Viver Conectado - Red

  • Published on
    06-Mar-2016

  • View
    3

  • Download
    0

DESCRIPTION

1

Transcript

1Ensino mdio Dissertao argumentativaViver conectado A conexo em tempo integral provoca srias transformaes. Os especialistas se dividem quando se trata de prever como sero os indivduos do futuro. Uns acreditam que a tecnologia os tornar mais hbeis, capazes de desenvolver mltiplas tarefas; outros apostam em pessoas distradas menos capazes de reter informaes. At a fronteira entre o on-line e off-line j est sendo destruda a partir de smartphones. Ser que aprenderemos a lidar com tanta transformao em nossa existncia? Leia os textos que seguem e escreva sobre o tema. Texto 1O futuro da rede social Passei a segunda-feira no parque. O cu estava limpo em So Paulo. Sossego completo, mas o celular estava no bolso. Os dedos coaram para postar uma foto no Instagram, consequentemente no Facebook e ter a receptividade instantnea daquilo que estava acontecendo comigo, sozinha, naquele momento. Postei. O que essa fora estranha? [...]O parque estava cheio de desconhecidos, sem nenhuma relao comigo. Abro o celular e resolvo ver o que estava sendo postado ali por outras pessoas. Fotos de bebs. Ces. Amigos ao sol. Em minutos descubro pessoas, seus amigos, namorados e parentes. Elas esto ao meu redor, mas tambm entregam suas vidas a outro ambiente e para desconhecidos. Assumem a vida virtual e passam a construir outra existncia sem se dar conta de que h algum as observando. [...]Callum Haywood um programador britnico de 18 anos que perce-beu, por acaso, a face mais delicada dessa nova realidade. Ele mexia com a Graph API do Facebook, que puxa posts pblicos e utilizada massivamente para a criao de aplicativos, quando viu mensagens constrangedoras. A descoberta de Callum virou o We Know What Youre Doing, site que lista declaraes comprome-tedoras e pblicas postadas no Facebook. H posts sobre bebedeiras, uso de drogas e pessoas falando mal do chefe. Tudo com foto, localizao e os likes dos amigos. [...]2O Facebook est no centro destas preocupaes. A rede social tem quase um bilho de usurios em todo o mundo, e uma plataforma aberta interessante, viciante e rentvel. [...] E no so poucos os insatisfeitos. [...]. E por que no conseguimos nos livrar? Porque quase todos esto nelas 87% das empresas usam pelo menos uma rede social, segundo uma pesquisa da Burson-Marsteller. No Brasil, 99% das mulheres entre 45 e 54 anos que usam a internet esto em redes sociais. Quase todos os brasileiros conectados (92%), de todas as idades, usam redes sociais em casa ou no trabalho. [...] O mundo caminha rumo eliminao entre on-line e off-line. Com isso, o mundo que ganha uma camada social permanente. Pode parecer futurismo exagerado, mas o que j existe parte do princpio que, agora, pouco importa se voc est ou no no computador. A sua prpria existncia j produz infor-mao e voc ocupa simultaneamente um espao no mundo real e outro no virtual.Um tnis da Nike conectado ao iPod manda dados sobre uma corrida para um site que cria estatsticas, e as conquistas so publicadas no Facebook e comentadas pelos amigos. Tudo conectado, sem que se precise intervir. [...]A questo imediata, porm, pode ser definida em uma palavra: conscincia. [...]Tatiana de Mello Dias. O Estado de S. Paulo. 30 jul. 2012.Texto 2A relao entre as pessoas mediada por uma relao entre mquinas. H uma necessidade maior de conscincia do seu corpo e da relao com outras pessoas. Se voc no tem a conscincia de que tem uma existncia virtual, fica complicado ter controle sobre a sua prpria vida.Gilson Schwartz, socilogo.Texto 3 [...] um dilema moderno, e Google e Facebook insistem em dizer que a privacidade acabou. Mas no bem assim. Por um lado, estamos, sim, despejando informaes sobre ns mesmos sem perceber. Por outro, estas mesmas informaes facilitam bastante a utilizao de servios e ferramentas digitais em nosso dia a dia.Qual a melhor sada, ento? Ficar completamente off-line? Escolher a rede social que melhor se encaixa em seu perfil e especificar bem o que publica l? Entender que o mundo agora assim mesmo e no se preocupar com nada que voc coloca na internet? Todas essas sadas so solues radicais e no parecem ser o melhor a ser feito. [...] Creio que o segredo est no entendimento de como cada rede funciona de acordo com seus hbitos. [...]A internet em si uma rede social e este momento redes sociais que vivemos h dez anos h de ser diludo entre milhares de servios e sites. [...] As principais dicas sobre o uso de redes sociais valem para quase tudo na vida: use com moderao e prefira a variedade.http://blogs.estadao.com.br/alexandre-matias/2012/07/29/dicas-para-lidar-com-a-onipresenca-das-redes-sociais/3Texto 4 Multitarefa Crebro permanece um mistrio para as reas de estudo[...] Educadores, psiclogos e neurocientistas ainda no chegaram a um consenso quanto forma como nosso crebro trabalha para valer. Uns creem que o pensamento linear e que no fomos equipados para multitarefa, enquanto outros afirmam que a massa cinzenta feita para funcionar em rede e em vrias frentes de pensamento, contrariando as noes pedaggicas de linearidade.Segundo Maria Aparecida Mamede, professora emrita da PUC-Rio nas reas de educao e psicologia, estudos recentes comprovam que o crebro est constantemente se construindo e que toda a filosofia de ensino deveria sofrer uma reengenharia, abandonando a noo da sequencialidade de pensamentos e tarefas e abraando a vastido de possibilidades do intelecto.Mas h quem discorde, como Cacilda Amorim, psicloga e psicoterapeuta comportamental, diretora do Instituto Paulista de Dficit de Ateno. Segundo ela, o que os sistemas operacionais apresentam como maravilha o trabalho com vrias janelas abertas ao mesmo tempo acaba se tornando uma armadilha, pois nos leva a crer que o crebro multitarefa. E as pessoas acabam se frustrando por viverem na iluso de que podem fazer vrias coisas ao mesmo tempo. [...]http://oglobo.globo.com/economia/cerebro-permanece-um-misterio-para-areas-de-estudo-3282775Proposta de redaoCom base em sua vivncia e nas ideias expressas nos textos lidos escreva uma dissertao argu-mentativa sobre o seguinte tema: Como lidar com as transformaes provocadas pelo domnio da tecnologia. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opinies para defender seu ponto de vista e suas propostas. Seu texto deve ser escrito na modalidade padro da lngua portuguesa e no ultrapassar 30 linhas. Neusa Maria ArajoProfessora de lngua portuguesa no ensino mdio