Portifolio - Edo Belleza Full

  • Published on
    28-Mar-2016

  • View
    219

  • Download
    6

DESCRIPTION

Modelista por formao, desenvolveu a aptido por outras vertentes do universo artstico. Alm de circular pelos campos verdejantes do Design Grfico, criando identidades visuais, usando e abusando da tipografia, comeou a perceber que roupa formada por diversos elementos, no apenas de tecido e costura. Produtor Musical e se aventura pelas artes de multimdia como: Vdeo, Imagem, Som, comportamento, e Sentimentos. Com tudo concretizado em usa cabea "esquizofrnica" da unio de Arte, Musica ,Vdeo, Moda e Produto. Criou o Projeto AZm & B, unificando todo seu conhecimento e aplicando num experimentalismo contnuo. Busca sempre mostrar formas diferentes de expresso, com enfoque nos sentimentos, seja fsico ou no.

Transcript

Edo BellezaIntrospecive VersionsEste trabalho foi um projeto de concluso de curso do bacharelado em design de moda (TCC). Meu objetivo foi mostrar as diversas facetas do profis-sional Modelista, concretizadas em um nico trabalho, que sintetiza a fuso do "Modelista Mer-cado" e o "Modelista Criador". A Maior inspirao para o projeto foram as armaduras belgas de 1600 e as armaduras samurais chinesas do perodo EDO (1603). O tecido utilizado foi tela de algodo cru e utilizei o algodo de diversas formas: tanto estrutur-ando, quanto transformado em outro tecido, utili-zando aplicaes de tcnicas de costura, tais como: matelass, trec, pregas e o drapeado chins.Como estrutura, utilizei quatro tipos de entretelas e cavalinhas, placas de acetato, espumas e cordas feitas de tranas de algodo. A tcnica utilizada para desenvolvi-mento da modelagem das peas foi por moulage.`Introspecive VersionsIntrospecive Versions Introspecive VersionsIntrospecive VersionsIntrospecive VersionsIntrospecive VersionsFesta Della MammaFesta dela Mamma, uma piada sem graa, durante o perodo da faculdade, desenvolvi os trabalhos exigidos e sempre utilizei tecidos bara-tos que, na maioria das vezes, pudessem ser encontrados no mercado de varejo de tecidos paulista; xadrezes eram muito difceis de se encontrar em variedade, e muitas vezes, acaba-vam sendo tecidos utilizados por restaurantes italianos para as toalhas das mesas. Depois de concluir a faculdade, resolvi fazer um ensaio de fotos com minhas roupas para guardar em um arquivo pessoal. Aps meses com estas fotos guardadas em minha gaveta, resolvi mostrar para amigos designers e professores da faculdade os quais eu encontrava regularmente. Todos falaram a mesma coisa:"Suas roupas foram feitas dentro de uma cantina Italiana!","A tabela de cor das peas se completa, o impressionante que os trabalhos foram desenvolvidos s vezes com um intervalo de um a dois anos de diferena entre si". Como no uma coleo planejada, resolvi dar um nome que fizesse jus aos comentrios sarcsticos dos meus amigos. Festa dela Mamma!Festa Della MammaFesta Della Mamma Festa Della MammaFesta Della MammaVicunhaEste vdeo o Making off desenvolvido pelo Jardim Eltrico do trabalho que o Estdio rvore desenvolveu para a Vicunha Txtil, no qual, uma fervorosa equipe executou 5 painis de 2 x 18 m, da coleo de inverno 2010 da Vicunha Txtil em forma de ilus-trao, modelagem e criao. Minha partici-pao mais significativa na equipe foi a criao dos painis e do desenvolvimento, logstica e execuo. Coordenei uma equipe de 10 pessoas, entre elas, costureiras, borda-deiras, modelistas e designers. Alm de estar sempre ao lado do diretor de criao, mostrando a melhor forma de executar o trabalho.Diretor criativo: Vitor Santos. Diretor de desenvolvimento de Modelagem e costura: Edo Belleza.Illustrao: Gurski + ConvidadosVicunhaVicunhaVicunhaUrussaiA Urussai, marca integrante da Casa dos criadores (evento vinculado Semana de Moda de So Paulo), uma marca em ascenso no cenrio da moda paulista e desenvolve um trabalho diversificado, pois no utiliza Estilista. As colees so desenvolvidas por parceiros e designers agregados. A cada coleo, Catarina Gushiken, diretora de criao da marca e ilustradora renomada, recruta novos designers e ilustradores para desenvolver a coleo comercial e estamparia da marca junto com sua equipe interna de desenvolvimento de produto. Desde a origem da marca, ela vem trazendo novas formas de comportamento nos desfiles e nas ruas. Trabalhar na Urussai foi um grande aprendizado, pois tive carta branca para mostrar meu trabalho com clareza e liberdade. Fui responsvel por todo o setor de desenvolvimento, desde a criao, at produo.Processo de desenvolvimento de coleo, aviamentos, cores, tecidos e estamparia. Desenvolvimento de