Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index ... Revistas Tcnico-Cientficas ... (2012). Uma das principais bases de dados brasileira, que incluem as revistas da rea, a Literatura

  • Published on
    21-May-2018

  • View
    217

  • Download
    4

Transcript

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 118

    Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas

    Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins

    Bibliotecria da seo de tratamento da informao da Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da USP

    Tatiana Carvalho

    Tcnica Administrativa da seo de tratamento da informao da Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da USP.Mestre em Educao pela Faculdade de Educao da Universidade de So Paulo

    http://dx.doi.org/10.1590/1981-5344/1615

    Este artigo questiona se a recuperao da informao da rea de psicologia, na base LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Cincias da Sade), fica comprometida, quando no utilizada uma terminologia especfica. Analisa-se a indexao de 124 artigos de peridicos de psicologia, que compem as bases de dados LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas (Base de dados que contribui para o controle bibliogrfico da literatura brasileira em psicologia publicada em peridicos). Observa-se que 52% dos artigos foram bem representados pela Terminologia em Psicologia por termos que especificam mais os conceitos da rea; 35% foram representados idntica ou similarmente pelos dois vocabulrios; e 13% foram melhores indexados, utilizando-se os DeCS (Descritores em Cincias da Sade). Conclui-se que uma possvel soluo para realizar uma boa representao da rea de psicologia seria a incluso de mais termos no DeCS, j que essa rea contribui com 78 ttulos de revistas especializadas na LILACS, correspondendo, at o momento, a 16.324 artigos cadastrados.

    Palavras-chave: Recuperao da informao; Indexao; Terminologias; Revistas cientficas.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 119

    Information retrieval in Psychology: LILACS and Index Psi Revistas

    Tcnico-Cientficas

    This article questions if information retrieval of Psychology on the Lilacs database is affected when a specific terminology is not used. Indexing of 124 journal articles in psychology that comprises the databases LILACS (Latin-American and Caribbean Center on Health Sciencies Information) and Index Psi is analyzed. We observed that 52% of the articles were well represented by the terminology in psychology, for more specific terms of the area; 35% were similarly represented by both vocabularies, and 13% were better indexed by using DeCS (Descriptors in Health Sciences, developed from MeSH). We conclude that a possible solution to achieve a good representation of Psychology would be the inclusion of more terms in the DeCS, because this area contributes with 78 titles of journals in LILACS corresponding until now to 16.324 registered articles.

    Keywords: Information retrieval; Indexing; Terminology; Scientific Journals.

    Recebido em 03.10.2012 Aceito em 12.02.2014

    1 Introduo

    As Linguagens documentrias auxiliam os indexadores a escolherem os termos apropriados para representar o contedo de um documento.

    Boccato e Fujita (2011) nos ajudam a entender a importncia das Linguagens Documentrias:

    Os vocabulrios controlados so instrumentos de representao temtica que possibilitam organizar a informao documentria para recuperao por assunto, a partir de estratgias de busca elaboradas por usurios locais e a distncia (BOCCATO; FUJITA, 2011, p. 1).

    A funo principal de um vocabulrio controlado organizar a informao especializada e o da indexao traduzir a linguagem natural do pesquisador em linguagem documentria, por meio da representao do conceito. Essa representao til para que os pesquisadores se apropriem de outros conhecimentos anteriormente gerados e possam

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 120

    produzir mais cincia, fortalecendo sua rea de atuao. Dinamizando essa ponte entre as pesquisas e os pesquisadores, esto as bases de dados, especializadas em suas respectivas reas, que, por meio de buscas, apresentam o contedo atualizado e apropriado, o que contribui para a evoluo da cincia. Portanto, quando o documento bem representado tematicamente, o pesquisador e sua rea so beneficiados.

    H maior possibilidade de recuperao de um trabalho cientfico, de ser lido e citado, quando ele bem representado. Manh et al. (2008) explicam:

    A visibilidade dos artigos leva citao. A citao o fator motivador para o pesquisador publicar. um indicador importante para a avaliao da capacidade cientfica tanto do indivduo, quanto departamento, universidade ou pas. importante para a sobrevivncia da prpria revista citada (MANH et al., 2008, p. 2).

