 120 minutos.I. Seu conhecimento de que, para longos percursos, tendo em 2 ( ) A corredora A ultrapassada pela corredora Bvista o tempo gasto com paradas, razovel considerar umaaps 40 minutos de corrida.velocidade mdia de 60,0 km/h, ao calcular o tempo de 3 ( ) A corredora B ultrapassada pela corredora Apercurso; aps 80 minutos de corrida.II. No chegar ao seu destino depois das 17,0h, pois quer 4 ( ) As duas atletas chegam juntas para cruzar a linhamontar seu acampamento luz do dia.de chegada.Conhecendo o problema do motorista campista,DETERMINE:a) o tempo (em horas) que ele calculou gastar no percurso;6) (UFU-PAIES) Em uma estrada reta e horizontal, umb) o horrio de partida de Florianpolis, para chegar no seujovem casal viaja em um automvel com velocidadedestino s 17,0 h.constante em relao ao solo. Enquanto conversam, umdeles se distrai e deixa cair um objeto pela janela.4)Um saveiro, com motor a toda potncia, sobe o rio a Desprezando a resistncia do ar, considere asalternativas abaixo referentes trajetria do objeto que16 km/h e desce a 30 km/h, velocidades essas, medidascaiu e marque (V) verdadeira ou (F) falsa.em relao s margens do rio. Sabe-se que tanto1( ) Um arco de parbola, em relao a umsubindo como descendo, o saveiro tinha velocidade observador parado beira da estrada.relativa de mesmo mdulo, e as guas do rio tinham2( ) Um segmento de reta vertical, em relao aovelocidade constante V. Nesse caso, V, em km/h igualautomvel.a:3( ) Um arco de parbola, em relao s pessoasa) 7,0que viajam no automvel.b) 10 4( ) Um segmento de reta vertical, independentec) 14 do referencial adotado.d) 20e)287) (UFU-PAIES) Considere dois vetores deslocamentos 5)Em uma corrida de rua de 30 km de extenso em prol a e b , cujos mdulos valem 9 m e 12 m,dos direitos das mulheres, duas atletas travam umarespectivamente. Com basenas informaesdisputa apresentadas, assinale para cada afirmao abaixo (V)emocionante, como mostra o grfico abaixo.verdadeira ou (F) falsa.1 2. 1() Se o vetor a estiver no sentido de norte para 4( ) Uma partcula descreve uma trajetria retilnea e sua velocidade varia com o tempo de acordo com asul e b estiver no sentido de leste para oeste, o vetor tabela abaixo:deslocamento resultante da soma a + b estar nat (s)0 24 6 8 10 12direo norte-sul. v (m/s) 10 14182226 30 342() Se o vetor a estiver no sentido de norte para Podemos afirmar que, nesse movimento, a acelerao sul e b estiver no sentido de norte para sul, o vetor vale 4m/s2. deslocamento resultante da soma a + b estar no5( ) O grfico abaixo representa as velocidades deduas partculas A e B quesentido de norte para sul, com mdulo 108 m.3() Se o vetor a estiver no sentido de norte para se movem sobre uma mesma reta e ambas passam porsul e b estiver no sentido de sul para norte, o vetor deslocamento resultante da soma a + b estar noum ponto 0 (zero) da trajetria no instante t = 0.sentido de sul para norte, com mdulo de 3 m.4() Se o vetor a estiver no sentido de norte para V (m/s)Bsul e b estiver no sentido de leste para oeste, o vetor deslocamento resultante da soma a + b estar numa10Adireo mais prxima de leste-oeste do que de norte-sul, com mdulo 15 m.010 20 t (s)8) (UFU-PAIES) Julgue verdadeiro (V) ou falso (F) osDiante disso, podemos afirmar que a partcula B cruzaitens abaixo. com a partcula A no instante t = 10 s.1() Na figura abaixo vemos o velocmetro de umcarro.9) (UFU-PAIES) Na observao do movimento retilneode um objeto, foram anotados os seguintes valores detempo (t) e da posio do objeto (x): t (s) x (m)0,026,30,226,3km/h0,428,50,630,70,832,9Podemos afirmar que a medida da velocidade escalar1,035,1do carro s pode ser expressa por dois algarismos 1,235,1significativos.2( ) Dizer, por exemplo, que a velocidade escalarde um carro em um certo instante de 90 km/h, noCom relao ao movimento do objeto observado,significa que ele vai necessariamente percorrer 90 km assinale (V) para as afirmaes verdadeiras e (F) paraem cada hora. Entretanto, se essa velocidade escalaras falsas.foi permanentemente constante, poderemos afirmar que1() A posio inicial do objeto foi de 26,3 m.o automvel percorrer 90 km em 1h. 2() O deslocamento total do objeto, no intervalo de3( ) O grfico ilustra a posio x em funo do tempo observado, foi de 8,8 m.tempo t de uma partcula, movimentando-se em linha3() A velocidade mdia do objeto foi de 11 m/s.reta durante 100 s. 4() A cada segundo, a velocidade do objeto varioude 11 