Jornal Empresariall - edio 17

  • Published on
    06-Mar-2016

  • View
    219

  • Download
    4

DESCRIPTION

O Jornal EmpresariALL tm como objetivos divulgar para os empregados e contratados de todos os nveis da Vale, Samarco, ArcelorMittal, Belgo, Fibria Celulose e Petrobrs informaes sobre as atividades operacionais e socioambientais destas empresas, disponibilizando espaos para empresas fornecedoras fazerem anncios, informes publicitrios e matrias, conectando-se diretamente ao usurio final, agilizando o processo de vendas e estreitando relacionamentos.

Transcript

  • Edio 17 - Ano II www.jornalempresariall.com.br Janeiro de 2012

    Fibria faz campanha em prol da segurana e paz nas estradas Pg.3

    Planet Sea rumo certifi caoISO 14001

    Vale adquire simulador com tecnologia indita no mundo

    Programa da Samarco diploma alunos em GuarapariPg.4 Pg.6 Pg.7

  • 2EXPEDIENTE: Jornal Empresariall uma publicao mensal / Tiragem: 15.000 exemplares / Distribuio: Vale, Samarco, ArcelorMittal Tubaro, ArcelorMittal Cariacica, Fibria Celulose e Petrobras / Telefone: (27) 8877-6272 / E-mail: marketing@

    jornalempresariall.com.br / Departamento de Marketing: Lucas Cavallini / Departamento Comercial: Andr Pires / Jornalista Responsvel: Yollanda Gomes MTB - 2638-ES / Diagramao: Renon Pena de S e Patrcia Arajo / Impresso Grfica: Parque Grfico Rede Gazeta / Colaboradores: Mile4 Assessoria de Comunicao; Contatus Comunicao; Pauta 6 Comunicao; RP1 Comunicao; Agncia 3 Comunicao Inteligente

    O ano de 2011 foi de muito orgu-lho para o setor industrial capixaba. As grandes empresas aqui instala-das, alm de se destacarem cada vez mais economicamente no Brasil e no mundo, se comprometem social e ambientalmente com a populao ao seu entorno.

    A Samarco, por exemplo, direciona seus esforos e investimentos tam-bm para o desenvolvimento das co-munidades vizinhas s unidades ope-racionais e faixa dos minerodutos. De Minas Gerais ao Esprito Santo, a empresa est presente em 29 muni-cpios e 81 comunidades, que somam uma populao de cerca de 830 mil habitantes.

    Em dezembro, aproximadamente 150 alunos dos cursos de qualificao

    se formaram no Programa de Desen-volvimento Profissional da Samarco. Com essa nova turma de formandos, j foram capacitadas mais de 500 pes-soas s em 2011.

    J a Operadora Porturia e Logs-tica Planet Sea, que terminou o ano com uma nova aquisio (30.000m), inicia 2012 rumo certificao ISO 14001, que se trata de uma normati-zao internacional aplicvel rea de meio ambiente. Esta atitude re-presenta a pro atividade da empresa e comprometimento com as questes ambientais que aumentaro o nvel de organizao das atividades desen-volvidas e a sua produtividade.

    Pensando tambm na populao, s que em outro ngulo que tambm preocupa as autoridades, a Fibria rea-

    liza a campanha Segurana e Paz nas Estradas, utilizando recursos educa-tivos para mudar o comportamento das pessoas ao volante. Um balano, divulgado no dia 3 de janeiro pela Po-lcia Rodoviria Federal (PRF), mos-trou que 460 pessoas morreram nas estradas durante o perodo de festas de Natal e de Rveillon.

    Em parceria com os postos das Polcias Rodovirias, a Campanha, direcionada para os motoristas que trafegam nas rodovias dos estados do Esprito Santo, Minas Gerais e Bahia, procura alertar sobre a importncia de um trnsito seguro. Monitores caracterizados abordam os carros, conversando com os condutores e distribuindo, gratuitamente, kit com orientaes para uma viagem segura

    e um saco de lixo para utilizao no veculo.

