Mquinas e novas tecnologias agrcolas garantem o aumento da produtividade

  • Published on
    22-Jul-2016

  • View
    213

  • Download
    1

DESCRIPTION

 

Transcript

  • Ousodemquinasenovastecnologiasagrcolas tem se tornado o grande di-ferencial para quem almeja o aumen-to na produtividade rural. Modernos ecadavezmais simplesdeoper-los, taisequipamentos esto ganhando omer-cado brasileiro com linhas criteriosa-mente definidas para cada tipo de cul-turaede solo.

    O produtor de gros Alozio Da-masceno, 67, afirma que as novas tec-nologiasemquinasagrcolassomui-to bem-vindas para ajudar o homemdo campo. Dono de uma proprieda-de de mdio porte, onde planta feijoemilho, nomunicpio de Barreiras, elediz que, com a melhora que deve terna safra deste ano, pretende compraruma p-carregadeira para limpar o so-lodo seu terreno.

    Antigamente, a gente temia queasmquinas tomassemo emprego dohomem em tudo quanto lugar. Ho-je, porm, vejo essas inovaes comouma grande necessidade para quemtrabalhaemdeterminados segmentos. inevitvel, reconheceDamasceno.

    O valor do equipamento a queo produtor se refere est na casa dosR$ 155 mil. Entre as principais funesestoasdemoverareia, empilharbritaou carregar caminhes. Depois da pri-meiraaquisio,Damascenoalmejateroutros instrumentosque facilitemotra-balho dele e demais trs scios, que jestomeio cansados devido s 4 dca-dasdedicadasatividade rural.

    A gente j est ficando velho.Nossos filhos, que j nasceram namesma poca do computador, quevo comandar nossas terras, aprovei-tando todas essas novidades, brincaDamasceno.

    COLHEDORAS - Para o cultivo do algo-do, por exemplo, a grande inovao a colhedora 7760, a primeira tecno-logia de rastreamento por radiofre-quncia. Eis o seu processo: os fardoscilndricos levam quatro etiquetas pa-ra que no haja problemas de leitura.Depois de ummdulo cilndrico ser fei-to no construtor, o compartimento aberto eo fardo rola para aplataformatraseirademanipulaoporgravidade,onde fica disposio do operador pa-ra ser depositado nas cabeceiras do ta-lho no momento desejado por meiodeumsimples toquedeboto.

    O operador da colhedora 7760 capaz de terminar o mdulo cilndri-co a qualquer momento, embalandofardos de menor dimetro, de acordocom a necessidade de parada de co-lheita. umamquina resultantede 15anosdepesquisa, quepossui inmerasvantagens logsticas, reduz as perdas egarante menor custo, afirma RodrigoJunqueira, diretor de Vendas da JohnDeere Brasil, cujo portflio de mqui-nasumdosmais completosdopas.

    No que diz respeito ao cultivo degros como arroz, soja emilho, a novasrie S de colheitadeiras, lanada emabrildesteano,amais indicadaparosprodutores. Em cinco modelos - S540,S550,S660,S670eS680 -, a srie tevetodos os componentes e sistemas pro-jetados para aumentar a capacidade

    Para proporcionarmais preciso ao plan-tio, a nova plantadeira da srie DB pro-porcionamxima produtividade opera-cional, com linhas pantogrficas que co-piammelhor o terreno. O equipamentopossui sistema de taxa varivel, permitin-do o controle automtico de dosagemdas sementes e o sistema RowCommand, que garante amaximizaodos recursos de plantio e uma economiaque pode ultrapassar 7%. J a plantadei-ra da srie 2100 leva o exclusivo dosadorde sementes John Deere VacuMeter, ga-rantindo preciso e evitando desperdciosna distribuio de sementes.

    ODistribuidor Autopropelido 4940para a distribui-o de slidos equipado comummotor de9 li-tros, 6 cilindros e 340CVdepotncia, cabine comexcelente visibilidade da operao aliada ao siste-made iluminaoHID (xenon) e toda a tecnologiaAMS. A suspensopneumtica, independente ecomestrutura dupla, oferece umaoperao excep-cional em todas as condies de terreno e suportagrande capacidade de carga em todaa jornadadetrabalho.O sistemadedistribuiode slidos possuiduas opes distintas de caixa, DN200 comcapaci-dades de5,6m (fertilizante ou calcrio) ouDN300com8,5m (fertilizante). Ambas as configuraespermitemaaplicao deumoudois slidos.

