Tipo 2 - 08. GEGRAFO -Superior - UFAL 2016

  • Published on
    08-Jan-2017

  • View
    215

  • Download
    3

Transcript

  • 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pr-reitoria de Gesto de Pessoas e do Trabalho

    CONCURSO PBLICO PARA TCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAO

    Cargo (Nvel Superior NS):

    Provas de Portugus, Raciocnio Lgico, Noes de Administrao Pblica e Conhecimentos Especficos

    N do doc. de identificao (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

    Voc confia no resultado! Alagoas, 21 de agosto de 2016.

    Univ

    ers

    idade

    Federa

    l de A

    lagoas

    (Edit

    al n

    30/2

    016)

    2016

    2 PROVA TIPO

    CADERNO DE QUESTES

    1. Este Caderno de Questes somente dever ser aberto quando for autorizado pelo Fiscal.

    2. Antes de iniciar a prova, confira se o tipo da prova do Caderno de Questes o mesmo da etiqueta da banca

    e da Folha de Respostas de questes objetivas.

    3. Ao ser autorizado o incio da prova, verifique se a numerao das questes e a paginao esto corretas.

    Verifique tambm se contm 60 (sessenta) questes objetivas com 5 (cinco) alternativas cada. Caso contrrio,

    comunique imediatamente ao Fiscal.

    4. O tempo disponvel para esta prova de 4 horas. Faa-a com tranquilidade, mas controle seu tempo. Esse

    tempo inclui a marcao da Folha de Respostas de questes objetivas.

    5. Voc somente poder sair em definitivo do Local de Prova depois de decorridas 2 horas e 30 minutos do incio

    da aplicao.

    6. Na Folha de Respostas de questes objetivas, confira seu nome, nmero do seu documento de identificao,

    tipo de prova e cargo escolhido.

    7. Em hiptese alguma lhe ser concedida outra Folha de Respostas de questes objetivas.

    8. Preencha a Folha de Respostas de questes objetivas utilizando caneta esferogrfica de tinta azul ou preta.

    Na Folha de Respostas de questes objetivas, preencha completamente o crculo correspondente alternativa

    escolhida, conforme modelo:

    9. Ser atribudo o valor ZERO questo que contenha na Folha de Respostas de questes objetivas: dupla

    marcao, marcao rasurada, emendada ou com X, no preenchida totalmente ou que no tenha sido

    transcrita.

    10. A correo da prova objetiva ser efetuada de forma eletrnica, considerando-se apenas o contedo da Folha

    de Respostas de questes objetivas.

    11. Caso a Comisso julgue uma questo como sendo nula, os pontos sero atribudos a todos os candidatos.

    12. No ser permitida qualquer espcie de consulta.

    13. Ao terminar a prova, devolva ao Fiscal de Sala este Caderno de Questes, juntamente com a Folha de

    Respostas de questes objetivas, e assine a Lista de Presena.

    14. Na sala que apresentar apenas 1 (um) Fiscal, os 3 (trs) ltimos candidatos somente podero ausentar-se da

    sala juntos, aps a assinatura da Ata de Encerramento de provas.

    15. Assine neste Caderno de Questes e coloque o nmero do seu documento de identificao (RG, CNH etc.).

    Boa Prova!

    INSTRUES GERAIS

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    1 21 ago. 2016

    PORTUGUS

    QUESTO 01 ________________________________

    Disponvel em: . Acesso em: 14 jun. 2016.

    Dadas as afirmativas relativas ao texto,

    I. O mtodo argumentativo utilizado pelo aluno o dedutivo, que poderia ser simplificado no seguinte silogismo: O computador pegou um vrus. / Vrus passam facilmente. / Portanto, lpis e canetas foram contaminados.

    II. H, na fala do aluno, outra estratgia argumentativa: quando ele utiliza a exemplificao, mostra professora os fatos e os utiliza para argumentar.

    III. A falcia consiste em uma falsa analogia, por considerar computador, lpis e canetas equivalentes para se fazer uma tarefa.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) I, apenas.

    B) II, apenas.

    C) I e III, apenas.

    D) II e III, apenas.

    E) I, II e III.

    QUESTO 02 ________________________________ Do lado do oriente, o horizonte se cartopostalizava clssico [...]

    ANDRADE, Mrio de. Txis e crnicas no dirio nacional. Belo Horizonte: Itatiaia, 2005, p. 219.

    Tendo em vista que oriente o lado do horizonte em que o sol nasce, dadas as afirmativas,

    I. A inteno do escritor foi somente mostrar que a palavra cartopostalizava uma forma do verbo cartopostalizar.

    II. O autor empregou uma metfora para fazer referncia beleza e ao encantamento do dia que estava nascendo.

    III. Ao usar um neologismo, o escritor pretendeu dizer que a paisagem era to bonita que se assemelhava s belas fotos que comumente so usadas nos cartes postais.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) I, apenas.

    B) III, apenas.

    C) I e II, apenas.

    D) II e III, apenas.

    E) I, II e III.

    QUESTO 03 _______________________________

    Metamorfose ambulante

    Raul Seixas

    [...]

    Eu vou desdizer

    Aquilo tudo que lhe disse antes

    Eu prefiro ser

    Essa metamorfose ambulante

    Do que ter aquela velha opinio

    Formada sobre tudo

    [...] Disponvel em: . Acesso em: 15 jul. 2016.

    Por uma questo de simplicidade expressiva, o autor de letra de msica popular s vezes utiliza a norma coloquial da lngua. A estrofe traz exemplos disso. Para se adequar norma culta padro, um dos versos deveria ser escrito da seguinte forma:

    A) A ter aquela velha opinio.

    B) Isto tudo que lhe disse antes.

    C) Aquilo tudo que o disse antes.

    D) Aquilo tudo que disse-lhe antes.

    E) Do que ter, aquela velha opinio.

    QUESTO 04 _______________________________ [...] por causa de nossas aes, os ecossistemas do planeta

    esto visivelmente evoluindo de formas no previstas pelos seres humanos. Algumas vezes, as mudanas parecem pequenas. Tomemos o caso das rs e das salamandras nas Ilhas Britnicas. Os invernos esto mais quentes nessa regio, devido a mudanas de clima causadas pelos seres humanos. Isso significa que as lagoas onde aqueles animais se reproduzem esto mais quentes. Assim, as salamandras (Triturus) comearam a se acasalar mais cedo. Mas as rs (Rana temporaria) no. De modo que a desova das rs est virando almoo das salamandras. possvel que as lagoas britnicas em que h salamandras continuem por dezenas e dezenas de anos cada vez com menos rs. E ento, um dia, o ecossistema da lagoa desmorona [...].

    MITCHELL, Alanna. "Bad Evolution", The Globe and Mail Saturday. maio, 2002. (fragmento adaptado).

