Prime Consumo 20 edio

  • Published on
    23-Mar-2016

  • View
    215

  • Download
    3

DESCRIPTION

Prime Consumo 20 edio

Transcript

  • 29 de maro de 2013

    Distribuio dirigida, especializada e gratuita. Venda proibida. Edio 20 | Ano 2 | 29 de maro de 2013

    VITRINE: Cinco marcas importantes usam redes sociais para defender a unio homossexual PG. 2

    PGs. 6 e 7 PGs. 6 e 7

    Exposio diria ao sol pode provocar srias doenas aos olhos. A nica preveno o uso de culos com proteo contra os raios UV. Saiba como escolher o modelo adequado ao seu formato de rosto e biotipo.

    Filtro para os olhos

    AutosSistemas de segurana so os destaques da linha 2014 do Fox.

    11 10 8 ApetiteMercado de cervejas artesanais atrai consumidores brasileiros; sul e sudeste so maiores produtores.

    MobileVenda de tablets no Brasil cresce 171%. Maioria dos dispositivos tem preo menor que R$ 500.

  • 29 de maro de 2013

    Vitrine2

    Pelo menos quatro marcas importantes fo-ram a pblico durante a semana para manifes-tar apoio unio entre pessoas do mesmo sexo. Ponto Frio, Walmart Brasil, Sonho de Valsa e Bonafont usaram seus canais nas redes sociais para divulgar verses estilizadas da imagem que se espalhou pela internet mundial como cone da causa: o smbo-lo matemtico de igual-dade, = com o fundo vermelho. Os protestos pelos direitos igualit-

    rios surgiram com fora no momento em que se vive no Brasil a polmi-ca envolvendo a nome-ao do deputado Mar-co Feliciano (PSC-SP), acusado de homofobia, para a Comisso de Di-reitos Humanos da C-mara. Nos EUA, o tema tambm est em alta. Os congressistas esto avaliando a constitucio-nalidade de uma propo-sio que defende que o casamento s legal-mente possvel nos EUA entre pessoas de sexos opostos.

    Editora Mundo PrimeRua Heitor de Morais, 231 - PacaembuCEP 01237-000 - So Paulo - SP11 3078-2900Editor: Jacques SchopReprter: Vanessa BrandoDpto. Comercial: Jefferson FerreiraEditor de arte: Eraldo CavalcanteAssistente de arte: Candido Ferreira

    E X P E D I E N T Earte@mundoprime.com.brDistribuio: J.F.L.Impresso: Folha Grfi caPrime Consumo uma publicao da Editora Mundo Prime (www.mundoprime.com.br). proibida a reproduo de textos e fotos publicadas, mes-mo citando a fonte, sem a expressa autorizao assinada pelos diretores da publicao. Os artigos e matrias assi-nadas so de responsabilidade exclusiva de seus autores.

    Bebida tradicional da Itlia estreia no mercado brasileiro

    Os moradores dos bair-ros da periferia da Grande So Paulo investem mais em sade bucal do que os habitantes de bairros mais centrais, revelou estudo realizado pela consultoria de mercado Di Capire. O le-vantamento verifi cou hbi-tos de compra de produtos de higiene oral e verifi cou um maior nmero de idas ao dentista nesta parcela da populao. O estudo revelou as preferncias da populao da periferia nas categorias creme dental, fi o dental e antissptico bucal: Oral-B, Sorriso e Colgate fi -caram na frente no quesito cremes dentais; Johnson & Johnson, para fi os, e Liste-rine, para antisspticos bu-cais, completam a lista. Ou-tro indicador relevante da sondagem foi o aumento no consumo de produtos novos como, cremes para dentes sensveis e clareado-res dentais.

    Sade bucal: pesquisa mapeia comportamento da periferia de SP

    Depois de 17 anos, Pepsi decide mudar formato das garrafas

    Marcas usam a internet para apoiar unio homossexual

    O refrigerante Chinotto, um dos mais tradicionais da Itlia, comeou a ser vendi-do no Brasil . A bebida composta pelos ve-getais aromticos camomila, genzia-na, asperula, chi-retta, assenzio ro-mano, canela e pela fruta chinotto, que d nome bebida. Na Itlia, o Chinot-to uma tradio e os consumidores podem encontrar o

    Vanish sorteia carros e iPads A Vanish, marca de produ-

    to de limpeza, lanou a pro-moo Vanish uma Mo na Roda, que sortear cinco automveis importados Ti-ggo, da marca Chery, alm de vinte iPads 2 de 16GB cada. O Tiggo um utilitrio esporti-vo com motorizao 2.0, gasolina, cmbio mecnico e trao 4x2.Para participar, o consumidor precisa comprar um produto da marca e se

    cadastrar no site da promo-o. Cada produto comprado d direito ao consumidor a receber um nmero para par-ticipar dos sorteios, que sero realizados pela extrao da Loteria Federal. Sero quatro sorteios at 4 de maio. Os in-teressados em participar po-dero se inscrever no site at 29 de abril. Mais informaes: www.vanishpromocao.com.br

    formato que vai facilitar o manuseio. De acordo

    com a empresa, as garrafas so a ma-neira mais visvel pela qual os consu-midores se conec-tam com a marca e a reformulao da embalagem refl ete

    o desejo da Pepsi de se reposicionar no mercado, em busca, principalmente, do pblico mais jovem.

