Naes Unidas - Enredo Carnaval 2015

  • Published on
    01-Apr-2016

  • View
    216

  • Download
    4

DESCRIPTION

Enredo do Grmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Naes Unidas para o Carnaval 2015 com o tema "Da criao do Universo da vida. Por um mundo melhor: preservar a sada"

Transcript

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    Sinopse do Enredo

    Da criao do Universo aos elementos da vida. Por um mundo melhor: preservar a sada

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    APRESENTAO Em meio tantas mudanas que a Naes Unidas passa nos ltimos anos, sejam elas internas e externas, as conquistas e superaes so notrias, porm quando falamos em mudanas e renovaes temos ao lado alguns problemas e dificuldades. A cada ano, a cada carnaval a comunidade azul e branco se supera cada vez mais, afinal, no to simples quanto parece elaborar um dos maiores espetculos da cultura brasileira, tudo isso por amor, ao samba e escola, passando por cima de todos os problemas para colocar na avenida um Carnaval que tenha a cara da Naes, ou seja, o Carnaval da Campe do Povo! Foi a partir da garra, muito trabalho duro, e a perseverana que todos os seus componentes, colaboradores, dirigentes e amigos da escola tem por determinao em usar para solucionar suas dificuldades, no carnaval de 2015, o "G.R.C.S.E.S. Naes Unidas" abraa e leva para a avenida um tema atual, um problema mundial, um assunto necessrio, que exige urgncia, o qual atravs de simples gestos e aes pode ser minimizado ou at, quem sabe, ser solucionado. Assim como as dificuldades e problemas que a escola j enfrentou ao longo de sua histria. Porm com unio e muita luta foram resolvidos, afinal quem sangue azul no desiste: insiste, persiste e almeja sempre um novo dia. Precisamos entender que a humanidade desde os primeiros habitantes sempre teve necessidade do ar puro para respirar, da gua potvel para beber e usufruir nas necessidades domesticas, da terra para pisar, fincar seu lugar, e plantar o seu prprio alimento, e do fogo para gerar energia, e por outro lado aquecer, seja o corpo ou o seu alimento. Todos esses elementos esto interligados, um necessita do outro, e o homem por sua vez no vive sem todos esses recursos em harmonia. Essa expresso refere-se ao que seria essencial vida humana no Planeta Terra, que a nossa casa, o nosso territrio e onde a vida acontece, at onde o sabemos, de forma nica em todo o Universo conhecido.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    Com o passar do tempo todos esses recursos vem sido castigados, pela mo, e pelas mquinas do prprio homem, que usufrui diariamente desse bem natural, formam ento os quatro elementos: Terra, gua, Fogo e Ar, so foras do equilbrio que ostentam o poder, eis a balana ancestral que sustenta a inexplicvel mgica do viver, a poesia da vida. Sem freio, fora do prumo, que corre num trilho sem direo. Nossos rios e mares poludos, os peixes que pra muitos so sustento e alimento, esto ficando escassos, sem contar no ar que a cada pesquisa, coletam apenas rudos de sujeira e doenas. Mas ser que no sabemos o que estamos fazendo com o Planeta Terra? O relgio do tempo est cada vez mais veloz, as engrenagens, a mquina do homem. Ser que nossa viso to pequena e estreita que no conseguiremos deter este cenrio de destruio que nos afeta a todos? Vivemos em um tempo de grandes avanos tecnolgicos, que facilita conhecer e preservar, e mesmo assim deixamos de lado nossa preocupao com o bem estar da natureza, aquela que sempre nos abrigou, uma verdadeira Me. Tudo parece fcil e acessvel e por vezes estabelecemos metas inatingveis. A natureza se revolta como um mar que transborda, o fogo que se alastra impiedoso, o ar que sufoca. Diariamente somos alertados atravs das mudanas naturais, porm o homem com sua ganncia e seu poder de destruio parece no ter limites. Por vezes se redime e reinventa, busca em seu interior a conscincia para construir um mundo novo na esperana de que a nossa casa seja sempre verde e para todo o sempre, alimente nosso viver! H atos simples que podem ser revistos, outras propostas de organizao das cidades, h outros modos de se obter qualidade de vida, e manter a natureza da melhor forma possvel. hora de compreender que: Sustentabilidade preciso! O ser humano tem a fora da mudana. E neste carnaval, a Naes Unidas canta em forma de orao a nossa promessa de vida e de felicidade, para dar incio nessa contribuio na soluo para um mundo melhor!