    A respeito das ideias textuais, correto afirmar que o texto

    A) introduz uma perspectiva de evoluo claramente negativa. Isso porque a mudana, em lugar de promover avano, permite prever problemas futuros.

    B) exemplifica o caso das rs e das salamandras nas Ilhas Britnicas para comprovar que as aes humanas equilibraram o ecossistema local.

    C) aponta a possibilidade de uma interpretao positiva do termo evoluo, porque as mudanas preveem avanos futuros.

    D) introduz uma perspectiva de evoluo claramente positiva, j que as aes do homem promoveram avanos.

    E) aborda impactos positivos no ecossistema, provocados pelas aes humanas.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    2 21 ago. 2016

    QUESTO 05 ________________________________ Sabia que a roupa nova, o colarinho, a gravata, as botinas e

    o chapu de baeta o tornavam ridculo, mas no queria pensar nisso.

    RAMOS, Graciliano. Vidas secas. Rio de Janeiro: Record, 2016. p. 76 (fragmento).

    Assinale a alternativa correta, considerando os aspectos formais da gramtica normativa.

    A) O que utilizado no fragmento um pronome relativo.

    B) O que utilizado no fragmento uma conjuno integrante.

    C) O trecho o tornavam ridculo aceita, sem danos, a forma lhe tornavam ridculo.

    D) O trecho Sabia que tambm aceita a forma Sabia, que, j que o uso da vrgula nesse caso facultativo.

    E) O trecho a gravata, as botinas e o chapu de baeta pode ser reescrito da seguinte forma, sem danos: a gravata, as botinas, e o chapu de baeta.

    QUESTO 06 ________________________________

    Viver no di

    Definitivo, como tudo o que simples.

    Nossa dor no advm das coisas vividas,

    mas das coisas que foram sonhadas

    e no se cumpriram.

    Por que sofremos tanto por amor?

    O certo seria a gente no sofrer,

    apenas agradecer por termos conhecido

    uma pessoa to bacana, que gerou

    em ns um sentimento intenso

    e que nos fez companhia por um tempo razovel,

    um tempo feliz.

    []

    Disponvel em: . Acesso em: 13 jun. 2016.

    Dadas as afirmativas sobre os componentes textuais,

    I. No primeiro verso, o elemento coesivo como estabelece uma relao de conformidade.

    II. A relao de sentido entre as oraes do segundo e terceiro versos de causa e consequncia.

    III. No quarto verso, e no se cumpriram, h uma incorreo gramatical quanto posio do pronome oblquo tono, o qual deveria apresentar-se encltico.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) I, apenas.

    B) II, apenas.

    C) I e III, apenas.

    D) II e III, apenas.

    E) I, II e III.

    QUESTO 07 _______________________________

    Sol, inimigo da viso

    A exposio excessiva aos raios solares aumenta o risco de problemas nos olhos. Mas a maioria dos brasileiros desconhece o

    poder dessa ameaa

    Uma pesquisa divulgada na ltima semana mostrou que nove em cada dez brasileiros no tm conhecimento dos prejuzos que o sol pode causar sade dos olhos. O trabalho, realizado pelo Ibope e patrocinado pela empresa Transitions Optical do Brasil, ouviu duas mil pessoas no Pas. Quando perguntadas sobre os efeitos nocivos da exposio prolongada ao sol, elas citaram o risco aumentado para cncer de pele, a ocorrncia de queimaduras e o surgimento de rugas. Os danos viso nem apareceram na lista.

    O problema que o sol pode tambm se tornar um inimigo dos olhos. Alm de causar irritao, os raios ultravioleta podem provocar queimadura na crnea e at mesmo tumores. Seus estragos sero proporcionais ao incio da exposio se desde criana, por exemplo e do quanto ela foi demasiada. Os raios solares tm efeito cumulativo nos olhos, explica o oftalmologista Newton Kara Jos Junior, chefe do setor de catarata do Hospital das Clnicas de So Paulo. E a maior parte desse acmulo ocorre antes dos 18 anos de idade, completa. Isso ocorre porque at essa faixa etria a crnea e o cristalino permitem a entrada de muita radiao, ao contrrio do que ocorre na idade adulta. Nesse caso, as duas estruturas conseguem oferecer alguma proteo, embora ela no seja total. [...]

    Disponvel em: . Acesso em: 16 jun. 2016.

    Considerando os aspectos lingusticos do texto, assinale a alternativa correta.

    A) Na orao: Os danos viso nem apareceram na lista, caso o vocbulo viso fosse substitudo por vises, o acento indicativo de crase continuaria (...danos vises...).

    B) Na orao: Isso ocorre porque at essa faixa etria a crnea e o cristalino permitem..., os pronomes destacados funcionam como elementos fricos, mecanismos de coeso catafricos.

    C) Em: ...ao contrrio do que ocorre na idade adulta..., a concordncia do verbo ocorrer, na 3 pessoa do singular, feita com o antecedente do pronome relativo: o pronome demonstrativo o.

    D) Em: ...elas citaram o risco aumentado para cncer de pele,..., o pronome pessoal em destaque, que sujeito e com o qual o verbo concorda, funciona como elemento coesivo, j que remete ao termo queimaduras.

    E) A forma verbal desconhece em: Mas a maioria dos brasileiros desconhece o poder dessa ameaa est incorretamente flexionada, uma vez que deveria concordar com o substantivo brasileiros, que faz parte do sujeito simples.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    3 21 ago. 2016

    QUESTO 08 ________________________________

    Disponvel em: . Acesso em: 31 maio 2016.

    Assinale a alternativa correta sobre os versos apresentados na imagem.

    A) Nos dois primeiros versos, ocorre o fenmeno estilstico elipse.

    B) As assonncias, que esto marcadas em /a/ e /u/, aparecem no 1 verso.

    C) Os vocbulos braos, olhos e lbios so eufemismos, que remetem aos rios inteiros sem direo.

    D) A forma verbal vem, presente no verso 2, encontra-se corretamente grafada, segundo as orientaes do novo acordo ortogrfico.

    E) possvel identificar uma metfora nos versos 3 e 4, uma vez que o termo os lbios foi empregado fora do seu sentido normal, por analogia.

    QUESTO 09 ________________________________ A verdade que me sentia tolhido. Casa, hbitos, pessoas

    davam-me ares de outro tempo, exalavam um cheiro de vida clssica. No era raro o uso da capela particular. O que me pareceu nico foi a disposio daquela. A tribuna da famlia, a sepultura do chefe, ali mesmo, ao p dos seus, fazendo lembrar as primitivas sociedades em que florescia a religio domstica e o culto privado dos mortos.