    Umagrandenovidade para os produtores a verso canavieira dos j consagrados pul-verizadores 4630e4730, que chegamaoslugaresmais remotos da lavoura. Sua al-ta qualidade e desempenho representamumaprodutividade diria 6%maior, devidoao seu raio de giro e velocidade de aplica-o. equipada comprotees adicionaise banco para instrutor, almdo sistemadeagricultura de preciso (AMS - Solues emGerenciamento Agrcola) e pingentes opcio-nais. Commais facilidade paramanobrase total eficincia operacional, proporcionamenos pisoteio nas cabeceiras e 25%me-nos tempogasto commanuteno.

    POR ALEXANDRE SANTOS[ MAIS PRODUTIVIDADE ]

    de colheita, reduzindo, assim, o consu-mo de combustvel em at 17%. H umaumentonaprodutividadedeat 15%.

    Nas modernas e espaosas cabinesdos cinco modelos, que so 30%maio-res, o operador possui mais visibilida-de e umnovo compartimento refrigera-do para comidas e bebidas. Como op-cional, a srie S de colheitadeiras podereceber a plataforma Hydraflex Draperde 30 ps, que oferece melhor desem-penhoemtopografias irregulares edife-rentes tamanhos de propriedades, des-creve Junqueira.

    No segmento de tratores, os des-taques so para os modelos da srie5E, agora cabinados (5078E; 5085E e5090E), umdos principais lanamentosde2014.Acabineoriginaldamarcapro-porciona que as operaes agrcolas se-jamrealizadasnomomento idealparaoprodutor, independentementedoclima,e tema garantia de conforto e seguran-a. Alm disso, o agricultor tem a possi-bilidade de utilizar o piloto automticoe a antena StarFire. Osmodelos 5055E,5065E e5075E soosmais econmicosda categoria, com manuteno de roti-na simples.

    J os tratores de grande potnciada Srie 8R 8295R e 8335R pas-saram por atualizaes e garantemmaior performance, disponibilidade,conforto e segurana, commenor cus-to de operao.

    Segundo a John Deere Brasil, es-ses modelos so oferecidos com a op-o do sistema ILS (Independent LinkSuspension) de suspenso do eixodianteiro e com rodados dianteiros480/70R34 R1W duplos e traseiros710/70R42 R1W duplos.

    Outra novidade o recente lana-mento 6205J, apresentado pela primei-ra vez ao pblico na Expointer (principalfeira agrcola do Rio Grande do Sul). Averso uma mquina de chassi inte-gralqueevitaesforosdetraoetorono conjunto motor/transmisso, garan-tindo uma durabilidade superior. A lo-calizao dos filtros e pontos de inspe-o tambmfoiprojetadaaoalcancedooperador, o que facilita a manutenode rotina. O assento, com suspenso aar, fornecemais conforto em longas jor-nadas de trabalho e a opo de pilotoautomtico possibilita menos desgastee reduodo consumode insumos.

    COLHEDORAS DE CANA - As colhedorasde cana-de-acar 3520 e 3522, lde-res de mercado, so reconhecidas pe-los clientes por apresentaremalto rendi-mento, economia, durabilidade e quali-dade de colheita. Osmodelos 2014, porsua vez, trazem novidades como a Fun-oManobraeoexclusivoCICB (Contro-le Integrado da Altura do Corte de Ba-se), que permite que os divisores de li-nha flutuantes acompanhem as irregu-laridadesdosoloe faz comqueosdiscosde corte respondam a essas movimen-taes.

    O resultado o cortemais rente aosolo, oquepermitea reduodeperdasdurante a colheita (alta performance) eo aumento da vida til das facas do cor-te debaseepicador (mais disponibilida-dee custos reduzidos).

    [3] SALVADOR,BAHIA, SEGUNDA-FEIRA, 24/11/2014

    14o 30% 6.610 un.

    US$ 203.842

    Exportaes Vendas/Setembro

    Mquinas e novas tecnologiasagrcolas garantemo aumentoda produtividade

    Antigamente, a gente temia que asmquinastomassemo emprego do homemem tudo quanto lugar. Hoje, porm, vejo essas inovaes comouma grande necessidade para quem trabalha emdeterminados segmentos. inevitvel

    Tipos de Mquinas

    PLANTADEIRAS

    PULVERIZADORES

    COLHEDORA DE CANA

    DISTRIBUIDORDESLIDOS

    Com cinco mil estudantes, de 8 e 9anos, envolvidos, de36escolas emno-ve localidades do Oeste da Bahia, par-te do Tocantins e Piau, o Prmio Agro-sul de Literatura concluiu, no dia 31 deoutubro, a sua oitava edio. Este ano,o ganhador foi o estudante MatheusHenrick Monteiro, da Escola Jos Car-doso de Lima, que faz parte da redepblicamunicipal de Lus EduardoMa-galhes, seguido de Leonardo Ferrei-ra, do Centro Educacional Corao deJesus, de Barreiras, e Isabela Barilli, doCentro Educacional Lourdinha Gomes,de Bom Jesus do Piau (PI). Alunos dasescolas pblicas e particulares compe-tem juntos, semdistino.

