Mario de Andrade- Ensaio

  • Published on
    10-Nov-2015

  • View
    226

  • Download
    9

DESCRIPTION

texto musica

Transcript

AndradeEnsaio sobre a Msica BrasileiraEnsaio sobre a Msica BrasileiraMrio de AndradeANDRADE, Mrio de. Ensaio sobre a msica brasileira. 3a ed. So Paulo: Vila Rica; Braslia: INL, 1972.Comentrio e hipertextos: Cludia Neiva de Matos (UFF)ENSAIO SOBRE A MSICA BRASILEIRAAt h pouco a msica artstica brasileira viveu divorciada da nossa entidade racial. Isso tinha mesmo quesuceder. A nao brasileira anterior nossa raa. A prpria msica popular da Monarquia no apresenta uma fusosatisfatria. Os elementos que a vinham formando se lembravam das bandas de alm, muito puros ainda. Eramportugueses e africanos. Ainda no eram brasileiros no. Si numa ou noutra pea folclrica dos meados do sculopassado j se delineiam os caracteres da msica brasileira, mesmo s com os derradeiros tempos do Imprio queeles principiam abundando. Era fatal: os artistas duma raa indecisa se tornaram indecisos que nem ela.O que importa saber se a obra desses artistas deve de ser contada como valor nacional. Acho incontestvelque sim: esta verificao at parece ociosa mas para o meio moderno brasileiro sei que no .Ns, modernos, manifestamos dois defeitos grandes: bastante ignorncia e leviandade sistematizada. comumentre ns a rasteira derrubando da jangada nacional no s as obras e autores passados como at os que atualmenteempregam a temtica brasileira numa orquestra europia ou no quarteto de cordas. No brasileiro, se fala. que os modernos, ciosos da curiosidade exterior de muitos dos documentos populares nossos, confundem odestino dessa coisa sria que a Musica Brasileira com o prazer deles, coisa diletante, individualista e sem importncianacional nenhuma. O que exigem a golpes duma crtica aparentemente defensora do patrimnio nacional, no aexpresso natural e necessria duma nacionalidade no, em vez o exotismo, o jamais escutado em msica artstica,sensaes fortes, vatap, jacar, vitria-rgia.Mas um elemento importante coincide com essa falsificao da entidade brasileira: opinio de europeu. Odiletantismo que pede msica s nossa est fortificado pelo que bem nosso e consegue o aplauso estrangeiro. Orapor mais respeitoso que a gente seja da crtica europia carece verificar duma vez por todas que o sucesso na Europano tem importncia nenhuma pr Musica Brasileira. Alis a expanso do internacionalizado.Carlos Gomes e a permanncia alm-mar dele prova que a Europa obedece genialidade e a cultura. Mas nocaso de Vila-Lobos 1 , por exemplo, fcil enxergar o coeficiente guass com que o exotismo concorreu para o sucesso