    Esse ms de janeiro o Jornal Em-presariALL est um pouco mais en-xuto, mas a qualidade das matrias e a preocupao em manter nossos lei-tores informados com o que acontece nas grandes empresas instaladas em solo capixaba a mesma.

    Nesta edio voc ainda ver a no-va aquisio da Vale, aprender a or-ganizar seu oramento para realizar seus sonhos e muito mais. O Jornal EmpresariALL tambm est na In-ternet no endereo www.jornalem-presariall.com.br. L nossas notcias so atualizadas diariamente e voc ainda pode conferir uma diversifica-da relao de empresas fornecedoras. Boa leitura!

    Editorial

    Opinio do Leitor

    Precisando de uma estratgia de

    comunicao para mostrar seu

    portiflio para as gigantes de

    Esprito Santo como Vale, Samarco,

    ArcelorMittal Tubaro, ArcelorMittal

    Cariacica, Fibria e Petrobras

    e expandir os negcios de sua empresa?

    Agora no falta mais nada! Chegou o

    Jornal EmpresariALL, dedicado s empresas atuantes no Esprito Santo.

    Confira nossos preos

    (27) 8877.6272marketing@jornalempresariall.com.br

    Quando se trabalha com propaganda e marketing um dos grandes desafios atingir o pblico certo no momento certo. Um jornal voltado para o setor empresarial um aliado de peso, nos ajudando a obter informaes de credibilidade sobre o mercado e as empresas que ganham destaque no estado e ainda sendo uma mdia dirigida de grande valor na estratgia de comunicao de nossos clientes. Para ns da Personali, a iniciativa do Jornal Empresariall de fundamental importncia para o setor e para os empresrios que querem ter uma viso mais ampla do mercado capixaba, que vem ganhando cada vez mais espao no cenrio nacional.

    ALEssANDrA BussoTTI E NANDo BussoTTI Diretores da agncia Personali Propaganda e Marketing

  • 3Fibria faz campanha em prol da segurana e paz nas estradas

    Abertas inscries para programa de estgio na Fibria

    Na ao, monitores distribuem gratuitamente um kit com orientaes para uma viagem seguraO veraneio o momento do ano que as cidades tursticas da Bahia e Esp-rito Santo recebem milhares de turis-tas, trazendo para a regio gerao de emprego, renda, tributos e um triste aumento de acidentes na BR 101. As-sociada s condies desafiadoras de alguns trechos da rodovia, a neglign-cia, a impercia e a imprudncia fazem centenas de vtimas a cada vero.

    Um balano, divulgado no dia 3 de janeiro pela Polcia Rodoviria Fede-ral (PRF), mostrou que 460 pessoas morreram nas estradas durante o pe-rodo de festas de Natal e de Rveillon, ou seja, 18% menos que as 556 mortes registradas em 2010. Os dados se refe-rem a 16 de dezembro at 2 de janeiro. Apesar das quedas dos nmeros, o trnsito nas rodovias federais do pas ainda continua violento, disse o coor-denador-geral de Operaes da PRF, Giovanni Di Mambro.

    Com o objetivo de diminuir a ocor-rncia de acidentes e conscientizar os motoristas sobre a importncia do res-peito vida, a campanha Segurana e Paz nas Estradas, que tem a Fibria como uma das empresas realizadoras, usa recursos educativos para mudar o comportamento das pessoas ao volante.

    Em parceria com os postos das Pol-cias Rodovirias, a Campanha, direcio-nada para os motoristas que trafegam nas rodovias dos estados do Esprito Santo, Minas Gerais e Bahia, procu-ra alertar sobre a importncia de um trnsito seguro. Monitores caracteri-zados abordam os carros, conversando com os condutores e distribuindo, gra-tuitamente, kit com orientaes para uma viagem segura e um saco de lixo para utilizao no veculo.

