Jornal dos Bairros - 8 Maio 2015

  • Published on
    22-Jul-2016

  • View
    213

  • Download
    1

DESCRIPTION

Jornal dos Bairros - 8 Maio 2015

Transcript

  • ITAJA NAVEGANTES BALNERIO CAMBORI | 1 A 8 DE MAIO DE 2015 | ANO XVI | N 740

    Medida do governo reduziu nmero de embarcaes autorizadas a capturar o pescado em SC. Pgina 5

    Gripe: comea a temporada de vacinao e clnicas particulares cobram em mdia R$ 80 pela dose

    PGINA 3

    DIV

    ULG

    A

    O

    Vai doer no Bolso

    Sindicatos calculam que tainha ficar 30% mais cara

  • O Jornal do Bairros uma publicao da empresa Letras Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Anita Garibaldi, 425 Centro Itaja SC.Telefone: (47) 3344.8600 Site: www.jornaldosbairros.tv | Twitter: @jornalbairros

    Diretor: Carlos Bittencourt | direcao@bteditora.com.brColaboradora: Neide UriarteJornalista assistente:

    Diagramao: Solange Alves solange@bteditora.com.brDepartamento Comercial: (47) 3344.8600

    Circulao: Itaja, Balnerio Cambori, Navegantes e regio.Fale conosco: Sugesto de temas, opinies ou dvidas: direcao@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tv

    O Jornal dos Bairros no se responsabiliza pelos artigos assinados pelos seus colaboradores ou de matrias oriundas de assessorias de imprensa de rgos oficiais ou empresas particulares.

    EXPEDIENTE

    Jornal filiado Associao dos Jornais do Interior de Santa CatarinaRua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianpolis, CEP 88.015-090Fone (48) 3029.7001 e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 2

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    ALEXANDRE BALBINO

    Balbino&voc

    ASSUNTO DA SEMANA: Mame eu quero.......

    REBELO & ZENDRONADVOGADOS

    Rua Dr. Pedro Ferreira, 155, sala 1502 15 andar - Centro - Itaja

    Fone: (47) 3398.1165 | (47) 9923.7503

    ARTIGO

    Acesse: www.jornaldosbairros.tv

    A inteno da coluna Balbino & Voc trazer os mais variados assuntos de interesse e importncia para nossa comunidade

    e servir de canal de comunicao e interesse das diversas reas da sociedade.

    Nossos canais de comunicao, por meio dos quais voc pode mandar sua

    mensagem e opinio, so balbinoitajai@gmail.com e facebook /aschmitbalbino.

    Nesta semana no poderia abordar outro assunto a no ser o dia que se aproxima. No prximo domingo estaremos co-memorando o Dia das Mes, puxa e quem no tem me? No importa se a me que gera o filho, ou aquela que por amor se tornou me do co-rao. Quando se fala neste assun-to, no tem como no se emocionar. Me aquela que nos carrega nos braos, que nos d de mamar, aque-la para quem podemos confidenciar nossos maiores segredos. Me si-nnimo de amor, doao, compa-nheirismo, afeto, amizade, enfim. No existe mulher to especial quan-to elas... S quem mame sabe a importncia de ser a administradora do lar, de ser a pessoa que o meio termo das situaes, o controle emo-cional dos problemas.

    Voc que, assim como eu que tem sua me a do seu lado, apro-veite este dia e faa algo diferente: d abraos, beijos, diga o quanto ela

    especial para voc. Reconcilie-se com ela se assim for necessrio. Te-nha certeza, existem coisas que s o perdo constri, ento aproveite as oportunidades, pois ningum sabe o dia de amanh.

    Deixo aqui meu abrao e sin-ceros votos de um FELIZ DIA DAS MES, que Deus abenoe muito mais a sua vida.

    Li uma mensagem que agora no recordo o autor, mas que diz assim: me de barriga ou me da vida, me desde sempre ou escolhi-da... Os tipos mudam, mas o amor no.

    Um abrao!!!!!!!

    Trocar conhecimentos e percepes ser algo valioso sempre, desde que as vivncias individuais sejam preservadas.

