O LIVRO DO PECADO Dimitru Nicolici Se você está procurando pelo livro mais procurado sobre o Movimento de Reforma, suas buscas irão terminar. Depois de vasculhar o mundo inteiro na tentativa de adquirir o livro mais polêmico sobre o assunto, finalmente encontrei a única cópia disponível atualmente. E pra mim, ele foi a aquisição mais importante da minha vida não só em termos de Movimento de Reforma, mas também em termos de desenvolvimento pessoal. A compra foi realizada em agosto de 2010, e somente agora eu pude receber em minhas mãos o livro mais procurado de minha vida. Foi como encontrar a pedra filosofal ou o santo Graal. Você acha que estou exagerando? Então você mudará de idéia quando tiver o livro em suas mãos. Se você é Adventista do Sétimo Dia ou simplesmente um reformista, você deve saber que esse livro é o Livro de Ouro para os Adventistas e o Livro Negro para os reformistas. E não é pra menos. Imagine se todos aquelas acusações que ouvimos os reformistas falarem sobre os Adventistas pudessem ser refutados e revertidos? Termos como Babilônia, apostasia e outros mais do jargão reformista, todos aplicados a eles mesmos, mas não por um Adventista (o que seria suspeito), mas por um de seus próprios ex-presidentes reformistas. É como se o General tivesse escrito em seu diário que a Companhia mesmo armou pra cima do Lincoln Burrows. Portanto, se você é Adventista e sente a mesma euforia que senti ao comprar esse livro ou mesmo se você for apenas um reformista e tiver curiosidade de saber o que o escreveu o ex-presidente do Movimento de Reforma, Dimitru Nicolici, essa oportunidade está agora disponível. Esse livro mostrará face tenebrosa daquele que seria um Movimento de Reavivamento e Reforma entre o povo de Deus e, confirma o que nossos líderes sempre disseram: um movimento de engano! Assim, decidir tornar o conteúdo deste livro público e acessível a todos aqueles que tiverem o interesse de ver por si mesmo as digitais de Satanás por meio deste movimento satânico. Gostaria que um ano atrás, houvesse alguém que pudesse me fazer essa oferta. Entretanto, hoje estou aqui para estender esta oferta a você que deseja ter uma cópia deste livro em casa e desmascarar os falsos lobos que andam de casa em casa tentando roubar as ovelhas do verdadeiro aprisco do Senhor. Sei que há muitos irmãos e irmãs honestos e sinceros em seu meio, mas sinceridade e honestidade não são tudo para sermos salvos pelo Senhor. É preciso se afastar de todos os movimentos falsos e engodos de Satanás para tragar e desviar almas do Reino de Deus. Por isso, meu desejo não é atacar a fé pessoal de ninguém, mas se eu fosse reformista e alguém me oferecesse a oportunidade de ler algo que sempre tentaram suprimir, então eu me daria uma chance de saber o que é. Este livro foi traduzido do alemão para o português e preserva todas as suas características originais tais como disposição, fonte e tamanho. Você o lerá como se tivesse recebido uma cópia diretamente do seu autor, Dimitru Nicolici. Tão especial e único ele é que decidir disponibilizar apenas 100 cópias digitais de O Livro do Pecado. Portanto, sua oportunidade de possuir uma ferramenta de conhecimento como esta é limitada e única. Essa é sua chance de saber. Você que tem interesse numa cópia já deve estar pensando em quanto custará esse livro precioso e raro, e isso é uma coisa bastante natural. Mas antes que eu fale o valor que esse livro custará, deixe me mostrar o testemunho de alguém que verdadeiramente soube o valor deste livro. Aconteceu em janeiro de 1967, e os protagonistas eram Alfonsas Balbachas (nome verdadeiro) por um lado, e um pastor Adventista do outro: "Irmão Kanyo disse à delegação que um dia os irmãos Ringelberg, Eggarter e Craviotto ouviram que Balbachas tinha vendido um livro escrito por D. Nicolici a um pastor da Igreja Adventista. O livro continha todas as acusações contra o irmão Kozel e seus associados. (...) Balbachas vendeu o livro por $500.000 Cruzeiros e o dinheiro foi dado para a União Brasileira o qual comprou um terreno para a construção de uma igreja. Isto foi confirmado por Samuel Monteiro, delegado reformista brasileiro. Irmão Laicovski, presidente daquela União admitiu também que ele foi informado sobre a negociação, mas que ele não participou dela. " Esse testemunho foi coletado dos registros da Conferência Geral do Movimento de Reforma em 1967. Você já deve ter percebido o quanto o Pastor Adventista pagou por uma cópia desse livro, e o quanto ele por si só vale: o suficiente para comprar um terreno! Baseado nessa informação, pedi a um Contador para calcular o valor de 1967 até aos dias atuais, levando em conta a inflação, deflação, juros e correção monetária. Não se espante, mas o livro teria um valor de mais de R$ 60.000 atualmente! Impressionante! De fato, quando eu localizei a única cópia disponível na atualidade, ela me custou o olho da cara e, semelhantemente à parábola do tesouro escondido, eu estive disposto a vender tudo quanto tinha para comprar aquela única cópia o mais rápido possível antes que alguém o fizesse. Precisei bater na porta de alguns irmãos pedindo dinheiro emprestado e, por fim, consegui reunir todo o