    O trabalho do indexador primordial para que a disseminao da informao possa acontecer de forma mais eficiente possvel. As bases de dados so instrumentos igualmente importantes e essenciais para a evoluo da cincia, divulgando as informaes para toda a comunidade por meio dos artigos das revistas especializadas.

    Esta relao pode ser traduzida da seguinte maneira: parceria do pesquisador + indexador + base de dados = o desenvolvimento e divulgao do conhecimento cientfico das reas especializadas, enriquecendo e oxigenando a cincia.

    As revistas de Psicologia vm obtendo aceitao em muitas bases de dados, como nos mostra Sampaio e Sabadini (2012). Uma das principais bases de dados brasileira, que incluem as revistas da rea, a Literatura Latino-americana e do Caribe em Cincias da Sade (LILACS). As revistas de psicologia includas na base LILACS so cadastradas pelos bibliotecrios dos Centros Cooperantes da Rede Brasileira de Bibliotecas da rea de Psicologia (ReBAP), que conta com 178 bibliotecas participantes, sendo Instituies de Ensino Superior Federais, Estaduais, Particulares, Associaes e Sociedades de Psicologia. Vale ressaltar que esses colaboradores so pessoas comprometidas e envolvidas com o trabalho e que prestam esse servio social comunidade psi, sendo esta cooperao uma caracterstica marcante do profissional bibliotecrio. A maioria desses profissionais no trabalha em Instituies especializadas em Psicologia, mas em locais multidisciplinares, o que pode acarretar em uma indexao mais geral de documentos que so especficos de psicologia, por desconhecimento da rea.

    A ReBAP, que contribui para a manuteno das principais bases de dados que sustentam a Biblioteca Virtual em Sade Psicologia Brasil (BVS-Psi), utiliza a metodologia LILACS (Lildbi-WebPsi). Esta metodologia foi customizada pela Bireme, para cadastrar, de forma descentralizada, o contedo informacional dos materiais de psicologia. No caso dos

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 121

    peridicos, em uma nica interface, alimentam-se trs bases de dados: a base me o Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas, que conta hoje com 38.272 artigos. Dessa base so retirados extratos para as bases Index Psi Divulgao Cientfica e LILACS. Essas bases contm dados referenciais e apontam para textos completos, quando disponveis em acesso aberto. Para os ttulos LILACS, devem-se indexar os artigos pelas duas terminologias (Descritores em Cincias da Sade DeCS e Terminologia em Psicologia, ambas disponveis online). Nesse momento, surge uma grande dificuldade na indexao dos materiais, pois, apesar da psicologia fazer parte da sade mental, o DeCS no contempla a rea com termos mais especficos.

    A LILACS altamente representativa no meio acadmico para divulgao cientfica, tanto para os autores e pesquisadores como para os cientistas. Seu alcance ultrapassa fronteiras e fortalece ainda mais a rea das cincias da sade na Amrica Latina e Caribe.

    A LILACS o mais importante e abrangente ndice da literatura cientfica e tcnica da Amrica Latina e Caribe. H 26 anos contribuindo para o aumento da visibilidade, acesso e qualidade da informao em sade na Regio1.

    Portanto, aumentar a representao temtica da Psicologia no DeCS de grande valia para a rea das Cincias da Sade e da Sade Mental especificamente, pois os textos de Psicologia ficam ocultos, quando representados por descritores muito gerais.

    Lancaster (2004) aborda a seguinte questo:

    O indexador especialista do assunto nem sempre o que de fato indexa nas bibliotecas universitrias e a exigncia de se o indexar determinada quantidade de documentos no permite que o indexador faa uma leitura necessria do documento, o que se sugere que ele somente faa um misto de leitura e passagem dos olhos pelo texto (LANCASTER, 2004, p. 24).