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    Nosso carnaval tem por objetivo fazer um alerta, fazer com que o homem perceba o mal que est fazendo pra si mesmo e principalmente para a Me Natureza. Nosso clama por conscincia. Praticamente um grito de socorro! Um clamor no sentido da esperana, para que os homens abram os olhos e possam estabelecer fronteiras saudveis e garantir o bem estar das futuras geraes! assim que vamos superar o impossvel e realizar a nossa misso. Avante comunidade Sangue Azul!

    Michael Hermann, autor do enredo

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    HISTRICO DO ENREDO Em fora e luz explode a imensido... Do big bang, breu do caos que a ordem se fez, espalhou-se bilhes e infinitas estrelas na imensido sem fim. Dentre elas, lanado ao lu o brilho da criao, resplandece a mais bela obra de todos os tempos, fulgurando como ris azul nos olhos do universo, o nosso planeta Terra, a poesia da vida, prestes a descrever sua trajetria sistemtica repleta de luz e regida pelo poder de quatro elementos: gua, terra, fogo e ar. Estava assim estabelecido o equilbrio, a balana ancestral que sustenta a inexplicvel mgica do viver. Da evoluo das espcies, molculas se fundem, fonte que jorra a vida e atravessa o tempo, ungido pela capacidade do pensamento, surge o homem, ser que reina sobre as criaturas, com o poder de criar, de decidir o presente e o futuro, de construir ou destruir, o direito e o esquerdo, de escolher o verso e o reverso, os dois lados da mesma moeda, ou o bem e o mal. Hoje, no mundo contemporneo, os diferentes povos tm seus modos, instrumentos e veculos de sobrevivncia, e no h primitividade ou evoluo neste mgico mundo onde no lembramos mais, ou no h interesse em saber o incio da vida, a criao do nosso Universo. Essa rica e bela diversidade de pensamentos ou diferentes modos de vida, possibilitou compreender que no preciso ser unvoco num universo to plural e que cada folha movimenta-se na direo em que assopra o vento. Cincias e mitos perceberam que os quatro elementos naturais, tm profunda relao com a vida, essencialmente com vidas humanas, e para a educao ambiental, extremamente necessria nos tempos atuais e que possui uma funo indissocivel da garantia do futuro.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    Compreendendo inclusive a literatura que nos revela os quatro elementos que esto inseridos nas mais diversas culturas, onde podemos observar em cada uma a presena de tantos outros elementos naturais, porem sempre respeitando esses primordiais.