    A Pepsi decidiu remode-lar suas garrafas depois de manter por 17 anos o design da embalagem de seus refrigerantes. O novo formato estar dis-ponvel nos tamanhos 470 ml e 590 ml, a par-tir de abril. A mudana comear pelo mercado americano e deve demo-rar um pouco para chegar ao Brasil. As novas garra-fas vo ganhar um visu-al mais jovem, com um

    mudar formato das garrafasformato que vai facilitar o manuseio. De acordo

    com a empresa, as garrafas so a ma-neira mais visvel pela qual os consu-midores se conec-tam com a marca e a reformulao da embalagem refl ete

    o desejo da Pepsi de se reposicionar no mercado, em busca, principalmente, do pblico mais jovem.

    A Pepsi decidiu remode-lar suas garrafas depois de manter por 17 anos o design da embalagem de seus refrigerantes. O novo formato estar dis-ponvel nos tamanhos 470 ml e 590 ml, a par-tir de abril. A mudana comear pelo mercado americano e deve demo-rar um pouco para chegar ao Brasil. As novas garra-fas vo ganhar um visu-al mais jovem, com um

    do no Brasil . A bebida composta pelos ve-

    fruta chinotto, que d nome bebida. Na Itlia, o Chinot-to uma tradio e os consumidores podem encontrar o

    refrigerante em pizzarias, lan-chonetes e supermercados. A bebida considerada ideal para

    ser consumida durante e aps as refeies e tambm para acom-panhar bebidas des-tiladas como vodka, whisky, rum e gim. O Chinotto chega ao mercado brasi-leiro em latinhas

    de 350 ml. Ele ser produzido aqui pela Refrigerantes Con-veno.

    FOTOS: DIVULGAO

  • 29 de maro de 2013

    Sade bucal: pesquisa mapeia comportamento da periferia de SP

    SADE NO TEM PREO OFERECE REMDIOS DE GRAA E UMA VIDA MELHOR PARA OS BRASILEIROS.

    O programa Sade No Tem Preo do Governo Federal oferece remdios de graa para milhes de brasileiros com hipertenso, diabetes e asma. Ao mesmo tempo em que garante o acesso ao tratamento das doenas, tambm representa uma economia para esses brasileiros, que podem usar o dinheiro em outras necessidades.

    Mais de 26 mil farmcias credenciadas em todo o Brasil. Maisde13milhesdebeneficiados. Descontos de at 90% em outros itens e medicamentos pelo programa Farmcia Popular.

    PROCURE UMA FARMCIA DA REDE AQUI TEM FARMCIA POPULAR E APRESENTE CPF, DOCUMENTO COM FOTO E RECEITA MDICA VLIDA.

    TEMPO DE SADE.TEMPO DE SADE.

    Jos Avelar de MeloCuritiba-PR

    MELHORAR SUA VIDA, NOSSO COMPROMISSO.

    L em casa... 329 de maro de 2013

    FOTO: DIVULGAO

    Mercado de TVs interativas ganha opesPhilips e Panasonic anunciam lanamento de aparelhos que reconhecem comandos de voz, acessam a internet e selecionam programas para usurios

    Da Redao

    Philips e Panasonic anuncia-ram o lanamento de suas li-nhas de SmartTVs para o Brasil. A Philips pretende colocar no mercado 24 modelos em 2013. A novidade ser a tecnologia Ambilight, que promete dar aos consumidores maior sensao de imerso na tela. O destaque da marca fi ca por conta da linha 8000, que vem com um novo sistema de iluminao, espessu-ra menor (3,2 centmetros para a linha 8000) e maior velocida-de de processamento no siste-ma operacional .

    Os aparelhos contam com a tecnologia Miracast, que envia udio e vdeo em alta defi nio para o aparelho de TV, por meio de uma conexo Wi-Fi direta, e dispensa a necessidade de um roteador. Tambm contam com um aplicativo que permi-te transformar smartphones e tablets Android e iOS em controles remotos. Entre ou-tras funes, possvel ajustar confi guraes da TV, visualizar a grade de programao e at marcar um programa que de-ver ser gravado, usando os dispositivos mveis. O modelo traz ainda uma cmera e micro-fone integrados, ao Skype.

    As SmartTVs da Philips co-meam chegar ao mercado nes-te ms. A empresa no divulgou o valor dos novos modelos.

    J a Panasonic vai lanar as Smart TVs da linha Viera, que usaro a plataforma Dragon TV para oferecer reconhe-cimento de voz. As TVs vo permitir que o usurio realize operaes por comando de voz, com a opo de acessar aplicativos, pesquisar na web,

    controlar o volume, dentre outras funes. Alm disso, o aparelho tambm avisa por meio de comandos de voz to-das as opes e contedos que

    aparecem na tela, o que permi-te maior interatividade.

    Desenvolvida para Smart TVs, a plataforma Dragon TV tambm permite o reconhe-

    cimento dos usurios pela voz, o que facilita a seleo de preferncias de cada um dos moradores da casa, e funciona como uma espcie de assisten-te pessoal do usurio. Ou seja, possvel procurar por seus programas favoritos dizendo apenas o nome ou encontrar fi lmes atravs do nome do ator preferido. A linha Viera de Smart TVs deve comear a desembarcar nas lojas brasilei-ras em outubro. At l a Pana-sonic promete divulgar toda a linha de modelos e preos que estaro disponveis.

