Relatrio PACTO MEDIO Gremio Estudantil

  • Published on
    11-Jan-2016

  • View
    221

  • Download
    0

Transcript

PACTO PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MDIOFormao de professores do Ensino MdioCaderno 01 2 etapaOrganizao do Trabalho Pedaggico no Ensino Mdio

Local: Escola Pastor Amaro de Sena

Orientadora de Estudos: Prof Maria de Ftima Generino da Silva

Relatrio de atividade coletiva Realizada em 23/05/2015

O relato a seguir visa apresentar atividade coletiva realizada pelo professores cursistas do Pacto na Escola Pastor Amaro de Sena, sob a orientao da Prof Maria de Ftima Generino, cuja temtica tinha por objetivo refletir sobre as concepes de Grmio estudantil tidas pelos estudantes do Ensino Mdio. Para tal, foram convidados 03 (trs) estudantes de cada uma das turmas do Ensino Mdio.

O inicio do trabalho ocorreu atravs de acolhida promovida pelas Professoras Mase Brasilino e Danielly Teofilo que saudaram a todos os participantes e esclareceram a finalidade do encontro. Na sequncia, a professora Mase chamou ateno para a forma como os participantes estavam dispostos na sala, estando visivelmente agrupados de um lado todos os professores e do lado opostos agrupados os estudantes. Dessa forma, a primeira providncia antes de dar continuidade foi promover a redistribuio dos participantes por meio da formao de grupos mistos compostos por estudantes e professores. Na sequncia foi realizada uma dinmica de apresentao j que havia tantos professores quanto estudantes que ainda no se conheciam ou trabalharam juntos ate o momento. A dinmica consistia que cada participante dizer seu nome, seguido de um gesto corporal e uma palavra ou caracterstica cujo nome iniciasse pelo mesmo nome de quem se aprestava, devendo tanto o gesto quanto a palavra ser repetido por todos os presentes. A atividade foi bem divertida despertando risos e entrosamento. Em seguida as professoras promoveram outra dinmica para entrosamento, na qual os participantes ainda em grupo, deveriam cantar uma msica apenas cantarolando com l,l,l... para que fosse adivinhada pelos parceiros de equipe. Os grupos iam pontuam cada vez que reconheciam a msica e/ou informavam o ttulo da cano. A atividade foi muito alegre e prazerosa com muitos risos e tambm um estranhamento por parte dos estudantes que achavam as msicas antigas demais para eles. Concluda a dinmica foi promovida uma breve reflexo a respeito da importncia da participao independente do resultado, j que um dos grupos mesmo sem condies de pontuar para vitria seguiu firme e desejoso de participar ate o final da dinmica. O fechamento das dinmicas foi realizado com a exibio de clipe com a msica Wonderful World e feito um breve comentrio sobre a mensagem vinculada pela musica e mensagem.

A seguir foi exibido um vdeo sobre a histria do movimento estudantil com uma retrospectiva histrica da participao e mobilizao dos estudantes em diversos momentos importantes para o pas e para o mundo. Todos assistiram as imagens com ateno e depois foi promovida uma reflexo sobre as cenas. Alguns professores relataram sobre suas experincias de participao quando estudantes e ressaltaram a importncia da mobilizao dos estudantes nas aes promovidas pela escola.

Dando continuidade, foi aberto um dos momentos mais aguardados e do encontro: a rodada de debates. Os mediadores, Professores Pedro e Josane, trouxeram alguns questionamentos que eram colocados para todos e em seguida abertas as inscries para a fala, rplica e trplica. Dentre as questes tratadas pode-se destacar: O que Grmio? Como o grmio vem atuando? Qual o perfil do estudante gremista? O que podemos identificar ou sugerir diante a atuao do Grmio de nossa escola? As falas foram muito pertinentes, pudemos todos de forma clara e democrtica expor opinies, fazer reflexes bem como apresentar propostas a serem implementadas em nossa escola. Dentre as exposies feitas tanto por professores quanto por alunos, destacam-se:

O grmio visto como elo entre os alunos e a escola, porm so Muitas as dificuldades para articular o Grmio com os representantes de turma. O problema seria a forma como os representantes de turmas so escolhidos pelos pares, sendo eleitos alunos que nem sempre tem perfil para a funo.

A atuao do grmio em 2015 est um tanto parada.

Os alunos concluintes se dizem prejudicados em seu desempenho escolar porque se dedicam s causas estudantis e relegam seus estudos individuais a um segundo plano

Foi sugerido que os estudantes pudessem se envolver na organizao das aulas de reposio de greve promovendo palestras e mobilizando os demais estudantes.O grmio movimenta os estudantes

O grmio atua como uma segunda direo da escola (gesto). No sentido de ser um colaborador e tambm fiscal a servio dos estudantes

Dando prosseguimento ao debate foi lanada pelo mediador, professor Pedro, o seguinte questionamento: Qual o perfil do estudante gremista? Como repostas foram ressaltadas por diversas vezes algumas caractersticas, tais como: responsveis, determinados, perseverantes e comprometidos. Um dos estudantes disse ainda ser condio essencial que o estudante no seja tmido pois pode se retrair diante aos pares e por isso ter dificuldade para se expor ou mobilizar. Dito isso, surgiu uma pseudo polmica uma vez que a maior parte dos alunos tidos como populares ou descolados no tem compromisso com a causa estudantil e uitas vezes vivem s no oba oba e tm perfil de estudante desinteressado ou at mesmo indisciplinado. Diante as explanaes, foi feita uma reflexo de que seja essencial que se trabalhe junto a todos os estudantes o que de fato ser representante de turma e aluno gremista e quais as responsabilidades da funo observando ainda que as caractersticas como timidez ou popularidade no podem ser tidas como credenciais de acesso ou impedimento candidatura.

Diante ao desenrolar do debate e o adiantado da hora, os mediadores, acordaram que seria trazida discusso apenas mais uma questo e que deveriam todos ser sucintos nas suas colocaes. Foi ento apresentada a seguinte questo: Quais as sugestes para a Escola? Para essa indagao foram apresentadas as seguintes respostas:

Desenvolver momentos de interao entre professores e alunos, por 02 h/a semanalmente

Oferecer aulas mais atrativas (no foi estabelecidos de maneira clara quais seriam os critrios de atratividade)

Sensibilizar os estudantes para que entendam mais o lado dos professores

Agendar para 27/05, reunio entre professores e alunos para repasse dos assuntos abordados na atividade ora realizada.

Aps as colocaes apresentadas, os mediadores partiram para as consideraes finais ressaltando e agradecendo a participao de todos, avaliando que o momento fora muito significativo para todos e que deixa um sentimento de que momentos assim precisam ser repetidos, pois se configuram como grandes oportunidades de construo de uma escola participativa e de qualidade.