NBR 07173 - Blocos Vazados de Concreto Simples Para Alvenaria

  • Published on
    28-Dec-2015

  • View
    47

  • Download
    4

Transcript

  • Copyright 1982,ABNTAssociao Brasileirade Normas TcnicasPrinted in Brazil/Impresso no BrasilTodos os direitos reservados

    Sede:Rio de JaneiroAv. Treze de Maio, 13 - 28 andarCEP 20003-900 - Caixa Postal 1680Rio de Janeiro - RJTel.: PABX (021) 210 -3122Fax: (021) 240-8249/532-2143Endereo Telegrfico:NORMATCNICA

    ABNT-AssociaoBrasileira deNormas Tcnicas

    Palavra-chave: Bloco de concreto 3 pginas

    NBR 7173FEV 1982Blocos vazados de concreto simplespara alvenaria sem funo estrutural

    SUMRIO1 Objetivo2 Documentos complementares3 Definies4 Condies gerais5 Condies especficas6 Inspeo7 Aceitao e rejeio

    1 ObjetivoEsta Norma fixa as caractersticas exigveis no recebimentode blocos vazados de concreto simples, destinados exe-cuo de alvenaria sem funo estrutural.

    2 Documentos complementares

    Na aplicao desta Norma necessrio consultar:

    NBR 7184 - Blocos vazados de concreto simples paraalvenaria sem funo estrutural - Mtodo de ensaio

    NBR 7211 - Agregados para concreto - Especificao

    3 Definies

    Para os efeitos desta Norma so adotadas as definies de3.1 a 3.6.

    3.1 Bloco vazado

    Elemento de alvenaria cuja seo transversal mdia til se-ja inferior a 75% da seo transversal bruta.

    3.2 Seo transversal bruta

    rea total da seo transversal do bloco.

    3.3 Seo transversal til

    rea da seo transversal do bloco, descontadas as reasvazadas.

    3.4 Dimenses nominais

    Dimenses dos blocos, indicadas pelos fabricantes.

    3.5 Blocos modulares

    Blocos com dimenses coordenadas, para a execuo dealvenarias modulares, isto , alvenarias com dimensesmltiplas do mdulo M = 10 cm.

    3.6 Dimenses coordenadas

    Dimenses dos blocos destinados execuo de alvenariasmodulares. As dimenses coordenadas so dimenses ml-tiplas do mdulo M = 10 cm ou de submdulos M/2 e M/4,diminudas em 1 cm, que corresponde espessura mdiada junta de armagassa.

    4 Condies gerais

    4.1 Especificao

    4.1.1 As dimenses reais que os blocos modulares e sub-modulares devem atender esto apresentadas na Tabela.

    Origem: Projeto EB-50/1974CB-02 - Comit Brasileiro de Construo CivilCE-02:003.04 - Comisso de Estudo de Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto

    Especificao

  • 2 NBR 7173/1982

    Tabela - Dimenses reaisUnid.: cm

    Designao Largura Altura Comprimento

    (Blocos de 20 cm nominais) 19 19 3919 19 29

    M-20 19 19 1919 19 919 9 19

    (Blocos de 15 cm nominais) 14 19 3914 19 34

    M-15 14 19 2914 19 19

    (Blocos de 10 cm nominais) 9 19 399 19 299 19 19

    M-10 9 19 149 19 99 9 19

    4.1.1.1 Estas dimenses devem ser verificadas compreciso de 0,5 mm.

    4.1.2 As tolerncias permitidas nas dimenses dos blocos,indicadas na Tabela, so de + 3 e - 2 mm.

    4.1.3 A espessura mnima de qualquer parede de bloco deveser de 15 mm.

    4.1.4 Os blocos devem ser fabricados e curados porprocessos que assegurem a obteno de um concretosuficientemente homogneo e compacto, de modo a atendera todas as exigncias desta Norma, e devem sermanipulados com as devidas precaues para no teremas suas qualidades prejudicadas.

    4.1.5 Os blocos devem ter arestas vivas e no devemapresentar trincas, fraturas ou outros defeitos que possamprejudicar o seu assentamento ou afetar a resistncia edurabilidade da construo.

    4.1.6 Os blocos destinados a receber revestimento devemter uma superfcie suficientemente spera para garantir umaboa aderncia, no sendo permitida qualquer pintura queoculte defeitos eventualmente existentes no bloco.

    4.1.7 Os blocos destinados execuo de alvenaria aparenteque no recebero revestimento, no podem apresentartrincas, lascas ou pequenas imperfeies na face que ficarexposta.

    4.1.8 Por ocasio do pedido de cotao de preos, o com-prador dever indicar o local da entrega do material, bemcomo dimenses e tipo dos blocos desejados.

    4.1.9 Para fins de fornecimentos regulares, a unidade decompra o bloco.

    4.2 Materiais

    4.2.1 O concreto deve ser constitudo de cimento Portland,agregados e gua.

    4.2.1.1 Ser permitido o uso de aditivos, desde que noacarretem efeitos prejudiciais devidamente comprovadospor ensaios.

    4.2.2 Somente cimentos que obedeam s especificaesbrasileiras para cimento, destinados preparao de con-cretos e argamassas, so considerados nesta Norma.

