PLANO DE ENSINO - . Servio ... 6. Equipamentos de Proteo Individual (EPI) e Equipamentos de Proteo

  • Published on
    28-Aug-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

  • PLANO DE ENSINO

    CDIGO DISCIPLINA NATUREZA ANO

    EPO-042 ERGONOMIA E SEGURANA DO TRABALHO Ob. 2018.2

    CARGA HORRIA PR-REQUISITO

    60 h -------------------------

    PROFESSOR RESPONSVEL

    M.Sc. Pedro Gadas Filho

    EMENTA

    Fundamentos da Ergonomia - Conceitos, Sistemas Homem/Maquina, Posto de Trabalho, Atividade Muscular,

    Antropometria, Postura de Trabalho, Ambiente Trmico, Audio, Viso, Vibrao, Atividade Mental.

    Fundamentos da Segurana no Trabalho. Acidente de trabalho sob os aspectos tcnico e legal. Condies

    Ambientais de Trabalho. rgos de Segurana e Medicina do Trabalho nas Empresas (SESMT e CIPA).

    Equipamentos de Proteo Individual (EPI) e Equipamentos de Proteo Coletiva (EPC). Atividades e

    Operaes Insalubres. Atividades e Operaes Perigosas. Programas de Preveno. Gesto da Segurana

    e Sade no Trabalho. Acidentes de Trabalho - Conceitos, Causas e Custos, Mtodos de Preveno

    Individual e Coletiva. Aspectos Legais.

    OBJETIVO GERAL Proporcionar aos alunos uma viso geral e conhecimentos concretos sobre os sistemas de gesto de

    segurana industrial, visando desenvolver o pensamento crtico do cotidiano do gestor sobre a importncia

    de uma postura gerencial social e adequada, do ponto de vista da segurana no trabalho, preparando-o

    rumo tomada de decises por meio da formao e de um embasamento conceitual slido.

    OBJETIVOS ESPECFICOS Apresentar os princpios e conceitos fundamentais e evoluo do processo de gesto de segurana nas

    empresas;

    Apresentar uma viso sistmica sobre o quesito segurana do trabalho;

    Mostrar os desafios das organizaes a luz das mudanas tecnolgicas;

    Analisar novos paradigmas de gesto de segurana na busca pelo trabalho seguro;

    Desenvolver, na prtica, proposies para a preveno de acidentes;

    Apresentar os requisitos da norma BS - OHSAS 18001;

    Mostrar como implementar, manter e aprimorar sistemas de gesto de segurana.

  • METODOLOGIA

    Para atender aos objetivos previstos, a metodologia adotada ser:

    Aulas expositivas com uso de material udio visual;

    Anlise de textos e vdeos;

    Seminrios e Palestras (Palestrantes convidados);

    Trabalhos individuais e em grupo;

    Experincias orientadas (Desenvolvimento de Projeto);

    Debates;

    Pesquisas bibliogrficas e de campo;

    Visitas Tcnicas.

    Prtica I: Visita tcnica relacionada ao contedo programtico 08 horas;

    CONTEDO PROGRAMTICO

    1. Fundamentos de Ergonomia

    1.1. Introduo, Origem e Evoluo Histrica 1.2. Conceitos 1.3. As diferentes abordagens 1.4. Tipos 1.5. Sistemas: Homem/Mquina e Homem/Tarefa 1.6. Posto de Trabalho 1.7. Atividade Muscular 1.8. Antropometria 1.9. Postura de Trabalho 1.10. Ambiente Trmico 1.11. Audio e Viso 1.12. Vibrao 1.13. Atividade Mental 1.14. Norma Regulamentadora No. 17 (NR 17)

    2. Fundamentos da Segurana no Trabalho 3. Acidente de trabalho sob os aspectos tcnico e legal 4. Condies Ambientais de Trabalho 5. rgos de Segurana e Medicina do Trabalho nas Empresas (SESMT e CIPA)