m/s. X (m)5() Podemos seguramente afirmar que o objetoesteve em repouso durante o intervalo de tempo entre 1001,0 s e 1,2 s. 0100t (s)Podemos ento afirmar que a velocidade com que a10) (UFU-PAIES) Um carro est parado junto a umpartcula vai fazer o percurso durante os 100 s ser 1 m/ semforo em uma rua retilnea e plana. No exatos.momento em que o semforo torna-se verde, o carroparte com acelerao constante. No mesmo instante,2 3. um caminho, com velocidade constante de 36 km/h,4( ) Entre os instantes t = 5 s e t = 7 s, o carro passa na mesma direo e sentido, ultrapassando odesacelerado de 6 m/s2.carro. Os grficos abaixo representam os movimentosdos dois veculos. 12)(UFU PAAES)Duas pedras so abandonadas do repouso, ambas de uma altura de 20 m, porm uma na Terra e outra em Marte. Aps 1 s, elas so observadas nas posies indicadas abaixo.g terra Considerando g terra = 10m / s 2 e g marte = =, 3 marque para as alternativas abaixo (V) Verdadeira, (F) Falsa ou (SO) Sem Opo. 1 ( ) O planeta A corresponde Terra e o planeta B corresponde a Marte. 2 ( ) O mdulo da velocidade da partcula em Marte, 3 s aps ser abandonada, 30 m/s. 3 ( ) A pedra que abandonada na Terra percorreu umaAnalise as alternativas abaixo e marque (V) verdadeira,distncia de 20 m, aps 2 s de queda.(F) falsa ou (SO) sem opo. 4 ( ) Para que a pedra abandonada em Marte adquira uma1 ( ) O carro alcana o caminho no instante t = 20s.mesma velocidade da abandonada na Terra, a pedra em2 ( ) O carro desloca-se com acelerao de 1 m/s 2 e tem Marte deve percorrer uma distncia trs vezes maior que avelocidade de 72km/h ao alcanar o caminho. distncia percorrida pela pedra na Terra.3 ( ) Em t = 10s, a distncia entre o carro e o caminho de 40m.4 ( ) O caminho estar sempre na frente do carro. 13) (UFU) Um balo encontra-se em movimento vertical para cima com velocidade constante de 10 m/s. No exato instante11) (UFU-PAIES) O grfico abaixo representa aem que o balo est a 175 m acima do solo, um passageirovelocidade de um carro, que parte do repouso (em t = solta um pacote e dispara um cronmetro.0), em funo do tempo.Considerando g = 10 m/s 2 , marque a alternativa correta. A) O mdulo da velocidade do pacote ao chegar ao solo 50 m/s. B) O pacote chega ao solo em 7s, aps ter sido solto. C) O pacote gasta 2s para atingir o ponto mais alto de sua trajetria, em relao ao solo. D) Em relao ao solo, a altura mxima atingida pelo pacote 185 m.Com base nos dados fornecidos no grfico, decida secada uma das afirmaes abaixo (V) verdadeira ou (F)V=8m/sfalsa.1() Nos dois segundos iniciais, o carro 14) (UFU-PAIES) Um objeto, a uma altura de 5 m, acelerado, com uma acelerao de 5 m/s2. lanado horizontalmente com velocidade de 8 m/s,2() O deslocamento do carro, entre t = 0 s e t = 45m conforme figura abaixo.s, ser de 20 m.3() A rea sob a curva, entre t = 4 s e t = 5 s, nosfornece a velocidade mdia do carro entre esses doisinstantes, cujo valor de 11 m/s. 3 4. 17)(UFU) Um avio, deslocando-se paralelamente a umaplancie a uma altura H e com velocidade horizontal vo, liberaem um dado instante um artefato.Considerando a acelerao da gravidade 10 m/s2,responda s questes abaixo, assinalando (V) para asafirmaes verdadeiras e (F) para as falsas.1( ) O movimento horizontal independe domovimento de queda do objeto, portanto, a componentehorizontal de sua velocidade ser constante de mdulo8 m/s.2( ) O movimento vertical do objeto independe desua velocidade horizontal, portanto, o tempo necessrio As componentes horizontal (vx) e vertical (vy) da velocidadepara o objeto atingir o solo o tempo de queda livre, ou do artefato no exato instante em que esse artefato passa peloseja, t = 1 s.ponto A, a uma altura p do solo, so:3( ) A distncia horizontal, em que o objeto atingiro solo, ser de 6 m.4( ) O mdulo da velocidade do objeto, ao atingir osolo, ser de 10 m/s.15) (UFU-PAIES) Pedro subiu em um muro, apontouseu estilingue na posio horizontal, a 5 m de altura dosolo, e jogou uma pedra que acertou uma latinhalocalizada a 5 m de distncia da base do muro,conforme figura abaixo.18)(UFU) Em um dado instante t0, um mssil lanadodo solo, com velocidade inicial de 120 m/s formando umngulo de 30em relao ao plano horizontal. Um lanador deantimsseis est posicionado a certa distncia d,conforme a figura.Com base nessas informaes, e considerando g = 10m/s2, assinale (V) para cada afirmativa verdadeira e (F)para cada afirmativa falsa.1( ) A acelerao da