UP TCC Implementacao BI Open Source

  • Published on
    29-Oct-2015

  • View
    82

  • Download
    1

Transcript

  • UNIVERSIDADE POSITIVO

    ESPECIALIZAO EM BUSINESS INTELLIGENCE

    IMPLEMENTAO BI OPEN SOURCE

    CURITIBA

    2013

  • EDUARDO PHILIPPI ELTON HARRISSON ESTEFANSKI

    Implementao BI Open Source

    Trabalho de Concluso de Curso

    apresentado ao Curso de

    Especializao em Business

    Intelligence da Universidade Positivo.

    Orientador: Leandro Henrique Souza.

    CURITIBA

    2013

  • III

    SUMRIO 1. INTRODUO ............................................................................................ 9

    2. METODOLOGIA ....................................................................................... 10

    2.1. LISTA DE EMPRESAS QUE USAM PENTAHO NO BRASIL ............. 14

    3. PLANO DE PROJETO .............................................................................. 17

    3.1. VISO GERAL DO PROJETO ............................................................ 17

    3.2. OBJETIVO DO PROJETO .................................................................. 17

    3.3. PROCESSO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO ......................... 18

    3.4. DETALHAMENTO DAS FASES .......................................................... 18

    3.4.1. INICIAO ................................................................................... 21

    3.4.1.1. ENTENDIMENTO DO MODELO DE NEGOCIO DA EMPRESA21

    3.4.1.1.1. Entender a necessidade do cliente ........................................ 21

    3.4.1.2. ANLISE DA SUA VIABILIDADE .............................................. 21

    3.4.1.2.1. Vender a ideia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo) ............ 21

    3.4.1.2.2. Levantamento de Recursos (Sw da empresa) ....................... 21

    3.4.2. PLANEJAMENTO ......................................................................... 22

    3.4.2.1. DEFINIO DETALHADA DE REQUISITOS ........................... 22

    3.4.2.1.1. Mapeamento dos dados do sistema ...................................... 22

    3.4.2.1.2. HW's para Desenvolvimento .................................................. 22

    3.4.3. EXECUO.................................................................................. 23

    3.4.3.1. ANLISE ................................................................................... 23

    3.4.3.1.1. Definies das Vises de Negcios ....................................... 23

    3.4.3.2. IMPLANTACAO SERVIDOR .................................................. 23

    3.4.3.2.1. Configurao do Servidor ...................................................... 23

    3.4.3.3. IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS ..................................... 26

    3.4.3.3.1. Banco de Dados SGDB (MySQL) .......................................... 26

    3.4.3.4. DESENVOLVIMENTO MODELAGEM ................................... 34

    3.4.3.4.1. Modelagem Star Schema ....................................................... 34

    3.4.3.5. DESENVOLVIMENTO - ETL e DW ........................................... 34

    3.4.3.5.1. Pentaho Data Integration (PDI ou Kettle) ............................... 34

    3.4.3.6. DESENVOLVIMENTO METADADOS .................................... 41

    3.4.3.6.1. Pentaho Metadata Editor (PME) ............................................ 41

    3.4.3.7. DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAP .................................... 50

  • IV

    3.4.3.7.1. Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian) ................ 50

    3.4.3.8. DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS ...................... 59

    3.4.3.8.1. Pentaho Report Designer (PRD) ............................................ 59

    3.4.3.8.2. Pentaho Reporting ................................................................. 69

    3.4.3.9. DESENVOLVIMENTO - VISOES ANALITICAS ........................ 72

    3.4.3.9.1. Analysis View ......................................................................... 72

    3.4.3.9.2. Saiku Analytics ....................................................................... 75

    3.4.3.9.3. OpenI Olap Data Visualization ............................................... 77

    3.4.3.10. TESTE.................................................................................... 79

    3.4.3.10.1. Testa a Aplicao ................................................................... 79

    3.4.3.10.2. Corrige Erros .......................................................................... 79

    3.4.3.10.3. Pequenos Ajustes .................................................................. 79

    3.4.3.11. IMPLANTAO ..................................................................... 79

    3.4.3.11.1. Qualificar Funcionrios Treinamentos ................................. 79

    3.4.3.11.2. Mudana nas Atividades e Cultura ......................................... 80

    3.4.4. MONITORAMENTO E CONTROLE ............................................. 80

    3.4.4.1. SUPORTE ................................................................................. 80

    3.4.4.1.1. Acompanhamento .................................................................. 80

    3.4.4.1.2. Alteraes e Mudanas .......................................................... 80

    3.4.4.1.3. Feedback ............................................................................... 80

    3.4.5. ENCERRAMENTO ....................................................................... 80

    3.4.5.1. FINALIZAO ........................................................................... 80

    3.4.5.1.1. Concluso do Projeto ............................................................. 80

    3.4.5.1.2. Novos Contratos para Manuteno ........................................ 80

    4. APRENDIZADOS ...................................................................................... 81

    5. CONCLUSO ........................................................................................... 83

  • V

    NDICE DE ILUSTRAO FIGURA 01 GRFICO DE ESTTICAS COMPARATIVAS DE TENDNCIA11

    FIGURA 02 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A

    PALAVRA: PENTAHO ..................................................................................... 11

    FIGURA 03 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A

    PALAVRA: BUSINESS OBJECTS ................................................................... 12

    FIGURA 04 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A

    PALAVRA: COGNOS ....................................................................................... 13

    FIGURA 05 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A

    PALAVRA: HYPERION .................................................................................... 14

    FIGURA 06 TABELA COM DEPOIMENTOS SOBRE PENTAHO ................. 16

    FIGURA 07 WBS ........................................................................................... 19

    FIGURA 08 DESCRIO DAS FASES. ....................................................... 20

    FIGURA 09 MODELO RELACIONAL DA EMPRESA. .................................. 22

    FIGURA 10 IMPLANTACAO - SERVIDOR. .................................................. 24

    FIGURA 10.1 IMPLANTACAO - SERVIDOR. ............................................ 24

    FIGURA 10.2 IMPLANTACAO - SERVIDOR. ............................................ 25

    FIGURA 10.3 IMPLANTACAO - SERVIDOR. ............................................ 26

    FIGURA 11 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ..................................... 27

    FIGURA 11.1 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 27

    FIGURA 11.2 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 28

    FIGURA 11.3 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 28

    FIGURA 11.4 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 29

    FIGURA 11.5 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 29

    FIGURA 11.6 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 30

    FIGURA 11.7 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 30

    FIGURA 11.8 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 31

    FIGURA 11.9 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. .............................. 31

    FIGURA 11.10 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ............................ 32

    FIGURA 11.11 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ............................ 32

    FIGURA 11.12 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ............................ 33

    FIGURA 11.13 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ............................ 33

    FIGURA 11.14 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS. ............................ 34

