Jornal dos Bairros - 18 Junho 2015

  • Published on
    22-Jul-2016

  • View
    216

  • Download
    3

DESCRIPTION

Jornal dos Bairros - 18 Junho 2015

Transcript

  • ITAJA NAVEGANTES BALNERIO CAMBORI | 19 DE JUNHO DE 2015 | ANO XVI | N 746

    Itaja ter centro de inovao voltado para a logstica e economia do mar

    Cidade foi contemplada como uma das 13 em Santa Catarina a receber o empreendimento, uma parceria entre governos, universidades e sociedade. Pgina 4

    Combate dengue ganha a fora do Exrcito

    como aliada

    PGINA 3

    Pesquisadores da Univali desmentem poder emagrecedor do goji berry PGINA 8

  • O Jornal do Bairros uma publicao da empresa Letras Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Anita Garibaldi, 425 Centro Itaja SC.Telefone: (47) 3344.8600 Site: www.jornaldosbairros.tv | Twitter: @jornalbairros

    Diretor: Carlos Bittencourt | direcao@bteditora.com.brColaboradora: Neide UriarteJornalista assistente: Marjorie Basso

    Diagramao: Solange Alves solange@bteditora.com.brDepartamento Comercial: (47) 3344.8600

    Circulao: Itaja, Balnerio Cambori, Navegantes e regio.Fale conosco: Sugesto de temas, opinies ou dvidas: direcao@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tv

    O Jornal dos Bairros no se responsabiliza pelos artigos assinados pelos seus colaboradores ou de matrias oriundas de assessorias de imprensa de rgos oficiais ou empresas particulares.

    EXPEDIENTE

    Jornal filiado Associao dos Jornais do Interior de Santa CatarinaRua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianpolis, CEP 88.015-090Fone (48) 3029.7001 e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 2

    ALEXANDRE BALBINO

    Balbino&voc

    ARTIGO

    ASSUNTO DA SEMANA: UMA NOVA DIREO PARA A VIDA

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Chegamos ao segundo semes-tre de 2015. Esse o momen-to ideal para analisarmos em quais aspectos avanamos nos meses que passaram. verdade que no in-cio do ano fazemos um planejamento bem estruturado, com todas as metas e sonhos, principalmente relaciona-dos rea profissional. Entretanto, com o passar do tempo e diante de situaes inesperadas, os planos cos-tumam perder a fora ou a direo, tornando-se desatualizados. Essa a hora de avaliar o que j conseguiu colocar em prtica e o que falta para que suas ideias possam, finalmente, ser transformadas em realidade.

    Dedique algum tempo para re-visar suas metas de acordo com seu plano de ao e resultados alcana-dos at o momento. Fazer os ajustes de rota um passo muito importan-te, pois obstculos, imprevistos e va-riveis no calculadas e que fogem do nosso controle podem aparecer no percurso, por isso, estar atento e ser flexvel na hora de absorver esses pontos permite no desistir da reali-zao da meta, mas sim fazer as cor-rees adequadas para chegar aonde voc quer.

    importante tambm conside-rar nesse meio do ano dois fatores

    que podem comprometer a realiza-o dos objetivos: o cansao e a di-minuio da motivao.

    Em relao ao cansao, permi-ta verificar se est sobrecarregado e se no o caso de fazer algumas escolhas e estabelecer prioridades. Procure questionar o que voc re-almente est disposto a realizar. A sobrecarga , na verdade, a razo de muitas pessoas perderem a energia e no atingirem os resultados.

    A motivao o combustvel para conduzir as aes de um estado atual a um estado desejado. Se a mo-tivao, o porqu de estar criando as metas, algo suficientemente for-te, o como, realizao, nunca ser um problema.

    A definio e conquista dos propsitos e metas so de primordial importncia na vida do ser humano, pois esto intimamente ligados sua autoestima, confiana e ao sentimen-to de autoeficcia.