    De acordo ainda com dados da PRF, os maiores ndices de acidentes nas estradas acontecem durante as festi-vidades de final de ano e no carnaval. Por isso, as abordagens aconteceram no Natal e nos dias 30 e 31 de dezem-bro e 1 de janeiro, e continuam no pe-rodo da folia (17, 18, 21 e 22 de feverei-

    A Fibria abriu, no ltimo dia trs, as inscries para 11 vagas de seu Pro-grama de Estgio Industrial nvel tcnico 2012/1. Os interessados de-vero se inscrever na vaga Programa de Estgio Industrial - Nvel Tcnico - 2012 / 1, disponvel no site da Fibria (www.fibria.com.br).

    Dentre os requisitos obrigatrios para as vagas esto: estar cursando o ensino tcnico de nvel mdio em mecnica, automao, eletrotcni-ca ou qumica; concluir o curso em julho/2012; ter disponibilidade para

    A AO continua no carnaval (17, 18, 21 e 22 de fevereiro)

    ro). Para o inspetor chefe da delegacia de PRF do Extremo Sul da Bahia, Luiz Gonzaga da Silva, a campanha Segu-rana e Paz nas Estradas agrega valor ao trabalho de fiscalizao da Polcia.

    Campanhas educativas para o trn-sito so sempre muito bem-vindas, principalmente estas que esto dentro dos perodos de grande movimentao nas estradas. Esse tipo de ao tem um impacto muito positivo, pois as pesso-as j esto na estrada e so orientadas para realizar aquele trajeto com segu-rana e paz, afirmou.

    O kit com orientaes est sendo distribudo nos postos da Policia Ro-doviria nos municpios de Nanuque (MG), Eunpolis, Teixeira de Freitas e Porto Seguro (BA), So Mateus e Li-nhares (ES).

    A campanha uma promoo das empresas Veracel Celulose, Fibria, Suzano, Aqces, BMF, Canexus, C.K.I. Transportes Ltda, Coopergarga Lo-gstica, Brasileiro, Expresso Nepo-muceno, Gafor, JSL, Locaservice,

    estagiar 6 horas por dia, de 8h s 15h, com 1h de almoo, e residir nas regi-es de Aracruz, Ibira ou Joo Neiva.

    O Programa de Estgio Tcnico teve incio em 2010 e esta ser a terceira turma de estgio, que tem durao de seis meses. At o momen-to, 48 estudantes de escolas tcnicas da regio fizeram estgio nas reas operacionais da Fibria, sendo que muitos deles j foram contratados pela empresa, pois na medida em que as vagas surgem, os estagirios so convidados a participar do processo.

    DIVulGAo

    Macplan, Macro Servios Florestais e Transporte, Pianca Transportes e Turismo, KLZ Transportes, Pires e Pires Construtora Ltda, SDS Trans-

    portes, Transgold Transportes, TTR Servios Agroflorestais Ltda e Vix, com o apoio das Policias Rodovirias Federal e Estadual.

    Desenvolvimento,Incorporao e Construo: Planejamento:

    2 1 0 4 - 1 9 0 0

    Vendas:Conhea o decorado Rodovia do Sol, 1.980, Praia de Itaparica

    Lige: 3238-0080

    Lanamento 2 QU ARTOS COM SUT E de 61 m2 a 71,41 m2 COBERT UR A S DUPLEX

    de 133,68 m2 at 142,91 m2

    Lazer panormico na cobertura, a uma quadra da Praia de Itaparica.

    Viva no melhor da Praia de Itaparica.

    Todas as imagens so artsticas, podendo sofrer alteraes nas formas, dimenses, especifi caes, cores e texturas. Os equipamentos, mobilirios e paisagismos constantes do presente material so referenciais, podendo sofrer reviso de modelos, especifi caes e quantidades sem aviso prvio. Memorial de Incorporao registrado sob o n 111.770 em 04/08/2009. *Condio de pagamento referente unidade 310, da tabela de preos em vigor do ms de janeiro/2012, ou enquanto durar o estoque.