  • VI

    FIGURA 12 MODELAGEM STAR SCHEMA. ................................................ 34

    FIGURA 13 JOB AUTOMATIZAO DAS ELT`S. ..................................... 35

    FIGURA 13.1 ETL001 - CARGA INICIAL (TB_CLIENTE). ........................ 35

    FIGURA 13.2 ETL002 - CARGA INICIAL (TB_FUNCIONARIO). .............. 35

    FIGURA 13.3 ETL003 - CARGA INICIAL (TB_PRODUTO). ...................... 36

    FIGURA 13.4 ETL004 - CARGA INICIAL (TB_VENDA). ........................... 37

    FIGURA 13.5 ETL005 - CARGA INICIAL (TB_ORCAMENTO). ................ 37

    FIGURA 13.6 ETL006 - CARGA INICIAL (TB_ITEM_ORCAMENTO). ...... 38

    FIGURA 13.7 ETL007 - UPDATE NA FATO. ............................................. 38

    FIGURA 13.8 ETL008 - UPDATE NA FATO. ............................................. 39

    FIGURA 13.9 ETL009 - DESMEMBRAR A MTRICA VE_DESCONTO... 39

    FIGURA 13.10 ETL010 UPDATE NA FATO. .......................................... 40

    FIGURA 13.11 ETL011 CARGA INICIAL DA DIMENSO TEMPO. ....... 41

    FIGURA 14 DESENVOLVIMENTO METADADOS (PME). ........................ 41

    FIGURA 14.1 CONEXO (PME). .............................................................. 42

    FIGURA 14.2 IMPORTANDO TABELAS. .................................................. 43

    FIGURA 14.3 CONFIGURAO STAR SCHEMA. ................................... 44

    FIGURA 14.4 CONEXO FSICA E DE NEGOCIO/METADADOS. .......... 44

    FIGURA 14.5 EXIBIR CAMPOS OCULTOS. ............................................. 45

    FIGURA 14.6 CONFIGURAO DE TIPO DE VARIVEL. ...................... 45

    FIGURA 14.7 CRIANDO UM CAMPO CALCULADO. ............................... 45

    FIGURA 14.8 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 46

    FIGURA 14.9 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 46

    FIGURA 14.10 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 46

    FIGURA 14.11 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 47

    FIGURA 14.12 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 47

    FIGURA 14.13 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR

    MASCARAS. ................................................................................................. 47

    FIGURA 15 PUBLICANDO NO SERVIDOR. ................................................. 48

  • VII

    FIGURA 15.1 CONEXO EM PENTAHO ADMINISTRATION. ................. 48

    FIGURA 15.2 CONFIGURANDO PUBLICAO. ...................................... 49

    FIGURA 15.3 MODELO DISPONVEL PARA CONSULTA. ...................... 50

    FIGURA 16 DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAP. .................................... 50

    FIGURA 16.1 NOVO SCHEMA. ................................................................ 51

    FIGURA 16.2 SALVANDO O XML. ............................................................ 51

    FIGURA 16.3 CRIANDO UM CUBO. ......................................................... 52

    FIGURA 16.4 INCLUINDO A TABELA FATO. ........................................... 52

    FIGURA 16.5 INCLUINDO A DIMENSO PERODO. ............................... 53

    FIGURA 16.6 CRIADO A HIERARQUIA PERODO. ................................. 54

    FIGURA 16.7 INCLUINDO A TABELA TB_DIM_TEMPO. ......................... 54

    FIGURA 16.8 CRIANDO O NVEL ANO. ................................................... 55

    FIGURA 16.9 ADICIONANDO UMA MEDIDA. .......................................... 55

    FIGURA 16.10 INCLUINDO OS OUTROS NVEIS NA HIERARQUIA

    PERODO. .................................................................................................... 56

    FIGURA 16.11 INCLUINDO A DIMENSO PRODUTO, ORAMENTO E

    MTRICA VALOR. ....................................................................................... 56

    FIGURA 16.12 PUBLICANDO. .................................................................. 57

    FIGURA 16.13 PUBLICANDO. .................................................................. 57

    FIGURA 16.14 PUBLICANDO. .................................................................. 58

    FIGURA 16.15 PUBLICANDO. .................................................................. 58

    FIGURA 16.16 PUBLICANDO. .................................................................. 58

    FIGURA 17 DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS (PRD). ........... 59

    FIGURA 17.1 WIZARD. ............................................................................. 59

    FIGURA 17.2 CONEXO. ......................................................................... 60

    FIGURA 17.3 CONEXO. ......................................................................... 60

    FIGURA 17.4 CRIANDO A QUERY PARA RECUPERAR DADOS. .......... 61

    FIGURA 17.5 EDITOR DE QUERYS. ........................................................ 61

    FIGURA 17.6 EDITOR DE QUERYS. ........................................................ 62

    FIGURA 17.7 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. ............................ 62

    FIGURA 17.8 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. ............................ 63

    FIGURA 17.9 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. ............................ 63

    FIGURA 17.10 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. .......................... 64

    FIGURA 17.11 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. .......................... 64

  • VIII

    FIGURA 17.12 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO. .......................... 65

    FIGURA 17.13 RESULTADO. ................................................................... 66

    FIGURA 17.14 EDIO. ............................................................................ 67

    FIGURA 17.15 SALVANDO. ...................................................................... 67

    FIGURA 17.16 PUBLICANDO. .................................................................. 68

    FIGURA 17.17 PUBLICANDO. .................................................................. 68

    FIGURA 17.18 PUBLICANDO. .................................................................. 69

    FIGURA 17.19 RESULTADO NO PUC...................................................... 69

    FIGURA 18 CRIANDO RELATRIOS PELO PUC. ...................................... 69

    FIGURA 18.1 ESCOLHENDO O PACOTE. ............................................... 70

    FIGURA 18.2 CONFIGURANDO OS GRUPOS E OS DETALHES. .......... 70

    FIGURA 18.3 ALTERANDO MASCARAS E TIPO DE AGREGAO. ...... 71

    FIGURA 18.4 CONFIGURANDO CABEALHO E RODAP. ................... 71

    FIGURA 18.5 RESULTADO FINAL. .......................................................... 72

    FIGURA 19 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM JPIVOT ..................... 72

    FIGURA 19.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO JPIVOT

    ...................................................................................................................... 73

    FIGURA 19.2 - MODELOS DE GRAFICOS NO JPIVOT .............................. 73

    FIGURA 19.3 - CONFIGURAO GRAFICA NO JPIVOT ........................... 74

    FIGURA 19.4 - RESULTADO NO JPIVOT ................................................... 74

    FIGURA 20 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM SAIKU ....................... 75

    FIGURA 20.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO SAIKU 75

    FIGURA 20.2 - TIPOS DE GRAFICOS NO SAIKU ....................................... 75

    FIGURA 20.3 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 01 .......................................... 76

    FIGURA 20.4 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 02 .......................................... 76

    FIGURA 20.5 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 03 .......................................... 76

    FIGURA 21 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM OPENI OLAP ............ 77

    FIGURA 21.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO OPENI 77

    FIGURA 21.2 - TIPOS DE GRAFICOS NO OPENI ...................................... 78

    FIGURA 21.3 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 01 ......................................... 78

    FIGURA 21.4 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 02 ......................................... 78

    FIGURA 21.5 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 03 ......................................... 79

  • 9

    1. INTRODUO

    Hoje muito se fala em BI (Business Intelligence), conceito que se tornou

    generalizado no mundo dos negcios, a ideia transformar dados em

    informao e informao em conhecimento, possibilitando controle e autonomia

    para tomada de decises de forma gil e assertiva.