    Assim como Michele Obama conta com o apoio de sua me na Casa Branca, inmeras mulheres utilizam esse auxlio precioso e experiente como um apoio na educao dos filhos. Outras, envolvem as mes para dar suporte nas inmeras tarefas e demandas do dia a dia. Assim, completam aquele espao que fica quando os filhos entram na fase adulta e vo embora.

    Mas quais so os obstculos para que o resultado final seja produtivo?

    Unir trs geraes um desafio, e ao mesmo tempo, uma bela oportuni-dade de compreender as fases da vida, seus anseios e os aprendizados que so possveis compartilhar e os que se obtm individualmente.

    O maior desafio em uma relao reconhecer o valor de cada pessoa, independente do seu comportamento, mesmo que sua forma de pensar e agir sejam distintas da sua. Numa relao en-tre mulheres de geraes diferentes, essa uma questo que ir aparecer com fre-quncia.

    Quando temos trs geraes convi-vendo no dia a dia, a facilidade em re-produzir o passado, deixando de viver o presente, muito comum. Nesse caso o limite e espao definido para cada uma fundamental, para que aja liberdade de ao sem que as experincias j vividas pelas mais velhas atrapalhem as da jo-vem.

    Trocar conhecimentos e percepes

    ser algo valioso sempre, desde que as vivncias individuais sejam preservadas.

    Esse um treino para algumas avs e mes: confiar que as netas tm recur-sos para lidar com o que surge e buscar apoio se esse canal estiver, de fato, aber-to e isento de crticas e avaliaes.

    Apoio uma boa forma de construir uma parceria, inclusive um alicerce in-teressante na relao feminina. Outro dia escrevi um artigo sobre as relaes femi-ninas no trabalho e comecei a pensar muito sobre como estas se estruturam.

    Uma relao de desconfiana, cr-ticas, julgamentos e desmerecimentos entre mulheres que se amam preparam as geraes seguintes para uma afinidade de pouca transparncia, competitividade e desvalorizao do sexo feminino. Afi-nal, so as mes que educam os filhos, e quanto melhor o convvio, melhor a vida da sua prole.

    Quando trs geraes decidem ha-bitar na mesma casa fundamental es-tabelecer parmetros, que preservem as caractersticas de cada um. Tambm muito importante deixar claro o que in-comoda e o que esperado na relao. Envolver todos da casa, antes de trazer a av para viver no ambiente, de extrema valia.

    Quando uma pessoa entra no siste-ma familiar, por mais que seja um ente querido, h uma mudana em toda a di-nmica familiar e s vezes conflitos sur-gem. Portanto, sempre importante ne-gociar, comunicar e encontrar o objetivo comum. So tticas que viabilizam e que daro um toque especial, pois o amor que une essas pessoas.

    O convvio entre mulheres de vrias geraes*Mrcia Dolores

    *Mrcia Resende Dolores criadora do mtodo engenharia da Felicidade. Diretora e coordenadora de

    desenvolvimento do Instituto de Thalentos.

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 3

    O inverno est batendo na por-ta e, junto com o frio, vem a gripe. Para manter longe o v-rus da Influenza A, melhorar preparar o bolso. Em Itaja, os laboratrios de vacinao esto cobrando, em mdia, R$ 80 pela dose trivalente. A 17 Cam-panha Nacional de Vacinao Contra a Influenza comeou nesta semana e segue at o dia 22 de maio. Para os grupos prioritrios, a dose gratuita.

    Nas unidades de sade de Itaja, as doses da vacina trivalentes sero aplicadas gratuitamente em crianas de seis meses at quatro anos, pessoas com mais de 60 anos, gestantes, puer-perais (at 45 dias aps o parto), profis-sionais da sade e em pessoas que pos-suem doena crnica. Ao todo, sero 41.788 doses distribudas nas unidades de sade.

    Nesse caso, a injeo protege contra dois tipos da gripe A e um da gripe B. A vacina feita com um vrus morto da influenza. De acordo com a gerente de imunizao da Diretoria

    de Vigilncia Epidemiolgica, Andra Bittencourt, a dose no desencadeia a gripe ou outras doenas, tambm no leva a reaes alrgicas. A poca de maior contgio dos vrus da influenza entre o outono e o inverno.

    _ Nesse tempo, as pessoas ficam aglomeradas, muito prximas em lu-gares fechados. Isso acaba aflorando o vrus da gripe _ comenta.