    4.2.3 Os agregados podem ser areia e pedra, de acordocom a NBR 7211, ou escrias de alto forno, cinzas volantes,argila expandida ou outros agregados leves que satisfaams especificaes prprias a cada um desses materiais.

    5 Condies especficas

    5.1 Condies impostas

    A amostra submetida aos ensaios, de acordo com aNBR 7184, dever satisfazer aos limites indicados abaixo:

    a) resistncia compresso (valores mnimos):

    - mdia: 2,5 MPa;

    - individual: 2,0 MPa;

    b) umidade:

    - no momento da entrega ao laboratrio, os blocosno devero apresentar umidade superior a 40%da quantidade de gua fixada como absoromxima;

  • NBR 7173/1982 3

    c) absoro (valores mximos):

    - mdia: 10%;

    - individual: 15%;

    d) os ensaios previstos nas alneas b) e c) no seronecessrios quando os blocos destinarem-se exe-cuo de alvenarias no expostas s intempriesou umidade, cabendo ao comprador indicar clara-mente quando este ensaio no deve ser exigido.

    6 Inspeo

    6.1 Amostragem

    Efetuando o fornecimento, ou no decorrer deste, cabe aocomprador ou seu representante legal:

    a) verificar se os blocos satisfazem s condies des-critas em 4.1.4 a 4.1.7;

    b) colher, para fins de ensaio, blocos inteiros de tama-nho natural, fornecidos gratuitamente, que consti-tuiro amostra representativa de todo o lote do qualforam retirados;

    - para fornecimento de at 10000 blocos, a amostrarepresentativa mnima deve ser de 10 blocos;

    - para fornecimento maior que 10000 blocos, a quan-tidade de blocos que constitui a amostra represen-tativa deve ser obtida acrescentando-se quanti-dade de 10 blocos a parte inteira do quociente dadiviso da quantidade total de blocos por 10000.

    Exemplo: Fornecimento de 55000 blocos - aamostra representativa ser de

    10 blocos + 5500010000

    blocos = 15 blocos

    c) marcar as amostras para facilidade de identificao,as quais sero, posteriormente, remetidas a um labo-ratrio para execuo dos ensaios de recebimentoprescritos nesta Norma. As marcas de cadaespcime no devem cobrir mais de 5% da reasuperficial do bloco.

    6.2 Ensaios

    6.2.1 Da amostra representativa recebida pelo laboratrio,metade dos blocos deve ser submetida ao ensaio de com-presso e a outra metade, aos ensaios de absoro e umi-dade.

    6.2.1.1 Caso a amostra representativa forme um nmerompar de blocos, a maior quantidade de blocos ser destinadaao ensaio de compresso.

    6.2.2 Em cada um dos blocos da amostra representativa,devem ser verificadas as dimenses indicadas em 4.1.1 e4.1.3, que devem estar dentro das tolerncias indicadas em4.1.2.

    6.2.3 Os blocos ensaiados absoro so os mesmos quesero ensaiados quanto umidade.

    7 Aceitao e rejeio

    7.1 Simplesmente, vista dos resultados da inspeo daalnea a) e na verificao das dimenses indicadas em 6.2.2o comprador pode rejeitar total ou parcialmente o forne-cimento, independentemente dos ensaios.

    7.2 Se os resultados da inspeo de que trata 7.1 conduzi-rem recusa de 20% ou mais dos blocos de fornecimento,este poder ser rejeitado em sua totalidade, sendo, todavia,facultado ao fornecedor, apresentar novamente, para rece-bimento, parte do fornecimento recusado, por ele escolhidoe separado, no prprio local da entrega.

    7.2.1 Para os blocos previstos em 4.1.7, o fornecimento se-r recusado, quando mais de 5% dos blocos de fornecimentono atenderem ao exigido.

    7.3 Ao comprador compete cotejar, para cada fornecimento,os resultados colhidos na inspeo e nos ensaios de rece-bimento, com as exigncias desta Norma (ver Captulo 5).

    7.4 Caso todos os resultados satisfaam a estas exigncias,o fornecimento deve ser aceito.

    7.5 Caso os resultados no satisfaam s exigncias deresistncia compresso (valor mnimo) mdia de 2,5 MPaa absoro (valor mximo) mdia de 10%, ou mais da meta-de dos resultados individuais no satisfaam s exignciasde resistncia compresso (valor mnimo) individual de2,0 MPa e absoro (valor mximo) individual de 15%, ofornecimento ser rejeitado.

    7.6 Caso menos da metade dos resultados individuais nosatisfaam s exigncias de resistncia compresso (valormnimo) individual de 2,0 MPa e absoro (valor mximo)individual de 15%, deve-se proceder da seguinte maneira:

    a) ser retirado do mesmo fornecimento uma amostrarepresentativa, igual ao dobro da que foi anteriormenteextrada, que ser novamente submetida aos ensaiosprevistos nesta Norma;

    b) caso todos os resultados desta nova amostra satis-faam a todas as exigncias do Captulo 5, o forne-cimento deve ser aceito;

    c) caso um ou mais resultados no satisfaam a taisexigncias, o lote deve ser rejeitado.

    licenca: Cpia no autorizada

Recommended

View more >