Noticirio 29 08 14

  • Published on
    02-Apr-2016

  • View
    217

  • Download
    0

DESCRIPTION

 

Transcript

  • O DEBATEDIRIO DE MACA

    Incndio consome materiais e provoca exploses em ptio de empresa offshore

    Nupem rene profissionais de Farmcia

    Incidente de grandes propores exigiu aparato especial de combate que envolveu os destacamentos dos Bombeiros de Maca, Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, alm do quartel de Campos. Caminhes pipa auxiliaram na ao

    Nova estrutura que substitui ponte em condies precrias foi construda pelos prprios moradores na Oficina Brasil

    www.odebateon.com.br

    Maca (RJ), sexta-feira29 de agosto de 2014Ano XXXIX, N 8487Fundador/Diretor: Oscar Pires

    WANDERLEY GIL

    WANDERLEY GIL

    KAN MANHES

    Moradores comemoram instalao de nova passagem de pedestre sobre brao do Rio Maca

    facebook/odebate

    twiter/odebate

    issuu/odebateon

    O Ncleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Maca (Nupem) realizou, na manh de ontem, 28, a solenidade de aber-tura da III Jornada de Ps-graduao da rea de Farmcia. PG. 7

    Dezenas de morado-res da Nova Holanda acompanharam ontem a instalao da nova ponte me-tlica de uso exclusivo de pedes-tres, sobre um brao do Rio Ma-ca. A estrutura, que substitui a antiga ponte de madeira j em condies precrias, foi cons-truda por um grupo de pro-fissionais residente na prpria

    comunidade, atravs do projeto Oficina Brasil.

    A estrutura anterior, que era de madeira e no recebia ma-nuteno h anos, foi substituda por uma passarela de ferro, cons-truda pela prpria populao na Oficina Brasil. O prefeito, Dr. Aluzio, esteve presente no local acompanhado de representan-tes de asecretarias. PG. 2

    Procon facilita acesso PoPulao

    famma realiza eleio no novo Botafogo

    furto em escola gera reforo De segurana

    Evento tem como objetivo promover troca de experincia entre alunos e profissionais

    R$ 1,00

    nova ponte instalada

    ECONOMIA, PG.5 GERAL, PG.2 POLCIA, PG.6

    CIdAdE EduCAO

    Mega-Sena acumulada aumenta apostas

    Comisso avalia impactos de complexo

    NdICEtEMPO

    COtAO dO dLAR

    EsPORtE POLtICA ECONOMIA

    Apostadores de Maca vivem sonho de serem novos milionrios PG. 5

    Encontro no Legislativo reuniu membros do governo e empresrios PG. 3

    WANDERLEY GIL DIvuLGAo

    A faixa roxa Eloisa Souto e o lutador faixa preta Luan Carvalho Maxwell presidiu a reunio

    Equipe Joanino conquista medalhasGrupo ganhou 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 1 de bronze em competio PG. 10

    EDIToRIAL 4

    PAINEL 4

    GuIA Do LEIToR 4

    ESPAo ABERTo 4

    CRuZADINHA C2

    HoRSCoPo C2

    CINEMA C2

    AGENDA C2

    Mxima 25 CMnima 17 C

    Compra R$ 2,2388Venda R$ 2,2393 Anuncie: (22) 2106-6060 (215)

    POLtICA EduCAO POLCIA CAdERNO dOIs

    Cmara vota LDO nesta sexta-feira

    Ciep Darcy Ribeiro apresenta projetos

    GAT apreende maconha e dinheiro

    Sentrinho: 25 anos de bons servios

    Sesso extraordinria ser exclusiva para votao PG. 3

    Atividades acontecem neste sbado com Festival de Pastel PG. 7

    operao da polcia foi realizada em Rio das ostras PG. 6

    Programao especial marca festa na instituio CAPA

    Um incndio de grandes propores registrado a partir das 19h de ontem consumiu resduos alocados no ptio da empresa Ferpan, situada no Polo Offshore, na Granja dos Cavaleiros. Por ser altamente inflamvel, o material provocou a propagao rpida das chamas que se alastraram na direo de bases operacionais de outras empresas, como a Halliburton, aumentando ainda mais os pe-rigos do incidente.

    As chamas provocaram ex-ploses que puderam ser ouvi-das a quilmetros de distncia do local do incndio, alertando assim guarnies de vrios se-tores, como o GAOP (Grupo de Apoio Operacional), que chegou a identificar o fogo atravs da extensa cortina de fumaa que cobriu parte do cu da cidade, na direo Sul de Maca.

    Agentes da Coordenadoria Extraordinria da Defesa Civil e da secretaria municipal de Mobilidade Urbana, alm das Polcias Militar e Civil tambm foram deslocadas para o local com objetivo de auxiliar o tra-balho de combate ao fogo.

    O enfrentamento do incn-dio foi conduzido pelo 9 Gru-pamento de Bombeiro Mili-

    tar (GBM), comandado pelo tenente-coronel Jorge Vicenzi, e contou com caminhes bom-ba-tanque e viaturas de socorro, deslocados do quartel central de Maca, assim como dos des-tacamentos de Cabinas, Casi-miro de Abreu e Rio das Ostras, alm do 5 GBM de Campos dos Goytacazes. As operaes de combate, realizadas atravs da rua Rodolfo Darci Gomes, con-taram tambm com o auxlio de trs caminhes pipa.

    Por volta da 0h50, aps o con-trole das chamas, Vincenzi, em entrevista, informou que houve exploses em gales de tinta.

    O incndio estava centraliza-do em um material que parece ser lixo e madeira e se espalhou para um depsito que tinha tin-ta, quando saiu do controle", disse o comandante.

    A atuao dos Bombeiros foi concentrada com objetivo de impedir que o incndio atingisse gales de combustvel.

    "Usamos mais de 50 mil litros de gua", informou Vicenzi.

    De acordo com o comandante do 9 GBM no houve vtimas.

    A equipe de percia da Polcia Civil esteve no local. At o fecha-mento desta edio ainda havia focos de incndio na empresa.

    SYLvIo SAvINo

    De acordo com o Corpo de Bombeiros o incndio consumiu madeira, lixo, tinta e equipamentos eletrnicos estocados em ptio

  • O DEBATE DIRIO DE MACA2 Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014

    Cidade NOTACurso "Me e beb: gerando relaes, tecendo cuidados" com inscries abertasMANUTENO

    Prefeitura instala nova passagem de pedestres na comunidade Nova HolandaNova estrutura, que de ferro, foi construda pelos prprios moradores na Oficina Brasil Marianna Fontesmarifontes@odebateon.com.br

    Um pouco mais de um ms aps o jornal O DEBATE publicar uma repor-tagem mostrando a situao crtica da ponte de pedestres que interliga a Nova Holanda Barra de Maca, a prefeitura re-alizou, na manh desta quinta-feira (28), a instalao da nova estrutura.A estrutura anterior, que era

    de madeira e no recebia ma-nuteno h anos, foi substitu-da por uma passarela de ferro, construda pela prpria popula-o na Oficina Brasil. O prefei-to, Dr. Aluzio, esteve presente no local acompanhado de re-presentantes de alguns rgos municipais. Essa ao representa o eno-

    brecimento do bairro, pois uma obra feita no prprio bair-ro, na nossa oficina aqui dentro, feita pelos prprios moradores. Ela hoje constitui como uma das grandes aes na cidade que, apesar de ser simples, tem uma grande importncia. E tem como intuito valorizar a popula-o, com uma estrutura bem fei-ta. Isso apenas uma das aes que vm sendo feitas aqui den-tro. O bairro hoje completa-mente diferente e ele vai ser um dos melhores de Maca. Fazer essa passarela, para mim, como prefeito, uma grande alegria, segundo que para a populao,

    algo que mostra o respeito, o cuidado e o carinho que a gente tem por ela. Ns agora temos o projeto de implantar estrutu-ra como essas em outros bair-ros, como Jardim Esperana, que deve ser o prximo a ser

    WANDERLEY GIL

    Passarela foi instalada pela secretaria de Limpeza Pblica e Manuteno no local onde ficava a antiga ponte de madeira

    comtemplado, em breve, disse.A secretaria de Mobilidade

    Urbana prestou apoio para que a estrutura pudesse ser implan-tada. A nossa atuao aqui hoje dar suporte na parte de trn-sito. Para a mobilidade, essa

    obra, que foi feita pela secreta-ria de Manuteno, tambm interessante pois garante mais segurana para os pedestres, informou o secretrio Evandro Esteves.Para o morador Maurcio, a

    nova estrutura representa uma grande conquista para a comu-nidade. Primeiramente eu gostaria de agradecer ao jornal O DEBATE, que foi atravs dele que foi feita a denncia de que a ponte estava em situao cr-

    tica. Esse pedido j vem sendo feito desde a antiga gesto e na-da, era caso de abandono. O que fazia ali era colocar uma madei-ra velha em cima da outra, pin-tar e falavam que estava boa. Acredito que essa reclamao chegou at o Dr. Aluzio e a pon-te foi feita no bairro, pela comu-nidade, uma coisa linda. Ento, hoje, a gente s est aqui para agradecer e dizer que o prefeito continue com essas melhorias aqui dentro, pontuou.O presidente eleito da Asso-

    ciao de Moradores, Wando Emanuel, agradeceu ao poder pblico e comentou sobre a ao. Acho que essa uma das melhores estruturas que tem. Se for procurar, acho que a Nova Holanda foi o primeiro bairro a ser contemplado com esse tipo de passarela. Isso vai ser muito importante para a comunidade, pois vai evitar acidentes. A pon-te estava caindo e o prefeito viu essa situao. Esperamos que s venham coisas melhores para a nossa comunidade, pontuou. Segundo o relato de quem

    vive ali, a passagem antiga foi construda pela prpria prefei-tura h mais de duas dcadas e antigamente era utilizada tam-bm por veculos. Mas, por no suportar o peso excessivo de carros e at caminhes, duas novas pontes, s que de con-creto, foram construdas. Com isso, ela acabou sendo restrita apenas a pedestres.

    Melhorias na mobilidade urbana do bairrooutro setor que pretende realizar melhorias a Mobili-dade Urbana. Um dos grandes pedidos que vem sendo feito nos ltimos meses a instala-o de redutores de velocida-de (quebra-molas) nas ruas da comunidade.O elevado ndice de atropela-

    mentos, inclusive, alguns com mortes, ocorre devido ao des-respeito de muitos motoristas, principalmente motociclistas. Com isso, h cerca de alguns meses, alguns moradores toma-ram a iniciativa e fizeram alguns quebra-molas em trechos da Rua Aurlio Cristino da Silva e

    de vias transversais. Apesar de ser proibido, eles ressaltam que a medida tem apenas o objetivo de evitar novos acidentes ali dentro. Conversando com a nossa

    equipe na manh desta quinta-feira (28), o secretrio de Mobi-lidade Urbana, Evandro Esteves, ressaltou que estudos sero fei-

    tos no local, assim como outros tipos de aes para melhorar o trnsito em toda regio.A gente tem feito reunies

    com a comunidade, inclusive, j estivemos duas vezes com o Wando (presidente da Associa-o de Moradores) e amanh (hoje), j temos uma ao aqui

    na comunidade marcada. A nossa equipe de engenharia vai avaliar a possibilidade tcnica de fazer os quebra-molas. Alm disso, ns temos uma outra ao combinada com a associao de moradores para fazer uma remoo de alguns veculos e algumas carcaas, que esto

    estacionadas e atrapalhando a mobilidade. Tambm esto sendo feitos alguns estudos de mudar a circulao viria no bairro. A gente acedita que, em um curto prazo, ns vamos ter uma situao bem diferente para circulao de pedestres, bicicletas e veculos aqui, disse.