    A tecnologia indispensvel neste processo, existem hoje no mercado

    diferentes solues pagas de BI que se propem a ajudar as empresas a tomar

    as decises mediante dados recolhidos pelos diversos sistemas de informao,

    as mais conhecidas so: SAP Business Object, IBM Cognos, Oracle Hyperion,

    porm o custo para a implementao elevado.

  • 10

    2. METODOLOGIA

    O objetivo deste trabalho implantar uma soluo de BI de baixo custo

    utilizando uma ferramenta Open Source. A plataforma escolhida foi a Pentaho

    por englobar todas as fases de um BI, o Pentaho um projeto desenvolvido na

    linguagem Java e existe em duas verses, Pentaho Community Edition (CE) e

    Pentaho Enterprise Edition (EE), a primeira tem suporte da comunidade

    Pentaho, a segunda verso comercial e possui suporte da empresa Pentaho.

    Para esboar o quanto o Pentaho est sendo procurado usamos o

    Google Trends para extrair estatsticas comparativas de tendncia, podemos

    ver a crescente busca pela palavra Pentaho comparada com as ferramentas

    pagas nos ltimos anos, na analise as palavras usadas foram: pentaho,

    cognos, hyperion, business object.

    (Os nmeros no grfico refletem o nmero de pesquisas efetuadas

    para um determinado termo, em relao ao nmero total de pesquisas

    efetuadas no Google ao longo do tempo. No representam os nmeros

    absolutos referentes ao volume de pesquisa, porque os dados so

    normalizados e apresentados numa escala de 0 a 100. Cada ponto no

    grfico dividido pelo ponto mais elevado, ou 100. Quando no temos

    dados suficientes, apresentado o nmero 0. Os nmeros junto aos

    termos de pesquisa acima do grfico so resumos ou totais.)

    Fonte: https://support.google.com/trends/answer/87285?hl=pt-

    BR&ref_topic=13975

  • 11

    FIGURA 01 GRFICO DE ESTTICAS COMPARATIVAS DE TENDNCIA

    Fonte: http://www.google.com.br/trends/explore#q=pentaho%2C%20%20business%20object%2C%20%20cognos%2C%20%20hyperion&cmpt=q

    FIGURA 02 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A PALAVRA: PENTAHO

    Fonte: http://www.google.com.br/trends/explore#q=pentaho%2C%20%20business%20object%2C%20%20cognos%2C%20%20hyperion&cmpt=q

  • 12

    FIGURA 03 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A PALAVRA: BUSINESS

    OBJECTS

    Fonte:

    http://www.google.com.br/trends/explore#q=pentaho%2C%20%20business%20

    object%2C%20%20cognos%2C%20%20hyperion&cmpt=q

  • 13

    FIGURA 04 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A PALAVRA: COGNOS

    Fonte: http://www.google.com.br/trends/explore#q=pentaho%2C%20%20business%20object%2C%20%20cognos%2C%20%20hyperion&cmpt=q

  • 14

    FIGURA 05 GRFICO DE TERMOS MAIS PROCURADOS COM A PALAVRA: HYPERION

    Fonte: http://www.google.com.br/trends/explore#q=pentaho%2C%20%20business%20object%2C%20%20cognos%2C%20%20hyperion&cmpt=q

    2.1. LISTA DE EMPRESAS QUE USAM PENTAHO NO BRASIL

    Empresas que usam o Pentaho dentro de algum nvel da sua

    organizao, por Marcio Junior Vieira Diretor de Tecnologia da Ambiente Livre

    (Publicado em 10 de maio de 2013).

    Nenhuma informao das descritas foi adquirida por trabalhos

    realizados nestas empresas e sim por conversar com desenvolvedores

    que trabalham nestas empresas e relataram o uso de algum

    componente da suite ou palestras e eventos que apresentaram cases.

    Bancos e Instituies Financeiras

    o Caixa Econmica Federal

    o Banco do Brasil

  • 15

    Usinas Hidroeltricas

    o Itaipu Binacional

    Outras Instituies de Governo

    o Senado Federal

    o Serpro

    o Correios (iniciando)

    o SESI e Federao das Indstrias

    o Prodeb

    o Tecpar

    o Exercito Brasileiro

    o Ministrio das Comunicaes

    o CGU

    o Governo do Estado do Rio de Janeiro

    Transporte

    o Viao 1001

    Indstria e Distribuidores Alimentcios

    o MDias Branco

    Prefeituras

    o Prefeitura Municipal de Fortaleza

    Empresas e Entidades de Sade

    o Secretaria de Sade de Goias

    o SESPA Secretria Estadual de Sade do Par.

    Empresas de Telecomunicaes

    o GVT

    Indstria Automotiva

    o Renault

    Mdias de Rdio, TV, Internet.

  • 16

    o Globo.com

    Universidades

    o UFBA

    o UFPR

    o CAPES

    Fonte: http://blogs.ambientelivre.com.br/marcio/lista-de-empresas-que-

    usam-pentaho-no-brasil/

    FIGURA 06 TABELA COM DEPOIMENTOS SOBRE PENTAHO

    Fonte: http://www.pentaho.com/customers/

    Ns substitumos nossa arquitetura rgida para uma soluo flexvel com Pentaho

    Data Integration permitindo o processamento de mais fontes, mais volume e mais

    facilmente. Estamos muito satisfeitos com Datalytics e sua implementao

    especializada de Pentaho

    Pentaho Business Analytics permite Fundacin Telefnica e seus parceiros para

    gerir o programa de forma mais eficiente e ajuda as assistentes sociais a tomar

    medidas mais especficas para erradicar o trabalho infantil.

    No Travian Games experimentamos diariamente com inovaes jogo de browser,

    com o objetivo de definir as novas tendncias de jogos para o futuro. Pentaho

    Business Analytics nos ajuda a dar sentido e tirar concluses a partir do enorme

    volume de jogos de dados que fluem para o nosso negcio a cada dia e garante que

    ganhar o mximo de benefcio possvel a partir deste ativo altamente valioso.