dinheiro necessário e o comprei do último portador dessa obra na Alemanha. Esse livro chegará até você por e-mail em dois formatos: uma contendo a disposição original transcrita por mim letra por letra em alemão e a outra traduzida fielmente do alemão para o português. Dessa forma, você poderá apreciar o livro da melhor forma que desejar. O valor dessa obra prima será de R$ 250,00 pagos à vista através de depósito ou transferência bancária. Se você ainda não tem idéia do por que esse livro custa tanto assim, leia algumas revelações que ele faz: - Edmond Dörschler: "Quem era o irmão E. Dörschler? Foi revelado que ele era um oposicionista, porque ele mesmo demonstrou. Ele desligou -se no início do M ovimento de Reforma com os crentes holandeses... Queria ser independente. Enganou essas pobres almas a segui-lo por meio da arma da crítica. ... Todas as propriedades foram escritas no seu nome. ... Ele era de opinião de que não se deveria casar. Infelizmente sua própria filha fugiu a fim de casar-se fora do país. Pouco tempo depois morria em 1936, numa casa de lunáticos... Isso foi o fim de sua história, uma história de oposição." - Karl Spanknöbel: irmão de Heirinch, ambos eram recém formados em teologia pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Durante a guerra, se uniu ao Movimento de Oposição junto com seu irmão. Depois disso foi para a América onde teve sérias desavenças com os líderes do Movimento lá, Arthur W. Dörschler e Willi O. Welp. Por fim, se desligou do Movimento e era conhecido em Chicago como comerciante ilícito de bebidas alcoólicas. - Wilhelm Richter: foi um dos pioneiros do Movimento. Ocupou o cargo de Presidente da União Alemã do Movimento de Reforma. Criticava constantemente a liderança do Movimento. Desligou-se do Movimento em 1929 e se juntou ao grupo de Edmond Dörschler na Holanda. Por fim, se desligou do Movimento e voltou para a Igreja grande. - Otto Welp: "O irmão Welp incomodava todas as igrejas onde ia... De 1939 a 1941, durante a guerra, fundou o irmão Welp um grupo próprio... Ele foi de membro em membro para recolher o dízimo. Ele gastou tudo o que recol heu. Quando os irmãos lhe pediram conta, disse que o sumo sacerdote de Deus nunca prestou contas." - Wilhelm Maas: "O irmão Maas é um dos mais perigosos ladrões que jamais tivemos entre nós." Antes de ser eleito Presidente do Movimento, Arthur W. Dörschler e Willi O. Welp acusaram Maas de estar em adultério, mas mesmo diante de uma acusação grave como esta, os delegados do Movimento a ignoraram e o elegeram como Presidente do Movimento. Viveu 16 anos em adultério com uma mulher casada, e só no leito de morte foi que contou a verdade. - Albert Mueller: estava em constante atrito com Dimitru Nicolici que instava com ele para prestar contas das finanças do Movimento. Ameaçado de ser deposto do cargo disse: "Em nome do Senhor eu tomo minha como Presidente da Conferência Geral e aí ficarei até o fim." - Carlos Kozel: nunca prestou contas das finanças do Movimento de Reforma. Entrou em sociedade com um incrédulo na compra de uma fazenda, e isso com o dinheiro do Movimento. Os empregados da fazenda eram todos incrédulos e trabalhavam em regime de semi-escravidão, bem como lhes eram vendidos tabaco e bebidas alcoólicas. Kozel era membro de uma sociedade espírita e muito dessa influência espírita foi utilizada dentro do Movimento naqueles dias e persiste até hoje. Quando descobriram, ele continuou fazendo escondido. - Dimitru Nicolici: se rebelou abertamente contra o Movimento de Reforma e como prova, reteve o dinheiro que levou da União Norte Brasileira no valor de $ 3.500. Quando a Conferência Geral cobrou -lhe explicações, se negou a explicar. Foi excluído do Movimento e fundou um novo Movimento. Dentro de seu Movimento, tentou fundar outro em aberta oposição ao Movimento previamente fundado por ele e Lavrik. Ainda faltaria espaço para falar sobre outros líderes tais como: Balpier, Panaitescu, Kissener, Horwath, Hanselmann, Janach, Korpmann, Ringelberg, Frick, Stable, Adamczak, Hauthoff, Luft, Raphael, Birth, Lavrik, Fritsch, Lanz, Heslop, Nohlovu, Rieck, Williams, Eggarter, Wassenmiller, Wagner, Unger, Margaret Wagner, Ehrlich, Hadcock, Unter, Kun, Laveta Ehrlich, Reiswig, Maloomian, Spencer, Ehud Unger, Osborne, Alex Wassenmiller, Lotte Wassenmiller, Sara Wassenmiller, Ruth Lee, Virginia Lee, Gaylord Lee, Elva P. Osborne, Almer, Harriet Almer, C. Nicolici, Williamson, Schimpf, Ensminger, Jans, Stewart, Lüscher, Pilecka, Roloff, Craviotto, Moraru, Mihu, Huslop, G. Nicolici e Stark. Como você mesmo vê, é a história secreta de todo Movimento de Reforma. Você precisa ler este material tão precioso e estar equipado contra qualquer ataque descabido e falso que porventura venham a lançar contra a Igreja Adventista. Se você tiver interessado em adquirir este livro, ou se ainda desejar alguma informação adicional antes de adquiri-lo, por favor, entre em contato comigo o mais breve possível através destes canais e terei a maior satisfação em respondê-lo: Mitsonguel Alves Santos Ramos mitson007@hotmail.com (88) 3571-1888 / 8828-6999
Please download to view
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
...

