PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ? Bases do PMDE ... Ellen White descreve, luz das Escrituras Sagradas:

  • Published on
    21-Sep-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL Faculdade Adventista da Bahia +PERTO DE DEUS +PERTO DE VOC Acadmico SALAS DE AULA E LABORATRIOS Residenciais MASCULINO E FEMININO Ministrios de Campus IGREJA E CAPELANIA Funcionrios DEPARTAMENTOS E SETORES PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Faculdade Adventista da Bahia BR-101, Km 197, Cx Postal 18 - CEP 44300-000 Cachoeira - BA Telefone: (75) 3425-8000 Website: www.adventista.edu.br Diretor Geral: Juan Choque Diretor Administrativo: Hlio Santiago Diretor Acadmico: Fabiano Silva Diretor de Bem-Estar Estudantil: Agady Sacramento Contribuies: Agady Sacramento Charles Fabian Dalila rica Uchoa Gerson de Souza Herbert Cleber Hudson John Kennedy Galvo Maviael Pablo Rotman http://www.adventista.edu.br/PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Sumrio Salas de aula e laboratrios ................................................................................................................................................... 1 Masculino e feminino .................................................................................................................................................................. 1 Igreja e capelania...................................................................................................................................................................... 1 departamentos e setores .......................................................................................................................................................... 1 Faculdade Adventista da Bahia .................................................................................................................................................. 2 Nossa Identidade ............................................................................................................................................................................ 6 Misso ........................................................................................................................................................................................... 6 Viso ............................................................................................................................................................................................. 6 Objetivo Geral do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual ..................................................................................... 6 Objetivos Especficos do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual ........................................................................... 6 Princpio, Crena e Valores a Serem Enfatizados em 2017 ............................................................................................. 6 Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual ............................................................................................................................. 6 Bases do PMDE ........................................................................................................................................................................... 6 Reavivamento e Reforma ..................................................................................................................................................... 7 Planejamento Estratgico da FADBA ................................................................................................................................. 7 Guia para o PMDE da DSA ................................................................................................................................................ 7 Plano de Discipulado da Diviso Sul-Americana ............................................................................................................ 7 Objetivos do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual ............................................................................................... 7 Sistema de Acompanhamento do Crescimento Espiritual ................................................................................................... 8 Estgios do Crescimento em Cristo ..................................................................................................................................... 8 Sistemas de Cuidado Espiritual ........................................................................................................................................... 9 Resultados Esperados e Indicadores ......................................................................................................................................... 10 Resultados PENSAR .................................................................................................................................................................. 