pedra, depois do lanamento, de 5 m/s2.2( ) A pedra foi lanada com uma velocidade de 2m/s.3( ) O mdulo da velocidade da pedra ao atingir alatinha de 5 5 m/s.4( ) Aps o seu lanamento, a pedra leva 1,2 spara atingir a latinha.16) (UFU-PAIES) Na Lua, um astronauta lana,horizontalmente, de uma altura de 20 m em relao aosolo lunar, uma pequena rocha com velocidade de 3,0m/s. Considerando a acelerao da gravidade na LuaO valor de d igual posio horizontal em que omssil atinge seu ponto mais alto na trajetria. Alguns1,6 m/s2 e que a Lua desprovida de atmosfera, instantesmarque para as afirmativas abaixo (V) verdadeira ou (F) aps o lanamento do mssil, um antimssil lanadofalsa.verticalmente com velocidade v o1() A rocha vai permanecer em seu movimentohorizontal, pois no vcuo a gravidade no atua sobre o. Considere g = 10m / s 2 despreze a resistncia do ar econsidere tanto o mssil quanto o antimssil como pontoscorpo.materiais.2() A rocha atinge o solo 5,0 s aps ser lanada.3() Durante o movimento, em intervalos de temposDado: 3 =1,7iguais, a rocha tem deslocamentos iguais na direo Com base nessas informaes, faa o que se pede.horizontal. A) Determine o valor da posio horizontal d.B) Calcule em que instante aps o lanamento do4() Na direo horizontal, a rocha atinge o solo amssil, o antimssil deve ser lanado para atingir o mssil25 m do ponto de lanamento.com umavelocidade de 80 m/s. 4 5. 3 ( ) O mximo alcance que Owens poderia atingir com19) Em um jogo da Copa do Mundo de 2002, uma velocidade de mdulo 10 m/s no instante do saltoRonaldinho Gacho preparou-se para bater uma falta. Aera 10m.bola foi posicionada 4 ( ) A mxima altura obtida por Owens em seu saltoa uma distncia de 20m do gol. A cobrana de falta foi seria de 1,25 m, se o mdulo da sua velocidade e ofeita de tal modo que a bola deixou o solo em umangulo de saltodireo que fezfossem, respectivamente, 10 m/s e 30.45o com a horizontal.Dados: g = 10m/s2 e cos 45 = 1/Faa o que se pede.21) (UFU-PAIES) A figura abaixo mostra as trajetriasA) Com que velocidade Ronaldinho chutou a bola,A, B e C de trs bolas de futebol, que aps chutadas,sabendo que ela atingiu sua altura mxima a umaatingem a mesma altura mxima Hmx. Desprezando adistncia horizontal resistncia do ar, marque para as alternativas abaixo (V)de 11,25m de onde a bola foi chutada?verdadeira, (F) falsa ou (SO) sem opo.B) O goleiro, que estava adiantado, pulou, mas noalcanou a bola. Verifique com clculos, se a bola tevealturasuficiente para entrar no gol, sendo a altura oficial dotravesso de 2,44m.20)Os Jogos Olmpicos de 1936 foram realizados emBerlim, na Alemanha, na poca em que Hitler estava nopoder. Apesarde Hitler tentar usar as Olimpadas como instrumento depublicidade de seu regime, que propagava asuperioridade da raaariana sobre as demais, sua maior decepo ocorreu nosalto em distncia e nas corridas, que eram as 1 ( ) A bola que se deslocou pela trajetria A a quemodalidades consideradas teve o menor tempo de vo.fortes da Alemanha. Para irritao do ditador alemo, o2 ( ) A bola C foi lanada com a maior velocidade inicial.atleta negro norte-americano Jesse Owens ganhou3 ( ) As componentes horizontais das velocidades soquatro medalhas de iguais nos trs movimentos.ouro: no salto em distncia (8,06 m), nos 100 m rasos, 4 ( ) Supondo que a bola da trajetria A seja trocada pornos 200 metros rasos e no revezamento 4x100 m. Seu outra de massa menor, a sua trajetria pode serrecorde mundialrepresentada pela curva B (considere que a velocidadeno salto em distncia s foi superado 24 anos depois,e o ngulo de lanamento iniciais da trajetria A seem 1960. mantenham).Sabe-se que o alcance horizontal mximo de um salto dado, na ausncia de foras dissipativas, por22) (UFU-PAIES) Em um movimento circular uniforme, verificou-se que um objeto realizava, exatamente, 3 voltas por segundo num raio de 0,5 m. Decida se cada afirmao abaixo (V) verdadeira ou (F) falsa. 1( ) O perodo de oscilao do movimento 1/3 deem que o mdulo da velocidade no instante do salto,segundo. 