    O amor gua que renasce

    grande e capaz A separao

    terra em labirintos rpida e atroz

    A saudade

    fogo que queima lento e voraz

    O tempo ar que machuca

    fundo e feroz

    (Michle Sato & Jiddu Saldanha) O elemento Terra oferece-nos a sua estrutura, o planeta, a matria da qual o corpo se constitui, simboliza a dualidade do trabalho e repouso, representa a firmeza para a sada do intricado labirinto, ou da obscura caverna, pe o sonhador em movimento. A terra o retorno, e onde acontece nossos enraizamentos, sentimos sua fora sutil de onde tiramos o sustento, tanto para a carne, como para o esprito. Nela firmamos os ps e sonhamos com reinos de abundncia, terras da utopia, amores e conquistas. Neste generoso cho cria-se os animais, pssaros, e todos os seres de grande riqueza do reino de nossas maravilhosas florestas, infinitos tipos de vegetaes, e grande diversidade em plantas, e at mesmo algumas de poderes curativos. A Terra um ser sensvel. Onde o homem for generoso com ela, ela o ser com ele. A terra somos ns, seres nicos terrestres, as pessoas, os animais, as plantas, e sem ns e os animais a terra seria completamente vazia e sem sentido.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    E ns brasileiros precisamos compreender o quanto antes o quo grande nossa responsabilidade em preservar nossas riquezas e mostrar ao restante do mundo que no somos os nicos responsveis com a qualidade de vida da humanidade. Cabe a ns fazer nossa parte e manter vivo as reservas de gua doce para as futuras geraes alm de preservar o pulmo do mundo: a Amaznia! Quando contemplamos a gua vemos que ela est em ns, essencial e fonte da vida, purificadora, em todos os continentes, evocada em quase todas as religies, seja nas cerimnias de batismo, nos banhos sagrados ou na gua benta, tambm o espelho universal do interior. O elemento gua acrescenta vitalidade, poder de crescimento, regenerao e reproduo. Est em toda parte e cobre quase todo o Globo, ocupa 70% da superfcie da Terra. Sem a gua no haveria possibilidade de vida na terra, portanto preciso compreender e preservar nosso Planeta Azul, para que ele continue a ter vida e ser um ambiente agradvel a todos. atravs das guas que os pescadores buscam na imensido dos rios e mares, seu sustento. Onde os peixes so alm do seu principal alimento, a fonte principal de sua renda. Em muitos casos, conta-se que para se proteger da ao dos destruidores, os ribeirinhos amaznicos fazem emergir das matas uma serpente gigante que protege as guas do lugar. A gua fonte principal de vida, mas todo cuidado pouco, pois em excesso ela pode nos afogar. Por sua vez, o Fogo nos remete aos tempos imemoriais. O fogo somos ns, visto que uma mistura de substncias, o fogo conhecido por sua energia, e ns somos compostos de energia. Ele foi importante arma para dominao do mundo. Atravs dele pudemos cozinhar, conservar os alimentos, se aquecer e se proteger das ameaas dos demais animais.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    O fogo tambm pode ser visto como o Sol, e o calor do sol que faz germinar e crescer as plantas e as rvores. a energia que simboliza o acender e apagar do ser humano, conforme as transformaes dos ritmos, paixes sexuais e poderes. Apesar da sua fora, por vezes indomvel, ele nos inspira calor e proteo. Ele a transformao, o pai da alquimia, queimando o que foi e fazendo o que ser, em outra substncia, em outra dimenso. O fogo roubado representa atrao e repulso; renovao e destruio; medo e poder. Ao simbolizar a vertente espiritual do ser humano, o fogo se torna transformador e transmutador, e representa que somos os nicos seres que alcanam a conscincia do seu processo de envelhecimento e, posteriormente, a experincia da morte, como uma Fnix, pssaro que tem o poder da Renovao, renascendo das cinzas. E como explicar a imaginao sobre os vulces, nada mais do que uma montanha diferente, sem pico, mas com um buraco no topo e que, de tempos em tempos, cuspia fogo como os drages? Fechando o ciclo temos o Ar, entre os elementos seja talvez o mais delicado por ser o menos visvel, porm o mais presente em nossas vidas. No homem, implementa o movimento de renovao: o processo de respirao que transporta o oxignio, essencial sobrevivncia e reproduo das clulas. O Ar eleva o ser humano alm do mineral e do vegetal, recordando-nos que a terra to mais frtil, quanto mais arejada pelos ventos que nela circulam. Respiramos desde que nascemos e a atmosfera uma massa de ar que nos liga, seres humanos, uns aos outros, onde quer que estejamos. O elemento tambm grande responsvel pelas mudanas climticas. Ele o elo de ligao entre os mundos visvel e invisvel. Os ventos desconhecem as fronteiras e a brisa pode antecipar os furaces. Na realidade s podemos criar, quando nos libertamos do velho e j estabelecido, para aceitar as novas formas de pensar, ser e estar. O Ar nos liberta das formas, e no vo das asas, devolve a essncia dos sonhos.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    No relgio do tempo, o tempo no para! Ele no soma as horas a nosso favor, ao contrrio, ele subtrai mais e mais as nossas chances. O progresso alcana e pende a balana, o peso da degradao. O mundo cresce sombra da ganncia e com ele se desfaz a esperana e aumenta a carncia .O mundo se move, a mquina do homem, fruto da evoluo que acelera sem freio, fora do prumo, que corre num trilho sem direo. No caminho da construo do futuro, na busca de um mundo novo, trava-se um duelo de tits, crescer e existir, recomear e buscar o progresso aliado ao bem viver, porm sem vencedor ou vencido. Hoje, sofremos as consequncias e pagamos o alto preo do progresso. Temos que cuidar do mundo, e reconhecer que cuidar do mundo cuidar da nossa casa, nosso lar. Ser humano cuidar de tudo e todos. zelar pelo que existe e permitir as futuras geraes uma herana digna. Que possamos atravs dos elementos gua, Terra, Fogo e Ar inspirar para a preservao. No poluir, e sim consumir e reciclar. No destruir, no desmatar e sim, reflorir, plantar e colher conscientemente para ser a semente a brotar e ver o mundo se alimentar. As pequenas aes de cada um, vo fazer toda a diferena, vo refletir em bilhes de pessoas a preservar a esperana, fazer do futuro o nosso presente, um presente que se quer dar. Ser mesmo que nossa viso to pequena que no conseguiremos deter este cenrio de destruio que tanto nos afeta? Faamos esse grito de alerta. O planeta agoniza e a natureza cobra a sua ordem e reclama atravs de sua revoltas como um brado que transborda, que se aquece e que sufoca, devolvendo ao homem seu troco ao desequilbrio provocado por ele. Ainda tempo de recuperar o tempo perdido, h uma luz no fim do tnel. Basta que possamos trazer esse despertar da conscincia, para que os humanos se redimam e busque se reinventar na busca de sua verdadeira vocao coletiva na construo de um mundo novo.