    5.1. Servio Especializado em Engenharia de Segurana e Medicina do Trabalho - SESMT 5.2. Artigo 162 da Consolidao das Leis do Trabalho e Norma Regulamentadora n 04

    [1] (NR 4)

    5.3. Comisso Interna de Preveno de Acidentes (CIPA) 5.4. Artigo 163 da Consolidao das Leis do Trabalho e Norma Regulamentadora n 5 (NR 5)

    6. Equipamentos de Proteo Individual (EPI) e Equipamentos de Proteo Coletiva (EPC) 6.1. Equipamentos de Proteo Individual (EPI) 6.2. Norma Regulamentadora No. 6 (NR 6) 6.3. Portaria GM n 3.214, de 08 de junho de 1978 6.4. Equipamentos de Proteo Coletiva (EPC)

    7. Atividades e Operaes Insalubres

    7.1. Atividades Insalubres 7.2. Norma Regulamentadora No. 15 (NR 15) 7.3. Adicional de Insalubridade

    8. Atividades e Operaes Perigosas

    8.1. Atividades Perigosas 8.2. Norma Regulamentadora No. 16 (NR 16) 8.3. Adicional de Periculosidade

    9. Programas de Preveno 10. Gesto da Segurana e Sade no Trabalho 11. Aspectos Legais 12. Acidentes de Trabalho

    12.1. Conceitos 12.2. Causas e Custos

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Consolida%C3%A7%C3%A3o_das_Leis_do_Trabalhohttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Comiss%C3%A3o_Interna_de_Preven%C3%A7%C3%A3o_de_Acidenteshttp://pt.wikipedia.org/wiki/Consolida%C3%A7%C3%A3o_das_Leis_do_Trabalhohttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadorahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Norma_Regulamentadora

  • 12.3. Mtodos de Preveno Individual e Coletiva

    AVALIAO

    A avaliao ser processual e contnua, e se dar a partir da observao e anlise das atividades desenvolvidas na disciplina, baseada nos seguintes critrios: Articulao teoria-prtica; Viso sistmica do conhecimento; Cumprimento de prazos; Freqncia: assiduidade e pontualidade; Participao em sala de aula;

    Organizao do raciocnio lgico. A avaliao dos alunos ser realizada em trs etapas, de acordo com as seguintes atividades:

    1 UNIDADE

    Atividades Nota mxima da atividade

    Atividade 1 3,0

    Avaliao escrita, individual ou em dupla, a critrio do professor.

    7,0

    Total 10,0

    2 UNIDADE

    Atividades Nota mxima da atividade

    Atividade 2 3,0

    Avaliao escrita, individual ou em dupla, a critrio do professor.

    7,0

    Total 10,0

    3 UNIDADE

    Atividades Nota mxima da atividade

    Atividade 3 2,0

    Atividade 4 4,0

    Avaliao escrita, individual ou em dupla, a critrio do professor.

    4,0

    Visita Tcnica (Opcional) 2,0 (Extra)

    Total 12,0

    Descrio das atividades:

    Atividade 1 Mdia aritmtica de relatrios de palestras, resumos de textos e vdeos, testes e exerccios, relativos aos assuntos abordados na 1 Unidade.

    Avaliao escrita (1 unidade)

    Fundamentos da Ergonomia - Conceitos, Sistemas Homem/Maquina, Posto de Trabalho, Atividade Muscular, Antropometria, Postura de Trabalho, Ambiente Trmico, Audio, Viso, Vibrao, Atividade Mental.

    Atividade 2 Mdia aritmtica de relatrios de palestras, resumos de textos e vdeos, testes e exerccios, relativos aos assuntos abordados na 2 Unidade.