2( ) A freqncia do movimento 1,5 Hz.g a acelerao da gravidade local e o ngulo de3( ) A velocidade linear do movimento 6 m/s.salto4( ) A velocidade angular do movimento 3 com a direo horizontal.rad/s.Com base nessas informaes, desprezando-se a aode foras dissipativas, marque, para as afirmativasabaixo, (V)Verdadeira, (F) Falsa ou (SO) Sem Opo.1 ( ) Para que Owens obtivesse a marca de 8,06 m noseu salto em distncia, o mdulo da sua velocidade noinstante do23)UFU-PAIES - modificadosalto deveria ser menor que 10 m/s para um ngulo de () Uma moeda de 5 centavos est sobre umsalto de 30 em relao direo horizontal.disco que se movimenta em rotao. O coeficiente de2 ( ) Para se obter a expresso para o alcance mximoatrito esttico entre a moeda e o disco 0,4. A moedado salto em distncia, deve-se igualar naencontra-se a 4,0 cm do centro do disco. Adotando g = 10 m/s2, podemos afirmar que a velocidade angularexpressomxima do disco 0,4 rad/s.. 24)UFU-PAIES - modificado 5 6. () Podemos afirmar que o movimento circularuniforme de uma partcula um movimento peridico.() Uma partcula em movimento que tem suaacelerao centrpeta constantemente nula estanimada, obrigatoriamente, de um movimentocurvilneo.( ) O movimento de uma partcula tem asSabendo que a Terra gira com velocidade angular w eseguintes caractersticas: supondo que a Terra de forma esfrica com raio R, aI peridico; alternativa que apresenta a relao entre as velocidadesII a acelerao tangencial permanentemente lineares desses dois pontos A e B .nula; vAIII o mdulo da acelerao total constante e A)=2no nulo.vBLogo, podemos afirmar que esse movimento retilneovA 2 3e uniformemente variado. B)=vB 3( ) Em um plano horizontal sem atrito, umavA 1partcula move-se em movimento circular uniforme deC)=velocidade angular , conforme mostra a figura abaixo. vB 2Ao passar pelo ponto D, outra partcula lanada dovA= 3ponto C com velocidade v , ao longo do dimetro CA.D) vbDiante disso, podemos afirmar que o mdulo de v para 4 Rque as partculas colidam em A . BCvRA D25) (UFU-PAAES)Em 10 de setembro de 2008, foi inauguradona Europa o maior acelerador de partculas (LHC), que capaz de acelerar prtons, em um anel de raio 4,5 km, atuma velocidade prxima da luz.Assuma que o movimento do prton seja descrito pelamecnica newtoniana e que possua a velocidade da luz (3 x108 m / s ). Considerando = 3, marque para asalternativas abaixo (V) Verdadeira, (F) Falsa ou (SO) SemOpo.1 ( ) O prton gastar um tempo menor que 10 4 s para daruma volta completa no anel.2 ( ) A freqncia de rotao do prton no interior do anelser 10 5 rotaes por segundo.3 ( ) A velocidade angular do prton ser 10 5 rad/s.4 ( ) O perodo de rotao do prton ser 9 x 10 5 s.26) (UFU) As figuras abaixo representam dois pontos A e Bsobre a superfcie terrestre, em um mesmo meridiano. O pontoA est no equador e o ponto B se encontra no hemisfrionorte a uma latitude de 60.6 7. Movimento de Assistncia Estudantil reao, caso contrrio, a bicicleta no seria (M.A.E.)deslocada. Fsica Pr-PAAES 1 etapa (DINMICA)3) (UFU-PAIES) Um bloco de massa 5kg deslocado sobre uma superfcie horizontal1) (UFU-PAIES) Considere as afirmativasplana, por uma fora horizontal e constanteabaixo que se referem s leis de Newton. F, desenvolvendo um movimento retilneo.Decida se cada uma delas (V) verdadeiraA superfcie horizontal spera e oou (F) falsa.coeficiente de atrito cintico entre a1( ) Para que haja fora, precisosuperfcie e o bloco = 0,04. Sabe-sehaver movimento. Portanto, um objeto de 5que a velocidade do bloco muda de 0,5 m/sKg sobre uma mesa no exerce fora sobre para 2,0 m/s em um intervalo de tempo dea mesa.3s. Use: g = 10 m/s2.2( ) Voc est em um nibus queAnalise as alternativas abaixo e marque (V)anda com velocidade constante e, num verdadeira, (F) falsa ou (SO) sem opo.dado instante, o motorista do nibus freia,1 ( ) A intensidade da fora resultantede forma que voc jogado para a parte da sobre o bloco 2,5N.frente do nibus. Isso ocorre devido 2 ( ) A intensidade da fora F 4,5N.inrcia, como descrito na 1 lei de Newton.3 ( ) A distncia percorrida pelo bloco3( ) Um objeto que descreve um durante o intervalo de tempo de 3s (citadomovimento circular uniforme possui uma acima) 6,45m.acelerao, chamada acelerao 4 ( ) Estando o corpo inicialmente emcentrpeta. Esta muda a direo da repouso, o intervalo de tempo necessriovelocidade e est apontada para o centro para que ele atinja a velocidade de 0,5m/sdo crculo descrito pelo movimento circular de 0,5 s.e, portanto, perpendicular velocidade.4( ) Na figura apresentada abaixo, o 4) (UFU-PAIES) Sobre um bloco de 2 kg,bloco B possui o dobro da massa do bloco inicialmente em repouso, aplicada umaA, no havendo atrito entre o bloco B e afora horizontal de 4N, conforme figuramesa. A acelerao com que os corpos seabaixo. F=4Nmovem ser g/3, sendo g o mdulo da2kgacelerao da gravidade. Sendo o mdulo da acelerao da gravidade local de 10 m/s2, assinale cada afirmao abaixo com (V) se for verdadeira ou (F) se for falsa. 