    Este ano, a meta alcanar os 80% de cidados vacinados contra a influenza. Ano passado, a prefeitura al-canou 87% dos cidados com a cam-panha. Andra diz que o municpio sempre tem uma meta e o trabalho feito para atingir 100% dela.

    So 26 unidades de sade com o servio gratuito para o grupo priorit-rio. Entretanto, quem no se enquadra nas delimitaes deve procurar a dose em laboratrios particulares de vacina-o. Em alguns laboratrios, a dose tri-valente custa R$ 75 e pode chegar a R$ 90 em outras unidades laboratoriais.

    Para se vacinar nas unidades de

    sade de Itaja necessrio apresentar a caderneta de vacinao e a carteira de identidade. Pessoas com doenas crnicas devem apresentar o diagnsti-co mdico e documentos que compro-vem a patologia.

    Onde encontrar a dose em laboratrios particularesA clnica Curumim, localizada

    na rua Lauro Muller, no Centro de Ita-ja, possui doses da vacina trivalente (R$ 80) e tetravalente (R$ 90). O aten-dimento das 8h s 12h e das 13h30 s 18h. O preo das doses o mesmo na clnica de vacinao Bravacinas, lo-calizada na Praia Brava. O laboratrio atende das 9h s 19h.

    Em Balnerio Cambori, o la-boratrio da vacinao do Hospital e Maternidade Santa Luiza cobra R$ 75 pela dose da vacina trivalente. O aten-dimento das 8h s 12h e das 13h30 s 17h30.

    Comea a vacinao contra a Influenza em Itaja

    Unidades de sade possuem doses gratuitas para grupos prioritrios; laboratrios particulares cobram, em mdia, R$ 80 pela dose

    Itaja doa mais de 1,8 mil itens para vtimas do tornado

    A Prefeitura de Itaja encer-rou a campanha de arrecadao de donativos para as vtimas do tornado em Ponte Serrada, no oeste catarinense. Com a ajuda de empresrios e moradores, foram arrecadados mais de 1,8 mil itens de acomodao de casal e soltei-ro, compostos por colcho, len-ol, travesseiro, fronha e cober-tor, alm de grande quantidade de gua e alimentos no perecveis.

    A entrega do segundo cami-nho de donativos foi feita pelo agente de Defesa Civil, Rubens Poletto Junior, no ginsio de es-portes da cidade. No total foram entregues 230 colches de sol-teiro, 50 colches de casal, 200 cobertores, 200 fronhas, 180 tra-vesseiros, 200 lenis; 155 kits de acomodao de solteiro (cobertor, fronha, travesseiro e lenol) e 50 kits de acomodao de casal tudo novo; e ainda alimentos no perecveis, produtos de limpeza e gua mineral.

    Jovens da rea rural recebem curso profissionalizante

    Nesta semana iniciou um curso para jovens de rea rural de Itaja no Centro de Treinamento da Epagri. O curso tem como ob-jetivo promover a autonomia de adolescentes e da sua famlia, por meio de aes educativas com-plementares, combatendo assim as vulnerabilidades quanto vio-lao de direitos dos jovens.

    Com 15 alunos, as aulas acontecem nas segundas e quar-tas-feiras, das 14h s 17h, com durao de trs meses. Aps a concluso do curso, os partici-pantes sero encaminhados para o mercado de trabalho devido a uma parceria com o Instituto Cres-cer.

    A participao dos adoles-centes de extrema importncia e contribui com a criao de uma conscincia de igualdade de g-neros na cidade de Itaja. O pro-jeto se enquadra nos princpios da Poltica Nacional dos Direitos Humanos de Crianas e Adoles-centes, bem como no Estatuto da Criana e do Adolescente (ECA). O curso uma parceria entre a Secretaria da Agricultura e Desen-volvimento Rural, Epagri, Instituto Crescer e ACII.

    Divulgao

  • Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 4

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Os agentes de endemias da Secretaria de Sade de Ita-ja fizeram 308 notificaes at esta semana em edificaes onde havia possibilidade de focos de mos-quito da dengue. Foram 87 em co-mrcios, 168 em residncias, 49 em terrenos baldios e quatro em rgos pblicos.