    ASSIS, Machado de. Casa velha. So Paulo: Escala, 2001, p. 15 (fragmento).

    Assinale a alternativa correta quanto ao tipo ou ao gnero do texto.

    A) O estilo e a forma narrativa apresentam caractersticas de textos dramticos.

    B) Embora apresente forte motivao narrativo-literria, traz tambm em sua estrutura bsica aspectos da argumentao dissertativa.

    C) A escrita se configura no gnero do relato, marcada por mudanas bruscas de assunto e por descries pormenorizadas.

    D) Por sua concepo semntico-dissertativa, o texto desconsidera caracteres subjetivos oriundos das estruturas narrativas literrias.

    E) A constituio bsica do texto lembra os gneros miditicos, nos quais se evidenciam as frases rpidas, os argumentos de efeito e as formas expressivas enfticas.

    QUESTO 10 _______________________________

    Disponvel em: . Acesso em: 31 maio 2016.

    Considerando que a imagem remete lembrana da composio musical do grupo Ultraje a Rigor, intitulada Intil, identifica-se nessa imagem uma

    A) elipse pronominal.

    B) silepse de gnero.

    C) silepse de nmero.

    D) assonncia marcada em /a/ e /o/.

    E) metfora de gente e inutilidade.

    QUESTO 11 _______________________________

    Quando se ensina lngua, o que se ensina?

    A pergunta que se acha no item acima foi formulada por Antnio Augusto G. Batista na introduo do seu livro, Aulas de portugus Discursos e saberes escolares, (1997:1) com um contedo levemente diferente: Quando se ensina portugus, o que se ensina?.

    Para o autor, tratava-se da questo do ensino de lngua portuguesa, mas aqui se trata da lngua e no apenas do portugus. E no do ensino da lngua como tal, mas do seu estudo. Na realidade, essa indagao pode ser feita de muitas coisas, mas em particular se aplica ao caso da lngua.

    Se adotarmos a posio saussuriana, defendida no Curso, de que o ponto de vista cria o objeto, parece que a pergunta faz mais sentido. [...]

    MARCUSCHI, Luiz Antnio. Produo textual, anlise de gneros e compreenso. So Paulo: Parbola Editorial, 2008.

    Assinale a alternativa em que o vocbulo se apresenta idntica classificao que na frase: Para o autor, tratava-se da questo do ensino de lngua portuguesa [...].

    A) ...o que se ensina?

    B) Quando se ensina lngua,...

    C) Se adotarmos a posio saussuriana...

    D) ...mas em particular se aplica ao caso da lngua...

    E) A pergunta que se acha no item acima foi formulada...

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    4 21 ago. 2016

    QUESTO 12 ________________________________ A comunicao, expresso da competncia mental chamada

    linguagem, a capacidade de um ser humano se fazer compreender por outro e por meio desse processo de compreenso mtua entre pessoas que os vnculos sociais so criados e a cultura preservada ou modificada.

    VILALBA, Rodrigo. Teoria da comunicao: conceitos bsicos. So Paulo: tica, 2006. p. 22 (fragmento).

    Em sntese, o texto conclui que

    A) as relaes comunicativas se efetivam a partir das diferenas e dos caracteres identitrios.

    B) a criao de vnculos sociais transcende as prprias habilidades comunicativas das pessoas.

    C) o processo de compreenso mtua entre pessoas responsvel por elaborar o ato comunicativo.

    D) o ato de comunicao tambm um dos elementos que institui o gregarismo nas sociedades humanas.

    E) as relaes comunicativas despertam nos indivduos humanos as diferenas e seus instintos blicos.

    QUESTO 13 ________________________________ Ela aquiesceu, levantou-se, subiu a rua at seu ponto, subiu

    no nibus e sequer se virou para olhar para mim novamente. Ser que estava com raiva de mim? Estranhamente, fiquei esperando por ela naquele banco de parque durante vinte minutos, pensando, de forma irracional, que ela poderia voltar e continuar nossa conversa, mas ela nunca voltou. Seu nome era Celeste, pronunciado com um tch duro, como em cello.

    Mais tarde, naquele mesmo dia, encontrei uma biblioteca. Ah, como eu adoro uma biblioteca. J que estamos em Roma, essa biblioteca um lindo prdio antigo, e no interior h um jardim que voc nunca teria adivinhado que existia, se houvesse apenas olhado o lugar da rua. O jardim um quadrado perfeito, salpicados de ps de laranjeiras e com um chafariz no centro. [...]

    GILBERT, Elizabeth. Comer, rezar e amar. Traduo Fernanda Abreu. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

    Dados os trechos retirados do fragmento de texto,

    I. Ela aquiesceu, levantou-se, subiu a rua at seu ponto,...

    II. Estranhamente, fiquei esperando por ela naquele banco...

    III. ...naquele mesmo dia, encontrei uma biblioteca...

    IV. ...e no interior h um jardim que voc nunca teria adivinhado...

    verifica-se que expressa(m) inexistncia de agente apenas

    A) I.

    B) IV.

    C) I e IV.

    D) II e III.

    E) I, II e III.

    QUESTO 14 _______________________________ Apesar de me imaginar acabando sozinho num canto, eu

    sabia que precisava derrotar meu medo da situao. Em vez de ver a noitada com uma funo crtica de negcios, eu romanticamente considerava aquele um encontro mgico com estranhos fascinantes.

    VOC S/A, fevereiro/2016, p. 35

    Que relao semntica a expresso destacada estabelece no interior do perodo?

    A) Causa.

    B) Tempo.

    C) Finalidade.

    D) Concesso.

    E) Consequncia.

    QUESTO 15 _______________________________

    A cruz da estrada

    Castro Alves

    [...]

    Quando, noite, o silncio habita as matas,

    A sepultura fala a ss com Deus.

    Prende-se a voz boca das cascatas,

    E as asas de ouro aos astros l nos cus

    [...]

    Disponvel em: . Acesso em: 15 jul. 2016.

    A frase e a expresso destacadas so exemplos, respectivamente, de

    A) paradoxo e catacrese.

    B) pleonasmo e metonmia.

    C) pleonasmo e eufemismo.

    D) prosopopeia e catacrese.

    E) prosopopeia e eufemismo.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    5 21 ago. 2016

    RACIOCNIO LGICO

    QUESTO 16 ________________________________ Assinale a alternativa correta em relao ao Diagrama de Venn da figura.

    A) Para qualquer coisa, se B ento A.

    B) Para qualquer coisa, se A ento B.

    C) Todas as coisas so B.

    D) Todas as coisas so A.

    E) Ningum A.

    QUESTO 17 ________________________________ Se a sequncia (1,1), (1,1), (2,0), (3,1), (5,1), (8,0), (13,1), (21,1), (34,0), (55,1), (89,1), ... foi construda a partir de uma lei de formao, o seu dcimo segundo termo

    A) (90,1).