  • 29 de maro de 2013

    Apetite4

    Da Redao

    O Brasil o terceiro maior consumidor de cervejas no mundo. O pas s fica atrs de Estados Unidos e China, deixando para trs mercados tradicionais como o alemo e o ingls. Quase 90% deste consumo tem como base as bebidas tradicionais, fabrica-das pelas grandes cervejarias. Mas um fenmeno em espe-cial tem chamado a ateno de quem estuda este merca-do: o crescimento das cha-madas cervejas artesanais, produzidas em menor escala por pequenos empreendedo-res ou microcervejarias.

    Atualmente, de acordo com os nmeros do setor, as cervejas especiais represen-

    tam 7% do mercado e vivem uma expanso frentica. Desde 2010, este nicho vem batendo recordes seguidos e dobrado seu ritmo de cres-cimento. Para os especialis-tas, dois fenmenos podem ajudar a explicar este quadro.

    O primeiro o aumento da procura, pelos consumidores de classes A e B, por produ-tos diferenciados. O outro a expanso geral do consumo, provocado pelo crescimento

    da classe mdia, que leva a um aumento natural da pro-cura por todos os tipos de produtos.

    O Brasil tem, atualmente, cerca de 200 microcerveja-rias, a maioria nas regies Sul e Sudeste. Cidades como Ri-beiro Preto e Piracicaba, no interior, e Curitiba, no Para-n, vm se tornando polos de produo das cervejas artesa-nais. A maioria das microcer-vejarias tem origem familiar e contam com processos de produo e receitas prprias.

    Estas bebidas costumam ser fabricadas com ingre-dientes especiais e contm pelo menos 80% de malte, o que confere um sabor bem diferente ao que o pblico em geral est acostumado.

    S para efeito de compara-o: as cervejas pilsen, mais consumidas no pas, tm n-dice mdio de malte de 53%. Como consequncia, o preo destas bebidas chega a ser de trs a quatro vezes mais cara. Mesmo assim, este mercado cresce de 10% a 15% ao ano.

    A melhor forma de ter con-tato com estes rtulos espe-ciais se associar aos clubes de cerveja, que escolhem, en-comendam e enviam a bebida para os assinantes . Estes clu-bes funcionam como inter-medirios entre as microcer-vejarias e o consumidor. Em mdia, quatro garrafas so entregues mensalmente por valores entre R$ 60 a R$ 80 em planos de assinatura que variam de mensal a anual.

    Descubra novos sabores de cervejas

    O mercado de bebidas especiais tem crescido at 15% ao ano e agrada aos brasileiros em busca de rtulos produzidos de maneira artesanal

    Estas bebidas costumam ser fabricadas com ingredientes especiais e contm pelo menos 80% de malte

  • 29 de maro de 2013

    5Da Redao

    Os tablets caram no gosto do brasileiro, desde empres-rios a donas de casa, o mimo agrada por diversos motivos. Mantm todas as informa-es importantes reunidas em um equipamento prtico e de fcil manuseio.

    Uma pesquisa realizada pela consultoria IDC apon-ta que as vendas do equipa-mento em 2012 no Brasil cresceram 171% em com-parao com o ano anterior. Foram comercializadas 3,1 milhes de peas, enquanto em 2011 este nmero foi de 1,1 milho de unidades.

    Dos aparelhos vendidos ano passado, 77% tm o sis-tema operacional Android e quase 50% custaram menos de R$500. Segundo a IDC, a entrada de equipamentos com esta faixa de preos o principal fator para o au-mento das vendas, sendo 88% dos aparelhos para uso domstico e 12% para uso corporativo.

    Comparado com o ano de 2011, o segmento domstico cresceu 159% e o corporativo 303%. Ainda segundo o IDC, o segmento de tablets ainda no apresentou quedas.

    Para a consultoria, em 2013 sero vendidos, em mdia, 5,8 milhes de ta-blets, um nmero 89,5% maior que o registrado ano passado. Apenas em janei-ro, foram vendidos no Brasil 350 mil aparelhos.

    Na comparao com a venda de PCs, o pas vendeu um tablet para cada cinco computadores. Nos EUA, esta relao de um tablet para cada notebook, segun-do o IDC.

    Nova empreitada da Google no Brasil, o Nexus4 foi lanado em grande estilo. O aparelho, fabricado em parceria com a LG, equipado com processador quad--core Snapdragon S4 Pro, de 1,5 GHz e tem 2GB de RAM, e memria interna de 16GB. O sistema ope-racional fi ca por conta do Android 4.2 JellyBean.

    O smartphone vem equipado com um modo de Digitao por Voz que funciona em portugus. Basta falar no microfone para que as palavras se-jam reconhecidas pelo celular. Recursos como cmera esto disponveis sem precisar desblo-quear o smartphone para o uso.

    O Nexus4 fi ca atrs do seu principal con-corrente, o Samsung Galaxy S4, no quesito tamanho e peso. O Samsung 9g mais leve e 1,2mm mais fi no, alm de ter 31,53% me-nos volume. O aparelho poder ser encon-trado nas principais lojas de varejo com o preo mdio de R$ 1.699,00. Em algumas delas, ele j havia esgotado j na fase de pr-venda.

    Nexus 4 da Google custar R$ 1,69 mil

    FOTO

    S: R

    EPR

    OD

    U

    O

    5Da Redao

    Os tablets caram no gosto do brasileiro, desde empres-rios a donas de casa, o mimo agrada por diversos motivos. Mantm todas as informa-es importantes reunidas em um equipamento prtico e de fcil manuseio.

