Uma Famlia,Uma Horta e Uma Historia

  • Published on
    23-Jul-2016

  • View
    213

  • Download
    1

DESCRIPTION

Uma histria de superao, crescimento e desenvolvimento.Uma atitude e uma ideia mudaram a vida de uma famlia.Na Comunidade Boca da Vereda, localizado a 47 km da cidade de Oeiras, no Piau, mora Luiz Costa e Silva e Ccera Maria de Moura Silva,um casal de agricultores batalhadores e pais de 11 filhos.

Transcript

  • Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas guas

    Ano 8 n1511

    Outubro / 2014

    Oeiras - PI

    Uma histria de superao, crescimento e desenvolvimento.

    Uma atitude e uma ideia mudaram a vida de uma famlia.Na Comunidade Boca da Vereda,

    localizado a 47 km da cidade de Oeiras, no Piau, mora Luiz Costa e Silva e Ccera Maria de Moura Silva,

    um casal de agricultores batalhadores e pais de 11 lhos. A vida do senhor Luiz Costa e da sua esposa

    dona Ccera nunca foi fcil, conta o casal. A famlia grande e sempre viveu da roa. Mas, segundo eles a

    vida da famlia comeou a mudar a partir de uma atitude de um proco - Pe. Joo de Deus de Carvalho

    Leal e uma idia genial de um dos seus 11 lhos.

    Seu Luiz Costa conta que certo dia recebeu em sua humilde casa a visita de um padre. Eu

    sempre gostei de colaborar com a igreja. A certo dia o padre Joo de Deus veio aqui me fazer uma visita,

    e vendo o quanto a comunidade sofria com a falta de gua, me disse que ns iramos receber um poo

    tubular. Poucos dias depois o padre cumpriu a sua promessa. E seu Luiz acrescenta: depois que

    recebemos o poo a vida da minha famlia agora outra.

    Dona Cicera diz que no somente o poo mudou a vida da famlia para melhor, mas tambm a

    ideia genial do seu lho, Luiz Diom Emerson de Moura Silva.Depois de passar os 15 dias de alternncia

    na Escola Famlia agrcola em que estudava, decidiu implantar na sua propriedade um projeto de uma

    horta. A princpio, conta dona Cicera, a horta era apenas para o consumo familiar. Por ser uma famlia de

    muitos lhos a carncia nutricional era muito grande. Com o passar do tempo o projeto cresceu muito e

    passou a assumir um carter comercial, alm de j suprir as necessidades de toda a famlia.

    Uma famlia, uma horta e uma histria

    Mas foi a partir do ano de 2009, depois que a famlia acessou o Pronaf Jovem que a coisa

    deslanchou. O recurso foi investido em material de irrigao, j que anteriormente todos os canteiros e

    as demais culturas eram irrigados manualmente.

    Flavio, um dos lhos do casal, e hoje um dos tcnicos agrcola da famlia, se interessou pelo

    projeto e busca sempre inovaes tecnolgicas para o mesmo. Alm da horta, a famlia trabalha com a

  • Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas guas Articulao Semirido Brasileiro Piau

    Realizao Apoio

    criao de caprinos da raa Canind. A horta e suas criaes deram muito certo e tornou a famlia do seu

    Luiz Costa uma referncia local e estadual.

    Com uma produtividade excelente, o trabalho com verduras mantm hoje a famlia unida, e o

    rendimento econmico j resulto numa formao de trs lhos tcnicos em agropecuria e garantem

    estudo aos demais lhos do casal. Isso s possvel graas ao planejamento, controle, direo e

    organizao de toda a famlia, pois o trabalho exige muito esforo, conhecimento e acima de tudo unio,

    conta seu Luiz Costa.

    O objetivo do projeto desenvolvido pela famlia do seu Luiz Costa segundo ele melhora a

    qualidade da vida de sua famlia e servir de exemplo para outra famlia que assim com ele buscou e

    busca novas experincias de convivncia com semirido.

    O Projeto Jovem de Desenvolvimento da Agricultura Familiar PJODAF desenvolvido pela

    famlia tem por principio a construo de uma famlia unida, que busca na sua base familiar o

    crescimento cada vez maior do Projeto, porque graas a ele que a realidade vivenciada outra, e

    atravs deste que as famlias vivem muito bem, com conforto e dignidade, conta famlia.A produo e a

    unio desta famlia mudou a historia da comunidade e do municpio, e a tornou referencia para todas as

    famlias que vivem no semirido.

    Pgina 1Pgina 2