    A maior parte dos locais onde havia acmulo de lixo, recipientes desprotegidos e outras situaes que podem colaborar para a proliferao da dengue estava no Centro, com 126 notificaes. No So Vicente fo-ram 58; So Joo 61; Barra do Rio 25; Cordeiros 15; Fazenda 17 e Vila Operria teve seis notificaes.

    _ So diversos os problemas en-contrados nos imveis visitados pe-los agentes de endemias. Terrenos baldios com lixo e depsitos, resi-dncias com acmulo de recipientes que no tm mais utilidade para o morador e que ainda so guardados em locais desprotegidos. E os comr-cios que deveriam dar o exemplo, pois prestam servio para as pessoas, mas possuem vrias situaes inade-quadas, principalmente no Centro _ comenta o Coordenador do projeto

    A avenida Abraho Joo Francisco, a popular Contorno Sul, vai re-ceber trs alteraes que devem melhorar o fluxo de veculos na regio. Na rotatria em frente ao Posto Univer-sitrio, comeou a ser construda uma pista de acelerao para quem retornar sentido BR-101. Para isso, parte do can-teiro central est sendo demolido.

    J na pista que segue no sentido Centro, prximo entrada ao bairro Nossa Senhora das Graas, ser cons-truda uma terceira pista de rolamento. Para isso, a calada e a ciclofaixa sero construdas em uma pequena rua lateral Contorno Sul, e retirado um canteiro

    para a construo de uma terceira pista.Outra mudana ser feita prxima

    ao semforo no cruzamento com a rua Uruguai. Ali ser construda uma tercei-ra pista para deixar a direita livre. Com essas alteraes, a meta diminuir os congestionamentos e melhorar o fluxo de veculos nessa regio, que devido ao acesso universidade tem grande tr-fego. As obras esto sendo executadas das 08h30 s 11h30 e das 14h s 17h30 para evitar os horrios de pico do local.

    Alm dessas mudanas no trnsito, seguem as obras de reurbanizao na avenida, que compreende a construo de caladas adaptadas e ciclovias.

    Dengue: municpio notifica mais de 300 locais com risco de proliferao do mosquito

    Apesar do nmero alarmante de casos da doena na cidade, muitos donos

    de imveis ainda tm se descuidado

    Divulgao

    No bairro So Joo a Secretaria de Sade est jogando inseticida em direo s residncias

    Contorno Sul recebe pista de acelerao prximo universidade

    Divulgao

    Obras ocorrem fora dos horrios de pico

    de Combate Dengue, Lcio Vieira.Alm das visitas dirias, no Bair-

    ro So Joo est sendo feita a ao de bloqueio de caso, onde um agente passa pelas ruas utilizando o Costal, e jogando inseticida em direo s residncias, terrenos e comrcios:

    _ A ao de bloqueio est sendo feita no So Joo, pois estamos pre-ocupados com o aumento de casos de dengue neste local. Os agentes de endemias utilizam um equipamento motorizado costal para aplicao do produto, o intuito matar a fmea do

    aedes aegypti - transmissora da doen-a e cortar o ciclo da transmisso.

    importante que os moradores desse bairro deixem suas portas e ja-nelas abertas, para que o inseticida entre e atinja a fmea onde ela estiver. Um carro de som passar pela regio solicitando que as pessoas procedam desta forma e relatando o que deve ser feito para no atrair o mosquito para perto de suas residncias.

    Itaja se encontra em estado epi-dmico e desde o incio do ano at o momento j foram registrados 1.425

    casos de dengue no municpio. Com isso, os agentes de endemias esto visitando diariamente quatro bairros do municpio. Eles vistoriam os lo-cais procurando por possveis focos de dengue, que caso sejam encon-trados, notificam o morador ou pro-prietrio. Este, por sua vez, recebe um prazo para corrigir os problemas detectados. Caso a medida no seja realizada no prazo determinado (10 dias aps a publicao dessas noti-ficaes no Jornal do Municpio), o local multado.

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 5

    A Cmara de Vereadores de Itaja aprovou, nes-ta semana, o Projeto de Emenda Lei Orgnica do Mu-nicpio 2/2015 que modifica-r a escolha de dois dos mais importantes cargos da admi-nistrao pblica municipal, o de superintendente do Porto de Itaja e diretor geral do Servio Municipal de gua e Sanea-mento (Semasa).