    Uma pesquisa realizada pela consultoria IDC apon-ta que as vendas do equipa-mento em 2012 no Brasil cresceram 171% em com-parao com o ano anterior. Foram comercializadas 3,1 milhes de peas, enquanto em 2011 este nmero foi de 1,1 milho de unidades.

    Dos aparelhos vendidos ano passado, 77% tm o sis-tema operacional Android e quase 50% custaram menos de R$500. Segundo a IDC, a entrada de equipamentos com esta faixa de preos o principal fator para o au-mento das vendas, sendo 88% dos aparelhos para uso domstico e 12% para uso Nexus 4 da Google custar R$ 1,69 mil

    Venda de tablets explode no pas

    Mobile

    Segundo pesquisa, o aumento em 2012 foi de 171%

    parceria com a LG, equipado com processador quad--core Snapdragon S4 Pro, de 1,5 GHz e tem 2GB de RAM, e memria interna de 16GB. O sistema ope-racional fi ca por conta do Android 4.2 JellyBean.

    O smartphone vem equipado com um modo de Digitao por Voz que funciona em portugus. Basta falar no microfone para que as palavras se-jam reconhecidas pelo celular. Recursos como cmera esto disponveis sem precisar desblo-quear o smartphone para o uso.

    O Nexus4 fi ca atrs do seu principal con-corrente, o Samsung Galaxy S4, no quesito tamanho e peso. O Samsung 9g mais leve e 1,2mm mais fi no, alm de ter 31,53% me-nos volume. O aparelho poder ser encon-trado nas principais lojas de varejo com o preo mdio de R$ 1.699,00. Em algumas delas, ele j havia esgotado j na fase de pr-venda.

    Fabricado pela LG no Brasil em lojas virtuais a partir desta semana.

    350MIL

    foi o nmero de aparelhos vendidos

    no Brasil s em janeiro

    Venda de tablets

  • EstampaEstampa6 729 de maro de 2013

    Acessrios so essenciais para evitar doenas relacionadas exposio sol; saiba como escolher armaes que combinam com seu biotipo e formato de rosto

    Da Redao

    Os perigos de exposio prolongada ao sol so bastante divulgados. Todos os anos, especialistas do centenas de entre-vistas, alertando para o risco de doenas, principalmente os tumores de pele. Mas os efeitos de car ao sol por longos pero-dos sobre outros rgos sensveis do corpo no so to divulgados. Pouca gente sabe, por exemplo, que a exposio por mais de quatro horas dirias sem nenhum tipo de proteo aumenta em at 40% as chances de aparecimento, em mdio e longo prazo, de doenas como a catarata ou a degenera-o macular. Nesse caso, a nica preveno contra esses males o uso de culos de sol, ou os famosos culos escuros.

    A degenerao macular surge quando as clulas delicadas da mcula, ou seja, o centro visual da retina, so dani cadas. As pessoas que sofrem dessa doena no conseguem focalizar devidamente no cen-tro de seu campo de viso: a rea essencial para ler, dirigir, assistir televiso, reconhe-cer rostos. Em alguns casos, os pacientes s enxergam graas viso lateral. A maior incidncia de casos se d em pacientes en-tre 50 e 75 anos e os estudos indicam a in-cidncias de raios UV do sol como um dos possveis fatores.

    Os culos de sol que por muito tempo foram considerados apenas como acess-rios estticos tm um papel essencial no sentido de evitar estes tipos de doenas. Alm de compor o visual dos usurios, imprescindvel que tenham lentes com l-tro contra a radiao solar. Caso contrrio,

    podem eles at fazer mal. Ao usar lentes escuras, as pupilas e as

    plpebras se abrem, porque a luminosida-de diminui e isso aumenta a penetrao dos raios nocivos.

    Quem trabalha na rua ou vai passar muitas horas ao ar livre no pode abrir mo do acessrio. Mes-mo em dias no ensola-rados importante ter os culos mo. Da mesma maneira que a pele pode car bronzeada quando o cu est encoberto, os olhos tambm recebem a parcela da radiao que atravessa as nuvens, explica o oftalmologista Moacir Mesquita Junior.

    No importa o tipo de lente, se so aque-las que escurecem conforme claridade, co-loridas ou mais escuras do que o normal. O que vai determinar a efetividade do culos o ndice de proteo aos raios UV. A len-te, seja ela qual for, boa quando bloqueia pelo menos 99% dos raios solares nocivos. Mas preciso salientar que as amarelas e as marrons so, de fato, especialmente in-dicadas para quem vai dirigir. So cores que neutralizam os tons do asfalto e da ne-blina, a rma o medico.

    Mesquita recomenda que mesmo as crianas faam uso do acessrio. Segundo ele, no existe uma idade mnima para o uso do culos escuro. Assim que a crian-a comear a se expor ao sol j hora de ganhar o seu par, sempre usando o bom senso.

    EstticaSe pela questo da sade o uso das lentes anti-UV so essenciais, porque no aliar tambm a questo esttica? Algumas dicas so importantes para esco-lher o modelo de armao mais adequado. A primeira preocupao deve ser em rela-o ao formato do seu rosto.

    Se ele for mais quadrado, d preferncia para armaes com cantos retangulares ou quelas que tenham os de nilon nas len-tes. Se o rosto por redondo, pre ra arma-es quadradas, que ajudam a a nar o ros-to. Para os triangulares, a recomendao escolher armaes estreitas, ovais e redon-das e que possuem a parte inferior mais curta. Leia ao lado mais algumas dicas que podem ajudar na escolha do culos de sol.