    No se pode contestar a qualidade da indexao, por se tratar de um processo subjetivo, mas, por outro lado, ele pode interferir na eficcia da busca nas bases de dados pelos pesquisadores. Um documento deve ser bem analisado e representado para que os usurios finais possam se apropriar desses conhecimentos, continuando a produzir informaes cientficas. Para Arrimar (2010), trata-se de uma regra bsica para realizar uma boa indexao.

    Para a realizao do trabalho complexo de indexao, imperioso lembrar que o conhecimento tcito, o intrnseco, a experincia pessoal e profissional do indexador so muito relevantes para que o documento seja bem representado nas bases de dados.

    1 Disponvel em: . Acesso em: 2 set. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 122

    A anlise conceitual a atividade de definio dos assuntos que so tratados no documento e a determinao dos termos de indexao corresponde atividade de converso dos conceitos identificados na anlise para uma linguagem de indexao (ARRIMAR, 2010).

    E completa a ideia em outro momento quando diz:

    A coerncia da indexao consiste na concordncia quanto aos termos a serem usados para indexar um assunto tratado em diferentes documentos. O conceito de coerncia um dos requisitos para uma indexao de qualidade, pois todos os documentos que tratam o mesmo assunto devem estar representados da mesma forma, no devendo subsistir perda de informaes no momento da recuperao (ARRIMAR, 2010, p. 7).

    Uma terminologia especializada traz subsdios ao indexador para representar com maior preciso os documentos que estaro disponveis em bases de dados para a comunidade cientfica realizar suas buscas.

    A Psicologia no Brasil uma rea forte e organizada e representada por uma Biblioteca Virtual especializada na rea: BVS-Psi, coordenada pelo Instituto de Psicologia da USP, Conselho Federal de Psicologia e vrias outras entidades significativas. Seu contedo tecnolgico gerido pela Bireme e seus produtos so desenvolvidos na modelagem estabelecida por eles. Portanto, todo o contedo informacional deve obrigatoriamente ser representado pelo seu sistema indexador o DeCS. A utilizao da metodologia LILACS, que permite com exclusividade a representao temtica somente pelo DeCS, deve ser repensada, como mostraremos a seguir. Os colaboradores da ReBAP argumentam que no encontram os termos ideais para representar os contedos dos documentos, comprometendo, assim, o dilogo do usurio com o produto LILACS.

    O objetivo do sistema de informao da BVS-Psi e da ReBAP atender aos pesquisadores, indicando o que existe de mais especializado na literatura brasileira da rea de psicologia. Contudo, h uma lacuna em relao terminologia da rea das cincias da sade, por esta no representar to bem quanto almejado o contedo temtico da categoria psi.

    A incorporao do repertrio temtico da Psicologia no DeCS se faz necessria por conta da grande dimenso que a rea est alcanando, dada visibilidade da Biblioteca Virtual. Packer (2011) confirma a importncia da BVS, que evoluiu e consolidou-se como referncia da informao cientfica e tcnica da Psicologia:

    A BVS-Psi representa avano notvel para a psicologia brasileira e a latino-americana, ao contribuir (de fato equacional), de modo eficiente, eficaz e contemporneo, a indexao, a organizao, a publicao e o acesso informao cientfica e tcnica, particularmente, a que

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 123

    gerada e publicada nacionalmente. Esse equacionamento, que inclui o tratamento multilngue, constitui uma das dimenses essenciais para o avano da pesquisa, da educao e da prtica profissional da Psicologia (PACKER, 2011, p. 43).

    A Psicologia, por ser uma rea altamente colaborativa com a Cincia da Sade Mental, demanda que seus conceitos sejam bem representados pela terminologia oficial da LILACS, permitindo que os pesquisadores encontrem os documentos que foram indexados por meio dessa linguagem documentria - DeCS.

    As terminologias devem ser mantidas sempre atualizadas e abertas para incorporao de novos descritores, atendendo ao processo natural do desenvolvimento da cincia. Borba, Van Der Laan e Chini (2012) esclarecem que:

    O que se espera dessas linguagens uma operacionalidade que integre o usurio e o sistema de informao dentro de um contexto informacional constitudo por demandas informacionais de uma determinada rea do conhecimento (BORBA; VAN DER LAAN; CHINI, 2012, p. 30).