10 Resultados SER .......................................................................................................................................................................... 10 Resultados FAZER ...................................................................................................................................................................... 10 Indicadores PENSAR ................................................................................................................................................................ 10 Indicadores SER ......................................................................................................................................................................... 10 Indicadores FAZER .................................................................................................................................................................... 10 nfase Anual ................................................................................................................................................................................... 11 nfase para 2017 .................................................................................................................................................................... 11 Princpio.................................................................................................................................................................................. 11 Crena .................................................................................................................................................................................... 11 Valores ................................................................................................................................................................................... 11 Estratgias ...................................................................................................................................................................................... 13 file:///C:/Users/John%20Kennedy/Desktop/PMDE%20ATUAL.docx%23_Toc462931046file:///C:/Users/John%20Kennedy/Desktop/PMDE%20ATUAL.docx%23_Toc462931047file:///C:/Users/John%20Kennedy/Desktop/PMDE%20ATUAL.docx%23_Toc462931048file:///C:/Users/John%20Kennedy/Desktop/PMDE%20ATUAL.docx%23_Toc462931049PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA [PENSAR] Estratgia: Promover a Integrao F e Ensino ............................................................................................... 13 Aes ........................................................................................................................................................................................... 13 Responsvel ............................................................................................................................................................................... 13 Quando? ..................................................................................................................................................................................... 13 Como Mensurar ......................................................................................................................................................................... 13 [SER] Estratgia: Criar um Ambiente de Conexo Espiritual .......................................................................................... 14 Aes ........................................................................................................................................................................................... 14 Responsvel ............................................................................................................................................................................... 14 Quando? ..................................................................................................................................................................................... 14 Como Mensurar ......................................................................................................................................................................... 14 [FAZER] Estratgia: Crescer Espiritualmente atravs de Experincias Missionrias .................................................. 15 Aes ........................................................................................................................................................................................... 15 Responsvel ............................................................................................................................................................................... 15 Quando? ..................................................................................................................................................................................... 15 Como Mensurar ......................................................................................................................................................................... 