Plano de gesto CA 2011-12

  • Published on
    01-Jul-2015

  • View
    281

  • Download
    1

Transcript

PLANO DE GESTO DO CENTRO ACADMICO DE JORNALISMO 2011/12 CHAPA 1 A HORA AGORA! Objetivo geral: Viabilizar um espao de construo, criao, e representatividade, aberto e convidativo para os alunos, para que todos se sintam parte do organismo, e no apenas representados nele. Ser um Centro Acadmico independente, prximo e voltado para o estudante. Fundamentar as aes em plataformas culturais, sociais e ricas em conhecimento que proporcionem ao estudante uma leitura critica capaz de pensar, transformar e recriar o ambiente acadmico. Uma gesto baseada na efetividade e na produtividade. Secretaria: 1. Reunio aberta para acadmicos em geral, a cada dois meses. 2. Reunies quinzenais com toda a diretoria. Salvo em pocas de grande movimentao, com adio de reunies at dirias. Esta reunio ter sugestes dos acadmicos atravs da urna de ideias. Tesouraria: 1. Criao de uma camiseta sobre a obrigatoriedade de diploma e o jornalismo. Venda aberta para captao de recursos. 2. Festas tpicas: Jornina e Halloween. para captao de recursos e integrao de acadmicos, familiares e amigos. 3. Atraes diferenciadas nos eventos do curso. 4. Parceria entre o portal e sites. para divulgao do curso e dos perfis dos alunos. 5. Fazer auditoria financeira inicial e contnua dos recursos financeiros.

6. Manter uma planilha atualizada de investimentos e enviar para os membros do CA e disponibilizar no portal. Manter transparncia. 7. Elaborao de metas de gastos. Esportes: 1. Propiciar a participao de todas as modalidades nos Jogos Universitrios Intercursos. 2. Jogos sedentrios, incluindo os cursos de comunicao e outros interessados. para participar, um alimento no perecvel. Cultura e Lazer: 1. Festa integrada de comunicao. 2. Happy Hour nos finais de semana. 3. Maratona fotogrfica no dia do aniversrio de Chapec. 4. Servio de trocas de livro no portal. 5. Incentivo de cobertura da OLESC, Efapi e Chapecoense... 6. Campanha Jornalismo que l e Cinema inteligente. organizar as obras mais importantes para a carreira do acadmico, tanto literrias quanto audiovisuais em um documento expositivo em formato de banner publicitrio espalhando-o pela universidade e no portal. 7. Encontro literrio regular e aberto a todo o curso. convidar autores ou apreciadores de uma determinada obra literria para discuti-la, enriquecendo o entendimento e as vrias vises sobre o livro. 8. Muvuca Jornalismo. evento em que so convidados jornalistas e especialistas em reas de interesse para discutir um tema em especfico de interesse ou de rea correlacionado com o jornalismo. Uma troca de conhecimentos entre os acadmicos e os profissionais.

9. Comunicao se comunica. um evento que integre os cursos de comunicao para discutir as profisses e o contato entre elas incluindo tambm outros temas diversificados. 10. Criar um vnculo com os outros cursos realizando eventos integrados como viagens, seminrios e confraternizaes. instrumentaliza o contato entre profisses que esto conexas e que trabalham em equipe no mercado. 11. Campanha publicitria de sade para jornalistas. Hbitos para evitar a LER, obesidade, estresse e sedentarismo em geral. Em convnio com o curso de medicina. 12. Estabelecer outros tipos de vnculos com cursos de interesse jornalstico, como Economia, Medicina e Histria. 13. Uma semana de exposio dos trabalhos dos alunos. Semana cultural de comunicao. uma galeria em que todos os alunos podem expor trabalhos das mais diferentes plataformas. 14. Fazer parte da produo da semana acadmica de 2012. 15. Intercmbio entre CAs de jornalismo e troca de professores para palestras e seminrios. Imprensa: 1. Criar equipes para coberturas de eventos. 2. Produo de um guia e vdeos autoexplicativos sobre a universidade voltado ao aluno. 3. Partes do portal abertas para publicaes de outros cursos. 4. Agenda semanal de eventos culturais de interesse de jornalismo. 5. Comunicao via Redes Sociais. Auxlio ao Estudante: 1. Dossi trote. documento desenvolvido pelo departamento de Auxilio ao Estudante com participao do departamento

de Imprensa em que criado um roteiro datado com os eventos de jornalismo direcionado aos calouros e que enviado uma semana antes da primeira aula. 2. Criao de um portal voltado aos acadmicos. Tudo sobre a universidade, informaes atualizadas, mapas, eventos... Gerais: 1. Criar projeto de montagem de uma sala para o Centro Acadmico. 2. Atualizao do estatuto do CA. Reforma em julho pela diretoria toda, e apresentao para aprovao das mudanas em assembleia geral no incio do segundo semestre. 3. Banco de dados com hosts de acadmicos que podem abrigar acadmicos de outras cidades em finais de semana para eventos e aulas. 4. Realizar reunies com auditoria e acompanhamento de cumprimento de metas institucionais do CA bimestralmente. ----------------------------------------------Participe! Sugesto:

Nome (opcional):