    A ReBAP participa com 78 ttulos de peridicos de Psicologia no trabalho descentralizado de alimentao, manuteno e atualizao da base LILACS, sendo 65 ttulos correntes, at a data desta pesquisa, correspondendo a 16.324 artigos cadastrados. A fonte de consulta foi a Lista dos Peridicos Indexados que consta na Base Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas, que contm 191 ttulos, sendo 118 correntes2.

    2 Breve apresentao das Terminologias utilizadas para o estudo

    2.1 Terminologia em Psicologia

    A terminologia em Psicologia vem sendo construda, desde 1973, pela Biblioteca Dante Moreira, do Instituto de Psicologia da USP, e atualmente conta com 6.433 termos. Ela se encontra disponvel por meio do site da Biblioteca Virtual de Psicologia ULAPSI Brasil (BVS-PSi)3.

    O passo inicial para elaborao dessa Terminologia foi a de compilar os termos extrados da literatura e represent-los por meio dos conceitos na rea da Psicologia. A Terminologia passa, hoje, por um processo de atualizao e est na fase de traduo para o Ingls e Espanhol dos termos e, tambm, das Notas de Escopo, alm da criao das mesmas para os que no a possuem. Em 1974, a American Psychological Association editou o Thesaurus of Psychological Index Terms, o que validou os termos anteriormente selecionados. Manteve-se a atualizao

    2 Disponvel em: .

    Acesso em: 24 ago. 2012. 3 Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 124

    dessa obra e a consulta aos termos para a manuteno e aprimoramento da Terminologia em Psicologia, bem como de outros Tesauros especficos da rea. Uma caracterstica marcante da Terminologia em Psicologia que os autores so includos como assuntos.

    A Terminologia em Psicologia o instrumento principal para a indexao dos materiais disponveis na BVS-Psi Brasil e, tambm, para alguns pases da Amrica Latina4.

    2.2 Descritores em Cincias da Sade (DeCS)

    O DeCS o fundamental instrumento de indexao para a rea das Cincias da Sade e foi desenvolvido pela Bireme, a partir do Medical Subject Headings (MeSH ) da U.S. National Library of Medicine (NLM).

    Seu maior objetivo servir como uma linguagem nica para indexar todos os materiais disponveis na Biblioteca Virtual em Sade (BVS), como LILACS, MEDLINE e outras. Conta, hoje, com 30.895 descritores, sendo destes 26.664 do MeSH e 4658 exclusivamente do DeCS. Segundo o site do DeCS:

    Os conceitos que compem o DeCS so organizados em uma estrutura hierrquica permitindo a execuo de pesquisa em termos mais amplos ou mais especficos ou todos os termos que pertenam a uma mesma estrutura hierrquica. Alm dos termos mdicos originais do MeSH foram desenvolvidas as reas especficas de Sade Pblica, Homeopatia, Cincia e Sade e Vigilncia Sanitria5.

    A seguir, apresenta-se a avaliao das terminologias utilizadas para indexar os artigos de revistas na base LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas.

    3 Metodologia

    A primeira etapa do trabalho foi a de recuperar os 78 ttulos de peridicos de Psicologia da base LILACS, publicados entre os anos de 2010 e 2011. Destes, foram selecionadas 65 revistas, que so consideradas correntes, sendo, em seguida, numeradas de 1 a 65 para realizao do sorteio de seis ttulos. Escolheu-se trabalhar com 10% do nmero total das publicaes, por elas oferecem um nmero relevante de artigos a serem analisados. Em seguida, foi solicitado a seis pessoas, que no tiveram contato com o teor da pesquisa, que escolhessem um nmero dentro desse universo.

    Selecionadas as revistas, foram escolhidos os seis primeiros artigos de cada uma, de cada ano, nmero tambm considerado satisfatrio.