    Agentes Comunitrios de Sade do municpio reivindicam os seus direitos

    CONCURSADOS

    buscando um dilogo com o poder pblico, os Agen-tes Comunitrios de Sade de Maca, junto ao Sindicato dos Agentes Comunitrios de Sa-de do Estado do Rio de Janeiro (SINACSRJ), se reuniram na tarde desta quarta-feira (27) com alguns representantes do poder pblico. O encontro aconteceu na sede

    da secretaria de Sade e contou com a presena do secretrio, Pedro Reis, a subsecretria,

    Entre os pedidos feitos est o cumprimento do pagamento do piso salarial mnimo da categoria

    Snia Regina Gama Mussi, o secretrio de Administrao, Aderson Ferreira Jnior, e da coordenadora da Estratgia de Sade Bsica, Miriam Benja-min. Representando a categoria

    compareceu o presidente do SINACSRJ, Francisco Vilela, o representante da categoria em Maca, Alexandre Pralon Bar-bosa, e alguns agentes comuni-trios da regio. Os agentes comunitrios de

    Sade de Maca reivindicam as seguintes melhorias: que o piso mnimo salarial seja cumprido, como determina a Lei Federal n 12.994/2014, que seja pago o incentivo adicional financeiro

    DIVULGAO

    Sindicato dos Agentes Comunitrios de Sade do Estado do Rio de Janeiro tem prestado apoio categoria na regio

    (14 salrio), que feito pelo Go-verno Federal aos municpios, que seja cumprido o que deter-mina a portaria n 2.489/2011, que eles recebam o repasse do Programa de Melhoria do Aces-so e da Qualidade na Ateno Bsica (PMAQ) e melhorias nas condies de trabalho.De acordo com a categoria,

    o Art. 1 da lei determina que o piso salarial profissional na-cional dos Agentes Comunit-rios de Sade e dos Agentes de Combate s Endemias fixado no valor de R$ 1.014,00 (mil e quatorze reais) mensais, en-tretanto, o valor recebido pelos agentes de R$ 819,19. A gente no pode ganhar

    menos do que determina a le-gislao. A prefeitura no tem gasto com isso, porque uma verba que vem do Ministrio da Sade. Ela s tem que repassar para a gente. Estamos buscan-do nesse momento um dilogo com o poder pblico para que essas questes em pauta sejam cumpridas. o nosso direito. Durante a reunio, passamos as nossas reivindicaes e a prefei-tura nos pediu um prazo de 20

    dias para nos dar uma resposta. Queremos garantir o nosso di-reito para atender a populao bem. Hoje, o Agente Comu-nitrio representa a ponta de qualquer secretaria, pois eles previnem muitas coisas, fazem visitas mdicas em domiclio, todo acompanhamento do pa-ciente. atravs do nosso tra-balho que conseguimos filtrar muitos casos que iriam para os hospitais, causando a superlota-o, explica Alexandre Pralon. Quanto ao PMAQ, Alexan-

    dre explica que eles tm direito a um adicional por produtivi-dade que definido atravs de

    uma avaliao feita pelo Minis-trio da Sade. Eles vm at a unidade de sade e fazem uma avaliao. Ns recebemos uma porcentagem em cima da nota, que dividida com toda equipe da unidade, desde os agentes at o pessoal da limpeza. S que a prefeitura recebe essa verba e no repassa para ns, conta. O presidente do sindicato,

    Francisco Vilela, disse que vai dar todo suporte necessrio aos agentes na regio. Esta-mos atuando para que a lei seja respeitada e reconhecida pelas prefeituras para assegurar que os direitos da nossa categoria

    sejam cumpridos, frisou. De acordo com o secretrio de

    Administrao, Aderson Ferrei-ra, as reivindicaes so perti-nentes e, por isso, sua equipe vai ser reunir nesta sexta-feira (29), com a Procuradoria do Municpio para, de acordo com a legislao, rever o piso salarial da categoria. Depois de atendi-da essa prioridade, o governo municipal estar aberto para as discusses para implementao do Plano de Cargos e Salrios desses servidores. O secretrio reforou ainda que a Sade B-sica uma poltica pblica prio-ritria para atual gesto.

    Assembleia geral na prxima semana

    Alexandre tambm aproveita para convocar todos os agen-tes comunitrios de Sade, sejam eles concursados ou contratados, para comparecer a Assembleia Geral na prxima tera-feira (2), s 13h, no audit-

    rio do Sindipetro-NF, situado na Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 257, Centro. Durante a reunio na prefeitura ficou acordado que os agentes sero liberados nesse dia para poder compa-recer a assembleia, informou.

  • O DEBATE DIRIO DE MACA Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014 3

    PolticaWANDERLEY GIL

    Represenatntes do governo e da indstria offshore apresentaram dados a Infraero

    PROJETO

    Projeo offshore fortalece criao de porto secoDados relativos rotina da indstria surpreendem Infraero diante do tamanho de demanda por servio

    Mrcio Siqueiramarcio@odebateon.com.br

    O posicionamento da in-dstria do petrleo, e do governo municipal, no processo de definio do mo-delo de terminal de cargas ade-quado ao Aeroporto de Maca, dentro da iniciativa da Infraero em garantir a criao do trans-porte areo de materiais, segue as projees que apontam um cenrio de otimismo, dentro da meta da Petrobras em dobrar a produo de petrleo no pas, nos prximos cinco anos.As expectativas do mercado,

    que crescem em funo do re-torno das atividades de explo-rao em reservas situadas na Bacia de Campos, e tambm na parte da Bacia de Santos pr-xima a rea fluminense, foram projetadas dentro da ideia ini-cial da Infraero de instalao do "armazm de cargas", termo uti-lizado pela estatal para definir o terminal voltado armazena-gem e distribuio dos produtos oriundos do transporte areo.A proposta inicial apresen-

    tada pelo superintendente de logstica e cargas da Infraero, Francisco Xavier Nunes, na reunio realizada junto aos re-presentantes do governo mu-nicipal, e da indstria oshore, na ltima quarta-feira (27), de implantao de um terminal com dimenso total de 36.500

    metros quadrados de rea cons-truda, sendo 9.200m2 destina-dos ao armazm principal, 3 mil para as edificaes de apoio (administrao, refeitrios, alo-jamentos, etc), 16.100 metros quadrados de rea para logsti-ca interna (ptio de circulao de veculos), alm de 8.200m2 destinados construo de es-tacionamento e urbanizao.O projeto apresentado pela

    Infraero adequado ao espao de 60 mil metros quadrados j reservados dentro do stio ae-roporturio da base macaense e possui expectativa para a mo-vimentao de 10 mil toneladas de cargas por ano, projetando uma "vida til" para o terminal de cerca de 10 anos, cabendo as-sim nova expanso.No entanto, os nmeros

    apontados pela Infraero fo-ram baseados em operaes de transporte areo de cargas contratadas por empresas lo-cais apenas em aeroportos administrados pela Infraero, e basicamente na regio do Rio de Janeiro. Segundo representan-tes de Maca, essa realidade po-de ser comprovadamente bem superior." preciso considerar as

    operaes realizadas pela in-dstria em outros terminais, que devero dobrar de volume nos prximos cinco anos, em virtude da projeo da Petro-bras em dobrar a produo do

    petrleo nacional. Ainda se-remos base dessas atividades e por isso o terminal de cargas no Aeroporto to importante para o setor oshore, agora e no futuro", destacou o secre-trio municipal de Mobilidade Urbana, Evandro Esteves.Com objetivo de traar o

    perfil mais prximo realida-de do segmento offshore na cidade, o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econmi-co (Fumdec) deve contratar um servio de consultoria que far um levantamento junto as empresas macaenses para contabilizar o volume de car-gas manipuladas pela logstica do transporte areo.Esse procedimento ser o

    primeiro dentro das metas apresentadas pela Infraero na proposta de elaborao do pro-jeto do terminal de cargas para Maca.Com a concluso do levanta-

    mento uma nova reunio ser realizada no municpio.A expectativa que ainda nes-

    te ano as informaes necess-rias sejam encaminhadas para a engenharia da Infraero, que se-r responsvel pela elaborao do projeto do terminal."Essa anlise e discusso so

    importantes para garantir a ins-talao do terminal necessrio demanda logstica da indstria, que depende de agilidade e ofer-ta do servio", disse Evandro. Instalao de terminal depende tambm da capacidade do Aeroporto de receber novos avies

    Comisso avalia impactos de complexoLEGISLATIVO

    a comisso permanente de Meio Ambiente e Sanea-mento da Cmara de Vereado-res reuniu, na tarde da ltima tera-feira (26), representantes do governo, da Associao Co-mercial e Industrial de Maca (Acim), da Comisso Municipal da Firjan e da Agenda 21 com objetivo de debater os impac-tos previstos pela implantao

    Reunio no Legislativo foi marcada por presena de empreendedores e equipe do governo

    de um novo complexo industrial em Maca.O investimento da iniciativa

    privada prev a criao de uma zona de negcios para a insta-lao de bases operacionais de empresas em rea de cerca de 6 milhes de metros quadrados, com dimenses prximas a RJ 168, a Estrada da Serra.Ao conduzir a reunio, o pre-

    sidente da Comisso Perma-nente, o primeiro vice-presi-dente da Cmara, Maxwell Vaz (SD), levantou questes tcni-cas sobre o empreendimento, como o nvel de impermeabi-

    lizao, a drenagem das guas pluviais e a mobilidade urbana. "Fui surpreendido pela quali-

    dade do projeto e pela preocu-pao com o reflorestamento, a movimentao de argila e o manejo sustentvel", disse, aps assistir a apresentao do projeto e o debate com o pblico presente.Maxwell destacou tambm

    a importncia da realizao da Audincia Pblica que promo-ver a apresentao do com-plexo industrial populao, procedimento que faz parte do processo de licenciamento do

    DIVULGAO

    Maxwell se reuniu com membros do Fundec e da Firjan

    projeto empresarial." importante acompanhar o

    crescimento da cidade, porm, de forma ordenada. O projeto apresenta uma proposta inte-ressante e que segue a expanso econmica estimada para o mu-nicpio dentro das demandas da indstria oshore", apontou o parlamentar.Representantes do Fundo

    Municipal de Desenvolvimen-to Econmico (Fumdec) e da secretaria municipal de Am-biente tambm acompanharam a apresentao do projeto feita pelos empreendedores.

    Marcel Silvano (PT) defendeu a criao do Conselho Municipal da Juventude

    NOTA

    Parlamentar retoma crticas decincia de projetos

    MANDATO

    nesta semana, o vereador Igor Sardinha (PT) voltou a criticar o atraso na realizao de projetos fundamentais ao cres-cimento econmico e social de Maca e regio.Ao relembrar a pauta levan-

    tada pela Audincia Pblica, presidida por ele, e realizada no ano passado, Igor enfatizou a morosidade na realizao das obras de duplicao da BR 101

    Igor Sardinha cobrou avanos na duplicao da BR 101 e tambm da Rodovia Amaral Peixoto

    como um grave risco expan-so dos municpios do Norte Fluminense."Mais que a garantia vida

    dos usurios, a realizao das obras de duplicao da BR 101 possui um peso gigantesco em relao a economia das cidades que vivem da explorao do pe-trleo. A rota de acesso a Maca precisa ser ampliada atravs da realizao desse projeto que ainda no chegou nossa exten-so territorial", apontou.Igor relembrou tambm o

    sucesso da luta travada por ele, junto ao senador Lindberg Fa-rias (PT), para a consolidao

    WANDERLEY GIL

    Igor Sardinha (PT)

    dos investimentos de R$ 70 milhes na expanso da atual infraestrutura do Aeroporto de Maca."Hoje se estuda novos cami-

    nhos para o Aeroporto que j recebe investimentos neces-srios rotina da logstica de transporte para as unidades de explorao situadas na Bacia de Campos", apontou.Igor apontou ainda a impor-

    tncia da consolidao do proje-to de duplicao da RJ 106."A integrao entre Maca e

    Rio das Ostras fundamental para o deslocamento de milha-res de pessoas", afirmou.