    De autoria do vereador Clayton Batschauer (PR), a Emenda determina que a indi-cao para estes dois cargos, que atualmente de livre es-colha e nomeao do prefeito, dever passar pela Cmara, que ir analisar e dar ou no o aval para efetivao no cargo.

    Na prtica, explica Clayton, os vereadores faro uma sabatina com o indicado em uma sesso pblica, com questionamentos que permiti-ro aos parlamentares conhe-cerem o perfil administrativo, histrico profissional e carter ilibado da pessoa indicada.

    Com esta sabatina os ve-readores cumpriro seu papel fundamental que de fiscalizar a aplicao dos recursos pbli-cos e as atividades do execu-tivo municipal. A vantagem que estes questionamentos prvios devero ajudar a qua-lificar as nomeaes e evitar indicaes errneas, de profis-sionais que por ventura no te-nham capacidade tcnica para assumir estes cargos, tornando a indicao a mais vantajosa para a Administrao Pblica e para a populao, destaca o vereador.

    O Projeto de Emenda foi aprovado em primeira discus-so no dia 16 de abril, com votos favorveis de todos os vereadores presentes. E apro-vado novamente nesta noite de tera-feira, dever ser promul-gado, sem a necessidade da sano do prefeito.

    O governo federal reduziu de 60 para 50 o nmero de embarcaes atuantes na pesca industrial da tainha. A deciso para proteger a espcie e o estoque do peixe na regio. Mais de 100 pescadores pro-fissionais ficaro de fora da temporada, que tem incio no dia 1 de junho. Por conta disso, os sindicatos pesqueiros apostam em um aumento de 30% no valor do peixe este ano.

    Sero 117 pescadores sem trabalho durante a tempo-rada da pesca industrial da tainha, na regio sul-sudeste de Santa Catarina. O nmero de pescadores desempregados reflexo dessa reduo, conforme calcula o sindicato da categoria.

    A deciso do governo para a proteo da espcie na regio. Alm do nmero menor nas embarcaes ope-rantes, o corredor de dimenso para a pesca foi ampliado. Segundo informaes do coordenador da Cmara Setorial do Cerco, do Sindicato dos Armadores e das Indstrias de Pesca de Itaja e Regio (Sindipi), Antnio Momm, as trai-neiras devem operar com uma distncia mnima de 10 mi-lhas da costa.

    _O peixe corre antes dessa distncia, trs milhas da costa. Para conseguir capturar de to longe da costa, os pescadores devero esperar por um vento oeste e outras variveis do tempo_ diz.

    Para o presidente do Sindicato dos Pescadores Profis-sionais do Estado (Sitrapesca), Manoel Xavier de Maria, o Manequinha, a readequao do governo no est correta. A nova norma prejudica quem ficar de fora da temporada

    de pesca industrial da tainha:_No so s 10 embarcaes, mas 117 famlias pre-

    judicadas pela deciso do governo. Todos os pescadores tm as mesmas dificuldades, no h critrios para essa se-leo.

    Deciso do governo afetar a indstria pesqueiraQuem sai perdendo com a deciso do governo no

    so apenas os pescadores, mas a indstria do pescado. Se-gundo Momm, a temporada estava marcada para comear no dia 15 de maio, mas o governo alterou a data e transfe-riu para o dia 1 de junho.

    Com isso, o Sindipi aposta em uma queda acentuada na produo para a indstria do pescado na regio:

    _ Deixa-se de exportar a ova da tainha, um dos nosso produtos mais rentveis, e abrimos o mercado para outros pases entrarem.

    Para os sindicatos, o aumento no valor da tainha nas bancas de peixe ser alto. A Cmara Setorial do Cerco tra-balha com uma previso de acrscimo de at 30% no quilo do pescado em relao ao ano passado. Por enquanto, um box do Mercado do Peixe de Itaja est comercializando tainha, fruto da pesca artesanal, o preo mdio entre R$ 15 e R$ 20 o quilo.