    4 Disponvel em: . Acesso em: 24 ago.

    2012. 5 Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 125

    Foram escolhidos os seis primeiros, justificando a variao da quantidade de artigos que ocorre nas revistas, totalizando 124 documentos.

    Nem todos os ttulos que constavam como correntes estavam, de fato, atualizados e, por isso, o nmero de artigos escolhidos oscilou. Apesar disso, as revistas selecionadas foram mantidas, demonstrando a falha na alimentao da base de dados, porm, no afetando os resultados da pesquisa.

    A etapa seguinte foi elaborar uma planilha em Excel com os seguintes campos: revista, volume, nmero, ano, assuntos DeCS, assuntos Terminologia em Psicologia, demonstrando as indexaes dos artigos realizadas pelos bibliotecrios da ReBAP.

    Por ltimo, analisou-se se h comprometimento na recuperao da informao em psicologia, quando a indexao realizada somente pela terminologia da rea da sade.

    A busca foi realizada no site www.bvs-psi.org.br, em 24/08/2012, selecionando-se a base Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas, que contm indexao pelas duas terminologias, e o campo Revista, escolhendo posteriormente os anos correspondentes com a amostra da pesquisa. Foram apresentados os registros completos, inclusive com os dados das indexaes.

    A seguir, selecionaram-se os seis artigos de cada fascculo. As revistas sorteadas e seus respectivos dados so apontados a

    seguir:

    1)Curinga Universidade Federal de Minas Gerais 30-31, 2010 - Total= 35 artigos, sendo 12 utilizados para a pesquisa;

    2)Mudanas: Psicologia da Sade Universidade Metodista de So Paulo 18(1/2), 2010 Total= 10 artigos, sendo seis utilizados para a pesquisa;

    3)Psico Pontifcia Universidade Catlica do Rio Grande do Sul 41(1-4), 42 (1-3), 2010 Total= 108 artigos, sendo 40 utilizados para a pesquisa;

    4)Revista Mal-Estar e Subjetividade Universidade de Fortaleza 10 (1-4), 2010 Total= 58 artigos, sendo 24 utilizados para a pesquisa;

    5)Vnculo: Revista do NESME Universidade de So Paulo Ribeiro Preto 8(1), 2011 Total= 7 artigos, sendo seis utilizados para a pesquisa. O primeiro artigo foi descartado por ser o editorial e no apresentar dados de indexao; e

    6)Estudos de Psicologia (Natal) Universidade Federal do Rio Grande do Norte 15-16(1-3), 2010 Total=85 artigos, sendo 36 utilizados para a pesquisa. Este ttulo est corrente. O primeiro artigo o editorial, e foi decidido no incorpor-lo ao escopo da pesquisa.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 126

    4 Resultados

    Foram analisados 124 artigos de revistas indexadas nas bases LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas, utilizando-se as terminologias especficas de cada base.

    As duas terminologias foram satisfatrias para representar o contedo temtico de 43 artigos, isto , conseguiram contemplar a complexidade dos documentos, apresentando indexaes com conceitos idnticos ou similares.

    Por exemplo, o segundo artigo do Quadro 1, que fala sobre bem-estar no trabalho, foi indexado com termos semelhantes pelas duas terminologias (satisfao no emprego e satisfao no trabalho), possibilitando sua recuperao. Neste mesmo caso, a palavra indexada pelo DeCS, Poder, foi qualificada pela palavra Psicologia, deixando o termo mais especfico. E a indexao da mesma palavra, Poder, pela Terminologia em Psicologia, no precisou ter o mesmo qualificador, por j representar o contedo da rea.

    Esse grupo correspondeu a aproximadamente 35% do total de artigos analisados.

    Os exemplos esto apresentados no quadro a seguir:

    Quadro 1 Indexaes com conceitos idnticos ou similares dos artigos das revistas de psicologia da base LILACS entre os anos 2010-2011

    Ttulo do artigo Indexao pelo DeCS Indexao pela Terminologia em Psicologia

    1) O que h de constante no autismo?