    GESTO

    Cmara vota LDO nesta sexta-feira

    a cmara de Vereadores se rene nesta sexta-feira, a partir das 15h, no plenrio do Palcio Natlio Salvador Antunes para votar, em sesso extraordin-ria, as emendas e o texto final do projeto da Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO) de 2015.De acordo com o regimento

    interno da Casa, a votao, que prev as metas de projetos e servios que sero executados pelo governo no prximo ano, deve ser apreciado at o dia 30

    Sesso extraordinria ser exclusiva para apreciao de emendas e projeto do Executivo

    deste ms.Diante da complexidade que

    envolve a tramitao do pro-jeto, assim como das emendas modificativas e aditivas que po-dem ser propostas pelos parla-mentares, a Mesa Diretora do Legislativo optou por agendar uma reunio exclusiva para esta votao.Conforme entendimento fir-

    mado pelo plenrio, os vereado-res tiveram at a quarta-feira (28) para registrar as emendas LDO na secretaria da Casa.H a expectativa de um

    acordo, entre os membros da bancada governista, quanto ao nmero de emendas que sero apresentadas por vereador.

  • O DEBATE DIRIO DE MACA4 Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014

    Opinio

    ESPAO ABERTO

    EDITORIAL FOTO LEGENDA

    Ao viver um momento de renovao atualmente, e delicado tambm para as empresas que aprenderam e desenvolveram a expertise fundamental dinmica de explorao do petrleo no pas, o segmento oshore passa por um momento de dis-cusso que envolve demandas relativas ao governo municipal.

    O calado construdo sobre a antiga Ciclovia Ayrton Senna, na Avenida Evaldo Costa, segue tomado por placas de candidatos que disputam espao, e votos, da populao macaense. Atos irregulares so combatidos pela equipe do Cartrio da 109 Zona Eleitoral de Maca que, nas ltimas semanas, j recolheu mais de 400 placas em Maca.

    Historicamente, a sociedade sempre precisou utilizar o con-trole de acesso como ferramenta de segurana.

    Sobrevivncia de Maca

    O mercado brasileiro de controle de acesso

    De uma forma bastante inter-ligada, mesmo que a importncia dessa integrao no fosse perce-bida, ou mesmo destacada, pelos gestores do governo municipal no passado, a relao de expanso da indstria oshore impulsiona a potncia do governo em gerar arrecadao, combustvel funda-mental para colocar em prtica planos de gesto da Capital Na-cional do Petrleo.Quando se ouve falar em re-

    duo nas negociaes entre a Petrobras e as empresas que atu-am como fornecedoras na cadeia produtiva do petrleo, abre os cl-culos referentes gerao de uma das principais receitas pblicas: o Imposto Sobre Servios (ISS), hoje, a menina dos olhos para a sustentao de qualquer adminis-trao municipal no pas.E exatamente este impos-

    to que ser gerado a partir de projetos que coincidentemen-te promovero a infraestrutura necessria principal atividade que fomenta a economia maca-ense: a indstria do petrleo.Dentro desse prisma, a instala-

    o do novo porto em Maca, que dever ser construdo em rea j reservada pela prefeitura no So Jos do Barreto, torna-se o pri-meiro passo para a expanso da logstica oshore no municpio. evidente que a origem desses

    recursos no foram suficientes, no passado, a garantir ao munic-pio uma realidade que se espera de uma verdadeira Capital Na-cional do Petrleo. Mas isso no culpa da gerao desses recursos,

    e sim da falta de planejamento da gesto pblica.Os impostos so pagos como

    contribuio das atividades in-dustriais que ocorrem no espao macaense, principal responsvel pela gerao de empregos e renda na sociedade atual.Assim como as atividades re-

    lativas ao apoio das movimenta-es das unidades de explorao de petrleo situadas na Bacia de Campos, as operaes porturias, dentro do Terminal Porturio de Maca (Tepor), garantir uma sobrevida indstria offshore local, diante do atendimento sua principal demanda atual: a logs-tica. E, tambm de forma direta, administrao do municpio refe-rncia nas atividades do petrleo, no Brasil e no mundo.Alm do porto, a criao do

    Terminal de Cargas no Aeroporto de Maca, a partir da construo de uma nova pista capaz de rece-ber pouso e decolagem de avies cargueiros, tambm torna-se um projeto palpvel para o munic-pio, e cada vez mais prximo de ser concretizado.Hoje esses debates superam o

    interesse pessoal, ou de pequenos grupos, e passam a reconhecer a necessidade de se garantir a so-brevivncia de Maca ao longo dos prximos anos. Apesar de to-da complexidade envolvida nos dados e nmeros que comprovam a importncia desses projetos, a operao Porto e a expanso do Aeroporto esto relacionados diretamente rotina de todos os mais de 220 mil macaenses.

    Na era medieval, as pessoas eram obrigadas a apresentar-se nos portes das cidades antes de poder entrar. Dentro de cas-telos ento, as exigncias eram ainda mais rigorosas.O acesso s cidades ficou mais

    simples com o passar dos anos, mas mesmo assim, por motivos de segurana, determinadas lo-calidades continuaram a exigir tal controle. Durante a revolu-o industrial, prdios gover-namentais e indstrias passa-ram a exigir o mesmo nvel de controle. E assim a histria se repete at os dias atuais.Hoje, alm dos prdios gover-

    namentais e indstrias, o contro-le de acesso abrange tambm os condomnios empresariais e re-sidenciais, hospitais, aeroportos e mais uma gigantesca quantidade de localidades. E para garantir es-ta segurana, a tecnologia passou a ser um grande aliado.Controles automatizados, re-

    conhecimentos biomtricos, sis-temas de controle de acesso base-ados em cadastros pr-existentes e reconhecimento facial. Atualmen-te possvel saber se um indivduo pode acessar determinado local em questo de segundos.No Brasil, este mercado ainda

    maior. Motivado pelo crescimen-to da economia nacional, pelos megaeventos esportivos e pela insegurana em geral nos setores pblicos e privados, o controle de acesso tornou-se indispensvel. E junto com esta mudana, algumas

    caractersticas dos equipamentos precisaram ser adaptadas s ne-cessidades locais.Um grande exemplo de adapta-

    o acontece nos portes eletr-nicos e nas cancelas. Enquanto na Europa, existe a preocupao com estes equipamentos para que o tempo de abertura e fecha-mento seja mais demorado, para evitar acidentes com pessoas ou avarias em veculos, no Brasil es-te tempo precisa ser mais curto, para que o acesso seja dentro r-pido e evite situaes de assaltos ou acessos indesejados.Por estes motivos, a demanda

    do mercado nacional est em franco desenvolvimento e deve continuar assim, com cresci-mento previsto de 15% ao ano. Infelizmente os nveis atuais de insegurana em vrias camadas do nosso pas, sejam no mbito residencial, comercial ou indus-trial, criam uma necessidade de defesa preventiva em relao ao indivduo e sua famlia tanto quanto ao seu patrimnio.A concluso que podemos tirar

    desta reflexo que infelizmente o Estado no consegue assegurar as condies de segurana po-pulao, com ndices de crimi-nalidade em constante aumento, obrigando a sociedade a mobili-zar-se em busca de solues e, neste cenrio, o controle de aces-so a ferramenta mais indicada.

    Marco Antnio Barbosa especialista em segurana

    KA

    N

    MA

    NH

    E

    S

    EXPEDIENTE

    PAINEL

    GUIA DO LEITORPOLCIA MILITAR: 190POLCIA RODOVIRIA FEDERAL: 191SAMU - SERV. AS. MED. URGNCIA: 192CORPO DE BOMBEIROS: 193DEFESA CIVIL: 199POLCIA CIVIL - 123 DP: 2791-4019DISQUE-DENNCIA (POLCIA MILITAR): 2791-5379DELEGACIA DE POLCIA FEDERAL (24 HORAS): 2796-8330DEL. DE POL. FEDERAL (DISQUE DENNCIA): 2796-8326DEL. DE POL. FEDERAL (PASSAPORTE/VISTO): 2796-8320DISQUE-DENNCIA (CMARA DE MACA): 2772-7262HOSPITAL PBLICO MUNICIPAL: 2773-0061AMPLA: 0800-28-00-120CEDAE: 2772-5090PREFEITURA MUNICIPAL: 2791-9008DELEGACIA DA MULHER: 2772-0620GUARDA MUNICIPAL: 2773-0440ILUMINAO PBLICA: 0800-72-77-173AEROPORTO DE MACA: 2772-0950CARTRIO ELEITORAL 109 ZONA: 2772-9214CARTRIO ELEITORAL 254 ZONA: 2772-2256CORREIOS - SEDE: 2759-2405AG CORREIOS CENTRO: 2762-7527TELEGRAMA FONADO: 0800-5700100SEDEX: 2762-6438CEG RIO: 0800-28-20-205RADIO TAXI MACA 27726058CONSELHO TUTELAR I 2762-0405 / 2796-1108 PLANTO: 8837-4314CONSELHO TUTELAR II 2762-9971 / 2762-9179 PLANTO: 8837-3294CONSELHO TUTELAR III 2793-4050 / 2793-4044 PLANTO: 8837-4441

    Telefones teis

    EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e agncias de Notcias

    CNPJ: 29699.626/0001-10 - Registradona forma de lei.DIRETOR RESPONSVEL: Oscar Pires.SEDE PRPRIA: Rua Benedito Peixoto, 90 - Centro - Maca - RJ.Confeccionado pelo Sistema de Editorao AICS e CTP (Computer to Plate).Impresso pelo Sistema Offset.

    CIRCULAO: Maca, Quissam, Conceio de Macabu, Carapebus, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes e Casimiro de Abreu.

    A direo do O DEBATE no se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em aes ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor.

    Filiado ADJORI-RJ - Associao dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e ABRAJORI - Associao Brasileira de Jornais do Interior. ANJ - Agncia Nacional de Jornais. ADI Brasil - Associao dos Jornais Dirios do Interior.

    REPRESENTANTE: ESSI PUBLICIDADE E COMUNICAO S/C LTDA.

    SO PAULO: R. Ablio Soares, 227/8 andar - Conjunto 81 - CEP: 04005-000 Telefone: (11) 3057-2547 e Fax: (11) 3887-0071 RIO DE JANEIRO: Av. Princesa Isabel, 323 - sala 608 - CEP: 22011-901 - Telefone: (21) 2275-4141 BRASLIA: SCS Ed. Maristela, sala 610 / DF - CEP: 70308-900 - Telefone: (61) 3034-1745(61) 3036-8293.TEL/FAX: (22) 2106-6060, acesse: http://www.odebateon.com.br/, E-MAIL: odebate@odebateon.com.br, COMERCIAL: Ligue (22) 2106-6060 - Ramal: 215, E-MAIL: comercial@odebateon.com.br, classificados: E-mail: classificados@odebateon.com.br

    Improviso INa noite da ltima segunda-feira (25), duas carretas estavam atravessadas na Avenida Presidente Sodr, bloqueando o trnsito dos veculos que seguiam do Centro em direo a Barra de Maca. Os caminhes transportavam containers que estavam sendo levados para embarcaes que promovem o deslocamento de materiais offshore, do cais do Mercado de Peixes, at rebocadores parados na rea de fundeio do Arquiplago de Sant'Anna.