1( ) Se no houver atrito entre o bloco e a superfcie, o bloco no deslizar devido a sua inrcia.2) (UFU-PAIES) Com base nas trs leis de 2( ) Desprezando qualquer atrito, apsNewton lei da inrcia, lei da5 segundos, o bloco ter deslocado 10 m.proporcionalidade entre fora e massa e lei3( ) Se o coeficiente de atrito estticoda ao e reao assinale (V) para asentre o bloco e a superfcie for maior ouafirmaes verdadeiras e (F) para as igual a 0,2, o bloco no se movimentar.falsas.4( ) Se o coeficiente de atrito dinmico1( ) A sensao que uma pessoa tem (ou atrito cintico) entre o bloco e ade estar sendo arremessada para a frente,superfcie for 0,1, a velocidade do bloco,quando o carro em que ela viaja freado aps 10 segundos, ser de 10 m/s.bruscamente, um exemplo da 1a lei deNewton, ou lei da inrcia.2( ) Acelerao e massa sograndezas diretamente proporcionais.3( ) O peso de um objeto depende domdulo da acelerao da gravidade nolocal onde o objeto se encontra.4( ) Quando voc empurra umabicicleta e ela se desloca, a ao supera a5) (UFU-PAIES) Leia com ateno a situao abaixo. 8. A fora resultante, que atua sobre o corpo7)(UFU-PAAES)No antigo Egito, muitosde massa m2 = 10 kg da figura abaixo, 40escravos eram forados a deslocar grandesN. Sabe-se que existe uma fora de atrito pedaos de pedra para a construo dede 12 N entre o corpo de massa m1 e a grandessuperfcie sobre a qual desliza. Adotar g = monumentos como, por exemplo, as10 m/s2 pirmides Quops, Qufren e Miquerinos.Os coeficientes de atrito esttico edinmicoCom estes dados julgue os itens de 1 a 5entre a pedra e o solo so dados, mcomo verdadeiros (V) ou falsos (F). 1respectivamente, por e=0,8 e d=0,6.1() A acelerao do sistema (m1 + Sabe-se, tambm, que cada escravo eram2) vale 4 m/s2.capaz dem2() A trao no fio que une os corpos2 exercer uma tenso T = 1.000 N na cordavale 28 N.(de massa desprezvel) que est presa 3() m1 igual a 12 kg. pedra, como mostra a figura abaixo.4() O coeficiente de atrito entre m1 eo plano vale 0,10.5() O mdulo da fora que o planoexerce sobre o corpo de massa m1 vale120 N.6) (UFU-PAAES) Trs blocos, em movimento,de massas M A =4kg, M B = 4 kg e M C = 2 kg Com base nessas informaes, marque,esto ligados por fios ideais. Um dos fios passapara as afirmativas abaixo, (V) Verdadeira,por uma polia (tambm ideal), conforme figura (F) Falsa ou (SO) Sem Opo.abaixo. 1 ( ) Eram necessrios pelo menos 24escravos para mover a pedra do lugar.2 ( ) Aps o movimento da pedra, eramnecessrios apenas 36 escravos paramant-la em movimento com velocidadeconstante.3 ( ) Com 48 escravos, era possvel movera pedra do lugar e aceler-la a 1 m/s2.4 ( ) Aps deslocar a pedra do seu lugar,no era mais necessrio que os escravosO coeficiente de atrito cintico entre os blocoscontinuassem puxando a corda para apedra se movimentar.de massas M B e M C e a mesa .Considerando g = 10 m/s 2 , marque para asalternativas abaixo (V) Verdadeira, (F) Falsa ou(SO) Sem Opo.1 ( ) O mdulo da tenso do fio entre os blocosde massas M B e M C o mesmo que o do fioque est conectado ao bloco de massa M A .2 ( ) A acelerao do bloco de massa M B duas vezes maior que a do bloco de massa M A.3 ( ) O valor da tenso do fio entre os blocos de 8) (UFU-PAIES) Considere um bloco demassas M B e M C T = 10 N.massa M sobre um plano inclinado, sem4 ( ) A acelerao do bloco de massa M A atrito, conforme figura a seguir.2,5m/s 2 . 9. D) ambos os objetos possuiro a mesma velocidade. 10) Um recipiente cilndrico vazio foi pendurado em uma mola de massa desprezvel. Diferentes quantidades de gua foram sendo colocadas nesse cilindro para a determinao da constante elstica da mola. O grfico abaixo mostra a fora F aplicada mola pelo peso do cilindro com gua como funo da elongao (x) da mola. Quando havia 2,1 kg de gua no cilindro, a mola apresentava 10 cm de elongao.Sobre o bloco, pode atuar uma fora,perpendicular superfcie inclinada doplano, no sentido indicado na figura acima.O plano inclinado mantido fixo.Considerando o mdulo da acelerao dagravidade local igual a g, marque para asalternativas abaixo (V) verdadeira, (F) falsaou (SO) sem opo.1 ( ) Se F = 0 , o bloco descer o planoinclinado com velocidade constante.Considerando g = 10 m/s 2 , a alternativa que2 ( ) Se F = 0 , ao se duplicar a massa M fornece a massa do cilindro (vazio) e ado bloco, sua acelerao