Trabalho Toyotismo e TQM

  • Published on
    24-Dec-2015

  • View
    4

  • Download
    1

DESCRIPTION

Toyotismo

Transcript

GESTO DE RECURSOS HUMANOSSOCIOLOGIA ORGANIZACIONALProf Jessica

O Toyotismo e a Gesto da Qualidade Total

Fortaleza-CeMaro 2013

GESTO DE RECURSOS HUMANOSSOCIOLOGIA ORGANIZACIONALProf Jessica

O Toyotismo e a Gesto da Qualidade Total

Resumo do Artigo O Toyotismo e a Gesto da Qualidade Total, apresentado ao Curso de Gesto de Recursos Humanos, como forma avaliativa no seminrio da disciplina Sociologia Organizacional. Equipe:Adriana BatistaElizete RamosJamily RodriguesLianeLcia de PaulaMrcia AdrianaRobrioBIOGRAFIATaiichi Ohno (29 de fevereiro de 1912 28 de maio de 1990) considerado o maior responsvel pela criao do Sistema Toyota de Produo.Nascido em Dalian, China, de pais japoneses, formou-se em Engenhari Mecnica na Escola Tcnica de Nagoya e entrou para a Toyota Spinning and Wearing em 1932. Em 1943 foi transferido para a Toyota Motor Company, em 1954 tornou-se diretor, em 1964 diretor gerente, em 1970 diretor gerente snior e vice-presidente executivo em 1975.Taiichi Ohno considerado o criador do Sistema Toyota de Produo e o pai do Sistema Kanban. Nascido em Dairen, cidade da regio da Manchria na China, em 1912, formou-se em Engenharia Mecnica no Instituto de Tecnologia de Nagoya. Entrou para a Toyota Spinning and Wearing em 1932. Logo cedo na sua carreira ele expandiu as idias desenvolvidas por Kiichito Toyoda para reduzir perdas na produo, iniciando a experimentao e o desenvolvimento de metodologias de produo que diminussem o tempo de fabricao dos componentes principais dos produtos e a criao de sub-linhas de montagens que dessem suporte a linha de produo final.A carreira de Ohno acelerou assim como o resultado do sucesso de seu sistema tornando-se em 1970 diretor gerente snior da Toyota, at que, em 1975, passou a ser o vice-presidente executivo da companhia.No incio dos anos 80, Ohno aposentou-se da Toyota, mas continuou trabalhando na empresa Toyota Gosei, uma filial e fornecedora Toyota, na qual assumiu o cargo de presidente. Em 1988, escreveu e publicou um livro (O Sistema Toyota de Produo: Alm da Produo em Larga Escala) que traz as inovaes que caracterizam o sistema dentro do contexto histrico em que foram surgindo e sendo implementadas. Ele mostra, tambm, quais eram os problemas da produo em massa na indstria automobilstica e como a Toyota veio a super-los.Taiichi Ohno morreu em Toyota City em 28 de Maio de 1990.

Introduo

O Toyotismo um sistema de organizao da produo capitalista que se originou no Japo, resultado da estrutura desfavorvel do Pas. Foi criado por Taiichi Ohno e surgiu nas fbricas da montadora de automvel Toyota, aps a Segunda Guerra Mundial, espalhou-se a partir da dcada de 60 por vrias regies do mundo. Caracterizou pelo Just in time, que a produo de um bem exatamente no momento em que ele fosse demandado. Esse meio de trabalhar com pequenos lotes tinha como objetivo a qualidade mxima possvel dos produtos. Essa outra marca do modelo japons a Qualidade Total.A gesto da qualidade total ou simplesmente TQM, em lngua inglesa Total Quality Management, consiste em uma estratgia de administrao orientada a criar conscincia da qualidade em todos os processos organizacionais. A Toyota no Japo foi a primeira organizao a empregar o conceito de TQM, superando a etapa do fordismo, onde esta responsabilidade era limitada apenas ao nvel da gesto. Nessa gesto da qualidade, cada um dos colaboradores da organizao fica responsvel diretamente pela consecuo dos objetivos da organizao.