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    "Semear idias ecolgicas

    e plantar sustentabilidade ter a garantia de colhermos

    um futuro frtil e consciente!"

    (Sivaldo Filho) preciso parar e pensar no amanh de nossa existncia, a superao transcende o eu isolado, refletir e racionalizar para deixar a natureza seguir seu curso pois ela sabe se renovar. H outras fontes de energia sustentveis, outras propostas de organizao das cidades, h outros modos de se obter qualidade de vida, temos que nos impedir de alterar a ordem, nos redimir para recomear e para sermos salvos, salvar. Preservao ambiental feita para beneficiar o homem e a natureza, e fazer com que os dois vivam em harmonia, para no comprometer os recursos naturais das geraes futuras. Vivemos num tempo acelerado, onde tudo se resume numa foto, a comunicao reduziu as distncias, os sistemas de informao colocam o mundo em tempo real em todos os lugares. Somos tomados pela ansiedade e pelos buracos negros da depresso e tem horas que no vemos luz no fim do tnel, e deixamos passar despercebido as chances que temos de fazer a diferena. O alerta geral, e vem despertar a conscincia dos homens e trazer um pensamento puro, de um viver melhor para construir um mundo novo, com os olhos no futuro, coraes e mentes por todo o Planeta Terra colocam suas foras em busca de solues e sadas, e desejam inverter o quadro onde se aponta uma volta ao caos inicial, agora causado pela mo do homem, com sua ganncia, seus olhos de ambio, e seu poder de destruio.

    A vida da terra depende da vontade humana. A terra ser o que os homens nela faro.

    Ns vivemos, desde agora, este momento histrico decisivo da evoluo terrestre.

    (Rudolf Steiner)

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    Ao trazer para a Passarela do Samba o enredo Da criao do Universo aos elementos da vida. Por um mundo melhor: preservar a sada, A Naes Unidas, parte da criao do Universo atravs dos quatro (4) elementos para fazer uma ponte com a realidade atual. Onde presenciamos uma verdadeira batalha do bem contra o mal, assistindo a fora e luta da me natureza, contra a destruio dos seus maiores bens, causado pelo prprio homem, que deveria preservar tudo para nosso melhor bem estar. Fazemos nessa oportunidade um tenta alerta: ainda h uma ltima chance de mudar! Desta forma que hoje, atravs do espetculo do carnaval, utilizamos o samba para inspirar mentes e coraes, abrindo alas para um mundo novo. Nosso cantar traz um olhar sobre o que correto, sensato e humano, aquilo que sai do corao como um pensamento puro para alcanar a conscincia dos homens, alm de suplicar pela paz entre os povos. Abram-se as cortinas do espetculo. Est chegando a mais querida, embalada na cadncia da Bateria Sangue Azul! Que o amor ao prximo seja compartilhado com o olhar no futuro, pensando na forma de viver melhor, sair dos impasses ambientais, realizar um carnaval sustentvel, com a fora da mudana, em forma de orao a quem nos d a oportunidade de viver, com carinho, nossa luz, brilhando no espao, a nossa promessa de vida e de felicidade. Afinal o lugar em que habitamos, que cultivamos, onde criamos nossos filhos, onde celebramos a vida com festa, com alegria e, sobretudo, com o carnaval! Chegou Naes! O fogo que nos aquece. A agua que nos renova. O ar que respiramos. A terra que nos alimenta. Nosso corao a palpitar!