    De acordo com Sitrapesca e o Sindipi, no existem estudos recentes que comprovem a reduo do pescado na regio sul. Por isso no haveria necessidade dessa determi-nao federal. A modificao na pesca da tainha foi feita a partir de um estudo realizado por uma universidade do Rio Grande do Sul.

    Alteraes na pesca faro tainha ficar mais cara este ano

    Determinao federal diminuiu nmero de embarcaes autorizadas e distncia de onde se poder capturar o pescado

    Divulgao

    Indicados para comandar Porto

    de Itaja e Semasa passaro por

    sabatina na Cmara

  • Neide Uriarteneidefestas@matrix.com.br

    9977.2390

    em DestaqueSociedade

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 6

    Abertura da Coluna: Homenagem ao Dia das Mes

    A coluna desta semana dedicada a todas as mames leitoras do Jornal dos Bairros. Todos ns lhes rendemos nossa homenagem nesta data to especial. Parabns! Feliz Dia das Mes! Que Deus as abenoe e proteja sempre. Um abrao especial.

    Clube Caa e Tiro Vasconcelos Drumond 120 Anos de Histria

    No ltimo dia 25 foi realizada a Terceira Festa dos Amigos, no Atiradores. O presidente do Clube Caa e Tiro Vasconcelos Drumond, Cesinha, e toda diretoria recepcionaram associados e convidados, que foram juntos comemorar os 120 anos do Clube dos Atirado-res, como carinhosamente chamado por todos. Uma confraternizao alegre, que contou com brinquedos inflveis no salo do clube, para a crianada se divertir

    com segurana. Vrias tendas formaram o cenrio prin-cipal da festa, que teve como Giza Carla e Banda G4 embalando a confraternizao. O presidente Cezinha anunciou, durante seu discurso, que enquanto a nova sede estiver sendo construda, as promoes sociais acontecero em parceria com o Clube Nutico Almi-rante Barroso, num ato de cordialidade do presidente Lilo Orsi e toda diretoria.

    Acesse: www.jornaldosbairros.tv

    Jantar Danante em Homenagem s mes no Bistr Itamirim

    Nesta sexta-feira, dia 08 de maio, ser realizado um jantar danante em homenagem s mes no Bistr Itamirim. O chef Vnio Victorino e toda sua equipe es-to preparando um buffet especial, que ir agradar a todos. A festa ser animada por um DJ, atendendo sele-o musical bem ecltica. Estaremos prestigiando esta noite especial no Itamirim Clube de Campo.

  • A notcia que voc l aqui, mais de 800 mil pessoas tambm leem em toda Santa Catarina SC

    www.adjorisc.com.brEdio de Maio 2015 . Semana I rcn@adjorisc.com.br www.adjorisc.com.br

    adjorisc

    adjori

    RC

    N -

    31

    2 -

    A

    Vejo como muito rico

    esse novo horizonte em

    que a mdia regional as-

    sume seu papel de gran-

    de fora na comunicao

    QRSDVDUPRXHPHQ-trevista Agncia Adjo-

    ri de Jornalismo o novo

    presidente da Frente

    Parlamentar em Apoio e

    Fortalecimento da Mdia

    Regional, deputado fe-

    deral Pedro Uczai. Te-

    mos a tarefa de estrei-

    tar as relaes entre o

    Congresso e a sociedade

    e por extenso com os

    rgos de comunicao,

    especialmente do Inte-

    rior, onde se encontra

    a maioria da populao

    Catarinense assume Frente da Mdia Regional na Cmara

    brasileira, disse Uczai,

    que tambm ressaltou a

    importncia de estreitar

    as relaes dos veculos

    de Comunicao com os

    rgos do governo.

    O deputado Pedro Uczai

    assume a presidncia da

    Frente em maio, em uma

    cerimnia com a pre-

    sena do ministro das

    Comunicaes, Ricardo

    Berzoini e do ministro-

    -chefe da Secretaria de

    Comunicao Social da

    Presidncia da Repbli-

    ca (Secom/PR), Edinho

    Silva. O presidente da

    Associao Nacional

    dos Jornais do Interior

    do Brasil e da Adjori/

    SC, Miguel ngelo Gob-

    bi, um dos convidados

    e ressalta a importn-

    cia de um parlamentar

    catarinense estar assu-

    mindo essa tarefa de ser

    nosso porta-voz no Con-

    gresso e junto ao gover-

    no federal.