O Livro Do Pecado

by mitsonguel-alves-s-ramos

on

Report

Category:

Documents

Download: 0

Comment: 0

550

views

Comments

Description

Livro negro sobre os pioneiros do presunçoso Movimento de Reforma.
Download O Livro Do Pecado

Transcript

O LIVRO DO PECADO Dimitru Nicolici Se você está procurando pelo livro mais procurado sobre o Movimento de Reforma, suas buscas irão terminar. Depois de vasculhar o mundo inteiro na tentativa de adquirir o livro mais polêmico sobre o assunto, finalmente encontrei a única cópia disponível atualmente. E pra mim, ele foi a aquisição mais importante da minha vida não só em termos de Movimento de Reforma, mas também em termos de desenvolvimento pessoal. A compra foi realizada em agosto de 2010, e somente agora eu pude receber em minhas mãos o livro mais procurado de minha vida. Foi como encontrar a pedra filosofal ou o santo Graal. Você acha que estou exagerando? Então você mudará de idéia quando tiver o livro em suas mãos. Se você é Adventista do Sétimo Dia ou simplesmente um reformista, você deve saber que esse livro é o Livro de Ouro para os Adventistas e o Livro Negro para os reformistas. E não é pra menos. Imagine se todos aquelas acusações que ouvimos os reformistas falarem sobre os Adventistas pudessem ser refutados e revertidos? Termos como Babilônia, apostasia e outros mais do jargão reformista, todos aplicados a eles mesmos, mas não por um Adventista (o que seria suspeito), mas por um de seus próprios ex-presidentes reformistas. É como se o General tivesse escrito em seu diário que a Companhia mesmo armou pra cima do Lincoln Burrows. Portanto, se você é Adventista e sente a mesma euforia que senti ao comprar esse livro ou mesmo se você for apenas um reformista e tiver curiosidade de saber o que o escreveu o ex-presidente do Movimento de Reforma, Dimitru Nicolici, essa oportunidade está agora disponível. Esse livro mostrará face tenebrosa daquele que seria um Movimento de Reavivamento e Reforma entre o povo de Deus e, confirma o que nossos líderes sempre disseram: um movimento de engano! Assim, decidir tornar o conteúdo deste livro público e acessível a todos aqueles que tiverem o interesse de ver por si mesmo as digitais de Satanás por meio deste movimento satânico. Gostaria que um ano atrás, houvesse alguém que pudesse me fazer essa oferta. Entretanto, hoje estou aqui para estender esta oferta a você que deseja ter uma cópia deste livro em casa e desmascarar os falsos lobos que andam de casa em casa tentando roubar as ovelhas do verdadeiro aprisco do Senhor. Sei que há muitos irmãos e irmãs honestos e sinceros em seu meio, mas sinceridade e honestidade não são tudo para sermos salvos pelo Senhor. É preciso se afastar de todos os movimentos falsos e engodos de Satanás para tragar e desviar almas do Reino de Deus. Por isso, meu desejo não é atacar a fé pessoal de ninguém, mas se eu fosse reformista e alguém me oferecesse a oportunidade de ler algo que sempre tentaram suprimir, então eu me daria uma chance de saber o que é. Este livro foi traduzido do alemão para o português e preserva todas as suas características originais tais como disposição, fonte e tamanho. Você o lerá como se tivesse recebido uma cópia diretamente do seu autor, Dimitru Nicolici. Tão especial e único ele é que decidir disponibilizar apenas 100 cópias digitais de O Livro do Pecado. Portanto, sua oportunidade de possuir uma ferramenta de conhecimento como esta é limitada e única. Essa é sua chance de saber. Você que tem interesse