    RostoBarba, Bigode e Cavanhaque - Escolha modelos menos chamativos.

    Careca culos grandes com formatos marcantes e bem centralizados equilibram o seu rosto.

    Nariz Se for comprido opte pelas armaes altas e retas, que tiram a ateno da regio enquanto alargam a testa. Se for largo, escolha armaes com a ponte (a parte central dos culos) alta e

    estreita. Para nos, a dica apostar em ponte mais alta e arredondada

    Olhos Para formatos prximos um do outro, o ideal so armaes pequenas com cores claras, que ajudam a alargar o rosto. Para olhos mais afastados, o ide-al so armaes com ponte escura.

    Biotipos Alto Se voc for alto e seu rosto no for muito no, use

    armaes maiores, com hastes que permitam detalhes.

    BaixoD preferncia por modelos menores, que deixam o rosto mais equilibrado.

    GordoEvite armaes chamativas com aros grossos, pois evidenciam detalhes como papinhas e bolsas embaixo dos olhos.

    MagroEscolha modelos leves sem muitos detalhes ou d prefe-rncia aos modelos lisos.

    Loiro Armaes leves e douradas.

    MorenoArmaes mais escuras, com tons amarronzadas.

    Negro Armaes de metal ou com tons envelhecidos.

    Como escolher seus culos de sol

    Ao usar lentes escuras, as pupilas e as Ao usar lentes escuras, as pupilas e as plpebras se abrem, porque a luminosida-plpebras se abrem, porque a luminosida-de diminui e isso aumenta a penetrao de diminui e isso aumenta a penetrao

    Quem trabalha na rua ou

    maneira que a pele pode car bronzeada quando o cu est encoberto, os olhos tambm recebem a parcela da radiao que atravessa as nuvens, explica o oftalmologista

    No importa o tipo de lente, se so aque-las que escurecem conforme claridade, co-loridas ou mais escuras do que o normal. O

    EstticaSe pela questo da sade o uso das

    Como escolher seus culos de sol

    29 de maro de 2013

    Acessrios so essenciais para evitar doenas Acessrios so essenciais para evitar doenas

    culos de sol precisam aliar estilo e sade

  • EstampaEstampa6 729 de maro de 2013

    Acessrios so essenciais para evitar doenas relacionadas exposio sol; saiba como escolher armaes que combinam com seu biotipo e formato de rosto

    Da Redao

    Os perigos de exposio prolongada ao sol so bastante divulgados. Todos os anos, especialistas do centenas de entre-vistas, alertando para o risco de doenas, principalmente os tumores de pele. Mas os efeitos de car ao sol por longos pero-dos sobre outros rgos sensveis do corpo no so to divulgados. Pouca gente sabe, por exemplo, que a exposio por mais de quatro horas dirias sem nenhum tipo de proteo aumenta em at 40% as chances de aparecimento, em mdio e longo prazo, de doenas como a catarata ou a degenera-o macular. Nesse caso, a nica preveno contra esses males o uso de culos de sol, ou os famosos culos escuros.

    A degenerao macular surge quando as clulas delicadas da mcula, ou seja, o centro visual da retina, so dani cadas. As pessoas que sofrem dessa doena no conseguem focalizar devidamente no cen-tro de seu campo de viso: a rea essencial para ler, dirigir, assistir televiso, reconhe-cer rostos. Em alguns casos, os pacientes s enxergam graas viso lateral. A maior incidncia de casos se d em pacientes en-tre 50 e 75 anos e os estudos indicam a in-cidncias de raios UV do sol como um dos possveis fatores.

    Os culos de sol que por muito tempo foram considerados apenas como acess-rios estticos tm um papel essencial no sentido de evitar estes tipos de doenas. Alm de compor o visual dos usurios, imprescindvel que tenham lentes com l-tro contra a radiao solar. Caso contrrio,

    podem eles at fazer mal. Ao usar lentes escuras, as pupilas e as

    plpebras se abrem, porque a luminosida-de diminui e isso aumenta a penetrao dos raios nocivos.

    Quem trabalha na rua ou vai passar muitas horas ao ar livre no pode abrir mo do acessrio. Mes-mo em dias no ensola-rados importante ter os culos mo. Da mesma maneira que a pele pode car bronzeada quando o cu est encoberto, os olhos tambm recebem a parcela da radiao que atravessa as nuvens, explica o oftalmologista Moacir Mesquita Junior.

    No importa o tipo de lente, se so aque-las que escurecem conforme claridade, co-loridas ou mais escuras do que o normal. O que vai determinar a efetividade do culos o ndice de proteo aos raios UV. A len-te, seja ela qual for, boa quando bloqueia pelo menos 99% dos raios solares nocivos. Mas preciso salientar que as amarelas e as marrons so, de fato, especialmente in-dicadas para quem vai dirigir. So cores que neutralizam os tons do asfalto e da ne-blina, a rma o medico.

    Mesquita recomenda que mesmo as crianas faam uso do acessrio. Segundo ele, no existe uma idade mnima para o uso do culos escuro. Assim que a crian-a comear a se expor ao sol j hora de ganhar o seu par, sempre usando o bom senso.

    EstticaSe pela questo da sade o uso das lentes anti-UV so essenciais, porque no aliar tambm a questo esttica? Algumas dicas so importantes para esco-lher o modelo de armao mais adequado. A primeira preocupao deve ser em rela-o ao formato do seu rosto.