    B) (100,0).

    C) (100,1).

    D) (144,0).

    E) (144,1).

    QUESTO 18 ________________________________ Supondo que os smbolos , e representam a negao, condicional e bicondicional, respectivamente, a partir do conjunto de premissas {A E, C E, E G}, possvel concluir que

    A) A C.

    B) C A.

    C) E A.

    D) G A.

    E) E G.

    QUESTO 19 _______________________________ Dadas as afirmativas sobre figuras geomtricas,

    I. O permetro de uma circunferncia est diretamente relacionado ao seu raio.

    II. Um cubo com aresta de comprimento L/2 possui a metade do volume de um cubo com aresta de comprimento L.

    III. A soma das reas de quatro quadrados idnticos igual rea de um quadrado cujos lados possuem o dobro do comprimento dos lados desses quatro quadrados.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) I, apenas.

    B) II, apenas.

    C) I e III, apenas.

    D) II e III, apenas.

    E) I, II e III.

    QUESTO 20 _______________________________ Sendo A e B dois conjuntos quaisquer, correto afirmar que se

    A) A B = A, ento B subconjunto de A.

    B) A B = A, ento necessariamente B vazio.

    C) A B = B A, ento as cardinalidades de A e B so distintas.

    D) A B = A B, ento as cardinalidades de A e B so distintas.

    E) A B = A, ento B o conjunto vazio e A um conjunto no vazio.

    QUESTO 21 _______________________________ Se um restaurante self-service disponibiliza para seus clientes apenas 3 tipos diferentes de feijo, 4 tipos diferentes de arroz e 5 tipos diferentes de carne, quantos pratos diferentes podem ser montados com uma opo de feijo, uma de arroz e de uma a trs de carne, sem repetio do tipo de carne?

    A) 1 440

    B) 1 020

    C) 900

    D) 720

    E) 300

    QUESTO 22 _______________________________ Das premissas,

    I. Jorge jogador de tnis ou Carla cientista;

    II. Se Carla cientista ento Brbara biloga;

    III. Se Brbara biloga ento Mariana mdica.

    correto inferir que se

    A) Brbara biloga, Carla cientista.

    B) Carla cientista, Mariana no mdica.

    C) Jorge jogador de tnis, Brbara biloga.

    D) Brbara no biloga, Mariana no mdica.

    E) Jorge no jogador de tnis, Brbara biloga.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    6 21 ago. 2016

    QUESTO 23 ________________________________ Considerando que os smbolos , , , e representam a negao, conjuno, disjuno, condicional e bicondicional, respectivamente, qual alternativa apresenta uma tautologia?

    A) (A B) (A B)

    B) (A B) (A B)

    C) (A B) (B A)

    D) (A B) (B A)

    E) (A B) (A B)

    QUESTO 24 ________________________________ Quatro pessoas jogaram domin por todo um domingo. Antes da ltima partida, o histrico do dia foi analisado e verificou-se que Carlos tinha 20% de chance de ganhar a partida e Aldo ou Bete tinham 36% de chance de ser o vencedor. Qual a chance de Denise, a quarta pessoa, vencer a ltima partida?

    A) 44%

    B) 40%

    C) 34%

    D) 16%

    E) 8%

    QUESTO 25 ________________________________ A partir de uma pesquisa de satisfao envolvendo quatro produtos, obteve-se o seguinte grfico sobre a preferncia dos consumidores:

    Com base nas informaes apresentadas no grfico, correto afirmar que a porcentagem de consumidores que preferem o Produto A ou o Produto D

    A) 7%.

    B) 21%.

    C) 33%.

    D) 46%.

    E) 54%.

    NOES DE ADMINISTRAO PBLICA

    QUESTO 26 _______________________________ A modalidade de licitao Concurso ocorre entre

    A) quaisquer interessados que, na fase inicial de habilitao preliminar, comprovem possuir os requisitos mnimos de qualificao exigidos no edital para execuo de seu objeto.

    B) interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condies exigidas para cadastramento at o terceiro dia anterior data do recebimento das propostas, observada a necessria qualificao.

    C) quaisquer interessados para escolha de trabalho tcnico, cientfico ou artstico, mediante a instituio de prmios ou remunerao aos vencedores, conforme critrios constantes de edital publicado na imprensa oficial com antecedncia mnima de 45 (quarenta e cinco) dias.

    D) quaisquer interessados para a venda de bens mveis inservveis para a administrao ou de produtos legalmente apreendidos ou penhorados, ou para a alienao de bens imveis prevista no art. 19, a quem oferecer o maior lance, igual ou superior ao valor da avaliao.

    E) interessados do ramo pertinente ao seu objeto, cadastrados ou no, escolhidos e convidados em nmero mnimo de 3 (trs) pela unidade administrativa, a qual afixar, em local apropriado, cpia do instrumento convocatrio e o estender aos demais cadastrados na correspondente especialidade que manifestarem seu interesse com antecedncia de at 24 (vinte e quatro) horas da apresentao das propostas.

    QUESTO 27 _______________________________ A atribuio primordial da Administrao Pblica oferecer

    utilidades aos administrados, no se justificando sua presena seno para prestar servios coletividade.

    MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 29. ed. So Paulo: Malheiros, 2004, p.320.

    Dadas as afirmativas a respeito dos servios pblicos, I. Ainda quando executados por particulares, a Administrao

    Pblica no perde a titularidade dos servios pblicos concedidos ou delegados.

    II. Os servios pblicos so remunerados por tarifas cobradas diretamente dos usurios, notadamente nos casos em que a lei determina sua utilizao compulsria.

    III. Incumbe ao Estado a prestao de servios pblicos que, ainda quando desempenhados sob regime de concesso, so de utilizao compulsria pelos particulares.

    IV. Os servios pblicos so prestados diretamente pelo Poder Pblico para atender as necessidades coletivas, sendo gratuitos para o cidado que comprovar ser pobre na forma da lei.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) I, apenas.

    B) II, apenas.

    C) II e IV, apenas.

    D) I, III e IV, apenas.

    E) I, II, III e IV.

    Produto A

    33%

    Produto B

    39%

    Produto C

    7%

    Produto D

    21%

    Produto A

    Produto B

    Produto C

    Produto D

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    7 21 ago. 2016

    QUESTO 28 ________________________________ A obrigatoriedade de realizao de licitao um princpio da administrao pblica expressamente previsto no art. 37 da Constituio Federal, como forma de preservar a moralidade, a impessoalidade e a isonomia nas contrataes pblicas. No que diz respeito licitao pblica, correto afirmar:

    A) a obrigatoriedade de realizao de licitao no comporta ressalvas, exceto nos casos em que a concorrncia impossvel.