    Atravs da nossa relao com a Pentaho, as empresas podem agora tirar partido de

    uma plataforma lder para anlise de negcios Hadoop e integrao de dados, como

    uma parte da Dell Apache Hadoop Solution, com servidores Dell, software e

    recursos de rede facilmente e rapidamente implantar um fim-soluo de ponta para

    grandes anlises de dados , disse John Igoe, Diretor Executivo do solues de

    nuvem da Dell." As organizaes podem comear a resolver desafios de negcios

    por meio da anlise de dados, com acesso a servios de treinamento e Pentaho.

    Alguns depoimentos extrados da pgina do pentaho

    A maior rede de ATM na Argentina

    Programa de ao social que visa erradicar o trabalho infantil na Amrica Latina

    Top alem navegador desenvolvedora de jogos

    DELL

  • 17

    3. PLANO DE PROJETO

    Este projeto tem como objetivo a criao de um BI para a empresa

    Bunese considerando as seguintes fases: Configurao de banco de dados,

    Modelagem Dimensional, ETL, Metadados, Gerao de cubos olap e relatrios.

    Como ferramenta de BI ser utilizada a sute Pentaho Opensource e banco de

    dados MySql.

    3.1. VISO GERAL DO PROJETO

    A empresa Bunese uma micro empresa de pequeno porte que atua no

    ramo de metalrgica e projetos arquitetnicos. Hoje a empresa conta com

    pouco mais de 20 colaboradores e est atuando desde 1978.

    A empresa Bunese faz vendas pela web e loja fsica, onde o cliente pode

    solicitar um oramento diretamente pelo site ou indo ao show room da

    empresa. Aps solicitar o oramento o arquiteto vai ao local onde o cliente

    deseja o projeto e realiza todos os estudos e medies necessrias, aps 2

    dias o cliente informado do seu oramento.

    Com isso se faz necessrio acompanhar indicadores estratgicos assim

    como gerar relatrios dirios, para gerar relatrios todas as informaes so

    extradas diretamente do banco transacional o que gera lentido no banco

    assim como falta de agilidade por parte dos analistas em responder as

    demandas por informao.

    3.2. OBJETIVO DO PROJETO

    Utilizando o banco de dados transacional da empresa Metalrgica

    Bunese implantar uma soluo Pentaho BI opensource considerando cada

    ponto:

    ETL (Pentaho Data Integration Kettle PDI);

    Data Warehouse (banco de dados MySQL);

    Servidor Pentaho Business Intelligence Server (Pentaho Administrator

    Console 'PAC');

    Pentaho User Console ('PUC');

  • 18

    Metadados (Pentaho MetaData Editor PME);

    Relatrios (Pentaho Report Designer - 'PRD');

    Cubos OLAP (Pentaho Analysis - 'Mondrian');

    Dashboards (Pentaho Design Studio).

    3.3. PROCESSO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO

    As atividades e tarefas do projeto devem ser corretamente analisadas e

    controladas para que este seja bem sucedido. As atividades devem ser

    divididas, os riscos precisam ser avaliados, os custos calculados, o tempo deve

    ser calculado, os requisitos necessrios devem ser levantados e assim por

    diante como ser demonstrado nos tpicos a seguir.

    3.4. DETALHAMENTO DAS FASES

    Na figura 2 apresentado a WBS do Projeto, em seguida na tabela 6

    apresentado descrio das fases.

  • 19

    FIGURA 07 WBS

    FONTE: Os autores.

    Projeto BI

    INICIAO

    ENTENDIMENTO DO MODELO DE NEGOCIO DA EMPRESA

    Entender a necessidade do cliente

    ANLISE DA SUA VIABILIDADE

    Vender a idia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo)

    Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    PLANEJAMENTODEFINIO DETALHADA DE

    REQUISITOS

    Mapeamento dos dados dos sistema

    HW's para Desenvolvimento

    EXECUO

    ANLISE Definies das Vises de Negcios

    IMPLANTACAO - SERVIDORConfigurao do Servidor e suite

    Pentaho

    IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS Banco de Dados SGDB (MySQL)

    DESENVOLVIMENTO - MODELAGEM Modelagem Star Schema

    DESENVOLVIMENTO - ETL e DWPentaho Data Integration (PDI ou

    Kettle)

    DESENVOLVIMENTO - METADADOS Pentaho Metadata Editor (PME)

    DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAPPentaho Schema Workbench (PSW

    ou Mondrian)

    DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS

    Pentaho Report Designer (PRD)

    Pentaho Reporting

    DESENVOLVIMENTO - VISOES ANALITICAS

    Analysis View

    Saiku Analytics

    OpenI Olap Data Visualization

    TESTE

    Testa a Aplicao

    Corrige Erros

    Pequenos Ajustes

    IMPLANTAO

    Qualificar Funcionrios -Treinamentos

    Mudana nas Atividades e Cultura

    MONITORAMENTO E CONTROLE SUPORTE

    Acompanhamento

    Alteraes e Mudanas

    Feedback

    ENCERRAMENTO FINALIZAO

    Concluso do Projeto

    Novos Contratos para Manuteno

  • 20

    FIGURA 08 DESCRIO DAS FASES.

    NOME RELACAO DEPENDENCIA INICIO FIM DURACAO

    INICIAO 01/01/2013 26/02/2013 41 dias

    ENTENDIMENTO DO MODELO DE NEGOCIO DA EMPRESA 01/01/2013 09/01/2013 7 dias

    Entender a necessidade do cliente Successor Vender a idia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo) 01/01/2013 09/01/2013 7 dias

    ANLISE DA SUA VIABILIDADE 10/01/2013 26/02/2013 34 dias

    Vender a idia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo) Predecessor Entender a necessidade do cliente

    10/01/2013 06/02/2013 20 dias Successor Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    Predecessor Vender a idia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo)

    07/02/2013 26/02/2013 14 dias Successor Mapeamento dos dados dos sistema

    Successor HW's para Desenvolvimento

    PLANEJAMENTO 27/02/2013 18/03/2013 14 dias

    DEFINIO DETALHADA DE REQUISITOS 27/02/2013 18/03/2013 14 dias

    Mapeamento dos dados do sistema Predecessor Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    27/02/2013 18/03/2013 14 dias Successor Definies das Vises de Negcios

    HW's para Desenvolvimento

    Predecessor Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    27/02/2013 12/03/2013 10 dias Successor Configurao do Servidor e suite Pentaho

    Successor Banco de Dados SGDB (MySQL)

    EXECUO 13/03/2013 05/08/2013 104 dias

    ANLISE 19/03/2013 29/04/2013 30 dias

    Definies das Vises de Negcios Predecessor Mapeamento dos dados dos sistema

    19/03/2013 29/04/2013 30 dias Successor Modelagem Star Schema

    IMPLANTACAO - SERVIDOR 13/03/2013 26/03/2013 10 dias

    Configurao do Servidor Predecessor HW's para Desenvolvimento 13/03/2013 26/03/2013 10 dias

    IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS 13/03/2013 19/03/2013 5 dias

    Banco de Dados SGDB (MySQL) Predecessor HW's para Desenvolvimento 13/03/2013 19/03/2013 5 dias

    DESENVOLVIMENTO - MODELAGEM 30/04/2013 13/05/2013 10 dias

    Modelagem Star Schema Predecessor Definies das Vises de Negcios

    30/04/2013 13/05/2013 10 dias Successor Pentaho Data Integration (PDI ou Kettle)

    DESENVOLVIMENTO - ETL e DW 14/05/2013 10/06/2013 20 dias

    Pentaho Data Integration (PDI ou Kettle) Predecessor Modelagem Star Schema

    14/05/2013 10/06/2013 20 dias Successor Pentaho Metadata Editor (PME)

    DESENVOLVIMENTO - METADADOS 11/06/2013 24/06/2013 10 dias

    Pentaho Metadata Editor (PME)

    Predecessor Pentaho Data Integration (PDI ou Kettle)

    11/06/2013 24/06/2013 10 dias Successor Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian)

    Successor Pentaho Report Designer (PRD)

    Successor Pentaho Reporting

    DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAP 25/06/2013 08/07/2013 10 dias

    Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian)

    Predecessor Pentaho Metadata Editor (PME)

    25/06/2013 08/07/2013 10 dias Successor Analysis View

    Successor Saiku Analytics

    Successor OpenI Olap Data Visualization

    DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS 25/06/2013 01/07/2013 5 dias

    Pentaho Report Designer (PRD) Predecessor Pentaho Metadata Editor (PME) 25/06/2013 01/07/2013 5 dias

    Pentaho Reporting Predecessor Pentaho Metadata Editor (PME) 25/06/2013 01/07/2013 5 dias

    DESENVOLVIMENTO - VISOES ANALITICAS 09/07/2013 15/07/2013 5 dias

    Analysis View

    Predecessor Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian)

    09/07/2013 15/07/2013 5 dias Successor Pequenos Ajustes

    Successor Corrige Erros

    Successor Testa a Aplicao

    Saiku Analytics Predecessor Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian) 09/07/2013 15/07/2013 5 dias

    OpenI Olap Data Visualization Predecessor Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian) 09/07/2013 15/07/2013 5 dias

    TESTE 16/07/2013 22/07/2013 5 dias

    Testa a Aplicao Predecessor Analysis View 16/07/2013 22/07/2013 5 dias

    Corrige Erros Predecessor Analysis View 16/07/2013 22/07/2013 5 dias

    Pequenos Ajustes

    Predecessor Analysis View

    16/07/2013 22/07/2013 5 dias Successor Qualificar Funcionrios - Treinamentos

    Successor Mudana nas Atividades e Cultura

    IMPLANTAO 23/07/2013 05/08/2013 10 dias

    Qualificar Funcionrios - Treinamentos Predecessor Pequenos Ajustes 23/07/2013 05/08/2013 10 dias

    Mudana nas Atividades e Cultura

    Predecessor Pequenos Ajustes

    23/07/2013 05/08/2013 10 dias Successor Acompanhamento

    Successor Alteraes e Mudanas

    Successor Feedback

    MONITORAMENTO E CONTROLE 06/08/2013 02/09/2013 20 dias

    SUPORTE 06/08/2013 02/09/2013 20 dias

    Acompanhamento Predecessor Mudana nas Atividades e Cultura 06/08/2013 02/09/2013 20 dias

    Alteraes e Mudanas Predecessor Mudana nas Atividades e Cultura 06/08/2013 02/09/2013 20 dias

    Feedback

    Predecessor Mudana nas Atividades e Cultura

    06/08/2013 02/09/2013 20 dias Successor Concluso do Projeto

    Successor Novos Contratos para Manuteno

    ENCERRAMENTO 03/09/2013 03/09/2013 1 dias

    FINALIZAO 03/09/2013 03/09/2013 1 dias

    Concluso do Projeto Predecessor Feedback 03/09/2013 03/09/2013 1 dias

    Novos Contratos para Manuteno Predecessor Feedback 03/09/2013 03/09/2013 1 dias

    TOTAL PROJETO 01/01/2013 03/09/2013 176 dias

    FONTE: Os autores.

  • 21

    3.4.1. INICIAO

    3.4.1.1. ENTENDIMENTO DO MODELO DE NEGOCIO DA EMPRESA

    3.4.1.1.1. Entender a necessidade do cliente

    A Bunese necessita acompanhar indicadores estratgicos assim como

    gerar relatrios dirios, conhecer o potencial de seu negcio e ter uma viso

    estratgia.

    3.4.1.2. ANLISE DA SUA VIABILIDADE

    3.4.1.2.1. Vender a ideia - Retorno/Benefcios (Custo / Tempo)

    Hoje o cliente no tem integridade de seus dados, onde uma falha

    humana pode causar graves prejuzos.

    Para nosso cliente a implantao de um projeto de BI reflete em uma

    melhor integrao das suas informaes, possibilitando melhores tomadas de

    decises.

    3.4.1.2.2. Levantamento de Recursos (Sw da empresa)

    Para que o sistema possa ser implantado, faz-se necessrio que haja uma

    estrutura bsica:

    Windows XP ou superior;

    Banco de Dados;

    ETL (Pentaho Data Integration Kettle PDI);

    Data Warehouse (banco de dados MySQL);

    Servidor Pentaho Business Intelligence Server (Pentaho Administrator

    Console 'PAC');

    Pentaho User Console ('PUC');

    Metadados (Pentaho MetaData Editor PME);

    Relatrios (Pentaho Report Designer - 'PRD');

    Cubos OLAP (Pentaho Analysis - 'Mondrian');

    Dashboards (Pentaho Design Studio).

  • 22

    3.4.2. PLANEJAMENTO

    3.4.2.1. DEFINIO DETALHADA DE REQUISITOS

    3.4.2.1.1. Mapeamento dos dados do sistema

    Analisar detalhadamente os dados disponibilizados pelo cliente,

    conforme tabela abaixo:

    FIGURA 09 MODELO RELACIONAL DA EMPRESA.

    FONTE: Sistema Bunese Metalrgica.

    3.4.2.1.2. HW's para Desenvolvimento

    Para implantao do projeto se faz necessrio um servidor pentaho para

    aplicao e mquinas para os desenvolvedores.

  • 23

    3.4.3. EXECUO

    3.4.3.1. ANLISE

    3.4.3.1.1. Definies das Vises de Negcios

    Entender o direcionamento da empresa e transpor isso para indicadores.

    Para dar visibilidade aos consultores da Bunese a percebe as tendncias do

    negcio.