    Avaliao escrita (2 unidade)

    Fundamentos da Segurana no Trabalho. Acidente de trabalho sob os aspectos tcnico e legal. Condies Ambientais de Trabalho. rgos de Segurana e Medicina do Trabalho nas Empresas (SESMT e CIPA). Equipamentos de Proteo Individual (EPI) e Equipamentos de Proteo Coletiva (EPC). Atividades e Operaes Insalubres. Atividades e Operaes Perigosas.

    Atividade 3 Mdia aritmtica de relatrios de palestras, resumos de textos e vdeos, testes e exerccios, relativos aos assuntos abordados na 3 Unidade.

    Atividade 4 Apresentao e entrega do Projeto de Gesto de Segurana Empresarial

    Avaliao escrita (3 unidade)

    Programas de Preveno. Gesto da Segurana e Sade no Trabalho. Acidentes de Trabalho - Conceitos, Causas e Custos, Mtodos de Preveno Individual e Coletiva. Aspectos Legais.

    Visita Tcnica (Opcional)

    Participao na visita tcnica a uma unidade da Petrobras a ser definida

  • REFERNCIA BSICA

    BARBOSA FILHO, Antonio Nunes. Segurana no Trabalho & Gesto ambiental. 4 Ed. So

    Paulo: Atlas, 2011.

    CARDELHA, Benedito. Segurana no trabalho e preveno de acidentes: uma abordagem

    holstica segurana integrada misso organizacional com produtividade, qualidade,

    preservao ambiental e desenvolvimento de pessoas. So Paulo: Atlas, 1999.

    HAMIL, Joseph et al. Bases Biomecnicas do Movimento Humano. 4 Ed. Barueri: Manole,

    2016 (Biblioteca Virtual).

    IIDA, Itiro. Ergonomia: projeto e produo. 2a.ed. So Paulo: Edgard Blcher, 2005.

    ROSSETE, Celso Augusto (org.). Segurana e Higiene do Trabalho 1 Ed. So Paulo: Pearson

    Education do Brasil, 2014 (Biblioteca Virtual).

    REFERNCIA COMPLEMENTAR

    ARAJO, Lus Csar G. de ; GARCIA, Adriana Amadeu. Gesto de pessoas: estratgias e

    integrao organizacional. 2 Ed. So Paulo: Atlas, 2009.

    CONTADOR, Jos Celso (coord.). Gesto de operaes: a engenharia de produo a servio da

    modernizao da empresa. 3 Ed. So Paulo: Blucher, 2010.

    CURIA, Luiz Roberto (Col). Segurana e Medicina do Trabalho. 10 Ed. So Paulo: Saraiva,

    2012.

    DUL, Jan; WEERDMEESTER, Bernard. Ergonomia Prtica. 2 Ed. So Paulo: Blucher, 2004.

    MORAES JR, Cosmo Palcio (consultor tcnico). Manual de Segurana e Sade no 1 Ed. So

    Caetano do Sul: Difuso Editora, 2017 (Biblioteca Virtual).

    ROSSETE, Celso Augusto (org.). Segurana do Trabalho e Sade Ocupacional. 1 Ed. So

    Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015 (Biblioteca Virtual).

    SAMPAIO, Gilberto Maffei A. Ponto de Partida ... em Segurana Industrial. Rio de Janeiro:

    Qualitymark, 2002.

    PERIDICOS

    http://portal.mte.gov.br/legislacao/normas-regulamentadoras-1.htm

    www.revistasegurana.com

    www.abergo.org.br Revista Ao Ergonmica

    www.segurancaetrabalho.com.br

    http://portal.mte.gov.br/legislacao/normas-regulamentadoras-1.htmhttp://www.abergo.org.br/http://www.segurancaetrabalho.com.br/

  • Rua Marechal Deodoro, n. 118 Centro CEP 48.005-020 - Telefone (75) 3182-3182 Telefax (75) 3182-3181. E-mail: fsss@fsssacramento.br - site: www.fsssacramento.br - Alagoinhas Bahia Brasil

    http://www.fsssacramento.br/

Recommended

View more >