    B) as modalidades de licitao so de livre escolha do gestor pblico, desde que assegurem a igualdade de condies entre todos os interessados.

    C) as empresas estatais no esto obrigadas a realizar licitao para contrataes de qualquer espcie, visto que so pessoas jurdicas de direito privado.

    D) as autarquias, como o caso das universidades federais, no precisam realizar licitao para contratao de servios, uma vez que integram a administrao indireta.

    E) cabe Unio editar normas gerais de licitao, sendo tais disposies aplicveis s administraes pblicas diretas, autrquicas e fundacionais da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municpios.

    QUESTO 29 ________________________________ No contexto da administrao pblica e dos princpios que regem sua atuao, o controle exerce um papel fundamental. A Constituio Federal de 1988 traz diferentes formas de controle, a ser exercidas por diferentes sujeitos no plano constitucional. Quanto ao controle na administrao pblica, sua natureza, seu regime jurdico e seus tipos, assinale a alternativa correta.

    A) O exerccio do controle externo na administrao pblica destina-se, exclusivamente, ao combate corrupo, seja na forma de crimes ou de atos de improbidade administrativa.

    B) Os trs poderes, Legislativo, Executivo e Judicirio mantero sistema de controle interno com a finalidade de apoiar o controle externo no exerccio de sua misso institucional.

    C) A Constituio Federal no prev controle externo nos Municpios, visto que no autoriza a criao de novos Tribunais de Contas Municipais.

    D) Os atos administrativos discricionrios so imunes ao controle, seja este interno, externo ou judicial.

    E) O controle externo deve sempre limitar-se legalidade do ato, sem invadir os critrios de legitimidade.

    QUESTO 30 ________________________________ Segundo a Lei n 8.666/93, a celebrao de convnio, acordo ou ajuste pelos rgos ou entidades da Administrao Pblica depende de prvia

    A) aprovao do correspondente projeto de lei autorizativo.

    B) aprovao de competente plano de trabalho proposto pela organizao interessada.

    C) discusso e aprovao por maioria simples no conselho gestor de poltica pblica da rea.

    D) publicao de edital uma vez em dirio oficial e por trs vezes em jornal local de grande circulao.

    E) autorizao do Chefe do Poder Executivo e abertura do crdito suplementar correspondente.

    QUESTO 31 _______________________________ Dadas as afirmativas com base na Lei n 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa),

    I. elemento essencial do conceito de improbidade administrativa a leso ao errio, sem o qual o ilcito no se configura.

    II. Constitui ato de improbidade administrativa deixar de cumprir a exigncia de requisitos de acessibilidade previstos na legislao.

    III. A lei tipifica como improbidade negar publicidade aos atos oficiais, mesmo que no haja prejuzo financeiro para a Administrao Pblica.

    IV. Configura ato de improbidade revelar fato ou circunstncia de que tem cincia em razo das atribuies e que deva permanecer em segredo.

    verifica-se que est(o) correta(s)

    A) III, apenas.

    B) I e II, apenas.

    C) I e IV, apenas.

    D) II, III e IV, apenas.

    E) I, II, III e IV.

    QUESTO 32 _______________________________ Os regimes autoritrios, que possuem a aparncia de Estados

    republicanos, so republicanos mais de nome do que de fato, j que o termo republicano esteve sempre ligado origem e legitimao populares do poder de quem substituiu o rei, que legitimava o seu na tradio.

    MATTEUCCI, Nicola. Repblica. In: BOBBIO, Norberto et al. Dicionrio de Poltica. v 2. Trad. Carmen C. Varrialle et al. 5a ed. So Paulo: Imprensa oficial, 2000.

    Dadas as afirmativas com base nos princpios que regem a Administrao Pblica,

    I. O modelo de Estado Republicano implica eleio direta para todos os cargos de natureza poltica, na forma da lei.

    II. O modelo de Estado Republicano brasileiro incompatvel com a existncia de cargos vitalcios em qualquer dos poderes da repblica.

    III. O princpio da impessoalidade tem previso expressa no texto constitucional e est diretamente ligado ao princpio republicano, medida em que separa o Estado da pessoa do governante.

    IV. O modelo de Estado estruturado na Constituio de 1988 no verdadeiramente republicano, de fato, uma vez que concentra demasiadamente competncias nas mos da Unio em detrimento dos demais entes federados.

    verifica-se que est(o) correta(s) apenas

    A) I.

    B) III.

    C) II e III.

    D) I, II e IV.

    E) I, III e IV.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    8 21 ago. 2016

    QUESTO 33 ________________________________ As competncias atribudas aos trs poderes da repblica Executivo, Legislativo e Judicirio incluem funes tpicas e atpicas. A esse respeito, assinale a alternativa que indica caso de exerccio do poder regulamentar por parte da Administrao Pblica Federal.

    A) Edio de decreto de nomeao de Ministro da Sade.

    B) Apresentao de projeto de lei para reajuste da remunerao dos servidores pblicos federais.

    C) Aposio de veto, por interesse pblico, em relao a projeto de lei que ameace as finanas pblicas.

    D) Promulgao e publicao de lei que majore Imposto de Renda e Proventos de Qualquer Natureza.

    E) Edio de decreto para disciplinar a aplicao da Lei de Acesso Informao Administrao Pblica Federal.

    QUESTO 34 ________________________________ Quanto natureza jurdica dos Ministrios com base nos conceitos e princpios que estruturam a Administrao Pblica no Brasil, assinale a alternativa correta.

    A) Os Ministrios so Autarquias especiais.

    B) Os Ministrios so pessoas jurdicas de direito pblico.

    C) Os Ministrios no tm personalidade jurdica e compem a Administrao Direta.

    D) Os Ministrios so entes no personificados integrantes da Administrao Indireta.

    E) Os Ministrios, integrantes da Administrao Direta, podem ou no ter personalidade jurdica, conforme a rea de atuao.

    QUESTO 35 ________________________________ De acordo com a Lei n 8.112/90, a aplicao da penalidade de demisso a agente pblico que tenha cometido inassiduidade habitual representa exemplo de

    A) abuso de poder.

    B) excesso de poder.

    C) exerccio do poder de polcia.

    D) exerccio do poder disciplinar.

    E) exerccio do poder regulamentar.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    9 21 ago. 2016

    CONHECIMENTOS ESPECFICOS

    QUESTO 36 ________________________________ Com o advento da informtica e, consequentemente, com o avano das tecnologias de informaes geogrficas, os produtos cartogrficos ganharam mais importncia e visibilidade permitindo representar seus conceitos e categorias de forma precisa e objetiva, facilitando o entendimento do que se representa nas mais diversas mdias, digitais ou analgicas.