    Psicanlise Transtorno autstico

    Psicanlise Autismo

    2) Bem-estar no trabalho: influncia das bases de poder do supervisor e dos tipos de conflito

    Satisfao no Emprego Poder (Psicologia) Conflito (Psicologia)

    Satisfao no trabalho Poder Conflito

    3) Reflexes sobre as disputas das comunidades cientficas pela regulao do campo psi

    Psicanlise Psiquiatria Psicologia Clnica

    Psicanlise clnica Psiquiatria Psicologia clnica

    4) Falar com seus botes: pelos meandros tericos e empricos das relaes entre conversa interna, reflexividade e self

    Autoimagem Psicologia Desenvolvimento humano Lgica

    Autopercepo Lgica e psicologia Psicologia do desenvolvimento

    5) Cuidadores de crianas com leucemia: exigncias do tratamento e aprendizagem de novos comportamentos

    Leucemia Neoplasias Cuidadores Aprendizagem Terapia comportamental Psicologia da criana

    Leucemia Neoplasias Cuidadores Psico-oncologia peditrica Aprendizagem Modificao do comportamento

    Fonte: Dados da pesquisa6.

    No prximo quadro, verificou-se que 16 artigos apresentaram consistncia na indexao realizada, utilizando-se do DeCS, por serem documentos que tratam especificamente da sade. Por exemplo, o segundo artigo, que fala sobre patologia de linguagem e escuta, recebeu do DeCS o descritor Patologia da fala e da linguagem, termo especfico que representa muito bem o contedo, e da Terminologia em Psicologia, Fonoaudiologia, termo geral que no atingiu a especificidade do documento.

    6 Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 127

    Esse contedo representa aproximadamente 13% do total dos artigos analisados.

    Seguem exemplos para facilitar a visualizao dos resultados:

    Quadro 2 Indexaes mais especficas utilizando o DeCS dos artigos das revistas de psicologia da base LILACS entre os anos 2010-2011

    Ttulo do artigo Indexao pelo DeCS Indexao pela terminologia em Psicologia

    1) Crenas sobre comportamentos de sade e adeso preveno e ao controle de doenas cardiovasculares

    Sade Doenas Cardiovasculares Doena Comportamento

    Distrbios do corao

    2) Patologia de linguagem e escuta fonoaudiolgica permeada pela psicanlise

    Psicanlise Fonoaudiologia Patologia da fala e da linguagem

    Linguagem Psicanlise Fonoaudiologia

    Fonte: Dados da pesquisa7.

    No seguinte quadro, verificou-se que, por serem da rea especfica de psicologia, os documentos foram devidamente retratados conceitualmente pela Terminologia em Psicologia.

    Quadro 3 Indexaes mais especficas utilizando a Terminologia em Psicologia dos artigos das revistas de psicologia da base LILACS entre os anos 2010-2011

    Ttulo do artigo Indexao pelo DeCS Indexao pela terminologia em Psicologia

    1) Psicologia comunitria: a clnica ampliada na localidade de Muzema

    Sade Pblica Psicologia

    Sade Pblica Psicologia comunitria Comunidades

    2) Estudo comparativo entre alunos superdotados e no-superdotados em relaes inteligncia e criatividade

    Psicologia Criatividade Inteligncia

    Superdotados Inteligncia Criatividade Ensino Fundamental

    3) A constituio da maternidade em gestantes solteiras

    Gestantes Gravidez, Maternidade , Mes solteiras

    4) Trabalho de equipe: a teoria na prtica para um gerenciamento eficaz

    Organizaes Liderana Educao Baseada em competncias

    Psicologia organizacional Grupos Liderana Competncia Inteligncia emocional

    5) Cultura, subjetividade e as organizaes na contemporaneidade

    Cultura Organizaes Trabalhadores

    Comportamento organizacional Contemporaneidade Atitudes do empregado Subjetividade

    6) Superendividamento dos consumidores: uma abordagem a partir da Psicologia Social

