Modelo CONCRETO ARMADO (Apenas Para Entendimento)

  • Published on
    29-Nov-2015

  • View
    17

  • Download
    4

Transcript

CONCRETO ARMADO Aula 2 CARREGAMENTOS.As cargas atuantes nas lajes so de natureza permanente e de natureza acidental. Os valores dessas ltimasso indicadas pela NBR-6120.As cargas de natureza permanente que atuam nas lajes so compostas basicamente por:compostas basicamente por:- Peso prprio da laje;- Peso da regularizao; - Peso do enchimento;- Peso do revestimento;- Peso das alvenarias sobre as lajes.Obs.: Quando o carregamento das paredes so aplicados diretamente sobre as vigas, so considerados lineares. Quando aplicados sobre as lajes, os mesmos so distribudos sobre sua superfcie, tornado-se superficiais.Cargas de natureza acidental, de acordo com a NBR-6120

Espelho d gua: necessrio verificar a espessura do colcho, pois o peso especfico d gua 1000 kgf/ m; caso o colcho tenha espessura de 50 cm, devemos considerar a carga acidental igual a 500 kgf/m.Cargas de natureza acidental, de acordo com a NBR-6120 (continuao)

Os carregamentos superficiais de natureza permanente so estimados em funo da volumetria dos elementos que constituem a edificao.No caso dos carregamentos superficiais, interessa na avaliao, os elementos horizontais que compe as lajes e revestimentos.O carregamento superficial obtido pelo produto das espessuras dos elementos, pelo peso especfico (m) dos materiais que os constitui.q = hixm (tf / m2 )

Alvenaria de tijolos baianos 1,1 tf/m 3 = 10 Kgf/m 3Alvenaria de blocos de cimento 1,3 tf/m3 = 1300 Kgf/mAlvenaria de tijolos de barro 1,8 tf/m3 = 1800 Kgf/mArgamassa (cimento e areia) 2,1 tf/m3 = 2100 Kgf/mTijolo baiano Tijolo de barro Tijolo de barroBloco de cimentoSo obtidos do volume de um cubo que tem a projeo de 1,0m por 1,0m:Exemplos, para dois volumes de concreto armado, com m = 2500 kgf/m3 :

So obtidos do volume de uma parede que tem a extenso de 1,0m, espessura b e altura h , confeccionada com tijolos que tm um pesoExemplo: h = 3,0 m-parede de alvenaria de tijolo baiano -espessura b = 0,2 m-peso especfico m , 10 kgf/m 3

EXEMPLO 1-Calcular o carregamento superficial em uma laje, que serve como piso de sala de aula em uma escola, considerando-se:Peso prprio da laje.Contra-piso de 100 Kgf/m 2Revestimento do piso de 50 Kgf/m 2Alvenaria sobre a laje, com 15 cm de espessura e 2,80 m de altura. A Alvenaria sobre a laje, com 15 cm de espessura e 2,80 m de altura. A distribuio feita conforme projeto. O material de tijolo baiano.Carga acidental: 300 Kgf/m 2Corresponde somatria de todas as cargas permanentes + carga acidental.+ q =tf/m

Estimativa da espessura da lajePara iniciarmos o clculo dos carregamentos precisamos definir a espessura das lajes.A espessura das lajes ser h = 2,5% l = (2,5/100)*l,sendol, o menor vo de clculo.Aps calcularmos a espessura de todas as lajes, determinamos uma espessura mdia, ou seja: h mdio = (h1+h2+hn)/ n lajes, o valor obtido dever

ser arredondado para um numero inteiro, que ser adotado como espessura padro para todas as lajes,adotado como espessura padro para todas as lajes, exemplo: se no clculo de h= 7,3 cm adotaremos 8,0 cm. Caso tivesse dado 8,8 cm, adotaramos 9 cm.Obs.: a espessura mnima das lajes, de piso de concreto armado macio, recomendada pela NORMA, ser h = 7 cm.Cargas permanentes:1.Peso Prprio: g p = h (espessura da laje) xPeso EspecficoExemplo: Peso Especifico do Concreto Armado = 2,5 tf/m h = 8 cm = 0,08 metrosCalculando teremos:2. Contra-Piso: g cp = camada de argamassa colocada sobre a laje aps a sua concretagem que tem por finalidade promover a regularizao da laje para o assentamento dos pisos.Na falta de definio com relao espessura, adotar o valor de: 100 kgf / m = 0,10 tf/m.Na dificuldade de se prever qual o tipo de piso que estar sendo utilizado como acabamento dosqueestar sendo utilizado como acabamento dos imveis durante a sua vida til, adota-se o valor de 50 kgf / m, que corresponde ao assentamento de um piso de pedra com 2 cm de espessura.4. Alvenaria sobre a laje: g alv = (peso da alv./rea da laje)Peso da Alvenaria = Volume da Alvenaria x Peso Especfico da Alv.Volume da Alvenaria = Comprimento Linear x espessura da parede x Altura da paredeAltura da paredeCom intuito de facilitar o clculo do comprimento linear das alvenarias devemos considerar as aberturas das portas e janelas como espaos preenchidos por alvenaria, pois caso contrario teramos que descontar estas aberturas e acrescentarmos o peso dos caixilhos, pois tal procedimento dificultaria os clculos.Altura da parede = distncia do piso ao teto VER DETALHE DO SLIDE SEGUINTE

+ q =tf/m

p = g P + g CP + g PISO + g paredeResposta -a carga superficial, a ser considerada no clculo da laje de:Exemplo 2: Determinar a carga superficial na laje abaixo, pertencente ao salo de um restaurante:

Laje h = altura da parede : 3,0 m b = espessura da parede : 0,2 m Material da parede: tijolo baiano

cmcmhAltura da lajes

Parede

Carga sobre a laje _carga acidental : p= gpp+ gcp+ gpiso+ gparede + q = ............tf./m

CARREGAMENTO TOTAL = p = somatria das cargas permanentes +

= peso prprio da laje

g P= peso contra piso

g CP 2= peso piso

g PISO 2 g parede = peso da parede ???? Calcularg parede = peso da parede

eHcLxleHcAeHc g

lajealv laje mtfmmm gALxlAlajelaje

p= g1 + g2 + g3 + g4 + q = ............tf/m

p = somatria das cargas permanentes (g) + carga acidental (q) == peso prprio da laje= 0,25 tf/m

g P= peso contra piso =

g CP 2= peso contra piso =

g PISO 2= peso da parede =

g paredeCarga acidental: PARA CARGA EM REAS DE RESTAURANTES:CARREGAMENTO TOTAL (p): p = somatria das cargas permanentes (g) + carga acidental (q) tabeladop= g

p = somatria das cargas permanentes (g) + carga acidental (q) p + g cp + g piso + g4+ q =tf/m

qgp