    Principais indicadores:

    Relatrio venda loja fsica: soma dos produtos vendido na loja fsica;

    Relatrio venda loja web: soma dos produtos vendido na loja web;

    Relatrio produto + vendido: produtos mais vendidos por ms;

    Relatrio top 10: clientes com maior retorno financeiro para empresa;

    Relatrio receita lquida: soma do total das vendas - os descontos;

    Relatrio receita bruta: soma do total das vendas;

    Relatrio consultor: consultor que mais vendeu do por perodo;

    Relatrio oramento x venda: percentual de oramentos que viraram

    uma venda.

    3.4.3.2. IMPLANTACAO SERVIDOR

    3.4.3.2.1. Configurao do Servidor

    1. Download:

    http://sourceforge.net/projects/pentaho/files/Business%20Intelligence%20Se

    rver/

    2. Ultima verso estvel encontrada: biserver-ce-4.8.0-stable.zip

    3. O arquivo .zip possui duas pastas biserver-ce e administration-console,

    a primeira o servidor Web, que por padro o tomcat a segunda o

    administrador das funcionalidades, acessos e conexes. O primeiro

    passo descompactar o arquivo em qualquer pasta de sua preferncia.

    Para iniciar o servidor Pentaho execute o arquivo start-pentaho.bat

    (Windows) ou start-pentaho.sh (Linux) na pasta "biserver-ce/". Deve

  • 24

    aparecer a mensagem "INFO: Server startup in ms" quando

    finalizar a inicializao.

    FIGURA 10 IMPLANTACAO - SERVIDOR.

    FONTE: Os autores.

    Para acessar o PUC (Pentaho User Console):

    http://localhost:8080/pentaho/Login

    FIGURA 10.1 IMPLANTACAO - SERVIDOR.

    FONTE: Os autores.

  • 25

    4. Para iniciar o Administration Console execute o arquivo start-pac.bat

    (Windows) ou start-pac.sh (Linux) na pasta "administration-console/".

    FIGURA 10.2 IMPLANTACAO - SERVIDOR.

    FONTE: Os autores.

    Para acessar o Administration Console:

    http://localhost:8099 login pado: admin, senha padro: password

  • 26

    FIGURA 10.3 IMPLANTACAO - SERVIDOR.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.3. IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS

    3.4.3.3.1. Banco de Dados SGDB (MySQL)

    O banco de dados usado foi o MySql, a verso open source pode ser

    encontrada no site: http://dev.mysql.com/downloads/, instalar na sequencia

    01.server: mysql-5.5.29-win32.msi, 02.utilities: mysql-installer-community-

    5.5.29.0.msi, os passos da instalao foram printados para documentao:

  • 27

    FIGURA 11 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.1 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 28

    FIGURA 11.2 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.3 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 29

    FIGURA 11.4 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.5 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 30

    FIGURA 11.6 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.7 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 31

    FIGURA 11.8 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.9 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 32

    FIGURA 11.10 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.11 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 33

    FIGURA 11.12 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 11.13 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 34

    FIGURA 11.14 IMPLANTACAO - BANCO DE DADOS.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.4. DESENVOLVIMENTO MODELAGEM

    3.4.3.4.1. Modelagem Star Schema

    FIGURA 12 MODELAGEM STAR SCHEMA.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.5. DESENVOLVIMENTO - ETL e DW

    3.4.3.5.1. Pentaho Data Integration (PDI ou Kettle)

    JOB;

    Foram feitas 11 transformaes para a criao da tabela fato e das dimenses.

  • 35

    FIGURA 13 JOB AUTOMATIZAO DAS ELT`S.

    FONTE: Os autores.

    ETL001;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_cliente) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_dim_cliente).

    FIGURA 13.1 ETL001 - CARGA INICIAL (TB_CLIENTE).

    FONTE: Os autores.

    ETL002;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_funcionario) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_dim_funcionario).

    FIGURA 13.2 ETL002 - CARGA INICIAL (TB_FUNCIONARIO).

  • 36

    FONTE: Os autores.

    ETL003;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_produto) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_dim_produto).

    FIGURA 13.3 ETL003 - CARGA INICIAL (TB_PRODUTO).

    FONTE: Os autores.

  • 37

    ETL004;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_venda) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_dim_venda).

    FIGURA 13.4 ETL004 - CARGA INICIAL (TB_VENDA).

    FONTE: Os autores.

    ETL005;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_orcamento) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_dim_orcamento).

    FIGURA 13.5 ETL005 - CARGA INICIAL (TB_ORCAMENTO).

    FONTE: Os autores.

  • 38

    ETL006;

    Carga inicial (OLTP, BMWEB, tb_item_orcamento) para (OLAP, DW_BMWEB,

    tb_fat_01).

    FIGURA 13.6 ETL006 - CARGA INICIAL (TB_ITEM_ORCAMENTO).

    FONTE: Os autores.

    ETL007;

    Update na fato do valor do produto, campo PR_VALOR, chave

    PR_COD_PRODUTO = PR_COD_PRODUTO.

    FIGURA 13.7 ETL007 - UPDATE NA FATO.

    FONTE: Os autores.

    ETL008;

  • 39

    Update na fato dos ids CL_COD_CLIENTE e FU_COD_FUNCIONARIO, chave

    OR_COD_ORCAMENTO = OR_COD_ORCAMENTO.

    FIGURA 13.8 ETL008 - UPDATE NA FATO.

    FONTE: Os autores.

    ETL009;

    Desmembrar a mtrica VE_DESCONTO para a granularidade da fato (gro

    itens de oramento).

    FIGURA 13.9 ETL009 - DESMEMBRAR A MTRICA VE_DESCONTO.

    FONTE: Os autores.

    ETL010;

  • 40

    UPDATE VE_DATA_VENDA = '1990/01/01' E UPDATE

    VE_DATA_FECHAMENTO = '1990/01/01' ONDE (VE_COD_VENDA <

    999999999).

    UPDATE tb_fat_01.VE_DATA_VENDA E tb_fat_01.VE_DATA_FECHAMENTO

    ONDE (tb_dim_venda.VE_COD_VENDA = tb_fat_01.VE_COD_VENDA).

    UPDATE tb_fat_01.VE_DATA_VENDA E tb_fat_01.VE_DATA_FECHAMENTO

    ONDE (tb_fat_01.VE_COD_VENDA = tb_fat_01.VE_COD_VENDA).

    FIGURA 13.10 ETL010 UPDATE NA FATO.

    FONTE: Os autores.

  • 41

    ETL011;

    Carga inicial da dimenso tempo (OLAP, DW_BMWEB, tb_dim_tempo).

    FIGURA 13.11 ETL011 CARGA INICIAL DA DIMENSO TEMPO.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.6. DESENVOLVIMENTO METADADOS

    3.4.3.6.1. Pentaho Metadata Editor (PME)

    FIGURA 14 DESENVOLVIMENTO METADADOS (PME).