15 [PMDE] Estratgia: Comunicar, Mensurar e Adaptar ....................................................................................................... 16 Aes ........................................................................................................................................................................................... 16 Responsvel ............................................................................................................................................................................... 16 Quando? ..................................................................................................................................................................................... 16 Como Mensurar ......................................................................................................................................................................... 16 Comisses de Desenvolvimento Espiritual ................................................................................................................................ 17 PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA PREFCIO O Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual tem o seu foco no crescimento em Cristo. Esse Crescimento em Cristo nos motiva a fazer Sua vontade e revelado por meio do nosso relacionamento com Deus e com o prximo. Considerando o mandamento bblico descrito no livro de I Joo 2:6, no qual est escrito que Aquele que diz que est Nele, tambm deve andar como Ele andou. Quando esteve aqui na terra Jesus andou em comunho com o Pai, Lucas 6:12 E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em orao a Deus. A esse respeito, Ellen White enfatizou: Jesus... estudava a palavra de Deus e as horas de maior felicidade para Ele eram aquelas que se podia afastar dos cenrios de seus labores e ir para o campo a meditar nos quietos vales, a entreter comunho com Deus na encosta da montanha, ou entre as rvores da floresta (Cincia do Bom Viver p. 52). Mas Jesus no vivia uma vida em total isolamento. Ele apreciava uma vida em comunidade, comer com as pessoas, partilhar suas experincias, ouvi-las, livre de qualquer preconceito ou estigma social E aconteceu que, estando ele em casa sentado mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discpulos. E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discpulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? Jesus, porm, ouvindo, disse-lhes: No necessitam de mdico os sos, mas, sim, os doentes. Mateus 9:9-12. Aquele que era um com Deus se uniu com as pessoas atravs de laos que jamais sero quebrados. Jesus no se envergonha de lhes chamar irmos. Hebreus 2:11. Nesse caso, os escritos bblicos tambm enfatizam que Jesus, quando esteve aqui na terra andou em misso: E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e molstias entre o povo.E, vendo as multides, teve grande compaixo delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que no tm pastor. Mateus 9:35,36Assim, Jesus, nosso maior exemplo cumpriu seu ministrio aqui na terra. Ensinando-nos o verdadeiro sentido de uma vida que nos torne mais perto do Pai e mais perto das pessoas. O Crescimento em Cristo andar nos Seus passos, assim, Ellen White descreve, luz das Escrituras Sagradas: Muitos pensam que seria grande privilgio visitar os cenrios da vida de Cristo na Terra, andar pelos lugares por Ele trilhados, contemplar o lago margem do qual gostava de ensinar, as montanhas e vales em que Seus olhos tantas vezes pousaram. Mas no necessitamos ir a Nazar, a Cafarnaum ou a Betnia para andar nos passos de Jesus. Encontraremos Suas pegadas junto ao leito dos doentes, nas choas da pobreza, nos apinhados becos das grandes cidades, e em qualquer lugar onde h coraes humanos necessitados de consolao. Fazendo como Jesus fazia quando na Terra, andaremos em Seus passos. DTN pag. 640 PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Nossa Identidade Misso A FADBA uma instituio educacional da Igreja Adventista do Stimo Dia que forma profissionais comprometidos com o exerccio de uma cidadania responsvel, baseada em valores bblico-cristos, proporcionando seu desenvolvimento fsico, intelectual, social e espiritual. Viso Tornar-se um centro universitrio com excelncia nos processos de acreditao, desenvolvendo-se de modo sustentvel e em harmonia com os valores cristos. Objetivo Geral do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual Mover a comunidade do Campus a conhecer e crescer em Cristo tornando-se comprometida com a misso da Igreja Adventista do Stimo Dia. Objetivos Especficos do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual I. Promover um ambiente que encoraje um relacionamento pessoal com Jesus Cristo, bem como um respeito e compromisso com os princpios, crenas e valores da Igreja Adventista do Stimo Dia. II. Promover a Integrao F e Ensino (IFE) III. Promover no Campus a Comunho com Deus, Relacionamentos de edificao e o compromisso com a Misso. (CRM) IV. Promover uma liderana para o discipulado no Campus. Princpio, Crena e Valores a Serem Enfatizados em 2017 Princpio: O Crescimento em Cristo me motiva a fazer Sua vontade. Crena: Crescimento em Cristo. Valores : Liberdade, Alegria, Solidariedade e Gratido. Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual Bases do PMDE O PMDE da Faculdade Adventista da Bahia est baseado na nfase de Reavivamento e Reforma, no Planejamento Estratgico, no Guia para o PMDE da DSA e no plano de discipulado da Diviso Sul-Americana. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Reavivamento e Reforma A Igreja Adventista do Stimo Dia no mundo tem adotado como nfase a busca por Reavivamento e Reforma1 para renovao da vida espiritual e transformao do carter. Essa busca inclui trs aspectos: 1. Orao: busca pela presena e poder do Esprito Santo. (Projeto 777, 10 dias de orao) 2. Estudo da Bblia: Reavivados por Sua Palavra e Crede em Seus Profetas 3. Testemunho: Compartilhar a f. Planejamento Estratgico da FADBA O Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual da Faculdade Adventista da Bahia est relacionado com o Plano Estratgico 2014-2018 da FADBA, especialmente em duas de suas metas: O3.1 - Meta 1: Estar com o PMDE em pleno funcionamento no prazo de 4 anos. OE3.2.2 Meta 4: Aumento de 5% ao ano de participaes de alunos em programas de voluntariado. Guia para o PMDE da DSA Alm disso, se baseia no Guia para o Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual da Diviso Sul-Americana2. Seguindo essa orientao, escolhe-se um princpio, uma crena e quatro valores a cada ano. Em 2017 sero: Princpio: O Crescimento em Cristo me motiva a fazer Sua vontade Crena: Crescimento em Cristo Valores : Liberdade, Alegria, Solidariedade e Gratido Plano de Discipulado da Diviso Sul-Americana No territrio da Diviso Sul-Americana, a Igreja Adventista do Stimo Dia adota um processo de discipulado organizado em trs passos . Para cada passo desta jornada discipuladora, so desenvolvidas diferentes aes para trazer como resultado o objetivo principal de fazer discpulos saudveis. Assim, diferentes ministrios contribuem com aes alinhadas ao processo discipulador. Essas trs esferas do desenvolvimento espiritual so conhecidas como: Comunho, que significa dedicar a primeira hora para estar na presena de Deus; Relacionamento, que envolve a participao em um ambiente de comunidade dentro de um Pequeno Grupo; e Misso, que leva ao compromisso de testemunhar a algum, de acordo com os dons espirituais. Objetivos do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual Sendo assim, o Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual tem como objetivo ajudar a comunidade do Campus a crescer em Cristo, isso se traduz em quatro objetivos especficos: 1. Estabelecer um sistema de acompanhamento do crescimento espiritual dos estudantes. 2. Promover um ambiente que encoraje um relacionamento pessoal com Jesus Cristo, bem como um respeito e compromisso com os princpios, crenas e valores da Igreja Adventista do Stimo Dia. 3. Promover a Integrao F e Ensino (IFE) 4. Promover no Campus a Comunho com Deus, Relacionamentos de edificao e o compromisso com a Misso. (CRM) 5. Promover uma liderana para o discipulado no Campus. 1 http://www.revivalandreformation.org/ 2 Guia para o Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual na Educao Adventista Diviso Sul-Americana. Cuidado Espiritual (Abordagens Bsicas) Abordagem Relacional Abordagem de Conversao Abordagem Formativa Abordagem Experimental Abordagem Influenciadora Estudantes que no possuem interesse espiritual ou so resistentes a elementos espirituais esto abertos para expresses genunas de interesse, cuidado e apoio. Simplesmente sendo pessoas amigveis, ajudadoras e ticas contrumos pontes de confiana e vislumbres que Deus pode usar em qualquer momento. - Ser caloroso e acolhedor - Oferecer tempo e ajuda - Ter interesse pessoal - Ser um exemplo Estudantes que esto lutando com compromissos espirituais ou explorando suas opes necessitam de lugares seguros com outros crentes onde possam fazer suas perguntas, expressar dvidas e compartilhar suas histrias. Criar oportunidades para dilogos abertos e honestos essencial para o crescimento daqueles que esto neste estgio. - Ouvir pra compreender - Fazer perguntas abertas - Processo de confiana - Compartilhar sua prpria histria Estudantes que tem feito um compromisso para crescer espiritualmente requerem conselhos e instruo bblicas. Atravs de uma trajetria bem definida eles podem ser mentoreados e acompanhados, eles desenvolvero hbitos espirituais necessrios para desenvolver e sustentar a sua f. - Convid-los para pertencer - Compartilhar suas prticas - Atribuir trabalho pessoal - contruir acompanhamento Aos estudantes com um compromisso crescente de servir aos outros, devemos oferecer uma variedade de maneiras para estarem envolvidos na igreja e na comunidade. Essas atividades devem ser acompanhadas de reflexo sobre a tarefa, suas habilidades, bem como o chamado de Deus