    Viva no melhor Viva no melhor da Praia de da Praia de

    142,91 142,91 mm

    Lazer panormico na cobertura, Lazer panormico na cobertura, Lazer panormico na cobertura,

    R$ 358,29*Mensais apartir de:

    Foto

    ilust

    rativ

    a

    Perspectiva Ilustada da Piscina

  • 4Planet Sea rumo ISO 14001Com a certificao, a operadora porturia e logstica se compromete com o meio ambienteImpactos ambientais esto se tor-nando um tema cada vez mais im-portante no mundo. Autoridades governamentais locais e nacionais, reguladores, associaes comerciais, clientes, colaboradores e acionistas no moderam na presso para mi-nimizar esses impactos. As presses sociais tambm aumentam em fun-o da crescente gama de partes in-teressadas, tais como consumidores, organizaes ambientais e no go-vernamentais de minorias (ONGs), universidades e vizinhos.

    Pensando nisso e buscando exceln-cia nas atividades desenvolvidas, a ope-radora porturia e logstica Planet Sea est trabalhando em busca da certifica-o na ISO 14001, que se trata de uma normatizao internacional aplicvel rea de meio ambiente. Esta atitude representa a pro atividade da empresa e comprometimento com as questes ambientais que aumentaro o nvel de organizao das atividades desenvolvi-das e a sua produtividade.

    Para tanto, a empresa tem o apoio de todos os seus colaboradores na bus-ca dos resultados necessrios para ob-teno da certificao, tendo em vista que fundamental o envolvimento de todos para que o processo seja conclu-do com sucesso, explica o diretor Nilo M. da Cunha Filho.

    A empresa est trabalhando na iden-tificao e avaliao dos aspectos e im-pactos ambientais, no levantamento dos requisitos legais aplicveis ao ne-gcio, na determinao dos objetivos e metas, no treinamento e conscienti-

    Planet Sea - Operadora Porturia e Logstica Rodovia Darly Santos, 2155Novo Mxico - Vila Velha - ES - Brasil - CEP 29.104-071www.planetsea.com.br

    DIVulGAo

    fundamental o envolvimento

    de todos para que o processo seja concludo com sucessoNILo M. DA CuNhA FILho, engenheiro e diretor da Planet Sea

    sErVIozao dos colaboradores e, por fim, na reviso da sua poltica, incorporando ao sistema de qualidade j implantado (ISO 9001) o sistema ambiental (ISO 14001), consolidando dessa maneira um Sistema de Gesto Integrada Qualida-de e Meio Ambiente, completa.

    O processo de certificao na ISO 14001 encontra-se em fase inicial e a meta de estar totalmente implanta-

    da ainda no primeiro semestre deste ano. A Planet Sea busca a reduzir os gastos com aquisio de materiais, reduzir os custos com descarte de re-sduos slidos e com o consumo de recursos naturais (gua, energia, etc.), alm de conseguir sistematizar a rea ambiental e assim, cumprir com mais facilidade com as demandas dos rgos ambientais.

  • 5Organize seu dinheiro e realize seus sonhosQual o seu sonho? Um imvel? Um negcio? A casa prpria? Todos eles so possveis

    Basta que voc aprenda a planejar seu oramento e reserve uma parte para investir. Algo que tem muito mais a ver com o quanto e como voc gasta do que com quanto voc ganha. A nal, se um imprevisto acontecesse, voc acharia um jeito de se adaptar nova situao, correto? Muitas vezes, o que falta planejamento e disposio para cortar alguns excessos e realizar suas metas. O resultado conhecido: o tempo passa e voc no consegue conquistar um patrimnio para liquidar em caso de necessidade ou deixar para seus lhos. Fora a frustrao de chegar ao m da vida sem realizar seus projetos. Para que isso no acontea preciso mudar algumas atitudes. Algumas dicas podem fazer toda a diferena:

    Faa um oramento: anote todos os gastos mensais, dividindo-os em categorias: alimentao, lazer, aluguel, telefone. Assim voc v aonde seu dinheiro vaza. Elimine suas dvidas: se tem dinheiro para quitar, faa-o imediatamente. Se

    no, tente negociar. Ao receber o seu salrio, pague-se antes de qualquer outra conta. Ou seja, se voc estipulou que todo ms vai guardar 200 reais, ao receber, guarde esse dinheiro para voc e s depois disso pense nas outras contas e dvidas. No espere receber aumento para poupar. Adapte-se ao seu salrio e economize o mximo que conseguir dele. Seja rigoroso. O maior inimigo da organizao nanceira a falta de compromisso com suas metas. Se estabeleceu que vai guardar uma determinada quantia durante um perodo, cumpra. Pague vista sempre que puder. Voc ver como mais fcil conseguir um

    desconto quando tem o dinheiro para pagar. Pense e repense antes de comprar algo. Quando voc estiver diante de uma vitrine e algo o atrair faa a seguinte pergunta: Isso realmente necessrio?. Se a resposta for no, nem entre na loja. Motive-se. Para qu guardar dinheiro? Comprar um terreno? Para ter uma aposentadoria antes de car velho? Para fazer a viagem dos seus sonhos? Pense no seu objetivo maior e agarre-se a ele. Voc no tem disciplina para guardar? Um investimento, como um imvel uma boa opo. Com uma parcela que caiba no seu oramento, voc ao mesmo tempo poupa e investe num patrimnio para sua famlia.

    R$ 549,R$ 349,Mensais a partir de

    Mensais a partir de

    Mensais a partir de

    R$ 499,

    Lotesa partir de

    escriturados 300m2 Lotes a partir deescriturados 300m2 Lotesescrituradosa partir de

    250m2

    A R A C R U Z

    Organize seu dinheiro e realize seus sonhos

    A CBL um espao aberto para voc sonhar grande. Conhea nossos loteamentos:

    Pronto para construir.

    Realize seus sonhos com osps no cho. No seu cho.

    Qual o seu sonho? Um imvel? Um negcio? A casa prpria? Todos eles so possveis.

    Financiamento*

    CBLou com a

    Financiamento*

    CBLou com a

    Emat

    3296-3061

    Lanamento

    LotesLotes

    Aracruz

    Valores referentes ao lote 02 da quadra 15 do Loteamento Solar Bitti. Mensais a partir de R$ 549,00 divididos em at 84 parcelas, com entrada de 10% mais anuais e intermedirias conforme tabela de preos e nanciado diretamente com a CBL. Possibilidade de nanciamento bancrio, sujeita a aprovao de crdito, em at 360 meses, a partir da entrega da unidade.Valores referentes ao lote 13 da quadra 11 do Loteamento Villa Santi. Mensais a partir de R$ 499,00 divididos em at 96 parcelas, com entrada de 10% mais anuais e intermedirias conforme tabela de preos e nanciado diretamente com a CBL. Possibilidade de nanciamento bancrio, sujeita a aprovao de crdito, em at 360 meses, a partir da entrega da unidade. Valores referentes aos lotes 02 a 16 da quadra 03 do Loteamento Serra Ville. Mensais a partir de R$ 349,00 divididos em at 96 parcelas, com entrada de 10% mais anuais e intermedirias conforme tabela de preos e nanciado diretamente com a CBL.Demais condies comerciais vide contrato de compra e venda.

    3251-4166

    3296-0093

    Ligue e venha fechar o maior negcio da sua vida.cbll.com.br

    Coordenao de Vendas

    Basta que voc aprenda a planejar seu oramento e reserve uma parte pa-ra investir. Algo que tem muito mais a ver com o quanto e como voc gasta do que com quanto voc ganha. Afinal, se um imprevisto acontecesse, voc acha-ria um jeito de se adaptar nova situa-o, correto? Muitas vezes, o que falta planejamento e disposio para cortar alguns excessos e realizar suas metas. O resultado conhecido: o tempo pas-sa e voc no consegue conquistar um patrimnio para liquidar em caso de necessidade ou deixar para seus filhos. Fora a frustrao de chegar ao fim da vida sem realizar seus projetos.