    Devemos, portanto, sermos jus-tos, estabelecendo objetivos entu-siasmantes (mas no alm da capaci-dade humana), pois definir as metas a serem alcanadas equivalente a dar sentido e significado prpria vida. Afinal, quem que no tem sonhos?

    Como ficaram suas metas no primeiro semestre?

    Por Eduardo Shinyashiki, palestrante, consultor organizacional, especialista em desenvolvimento das Competncias de Liderana e Preparao de Equipes

    A Associao de Vtimas do Trnsi-to (Traumatran), fundada em Itaja em maio de 2015, tem a misso de promover a conscientizao dos en-volvidos no trnsito, incentivando aes que visem a reduo da violncia, o res-peito mtuo, a valorizao da vida e dos direitos do cidado. A entidade nasce tambm com a viso de ser reconhecida como organizao no governamental atuante, acessvel populao, indepen-dente e dedicada transformao da re-alidade social.

    Pautada nos valores da tolerncia (base da boa convivncia), solidariedade (ato de bondade com o prximo) e res-peito (zelar pelos direitos de cada um), a Traumatran ter as seguintes formas de

    atuao: blitz de conscientizao; pa-lestras educativas; palestras motivacio-nais; eventos de conscientizao para crianas, jovens e adultos; atendimentos presenciais das 14h s 18h; palestras em associaes, ONGs, escolas, canteiros de obras da construo civil, Centros de Referncia da Assistncia Social (Cras/Creas), instituies privadas e pblicas de uma forma geral. Tambm presta-r assessoria jurdica, emprstimos de equipamentos de fisioterapia ( medida que nosso estoque de itens for receben-do este tipo de equipamento) e busca de parcerias com clnicas mdicas, de fisio-terapia, odontologia e farmcias, afim de atender as pessoas menos favorecidas e que sofreram traumas no trnsito.

    Em breve a Traumatran estar aten-dendo em sua sede que ser na rua Es-tefano Jos Vanolli, 558, bairro So Vicente. O telefone para contato (47) 3241-6338. O site traumatran.com.br estar no ar dentro de mais alguns dias, neste momento voc pode acompanhar notcias relacionadas em facebook.com/traumatranitajai.

    Seja voc tambm um voluntrio neste projeto, envie seu nome, endere-o e telefone para contato@traumatran.com.br e cadastre-se.

    Aproveitando esta oportunidade, gostaria de lanar uma pergunta. Em sua opinio qual ao necessria para re-duzir os nmeros de acidentes de trnsi-to em nossa cidade? Mande seu e-mail para balbinoitajai@gmail.com.br

    Deus abenoe todos vocs!

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 3

    Trinta homens do 23 Batalho de Infantaria do Exrcito Brasileiro, de Blumenau, esto trabalhan-do no combate dengue em Itaja. Os trabalhos comearam nesta semana nas ruas do bairro So Vicente. Somente no primeiro dia, foram vistoriados 393 imveis. Os soldados esto auxiliando os agentes de endemias na eliminao de focos e possveis criadouros do mos-quito aedes aegypti.

    _ O trabalho do Exrcito e dos agentes feito em conjunto, onde cada equipe formada por dois soldados e um agente visita as residncias. Alm dos quase 400 imveis vistoriados, foram visitados outros 174 que estavam fecha-dos. Outros 20 imveis foram recupe-rados, ou seja, nessas residncias havia sido impedida a entrada do agente de endemias da Secretaria de Sade e ago-

    ra, com a presena do Exrcito, o local foi vistoriado _ explica o Coordenador do Projeto de Combate Dengue, Lcio Vieira.

    O grupamento militar segue auxi-liando no combate dengue em Itaja por 30 dias ao todo. Eles atuam no So Vicente. Aproximadamente 80% dos casos de dengue registrados na cidade so deste bairro.

    _ O motivo para termos solicitado a ajuda do Exrcito, para que a po-pulao compreenda que todos devem fazer sua parte e que a situao que es-tamos enfrentado grave _ acrescenta o Secretrio Municipal de Sade, Osvaldo Gern.