e o propsito para suas vidas. - Criar oportunidades - Prover treinamento - Refletir nas experincias - Aprofundar o entendimento Aos estudantes que tem alcanado um ponto de maturidade espiritual e desenvolvimento de habilidades, devemos oferecer nveis crescentes de responsabilidade e desafio para usar sua influncia para liderar e ensinar outros. Como lderes emergentes eles requerem mentoreamento e apoio. - Nutrir novos lderes - Compartilhar responsabilidades - Oferecer sabedoria/guia - Afirmar e apoiar PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Sistema de Acompanhamento do Crescimento Espiritual Estgios do Crescimento em Cristo O Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual reconhece que os estudantes chegam ao Campus em vrios estgios de desenvolvimento espiritual3, incluindo: 1. Ainda no comprometido (vermelho) 2. Aberto ao compromisso (laranja) 3. Comprometido a crescer espiritualmente (amarelo) 4. Comprometido a servir a outros (verde claro) 5. Comprometido a liderar outros (verde escuro) Nosso desafio ajudar as pessoas a crescerem em Cristo, aprofundando cada vez mais seus nveis de compromisso com Ele. Na tabela seguinte, esto contidos os estgios e o perfil do estudante, suas necessidades e abordagens adequadas. Cada abordagem tem um mtodo especfico de promover o crescimento e o compromisso espiritual para cada estgio de desenvolvimento. Estgios do Crescimento em Cristo AINDA NO Comprometido ABERTO ao Compromisso Comprometido a CRESCER Espiritualmente Comprometido a SERVIR a outros Comprometido a LIDERAR outros Perfil do Estudante Antagnico ou Indiferente ou Desinformado Culturalmente aberto ou Espiritualmente curioso ou Espiritualmente interessado Tem aceitado a Cristo Deseja crescer espiritualmente Buscando discipulado e acompanhamento Deseja envolvimento Descobrindo seu propsito Quer fazer a diferena Tem habilidade de liderana Espiritualmente maduro Pronto para liderar e mentorear outros Necessidade do Estudante Cuidado da comunidade Realizao pessoal Lidar com o quebrantamento Lugar seguro para explorar suas verdades/dvidas espirituais. Modelos espirituais Dilogo aberto e honesto. Instruo bblica e prtica Mentoreamento e acompanhamento Convites para colocar sua f em ao Oportunidades para servir e ministrar Viso e alvos Treinamento, apoio e avaliao instruo religiosa Oportunidades para liderar e mentorear Sabedoria, orientao e feedback. Abordagem Relacional Abordagem de Conversao Abordagem Formativa Abordagem Experimental Abordagem Influenciadora Abordagens Adequadas Estudantes que no possuem interesse espiritual ou so resistententes a assuntos espirituais esto geralmente abertos a expresses genunas de interesse, cuidado e apoio. Pelo simples fato de sermos amigos, apoiadores e ticos, ns podemos contruir pontes de confiana e providenciar vislumbres sobre o carter de Deus. Estudantes que esto lutando com o compromisso espiritual ou explorando suas opes necessitam de lugares seguros com outros cristos para expor suas questes, expressar dvidas e compartilhar suas histrias. Criar oportunidades para um diologo aberto e honesto essencial para crescer nesse estgio. Estudantes que tem feito um compromisso de crescimento espiritual necessitaro de conselhos prticos e instruo bblica. Oferecendo uma estrutura de cuidado slida, onde eles possam ser mentoreados e prestem contas, eles desenvolvero os hbitos necessrios para desenvolver, mnater e sustentar sua f. Aos estudantes com um crescente compromisso em servir ao prximo deve ser oferecido uma variedade de oportunidade de se envolverem na igreja e na comunidade. Essa atividade deve ser acompanhada de reflexo sobre a tarefa, suas habilidades, bem como sobre o chamado de Deus e propsito para suas vidas. Aos estudantes que tenham atingido um ponto de maturidade espiritual e desenvolvido habilidades deve ser oferecido nveis de responsabilidade crescentes e desafi-los a usar sua influncia para liderar e ensinar outros. Como lderes emergentes eles vo precisar de mentoreamento e suporte. 3 Usamos os estgios de desenvolvimento espiritual e abordagens desenvolvidas pela Andrews University: Referncia PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Estgios do Crescimento em Cristo AINDA NO Comprometido ABERTO ao Compromisso Comprometido a CRESCER Espiritualmente Comprometido a SERVIR a outros Comprometido a LIDERAR outros - Ser caloroso e receptivo - Oferecer tempo e ajuda - Tomar interesse pessoal - Ser um exemplo -Ouvir para compreender - Fazer perguntas abertas - Desenvolver confiana mtua - Compartilhar sua prpria histria - Convid-los a pertencer - Compartilhar suas prticas -Atribuir tarefas individuais - Construir prestao de contas - Criar oportunidades - Oferecer treinamentos - Refletir nas experincias -Aprofundar a compreenso -Nutrir novos lderes - Compartilhar responsabilidades - Oferecer orientao e apoio - Afirmar e apoiar Sistemas de Cuidado Espiritual O desenvolvimento espiritual tem lugar em todo o campus e no se limita a programas espirituais ou atividades especficas. Portanto, o