    Para que isso no acontea preciso mudar algumas atitudes. Algumas di-cas podem fazer toda a diferena:

    FAA uM orAMENTo: anote todos os gastos mensais, dividindo-os em ca-tegorias: alimentao, lazer, aluguel, telefone. Assim voc v aonde seu di-nheiro vaza. ELIMINE suAs DVIDAs: se tem dinheiro para quitar, faa-o imediatamente. Se-no, tente negociar. Ao rECEBEr o sEu sALrIo, pague-se antes de qualquer outra conta. Ou seja, se voc estipulou que todo ms vai guardar 200 reais, ao receber, guarde esse dinhei-ro para voc e s depois disso pense nas outras contas e dvidas. No EsPErE rECEBEr AuMENTo para poupar. Adapte-se ao seu salrio e econo-mize o mximo que conseguir dele. sEJA rIgoroso. O maior inimigo da organizao financeira a falta de com-promisso com suas metas. Se estabeleceu

    que vai guardar uma determinada quan-tia durante um perodo, cumpra. PAguE VIsTA sempre que puder. Voc-ver como mais fcil conseguir um des-conto quando tem o dinheiro para pagar. PENsE E rEPENsE antes de comprar algo. Quando voc estiver diante de uma vitri-ne e algo o atrair faa a seguinte pergunta: Isso realmente necessrio?. Se a res-posta for no, nem entre na loja. MoTIVE-sE. Para qu guardar dinhei-ro? Comprar um terreno? Para ter uma aposentadoria antes de ficar velho? Para fazer a viagem dos seus sonhos? Pense no seu objetivo maior e agarre-se a ele. VoC no tem disciplina para guardar? Um investimento, como um imvel uma boa opo. Com uma parcela que caiba no seu oramento, voc ao mesmo tempo poupa e investe.

  • 6Vale adquire simulador com tecnologia indita no mundoEsta tecnologia reproduz imagem em 3D e de forma detalhadaA Vale iniciou neste ano os primeiros testes com o simulador de recupera-dora de roda de caambas, tecnologia indita em todo o mundo que repro-duz, em ambiente 3D e de forma deta-lhada, o processo de recuperao dos granis slidos assim como feito, na prtica, pelas mquinas instaladas no ptio de estocagem do Porto de Tuba-ro, modal porturio da empresa loca-lizado em Vitria (ES).

    Desenvolvido em parceria com a americana GlobalSim, o simulador tem como objetivo capacitar profis-sionais para atuar na operao desse tipo de equipamento. Os investimen-tos so da ordem de R$ 3 milhes e a previso de que a tecnologia j este-ja disponvel para uso nos terminais porturios da Vale em todo o mundo a partir de 2012.

    Em uma cabine totalmente adapta-da, o software simula a recuperao de minrio de ferro, carvo e pelotas em diferentes cenrios que envolvem des-de condies adversas de clima, como chuva ou vento fortes, at restries ou defeitos na recuperadora. O simulador considera ainda, num ambiente de re-alidade virtual, todas as caractersticas das recuperadoras, como velocidade dos movimentos de giro, elevao e translao. O software possibilita tam-bm a operao de duas mquinas em uma mesma pilha de granis, bem co-mo a execuo de alarmes e de sobre-cargas em funo do tipo de operao desenvolvida pelo aluno.

    De acordo com o gerente geral de Inovao e Desenvolvimento Por-turio da Vale, Gustavo Mucci, a performance dos alunos na opera-o do equipamento ser avaliada

    pelo prprio sistema, que armaze-na a pontuao obtida a cada sesso de treinamento. Assim poderemos acompanhar a evoluo dos futuros operadores e perceber onde ainda preciso melhorar, explica.

    Para garantir que as aes executadas pelo simulador de recuperadoras sejam o mais prximo possvel da realidade, outra inovao incorporada ao equipa-mento foi a modelagem matemtica de todos os produtos manuseados nos p-tios da Vale, como minrio de ferro, pe-lotas, carvo e coque. Isso possibilita que o equipamento realize a recupera-o a uma taxa similar ao que ocorre na recuperadora real, aumentando ainda mais o realismo para o aluno, explica Mucci. As recuperadoras de roda de caamba, que chegam a medir 39 me-tros de altura, so mquinas utilizadas na operao de recuperao de granis slidos nos ptios das minas e nos de-mais terminais porturios da Vale.