    Alm de auxiliar nas visitas, por terem treinamento fsico avanado, os soldados tambm ajudam na eliminao de focos em locais de difcil acesso.

    A Frente Parlamentar do Varejo apresentou medi-das prticas contra as feiras itinerantes em San-ta Catarina. As medidas foram propostas pelo deputado estadual e coordenador da Frente, Darci de Matos (PSD), durante reunio na ltima tera-feira, em Florianpolis. O objetivo principal impedir a insta-lao dos famosos feirantes do Brs em cidades cata-rinenses. Em Itaja os comerciantes nmades entraram em conflito com o comrcio local logo na primeira Feira dos Fabricantes de So Paulo, em 2013. Por isso, foram proibidos, por deciso judicial, de promoverem feiras itinerantes na cidade.

    A primeira medida da frente parlamentar extin-guir o decreto 3727, de 2005, que possibilita a instala-o provisria de feirantes do Brs em Santa Catarina, principalmente em finais de semana. Caso a alterao seja feita, as feiras itinerantes sero proibidas em todo o Estado.

    Outra medida proposta pelo deputado a orga-nizao de uma fora tarefa dos rgos de fiscalizao do Estado. A exigncia de que rgos competentes impeam a comercializao de produtos sem prece-dncia, como objetos pirateados ou contrabandea-dos.

    Uma cartilha de orientao foi elaborada para instruir os comerciantes catarinenses sobre o tema. A cartilha possui explicaes sobre o prejuzo causado pelas feiras itinerantes ao comrcio legalmente esta-belecido, alm das perdas com a arrecadao de tri-butos.

    Para o deputado Darci de Matos, necessrio

    o cumprimento do decreto 2458/14, para a cassao de registro de ICMS para comerciantes flagrados com produtos pirateados.

    _Temos que fiscalizar rigorosamente essas feiras forasteiras que vm aqui drenar os nossos recursos_ afirmou o parlamentar.

    Em 2013, a cidade de Itaja recebeu pela primei-ra vez a Feira dos Fabricantes de So Paulo. Os co-merciantes se instalaram em um espao no bairro So Joo. O conflito com os comerciantes estabelecidos resultou na aplicao da lei municipal nmero 5.161, de 2008, que estabelece normas sobre a instalao e funcionamento de feiras itinerantes.

    Este ano, os feirantes do Brs conseguiram alva-r de funcionamento e mudaram os rumos da feira. Agora, eles trabalharam em um espao fixo e possuem alvar de funcionamento. De acordo com o Secretrio de Urbanismo de Itaja, Paulo Praun Neto, os feiran-tes ganharam a deciso judicial para a liberao dos documentos oficiais e esto aptos para comercializar em Itaja.

    _No podemos fazer suposies sobre o trabalho dos feirantes. Eles tm alvar anual e um mandado de segurana. como se eles alugassem a casa de um morador para trabalhar. A feira, agora, um comrcio normal_ explica.

    O mandado de segurana contra a prefeitura de Itaja garantiu a instalao fixa dos feirantes. Atualmen-te, os comerciantes do Brs atuam no centro comercial da rua Alexandre Fleming, no Centro, e no preten-dem dar adeus ao litoral catarinense to cedo.

    Controle da dengue: agentes de endemias e

    Exrcito vistoriam quase 400 imveis em um dia

    Trabalhos esto concentrados no bairro So Vicente e ocorrem por 30 dias com o auxlio dos soldados

    Frente parlamentar quer proibir feiras itinerantes em Santa Catarina

    Victor Schneider/Divulgao

    Jornal dos Bairros

    Em Itaja os feirantes que quiseram permanecer tiveram que providenciar

    alvar e alugaram um espao fixo

    Com soldados, agentes esto sendo recebidos em imveis onde a entrada havia sido negada

  • Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 4

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    O governador Raimundo Colombo assinou a ordem de servio para a construo do Centro de Inovao de Itaja. O valor total da obra de R$ 7.783.626,40, sendo que o investimento do Estado de R$ 7.555.473,52 e a contrapartida da prefeitura de Itaja de R$ 227.787,00, referente ao terreno.