numa cópia já deve estar pensando em quanto custará esse livro precioso e raro, e isso é uma coisa bastante natural. Mas antes que eu fale o valor que esse livro custará, deixe me mostrar o testemunho de alguém que verdadeiramente soube o valor deste livro. Aconteceu em janeiro de 1967, e os protagonistas eram Alfonsas Balbachas (nome verdadeiro) por um lado, e um pastor Adventista do outro: "Irmão Kanyo disse à delegação que um dia os irmãos Ringelberg, Eggarter e Craviotto ouviram que Balbachas tinha vendido um livro escrito por D. Nicolici a um pastor da Igreja Adventista. O livro continha todas as acusações contra o irmão Kozel e seus associados. (...) Balbachas vendeu o livro por $500.000 Cruzeiros e o dinheiro foi dado para a União Brasileira o qual comprou um terreno para a construção de uma igreja. Isto foi confirmado por Samuel Monteiro, delegado reformista brasileiro. Irmão Laicovski, presidente daquela União admitiu também que ele foi informado sobre a negociação, mas que ele não participou dela. " Esse testemunho foi coletado dos registros da Conferência Geral do Movimento de Reforma em 1967. Você já deve ter percebido o quanto o Pastor Adventista pagou por uma cópia desse livro, e o quanto ele por si só vale: o suficiente para comprar um terreno! Baseado nessa informação, pedi a um Contador para calcular o valor de 1967 até aos dias atuais, levando em conta a inflação, deflação, juros e correção monetária. Não se espante, mas o livro teria um valor de mais de R$ 60.000 atualmente! Impressionante! De fato, quando eu localizei a única cópia disponível na atualidade, ela me custou o olho da cara e, semelhantemente à parábola do tesouro escondido, eu estive disposto a vender tudo quanto tinha para comprar aquela única cópia o mais rápido possível antes que alguém o fizesse. Precisei bater na porta de alguns irmãos pedindo dinheiro emprestado e, por fim, consegui reunir todo o dinheiro necessário e o comprei do último portador dessa obra na Alemanha. Esse livro chegará até você por e-mail em dois formatos: uma contendo a disposição original transcrita por mim letra por letra em alemão e a outra traduzida fielmente do alemão para o português. Dessa forma, você poderá apreciar o livro da melhor forma que desejar. O valor dessa obra prima será de R$ 250,00 pagos à vista através de depósito ou transferência bancária. Se você ainda não tem idéia do por que esse livro custa tanto assim, leia algumas revelações que ele faz: - Edmond Dörschler: "Quem era o irmão E. Dörschler? Foi revelado que ele era um oposicionista, porque ele mesmo demonstrou. Ele desligou -se no início do M ovimento de Reforma com os crentes holandeses... Queria ser independente. Enganou essas pobres almas a segui-lo por meio da arma da crítica. ... Todas as propriedades foram escritas no seu nome. ... Ele era de opinião de que não se deveria casar. Infelizmente sua própria filha fugiu a fim de casar-se fora do país. Pouco tempo depois morria em 1936, numa casa de lunáticos... Isso foi o fim de sua história, uma história de oposição." - Karl Spanknöbel: irmão de Heirinch, ambos eram recém formados em teologia pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Durante a guerra, se uniu ao Movimento de Oposição junto com seu irmão. Depois disso foi para a América onde teve sérias desavenças com os líderes do Movimento lá, Arthur W. Dörschler e Willi O. Welp. Por fim, se desligou do Movimento e era conhecido em Chicago como comerciante ilícito de bebidas alcoólicas. - Wilhelm