O ToyotismoO Toyotismo surgiu numa poca em que a estrutura do capital se encontrava em crise, onde o capitalismo buscava mudanas no prprio processo produtivo. Esse novo movimento poltico, denominado como Neoliberalismo, traz postulados como, Estado mnimo, Livre iniciativa, todas as atividades so consideradas como mercadorias. De todos os setores, o que mais sofreu com as mudanas, foi a classe trabalhadora, com as alteraes em sua estrutura produtiva sindical e poltica.

Na dcada de 50, o engenheiro Japons Eiji Toyoda visitou as indstrias automobilsticas americanas. Passou alguns meses em Detroit para conhecer e analisar o sistema dirigido pela linha fordista, onde o fluxo normal era produzir primeiro e vender depois. Foi ento que ao avaliar a estrutura desta empresa, Toyoda percebeu que o Japo no teria condies de utilizar desta forma de produo.

Sendo assim, foi necessrio modificar esse sistema de produo em relao ao americano. Buscando solues para esse paradigma, Toyoda e seu especialista em produo Taiichi Ohno, iniciaram na poca de 1960, um processo de mudanas na produo. Entre as novas tcnicas implantadas, est possibilidade de alterar as maquinas rapidamente durante a produo, ampliando assim a variedades de produtos ofertados. Essa passou a ser a essncia do modelo Japons de produo.

Caractersticas do sistema

Mecanizao Flexvel; consiste em produzir somente o necessrio contrariando o fordismo que produzia o Maximo possvel e estocava o excedente. Mo-de-obra multifuncional; os trabalhadores so treinados e qualificados para conhecer todos os processos de produo, podendo atuar em varias reas do sistema produtiva da empresa. Implantao de controle de qualidade total; a produo com pequenos lotes e com matria prima de boa qualidade com peas caras. Sistema Just in time; seu objetivo produzir somente o necessrio, no tempo e quantidade necessria. Produo no momento da demanda. Personalizao dos produtos; fabricar a produo de acordo com o gosto e adaptando-o s exigncias dos clientes. Controle visual; havia uma pessoa responsvel por supervisionar as etapas produtivas, como forma de acompanhar e controlar todo o processo.

A partir de meados da dcada de 1970, as empresas toyotistas assumiram a supremacia produtiva e econmica, principalmente pela sua sistemtica organizao na produo. Com o choque do petrleo e a consequente queda no padro de consumo, os pases passaram a demandar uma serie de produtos que no tinham capacidade e a principio, nem interesse em produzir, o que favoreceu o cenrio para as empresas japonesas toyotistas.

Gesto da Qualidade Total

A gesto de qualidade surgiu na dcada de 50, quando o mundo sentiu a necessidade de melhoria de seus elementos em todos os mbitos. Com essa mudana, trouxe a carncia de organizao e estruturao. Por razo do crescimento da cobrana dos consumidores por melhor qualidade nos produtos adquiridos.Essa gesto da qualidade referida como total, uma vez que o seu objetivo a implicam no apenas de todas as escalas de uma organizao, mas tambm da organizao estendida, ou seja, seus fornecedores, distribuidores e demais parceiros de negocio. Com esse modelo de estrutura, pretende-se obter a mxima qualidade possvel do produto.

O conceito do TQM foi sendo desenvolvido por numerosos consultores empresariais norte-americanos, tais como, W. Edwards Deming, Joseph M Juran e Armand V. Feigenbaum. Em 1961, Feigenbaum definia o TQM como um sistema eficaz que integra o desenvolvimento e a manuteno da qualidade para a melhoria entre os diferentes setores da empresa.

A primeira organizao a entregar o conceito de TQM, foi empresa a Toyota, onde o seu objetivo era criar produtos e servios com mximo de economia e a plena satisfao dos seus consumidores. Foi no Japo onde Deming e Juran trabalharam aps a segunda guerra mundial, pela a qualidade total que tomou tal formato e influencio os empresrios do mundo todo.Essa gesto compe-se de diversas etapas e estgios como o planejamento, a organizao, o controle e a liderana. Um dos percussores desse processo fundamental da produo o Walter Andrew Sherwart, Fsico, Engenheiro e Estatstico norte-americano, conhecido como o pai do controle estatstico de qualidade.Walter Andrew desenvolveu o CEP Controle Estatstico de Processo e criou a tcnica ou ciclo Deming da qualidade o PDCA, que significa Plan, Do, Check e Action, que em portugus PFVA, Planejar, Fazer, Verificar e Agir.