    Alm de simular a operao das re-cuperadoras, o software mostra, com riqueza de detalhes, toda a rea do ptio de estocagem do Porto de Tuba-ro, o maior exportador de minrio de ferro e pelotas do mundo. Nas demais reas operacionais da Vale onde a fer-ramenta ser aplicada, sero empre-gados os cenrios dos seus respectivos ptios, para que o aluno visualize na cabine de simulao a mesma imagem que tem quando est operando a m-quina real.

    A tecnologia, indita no mundo, vai reforar a segurana operacional du-rante a movimentao no ptio de es-tocagem, aumentar a produtividade no embarque e melhorar a qualidade na coleta da informao sobre o estoque.

    O sImulAdOr tem como objetivo capacitar profissionais para atuar na operao desse tipo de equipamento

    AGnCIA VAlE

  • 7Programa da Samarco diploma alunos em GuarapariEm 2011 mais de 500 pessoas passaram pelo Programa e esto aptas para trabalhar em empresas fornecedoras para as obras da quarta usina de pelotizao da SamarcoAproximadamente 150 alu-nos dos cursos de qualifica-o do Programa de Desen-volvimento Profissional da Samarco se formaram no dia 15 de dezembro. A formatura aconteceu em um evento que contou com a presena de fa-miliares dos formandos, auto-ridades empresariais e polti-cas no espao Master Centro de Eventos, em Guarapari.

    Os alunos, moradores de Anchieta, Guarapari e Pima, participaram dos cursos de ar-mador de ferragem, carpintei-ro de forma, eletricista mon-tador, montador de andaimes e pedreiro. Ao longo de trs meses, os jovens acompanha-ram aulas tericas e prticas,

    incluindo visitas tcnicas e palestras com especialistas.

    Com essa nova turma de for-mandos, j foram capacitadas mais de 500 pessoas este ano, que estaro aptas para traba-lhar em empresas fornecedoras para as obras da quarta usina de pelotizao da Samarco, e tam-bm em outros grandes em-preendimentos previstos para a regio, explica a gerente de Desenvolvimento de Pessoas da companhia, Juliana Souto.

    Durante os cursos de qualifi-cao, os estudantes receberam, gratuitamente, material didti-co, lanche, uniforme e trans-porte, alm de uma bolsa de es-tudos no valor de 70% do salrio mnimo. Os critrios de seleo

    foram socioeconmicos, alm de uma avaliao de aptido.

    Com essa iniciativa, a com-panhia refora seu compro-misso de estimular o desen-volvimento econmico e social das regies onde atua, inves-tindo no potencial dos mora-dores das comunidades vizi-nhas e, consequentemente, na gerao de emprego e renda.

    Em janeiro, foram abertas novas inscries para 200 vagas em cursos profissiona-lizantes de Eletricista Monta-dor, Eletricista Fora e Con-trole, Mecnico Montador e Ajustador Mecnico. As capa-citaes sero gratuitas para moradores de Anchieta, Gua-rapari e Pima.

    Os AlunOs pArtIcIpArAm dos cursos de armador de ferragem, carpinteiro de forma, eletricista montador, montador de andaimes e pedreiro

    DIVulGAo

    www.treinarh-es.com.br

    contato@treinarh-es.com.br

    (27) 3226-1293 / 9807-3015 / 8822-4999

    CURSO EM MQUINAS PESADAS

    Prximas Turmas

    Operador de P Carregadeira25 e 26/02/2012

    Operador de Escavadeira Hidrulica03 e 04/03/2012 e 10 e 11/03/2012

    Aulas tericas e prticas na mquina.Certificado entregue no ltimo dia do curso.

  • 8Existe ajuda para dentes sensveisVero, praia, sol, calor e muito lqui-do gelado para resfriar o corpo. Quem que no gosta da cerveja bem gelada ou de muito gelo no suco? Porm, para muitos, dar uma simples mordida em um picol na praia motivo de sofri-mento.