    Improviso IIAtividades como esta so realizadas diariamen-te no local antes destinado ao escoamento da produo pesqueira da cidade. O espao aca-bou sendo tomado pela necessidade de atendi-mento s demandas offshore, o que demonstra que o Porto de Imbetiba no suporta mais o ritmo de atuao das unidades situadas na Ba-cia de Campos. Hoje, a instalao do Terminal Porturio de Maca (Tepor) segue como princi-pal alternativa para acabar com este improviso.

    CampanhaLideranas polticas de Maca aguardam a visita do governador Pezo (PMDB), nesta sexta-feira (29), em Maca. A previso que Pezo cumpra agenda de campanha, na dis-puta pela sucesso do governo estadual, a partir das 11h na cidade. Alm de membros do grupo peemedebista da cidade, Pezo ser recebido pelo prefeito Dr. Aluzio J-nior (PV) e representantes de partidos que participam da coligao do grupo.

    LogsticaAntes de participar da reunio com represen-tantes do governo e da indstria do petrleo, o superintendente de Logstica e Cargas da Infra-ero, Francisco Xavier Nunes, percorreu junto ao superintendente do Aeroporto de Maca, Hlio Batista dos Santos Filho, as rotas que interligam as bases operacionais da indstria offshore. Surpreso com a logstica necessria s ativida-des do petrleo, Xavier reiterou a necessidade do municpio em receber o porto seco.

    InfraestruturaMoradores da Granja dos Cavaleiros solicitam prefeitura a realizao de obras de reparo do asfalto nas principais ruas do bairro. Em alguns pontos, os trechos danificados pela passagem constante de caminhes e carretas chegam a atingir at mesmo redes subterr-neas, de captao de esgoto e drenagem de guas pluviais. A m conservao das ruas gera prejuzos a veculos domsticos, que tambm passam pelo local.

    LixoTerrenos privados seguem sendo utilizados como ponto de descarte de lixos, em bairros e comunidades da cidade. A situao requer dos proprietrios a implantao de cercas e muros que passem a bloquear o acesso s reas, onde o acmulo de lixo contribui com a proliferao de ratos e insetos. Em Maca, h lei em vigor que autoriza equipe da prefeitura realizar a limpeza, e cobrar pelo servio atravs do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

    ServioA Caixa Econmica Federal informa que, no prximo domingo (31), os terminais de autoa-tendimento, em todo o pas, estaro indispo-nveis de 0h s 6h. A pausa nos servios se deve a uma atualizao tecnolgica que visa melhorar a qualidade e disponibilidade dos ser-vios aos clientes. Os cartes de dbito e cr-dito e demais servios como Internet Banking, Banking Mvel, Caixa Celular e Banco 24 Ho-ras no sofrero impacto.

    VacinaoNesta sexta-feira (28), a equipe da secretaria municipal de Sade estar na Creche Alcides Ramos para aplicar as doses da vacina contra a meningite em alunos com idade inferior aos 10 anos, e que ainda no foram imunizados contra a doena. A aplicao das doses ser feita pela equipe do Programa Sade da Fa-mlia (PSF) do Botafogo. De acordo com a programao da Sade, a vacinao seguir at o dia 9 de setembro.

    HabitaoAps a realizao do cadastro junto a secreta-ria municipal de Habitao, as cerca de quatro mil famlias que pertencem ao perfil de acesso ao Programa Minha Casa, Minha Vida Fase II, aguardam a confirmao dos dados que sero encaminhados instituio financeira responsvel pelo financiamento dos imveis. A construo das unidades ocorrer em rea reservada no Bosque Azul. O projeto aguar-dado com expectativa por muita gente.

    NOTA

    Ginstica na praia: mais qualidade de vida para a populao. As aulas so gratuitas e acontecem em locais como a praia dos Cavaleiros

  • O DEBATE DIRIO DE MACA Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014 5

    EconomiaNOTA

    Prefeitura instala nova passarela para pedestres na Nova Holanda. A instalao foi feita pela Secretaria de Servios Pblicos

    SORTEIO

    Caixa Econmica sortear mais de R$ 108 milhes em prmios at o Dia da Independncia

    nos prximos dias, a Caixa Econmica Federal realizar o sorteio de dois de seus principais prmios, ambos com nmeros em oito dgitos. Trata-se do con-curso de nmero 1631 da Mega-Sena, avaliado em R$ 38 milhes e da Lotofcil da Independncia, avaliado em R$ 80 milhes, sem acumulativo.Segundo estimativa, o valor

    suficiente para comprar 60 im-veis de R$ 600 mil cada um, em Maca, uma frota com cerca de 300 carros de luxo ou 1.600.000 ingressos mais pipoca Jumbo para assistir Os Mercenrios 3. Se um sortudo ganhar o prmio

    sozinho e resolver aplicar o dinhei-ro na poupana, pode conseguir uma renda mensal de R$ 120 mil.Ontem pela manh (28), em

    uma Casa Lotrica localizada no Centro da cidade, havia alguns apostadores pensando alto com o prmio. Um deles era Saynt Clair Alves, de 48 anos, que diz

    Segundo estimativa, valor dos prmios suficiente para comprar 60 imveis de R$ 600 mil em Maca

    sempre jogar, mesmo contra a vontade da mulher. "Ela no gosta, diz que isso

    jogar dinheiro fora, que tem muita falcatrua envolvida. E eu, sempre digo a ela que sei disso e que, estou exatamente esperan-do eles errarem acidentalmente e jogarem meu nmero no es-quema, brinca Saynt Clair.Outro que acredita na chance

    de mudar de vida com o prmio Andr Letierri, que diz jogar regularmente.Jogo uma vez por semana,

    principalmente quando o prmio mais baixo e a concorrncia menor, alm do mais, acho real-mente saudvel fazer uma fezi-nha de vez em quando, ressalta Andr, que com o dinheiro pensa em montar um negcio prprio.A aposta mnima custa R$ 2,50

    e pode ser feita at s 19h do pr-ximo dia 30 de agosto, horrio de Braslia, em qualquer casa lotrica do pas. Outra opo, vlida para clientes da Caixa, fazer a aposta online pela internet banking.No ltimo sorteio, quarta-feira

    (27), ningum acertou as seis de-zenas 01- 07- 30- 43- 44- 54. Acertaram a quina, 81 aposta-

    dores e ganharam R$ 39.324,58

    cada. Outros 6.412 apostadores ga-nharam R$ 709,67cada um, por-que acertaram quatro nmeros. J na semana que vem, acon-

    tecer a edio do concurso es-pecial da Independncia da Lo-tofcil que promete um prmio de R$ 80 milhes. O sorteio ser realizado no dia 7 de setembro, domingo, s 10h. Como de costu-me, as apostas podem ser feitas at s 19h da vspera do sorteio.Se apenas um apostador acer-

    tar os 15 nmeros e quiser apli-car os R$ 80 milhes na poupan-a, ter uma renda avaliada em R$ 490 mil por ms. Assim como no restante dos

    concursos especiais, o prmio no acumula. Desse modo, se no houver apostas premiadas com 15 nmeros, o prmio ser distribudo entre os acertadores de 14 nmeros e assim sucessi-vamente.A boa notcia fica por conta das

    estatsticas. Na edio passada, a Lotofcil da Independncia pa-gou R$ 73 milhes para 66 apos-tas premiadas na faixa principal e premiou mais de 15 milhes de ganhadores nas demais faixas. No total, de cada dez apostas, uma foi premiada.

    KAN MANHES

    Mega-Sena acumulada em 38 milhes, apostadores fazem jogos para o prximo sorteio.

    TRFEGO

    Propostas de Plano Ciclovirio so apresentadas a empresrios

    representantes da Se-cretaria de Mobilidade Ur-bana, da Fundao de Esporte e Turismo de Maca (Fesportur), da Cmara Permanente de Ges-to (CPG), do Controle Interno, da Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Obras, se reu-niram com alguns empresrios para apresentar as propostas para implantao dos projetos do Plano Ciclovirio em Maca. O encontro contou ainda com a presena do vereador Luciano Diniz, representando a Cma-ra Municipal; de representan-tes da Federao de Ciclismo do Estado do Rio (FECIERJ); e de usurios de bicicleta de Maca.O encontro, realizado na sede

    da Mobilidade Urbana, foi mais uma etapa de discusses sobre o Plano Ciclovirio. Desta vez, o objetivo foi apresentar ao gru-po de empresrios propostas construdas com a contribui-o dos usurios deste modal de transporte, para a implan-tao de ciclovias e ciclofaixas que liguem a RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto) Linha Ver-de, passando por bairros como a Gloria, Novo Cavaleiros e Granja dos Cavaleiros.Na ocasio foi colocado em

    pauta o traado ideal para a im-plantao de acessos virios e ciclovirios naquela regio. E, a partir dos apontamentos levan-tados durante a reunio, ser elaborada a proposta conceitual para o projeto a ser entregue a estes empresrios, que, em con-trapartida as solues virias e ciclovirias, permitiriam que o traado das novas vias passasse pelas propriedades.- Trata-se de uma estratgia

    que a Mobilidade est adotan-do para melhorar o trnsito de Maca, estimulando o uso da bi-

    Projeto realizado pela Mobilidade em parceria com secretarias

    cicleta como meio de transpor-te vivel. A partir desta reunio samos com um plano de traba-lho para a elaborao do proje-to que ser entregue daqui a 21 dias, para que todos decidam o melhor caminho a seguir - disse o secretrio de Mobilidade Ur-bana, Evandro Esteves.Laismeire Meireles, membro

    da Engenharia Urbana, concor-da que o incentivo ao uso da bi-cicleta como meio de transporte muito importante: A educa-o em utilizar este meio de transporte vem com a implan-tao das ciclovias e ciclofaixas e de toda sinalizao que permi-ta utilizao de forma segura. E se no nos propusermos a fazer, nunca vamos mudar esta cultu-ra, pontuou.- O fato das pessoas no uti-

    lizarem tanto a bicicleta como meio de transporte, no signi-fica necessariamente que elas no queiram utilizar. Mas pa-ra estimular este uso preciso que sejam oferecidos os locais adequados para isso - afirmou

    vereador Luciano Diniz.Esta foi a oitava reunio do

    grupo para atualizar os dados acerca do Plano Ciclovirio, que far parte do Plano de Mobilida-de Urbana de Maca.Palestra - Em complemento

    ao trabalho realizado, o dire-tor da Federao de Ciclismo do Estado do Rio (FECIERJ), Eduardo Almeida, realizar, no prximo dia 10 de setembro, s 10h, uma palestra relacionada a questo da implantao de ciclovias. A inteno que os membros do grupo, alm de alguns convidados, possam ali-nhar dados para o prossegui-mento das aes.Nela, sero tratados temas

    como o nivelamento das infor-maes do universo da ciclomo-bilidade, as possibilidades para implantao e estmulo a utili-zao das ciclovias e ciclofaixas, benefcios do estmulo ao uso da bicicleta, as exigncias em lei, as linhas para composio de um Plano Ciclovirio e os termos bsicos utilizados, entre outros.

