Treinamento do Sistema FROTA Sistema para Controle da Frota de Sua empresa Leandro Lerias.

  • Published on
    18-Apr-2015

  • View
    109

  • Download
    6

Transcript

  • Slide 1
  • Treinamento do Sistema FROTA Sistema para Controle da Frota de Sua empresa Leandro Lerias
  • Slide 2
  • O Que sistema? Sistema um conjunto de partes interagentes e interdependentes que, conjuntamente, formar um todo unitrio com determinado objetivo e efetuam determinada funo. Um sistema informatizado compreende um conjunto de recursos humanos, materiais, tecnolgicos e financeiros, combinados segundo uma seqncia lgica para transformar dados em informao.
  • Slide 3
  • Todas as empresas usam Sistemas? As pequenas e mdias empresas ainda esto em fase de descoberta dos sistemas informatizados. Algumas j informatizaram determinadas reas, a exemplo das reas comerciais, financeiras e administrativas, com utilizao simplificada, usufruindo muito pouco dos recursos potenciais que um sistema possibilita.
  • Slide 4
  • Dificuldades na Utilizao dos Sistemas A maior dificuldade para as empresas utilizarem os sistemas informatizados tem sido enfrentar as mudanas de procedimento, ou seja, sair do sistema convencional com que as rotinas eram executadas no dia-a-dia, e entrar completamente no sistema informatizado para desempenhar todas as atividades. Pois, qualquer que seja o sistema informatizado a ser adotado, qualquer que seja o nmero de detalhes necessrios a sua alimentao e qualquer que seja a finalidade de sua implantao, sempre existiro problemas relacionados resistncia das pessoas.
  • Slide 5
  • SISTEMAS VIASOFT FROTAFINANCEIRO FISCAL CONTABIL INTEGRAAO ENTRE SISTEMAS
  • Slide 6
  • Por que Separar em Mdulos? Na definio de autores a empresa pode ter vrios sistemas interligados ou no, dependendo da convenincia. As empresas devem dar preferncia aos sistemas integrados, mas que possam funcionar de forma independente. Isto permitir que elas implantem os mdulos separadamente e depois efetivem a integrao com as reas envolvidas, se houver dificuldade de implantao simultnea. Assim, possvel ter um sistema de controle de estoques funcionando sem estar integrado contabilidade, o que poder ser feito a qualquer tempo desde que os equipamentos e os sistemas instalados atendam aos requisitos exigidos para este fim.
  • Slide 7
  • Integrao As principais vantagens da integrao dos sistemas dizem respeito agilidade com que as informaes so processadas na empresa, fluindo rapidamente entre as reas envolvidas ou interessadas por elas. Associada a isso est a facilidade de conferncia, sendo, em alguns casos, desnecessrio conciliar as contas movimentadas pelos controles paralelos. Isso possvel porque no existe repetio de lanamento, que, em muitos casos, o motivo da divergncia de um setor para o outro. Quando feito um lanamento de baixa de duplicata no financeiro, esse mesmo lanamento enviado para a contabilidade nos sistemas integrados, sem nenhuma chance de l ser registrado de forma diferente. Se ele estiver correto no sistema financeiro, estar correto tambm na contabilidade.
  • Slide 8
  • - Temas a Serem abordados: No Treinamento do Sistema FROTA - Emisso dos documentos legais ligados ao transporte de cargas (CTRC, Manifesto de carga,recibo de comisses, relatrios...); - Montagem do Faturamento das cargas e servios; - Manuteno Preventiva; - Estatistica de Manuteno Preventiva/Corretiva; - Estruturao das Tabelas de Fretes e rotas; - Montagem da tabela de Seguro de Carga; - Acerto de Viagens; - Controle de Consumo; - Histrico das Manutenes; - Controle das despesas administrativas
  • Slide 9
  • Controle de Pneus Aprenda a controlar a vida util dos pneus: Aprenda a controlar a vida util dos pneus: Qual a localizao exata de cada pneu da sua frota; Qual o momento certo para o rodzio dos pneus; Qual o custo por KM rodado; Em qual vida esse componente se encontra; Qual tipo de desenho e borracha est sendo usado na reforma; Quem reformou e qual a garantia para cada pneu.
  • Slide 10
  • Controle de Combstivel Um dos fatores que determinam o lucro ou prejuzo da sua empresa, com certeza o controle do consumo de combustvel. Quando no tem um criterioso controle deste consumo, fica difcil saber: O consumo geral da frota; O consumo de cada veculo; O consumo da frota ou de um veculo em um determinado perodo; A mdia de consumo por veculo ou de toda a frota.
  • Slide 11
  • Controle de Peas Tratamento idntico ao dado aos pneus pode ser aplicado a componentes e peas (agregados) que se deseje controlar (motores, cmbios, alternadores, etc.).
  • Slide 12
  • Controle de Motoristas Cada motorista pode ser controlado individualmente, atravs de ficha de cadastro com informaes gerais sobre o mesmo, complementada por um histrico de sua vida na Empresa, relacionando-o ao veculo ao qual se encontra vinculado.

Recommended

View more >