Texto publicado no blog da turma de 2008 em abril de 2009

Para que serve o Centro AcadmicoNesta semana, a comisso eleitoral eleita pelas turmas do curso de Jornalismo abriu o edital em que os alunos interessados em disputar a eleio para a nova diretoria podem inscrever suas chapas. No meio de todo esse clima eleitoreiro, ressurge das sombras uma reflexo nada assombrosa, que : qual o papel do Centro Acadmico? Como se sabe, e j foi dito aqui vrias vezes, mais uma eleio ser disputada no voto do sim ou no, isto , no haver duas chapas. Por isso, entre outros motivos diversos e de conhecimento, o grupo liderado por mim (Julherme) buscou o auxlio do presidente atual, do estatuto do Centro Acadmico e de mais algumas fontes virtuais para conhecer e enxergar os objetivos da diretoria do CA. Para que a informao no seja sonegada, estamos repassando-a a todo leitor interessado na questo. Estrutura A diretoria composta pelos seguintes membros obrigatoriamente: - Presidente - Vice-presidente - Secretrio - Segundo secretrio - Tesoureiro - Segundo tesoureiro - Departamento de imprensa - Departamento de cultura e lazer - Departamento de assistncia ao estudante - Departamento de esportes

De acordo com o estatuto, seria necessrio incluir de trs a oito membros em cada departamento, mas como existe escassez de alunos para compor, as comisses eleitorais sempre fizeram vista grossa para este aditivo. A diretoria do Centro Acadmico dispe de uma verba que provm da universidade anualmente. Neste ano, como o nmero de alunos cresceu muito, a verba que chegou dos cofres comunitrios da universidade aumentou consideravelmente. Presidncia e secretaria Assim como o presidente da repblica, eleito com voto democrtico, o presidente do CA a representao mxima de todos os alunos do curso, e por eles que todas as aes dele tm que ser direcionadas. O vice-presidente tem o papel fundamental de abranger todas as capacitaes do presidente em falta dele, mas acima de tudo deve compor a ideia geral e assegurar a democracia dentro da diretoria. A secretria, por outro lado, tem o papel mais burocrtico da mquina pblica. Alm de assegurar todo o histrico de reunies, datas e mensagens, ela tem o poder para se pronunciar como mais uma aluna dentro da diretoria. Trata-se da funo mais importante da diretoria, se olharmos pelo ngulo democrtico. Tesouraria o contrrio do que Delbio Soares foi no PT. Para assumir o cargo de tesoureiro, o aluno tem de ser uma pessoa honesta e de bom carter, que tambm saiba atender os interesses da maioria e respeitar as decises da diretoria, alm de presenciar e assegurar as discusses aprofundadas quando o tema for uso do dinheiro. Cultura e lazer e Esportes Muitos defendem a fuso destes dois departamentos, mas a verdade que os dois so muito importantes de formas muito diferentes. Em primeiro lugar, cultura deveria ser sozinha. Segundo o CA de

Histria da UFSM, um Centro Acadmico deve contribuir para a construo de uma conscincia crtica entre os estudantes, ao estimular o debate de idias. O departamento de cultura deve atacar uma rea crtica do alunato do curso. No que os alunos no tenham cultura, mas essa diversidade deve ser integrada, respeitada e estudada, afinal um bom jornalista aquele que aprende a entender a diversidade cultural como ningum. Esportes e lazer que deveriam estar juntos. Como todo mundo sabe, a maioria do alunato do Jornalismo sedentrio. Aes como o JUICs, efetuadas pelo Diretrio Central dos Estudantes (DCE), s vm para acrescentar uma prtica que deveria ser permanente. O departamento de Esportes serve para apoiar incentivos nesta parte. Porque esporte faz muito bem a sade. Um aluno saudvel aprende muito mais! O lazer vem junto, porque so poucos os esportes que no do prazer a quem o pratica. Imprensa e Assistncia ao Estudante Para que as atividades de um Centro Acadmico estejam completas, elas devem tambm ser direcionadas do alunato para a sociedade alm dos limites da universidade. para que haja este contato com o mundo exterior atravs dos meios de comunicao que existe o departamento de Imprensa (ou Comunicao) que quem informa e se relaciona com todas as instancias da mdia ou vai alm, criando uma linha direta com o pblico. Para ajudar o aluno que est com dvidas, ou para prestar orientao, existe o departamento de Assistncia ao Estudante. Este tem por objetivo exercer a funo que hoje em dia apenas prestada pela coordenao de curso. Quem assumir esta funo na diretoria deve estar par de toda a burocrtica do curso, deve ser bem comunicativa e estar sempre a disposio para ajudar neste sentido.

Objetivo O sentido, no conjunto, da existncia de um Centro Acadmico proporcionar a organizao de eventos, debates, palestras, viagens, recepes de calouros, festas*. Enfim, uma infinidade de coisas que unem o curso inteiro. Mais do que uma representao, uma liderana e que sempre deve prezar e defender a vontade da maioria. Integrao, comunicao e participao devem ser sempre postos a frente dos planos das diretorias que entram e saem. Alm disso, o Centro Acadmico deve estar sempre munido de foras para defender o estudante em todas as instncias do curso e fora dele, como prev o estatuto. Mas nada acontece se no houver interesse dos alunos. O Diretrio Acadmico Isabel Cristina Kowal Olm Cunha da Unisa (Universidade Santo Amaro) existe h cinco anos. No entanto, por falta de verba e mobilizao, nunca foi atuante, explica matria publicada no site Universia. verdade. Para assegurar e ampliar o interesse da comunidade preciso conclamar a participao de todos em decises mais polmicas e, alm disso, estar sempre atento s necessidades do alunato para que o papel do Centro Acadmico seja de fato cumprido.