    Se ele for mais quadrado, d preferncia para armaes com cantos retangulares ou quelas que tenham os de nilon nas len-tes. Se o rosto por redondo, pre ra arma-es quadradas, que ajudam a a nar o ros-to. Para os triangulares, a recomendao escolher armaes estreitas, ovais e redon-das e que possuem a parte inferior mais curta. Leia ao lado mais algumas dicas que podem ajudar na escolha do culos de sol.

    RostoBarba, Bigode e Cavanhaque - Escolha modelos menos chamativos.

    Careca culos grandes com formatos marcantes e bem centralizados equilibram o seu rosto.

    Nariz Se for comprido opte pelas armaes altas e retas, que tiram a ateno da regio enquanto alargam a testa. Se for largo, escolha armaes com a ponte (a parte central dos culos) alta e

    estreita. Para nos, a dica apostar em ponte mais alta e arredondada

    Olhos Para formatos prximos um do outro, o ideal so armaes pequenas com cores claras, que ajudam a alargar o rosto. Para olhos mais afastados, o ide-al so armaes com ponte escura.

    Biotipos Alto Se voc for alto e seu rosto no for muito no, use

    armaes maiores, com hastes que permitam detalhes.

    BaixoD preferncia por modelos menores, que deixam o rosto mais equilibrado.

    GordoEvite armaes chamativas com aros grossos, pois evidenciam detalhes como papinhas e bolsas embaixo dos olhos.

    MagroEscolha modelos leves sem muitos detalhes ou d prefe-rncia aos modelos lisos.

    Loiro Armaes leves e douradas.

    MorenoArmaes mais escuras, com tons amarronzadas.

    Negro Armaes de metal ou com tons envelhecidos.

    Como escolher seus culos de sol

    Ao usar lentes escuras, as pupilas e as Ao usar lentes escuras, as pupilas e as plpebras se abrem, porque a luminosida-plpebras se abrem, porque a luminosida-de diminui e isso aumenta a penetrao de diminui e isso aumenta a penetrao

    Quem trabalha na rua ou

    maneira que a pele pode car bronzeada quando o cu est encoberto, os olhos tambm recebem a parcela da radiao que atravessa as nuvens, explica o oftalmologista

    No importa o tipo de lente, se so aque-las que escurecem conforme claridade, co-loridas ou mais escuras do que o normal. O

    EstticaSe pela questo da sade o uso das

    Como escolher seus culos de sol

    29 de maro de 2013

    Acessrios so essenciais para evitar doenas Acessrios so essenciais para evitar doenas

    culos de sol precisam aliar estilo e sade

  • 29 de maro de 2013

    Donwload8

    Da Redao

    J pensou em acompanhar o seu desempenho numa corrida, ou escu-tar o corao do seu beb durante a

    gestao em casa, de maneira simples? Os aplicativos para smartphones

    j fazem parte da rotina da maioria das pessoas em diversas reas, e ago-ra comeam a chegar rea da sade.

    Alimentar-se bem, praticar exerccios fsicos e fazer exames de rotina para controlar doenas, so atividades fun-damentais e comuns, e recebem o au-xlio da tecnologia.

    Os aplicativos podem auxiliar desde uma simples corrida, ao acompanha-mento da dieta. Conhea baixo alguns dos programas mais baixados em ta-blets e smartphones.

    Apps a servio do bem-estarAplicativos para exerccios fsicos e boa alimentao so os mais procurados

    GlicoCare: Serve como ferramenta de acom-panhamento para diabticos. Entre as aes, existe a opo de controle de mediaes de glicoses dirias, registro de refeies, base de dados, entre outros. O objetivo faci-litar a rotina de cuidadores e pacientes.

    Hora da Plula: O aplicativo o amigo das mulheres esquecidas. Basta agendar o dia em que a tabela de com-primidos anticoncepcionais comeou a contar, marcar o horrio correto e deixar o resto por conta do programa.

    Meu Dirio Mensal: como uma peque-na agendinha, mulheres preocupadas com seus processos de ovulao po-dem utilizar o aplicativo para fazer anotaes, comparar nveis de do-res e consultar informaes pre-ciosas relativas ao assunto.

    Gravidez Semana a Sema-na: auxilia no desenvolvimento do beb e ajuda a me a entender a transformao do corpo dela.

    Withings Health Companion: O mais comple-to para quem quer acompa-nhar sua evoluo em termos de qualidade de vida. Estabe-lece metas a serem atingidas,

    monitora o peso, a presso arterial, o sono e os exerccios

    fsicos (atravs da sincronizao com o runkeeper e outros aplicati-

    vos para corrida).

    MyBabys Beat: um aplicativo, destina-dos aos pais, para gravao dos batimen-

    tos cardacos do beb ainda durante a gestao.

    Para ajudar os pais a entrar ainda mais em contato com seu beb, mesmo antes do nasci-mento, o mercado de apps de-senvolveu um aplicativo de fcil utilizao, que amplifi ca e grava o som dos batimentos cardacos

    do beb. Os desenvolvedores recomendam o uso do app a partir da 30 semana de

    gestao, momento em que o batimento cardaco est mais

    forte, porm h al-gumas mes que

    consegue utiliza-lo

    antes.