    DIVULGAO

    Projeto elaborado atravs da contribuio de vrios setores

    SERVIO

    PROCON instaura livro dereclamaes para comrcioComerciantes do municpio sero obrigados a possuir livro de reclamaes do consumidor nos estabelecimentosGuilherme Magalhesguilherme@odebateon.com.br

    No prximo dia 5 de se-tembro, s 9h, ser re-alizado no auditrio do Centro Administrativo Luiz Osrio (CEALO), situado na Avenida Presidente Felicia-no Sodr, n 466, antigo Ho-tel Ouro Negro, uma reunio que tem como objetivo pres-tar esclarecimentos e tirar as primeiras dvidas a respeito dos novos procedimentos re-lacionados ao Livro de Recla-maes, que todos os estabe-lecimentos de bens e servios esto obrigados por lei a pos-suir a partir de agora. O evento contar com a presena j con-firmada da Cmara de Dirigen-tes Lojistas de Maca (CDL) e da Associao Comercial e Industrial de Maca (ACIM) e Associao Macaense dos Contabilistas, principais r-gos do comrcio na regio.O objetivo da lei, sancionada

    ao final do ano passado e regu-lamentada em maio deste ano, facilitar a vida e o dia a dia dos empresrios e lojistas de Maca. Alm disto, o convnio permi-

    tir que a partir de agora o PRO-CON MACA autentique os Li-vros de Reclamaes, bem como recebimento das reclamaes que forem feitas nos estabeleci-

    KAN MANHES

    O servio gratuito e pode ser requerido na prpria sede da Coordenadoria Extraordinria do PROCON, no municpio.

    mentos comerciais da cidade.Nosso objetivo maior pro-

    porcionar uma ferramenta a um alcance mais prximo das em-presas e consumidores locais,

    evitando o deslocamento dos lojistas de Maca at o Rio de Janeiro. Outro ponto que vale a pena ser destacado que, a princ-pio, a fiscalizao desta lei ser de

    carter meramente didtico, des-se modo, estaremos trabalhando junto aos sindicatos e rgos responsveis pelo comrcio na cidade a fim de educar os comer-

    ciantes locais sobre a importncia e seriedade da fixao do livro em cada estabelecimento comercial na regio de Maca. Passado este perodo de adaptao, o comer-ciante que for pego pela fiscaliza-o do PROCON desrespeitando a lei, receber um auto de infrao lavrado sumariamente, ressalta Carlos Fioretti, Presidente do PROCON MACA.Para os comerciantes locais,

    a lei novidade e dever disci-plinar a eles mesmos no aperfei-oamento dos servios para um melhor atendimento.Sem dvida, na teoria,

    uma ferramenta que vem para beneficiar em muito na ques-to da praticidade. Quem no deve no teme, e o que justo justo, se o cliente no gostar de um servio ele tem o direito de reclamar, basta o comerciante estar respaldado ou no para poder se defender, observa o lojista Marcelo Firmino Boal.O PROCON MACA o pri-

    meiro na regio a aderir a esta lei, desta forma, os interessa-dos residentes em municpios vizinhos podero usufruir aos mesmos servios que os comer-ciantes locais.

  • O DEBATE DIRIO DE MACA6 Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014

    Polcia Polcia Militar recupera carro roubado no bairro Virgem Santa, em MacaNOTAINVASO

    Furto em escola no Sol y Mar gera insegurana entre pais de alunosEscola foi invadida na madrugada da ltima segunda-feira (25). Prefeitura j solicitou reforo na seguranadaniela bairrosdanielabairros@odebateon.com.br

    A Escola Municipal Pro-fessora Sandra Maria de Oliveira, localizada no bairro Sol y Mar, foi fur-tada na madrugada da ltima segunda-feira (25).Segundo a assessoria de im-

    prensa da prefeitura, a unida-de de ensino fundamental, do 1 ao 5 ano, que tem cerca de 500 alunos, teve a janela ar-rombada no final de semana. Foram levados computadores, televiso, aparelho de som, microondas, jogos pedaggi-cos e brinquedos que seriam doados no Dia das Crianas. Segundo relatos, um dos au-tores do furto chegou a urinar na mesa do refeitrio do esta-belecimento de ensino.Em nota, a prefeitura, por

    meio da Secretaria Municipal de Educao, informou que j solicitou reforo na segurana.O furto escola causou sen-

    sao de insegurana, princi-palmente aos pais dos alunos.A dona de casa M.F.V.S., 44

    anos, relatou reportagem de O DEBATE que a filha estuda na escola e que devido ocor-rncia, teme pela segurana de todos os funcionrios do esta-belecimento. "Minha filha con-tou que urinaram na mesa do refeitrio. Isso um absurdo. A escola oferece boas condies aos alunos, mas precisa de mais segurana, urgente. Do contrrio, vo invadir nova-mente e furtar mais objetos". Em 13 anos morando na rua

    da escola, uma outra me de aluno afirmou que no soube de furtos ou roubos praticados na escola. Me de um aluno do 4 ano, uma cabeleireira, que tambm preferiu no se iden-tificar, disse que foi levar o fi-lho escola logo pela manh

    e se assustou com o que viu. "Cheguei na escola por volta das 6h50 e vi um movimen-to de pessoas, funcionrios, professores e pais de alunos. Instantes depois, ouvi dizer que estava tudo revirado e que o cheiro de urina dentro do refeitrio estava insupor-tvel. Mais tarde, soube que a percia esteve no local, mas acho que at agora nada foi encontrado e recuperado".

    WANDERLEY GIL

    Funcionria da Escola Municipal Professora Sandra Maria de Oliveira trancando porta de entrada do estabelecimento de ensino, furtado no incio dessa semana-

    O furto foi registrado na 123 Delegacia de Polcia de Maca, onde o caso est sendo investigado pela Polcia Civil.Ontem (28), o comando da

    Guarda Municipal de Maca informou que em breve vai implantar o curso de capacita-o para os novos guardas que iro atuar nas Coordenadorias de Apoio Preventivo Educati-vo (ronda escolar).O comando da instituio

    informou tambm que na segunda-feira (25) uma equi-pe da Guarda Municipal foi escola, de onde foram colhidas informaes sobre o furto e que ir intensificar as rondas no local, com objetivo de re-forar a segurana em torno da escola e de outras existen-tes nas proximidades. Segundo Antonio Carlos

    Rodrigues, comandante da Guarda Municipal, nesse pri-

    meiro momento, importante fazer um estudo das vulnera-bilidades das escolas da rede municipal para que a insti-tuio atue de forma preven-tiva e, para isso, formulou um questionrio. O documento foi entregue em todas as es-colas do municpio. "Atravs dos dados fornecidos pelos estabelecimentos de ensino, sero traados metas e planos , direcionando as aes para o

    enfrentamento dos problemas que cada escola possui", expli-cou Rodrigues.O comando da Guarda Mu-

    nicipal enfatizou ainda que possveis conflitos que ve-nham a ocorrer no ambiente escolar e que necessitem de imediata interveno de guar-das municipais, devem ser in-formados pelos telefones (22) 2796-1328 (Oficial de Dia) e (22) 2796-1302.

    Homem preso com pistola no CentroARMA DE FOGO

    um homem foi preso portan-do uma pistola 9 mm na manh de ontem (28), por volta das 11h, na rua Silva Jardim, no Centro.Policiais militares do Moto

    Patrulha Dois, lotados no 32 BPM (Batalho de Polcia Mili-tar), abordaram Alex Gomes da Silva, de 36 anos, que estava em uma motocicleta. Ao ser revis-tado, os policiais encontraram a pistola calibre 9 mm, de uso exclusivo das Foras Armadas, e cinco munies intactas.Segundo a polcia, o suspeito

    foi autuado por porte ilegal de arma de fogo por portar uma arma exclusiva e de uso restrito. A PM informou que o suspei-

    Suspeito foi abordado na rua Silva Jardim com arma de uso restrito das Foras Armadas

    to foi abordado em fiscalizaes que esto sendo feitas em ope-raes para combater roubos de rua e de veculos, principalmen-te na regio central de Maca.

    WANDERLEY GIL

    Pistola de calibre 9 mm e munies apreendidos no Centro por policiais do Moto Patrulha II

    Alex Gomes foi conduzido 123 Delegacia de Polcia, onde permanece preso.A arma e as munies foram

    apreendidas e periciadas.

    ARQUIVO

    O suspeito foi conduzido 123 Delegacia de Polcia, onde permanece preso

    SERVIO

    Obiturio

    M A R I A P I N H O A LV E S , 53 anos, divorciada, Centro. O sepultamento ocorreu ontem (28), s 16h, no Cemitrio Memorial da Igualdade.

    ISTEFNIA DA SILVA FLOR, 34 anos, solteira, Carapicuiba (SP). O sepultamento ocorreu

    ontem (28), s 11h30, no C e m i t r i o M e m o r i a l d a Igualdade.

    ANTONIO AMARO AMARANTE, 79 anos, casado, Centro. O sepultamento ocorreu ontem (28), s 17h, no Cemitrio Memorial da Igualdade.

    RIO DAS OSTRAS

    GAT apreende maconha na Ilha em poder de adolescentepoliciais militares do GAT (Grupo de Aes Tticas) da 3 Companhia da PM de Rio das Ostras, apreenderam, na

    noite da ltima quarta-feira (27), seis buchas de maconha e R$ 120 em dinheiro. Os policiais faziam diligncias

    pela Rua Albatroz, na Ilha, on-de avistaram um adolescente de 16 anos em atitudes suspeitas. Ao ser abordado, os policiais

    encontraram com o menor o entorpecente e o dinheiro. O menor foi conduzido 128 DP e permanece apreendido.

  • O DEBATE DIRIO DE MACA Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014 7

    Geral NOTA

    INCENTIVO

    FSMA encerra inscrio para PIBIC e Monitoria

    a faculdade salesiana Maria Auxiliadora (FSMA) encerra nes-ta sexta-feira, 29, o prazo de inscri-o para o Programa de Monitoria e amanh, sbado, 30, para o Pro-grama Institucional de Bolsa de Iniciao Cientfica (PIBIC). Os editais para ambos os programas esto disponveis no site da insti-tuio (www.salesiana.edu.br)Para o Programa de Iniciao

    Cientfica esto sendo oferecidas bolsas para os cursos de gradua-o em: Engenharia de Produo (5 bolsas), Engenharia Qumica / Engenharia Ambiental e Sanitria (7 bolsas), Engenharia da Compu-tao (2 bolsas), Psicologia (2 bol-sas), Publicidade e Propaganda (1 bolsa), Jornalismo (1 bolsa) e Ad-ministrao (2 bolsas). Todas para o perodo de vigncia 2014/2015.O Programa de Iniciao Cien-

    tfica da FSMA foi criado como ferramenta de induo do pen-samento cientfico e introduo da pesquisa e inovao aos estu-dantes de graduao do ensino superior da instituio. Para o Coordenador de Ps-

    graduao, Pesquisa e Extenso, Prof. Dr. Rodrigo de S. Melo, o desenvolvimento de pesquisa cientfica, alm dos objetivos inerentes pesquisa em si, tem como finalidades aprimorar a educao, possibilitando uma melhor formao dos acadmi-cos de graduao e de ps-gradu-ao, pela participao em ativi-dades de pesquisa articuladas com o ensino e com a extenso;

    Editais referentes aos processos seletivos esto disponveis em www.salesiana.edu.br

    incentivar o desenvolvimento e a consolidao de Grupos de Pesquisa; subsidiar o desenvolvi-mento de programas de ps-gra-duao; colocar o conhecimento a servio da comunidade.Consideramos a pesquisa

    cientfica o processo de busca, anlise e transformao de in-formaes por meio de um con-junto de informaes e procedi-mentos planejados, sistemticos e baseados em raciocnio lgico, desenvolvido segundo normas, critrios e mtodos rigorosos e consagrados pela cincia, que ra-tifica, aperfeioa ou gera novos conhecimentos, ressalta. De acordo com o edital, a di-

    vulgao dos resultados ser no dia 1 de setembro.J para o Programa de Monito-

    ria, as vagas disponveis so para as seguintes disciplinas: Clculo I, Clculo II e III, Fsica, Equaes Diferenciais, Qumica e Desenho Assistido por Computador. Essa iniciativa tem como finalidade a melhoria do processo ensino-aprendizagem. Trata-se de uma atividade optativa dentro dos cur-sos de graduao, podendo, quan-do da sua concluso, ser pontuado como Atividade Complementar, explica a Vice-Diretora Acadmi-ca, Ana Cristina Lousada. Para participar do processo se-

    letivo, o aluno deve preencher o Formulrio de Inscrio na Co-ordenao de Ps-Graduao, Pesquisa e Extenso e obedecer as demais exigncias contidas no Edital. A relao dos estudantes selecionados ser divulgada pela Coordenao de Ps-graduao, Pesquisa e Extenso, em edital prprio e/ou no site da FSMA, no dia 08 de setembro.