    De acordo com o IBGE, quais as formas de se representar dados espaciais utilizados na elaborao de um produto cartogrfico?

    A) Mapa e carta.

    B) Trao e imagem.

    C) Linha, ponto e polgono.

    D) Mosaico e carta imagem.

    E) Escala e resoluo espacial.

    QUESTO 37 ________________________________ A classificao climtica de Kppen-Geiger o sistema de classificao global dos tipos climticos mais utilizado em geografia, climatologia e ecologia. A classificao foi proposta em 1900 pelo climatologista alemo Wladimir Kppen, tendo sido por ele aperfeioada em 1918, 1927 e 1936, com a publicao de novas verses, preparadas em colaborao com Rudolf Geiger (da o nome Kppen-Geiger).

    Disponvel em: .

    Acesso em: 19 jun. 2016. (adaptado).

    Com base no quadro da Classificao climtica de Kppen-Geiger apresentada, qual a melhor classificao para o clima de Macei?

    A) Cwb

    B) Cfa

    C) Afa

    D) As

    E) Aw

    QUESTO 38 _______________________________

    VARIAO LATITUDINAL DO INTEMPERISMO NA FORMAO DOS SOLOS

    Fonte: TEIXEIRA, Wilson; TOLEDO, Maria Cristina Motta de; FAIRCHILD, Thomas Rich; TAIOLI,

    Fabio. (Orgs.). Decifrando a Terra. So Paulo, Oficina de Textos, 2000.

    A anlise da figura permite inferir que a formao de depsitos laterticos

    A) maior na zona climtica tropical.

    B) predomina nas reas de medias latitudes.

    C) sofre grande influncia da vegetao de Tundra.

    D) ocorre nas camadas intemperizadas mais profundas.

    E) se torna mais intensa em reas com menor precipitao.

    QUESTO 39 _______________________________

    MILITARES IRAQUIANOS ENTRAM NA CIDADE DE FALUJA

    As Foras Armadas do Iraque conseguiram entrar na cidade de Faluja, capturada por membros do grupo terrorista Daesh. A cidade localizada ao ocidente da capital iraquiana Bagd e ficou ocupada por jihadistas desde 2014. Antes da guerra, a cidade, com cerca de 350 mil moradores, estava entre as maiores no pas. Antes de entrar na cidade, o exrcito tinha pedido a todos os cidados para se evacuarem. Yehia Rasul, o porta-voz do Comando de Operaes Militares Conjuntas que partilhou a informao, afirmou: As Foras de contraterrorismo iraquianas, juntamente com o exrcito iraquiano e foras da Polcia Federal, entraram na cidade de Faluja para libert-la da organizao terrorista Daesh.

    Disponivel em: . Acesso em: 21 jun. 2016.

    O contexto da reportagem pode ser associado categoria geogrfica

    A) territrio, pois aborda relaes de poder.

    B) espao geogrfico, pois situa espacialmente o local retratado.

    C) lugar, pois mostra os sentimentos das pessoas pela localidade.

    D) paisagem, pois descreve as imagens percebidas pelos envolvidos.

    E) regio, pois abrange o conjunto de caractersticas que a individualiza.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    10 21 ago. 2016

    QUESTO 40 ________________________________ O estudo das pirmides etrias permite o planejamento das aes pblicas e auxilia o processo de tomada de deciso. Com base nas tendncias de crescimento da populao possvel fazer projees sobre o comportamento futuro da estrutura populacional.

    IBGE. Projees e estimativas da populao do Brasil e das Unidades da Federao. Disponvel em: . Acesso em: 19 jun. 2016.

    A anlise das pirmides etrias de Alagoas e sua projeo para 2030 indicam que os programas de governo devem centrar esforos na resoluo dos problemas advindos

    A) do aumento da taxa de mortalidade e da falta de empregos.

    B) do nmero excessivo de jovens e adultos inseridos na base da pirmide.

    C) da acelerao do crescimento vegetativo e diminuio da taxa de mortalidade.

    D) da falta de mo de obra qualificada para suprir as vagas de novos empregos no futuro.

    E) da diminuio do nmero de jovens e do processo de envelhecimento da populao.

    QUESTO 41 _______________________________

    Google Earth

    Sabendo que a distncia entre Arapiraca/AL e Marechal Deodoro/AL em linha reta de 85 Km, qual a distncia grfica no mapa entre essas duas cidades?

    A) 5,95 cm

    B) 8,23 cm

    C) 12,14 cm

    D) 24,12 cm

    E) 121,4 cm

    QUESTO 42 ____________________________________________________________________________

    TRANSIO DEMOGRFICA NO BRASIL: 1872-2050

    ALVES, Jos Eustquio Diniz. A transio demogrfica e a janela de oportunidade. So Paulo: Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial, 2008.

    A anlise do grfico de transio demogrfica do Brasil, auxiliado pelos conhecimentos sobre fatores e dinmica do comportamento populacional, permite concluir que

    A) o perodo da revoluo sanitria e suas consequncias ocorreu principalmente entre as dcadas de 20 e 80.

    B) o crescimento vegetativo apresenta uma relao direta de crescimento com o processo de industrializao do pas.

    C) os ndices negativos de crescimento da populao, mostrados no grfico, esto associados ao uso de anticoncepcionais.

    D) o processo de urbanizao se mostra mais influente no comportamento demogrfico na primeira metade do sculo XX.

    E) os valores de crescimento populacional do grfico esto dentro dos padres de um pas da terceira fase da transio demogrfica

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    11 21 ago. 2016

    QUESTO 43 ________________________________

    MAPA DE PETSBURG NA ESCALA 1:500000

    Disponvel em: .

    Acesso em: 22 jun. 2016.

    Sobre esse mapa foi demarcada uma unidade de conservao ambiental (UC), de forma quadrada, medindo 7 cm de lado. A rea dessa UC mede no terreno

    A) 12,25 km2.

    B) 122,5 km2.

    C) 1.225 km2.

    D) 12.250 km2.

    E) 12.255 km2.

    QUESTO 44 ________________________________

    REPRESENTAO DO RELEVO NO FORMATO DE UMA MATRIZ

    No modelo mostrado, cada quadrado representa

    A) um vetor com valores de altitude atribudos a cada um dos elementos geogrficos.

    B) um pixel, que possui um atributo e uma localizao em um sistema de coordenadas espaciais.

    C) a declividade do terreno em funo de sua localizao no espao, que expressa pelos nmeros.

    D) um atributo, enquanto os nmeros indicam a distribuio do local no sistema de coordenadas espaciais.

    E) a variao de localizao, representada pelos nmeros, de pontos distintos de um sistema de coordenadas.