    Pedro Uczai disse

    Agncia Adjori que a

    crise poltica requer uma

    nova forma de comuni-

    cao, com o fortaleci-

    mento de contedos que

    atendam os anseios das

    nossas regies. Precisa-

    mos falar com essa po-

    pulao. E por isso vamos

    dialogar com o governo

    para buscar a descen-

    Para o deputado federal, rico o horizonte em que os jornais locais assumem um papel de fora na comunicao do pas

    Foto

    s: D

    ivul

    ga

    o

    Pedro Uczai, que assumiu a Frente Parlamentar em Apoio e Fortalecimento da Mdia Regional, quer democratizar a mdia descentralizando a publicidade ligada ao governo

    Cmara dos Deputados lana a Frente do ComrcioAssuntos ligados ao co-

    mrcio de bens pres-

    tao de servios so

    o foco da Frente Parla-

    mentar Mista em Defesa

    do Comrcio, Servios e

    Empreendedorismo, da

    Cmara dos Deputados.

    O deputado Larcio Oli-

    veira (Solidariedade/SE),

    que vice-presidente

    institucional, destaca que

    o setor representa 67,4%

    do PIB nacional e mais de

    70% dos empregos for-

    mais no pas. Na pauta es-

    WRWHPDVFRPRDVLPSOL-cao da carga tributria,

    empreendedorismo, e a

    TXDOLFDRSURVVLRQDO

    Larcio Rodrigues o vice-presidente institucional da frente

    Cooperativas de SC devem crescer 12% neste anoApesar da crise que se

    anuncia, a expectativa

    de crescimento de 12%,

    ainda neste ano, para

    quem trabalha no ramo

    de cooperativas, em San-

    ta Catarina. A projeo

    da Organizao das Co-

    operativas do Estado de

    Santa Catarina (OCESC).

    Hoje, cerca de metade da

    populao catarinense

    est vinculada ao coope-

    rativismo, que tem um

    quadro social com 1,75

    milho de pessoas .

    A receita operacional

    bruta, em 2014, atingiu

    R$ 23,3 bilhes, com in-

    cremento de 15,91%. O

    presidente da organiza-

    o, Marcos Antnio Zor-

    dan, destaca que a receita

    para seguir crescendo

    investir em capacitao:

    Hoje, o cooperado no

    mais s um colono,

    um empresrio rural. Em

    2014, o SESCOOP/SC

    (vinculado OCESC) in-

    vestiu R$ 17,3 milhes em

    IRUPDRSURVVLRQDO

    Marcos Zordan destaca a capacitao como fundamental

    tralizao da publicidade

    e da propaganda, num

    quadro de mais equi-

    lbrio neste novo mo-

    mento da Comunicao.

    Na mesma linha, o novo

    presidente da Frente

    Parlamentar da Mdia

    Regional quer avanar

    o processo legislativo no

    que diz respeito a ma-

    trias das polticas p-

    blicas de Comunicao,

    desburocratizando a

    relao do governo com

    os veculos. Isso tambm

    ampliar a liberdade de

    imprensa, na medida em

    que buscamos fortalecer

    esses veculos em todos

    os aspectos.

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 740 - 1 A 8 DE MAIO de 2015 | Ano XVI | Pgina 8

    O ms de maio est recheado de atraes no Teatro Municipal de Itaja. A programao foi divulgada esta semana pela Fundao Cultural da cidade. Nes-ta sexta, sobem ao palco os atores do Festival Internacional de Mgica, com duas apresentaes em horrios diferencia-dos. Ainda este ms, o espetculo musical Beatles 4ever O Sonho No Acabou promete levantar o pblico das poltronas com o rock britnico.

    O Festival Internacional de Mgica - 3 Cubamagic e Convidados ter duas apresentaes nesta sexta-feira. O evento foi criado pelo mgico cubano, Rafael Gomez Perez. Mgicos argentinos, brasileiros, uruguaios, franceses e cuba-nos dividiro o palco do teatro durante o festival. Sero mgi-cas de palco, grandes iluses e close-up.

    tarde, o espetculo comea s 14h30 e voltado para as crianas. A apresentao gratuita, livre para todos os p-blicos e tem durao de uma hora e 40 minutos. noite, os

    mgicos fazem uma apresentao de gala, s 20h30. Para esta apresentao no h limitaes de faixa etria e os ingressos custam R$ 40.