PMDE se movimenta atravs de quatro sistemas bsicos de cuidado espiritual: Departamentos e Equipes de Trabalho Salas de Aula e Laboratrios Residenciais Ministrios do Campus e Igreja do Campus Abordagens Adequadas Abordagem Relacional Abordagem de Conversao Abordagem Formativa Abordagem Experimental Abordagem Influenciadora Departamentos e Equipes de Trabalho (Funcionrios) Exemplo de Cristo Cuidado tica Puxar conversas que incluam temas espirituais. Momentos devocionais com a equipe. Convidar os estudantes para programas religiosos ou Pequenos Grupos. Oferecer oportunidades para servir e ministrar na sua rea. Posicionar estudantes espiritualmente maduros em posies de liderana e influncia Salas de Aula e Laboratrios (Acadmica) Investir tempo com os estudantes na sada da aula Exemplo de Cristo no desenvolvimento mental Dialogar sobre a vantagem da viso de mundo crist a respeito da disciplina ensinada. Incentivar a pesquisa sobre a cosmoviso crist Explorar maneiras de viver fielmente no mercado de trabalho Oferecer oportunidades de servio e ministrio especficas para a disciplina ensinada Dar oportunidade para estudantes espiritualmente maduros ensinarem e mentorear outros. Residenciais Proporcionar um ambiente cristo acolhedor e solidrio. Encorajar o compartilhamento pessoal da vida espiritual e o testemunho de vida Oferecer oportunidades para Pequenos Grupos, cultos e ministrios de orao Desenvolver maneiras para os residentes servirem e ministrarem uns para os outros e para a comunidade em geral. Recrutar e treinar estudantes espiritualmente maduros para liderar e mentorear seus colegas Ministrios do Campus e Igreja (Capeles e Pastor) Desenvolver pontes de relacionamento entre esses estudantes e a comunidade de f. Providenciar pequenos grupos e lugares seguros para explorar a f e as necessidades sentidas. Oferecer um currculo de desenvolvimento da vida espiritual com suas disciplinas. Recrutar, treinar e apoiar estudantes no servio Oportunidades de ministrio Providenciar treinamento e oportunidades de liderana para estudantes espiritualmente maduros PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Resultados Esperados e Indicadores Resultados PENSAR Resultados SER Resultados FAZER -Enxergar a vida e o mundo, do ponto de vista bblico em contraste com as outras vises para que o estudante escolha pela cosmoviso bblica. - Envolvimento e crescimento dos estudantes atravs de hbitos devocionais. - Envolvimento e crescimento dos estudantes atravs de atividades missionrias. - Habilidade dos estudantes em integrar o pensamento bblico em todas as reas da vida. - Estudantes pertencendo e persistindo numa vida em comunidade crist - Envolvimento e influncia dos estudantes atravs de atividades de liderana. Indicadores PENSAR Indicadores SER Indicadores FAZER - Nmero de estudantes cujas crenas esto alinhadas com as crenas bblicas (Pesquisa) - Nmero de estudantes que possuem o hbito dirio de buscar a Deus pela orao e estudo da Bblia (Relatrio de Acompanhamento) - Nmero de estudantes que esto participando regularmente de um ministrio ou projeto missionrio (Relatrio de Acompanhamento) - Nmero de estudantes cujos valores de vida esto alinhados com os valores bblicos (Pesquisa). - Nmero de estudantes que desfrutam regularmente de uma vida em comunidade atravs de um pequeno grupo de apoio cristo (Relatrio de Acompanhamento). - Nmero de estudantes que esto liderando um ministrio ou projeto missionrio. (Relatrio de Acompanhamento) Pensar Biblicamente sobre o mundo Colocar a f em todos os aspectos da vida Viver em conexo com o CriadorViver em comunidade com outros cristosServir outros com a compaixo Liderar outros com convico PENSARSERFAZERPLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA nfase Anual Princpio, Crena e Valores O Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual prev que a Faculdade Adventista da Bahia adote anualmente um princpio, uma crena e um conjunto de valores conforme alinhado pela Diviso Sul-Americana para ser adotado em todo o seu territrio. Esses elementos sero comunicados atravs de banners, vdeos, programas especiais, atividades curriculares e outras aes em cada um dos quatro sistemas de cuidado espiritual do Campus. Esperamos que o compromisso de nossa comunidade com esse princpio, crena e valores seja fortalecido ao longo do ano. nfase para 2017 Durante o ano de 2017, sero trabalhados os seguintes elementos: Princpio O crescimento em Cristo me motiva a fazer a Sua vontade Crena Durante o ano de 2017, ser enfatizada a crena fundamental nmero 11 da Igreja Adventista do Stimo Dia - Crescimento em Cristo: Com Sua morte na cruz, Jesus triunfou sobre as foras do mal. Aquele que durante o Seu ministrio terrestre subjugou os espritos demonacos quebrou o poder do maligno e confirmou sua condenao final. A vitria de Jesus d-nos a vitria sobre as foras do mal que ainda procuram controlar-nos ao andarmos com Ele em paz, alegria e com a certeza do Seu amor. Agora, o Esprito Santo habita em ns e reveste-nos de poder. Estando continuamente