    QUESTO 45 ________________________________ A geomorfologia concentra-se no estudo das formas dos relevos e das paisagens, pois a onde todas as interaes superficiais de um terreno se relacionam. Quais as bandas dos satlites Landsat 5 (sensor TM) e 7 (sensor ETM+) utilizadas para uma composio RGB com caractersticas voltadas anlise das paisagens sob a necessidade geomorfolgica?

    A) 1, 2 e 3, para o satlite Landsat 5

    B) 2, 3 e 4, para o satlite Landsat 5

    C) 3, 4 e 7, para o satlite Landsat 5

    D) 3, 4 e 5, para o satlite Landsat 7

    E) 4, 6 e 7, para o satlite Landsat 7

    QUESTO 46 ________________________________ A insero de coordenadas geogrficas em um programa de geoprocessamento deve obedecer a alguns processos de transformao e de adequao ao sistema internacional de informao geogrfica. Ao buscar uma localidade de coordenadas 9 30 S e 35 45 W em um sistema como o Google Earth, configurado para trabalhar com graus decimais, a localidade deve ser inserida no sistema como

    A) Lat -9.50 e Long -35.75

    B) Lat 9.50 e Long -35.75

    C) Lat 9.50 e Long 35.75

    D) Lat -35 75 e Long 9 50

    E) Lat -35.75 e Long -9.50

    QUESTO 47 ________________________________ O geoprocessamento se refere a um campo do conhecimento que utiliza tcnicas matemticas e computacionais para o tratamento de informaes geogrficas. O conhecimento sobre as tecnologias de Geoprocessamento permite afirmar que o Sensoriamento Remoto (SR)

    A) um sistema de posicionamento por satlites utilizado para a determinao da posio de um receptor na superfcie terrestre.

    B) a porta de entrada de informaes em um padro X, Y e Z, no qual X e Y fornecem a localizao de um objeto espacial em um mapa georreferenciado e Z representa um atributo.

    C) o processamento de dados grficos (por exemplo, mapas) e alfanumricos (por exemplo, tabelas) com a finalidade de desenvolver anlises espaciais e modelagens da superfcie.

    D) o conjunto de hardware e software utilizado para gerar mapas e informaes geogrficas, alm de manipular, visualizar e analisar dados espacialmente referenciados a um sistema de coordenadas conhecido.

    E) a tecnologia capaz de obter imagens e outros tipos de dados pelo monitoramento da superfcie terrestre, atravs da captao e do registro da energia eletromagntica refletida ou emitida da superfcie.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    12 21 ago. 2016

    QUESTO 48 ________________________________ A rea de Proteo Ambiental (APA) da Marituba do Peixe em Alagoas possui rea de 18.600ha e abrange os municpios de Feliz Deserto, Piaabuu e Penedo. Esse tipo de unidade de conservao (UC) se caracteriza por ser uma rea

    A) destinada preservao da natureza e realizao de pesquisas cientficas, podendo ser visitada apenas com o objetivo educacional.

    B) extensa, com o objetivo de proteger a diversidade biolgica, ordenar o processo de ocupao humana e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

    C) destinada preservao de lugares singulares, raros e de grande beleza cnica, permitindo diversas atividades de visitao, desde que as atividades realizadas nessas reas sejam compatveis com os objetivos da UC.

    D) destinada preservao dos ecossistemas naturais e stios de beleza cnica, permitindo o desenvolvimento de atividades recreativas, educativas e de interpretao ambiental, alm de permitir a realizao de pesquisas cientficas.

    E) voltada preservao da diversidade biolgica e a realizao de medidas de recomposio dos ecossistemas alterados, visando a recuperao do equilbrio natural, podendo ser visitada apenas com o objetivo educacional.

    QUESTO 49 ________________________________ Em um SIG, os dados geogrficos podem ser estruturados

    em planos de informao, tambm denominados de camadas. Essas camadas podem ser sobrepostas e representam um modelo do mundo real. Elas so compostas por uma coleo de elementos geogrficos, tambm chamados de entidades ou objetos espaciais.

    Disponvel em: . Acesso em: 18 jun. 2016.

    Para que ocorra a correta sobreposio das camadas, necessrio que elas possuam

    A) o mesmo modelo de elevao do terreno, sistema geodsico (datum) semelhante e escalas prximas.

    B) formato raster, idntica escala, mesmo sistema geodsico (datum) e a mesma fonte de informaes.

    C) projeo cilndrica, idntica escala, sistema geodsico (datum) semelhante e as mesmas coordenadas.

    D) projeo cartogrfica, sistema de coordenadas e sistema geodsico (datum) comuns, alm de escalas prximas.

    E) o mesmo tipo de projeo cartogrfica e de sistema geodsico (datum), independentemente do tamanho da escala.

    QUESTO 50 ________________________________ Segundo dados do IBGE, em 2010 o nmero de bitos em

    Alagoas chegou a 15.812 pessoas e sua taxa de nascidos vivos foi de 16,84.

    IBGE. Estatsticas do Registro Civil. Rio de Janeiro, v. 37, p. 1-178, 2010.

    Considerando que a populao total do estado de Alagoas em 2010 era de 3.120.922 habitantes, calcule a taxa de crescimento vegetativo do estado nesse ano. A) 1,62

    B) 3,42

    C) 5,06

    D) 11,78

    E) 15,87

    QUESTO 51 ________________________________ A preciso grfica dos elementos representveis em um mapa est diretamente relacionada a sua grandeza medida no terreno, cujas dimenses inferiores ao valor do erro admissvel que de 1/5 de milmetro, no tero representao grfica, ou seja, no faro parte do mapa, a menos que seja atravs de convenes. Mediante isso, possvel calcular o erro tolervel para uma determinada escala em funo do erro admissvel. Logo, ao considerar uma determinada poro da superfcie da Terra que se queira mapear e que possua feies de 25 metros de extenso, a menor escala que se deve adotar para que essas feies tenham representao ser

    A) 1:50.000

    B) 1:100.000

    C) 1:125.000

    D) 1:250.000

    E) 1:500.000

    QUESTO 52 ________________________________

    TEIXEIRA, Wilson; TOLEDO, Maria Cristina Motta de; FAIRCHILD, Thomas Rich; TAIOLI, Fabio.

    (Orgs.). Decifrando a Terra. So Paulo: Oficina de Textos, 2000.

    A dissoluo de certos tipos de rocha pelas guas subterrneas, criando cavernas subterrneas e provocando dolinamento, como mostrado na figura, formam

    A) um sistema crstico.

    B) um conjunto de ravinas.

    C) as dinmicas tectnicas.

    D) os processos de sedimentao.

    E) os voorocamentos ou boorocamentos.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    13 21 ago. 2016

    QUESTO 53 ________________________________ O espectro eletromagntico formado por faixas espectrais divididas pelos seus respectivos comprimentos de onda. Assinale a alternativa que corresponde aos intervalos das cores do espectro visvel: violeta, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho, respectivamente.