modela-gens das colees masculinas e femininas. Coordenao de produo das colees e modelagem dos modelos de desfile.UrussaiUrussaiUrussaiUIB001cUIB001bUIB001aUIB002cUIB002bUIB002aUIB003cUIB003bUIB003aUIB004cs / estampaUIB004bUIB004aUIB005cUIB005bUIB005aUIB006UIB008aUIB009Quantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GConsumo: 1,50Estampa: Nenhumatecido: malha verdelao: retalhosQuantidade de peas: 4 P, 4 M, 2GConsumo: 1,78/ 0,95Estampa: nenhumaTecido: 2082acabamento : retalhosQuantidade de peas: 2 P, 2 M, 1GConsumo: 1,92/1,40Estampa: NenhumaTecido: 2082Quantidade de peas: 2 P, 2 M, 1GConsumo: 1,50Estampa: NenhumaTecido: cinza mescla grossoQuantidade de peas: 2 P, 2 M, 1GUrussaiTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002cTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002bTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002aTecido: :FR :Co :Pala Consumo: Estampa: 5UiMB001cTecido: Branco FR: Branco + rosa Co:Branco + rosa Pala: branco Consumo: Estampa: 3UiMB001bUiMB001aTecido:FR: 345 branca + malha amarela Co: 345 branca + malha amarela Pala: listrado grande Consumo: Estampa 1UrussaiTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002cTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002bTecido: :FR :Co :Pala Consumo: EstampaUiMB002aTecido: :FR :Co :Pala Consumo: Estampa: 5UiMB001cTecido: Branco FR: Branco + rosa Co:Branco + rosa Pala: branco Consumo: Estampa: 3UiMB001bUiMB001aTecido:FR: 345 branca + malha amarela Co: 345 branca + malha amarela Pala: listrado grande Consumo: Estampa 1UrussaiUrussaiUrussaiExel - ItaliaAtravs do estgio assistido na EXEL (Itlia), conheci o processo de produo da malharia italiana (Tricot industrial) e passei por todos os processos de produo, desde a escolha do fio e cor at o produto final. Aprendi muito sobre esta profisso, para a qual no existe mais curso de espe-cializao e a Exel me proporcionou o conhecimento do mtier do mercado europeu de tric.O estgio orientado teve lugar em uma confeco de prototipagem em Carpe-giano Sesia, na Itlia, e estudei todo o processo da confeco desde a formatao do produto solicitado pela EXEL at o prottipo pronto. Esta experin-cia na confeco me proporcionou o conhecimento da produo de uma confeco de prottipos.Durante a minha experincia na EXEL recebi o convite de passar uma semana na Tunsia, na confeco SEMIATEX - contratada da EXEL, a fim de me aprofundar no conhecimento do processo de confeco e produo da malharia italiana. Esta experincia foi essencial para conhecer a execuo de fabricao das peas em larga escala e conhecer todo o maquinrio de uma confeco de malharia. Esta experincia me mostrou a outra faceta do mercado, a que opera com mo de obra barata.Exel - ItaliaExel - ItaliaSemiatex - TunisiaReginatto - ItaliaNovo - Expresso de ModaO principal conceito do NOVO sugere apresentar o objeto de moda no contexto de uma galeria de arte. As obras expostas (peas de roupas, joalherias, fotografias e ilustraes de moda) fazem parte de trabalhos realizados por estudantes e recm-formados. O NOVO acredita que, ao se tratar trabalhos realizados com uma finalidade no comercial, a verdade e pureza dos conceitos exibidos passa a exprimir uma forma de trabalhar a moda no s como produto, mas tambm como obra de arte. Desta forma, o evento incentiva e potencializa novos profissionais gerando visibilidade, oportunidades e contatos na rea, de acordo com a habilidade de cada um, trazendo tona o que se cria de novo. O evento explora este conceito na prpria cenografia, as obras expostas so reinterpretadas pela curadoria criando uma releitura do objeto de moda.Atravs desta ao, incentivada a reflexo sobre a moda contem-pornea e principalmente sobre a relao moda/arte.Este projeto nasceu da iniciativa de jovens criadores, que acreditam poder fazer parte da discusso e da renovao da identidade de moda do prprio pas, sugerindo um formato que agrega valor s criaes e abre espao, no s para novos talentos, mas tambm para outras formas de interpretao da moda.Novo - Expresso de ModaNovo - Expresso de ModaNovo - Expresso de ModaNovo - Expresso de ModaWorkshop - Gustavo LinsEm meados de 2008, Gustavo Lins, estilista de alta costura de Paris, veio ao Brasil para divulgar seu trabalho. Ele desenvolveu um Workshop com alunos universitrios de cursos de moda de So Paulo. Montou painis com restos de moulages antigas e cola lquida juntamente com os alunos, transformando em obra de arte con-strues e estruturas de algodo cru. Esta experincia foi documentada e divulgada pelo Brasil todo, inclusive pode ser vista em seu site oficial.Para mim, foi extremamente