comprometidos com Jesus como nosso Salvador e Senhor, somos libertados do fardo dos atos cometidos no passado. No mais vivemos nas trevas, com medo dos poderes do mal, na ignorncia e na vida sem sentido de outrora. Nesta nova liberdade em Jesus, somos chamados a crescer na semelhana de Seu carter, comungando com Ele diariamente em orao, alimentando-nos de Sua Palavra, meditando nela e na Sua providncia, cantando Seus louvores, nos reunindo nos cultos e participando da misso da igreja. Ao entregar-nos para o amoroso servio em prol dos que esto em torno de ns e ao testemunharmos de Sua salvao, Sua constante presena conosco atravs do Esprito transforma cada momento e cada tarefa em uma experincia espiritual. (Salmo 1:1 e 2; 23:4; 77:11, 12; Col. 1:13, 14; 2:6, 14, 15; Luc. 10:17-20; Efs. 5) Valores Durante o ano de 2017 sero trabalhados quatro valores: liberdade, alegria, solidariedade e gratido. A cada bimestre ser enfatizado um destes. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Liberdade: convite a ser "Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vocs permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente sero meus discpulos. E conhecero a verdade, e a verdade os libertar". Joo 8:31-32 Irmos, vocs foram chamados para a liberdade. Mas no usem a liberdade para dar ocasio vontade da carne; ao contrrio, sirvam uns aos outros mediante o amor Glatas 5:13 Alegria: convite a SENTIR "Tenho dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocs e a alegria de vocs seja completa". Joo 15:11 Solidariedade: convite a se dispor Quando vocs fizeram isso ao mais humilde dos meus irmos e irms, foi a mim que fizeram. Mateus 25.40 Gratido: convite reflexo "Que a paz de Cristo seja o juiz em seu corao, visto que vocs foram chamados para viver em paz, como membros de um s corpo. E sejam agradecidos". Colossenses 3:15 PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Estratgias [PENSAR] Estratgia: Promover a Integrao F e Ensino Promover a Integrao F e Ensino no currculo atravs do trabalho da Direo Acadmica, Coordenaes e suas equipes de docentes. Aes Responsvel Quando? Como Mensurar 1. Criar um Centro de Integrao F e Ensino. Comisso Diretiva e seus Coordenadores 2016(Nov/Dez) -2017 Calendrio 2017 2. Estabelecer uma semana a cada semestre de nfase na Integrao F e Ensino com a participao dos estudantes na avaliao do contedo apresentado, sermo do sbado sobre essa tema e culto jovem apresentando os destaques da semana. Direo do SALT e Direo Acadmica Semestral (1 Semana aps o encerramento das matrculas) Relatrio da Semana de Integrao F e Ensino 3. Expandir oportunidades de desenvolvimento docente na rea de F e Ensino, incluindo introduo de estratgias em sala de aula e materiais que possam construir a f dos estudantes. Centro de Integrao F e Ensino; Assessoria Pedaggica. Anual Relatrio do Centro de Integrao F e Ensino OBS: Anualmente, a Integrao F e Ensino enfatizar o princpio, a crena e os valores alinhados pela Diviso Sul-Americana para o ano. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA [SER] Estratgia: Criar um Ambiente de Conexo Espiritual Criar um ambiente que encoraje as pessoas a estarem mais perto de Deus e mais perto uma das outras (Mais perto de Deus, Mais Perto de Voc) Aes Responsvel Quando? Como Mensurar 1. Continuar a criar e apoiar significativas oportunidades de adorao e incentivo comunho pessoal com Deus no Campus, como: Semana de Orao, viglias, cronograma de atividades espirituais dirias etc. rea de Bem-Estar Estudantil, SALT e Igreja do Campus Ao longo do ano Relatrio Mensal da Comisso de Desenvolvimento Espiritual dos Ministrios do Campus 2. Incrementar o nmero de encontros de Pequenos Grupos dentro e fora do Campus para estudar a Bblia, orar, realizar pr do sol etc. Capelania Universitria; Igreja do Campus; Coordenadores de PGs Ao longo do ano Relatrio Mensal da Comisso de Desenvolvimento Espiritual Ministrios do Campus 3. Desenvolver um plano de apoio e cuidado espiritual para professores e funcionrios em cada rea da faculdade. Direo; Capelania; Coordenadores Acadmicos Novembro-Dezembro/2016 Relatrio da CDE Funcionrios Relatrio da CDE Acadmica Relatrio da CDE Ministrios 4. Estabelecer um sistema de som para ambientao espiritual do Campus. Direo de Bem-Estar Novembro-Dezembro/2016 Relatrio da CDE Ministrios OBS: Anualmente, a estratgia de conexo espiritual enfatizar o princpio, a crena e os valores alinhados pela Diviso Sul-Americana para o ano. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA [FAZER] Estratgia: Crescer Espiritualmente atravs de Experincias Missionrias Encorajar estudantes, professores e funcionrios a crescer espiritualmente atravs de atividades prticas, de acordo com os seus dons, para o cumprimento integral da misso. Aes Responsvel Quando? Como Mensurar 1. Incrementar o nmero de participantes em viagens missionrias. Ncleo de Misses Anualmente Relatrio da CDE - Ministrios 2. Participar e refletir juntos em significativas atividades missionrias no Campus e Regio. Ncleo de Misses; Capelania; Igreja do Campus Anualmente Relatrio da CDE Ministrios 3. Incrementar o nmero de oportunidades de liderana espiritual e lderes de discipulado no Campus. SALT; Capelania; Igreja do Campus OBS: Anualmente, a estratgia missionria enfatizar o princpio, a crena e os valores alinhados pela Diviso Sul-Americana para o ano. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA OBS: Anualmente o PMDE enfatizar o princpio, a crena e os valores alinhados pela Diviso Sul-Americana para o ano. [PMDE] Estratgia: Comunicar, Mensurar e Adaptar Comunicar, Aes Responsvel Quando? Como Mensurar 1. Comunicar o Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual para o Campus e levar as pessoas a se comprometerem com sua misso, metas e responsabilidades. Administrao da Faculdade; Marketing Semestralmente - A partir de Setembro/2016 Relatrio da CDE Campus Relatrio Marketing 2. Usar os instrumentos existentes para mensurar o progresso de alcance das metas enquanto exploramos o desenvolvimento de um novo instrumento para mensurar a formao espiritual. Administrao da Faculdade; Marketing Anualmente Relatrio da CDE Campus (Geral) 3. Completar uma estratgia de reviso do PMDE a cada ano com o objetivo de atualizar o princpio, a crena e os valores alinhados pela Diviso Sul-Americana. Direo de Bem-Estar Anual Relatrio de Atualizao do PMDE PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Comisses de Desenvolvimento Espiritual Grupo Comisso Responsvel Responsabilidades Conselho Superior Comisso Diretiva Diretor Geral Supervisionar o progresso de alcance das metas espirituais Todo o Campus Comisso de Desenvolvimento Espiritual da FADBA - Diretor Administrativo - Diretor Acadmico, Diretor do SALT e Ensino Bsico - Preceptores - Capeles, Pastor da Igreja e Coordenador de Segurana. Diretor de Bem Estar Estudantil Supervisionar uma variedade de iniciativas do Campus e oferecer suporte para uma vida espiritual saudvel dentro da instituio Departamentos Comisso de Desenvolvimento Espiritual - rea de funcionrios Diretor Administrativo Viver uma experincia autntica com Cristo e acompanhar os funcionrios na sua caminhada com Deus. Supervisionar, planejar e realizar as atividades administrativas e dos departamentos de apoio com vistas ao desenvolvimento espiritual dos estudantes. rea Acadmica Comisso de Desenvolvimento Espiritual para rea Acadmica Diretor Acadmica Viver uma experincia autntica com Cristo e acompanhar os docentes na sua caminhada com Deus. Supervisionar, planejar e realizar as atividades docentes com vistas ao desenvolvimento espiritual dos estudantes. Centro de Integrao F e Ensino Comisso de Integrao F e Ensino Entender os valores de formao religiosa durante a experincia do ensino de todas as disciplinas, providenciar pesquisas, melhorar mtodos de desenvolvimento da f e manter o compromisso na graduao dos estudantes de acordo com os princpios ensinados pela Igreja Adventista do Stimo Dia Residenciais Comisso de Desenvolvimento Espiritual Interna Preceptores e Capeles Viver uma experincia autntica com Cristo e acompanhar os alunos internos na sua caminhada com Deus. Supervisionar, planejar e realizar programas e atividades para vida espiritual nos residenciais. PLANO MESTRE DE DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Grupo Comisso Responsvel Responsabilidades Ministrio de Campus Comisso de Desenvolvimento Espiritual do Ministrio de Campus Diretor de Bem-Estar Estudantil Planejar, promover e acompanhar o desenvolvimento espiritual dos estudantes atravs de um processo estabelecido por etapas juntamente com suas atividades correspondentes. Igreja do Campus Comisso da Igreja Pastor da Igreja Planejar, promover e acompanhar o desenvolvimento espiritual dos estudantes atravs de um processo estabelecido por etapas juntamente com suas atividades correspondentes. Capelania Comisso da Capelania Capelo do Ensino Bsico Capelo Universitrio Planejar, promover e acompanhar o desenvolvimento espiritual dos estudantes atravs de um processo estabelecido por etapas e suas atividades correspondentes. Ncleo de Misses Comisso Administrativa de Misses Direo de Bem Estar, Diretor do IMCI, Capelo Universitrio Formar, enviar e receber missionrios. Servio Voluntrio Adventista Comisso do Servio Voluntrio Adventista Coordenador do SVA Formar, enviar e receber missionrios. EJC Equipe de Direo Geral Diretor do EJC Planejar e realizar semestralmente o Encontro de Jovens com Cristo. Acompanhar o desenvolvimento espiritual dos participantes. Univir Coordenao da Univir Presidente da Univir Supervisionar, planejar e desenvolver a programao do Congresso Universitrio anual Misso Iaenense Direo da Misso Iaenense Conselheiro/Presidente da Misso Iaenense Supervisionar, planejar e desenvolver atividades de desenvolvimento espiritual no SALT, no Campus e nas Igrejas atendidas na regio. Exrcito de Deus Comisso de Desenvolvimento Espiritual da FADBA - Diretor de Bem-Estar - Diretor Administrativo - Diretor Acadmico, Diretor do SALT e Ensino Bsico - Preceptores - Capeles, Pastor da Igreja e Coordenador de Segurana.