    Serve como ferramenta de acom-panhamento para diabticos. Entre as aes, existe a opo de controle de mediaes de glicoses dirias, registro de refeies, base de dados, entre outros. O objetivo faci-

    MyBabys Beat:dos aos pais, para gravao dos batimen-

    tos cardacos do beb ainda durante a gestao.

    ainda mais em contato com seu beb, mesmo antes do nasci-

    utilizao, que amplifi ca e grava o som dos batimentos cardacos o som dos batimentos cardacos

    como uma peque-na agendinha, mulheres preocupadas com seus processos de ovulao po-dem utilizar o aplicativo para fazer

    como uma peque-

    Withings Health Companion: to para quem quer acompa-

    lece metas a serem atingidas, monitora o peso, a presso

    arterial, o sono e os exerccios fsicos (atravs da sincronizao

    com o runkeeper e outros aplicati-vos para corrida).

    Gerencie sua sade:

  • 29 de maro de 2013

    Apps a servio do bem-estar

  • 29 de maro de 2013

    Saiba Mais10

    Da Redao

    Elas sempre estiveram presentes nos lares brasi-leiros e hoje comemoram a conquista de novos direitos trabalhistas.

    Aprovado pelo Senado esta semana, a PEC (Propos-ta de Emenda Constitui-o) das domsticas comea a vigorar no prximo dia 2 de abril, e causa divergncias. Enquanto a classe dos tra-balhadores domsticos, que inclui faxineiros, babs, co-zinheiros, jardineiros, moto-ristas e cuidadores de idosos, aprova e apoia a deciso, os empregadores discordam de alguns pontos da nova lei.

    A partir de agora, a cate-goria tem diretos como hora extra, a garantia de salrio nunca inferior ao mnimo (hoje em R$ 678), jornada de trabalho no superior a 8 horas por dia (mximo de 44 horas semanais), pagamen-to de horas-extras, alm do reconhecimento de conven-es ou acordos coletivos.

    Os empregadores, porm, alegam que o custo gerado

    para a concesso desses direitos muito alto e pre-ferem aderir aos servios de diaristas. A Deputada Bene-dita da Silva (PT-RJ) que j foi domstica e a relatora do projeto na Cmara dos Deputados, afi rma que os gastos para demitir as em-pregadas muito maior. s fazer as contas: tero mais despesas se levarem a roupa na lavanderia, se tomarem caf na padaria,etc. Ao so-mar isso, vale a pena ter uma trabalhadora para essas ta-refas. Os gastos a mais que a PEC vai trazer so poucos e compensados pelos gastos a mais que dispensar a empre-gada vai causar, explica.

    Segundo o Ministrio do Trabalho, todos esses di-reitos ainda dependem de novas leis, ou alterao das existentes que precisam ser regulamentadas pelo Congresso , alm da edio de decretos ou portarias lanadas pelo prprio gover-no. Leia ao lado os direitos assegurados categoria e as medidas que passam a valer a partir de 2 de abril.

    Diretos j garantidos:

    Salrio mnimoProibio de reduo de salrio13 salrioRepouso semanal remuneradoFrias anuaisLicena maternidadeLicena paternidadeAviso prvio proporcionalAposentadoria

    Passam a valer a partir de 2 de abrilGarantia do salrio, nunca

    inferior ao mnimoProteo do salrio na forma de leiJornada de 8 horas dirias e

    44 horas semanaisHora extra remunerada em 50%Reduo dos riscos inerentes ao trabalhoReconhecimento das convenes e

    acordos coletivos de trabalhoProibio de qualquer discriminao no

    tocante a salrio e critrios de admisso do trabalhador portador de deficincia

    Proibio de trabalho no-turno, perigoso ou insalubre a

    menores de 18 anos, de qualquer trabalho a menores de 16 anos, salvo na condio de aprendiz, a partir de 14 anos.

    Mercado: 25 mil deixaram de ser domsticas em fevereiroSegundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE), nos ltimos 12 meses, foram 133 mil empregadas a menos nos lares brasi-leiros, 25 mil s no ms de fevereiro. A acordo com o Instituto, o recuo dos nmeros de do-msticas no mercado nada tem a ver com a PEC das domsticas, aprovada esta semana, j que a pesquisa se refere ao ms de fevereiro, mas relata uma tendncia verificada desde o final do ano passado.Ao mesmo tempo, o rendimento da categoria aumentou 1,5% em comparao com janeiro e 7% em relao de fevereiro do ano passado.Para o instituto, o acesso a educao tem le-vado as jovens, que no teriam muitas opes de trabalho, alm do domstico, a se candida-tem a empregos mais qualificados.

    29 de maro de 2013

    Domsticas comemoram novos direitosPatres reclamam da lei e a rmam que deciso vai provocar onda de demisses

    Aviso prvio proporcional

  • 29 de maro de 2013

    Autos

    Volkswagen apresenta Fox e CrossFox 2014

    Da Redao

    A linha 2014 dos mode-los Fox e CrossFox chega ao mercado trazendo uma va-riedade de recursos e equi-pamentos de segurana j na verso de entrada.

    Todos os modelos contam com sistema de freios Anti-lockBraking System (ABS) e airbags frontais. Outra no-

    vidade a presena do Emer-gency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergncia (ESS), um alerta que destina-do a evitar colises traseiras. Toda vez que o motorista aciona o pedal de freio de forma acentuada, o sistema aciona luzes traseiras de for-ma intermitente, sinalizando aos demais motoristas que o veculo est em desacelerao acentuada.

    O equipamento que j era de srie em outros modelos como Passat e Tiguan passa agora a fazer parte da linha Fox.