    O Centro de Inovao de Itaja ter seis pavi-mentos, que abrigaro incubadoras e aceleradoras de empresas, laboratrios de ponta, espao para orientao aos empreendedores, centro de Pes-quisa e Desenvolvimento (P&D), centro de treina-mento, entre outros.

    _ Com este espao, queremos valorizar a cul-tura inovadora e incentivar o empreendedorismo. No total, 13 regies recebero os Centros de Ino-vao _ afirma Colombo.

    A unidade de Itaja ser direcionada para lo-gstica e economia do mar, respeitando a voca-o empreendedora da cidade. Para a prefeita em exerccio, Dalva Maria Rhenius, a implantao do centro importante para que Itaja se consolide como primeira economia de Santa Catarina.

    Os Centros de Inovao esto sendo construdos em parceria entre os governos Fede-ral, Estadual e municipais, universidades e socie-dade. J esto em obras os prdios em Lages, So

    A Cmara de Vereadores de Itaja ser sede do Ciclo de Palestras Estratgicas que acontecer nos meses de junho e julho. O evento tem como objetivo promover o deba-te e planejamento de reas diversas, visando a construo de metas para os prximos 10 anos. A abertura oficial ser na segunda-feira a partir das 19h.

    Sero duas palestras no dia da abertura. A primeira, intitulada Viso nacional e estadual da poltica energtica, com o presidente da Celesc Cleverson Siewert. Depois o secretrio de Estado da Educao, Eduardo Deschamps, comanda a palestra Pacto pela educao em SC: educao de primeiro mundo.

    O evento aberto e a inscrio pode ser

    realizada na hora. J os certificados dos partici-pantes sero emitidos pela Fundao Escola de Governo ENA Brasil.

    Confira a programao: 29 de junho- 19h palestra Desenvolvimento regio-

    nal: desafios e potencialidades para diminuio das desigualdades, com o secretrio de Estado do Planejamento, Murilo Flores;

    - 20h45 palestra Planejamento de estru-turao do Estado de SC para o enfrentamento e mitigao de desastres naturais, com o secret-rio de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus;

    6 de julho- 19h palestra Objetivos estratgicos e

    resultados da gesto frente da SSP, com o se-cretrio de Estado da Segurana Pblica, Cesar Grubba;

    - 20h45 palestra Novo modelo de gesto de sade em SC, com o secretrio de Estado da Sade, Joo Paulo Kleinubing;

    13 de julho- 19h palestra Mobilidade Urbana, com

    o superintendente da Regio Metropolitana da Grande Florianpolis, Cssio Taniguchi;

    - 20h45 palestra Santa Catarina: contex-tos e perspectivas, com o secretrio de Estado da Fazenda Antonio Gavazzoni;

    Governador assina ordem de servio do Centro de Inovao de Itaja

    Projeto ser direcionado para a logstica e economia do mar, de acordo com a vocao da cidade Divulgao

    Prdio ter seis pavimentos com incu-badoras e aceleradoras de empresas

    Cmara de Itaja sedia encontros para planejamento do Governo Estadual

    Bento do Sul, Jaragu do Sul, Chapec, Joaaba e Tubaro. Recebero tambm o projeto as cidades

    de Cricima, Joinville, Blumenau, Florianpolis, Brusque e Rio do Sul.

  • Festival de dana atrao principal do Teatro Municipal

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 5

    Cicloturismo em comemorao ao aniversrio de Itaja adiado

    A data para a pedalada de cicloturismo em comemorao ao aniversrio de Itaja foi trans-ferida para este domingo, dia 21 de junho. A atividade estava agendada para o domingo pas-sado, mas foi cancelada devido chuva.