tambm se constante elstica da mola, respectivamente, .duplicar. A) 0,4 kg e 500 N/mB) 1,0 kg e 250 N/m3 ( ) Se F 0 e 0 < < 90, haver umC) 0,4 kg e 250 N/m D) 1,0 kg e 500 N/mvalor de para o qual o bloco ficar emrepouso no plano inclinado.11) Na figura a seguir, fios e polias so ideais, e4 ( ) Se houvesse atrito (coeficiente de o sistema est em repouso. Cortado o fio 3,atrito ), o mdulo da fora de atrito entre o aps t segundos o corpo C atinge o solo. Osbloco e o plano inclinado seria dado por corpos A, B e C tm massas, respectivamente, ( Mg cos + F . ) 5,0kg, 8,0kg e 12,0kg. Adotando g = 10 m/s2 e desprezando a resistncia do ar, podemos afirmar que o valor de t e a trao no fio 2 valem, respectivamente:( 1s e 6m/s2)9) UFU Dois objetos pequenos de massas m1 em2, tal que m2 = 2m1, esto fixos a molasidnticas de constantes elsticas iguais a k.Essas molas esto igualmente comprimidas deuma distncia x, na horizontal, sobre umasuperfcie sem atrito, conforme a figura.Aps esses objetos serem soltos, pode-seafirmar que, ao perderem contato com amola (no ponto em que asmolas no esto nem comprimidas nemdistendidas),A) ambos os objetos possuiro a mesmaquantidade de movimento (momentolinear).B) esses dois objetos possuiro a mesma12) (UFU-PAAES-modificado)energia cintica.() Um carro de massa m = 1600 kgC) o objeto de massa m1 ter o dobro daencontra-seem movimento circularvelocidade daquele de massa m2.uniforme, na pista plana e horizontal 10. ABCDA (ver figura abaixo), com velocidade pndulo simples. No instante em que aescalar de 20 m/s. Com essa velocidade, o esfera passa pelo ponto mais baixo de suacarro se encontra na situao limite para trajetria, a velocidade vale 2 m/s. A figurafazer a curva. Dado g=10m/s2. O grfico 2 representa o mesmo conjunto, emque representa a resultante das foras querepouso. Adotar g = 10 m/s2.atuam no carro ao longo da trajetria dado abaixo.L = 1mL = 1mPodemos afirmar que o raio da pista e o Figura 1Figura 2coeficiente de atrito crtico valem,respectivamente, 200 m e 0,2.Com isso, podemos afirmar que a trao no() Um corpo viaja a uma velocidade 7fio da figura 1 vezes maior do que aconstante V (escalar) em uma estrada 5horizontal em curva circular de raio R, trao no fio da figura 2.conforme figura abaixo. O coeficiente deatrito esttico entre os pneus e a superfcie 13) (UFU-PAAES-modificado)da estrada . Acelerao da gravidadelocal g.Podemos afirmar que a expresso da( ) Considerando a figura abaixo,velocidade escalar mxima que o carro cuja alavanca AB est apoiada no ponto O,pode atingir sem comear a derrapar pode-se afirmar que, para equilibr-la,gRdeve-se pendurar, na extremidade B, 10 .(dez) bloquinhos de 0,2 Kg de massa cada. Adote g = 10 m/s2. R v() A figura abaixo mostra uma barrargida e homognea com 2,0 N de peso,articulando-se, sem atrito, no ponto O. SeUm menino pe para girar, em um plano pendurarmos um bloco A com 4,0 N devertical, uma pedra que pesa 5,0 N, presa a peso, no meio da barra, poderemos afirmarum fio, fazendo com que ela descreva umaque o valor da trao no fio que equilibra ocircunferncia de 0,90 m de raio. Adotar g =sistema 3,0 N. 2m10 m/s2.fioCom estes dados responda os dois itensseguintes. o() Se a velocidade da pedra, noponto mais alto da curva, for menor do que3,0 m/s, poderemos afirmar que a pedra Ano cair.() No ponto mais baixo da trajetriada pedra, poderemos afirmar que, quantomaior for a velocidade da pedra, maior sera trao do fio. Movimento de Assistncia Estudantil() A figura 1 representa uma esfera(M.A.E.)suspensa por um fio inextensvel deFsica Pr-PAAES 1 etapacomprimento L = 1 m, oscilando como um 11. (Trabalho-Energia Mecnica- Impulso- Os planos horizontais encontram-se a 10 m quantidade de movimento)e 30 m do solo, conforme desenhado. A regio entre os dois planos horizontais1)(UFU) Um corpo de massa M = 2 kg estforma uma superfcie com um perfil de raioem repouso em um plano horizontal queR = 40 m. Considere todas as superfciespossui um coeficiente de atrito cintico sem atrito e g = 10 m/s2.igual a 0,2. Uma fora F, tambm A) Determine a menor velocidade v0, parahorizontal, de mdulo varivel de acordo que a bola consiga atingir o planocom o grfico, passa a atuar sobre o corpo horizontal mais alto (H = 30 m).fazendo-o percorrer uma distncia de 8 m.B) Qual o trabalho realizado pela foraSendo g = 10 m/s2, no final do percurso agravitacional sobre a bola, quando ela seenergia cintica do corpo de:desloca do