    Outro dispositivo de se-gurana dos modelos o ComfortBlinker. O dispositi-vo liga as setas do carro com um simples toque na alavan-ca, sem que necessariamente

    o motorista a presssione. Em uma inteno de troca de fai-xa, o sistema avisa aos demais veculos acionando a luz de seta trs vezes seguidas.

    Na parte externa, os mo-delos contam com faris com mscaras negras, rodas de ao de 15 polegadas com calotas e para-choques pintados na cor da carroceria.

    MotoresO Fox manteve a moto-

    rizao 1.0 TEC (Tecnologia para Economia de Combust-vel), que alia bom desempe-nho e economia de combust-vel, com tecnologia total fl ex. Com isso, os modelos podem ser abastecidos com etanol, gasolina ou a mistura dos dois combustveis em qualquer proporo.

    De acordo com o fabrican-

    te, o Fox necessita apenas de 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100km/h, atingindo a rotao mxima de 160km/h abastecido com etanol. Com gasolina, a acelerao mxi-ma de 158km/h, indo de 0 a 100km/h em 14,7 segundos.

    O modelo tambm ofe-recido com motor 1.6l, que abastecido com etanol chega at os 100km/h em 10,5 se-gundos e tem velocidade m-xima de 184 km/h.

    A verso topo de linha abandonou o nome Prime (para se chamar Highline) e a Rock in Rio volta ao mercado (a produo comea agora e termina na poca do festival, em setembro). O motor 1.6 no sofreu alteraes. Os pre-os variam entre R$32.250 e R$53.390.

    11 1129 de maro de 2013

    FOTO:D

    IVULGA

    O

    Modelos so equipados com maior nmero de itens de srie, com destaque para a segurana

    Autos Autos1129 de maro de 2013

    FOTO:D

    IVULGA

    O

    Para ajudar os mo-toristas que vivem es-tressados por conta do trnsito catico das grandes cidades, a Honda desenvolveu um aplicativo que orienta os moto-ristas sobre como dirigir e no fi car parado no trnsito. Mas engana-se quem pensou que o app faz

    as mesmas coisas que um GPS comum faria,

    e simplesmente te ofe-rece rotas alternativas.

    O sistema detecta os pa-dres de acelerao e fre-nagem da sua conduo e envia os dados para um ser-vidor. L as informaes de todos os usurios do aplica-tivo so analisadas e, assim ele tenta organizar o fl uxo de veculos.

    Parece complicado, mas na prtica bastante sim-ples. Enquanto dirige o mo-torista fi ca atento tela de seu smartphone, se o carro estiver sendo dirigido em uma velocidade coerente com as condies da via a tela do celular fi ca verde, caso contrrio a tela fi car roxa. Ou seja, o motorista deve ajustar a velocidade at que a tela volte a fi car verde.

    A ideia que todos os motoristas guiem seus ve-culos de modo a manter a tela do aparelho verde.

    A tendncia que a quan-tidade de frenagens bruscas seja reduzida, j que o pa-dro de acelerao dos car-ros fi caria parecida, redu-zindo a chance de formao de engarrafamentos.

    Honda desenvolve sistema para evitar congestionamentos

  • 29 de maro de 2013

    6,49 6,49Vinho TintoSangue de Boi*tipos 750ml

    Vinho Country Wine*tipos 750ml

    2,39

    4,99 5,99

    Azeite de DendCepra100ml

    3,29

    6,39

    Atum RaladoCoqueirotiposlata 170g

    5,90Colomba PascalChocolate ou FrutasProduo Prpria500g

    Azeite Extra VirgemAlmeirimvidro 500ml

    9,89Azeite GalloPurovidro 500ml

    10,90Fil de PeixePangasiuscongeladopacote 1kg

    Peixe PiauInteirocongelado kg

    Peixe CavalinhaInteirocongelado kg

    1,29Leite de CocoSerigy200ml

    11,90Vinho Almadn*tipos suave 750ml

    11,90OFERTAS VLIDAS AT 31/03/2013 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES, PARA AS LOJAS: CIDADE SO PAULO, CAIEIRAS, CAJAMAR, DIADEMA, EMB, EMB GUA, GUARUJ,

    ITAPECERICA DA SERRA, IT, SOBERNARDODOCAMPO, TABOO DA SERRA E SANTANA DE PARNABA. FOTOS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. FICA RESSALVADA EVENTUAL RETIFICAO DAS OFERTAS AQUI VEICULADAS.UMA LOJA SEMPRE PERTO DE VOC! CONSULTE: WWW.RICOY.COM.BR.

    2,29Sardinhas Beira Martipos 125g 2,09LasanhaPetybon200g

    3,89MaioneseSaladapet 500g

    OFERTAS VLIDAS AT 31/03/2013 OU ENQUANTO DURAREM OS NOSSOS ESTOQUES.

    6,89Bombom EspecialidadesNestl400g

    4,69leo Composto Dolagarvidro 500ml

    9,90Vinho TintoSaint German*tipos 750ml

    Vinho Branco Almadn*tipos suave 750ml

    *APRE

    CIE CO

    M MOD

    ERA

    O.

    proib

    ida a v

    enda e

    aent

    rega d

    e bebi

    das alc

    olica

    s a me

    nores

    de 18

    anos.

    Artigo

    81, II,

    do Es

    tatuto d

    a Cri

    ana e

    do Ad

    olesce

    nte.