    SADE

    Aberta a III Jornada de Ps-graduao da rea de Farmcia Evento rene os trs programas de Ps-graduao da rea da Farmcia do Estado do Rio de Janeiro

    Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

    O Ncleo em Ecologia e Desenvolvimento So-cioambiental de Maca (Nupem) realizou, na manh de ontem, 28, a solenidade de abertura da III Jornada de Ps-graduao da rea da Farmcia. O evento que conta com mais de 100 inscritos e que segue nesta sexta-feira, 29, acontece todo ano e une os trs programas de Ps-graduao da rea de Farmcia do Estado do Rio de Janeiro.Os programas so: de Ps-

    Graduao em Cincias Farma-cuticas (PPG-CF) da Faculdade de Farmcia, UFRJ - Campus Fundo, de Ps-Graduao em Produtos Bioativos e Biocin-cias (PPG-PRODBIO) da UFRJ - Campus Maca e o Programa de Mestrado Profissional em Ci-ncia e Tecnologia Farmacutica (CTECFAR) da Faculdade de Far-mcia, UFRJ - Campus Fundo.De acordo com a equipe or-

    ganizadora, as duas primeiras

    edies foram realizadas no Rio, e este ano a comisso se empe-nhou para traz-lo para Maca, desenvolvendo da melhor for-ma possvel. O evento tem como objetivo

    promover a integrao de alu-nos e docentes dos programas de ps-graduao da rea de Farmcia da universidade. um evento cientfico que propor-ciona a visualizao, discusso e aprendizagem das diversas li-nhas de pesquisa que esto sen-do desenvolvidas em todos os programas de Ps-Graduao da Farmcia UFRJ.As nossas expectativas so

    grandes, eventos desta natu-reza, so importantes para o nosso crescimento cientfico e profissional, alm de j pos-sibilitar a evoluo dos trs programas em diversas for-mas, acontecendo na UFRJ - Maca ele favorece um maior crescimento do programa que est instalado aqui no munic-pio. Pois envolve mais alunos e professores daqui! Permitindo

    que pesquisadores e alunos da UFRJ - Fundo troquem de for-ma mais facilitada ideias e expe-rincias com os pesquisadores e alunos da UFRJ - Maca, disse a comisso.Na quinta-feira, 28, a progra-

    mao contou com apresenta-es orais (miniconferncias) e apresentaes em painis dos alunos inseridos nos progra-mas assim como dos alunos de iniciao cientfica que estejam desenvolvendo projetos dentro das linhas de pesquisa. Tambm fez parte da programao sesso oral com os temas Biotecno-logia farmacutica, Formas farmacuticas e Cosmticas, e Planejamento, Alvos Molecular e Avaliao Farmacutica, alm ainda da Conferncia I e pausas para coe breack e almoo.E nesta sexta-feira, haver a

    colocao de Psteres, a Confe-rncia II, sesso oral Produtos Naturais e Alimentos, sesso de psteres, premiao e encerra-mento. Tambm haver inter-valos para coe breack e almoo.

    KAN MANHES

    Evento segue nesta sexta-feira, 29 das 9h s 17h com diversas atividades

    KAN MANHES

    Para o Programa de Iniciao Cientfica esto sendo oferecidas 20 vagas

    ltimos dias para entrega de documentao do Nova Escola

    PRAZO

    o sindicato estadual dos Profissionais da Educa-

    Os documentos podem ser entregues na sede do SEPE, Praa Santos Dumont, Miramar, em frente a estao, das 13h s 18h

    o (Sepe) de Maca encerra neste sbado, 30, o prazo pa-ra entrega da documentao para quem se aposentou em 2009. Com isso, os aposenta-dos que ainda no realizaram a entrega dos documentos re-ferentes ao Processo do Nova Escola devem ficar atentos. O novo prazo teve incio no

    dia 15 deste ms. A medida tem como finalidade atender aposentados em 2009 com direito a receber os atrasa-dos da ao do Nova Escola. Os documentos podem ser entregues na sede do SEPE, Praa Santos Dumont, Mi-ramar, em frente a estao, nesta sexta-feira das 13h s

    18h e amanh (sbado), das 8h s 12h. Os documentos solicitados

    so: cpia da carteira de iden-tidade, CPF, comprovante de residncia, contracheque atual, Dirio Oficial da pu-blicao da aposentadoria e comprovante de filiao ao SEPE.

    Ciep Darcy Ribeiro realiza no sbado culminncia de projetos

    EDUCAO

    o ciep municipalizado Darcy Ribeiro vai realizar nes-te sbado o Festival de Pastel, culminncia do Projeto Dori-val Caymmi. Atividades tero

    Uma das programaes ser o Festival de Pastel. Evento vai contar ainda com apresentao de musicas e danas dos alunos

    incio s 8h e seguem at s 12h. De acordo com a direo da

    unidade, a ideia promover a integrao entre a unidade escolar e a comunidade, assim como mostrar aos pais por meio da culminncia de projetos um pouco do que os alunos tm fei-to na escola. Em 2013 a unidade aderiu ao

    Programa Mais Educao. E segundo os prprios diretores e alunos, a iniciativa tem feito a di-ferena e contribudo com o de-sempenho escolar dos discentes.

    Os servios oferecidos na instituio promovem a autoes-tima das crianas, adolescentes e moradores, aumentando as oportunidades de uma vida me-lhor, ajudando a construir uma cidade para todos, mesmo es-tando em uma rea de Unidade de Polcia Pacificadora, disse em recente entrevista ao jor-nal, Camila Antunes Ferreira, coordenadora dos programas que funcionam na unidade. Hoje vivemos uma nova re-

    alidade escolar, pois os casos de

    evaso e reprovao diminu-ram e o rendimento melhorou. Os alunos se sentem seguros e protegidos na escola, gostam de estar aqui, lembra o diretor da escola, Pueblo Peanha. Passo o dia todo aqui e mui-

    to bom. A gente aprende mais, participa de oficinas, brinca. Se eu sasse cedo passaria a tarde to-da em casa assistindo televiso. Aqui eu estudo, me divirto, brin-co, participo de vrias atividades. muito bom, contou a estudan-te, Sabrina Barbosa Moreira.

    WANDERLEY GIL

    Evento acontece das 8h s 12h com foco na integrao entre famlia e escola

    Continuam obras de ampliao do abastecimento de gua de Maca

  • O DEBATE DIRIO DE MACA8 Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL n do Processo Administrativo: 1052 / 2013n do Contrato: 014 / 2014Contratante: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMContratado: Medsystem Manuteno e Servios Hospitalares LTDACNPJ n 04.11.341/00-67Incio: 16 / 07 / 2014Trmino: 15 / 07 / 20154Valor total: R$ 27.996,00 (vinte e sete mil novecentos e noventa e seis reais)Empenho no: 000299 / 2014 Programa de Trabalho n: 10.451.0077.2.313.000Elemento de Despesa n: 33.90.39.00.00 Reduzida: 969 Objeto: Prestao de servios de manuteno preventiva, corretiva, validao e calibrao, em equipamentos de propriedade da Fundao Municipal hospitalar de Maca - FMHM visando atender as necessidades do Laboratrio de Anlise Clnica do Hospital Pblico Municipal Dr. Fernando Pereira da Silva HPM conforme discriminados nos anexos I e II, que faz parte integrante do Processo Administrativo n 1052/2013, bem como, Prego Presencial n 033 / 2014.Origem do pedido: Coordenao do Laboratrio de Anlise Clnica _ HPM

    Maca, 16 de julho de 2014.Newton Jos

    GestorFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA FMHM

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO ADITIVO 1 Termo Aditivo ao Contrato FMHM n 006 / 2013N do Processo Administrativo: 391 / 2014Contratante: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMContratado: Siemens LTDA.CNPJ n 44.013.159/0001-16Valor Global do Aditivo: R$ 214.106,28 (duzentos e quatorze mil cento e seis reais e vinte e oito centavos) Empenho Global para o exerccio de 2014 no: 000294 / 2014Programa de Trabalho: n 10.451.077.2.313Elementos de Despesas: n 33.90.39.00.00 _ Reduzida: 969Objeto: O termo aditivo visa modificar o seguinte:Clusula Primeira Fica prorrogado, clusula segunda do contrato, o prazo por 12(doze) meses, contados a partir de 18 de junho de 2014.Clusula Segunda Fica reajustado, clusula terceita do contrato, em 7,66% aplicados aos valores unitrios inicialmente contratados.Clusula Terceira Todos os termos e condies das demais clusulas do con-trato ora aditado ficam ratificadas para todos os fins de direito. Modalidade: Termo AditivoOrigem do Pedido: Diretoria Administrativa _ HPM

    Maca-RJ, 17 de junho de 2014.Newton Jos

    GestorFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL n do Processo Administrativo: 128 / 2014n do Contrato: 004 / 2014Contratante: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMContratado: White Martins Gases Industriais LTDACNPJ n 35.820.448/0012-99Incio: 18 / 02 / 2014Trmino: 17 / 12 / 2014Valor total: R$ 334.581,10 (trezentos e trinta e quatro mil quinhentos e oitenta e um reais e dez centavos)Empenho no: 000086 / 2014 Programa de Trabalho n: 10.451.0077.2.313.000Elemento de Despesa n: 33.90.30.00.00 _ Reduzida: 966Objeto: Aquisio de gases com cesso de equipamentos e acessrios em re-gime de comodato, visando atender aos diversos setores do Hospital Pblico Municipal Dr. Fernando Pereira da Silva HPM conforme discriminados na Ata de Registro de Preos n 001/2014 (pedido 001), que faz integrante do Prego Presencial n 001/2014.Origem do pedido: Diretoria Administrativa - HPM

    Maca, 18 de fevereiro de 2014.Newton Jos

    GestorFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA - FMHM

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL DE COMODATO

    n do Processo Administrativo: 128 / 2014n do Contrato: 005 / 2014Comodatria: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMComodante: White Martins Gases Industriais LTDACNPJ n 35.820.448/0012-99Incio: 18 / 02 / 2014Trmino: 17 / 12 / 2014Objeto: Constitui objeto do presente instrumento o emprstimo gratuito por parte da Comodante Comodatria, dos equipamentos e materiais discrimina-dos no item 1.1 do presente Contrato, oriundos da Ata de Registro de Preos n 001/2014 (pedido 001), que faz integrante do Prego Presencial n 001/2014, visando atender as necessidades do Hospital Pblico Municipal - HPM.Origem do pedido: Diretoria Administrativa_HPM.