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    IMAGENS ILUSTRATIVAS

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    REGULAMENTO 1. Podero participar do concurso os compositores da ala de compositores da Escola e compositores convidados, sem nenhuma restrio, bastando ao interessado estar em conformidade ao regulamento aqui descrito. 2. Cada compositor poder somente inscrever uma composio. "sugerimos" que cada composio (parceria) tenha no mximo 05 (cinco) compositores e que o samba tenha no mximo 29 (vinte e nove) linhas. 3. Todas as composies apresentadas para a inscrio devero ser inditas, tanto na melodia, como na letra. As composies no podem conter plgios ou adaptaes. 4. No dia 05 de agosto Na quadra da Escola, haver reunio entre o carnavalesco e os compositores interessados em saber mais detalhes sobre o enredo. 5. Estaro aptos a participar das eliminatrias os sambas entregues at o dia 29 de agosto em nossa quadra no endereo abaixo citado at as 21:00 horas com excees. 6. Os sambas devero ser entregues Escola da seguinte forma: 1 CD de qualidade e 10 folhas com a letra do samba e descrio/identificao de seus compositores, bem como a ficha de inscrio e declarao de propriedade assinada por todos os compositores. 7. Caber aos compositores cuidar da apresentao, sendo de sua responsabilidade a escolha dos intrpretes bem como o acompanhamento harmnico (cavaco e violo). 8. Estaro disposio dos intrpretes 04 microfones, que podero ser ajustados conforme suas necessidades. 9. No dia 06 de setembro com inicio as 17:00 hs ocorrer a apresentao obrigatria de todos os sambas concorrentes obedecendo a ordem de sorteio realizada no mesmo dia. 10. As eliminatrias ocorrero nas seguintes datas: 1 ELIMINATRIA 13 de Setembro inicio as 17: 00 horas 2 ELIMINATRIA 20 de Setembro inicio as 17: 00 horas Apresentao dos sambas finalistas e GRANDE FINAL: dia 27 de Setembro inicio as 17:00 horas

  • GRMIO RECREATIVO CULTURAL E SOCIAL

    ESCOLA DE SAMBA NAES UNIDAS

    Sede: Avenida das Naes Unidas, 610/620. Vila Nova - Cubato - So Paulo - CEP: 11525-130

    O meu manto azul e branco, minha alma verdadeira. D a volta por cima, sacode a poeira. So muitos anos de glrias da mais querida. Eu tenho orgulho de ser da Naes Unidas...

    PREMIAO: 2. 000,00 para samba vencendo. 11. O no comparecimento em qualquer uma das fases implicar na eliminao sumria. 12. O sorteio da ordem de apresentao ser feita sempre ao final da eliminatria anterior, podendo haver trocas de ordem atravs de comum acordo entre os compositores, com a anuncia da comisso julgadora. 13. Declarado vencedor, o samba passa a ser propriedade da NAES UNIDAS, inclusive os direitos de gravao, comercializao, direitos autorais, etc. 14. A NAES UNIDAS reserva o direito de promover alteraes que julgar necessrio no samba vencedor, procurando comum acordo com o compositor. 15. A escolha dos intrpretes para a gravao do CD e para a interpretao na avenida de responsabilidade nica e exclusiva da escola. A definio do samba vencedor no implica em dizer que seus intrpretes sero aqueles que faro a gravao, nem tampouco que sero seus intrpretes oficiais durante o desfile da escola. INFORMAES COMPLEMENTARES a) O jri ser composto por membros indicados pela presidncia da escola. b) Casos omissos neste regulamento sero resolvidos pela direo da escola. c) As datas indicadas, bem como os itens deste regulamento, podero ser alterados, se necessrio, pela comisso organizadora. d) Sem cometer o erro de direcionar a inspeo de cada um, sugerimos que o samba tenha carter popular, que seja alegre e de fcil entendimento e consequentemente, fcil para cantar. Temos conosco que a Escola ter um grande samba sendo o incio de um grande carnaval. Confiamos vocs esta grande misso. BOA SORTE !!! E que Deus ilumine a cada um juntamente com vossa inspirao.

    Joo Bispo dos Santos Presidente