    FONTE: Os autores.

  • 42

    Conexo em PME:

    FIGURA 14.1 CONEXO (PME).

    FONTE: Os autores.

  • 43

    Importando tabelas:

    FIGURA 14.2 IMPORTANDO TABELAS.

    FONTE: Os autores.

    Configurao Star Schema na ferramenta;

  • 44

    FIGURA 14.3 CONFIGURAO STAR SCHEMA.

    FONTE: Os autores.

    Conexo fsica (Physical_ View) e de negocio/metadados (Business_View);

    FIGURA 14.4 CONEXO FSICA E DE NEGOCIO/METADADOS.

    FONTE: Os autores.

  • 45

    Para que os usurios no vejam campos, ids por exemplo, marcar Hidden for

    the user em Physical Table Properties.

    FIGURA 14.5 EXIBIR CAMPOS OCULTOS.

    FONTE: Os autores.

    Configurao de tipo de varivel em Physical Table Properties:

    FIGURA 14.6 CONFIGURAO DE TIPO DE VARIVEL.

    FONTE: Os autores.

    Criando um campo calculado em Physical Table Properties:

    FIGURA 14.7 CRIANDO UM CAMPO CALCULADO.

    FONTE: Os autores.

  • 46

    Criando padres globais para aplicar mascaras, concept editor:

    FIGURA 14.8 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 14.9 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 14.10 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

  • 47

    FIGURA 14.11 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 14.12 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 14.13 CRIANDO PADRES GLOBAIS PARA APLICAR MASCARAS.

    FONTE: Os autores.

  • 48

    Publicando no servidor:

    1

    Criar uma pasta no PUC ( Pentaho User Console), http://localhost:8080 , pasta

    BI_BMWEB criada:

    FIGURA 15 PUBLICANDO NO SERVIDOR.

    FONTE: Os autores.

    2

    Conexo em pentaho administration (PAC) http://localhost:8099 :

    FIGURA 15.1 CONEXO EM PENTAHO ADMINISTRATION.

    FONTE: Os autores.

  • 49

    3

    Configurando publicao:

    FIGURA 15.2 CONFIGURANDO PUBLICAO.

    FONTE: Os autores.

  • 50

    Modelo disponvel para consulta no PUC.

    FIGURA 15.3 MODELO DISPONVEL PARA CONSULTA.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.7. DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAP

    3.4.3.7.1. Pentaho Schema Workbench (PSW ou Mondrian)

    FIGURA 16 DESENVOLVIMENTO - CUBOS OLAP.

    FONTE: Os autores.

  • 51

    Novo Schema

    FIGURA 16.1 NOVO SCHEMA.

    FONTE: Os autores.

    Salvando, para encontrar o xml depois colocar .mondrian no final do arquivo.

    FIGURA 16.2 SALVANDO O XML.

    FONTE: Os autores.

    Criando um Cubo:

  • 52

    FIGURA 16.3 CRIANDO UM CUBO.

    FONTE: Os autores.

    Incluindo a tabela fato:

    FIGURA 16.4 INCLUINDO A TABELA FATO.

    FONTE: Os autores.

  • 53

    Incluindo a dimenso perodo:

    FIGURA 16.5 INCLUINDO A DIMENSO PERODO.

    FONTE: Os autores.

  • 54

    Criado a hierarquia perodo:

    FIGURA 16.6 CRIADO A HIERARQUIA PERODO.

    FONTE: Os autores.

    Incluindo a tabela tb_dim_tempo:

    FIGURA 16.7 INCLUINDO A TABELA TB_DIM_TEMPO.

    FONTE: Os autores.

  • 55

    Criando o nvel Ano:

    FIGURA 16.8 CRIANDO O NVEL ANO.

    FONTE: Os autores.

    Adicionando uma medida:

    FIGURA 16.9 ADICIONANDO UMA MEDIDA.

    FONTE: Os autores.

  • 56

    Incluindo os outros nveis (Semestre, Trimestre, Ms, Dia) na hierarquia

    perodo:

    FIGURA 16.10 INCLUINDO OS OUTROS NVEIS NA HIERARQUIA PERODO.

    FONTE: Os autores.

    Incluindo a dimenso produto, dimenso oramento e mtrica valor:

    FIGURA 16.11 INCLUINDO A DIMENSO PRODUTO, ORAMENTO E MTRICA VALOR.

    FONTE: Os autores.

  • 57

    Publicando:

    1

    FIGURA 16.12 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

    2

    FIGURA 16.13 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

  • 58

    FIGURA 16.14 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

    3

    FIGURA 16.15 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 16.16 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

  • 59

    3.4.3.8. DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS

    3.4.3.8.1. Pentaho Report Designer (PRD)

    FIGURA 17 DESENVOLVIMENTO - VISOES RELATRIOS (PRD).

    FONTE: Os autores.

    Wizard:

    FIGURA 17.1 WIZARD.

    FONTE: Os autores.

  • 60

    Conexo:

    FIGURA 17.2 CONEXO.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 17.3 CONEXO.

    FONTE: Os autores.

  • 61

    Criando a query para recuperar dados:

    FIGURA 17.4 CRIANDO A QUERY PARA RECUPERAR DADOS.

    FONTE: Os autores.

    Editor de querys:

    FIGURA 17.5 EDITOR DE QUERYS.

    FONTE: Os autores.

  • 62

    FIGURA 17.6 EDITOR DE QUERYS.

    FONTE: Os autores.

    Criando o layout do relatrio:

    FIGURA 17.7 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

  • 63

    FIGURA 17.8 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 17.9 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

  • 64

    FIGURA 17.10 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 17.11 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

  • 65

    FIGURA 17.12 CRIANDO O LAYOUT DO RELATRIO.

    FONTE: Os autores.

  • 66

    Resultado:

    FIGURA 17.13 RESULTADO.

    FONTE: Os autores.

  • 67

    Edio:

    FIGURA 17.14 EDIO.

    FONTE: Os autores.

    Salvando:

    FIGURA 17.15 SALVANDO.

    FONTE: Os autores.

  • 68

    Publicando:

    FIGURA 17.16 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 17.17 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

  • 69

    FIGURA 17.18 PUBLICANDO.

    FONTE: Os autores.

    Resultado no PUC:

    FIGURA 17.19 RESULTADO NO PUC.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.8.2. Pentaho Reporting

    Criando relatrios pelo PUC modelados no Metadata Editor (PME):

    FIGURA 18 CRIANDO RELATRIOS PELO PUC.

    FONTE: Os autores.

  • 70

    Escolhendo o pacote:

    FIGURA 18.1 ESCOLHENDO O PACOTE.

    FONTE: Os autores.

    Configurando os grupos e os detalhes:

    FIGURA 18.2 CONFIGURANDO OS GRUPOS E OS DETALHES.