    A) 1,55 a 1,71 m; 0,38 a 0,45 m; 0,62 a 0,7 m; 1,13 a 3 m; 0,49 a 0,58 m e 0,2 a 0,45 m.

    B) 0,62 a 0,7 m; 0,6 a 0,62 m; 0,58 a 0,6 m; 0,49 a 0,58 m; 0,45 a 0,49 m e 0,38 a 0,45 m.

    C) 0,45 a 0,49 m; 0,49 a 0,58 m; 0,62 a 0,7 m; 0,7 a 1,3 m; 1,3 a 6 m e 6 a 1000 m.

    D) 0,39 a 0,44 m; 0,44 a 0,75 m; 0,76 a 0,9 m; 0,9 a 1,13 m; 1,13 a 1,3 m e 1,31 a 3 m.

    E) 0,38 a 0,45 m; 0,45 a 0,49 m; 0,49 a 0,58 m; 0,58 a 0,6 m; 0,6 a 0,62 m e 0,62 a 0,7 m.

    QUESTO 54 ________________________________ Um Fuso Horrio abrange uma faixa que vai de 07 30 E a 07 30 W do meridiano principal de cada mltiplo de 15, portanto, 15 de longitude. Todas as localidades dentro de um mesmo fuso adota a mesma hora mdia do meridiano principal (hora legal); no entanto, a hora local, tambm chamada de hora solar ou hora geogrfica, varia de uma localidade para outra no sentido da longitude, como mostrado na figura.

    REPRESENTAO ESQUEMTICA DE UM CONJUNTO DE TRS FUSOS HORRIOS

    Sabendo que a hora local pode diferenciar da hora legal, podemos afirmar que a hora local em A e B, representada na figura, so, respectivamente,

    A) 6h 12min e 7h 44min.

    B) 6h 12min e 7h 16min.

    C) 5h 48min e 8h 26min.

    D) 5h 48min e 8h 16min.

    E) 5h 48min e 7h 16min.

    QUESTO 55 ________________________________ A participao do setor tercirio no PIB alagoano corresponde a 72% da sua economia, assemelhando-se ao estado de So Paulo, onde o referido setor participa com 75% da economia. Sobre essa semelhana, possvel afirmar:

    A) em Alagoas, o setor tercirio passou a interagir mais fortemente com a indstria.

    B) houve um forte crescimento na participao do setor tercirio e uma reduo na participao do setor primrio em Alagoas.

    C) em Alagoas, apenas 13% dos servios so derivados de atividades essencialmente providas pelo setor pblico. Em So Paulo, esse percentual de 39%.

    D) o principal motivo dessa aproximao entre os estados se deve natureza heterognea do setor de servios, contendo uma grande gama de atividades, desde os mais bsicos at os mais sofisticados.

    E) a populao urbana alagoana tornou-se mais escolarizada, passando a demandar produtos e servios mais sofisticados, exigindo, assim, o consumo de bens mais complexos e com servios intensivos em conhecimento abarcados.

    45 30 15

    1 3 2 6h 7h 8h

    26

    48

    A

    B

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    14 21 ago. 2016

    QUESTO 56 ____________________________________________________________________________ Os mapas so uma forma de linguagem, ou seja, um meio de comunicao, pois, no seu processo de confeco, devem obedecer a alguns critrios tcnicos de orientao espacial e representaes geogrficas, a exemplo da grade de coordenadas, rosa dos ventos e escala grfica. Tais critrios embasam a interpretao e a compreenso da realidade espacial dos fenmenos analisados.

    De acordo com os elementos de orientao espacial contidos na figura sobre a cartografia do Estado de Alagoas, assinale a alternativa correta.

    A) O meridiano -37 divide o estado em dois fusos UTM.

    B) Os meridianos centrais dos fusos UTM so -39 e -33.

    C) Os fusos UTM que abrangem o Estado so o 24L e 23L, respectivamente.

    D) Possui uma cobertura cartogrfica de oito cartas topogrficas na escala de 1:100.000.

    E) O municpio de Macei est inserido no fuso UTM correspondente ao meridiano central -39.

    QUESTO 57 ________________________________ Para Milton Santos, paisagem tudo aquilo que ns vemos, o que a nossa viso alcana. Assinale a alternativa correta.

    A) A paisagem formada apenas de volumes.

    B) As cores, movimentos e sons no fazem parte da paisagem.

    C) A paisagem pode ser definida como domnio do visvel, aquilo que a vista abarca.

    D) A paisagem no deve ser analisada como uma categoria de anlise da geografia.

    E) A paisagem foi introduzida na geografia pelos gegrafos estadunidenses da Escola de Berkley.

    QUESTO 58 ________________________________ Dadas as afirmativas sobre regies metropolitanas do estado de Alagoas,

    I. Alagoas possui nove regies metropolitanas.

    II. As regies metropolitanas devem ser institudas mediante leis ordinrias.

    III. A regio metropolitana de Macei formada por apenas 11 municpios.

    IV. O municpio de Unio Palmares passou a integrar a regio metropolitana de Macei por meio da Lei Estadual n 40/2014.

    verifica-se que est(o) correta(s) apenas

    A) I.

    B) II.

    C) I e IV.

    D) II e III.

    E) II, III e IV.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    15 21 ago. 2016

    QUESTO 59 ___________________________________________________________________________

    MAPA 1

    MAPA 2

    Disponvel em: .

    Acesso em: 18 jun. 2016.

    O primeiro mapa mostra, em destaque, uma zona trmica da terra; o segundo mostra um conjunto de ocorrncia vegetal associada ao clima. A anlise dos mapas nos permite afirmar que A) o mapa 2 destaca a ocorrncia dos desertos quentes do mundo. B) o mapa 2 mostra a vegetao de savana, tpica de climas tropicais semiridos. C) ocorrem, na zona trmica retratada, os climas equatoriais e temperados, com presena de vegetao florestal.

    D) ocorrem, nessa faixa climtica, climas e vegetaes que apresentam as quatro estaes do ano bem definidas. E) ocorre, nessa rea, uma grande diversidade de climas tropicais e presena de florestas equatoriais e tropicais.

  • NS 08. GEGRAFO

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

    Concurso Pblico para Tcnico-Administrativo - 2016 Prova tipo 2

    16 21 ago. 2016

    QUESTO 60 ________________________________ Mundialmente falando, qual dos softwares gratuitos abaixo listados o mais utilizado na rea de geoprocessamento no servio pblico?

    A) gvSIG.

    B) QGIS.

    C) ArcGIS.

    D) Spring.

    E) PostGIS.