    Se voc uma das muitas pessoas que recusam gua gelada no restau-rante ou esperam a xcara de caf esfriar antes de dar um golinho para que os dentes no doam; ou precisa de uma delicadeza especial ao escovar os dentes, passar fio dental ou mastigar; talvez voc tenha dentes sensveis, ou hipersensibilidade dentinria

    Dentes sensveis uma das causas mais comuns de queixas de sade bucal entre os pacientes. A sensibilidade ge-ralmente ocorre quando a dentina de um dente exposta ao calor, ao frio ou acidez. Normalmente, a dentina sens-vel protegida por esmalte sseo acima da linha da gengiva e por cemento abai-

    DIVulGAo

    xo dela. Entretanto, se essas camadas de proteo forem danificadas ou desgas-tadas, o resultado poder ser hipersen-sibilidade e desconforto ocasional.

    As razes para se ter dentes sens-veis so muitas: caries; dentes fratu-rados; recesso gengival (quando h exposio da raiz do dente) ou doena nas gengivas; bruxismo ou briquismo que o ato de ranger os dentes e que desgasta o esmalte do dente, expondo assim a dentina; refluxo gastroesof-gico, bulimia, hipertireoidismo e ou-tras doenas que reduzam o fluxo sali-var etc.; portanto esse um problema que no pode ser ignorado, pois pode trazer outras doenas bucais.

    A boa notcia que a sensibilidade dos dentes em geral pode ser tratada e curada. A pessoa mais indicada para dar um diagnstico correto o dentis-ta, ele indicar quais so os produtos mais adequados para o seu problema. O uso tpico de flor (que remineraliza

    os dentes), por exemplo; cremes den-tais de baixa abrasividade com formu-laes feitas especialmente para den-tes sensveis; laserterapia; restaurao das leses; ajustes oclusais; enfim, o dentista vai orient-lo sobre a forma correta de escovao e eliminao da causa da exposio da dentina.

    Alguns dentes sensveis que no res-pondem a outros tratamentos podem necessitar de tratamento de canal para a eliminao do problema. Em casos de duvida importante que haja um diag-

    nstico diferencial por parte de um dentista para que a hipersensibilidade dentinaria no seja confundida com crie ou fratura dentria.

    A sade bucal est diretamente liga-da qualidade de vida do indivduo. A melhor maneira de prevenir os dentes sensveis manter uma boa higiene oral utilizando uma tcnica de es-covao correta e evitar o consumo exagerado de alimentos e bebidas extremamente cidas. O tratamento tambm simples, mas requer fora de vontade. Uma dieta alimentar balance-ada e o uso de flor e de cremes dentais base de estrncio ou potssio so os cuidados mais indicados.

    O acesso informao essencial para a sade bucal do brasileiro. Pre-venir e tratar a hipersensibilidade dentinria so medidas simples que melhoram a qualidade de vida. Pro-cure seu dentista, cuide-se e aprovei-te o vero!

    DR JOO LUIZ BRAGA SOARES - CIRURGIO DENTISTAEspecialista em Prtese Dental / Prtese sobre

    Implante (APCD Araatuba - So Paulo)

    CONVNIOS: Vale, Samarco, ArcelorMittal e PetrobrasAv. Leito da Silva, 389 - Ed. Wiking

    Sls. 501 e 502 - Praia do Su - Vitria - ES(27) 3225.6857

    DRA MRCIA BRAGA SOARES - CIRURGI DENTISTAEsttica / Clareamento / Prtese Dental /

    Prtese sobre Implante

    CONVNIOS: Vale, Samarco, ArcelorMittalAv. Leito da Silva, 389 - Ed. Wiking

    Sls. 501 e 502 - Praia do Su - Vitria - ES(27) 3225.6857

    DRA KLERCIA POLTRONIERI FERRAZ - CIRURGI DENTISTAEspecialista em Periodontia / Implantodontia (Campinas - SP)

    CONVNIOS: Vale, Samarco, ArcelorMittal e Fibria e Petrobras

    Rua Aleixo Neto, 335 - Sl. 201Santa Lcia - Vitria - ES

    (27) 3225.9522