Uso de Prottipos de Interface

  • Published on
    05-Jul-2015

  • View
    183

  • Download
    0

Transcript

Uso de Prottipos de InterfaceProttipos podem ser entendidos como sendo uma representao grfica, no necessariamente funcional, de um sistema em fase de projeto, seja construo ou re-engenharia. A utilizao de prottipos pode seguir vrias abordagens: a prototipagem exploratria, a prototipagem experimental e a prototipagem evolutiva. [1] Na prototipagem exploratria, vrias opes de projetos (prottipos) so avaliadas para que a equipe de projeto possa expressar claramente como o futuro software deve funcionar ou parecer. O objetivo esclarecer os requisitos funcionais e os requisitos do usurio com relao ao sistema. Os projetistas passam a ter uma percepo mais completa da rea de aplicao e das tarefas que devem ser executadas pelos usurios. [1] Na prototipagem experimental, por sua vez, as vrias opes de projetos so avaliadas sob o ponto de vista tcnico de implementao. O objetivo experimentar alternativas de projeto que utilizam diferentes tecnologias e avaliar a viabilidade de implementar o futuro sistema utilizando uma ou outra tecnologia ao analisar variveis como desempenho e outros aspectos tcnicos.[1]

Na prototipagem evolutiva as opes de projeto evoluem de forma incremental. Os projetistas assumem que o projeto est em constante evoluo e, portanto, pode ser modificado de acordo com o surgimento de novos requisitos ou alteraes nos requisitos j existentes. [1] A prototipagem evolutiva permite que os requisitos sejam levantados e especificados progressivamente durante o desenvolvimento do projeto, o que oferece alta flexibilidade e visibilidade para os clientes. No entanto, como o modelo em Espiral (modelo de ciclo de vida), este modelo tambm requer acompanhamento muito criterioso e bem feito. Alm disso, necessrio que o desenho seja de excelente qualidade para que a estrutura do produto no se degenere ao longo dos prottipos. [3]

Prottipos de baixa fidelidadeOs prottipos de baixa fidelidade so aqueles que no se assemelham com o produto final (Rogers, Sharp, Preece 2002). Estes prottipos so teis para a explorao e testes na fase inicial de desenvolvimento do sistema. So prottipos simples, baratos e de fcil produo e alterao facilitando deste modo a explorao e teste de idias. Estes tipos de prottipos nunca so desenvolvidos com o objetivo de serem incorporados no produto final. Na prototipagem de baixa fidelidade alguns dos principais compromissos estabelecidos so: o sistema no funciona e o prottipo no se assemelha com o sistema final. [2]

Prottipos de alta fidelidadeOs prottipos de alta fidelidade so aqueles que se assemelham com o produto final. Esses prottipos utilizam as mesmas tcnicas e materiais que o sistema final (Rogers, Sharp, Preece 2002). So os prottipos indicados quando os objetos so a venda do sistema ou o teste de problemas tcnicos. Na prototipagem de alta fidelidade tambm se efetuam compromissos, sendo os principais o fato de o prottipo ter funcionalidades limitadas e os requisitos no funcionais, normalmente, no estarem implementados. [2]

Prottipos de mdia fidelidadeAgrega caractersticas de baixa-fidelidade e de alta-fidelidade com a finalidade de unir as vantagens dessas duas classes de prottipos (Leone et al., 2000; Engelberg & Seffah, 2002). De um lado, prottipos de baixa-fidelidade no suportam a simulao do comportamento da futura interface a partir da interao direta do usurio com a soluo proposta. A ausncia de interao direta, como dito anteriormente, prejudica a qualidade do feedback fornecido por usurios e especialistas, e faz com que essa classe de prottipo no seja adequada para representar interfaces que exigem alta complexidade em termos de interao usurio-sistema. Por outro lado, o uso de prottipos de alta-fidelidade exige, dos projetistas, conhecimento tcnico especfico para manipular linguagens de programao (ou ferramentas complexas), o que torna o processo de construir e modificar esses prottipos custosos e difceis. Do ponto de vista do usurio, este pode sentir-se inibido a fazer sugestes de melhoria na interface do prottipo de alta-fidelidade por acreditar que esta j foi finalizada. [1]

Fontes: [1] [2] http://www.redenet.edu.br/noticia/index.php http://pt.wikipedia.org/wiki/Prototipagem#Prototipagem_evolutiva

[3] http://concurseiros.13.forumer.com/a/metodologia-de-desenvolvimento-desistemas_post10357.html

Recommended

View more >