    Satisfao dos consumidores

    Finanas, Comportamento do consumidor Marketing, Psicologia Social

    7) La subjetivacin Del duelo em Freud y Lacan Cobertura de Servios Pblicos de Sade Setor Privado Cobertura de Servios Privados de Sade

    Subjetividade Psicanlise clnica Objeto (Lacan)

    8) Percepo da dinmica familiar por crianas antissociais: um estudo comparativo com o procedimento de desenhos de famlias com estrias

    Psicologia Criana

    Personalidade antissocial Tcnicas projetivas Psicologia da criana

    9) A psicoterapia dialgica de Martin Buber Psicologia Psicoterapia

    Psicoterapia Psiclogos Rogers, Carl Ramson, 1902-1987 Buber, Martin, 1878-1965 Terapia Centrada no Cliente

    10) Ateno a si: da auto-observao autoproduo

    Ateno Cognio Cincia Cognitiva

    Ateno Auto-observao Cognio Psicologia cognitiva

    Fonte: Dados da pesquisa8. 7 Disponvel em: .

    Acesso em: 24 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 128

    Em relao terminologia das Cincias da Sade, o quinto artigo ilustra a ausncia dos termos Subjetividade e Contemporaneidade, muito utilizados no campo da Psicanlise, e que no constam naquele vocabulrio.

    O sexto ttulo, Superendividamento dos consumidores: uma abordagem a partir da Psicologia Social, apresenta em sua mxima o tema Comportamento do consumidor, tambm no contemplado pelo DeCS.

    O artigo A constituio da maternidade em gestantes solteiras possibilita uma anlise interessante, pois este caso expe como cada rea do conhecimento se comporta diante de um mesmo descritor, no caso, Maternidade. O DeCS utiliza Maternidade para designar o Hospital especializado e para a Terminologia em Psicologia o aspecto relacionado ao sentido de ser me.

    Em relao ao artigo La subjetivacin del duelo en Freud y Lacan, possvel perceber que houve dificuldade de represent-lo por meio do DeCS. O tema geral Freud e Lacan e, neste momento, j se pressupe referir-se psicanlise. Os termos que foram utilizados para indexar pelo DeCS, contudo, no correspondem ao contedo do documento (apesar do termo Psicanlise existir nesta terminologia). J os que foram atribudos pela Terminologia em Psicologia foram mais exatos em sua representao, por tambm utilizarem autores como assunto. Isso tambm ocorre no nono artigo, que apresenta autores como temas principais, o que no pode ser contemplado pela terminologia do DeCS.

    Verificou-se, portanto, que os indexadores representaram de modo mais especfico e objetivo os 65 artigos utilizando a Terminologia em Psicologia, o que representa 52% do total dos documentos analisados.

    Outro comentrio pertinente sobre o fato de treze artigos terem sido indexados na LILACS apenas com a palavra Psicologia. Essa situao nos levou seguinte reflexo: Por que o assunto foi colocado de forma to geral? No existe no DeCS um termo mais especfico? O indexador desconhece a rea a ponto de no identificar e representar o contedo do documento de forma mais elaborada?

    Vale salientar a importncia de uma boa representao temtica considerando a satisfao do cliente final e colaborando com o desenvolvimento da psicologia.

    Percebeu-se, durante o processo de anlise dos dados, que muitos temas no foram adequadamente representados. Ficou evidente em alguns casos que h desconhecimento do assunto tratado, o que gera a no utilizao plena das terminologias que possuem suas especificidades.

    Citaremos alguns exemplos de termos especficos que apareceram nos artigos analisados e que poderiam ser acrescentados ao DeCS: Objeto (Lacan); Maternidade (sentido da rea da psicologia); Alteridade; Subjetividade; Autoconceito; Aprendizagem escolar; Processos cognitivos; Conscincia corporal; Psicanlise clnica; Comportamento do consumidor;

    8 Disponvel em: . Acesso em: 24 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 129

    Psicologia do consumidor; Constituio do sujeito; Psicologia cognitiva; Desenvolvimento emocional; Desenvolvimento cognitivo; Desenvolvimento psicossocial; Psicologia comunitria; Esteretipos (Psicologia); Representao Social; Gozo (Psicanlise); Tristeza; Violncia escolar; Violncia psicolgica; Habilidades sociais; entre outros.