    FONTE: Os autores.

  • 71

    Alterando mascaras e tipo de agregao:

    FIGURA 18.3 ALTERANDO MASCARAS E TIPO DE AGREGAO.

    FONTE: Os autores.

    Configurando cabealho e rodap.

    FIGURA 18.4 CONFIGURANDO CABEALHO E RODAP.

    FONTE: Os autores.

  • 72

    Resultado final:

    FIGURA 18.5 RESULTADO FINAL.

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.9. DESENVOLVIMENTO - VISOES ANALITICAS

    3.4.3.9.1. Analysis View

    FIGURA 19 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM JPIVOT

    FONTE: Os autores.

  • 73

    FIGURA 19.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO JPIVOT

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 19.2 - MODELOS DE GRAFICOS NO JPIVOT

    FONTE: Os autores.

  • 74

    FIGURA 19.3 - CONFIGURAO GRAFICA NO JPIVOT

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 19.4 - RESULTADO NO JPIVOT

    FONTE: Os autores.

  • 75

    3.4.3.9.2. Saiku Analytics

    FIGURA 20 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM SAIKU

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 20.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO SAIKU

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 20.2 - TIPOS DE GRAFICOS NO SAIKU

    FONTE: Os autores.

  • 76

    FIGURA 20.3 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 01

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 20.4 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 02

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 20.5 - EXEMPLO GRAFICO SAIKU 03

    FONTE: Os autores.

  • 77

    3.4.3.9.3. OpenI Olap Data Visualization

    FIGURA 21 - CRIANDO CUBOS OLAP NO PUC COM OPENI OLAP

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 21.1 - ESCOLHENDO OS FATOS E AS DIMENSES NO OPENI

    FONTE: Os autores.

  • 78

    FIGURA 21.2 - TIPOS DE GRAFICOS NO OPENI

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 21.3 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 01

    FONTE: Os autores.

    FIGURA 21.4 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 02

    FONTE: Os autores.

  • 79

    FIGURA 21.5 - EXEMPLO GRAFICO OPENI 03

    FONTE: Os autores.

    3.4.3.10. TESTE

    3.4.3.10.1. Testa a Aplicao

    Os usurios testaram exaustivamente o sistema com o intuito de

    identificar possveis erros.

    3.4.3.10.2. Corrige Erros

    Caso encontrado erros no sistema, fazer as correes necessrias para

    seu perfeito funcionamento.

    3.4.3.10.3. Pequenos Ajustes

    Melhorias em relatrios que o usurio s detectou com a entrega do

    sistema.

    3.4.3.11. IMPLANTAO

    3.4.3.11.1. Qualificar Funcionrios Treinamentos

    Elabora treinamentos para qualificar os usurios que iram dar

    manuteno no sistema e os usurios que iram trabalhar com o sistema.

  • 80

    3.4.3.11.2. Mudana nas Atividades e Cultura

    Disseminar a nova metodologia de trabalho para que o sistema seja

    utilizado por todos.

    3.4.4. MONITORAMENTO E CONTROLE

    3.4.4.1. SUPORTE

    3.4.4.1.1. Acompanhamento

    Verificar a estabilidade do sistema aps um perodo de 3 meses.

    3.4.4.1.2. Alteraes e Mudanas

    Melhorias identificadas aps 3 meses de uso do sistema.

    3.4.4.1.3. Feedback

    Guardar os pontos fortes e fracos do projeto, verificar se o cliente est

    satisfeito.

    3.4.5. ENCERRAMENTO

    3.4.5.1. FINALIZAO

    3.4.5.1.1. Concluso do Projeto

    Entrega do projeto.

    3.4.5.1.2. Novos Contratos para Manuteno

    Caso aja necessidade reavaliar novos contratos para manuteno e

    melhorias do sistema.

  • 81

    4. APRENDIZADOS

    Neste trabalho de implementao de uma soluo BI Open Source

    utilizando Pentaho elegemos trs pontos onde entendemos ser necessrio

    cuidados redobrados para no comprometer o projeto como um todo:

    1 - Entender a necessidade do cliente:

    Durante o projeto, percebemos que o cliente teve dificuldade em

    passar suas necessidades e expectativas, no decorrer do processo de

    implementao viu a necessidade de gerar mais indicadores no

    mapeados no incio, estas solicitaes adicionais no estavam no

    levantamento de requesitos, entendemos, portanto que para no gerar

    retrabalho desnecessrio o levantamento de requisitos um ponto

    fundamental do projeto e deve ser reservado um tempo razovel para

    mapear todos os pontos possveis.

    2 - Modelagem Star Schema e ETL:

    Nesta etapa as reunies com o cliente foram fundamentais para

    entender as expectativas de anlise, neste ponto entendemos que

    algumas variveis deveriam ser sumarizadas em um nvel de

    granularidade que no estava de acordo com a menor granularidade da

    tabela fato, para isso foi necessrio desmembrar variveis. Entendemos

    que dois caminhos podem ser seguidos, desmembrar variveis e colocar

    ou criar um nova fato com granularidade maior, se so poucas as

    variveis ento a primeira soluo atende, caso sejam muitas a ETL

    pode ficar complexa e custosa demais, logo a melhor soluo seria ter

    mais uma fato.

    Ex.: O desconto associados a uma venda estava no nvel da compra,

    para mostrar o relatrio aberto por produtos se fez necessrio a diviso

    proporcional desse valor para cada item da compra.

  • 82

    3 - Cultura:

    importante que a cultura seja considerada, so muitos os

    relatrios que so feitos em ferramentas como o Excel que se tornam o

    modelo comum, os funcionrios no tm interesse em mudar,

    comentrios como se est funcionando para que mexer so muito

    comuns, se faz necessrio explicar o que BI para todos e quais so os

    seus objetivos, treinamentos so indispensveis, importante deixar

    claro que ningum vai perder o emprego, BI vem como suporte e no

    substitui pessoas.

  • 83

    5. CONCLUSO

    Com esse trabalho chegamos ao nosso objetivo que foi implementar

    uma soluo opensource de BI, aps vencidos os obstculos iniciais a sute

    Pentaho se mostrou bastante poderosa, completa e eficiente, existe inclusive a

    possibilidade de fazer minerao de dados (ferramenta Weka), porm no era

    a proposta deste trabalho, vrios novos conceitos de business intelligence, data

    warehouse e ETL foram aprendidos e aplicados na prtica.

    O Pentaho possui uma comunidade muito ativa de usurios e

    desenvolvedores e isto um grande diferencial.

    Enfim, entendemos que a soluo no perde em nada para as melhores

    ferramentas pagas disponveis no mercado podendo ser implementada em

    mdio prazo e as barreiras no so muito diferentes das encontradas nas

    ferramentas pagas tendo como diferencial principal o custo.