    No dia 30 de maio, o sotaque britnico invade o Teatro Municipal. O espetculo musical Beatles 4ever O Sonho No Acabou conta a trajetria dos britnicos Paul McCart-ney, John Lennon, Ringo Starr e George Harrison, integrantes da banda The Beatles.

    O figurino do espetculo fiel aos trajes usados pelos garotos de Liverpool. Alm das roupas, os instrumentos utili-zados pela banda cover so, em sua maioria, da mesma po-ca da banda. O show acontece s 21hs, tem durao de duas horas e livre para todas as idades. Os ingressos custam R$ 70.

    Estudantes, pessoas com mais de 60 anos ou deficientes tm direito meia-entrada em todos os espetculos do Teatro Municipal de Itaja.

    Teatro Municipal recebe festival de mgica e Beatles cover

    Programao de maio est recheada de espetculos para todas as idades

    Musical Beatles 4ever volta ao palco de Itaja no fim do ms

    Divulgao

    Festival Internacional De Mgica -3 Cubamagic e ConvidadosData: 08 de maio 14h30, apresentao infantil gratuita20h30, apresentao de Gala, R$ 40

    Sinopse: Mgicos de renome internacional estaro no palco do Teatro Municipal de Itajai realizando seus melhores nmeros. O evento idealizado pelo mgico cubano Rafael Gomez Perez e contar com a participao de mgicos da Argentina, Brasil, Uruguai, Frana e Cuba. Haver mgicas de palco, grandes iluses, close-up, os artistas ocuparo o palco e o hall do teatro, bem como espetculos de rua.

    Espetculo Em Respeito DorData: 09 de maioHorrio: 20hIngresso: R$ 30 (meia-entrada para quem doar um litro de leite)Durao: 50 minutosFaixa etria: 14 anosSinopse: Em Respeito Dor apresenta ao pblico a trajetria de trs personagens distintos e sem qualquer relao entre si, tendo em comum os pesos que carregam. Com a conscincia de que o homem responsvel pelo o que e por tudo o que construiu at o momento, os personagens expem suas angstias ao pblico. Mais do que isso, expem fragilidades do ser humano como ser humano, com histrias em que todos ns reconhecemos.

    Confira a programao completa de maio

    Festival Internacional De Mgica - 3 Cubamagic E ConvidadosData: 10 de maioHorrio: 20h30Ingresso: R$ 40Durao: 1h40Faixa etria: Livre

    Espetculo de dana Encontrarte e Contrarte KidsData: 15 de maioHorrio: 20h Ingresso: R$10Durao: 2hFaixa etria: Livre

    Espetculo de dana Arabesque by Badria: entre luas e as quatro estaesData: 16 de maioHorrio: 20hIngresso: R$ 20Durao: 2hFaixa etria: Livre

    Espetculo de dana Michael Jackson, o ImortalData: 17 de maioHorrio: 17h e 19h30Ingresso: R$ 30Durao: 1h30Faixa etria: Livre

    Espetculo Um milho de anos em uma horaData: 22 de maioHorrio: 20hIngresso: R$60Durao: 60mFaixa etria: Adulto

    Espetculo Mundo encantado da DisneyData: 24 de maioHorrio: 16hIngresso: R$ 60Durao: 1hFaixa etria: Livre

    Espetculo Bolsa amarelaData: 26 de maioHorrio: 20hIngresso: GratuitoDurao: 1hFaixa etria: Acima de 7 anos

    Espetculo O amante do meu maridoData: 29 de maioHorrio: 20h30Ingresso: R$ 60Durao: 1h10

    Cover Beatles 4ever - o sonho no acabouData: 30 de MaioHorrio: 21hIngresso: R$ 70Durao: 2hFaixa etria: Livre

    Espetculo Chapeuzinho vermelho e o lobo mauData: 31 de maioHorrio: 16hIngresso: R$70 (meia-entrada para quem levar um quilo de alimento no perecvel)Durao: 1hFaixa etria: Livre