interessante conhecer como funciona a cabea de um designer de alta costura, seu dinamismo e bagagem, foi muito gratifi-cante ajudar a montar todo o material de palestras e ajudar a construir os painis.Workshop - Gustavo Linslbum - AZm&BAZm&B um projeto de udio, Vdeo e Design, iniciado em meados de 2006. A mescla destas artes concre-tiza a fuso de experincias de novas atividades e prioriza a criao de uma histria. Este lbum foi o primeiro captulo da histria, que se propaga a cada dia, para onde houver a vontade de aprender e desenvolver. Foi um projeto extenso que durou quase 5 anos; percebe-se que cada musica de um timbre, bpm, sonoridade, instrumentos, contrues meldicas diferentes.lbum - AZm&BAZm&B um projeto de udio, Vdeo e Design, iniciado em meados de 2006. A mescla destas artes concre-tiza a fuso de experincias de novas atividades e prioriza a criao de uma histria. Este lbum foi o primeiro captulo da histria, que se propaga a cada dia, para onde houver a vontade de aprender e desenvolver. Foi um projeto extenso que durou quase 5 anos; percebe-se que cada musica de um timbre, bpm, sonoridade, instrumentos, contrues meldicas diferentes.lbum - AZm&BSingle - Sunday On the BeachO primeiro single da musica Sunday On the Beach, do primeiro lbum do AZm&B, foi lanado em uma galeria de arte dentro de uma loja da Billabong na Rua Oscar Freire, em So Paulo, no qual acontecia a 4 edio da exposio Roupa de Domingo. O single era a minha obra na exposio, inspirada na minha verso de um domingo perfeito na praia, nublada chuvosa e vazia. Samples de gaivotas, chuva, vento e ondas do mar introduzem a faixa, melodias e sintetizadores calmos e suaves crescem em projeo durante a msica, se transformando em sons frenticos, agonizantes e baterias com impacto e agressividade.Single - Sunday On the BeachC.a.m.k.a - Video ClipC.a.m.k.a uma das faixas do primeiro lbum do AZm&B. Ela foi escolhida para fazer o primeiro vdeo-clipe. O processo de filmagem, direo, edio e finalizao foi muito peculiar. Sem dispor de infra-estrutura adequada e do mais "moderno", foi filmada com uma cmera de celular. Escolhi um prdio na Av. Paulista, em So Paulo, uma das principais avenidas da cidade, como cenrio. No alto de um prdio h um caf, no qual se podem utilizar binculos pblicos para ver o por do sol. Coloquei a lente da cmera do celular na lente do binculo e comecei a filmar. Depois do filme capturado, editei e finalizei o vdeo-clipe no meu laptop com o programa Finalcut, utilizando o udio original do vdeo para transformar o vdeo e a msica em um nico arquivo.C.a.m.k.a - Video ClipRoupa de DomingoTrata-se de uma obra exposta na 2 e 3 edies da exposio Roupa de Domingo, sendo este um projeto de arte cidad, que rene arte contem-pornea, design, fotografia e moda. O projeto vinculado ao SPFW, e tem como objetivo resgatar a memria potica da roupa de domingo por meio de tcnicas, materiais e suportes diversos. Com a Minha Roupa de Domingo, quis mostrar o que o dia de domingo representava para mim durante a minha vida toda: pijama + caf + livro. Um dia montono como o domingo, no qual eu ficava o dia todo de pijama, lendo um livro e tomando caf, pois ler me d muito sono.Em ambos os eventos fiz um live act com um grupo de dana, desenvolvi a trilha ao vivo e o grupo de dana atuava.Roupa de DomingoRoupa de DomingoRoupa de Domingo1 Metro1 Metro foi um projeto desen-volvido pelo grupo Projtil, no qual artistas em ascenso no cenrio das artes paulistanas foram convidados. Estes expressaram sua arte no espao de 1 metro quadrado para cada artista e contaram o que o 1 metro representava para eles. Desenvolvi um quadro de um metro quadrado com moldura dourada e mostrei o que era um 1 metro para mim em forma de vetor utilizando a fonte Helvetica.Todas as obras estavam venda e houve cobertura de mdia local, tal como: Folha de So Paulo e MTV.1 Metro1 Metro1 MetroCity-one-minutesEste vdeo faz parte de um dos projetos exibidos no festival do minuto da Holanda, o qual ocorreu em diversos pases do mudo e, desta vez, teve lugar em So Paulo. O projeto con-siste em 24 artistas selecio-nados para fazer um vdeo de 1 minuto cada um. Eu fui escolhido dentre estes 24 artistas para executar a minha viso de So Paulo no perodo de 1 hora e editar o vdeo para um minuto, da forma que eu bem entendesse.Este projeto foi liderado pela artista holandesa Marielle Videler e o projeto foi exibido na semana do festival do minuto da Holanda, em Xangai, e entre outros festivais no mundo todo, como na semana de arte moderna de Veneza (Itlia).City-one-minutesCity-one-minutesCity-one-minutesCity-one-minutesEdo Belleza