Richter: foi um dos pioneiros do Movimento. Ocupou o cargo de Presidente da União Alemã do Movimento de Reforma. Criticava constantemente a liderança do Movimento. Desligou-se do Movimento em 1929 e se juntou ao grupo de Edmond Dörschler na Holanda. Por fim, se desligou do Movimento e voltou para a Igreja grande. - Otto Welp: "O irmão Welp incomodava todas as igrejas onde ia... De 1939 a 1941, durante a guerra, fundou o irmão Welp um grupo próprio... Ele foi de membro em membro para recolher o dízimo. Ele gastou tudo o que recol heu. Quando os irmãos lhe pediram conta, disse que o sumo sacerdote de Deus nunca prestou contas." - Wilhelm Maas: "O irmão Maas é um dos mais perigosos ladrões que jamais tivemos entre nós." Antes de ser eleito Presidente do Movimento, Arthur W. Dörschler e Willi O. Welp acusaram Maas de estar em adultério, mas mesmo diante de uma acusação grave como esta, os delegados do Movimento a ignoraram e o elegeram como Presidente do Movimento. Viveu 16 anos em adultério com uma mulher casada, e só no leito de morte foi que contou a verdade. - Albert Mueller: estava em constante atrito com Dimitru Nicolici que instava com ele para prestar contas das finanças do Movimento. Ameaçado de ser deposto do cargo disse: "Em nome do Senhor eu tomo minha como Presidente da Conferência Geral e aí ficarei até o fim." - Carlos Kozel: nunca prestou contas das finanças do Movimento de Reforma. Entrou em sociedade com um incrédulo na compra de uma fazenda, e isso com o dinheiro do Movimento. Os empregados da fazenda eram todos incrédulos e trabalhavam em regime de semi-escravidão, bem como lhes eram vendidos tabaco e bebidas alcoólicas. Kozel era membro de uma sociedade espírita e muito dessa influência espírita foi utilizada dentro do Movimento naqueles dias e persiste até hoje. Quando descobriram, ele continuou fazendo escondido. - Dimitru Nicolici: se rebelou abertamente contra o Movimento de Reforma e como prova, reteve o dinheiro que levou da União Norte Brasileira no valor de $ 3.500. Quando a Conferência Geral cobrou -lhe explicações, se negou a explicar. Foi excluído do Movimento e fundou um novo Movimento. Dentro de seu Movimento, tentou fundar outro em aberta oposição ao Movimento previamente fundado por ele e Lavrik. Ainda faltaria espaço para falar sobre outros líderes tais como: Balpier, Panaitescu, Kissener, Horwath, Hanselmann, Janach, Korpmann, Ringelberg, Frick, Stable, Adamczak, Hauthoff, Luft, Raphael, Birth, Lavrik, Fritsch, Lanz, Heslop, Nohlovu, Rieck, Williams, Eggarter, Wassenmiller, Wagner, Unger, Margaret Wagner, Ehrlich, Hadcock, Unter, Kun, Laveta Ehrlich, Reiswig, Maloomian, Spencer, Ehud Unger, Osborne, Alex Wassenmiller, Lotte Wassenmiller, Sara Wassenmiller, Ruth Lee, Virginia Lee, Gaylord Lee, Elva P. Osborne, Almer, Harriet Almer, C. Nicolici, Williamson, Schimpf, Ensminger, Jans, Stewart, Lüscher, Pilecka, Roloff, Craviotto, Moraru, Mihu, Huslop, G. Nicolici e Stark. Como você mesmo vê, é a história secreta de todo Movimento de Reforma. Você precisa ler este material tão precioso e estar equipado contra qualquer ataque descabido e falso que porventura venham a lançar contra a Igreja Adventista. Se você tiver interessado em adquirir este livro, ou se ainda desejar alguma informação adicional antes de adquiri-lo, por favor, entre em contato comigo o mais breve possível através destes canais e terei a maior satisfação em respondê-lo: Mitsonguel Alves Santos Ramos mitson007@hotmail.com (88) 3571-1888 / 8828-6999
Fly UP