    Maca, 18 de fevereiro de 2014.Newton Jos

    GestorFundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHM

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL

    n do Processo Administrativo: 129 / 2014n do Contrato: 006 / 2014Contratante: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMContratado: Air Liquide Brasil LTDACNPJ n 00.331.788/0006-23Incio: 18 / 02 / 2014Trmino: 17 / 12 / 2014Valor total: R$ 91.199,02 (noventa e um mil cento e noventa e nove reais e dois centavos)Empenho no: 000085 / 2014 Programa de Trabalho n: 10.451.0078.2.314.000Elemento de Despesa n: 33.90.30.00.00 _ Reduzida: 978Objeto: Aquisio de gases com cesso de equipamentos e acessrios em regime de comodato, visando atender aos diversos setores do Hospital Pblico Munici-pal da Serra HPMS conforme discriminados na Ata de Registro de Preos n 002/2014 (pedido 001), que faz integrante do Prego Presencial n 001/2014.Origem do pedido: Diretoria Administrativa - HPMS

    Maca, 18 de fevereiro de 2014.Newton Jos

    GestorFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA - FMHM

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACAEstado do Rio de Janeiro

    CMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL DE COMODATO

    n do Processo Administrativo: 129 / 2014n do Contrato: 007 / 2014Comodatria: Fundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHMComodante: Air Liquide Brasil LTDACNPJ n 00.331.788/0006-23Incio: 18 / 02 / 2014Trmino: 17 / 12 / 2014Objeto: Constitui objeto do presente instrumento o emprstimo gratuito por parte da Comodante Comodatria, dos equipamentos e materiais discrimina-dos no item 1.1 do presente Contrato, oriundos da Ata de Registro de Preos n 002/2014 (pedido 001), que faz integrante do Prego Presencial n 001/2014, visando atender as necessidades do Hospital Pblico Municipal - HPM.Origem do pedido: Diretoria Administrativa_HPMS.

    Maca, 18 de fevereiro de 2014.Newton Jos

    GestorFundao Municipal Hospitalar de Maca - FMHM

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    ERRATA

    Portaria FMHM 075/2013Publicada no Jornal O debate, na edio divulgada no dia 02 de Maro de 2013.

    Onde se L:Portaria 075/2012;

    Leia-se:Portaria 075/2013.

    Gabinete do Diretor Presidente da FMHM, em 28 de Agosto de 2014.

    LEANDRO MATOS SOARESDiretor Presidente

    PREFEITURA MUNICIPAL DE MACASECRETARIA MUNICIPAL DE SADEFUNDAO MUNICIPAL HOSPITALAR DE MACA

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    ERRATA

    No Jornal O DEBATE na edio de n 8482 de 26 de agosto de 2014, na publicao Extrato de Contrato n 056/2014 na pg. 8,

    Onde se l:...LADO ESQUERDO PRODUES LTDA.Leia-se:...H F DA SILVA JUNIOR PRODUTORA DE EVENTOS....

    Ricardo Muylaert Salgado NetoPresidente da FESPORTUR

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    TERMO DE ADESO DA ATA DE REGISTRO DE PREOS

    A FUNDAO DE ESPORTE E TURISMO DE MACA/RJ, situada na Alam-eda Manoel Pereira Carneiro da Silva, s/n, Ginsio Poliesportivo Engenheiro Maurcio Soares Bittencourt, Riviera Fluminense, Maca, inscrita no CNPJ sob n 07.498.182/0001-11, neste ato representado pelo Presidente, regularmente nomeado Sr. RICARDO MUYLAERT SALGADO NETO, DECLARA, para os devidos fins, que ADERE Ata de Registro de Preos n 061/2014, decor-rente do Prego Presencial para Registro de Preos n 071/2014 da Prefeitura Municipal de Maca, que tem por objeto o Registro de Preos para prestao de servio de Buffet para fornecimento de coffe break atendendo a necessidade da Fundao de Esporte e Turismo de Maca, em conformidade com o Processo Administrativo n 200420/2014, com fundamento na Lei n 8.666, de 21 de junho de 1993, da Lei n 10.520, de 17 de julho de 2002, e das demais normas legais aplicveis, cujas especificaes, itens e quantitativos se apresentam con-forme planilha abaixo:

    Maca, 18 de agosto de 2014.

    RICARDO MUYLAERT SALGADO NETOPresidente

    Fundao de Esporte e Turismo de Maca

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    Extrato Contratual

    1 Termo Aditivo ao Contrato n 059/2013 Contratante: SECRETARIA MUNICIPAL DE SADEContratado: LEDIR BERNARDO MARQUESProcesso n: 0573/2013/FMSPrazo: 12 (doze) mesesValor do Contrato: R$1.832,77 (um mil, oitocentos e trinta e dois reais e setenta e sete centavos) mensais.Programa de Trabalho: 10.122.0053.2.168000Elemento de Despesa: 339036Empenho n: 000603/2014 - GlobalObjeto: Contrato de locao predial urbana para fins no residenciais, do imv-el situado na Rua Joo Calixto Fernandes das Neves, n 355, Barra de Maca - Maca/RJ, para instalao do PSF BARRA DE MACA.

    Maca, 05 de junho de 2014.

    Flvio dos Santos AntunesGestor/ Ordenador

    SEMUSA/Fundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    Extrato Contratual

    1 Termo Aditivo ao Contrato n 061/2013 Contratante: SECRETARIA MUNICIPAL DE SADEContratado: LUCIMAR GRAA PAULAProcesso n: 0575/2013/FMSPrazo: 12 (doze) mesesValor do Contrato: R$6.500,85 (seis mil, quinhentos reais e cinquenta e oitenta e cinco centavos) mensais.Programa de Trabalho: 10.122.0053.2.168000Elemento de Despesa: 339036Empenho n: 000605/2014 - GlobalObjeto: Contrato de locao predial urbana para fins no residenciais, do imv-el situado na Rua Dr. Bueno, 190, Imbetiba - Maca/RJ, para instalao do PROGRAMA DO IDOSO.

    Maca, 05 de junho de 2014.

    Flvio dos Santos AntunesGestor/ Ordenador

    SEMUSA/Fundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    Extrato Contratual

    1 Termo Aditivo ao Contrato n 073/2013 Contratante: SECRETARIA MUNICIPAL DE SADEContratado: RUTE TAVARES DA SILVAProcesso n: 0587/2013/FMSPrazo: 12 (doze) mesesValor do Contrato: R$6.304,87 (seis mil, trezentos e quatro reais e oitenta e sete centavos) mensais.Programa de Trabalho: 10.122.0053.2.168000Elemento de Despesa: 339036Empenho n: 000608/2014 - GlobalObjeto: Contrato de locao predial urbana para fins no residenciais, do imv-el situado na Rua Leopoldina Arajo, n 185 Visconde de Arajo - Maca/RJ, para instalao da UBS Visconde/Miramar.

    Maca, 05 de junho de 2014.

    Flvio dos Santos AntunesGestor/ Ordenador

    SEMUSA/Fundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    Extrato Contratual

    1 Termo Aditivo ao Contrato n 083/2013 Contratante: SECRETARIA MUNICIPAL DE SADEContratado: VANESSA VACONCELLOS MENEZESProcesso n: 0595/2013/FMSPrazo: 12 (doze) mesesValor do Contrato: R$3.632,38 (seis mil, seiscentos e trinta e dois reais e trinta e oito centavos) mensais.Programa de Trabalho: 10.122.0053.2.168000Elemento de Despesa: 339036Empenho n: /2014 - GlobalObjeto: Contrato de locao predial urbana para fins no residenciais, do imv-el situado na Rua Teixeira de Gouveia, n 469 LJ 01, Centro - Maca/RJ, para instalao do Conselho Municipal de Sade.

    Maca, 05 de junho de 2014.

    Flvio dos Santos AntunesGestor/ Ordenador

    SEMUSA/Fundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundo Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

  • O DEBATE DIRIO DE MACA Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014 9

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    PORTARIA FUMDEC N 011/2014 Maca, 28 de agosto de 2014.

    O Presidente do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social, no uso de suas atribuies legais,

    Resolve:

    Art. 1 Designar os servidores abaixo relacionados como fiscais do contrato de n 009/2014:

    - ANDERSON DA SILVA OLIVEIRA Matrcula 401.764- FERNANDO BARROSO DE DEUS Matrcula 43.052- JUSSARA DE SOUZA VILELA Matrcula 45.276

    Art. 2 Esta portaria entra em vigor na data de sua publicao.

    Maca, 28 de agosto de 2014

    Vandr de Araujo GuimaresFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico - FUMDEC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    PORTARIA FUMDEC N 012/2014 Maca, 28 de agosto de 2014.

    O Presidente do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social, no uso de suas atribuies legais,

    Resolve:

    Art. 1 Designar os servidores abaixo relacionados como fiscais do contrato de n 011/2014:

    - JUSSARA DE SOUZA VILELA Matrcula 45.276- FERNANDO BARROSO DE DEUS Matrcula 43.052- CLEIDYS MOREIRA VIEIRA Matrcula 44.583

    Art. 2 Esta portaria entra em vigor na data de sua publicao.

    Maca, 28 de agosto de 2014

    Vandr de Araujo GuimaresFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico - FUMDEC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAMaca Capital do PetrleoLei Estadual n 6081 de 21.11.2011

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de SadeFundao Municipal Hospitalar de Maca

    CONSELHO MUNICIPAL DE DEFESA DOS DIREITOSDA CRIANA E DO ADOLESCENTE DE MACA/RJTravessa Ari Shueller Pimentel, n 25, centro - Maca/RJTel.: (022) 2796-1300 e 2796-1546E-mail: cmddcademacae@gmail.com

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundao Educacional de Maca - FUNEMAC

    Estado do Rio de JaneiroCMARA MUNICIPAL DE MACAComisso Permanente de Licitao

    Estado do Rio de JaneiroPREFEITURA MUNICIPAL DE MACASecretaria Municipal de Sade

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaEmpresa Pblica Municipal de Saneamento

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE MACAFUNDAO DE ESPORTES E TURISMO DE MACA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSGABINETE DO PREFEITO

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusSecretaria Municipal de AdministraoGabinete do Prefeito

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSSecretaria Municipal de Fazenda

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de CarapebusCoordenadoria de Contratos COTRA

    ESTADO DO RIO DE JANEIROPREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUSComisso Permanente de Licitao

    EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL

    Nmero do Processo Administrativo: 0056/2014Contrato n 00011/2014Contratante: Fundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social de Ma-ca - FUMDECContratado: Perfil Servios Empresariais Ltda EPP CNPJ n 07.425.525/0001-08 Prazo: 03 (trs) mes12 (doze) mesesValor Total: R$ 91.540,39 (noventa e um mil quinhentos e quarenta reais e trinta e nove centavos)Empenho n 000080/2014 - Programa de Trabalho 11.331.009.2.217 - Elemen-to Despesa 3390039Objeto: Contratao de empresa especializada em mo de obra nas reas de atividade auxiliar, para prestao de servios continuados de natureza comum de limpeza, visando atender as necessidades do Fundo Municipal de Desen-volvimento Econmico e Social e de suas unidades do Maca Facilita e Casa do Empreendedor.