plano horizontal mais baixo para o plano horizontal mais alto? C) Qual o mdulo da fora de reao do F (N) piso sobre a esfera no ponto mais baixo da sua trajetria (ponto P), se sua velocidade 7 naquele ponto for igual a 30 m/s? 5 4) (UFU) Uma partcula de massa igual a 1,0 kg abandonada (sem velocidade 08d (m) inicial) em A e desliza, sem atrito, ao longo do trilho com a forma mostrada na figura abaixo. A parte ABC circular. No trajeto a partcula encontra uma mola deformada, de massa desprezvel, de constante elstica ka) 4 J b) 8 Jc) 16 J d) 36 J e) 48 J = 200 N/m. Considere a energia potencial gravitacional nula no ponto B (ponto mais2) (UFU) Um objeto de massa 0,9 Kg baixo da trajetria). Sabe-se que a energiaarremessadohorizontalmente,com potencial gravitacional no ponto A vale 8 J.velocidade inicial v0 = 8 m/s em direo a Adote g = 10 m/s2. Nestas condies, pede-uma elevao de altura H. Do outro lado da se:elevao, a uma altura h = 1,2 m do solo,A) O raio R.encontra-se uma mola de constanteB) O mdulo da fora exercida pelaelstica k = 100 N/m. Desprezando-se superfcie sobre a partcula, no ponto B.todos os efeitos de atrito, calcule: C) A deformao mxima sofrida pelaA) a altura H mxima para que o objeto mola.consiga atingir o topo da elevao.B) a mxima compresso da mola, se oobjeto partir do repouso, da altura H, para olado da mola, atingindo-a.Dado: Adote a acelerao da gravidade g =10 m/s2.3) (UFU) Uma esfera de massa M = 4 kg edimenses desprezveis movimenta-sesobre um plano horizontal, no sentidoindicado na figura abaixo. 5) (UFU) O esquema abaixo representa o movimento de um corpo de 500 g que desce uma rampa sem atrito, a partir do repouso, e percorre uma distncia d no plano horizontal at parar. 12. percorrer uma distncia d = 0,5 m. Use g = V0 = 010 m/s2.0,50 mARd m Sendo g = 10 m/s2 e 0,25 o coeficiente de R M atrito no plano horizontal, a distncia d, em metros, igual a: a) 2,5 b) 2,0 c) 1,0 d) 0,50 e) 0,25 d 6) (UFU-PAIES) O objeto 1, de massa M = Calcule: 2kg, parte do repouso na extremidadea) A velocidade do conjunto imediatamente superior de um morro (ponto A) a umaaps a coliso. altura H = 45m. Ele desliza sem atrito atb) A fora resultante, admitida constante, o ponto B onde colide elasticamente com o sobre o conjunto durante o percurso objeto 2, de massa m = 1 kg, que estava horizontal. inicialmente em repouso, conforme figurac) O coeficiente de atrito de deslizamento abaixo. O objeto 2 adquire velocidade apsentre a superfcie horizontal e o sistema o impacto e sobe outro morro, cuja altura, bloco-pea cilndrica. h = 50m. O trecho de B at C apresenta atrito. 8) (UFU) A fora resultante que atua em um objeto de massa 2 kg, em movimento retilneo, dada pelo grfico a seguir. F (N) 6 4 2 0 1 2 3 4 5 t (s)2 Considerando g = 10m/s , calcule: A) A velocidade do objeto 1 imediatamente antes do impacto. Se a velocidade inicial desse objeto de 1 B) A velocidade do objeto 2 imediatamente m/s, ao final dos 5 s apresentados, vale: aps o impacto, sabendo que, nesteA) 0,6 B) 21 C) 6D) 10 E) 11 instante, o objeto 1 continua seu movimento no mesmo sentido, com uma velocidade de 10 m/s. C) O trabalho realizado pela fora de atrito que atua no objeto 2, sabendo-se que este pra, exatamente, no topo do segundo morro (ponto C). 7) (UFU) Uma pea cilndrica, de massa m9) (UFU-PAIES) O grfico abaixo = 0,2 kg, parte do repouso em A,representa o mdulo da fora aplicada em deslizando pela pista circular lisa de raio R um bloco de massa 4 kg, inicialmente em = 0,8 m. Na posio mais baixa, ela repouso, em funo da posio do bloco. O encrava em um bloco de massa M = 0,6 kg,bloco desloca-se sem atrito num plano que estava parado. O conjunto pra aps horizontal. 13. 4( ) Durante a descida, na ausnciade atrito, o momento linear (quantidade deF (N) movimento) e a energia cintica da pessoase mantm constantes.4 11) (UFU) Um bloco A, de massa M = 2 kg,encontra-se preso a uma mola ideal, deconstante elstica igual a 32 N/m. Quando0 8 x (m) a mola encontra-se no seu comprimentonatural, esse bloco fica em contato com umbloco B, tambm de massa M = 2 kg, comomostra a figura abaixo.Assinale(V)paraas afirmativasverdadeiras e (F) para as falsas.1() A acelerao do bloco de x = 0 mat x = 8 m de 1 m/s2.2() O trabalho da fora aplicada entrex = 0 m e x = 8 m nulo.3() A velocidade do bloco aps x = 8A mola , ento, comprimida de 1m, comom de 4 m/s. na figura abaixo, e abandonada, sofrendo o4() A quantidade