Definio das tcnicas

Planejar consiste em estabelecer metas, objetivos e modelos de desempenho. Fazer, medir o desempenho real. Verificar acompanhar com um balano entre os objetivos e o desempenho determinando as diferenas deles. Agir executar tudo e aperfeioar sem esbanjar.

O sistema da qualidade total tem sido amplamente utilizado, por organizaes pblicas e privadas de qualquer porte em materiais, produtos, processos ou servios. A conscientizao e a busca da qualidade e do reconhecimento da sua importncia a certificao dos sistemas de gerenciamento da qualidade indispensvel uma vez que se tm resultados como: Aumento da satisfao e a confiana dos clientes. Aumento da produtividade. Reduo dos custos internos. Melhora a imagem e os processos de modo contnuo. Possibilita o acesso mais fcil a novos mercados.

Os princpios bsicos da qualidade total

Garantir a sobrevivncia da empresa por meio de um lucro contnuo obtido com o domnio da qualidade. Identificar o problema mais crtico e soluciona-lo pela mais elevada prioridade. Falar, racionar e decidir com dados e com base em fatos. Administrar a empresa ao longo do processo e no por resultados. Reduzir metodicamente as disperses por meio do isolamento das causas fundamentais. O cliente rei, servindo-os com produtos de qualidade. A preveno deve ser a to maior quanto possvel. Na lgica anglo-saxnica de Trial and error, nunca permitir que um problema se repita.

ConclusoO que observamos foi que o Toyotismo veio para aperfeioar um mtodo visando solucionar um paradigma, como ajustar o sistema de produo ao modelo neoliberal. A soluo foi trazida por uma empresa que possua limitaes bem maiores do que as das grandes multinacionais fabris. A empresa possua srias limitaes de espao de armazenamento e de produo e como se no bastasse a compra de tecnologia estrangeira assim como a exportao de produtos era extremamente limitada.A gesto da qualidade aponta para a preferncia do consumidor, o que aumenta a produtividade, levando a uma maior competitividade e assegurando a sobrevivncia das empresas. Podemos definir a qualidade com inmeras formas, considerando que um atributo essencial e diferenciador de alguma forma ou de algum, como uma medida de valor ou excelncia para uma organizao empresarial. Vale ressaltar que, segundo Taiichi Ohno (1960),"Minha maior contribuio foi a construo de um sistema de produo que poderia responder sem desperdcio s mudanas do mercado e que, por sua natureza, reduzir ainda mais os custos."Contudo, o reflexo do Toyotismo no mundo e com nfase nos pases subdesenvolvidos gerou alguns das fragilidades nas relaes trabalhistas, onde os direitos e os vnculos entre proletariados e patro tm se tornados frgeis. Como a flexibilidade exige uma qualificao muito alta e sempre focando a reduo dos custos, assim o desemprego vem se tornando algo comum. Portanto, apesar das maravilhas e novidades que o Toyotismo trouxe atravs da tecnologia nos modos de produo atual, desencadeou um elevado aumento das disparidades socioeconmicas e uma necessidade desenfreada de aperfeioamento constante para simplesmente se manter no mercado.

Referncias BibliogrficasS/A Biografia de Taiichi Ohno. Disponvel em: . Acesso em: 12 mar. 2013.S/A Toyotismo. Disponvel em: . Acesso em: 05 mar. 2013.S/A Gesto da Qualidade Total. Disponvel em: . Acesso em: 05 mar. 2013.S/A Historia licenciatura-Toyotismo. Disponvel em: . Acesso em: 04 mar. 2013.S/A Gesto de qualidade: Ferramentas e Tcnicas. Disponvel em: . Acesso em: 04 mar. 2013.