    Maca, 28 de agosto de 2014

    Vandr de Araujo Guimares - PresidenteFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico e Social de Maca - FUMDEC

    Omitido em 18/07/2014

    Estado do Rio de JaneiroPrefeitura Municipal de MacaFundo Municipal de Desenvolvimento Econmico - FUMDEC

    REPRESENTANTES

    Famma realiza eleio na associao do Novo BotafogoFederao diz que votao sinnimode democracia dentro do bairro Marianna Fontesmarifontes@odebateon.com.br

    No ltimo domingo (24), a Federao das Associaes de Moradores do Munic-pio de Maca (FAMMA) realizou mais uma eleio para escolher os representantes de bairro, dessa vez no Novo Botafogo. De acordo com a Famma, do

    total de 694 votos, foi eleita a Chapa trs, representada por Jefferson Silva e Jos Diogo, presidente e vice, respectiva-mente, com 380 votos (54%). Gostaria de agradecer co-munidade pelos votos e dizer que, a partir de agora, ns va-mos correr atrs em busca das melhorias aqui dentro, disse Jeerson.As outras chapas receberam

    199 votos (Chapa dois) e 109 vo-

    tos (Chapa um). Tambm hou-ve seis votos brancos e nulos. Para o presidente da FAM-

    MA, Celso Henrique da Silva, tambm frente da Associa-o de Moradores e Amigos do Bairro Aroeira (AMABA), o comparecimento da popula-o nas eleies de bairro tem se fortalecido a cada dia.Gostaria de parabenizar os

    moradores pela atuao, pelo comparecimento no dia. Isso tambm uma ao de cidada-nia. A eleio foi muito tranqui-la e contou com a presena de 95% da populao eleitora do bairro, frisou.Alm disso, Celso refora o

    pedido para que as associaes de moradores que ainda no realizaram a sua eleio pro-curem a Famma para que isso possa ser feito. Quem tem o

    seu mandato vencido procure a gente para que possamos fazer as novas eleies, nem que seja de chapa nica. importante que isso seja feito para atualizar as atas registradas, pontuou.As prximas eleies agenda-

    das so no Rio Novo, dia 14 de setembro, Planalto da Ajuda, dia 21 de setembro, e Jardim Esperana, em 28 de setembro. Para votar preciso ser maior de 16 anos e apresentar no dia a carteira de identidade e o com-provante de residncia.A sede da FAMMA / AMA-

    BA fica situada na Rua Alci-des Mouro, n 892, Aroeira. As associaes de moradores tm como dever lutar pelos interesses da populao de um determinado bairro, cobrando do poder pblico melhorias em infraestrutura, como, por

    exemplo, sade, lazer, educao, saneamento, segurana, entre outros itens. Em alguns casos, ela tambm desenvolve um pa-pel de incluso com a sociedade, oferecendo cursos e atividades esportivas, que podem ser fru-tos ou no de parcerias.

    BINGO BENEFICENTENeste domingo (31), a FAM-

    MA / AMABA vai realizar um bingo solidrio para arrecadar fundos que sero revertidos em melhorias na estrutura da sede, situada na Aroeira. No espao tambm funciona um salo de festas e atividades es-portivas para os moradores de todo entorno.Alm do bingo, que est pre-

    visto para ter incio s 15 horas,

    tambm ser oferecido um al-moo ao meio-dia. Toda comu-nidade est convidada. Cada cartela do bingo ser vendida pelo valor de R$ 7. Celso ressalta que ela pode

    ser comprada no dia do even-to. Conto com a presena de toda populao e tambm dos representantes das associaes dos bairros, frisou.

    KAN MANHES

    Presidente da Famma, Celso Henrique, luta pela democracia nos bairros de Maca

    Projeto Feira de Cincias encerra nesta semana na rede municipalEDUCAO

    o projeto Feira de Cincias est em fase de encerramento na rede municipal de ensino. A programao comeou, dia 11 de agosto, junto s turmas de Educao Infantil, Ensino Fundamental e Mdio, Edu-cao de Jovens e Adultos e Educao Inclusiva. Uma das unidades que participou foi o Colgio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simo. As experincias apresentadas por cerca de 900 alunos deram destaque a unidade na progra-mao com o envolvimento de 12 alunos da turma de Educao Inclusiva- Eja diurno. Antes de apresentarem o

    tema Uso das plantas medici-nais, os alunos da Eja- Educa-o Inclusiva fizeram pesquisas nas escolas e ambientes em que

    Colgio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simo participou de atividades

    vivem. Diante dos estudos, com-pararam as plantas que conhe-cem e existem nos bairros em que moram, alm dos benef-cios dos chs como camomila, hortel, babosa, canela e capim limo. Na oportunidade, os es-tudantes distriburam sachs diversos produzidos nas salas de aula, que foram alvos de elo-gios dos visitantes. De acordo com a secretria de

    Educao, Lcia Thomaz, a fi-nalidade do projeto incentivar habilidades como concentrao, raciocnio lgico e comunicao oral. Ela lembrou que 395 alu-nos so beneficiados pelo Aten-dimento Educacional Especia-lizado no ensino municipal. O sistema educacional inclusivo do ensino municipal segue a Poltica Nacional de Educa-o Especial na Perspectiva da

    Educao Inclusiva. O objetivo do Atendimento Educacional Especializado (AEE) atender de forma complementar ou su-plementar os estudantes com deficincia, transtornos globais do desenvolvimento, altas habi-lidades/superdotao", contou.Incluso- Os alunos da Edu-

    cao Inclusiva, Maria Helena Fernandes e Jonathan Toledo, se aprofundaram quanto a

    origem das ervas e pontos po-sitivos quanto ao uso para fins teraputicos. Conduzidos pela coordenadora Slvia Martins e pelas professoras Samira Viana e Luciana Silva, o projeto peda-ggico trabalhou com o conte-do de Cincias, mas com nfase em outras disciplinas como Matemtica (grficos), Lngua Portuguesa (interpretao e produo textual), alm da pro-duo das embalagens.Durante a feira, os alunos do

    Ensino Fundamental apresen-taram trabalhos com enfoque no Cuidado com o uso do lco-ol, Obesidade, Deslizamen-to, Vulco e Rob guindaste hidrulico. Segundo a diretora do colgio, Lucy Caldas, a feira render resultados positivos a

    outras atividades. No vamos parar apenas na realizao de feira de cincias, a unidade tam-bm vai se voltar para atividades culturais e cientficas, contou.O projeto Feira de Cincias

    est sob a responsabilidade das coordenadoras de Educa-o Ambiental da Secretaria de Educao, Denise Motta, e de Cincias do Ensino Funda-mental, Martinha Pimentel. A secretria Lcia Thomaz co-mentou que a realizao das feiras de cincias positiva para o contexto educacional. O empenho dos alunos diante da pesquisa cientfica contribui para a descoberta de talentos e de diversas capacidades como senso de investigao e esprito de equipe, disse.

    SECOM

    O projeto Feira de Cincias est sob a responsabilidade da equipe de Educao Ambiental

  • O DEBATE DIRIO DE MACA10 Maca, sexta-feira, 29 de agosto de 2014

    Esporte Nesta sexta-feira (29) o Maca Basquete encara o ASP Club Municipal fora de casa.

    FUTEBOL

    Centro Esportivo Craque do Futuro ser inaugurado at dezembro

    ser inaugurado at de-zembro o Centro Esportivo Craque do Futuro, tendo como organizadores Roberto Possati e Joo Batista, ambos com co-nhecimento do futebol e que j

    A Escolinha de Futebol trabalhar com jovens que tenham idade entre 14 aos 18 anos

    trabalharam com a modalidade. O primeiro local da Escolinha dever ser no bairro do Imburo, em Maca, podendo depois sur-gir em outros bairros. O intuito ser trabalhar com jovens de 14 aos 18 anos.A partir da abertura do Pro-

    jeto, os interessados iro passar por uma avaliao e em sequ-ncia sero indicados a clubes grandes do pas. Logo, o traba-

    lho dos comandantes ser ava-liar e preparar para o mercado nacional do futebol.Segundo o olheiro Joo Batis-

    ta, o projeto estava engavetado e foi decidido colocar em prtica, tendo como principal objetivo formar o cidado, tirar o jovem das ruas atravs do futebol, no o deixando ir para o mundo do crime, mas sim ter um futuro como Neymar.

    JIU-JTSU

    Equipe Joanino conquista medalhas em importante competioO grupo ganhou 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 1 de bronze no evento que rene atletas de todos os pases Maira Abreumairaabreu@odebateon.com.br

    A Equipe Joanino Jiu-Jtsu esteve neste ltimo final de semana em So Paulo, onde foi realizado o Interna-cional Open e pde contar com quatro atletas para lutar com Kimono e sem Kimono. Atra-vs de um bom desempenho, o grupo conquistou 6 medalhas de ouro, 1 de prata e 1 de bronze. O evento organizado pela CBJJ/ IBJJF (Confederao Brasilei-ra de Jiu-Jtsu/ International

    Brazilian Jiu-Jtsu Federation) rene atletas de diversos pases. O faixa roxa Filipe Paes no

    tomou conhecimento dos seus adversrios e derrotou todos, conquistando ouro no absolu-to com kimono, no sbado, j no domingo foi campeo sem kimono no absoluto, faixa ro-xa. O atleta Luan Carvalho foi campeo na categoria peso leve, faixa preta sem kimono. No sem kimono, Diego Generoso ficou com prata, na categoria pesado. Pelo feminino, Eloisa Souto foi campe na faixa roxa da cate-

    goria peso pena sem kimono e ainda levou o terceiro lugar com kimono. Agora os atletas se preparam

    para a prxima competio, o Floripa Open que acontecer no dia 13 de setembro.O atleta Luan Carvalho agra-

    dece aos apoiadores, Labora-trio Hemolabes, American Insight, Academia Vida Ativa, GSoares, Fesportur, Suplepak Suplementos, Mini Mercado Carol e Ju, Faculdade Estcio de S, Barroco Combat, Pizar-ria Elite e ao Jornal O Debate.

    DIVULGAO

    Dois dos quatro atletas que obtiveram bom resultado na competio, o faixa preta Luan Carvalho e a faixa roxa Eloisa Souto

    CONFRONTO

    Maca Basquete enfrenta o Municipal fora de casa pelo Estadual Sub-19

    na luta pelo bicampeonato estadual juvenil, o Maca Bas-quete tem mais um desafio pela frente nesta sexta-feira (29). O time do tcnico Pablo Costa vai at o Rio de Janeiro para en-frentar o Municipal, s 19h, pelo returno da competio. No jogo de ida, na Capital do Petrleo, o Maca venceu por 73 a 59, no dia 18 de maio.Um dos principais jogadores

    do time o armador Joo Pedro, de 18 anos, e que j foi convoca-do para a seleo brasileira ju-

    Partida ser realizada no ginsio do Municipal, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, s 19h

    venil. Para ele, a oportunidade de treinar com atletas do time adulto ajuda no desenvolvimen-to, e faz o time mais forte. - A gente est se preparando

    bastante, estamos treinando em dois perodos fortes, e fa-zendo academia forte. Fisica-mente estamos preparados e taticamente, estar treinando com o sub-22 e jogando o Ca-rioco no adulto, isso desen-volve bastante o time e faz a gente aumentar de nvel. Com isso facilita bastante o nosso trabalho para buscar o ttulo do Estadual - disse Joo Pedro. Restando quatro jogos para

    o fim da fase classificatria, o AMB venceu 11 partidas e per-deu apenas uma vez, para o l-der Flamengo, fora de casa. Os

    dois times se enfrentam no dia 6 de setembro, no Juquinha, em jogo que pode valer a liderana do campeonato. J o Municipal venceu seis vezes e perdeu ou-tras sete.

    SUB-19

    Campanha do Maca

    TURNO MACA 108 X 30 JACAREPAGU

    BOTAFOGO 47 X 80 MACA

    MACA 72 X 47 ABIG

    FLUMINENSE 43 X 69 MACA

    MACA 60 X 50 TIJUCA

    MACA 73 X 59 MUNICIPAL

    FLAMENGO 70 X 66 MACA

    MACA 95 X 61 VASCO

    RAPHAEL BZEO / MACA BASQUETE

    No jogo de ida, na Capital do Petrleo, o Maca venceu por 73 a 59, no dia 18 de maio

    NOTA

    Jornal 29-08-2014 (01)Jornal 29-08-2014 (02)Jornal 29-08-2014 (03)Jornal 29-08-2014 (04)Jornal 29-08-2014 (05)Jornal 29-08-2014 (06)Jornal 29-08-2014 (07)Jornal 29-08-2014 (08)Jornal 29-08-2014 (09)Jornal 29-08-2014 (10)