    5 Concluso

    Os dados apresentados podem nortear uma ao benfica para auxiliar ambas as reas no acrscimo de assuntos especficos nas terminologias, atingindo melhores resultados das buscas realizadas na LILACS e atendendo aos usurios finais.

    Evidenciou-se que a recuperao e seleo de documentos so mais assertivas, quando se utiliza uma terminologia especfica de uma rea que a representa, com melhor qualidade e enriquecimento de informao.

    Apesar da Terminologia em Psicologia ainda se encontrar em desenvolvimento, ela representa com mais qualidade, no quesito indexao, os artigos desta rea especfica.

    Sugere-se que seja estabelecida uma discusso sobre a importncia de serem incorporados ao DeCS alguns descritores mais relevantes da Terminologia da Psicologia, assegurando ao pesquisador a qualidade e a especificidade da informao que ele almeja para o desenvolvimento do seu trabalho e para o progresso da rea em questo.

    A incluso beneficiaria o trabalho dos Centros que cooperam com a ReBAP na alimentao, manuteno e atualizao da LILACS, pois aumentaria a quantidade de termos da rea de Psicologia no DeCS, que, conforme demonstrado por esta pesquisa, atualmente no representa adequadamente a rea.

    Referncias

    ARRIMAR, J. de A. Anlise, indexao e recuperao da informao. Rede RBE: Newsletter, n. 6, dez. 2010. Disponvel em: . Acesso em: 21 ago. 2012. BOCCATO, V. R. C.; FUJITA, M. S. L. Estudo comparativo entre vocabulrios controlados de catlogos coletivos em bibliotecas universitrias. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAO E CINCIA DA INFORMAO, 24., 2011. Macei, Alagoas. Anais... Macei, 2011. Disponvel em: . Acesso em: 23 ago. 2012. BORBA, D. S.; VAN DER LAAN, R. H.; CHINI, B. R. Palavras-chave: convergncias e diferenciaes entre a linguagem natural e a terminologia. Perspectivas em Cincia da Informao, v. 17, n. 2, p. 26-36, 2012. Disponvel em: . Acesso em: 23 ago. 2012.

  • Recuperao da informao em psicologia: LILACS e Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas

    Elaine Cristina Domingues Martins; Tatiana Carvalho

    Perspectivas em Cincia da Informao, v.19, n.2, p.118-130, abr./jun. 2014 130

    HISTRICO da Lilacs. Disponvel em: . Acesso em: 2 set. 2012. HISTRICO da Terminologia em Psicologia. Disponvel em: Acesso em: 24 ago. 2012. HISTRICO do DeCS Disponvel em: Acesso em: 24 ago. 2012. LISTA dos peridicos indexados no Index Psi Revistas Tcnico-Cientficas. Disponvel em: Acesso em: 24 ago. 2012. LANCASTER, F. W. Indexao e resumos: teoria e prtica. 2.ed. rev. e ampl. e atual. Braslia, DF: Briquet de Lemos, 2004. MANH, E. M. et al. Indexao analtica de peridicos da biblioteca da Faculdade de Farmcia da UFMG. In: SEMINRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITRIAS, 15., 2008. So Paulo: UNICAMP, 2008. Disponvel em: . Acesso em: 22 ago. 2012. PACKER, A. Vida longa BVS-PSI! In: FRUM DE ENTIDADES NACIONAIS DA PSICOLOGIA BRASILEIRA FENPB. BVS-PSI: 10 anos - Divulgando a psicologia. Braslia: CFP, 2011. SAMPAIO, M. I. C.; SABADINI, A. A. Z. P. La merecida visibilidad de las revistas latinoamericanas de psicologa. Revista Colombiana de Psicologia, v. 21, n. 1, p. 111-123, 2012. Disponvel em: . Acesso em: 6 jul. 2012.

Recommended

View more >