de movimento bloco A uma coliso elstica com o bloco(momento linear) do bloco aps x = 8 m B.nula.5() A energia mecnica do bloco nose conserva durante todo o movimentoapresentado.10) (UFU-PAIES) Uma pessoa usandopatins parte do repouso, do topo de umaelevao de 20 m. Veja a descrio dessaConsiderando as superfcies de contatotrajetria apresentada na figura abaixo.sem atrito e o bloco B inicialmente emrepouso, assinale a alternativa correta.A) A energia cintica do bloco A,imediatamente antes do choque com obloco B, ser igual a 32 J.B) O momento linear (quantidade demovimento) do bloco B, imediatamenteaps a coliso, ser de 8 kg.m/s.C) Haver conservao da energiaOs pontos A e C representados na figura mecnica total do sistema durante aencontram-se na altura zero.coliso, mas a quantidade de movimentoSe a massa da pessoa com os patins de (momento linear) do sistema no se60 kg e, sendo a acelerao da gravidade gconservar.= 10m/s2, decida se cada afirmao abaixo D) Haver conservao da quantidade de (V) verdadeira ou (F) falsa.movimento (momento linear) do sistema1() Desprezando-se o atrito, adurante a coliso, mas a energia mecnicavelocidade da pessoa, ao atingir o ponto A, total do sistema no se conservar.ser de 20 m/s.2() Desprezando-se o atrito, se noponto B h um barril de 40 kg, inicialmenteparado,ea pessoaao baterhorizontalmente no barril zere suavelocidade, a energia cintica do barril no 12) (UFU) Uma partcula de massa m eponto C ser de 13000 J.velocidade de mdulo igual a V0, movendo-3() Supondo-se que na descida dase em um plano horizontal liso, colide eelevao, devido s derrapagens, aadere totalmente a outra partcula, tambmvelocidade da pessoa, ao atingir o ponto Ade massa m, suspensa por um fio ideal de de 10 m/s, essa pessoa atingir o ponto comprimento L, como mostra a figura. ApsB.a coliso, o conjunto atinge uma altura 14. mxima H igual a 80 cm. Usando g = 10 m/ massa M2. O deslocamento das esferass2, determine o valor de V0, desprezando o ocorre sem rolamentos. Aps o choque, asefeito do ar.duas esferas deslocam-se juntas e esse deslocamento ocorre sem atrito. L L2m m V0 HA acelerao da gravidade no local de 10 m/s2. Sendo a massa M1 duas vezes maiorm que M2, a altura em relao base (linha tracejada) que as duas esferas iro atingir ser de: A) 0,9 m. B) 3,6 m. C) 0,8 m. D) 1,2 m.13) (UFU) Joo, em um ato de gentileza,empurra uma poltrona para Maria, que a 15) (UFU) A figura mostra os grficosespera em repouso num segundo planovelocidade tempo dos movimentos dehorizontal (0,8 m abaixo do plano de Joo).duas bolas que colidem seguindo umaA poltrona tem uma massa de 10 kg emesma direo.Maria tem uma massa de 50 kg. O cho to liso que todos os atritos podem serV(m/s)desprezados. 6B A 3B 0 A t(s)A poltrona empurrada de A para B,partindo do repouso em A. Joo exerceuma fora constante igual a 25 N, nadireo horizontal. Em B a poltrona solta, a) Faa a figura da coliso antes e depoisdescendo a pequena rampa de 0,8 m de do choque.altura. Quando a poltrona chega com umab) Calcule o coeficiente de restituio ecerta velocidade (v) em Maria, ela senta-seclassifique o choque.rapidamente na poltrona, sem exercermBqualquer fora horizontal sobre ela, e o c) Calcule a relaodas massas dasmAsistema poltrona + Maria escorrega nosegundo plano horizontal.partculas.Considerando a acelerao da gravidadecomo 10 m/s2, calcule:A) o trabalho realizado por Joo nopercurso AB.B) a velocidade (v) da poltrona ao chegarem Maria.C) a velocidade do sistema poltrona +Maria, aps Maria sentar-se na poltrona.14) (UFU) Uma pequena esfera de massa16) (UFU-PAAES-modificado)M1, inicialmente emrepouso,abandonada de uma altura de 1,8 m de () fornecido o grfico, quantidadealtura, posio A da figura abaixo. Essa de movimento X tempo de uma partcula deesfera desliza sem atrito sobre um trilho, massa 2 kg que se move em trajetriaat sofrer um choque inelstico com outraretilnea. Podemos afirmar que o mdulo daesfera menor, inicialmente parada, defora resultante e o trabalho realizado por 15. ela sobre a partcula nos primeiros 4 s,valem, respectivamente, 4 N e 64 J. p (kg.m/s)16t (s) 04( ) O grfico abaixo representa avariao da velocidade de uma partcula demassa m = 4,0 kg, em funo do tempo. Omovimento da partcula retilneo. Otrabalho realizado pela fora resultanteentre os instantes t = 0 e t = 2 s foi de 600J. Podemos afirmar que o momento linearda partcula, no instante t = 2 s, vale 80 kgm/s. v (m/s)10 0 t (s)2