    Ao todo, so dez alunos contem-plados, comprmios especiais para ostrs primeiros colocados, assim comopara as escolas e os professores-orien-tadores. Dentre os prmios, as escolasdos vencedoresganhamumabibliote-camvel, comdiversos ttulos, eumci-nema nos mesmos moldes, tambmrecheado de filmes, respectivamen-te batizados de Ecoteca e Cineco, poisso feitos dematerial ecologicamentesustentvel. Viagem cultural, compu-tadores, tablets e bicicleta compemainda um mix de recompensas paraos alunos mais criativos, esforados etalentosos.

    O prmio foi criado pela revendade mquinas agrcolas Agrosul e, atu-almente, conta comoapoiodaFunda-o JohnDeere, Dupont, Secretaria deEducao de Lus Eduardo Magalhese Nobretur. O objetivo fazer o jovemda regio refletir sobrea realidadeeco-nmica do lugar onde vive, hoje, umdos maiores polos de produo de ali-mentos e fibras txteis do pas.

    De acordo com o empresrio Ol-miro Flores, o Chico da Agrosul, aideia surgiudapercepodequehaviaum distanciamento de muitos jovens,principalmente das zonas urbanas, so-bre o campo. s vezes, ouvia um jo-vemmedizerqueno tinhanadaavercom o agronegcio porque o pai notemfazenda.Mal sabendoelequenoexiste uma s atividade econmica noOestedaBahiaquenodependa,dire-taou indiretamente, daproduoagr-cola.Nossaagricultura forte, tecnol-gica e das mais sustentveis do mun-do. Temos de conhecer esta realidadee ter orgulho dela, afirmaChico.

    Durante as etapas anteriores premiao, os alunos tm acesso auma bibliografia e a oportunidade deconversar comumdos autores pesqui-sados. Em2014, os 45 finalistas assisti-rampalestradoprofessor JosAnnesMarinho, autor do livro PequenasHis-triasdePlantareColher.Noanopas-sado, os selecionados para a final con-versaramcomoprofessordaUSPeau-tor do livro Dr. Agro, que serviudeba-separaoconcurso,MarcosFavaNeves.

    Fico muito feliz com este resulta-doepela iniciativadaAgrosul. A EscolaJos Cardoso j foi premiada por qua-tro vezes, assim como outras da redemunicipal. H umgrande engajamen-to do corpo pedaggico, no apenasno concurso, mas no dia a dia da ins-tituio, cobrando, chegando junto,propondo inovaes.Nossa redepbli-cadeensino temqualidadecomprova-daparaatender alunos dasmais diver-sasclassessociais,disseasecretriadeEducao de Lus EduardoMagalhes,Alessandra Hillmann. As redaes soavaliadas por uma banca de professo-resno ligadosanenhumadas institui-es concorrentes.

    POR CATARINA GUEDES

    [PRMIO]

    EscolasPblicasdoOestedaBahiaparticipamdaoitavaediodoPrmioAgrosuldeLiteratura

    Alozio Damasceno, produtor de gros

    FOTOS DIVULGAO

    O trator 5078E cabinado, da srie 5E, umdos destaques entre osmodelos lanados este ano

    OBrasil o

    produtormundial demquinaseequipamentos agrcolas efaz parte deumgrupo seletodepases fabricantes dessesequipamentos.

    nomercadodemaquinriocorrespondema

    Fonte: AssociaoNacional dos Fabricantes deVeculos Automotores (Anfavea)

    Emmoeda, as exportaes emvalores totalizaram

    milhes emsetembro.

    mquinas agrcolas internas

    Alta de2,2%na comparaocomagosto e recuode 10,4%comparadoa setembrode2013.

    do volume total.

    O total demquinas agrcolasexportadas chegoua 1.354unidadesemsetembro, alta de 1,8%nacomparao comagostoe recuode16,1%comparadoa setembrode2013.

Recommended

View more >