    O cicloturismo promovi-do pela Construtora Macodesc e tem apoio da prefeitura de Itaja, Fundao do Meio Ambiente e do Servio Social do Comr-cio (Sesc). A empresa incentiva aes como o cicloturismo e a principal patrocinadora do pilo-to catarinense, Cleiton Campos, participante da Mercedes-Benz Challenge.

    Comemorao do bicentenrio de Dom Bosco

    A partir do prximo ms comeam as comemoraes dos 200 anos de nascimento de Dom Bosco. Por conta disso, o projeto Itaja abraa Dom Bos-co ter uma programao com celebraes organizadas por vrias parquias da cidade. Ha-ver hora santa, tero meditado, missa do dia, entre outras.

    A programao comea no dia 2 de julho, coordenada pela parquia So Joo Batista. No dia 9 quem faz a celebrao a parquia So Pedro Apstolo, no dia 13 a parquia Nossa Se-nhora de Lourdes, no dia 21 a parquia So Vicente de Paulo e no dia 28 a parquia So Cris-tvo. No dia 5 de agosto a vez da parquia santssimo Sa-cramento.

    Crianas de Itaja sero desafiadas a deixar a tecnologia de lado e co-nhecer a vida no campo. Neste sbado, das 8h s 12h30, o Rancho La Cautiva estar de porteiras abertas para re-ceber crianas no projeto Conexo Arte & Campo que tem o apoio da prefeitura. A ideia mostrar para as crianas como era a vida antigamente, por meio de jogos, ofici-nas de artesanato e contato com animais.

    A entrada para a visitao gratui-ta neste sbado e quem quiser participar deve confirmar presena pelo telefone (47) 9962-6877. O Rancho fica na rua Moiss Gamba, no Brilhante I. ndios da tribo Tupi Guarani, de Bigua, tambm estaro presentes. Eles iro mostrar para crianas como produzem tinta e utenslios domsticos.

    _ Cerca de dez ndios viro, e isso pra gente uma grande conquista porque eles praticamente no saem da aldeia _ conta a organizadora Maria de Lourdes Garca.

    Uma artes de Campo Alegre ir le-var um tear e ensinar para as crianas esta arte milenar. Na programao tambm tem apresentao de cavalo, exposio e oficinas de roupas, utenslios domsticos e brinquedos.

    _ Nossa ideia mostrar para as crian-as que possvel se divertir sem tecnolo-gia, mostrar os brinquedos que os pais e avs delas brincavam, fazer com que elas tenham contato com animais, enfim pro-por uma manh diferente que temos certe-za que ir agradar as crianas e seus pais.

    As crianas da escola Martinho Ger-vsi, do Brilhante, j sabem bem o que a vida no campo. Cerca de 60 alunos participam no contraturno escolar de ati-vidades no Rancho La Cautiva. Dentre as atividades feitas por eles, esto montaria, horta, trilha e artesanato.

    Projeto possibilita que crianas tenham contato com a natureza

    Rancho La Cautiva abre as portas gratuitamente e oferece atividades manuais, brincadeiras e contato com animais

    Divulgao

    Alunos de escola prxima j participaram das atividades

    no contraturno escolar

    REBELO & ZENDRONADVOGADOS

    Rua Dr. Pedro Ferreira, 155, sala 1502 15 andar - Centro - Itaja

    Fone: (47) 3398.1165 | (47) 9923.7503

    Mais de mil bailarinos passaro pelo palco do Teatro Municipal de Ita-ja durante este final de semana. Danarinos do Brasil, Argentina e Uruguai participaro do Festival de Dana Mery Rosa e mostraro o talento em mais de 300

    coreografias de jazz, bal cls-sico, dana contempornea, estilo livre, danas populares, urbanas e sapateado. Este ano, o festival comemora tambm o aniversrio de 25 anos do Stu-dio de Dana Mery Rosa.

    As apresentaes comea-ram na quarta-feira e seguem at o domingo. O festival

    reconhecido internacionalmente e recebe bailarinos de todos os cantos. Na primeira fase do festival, 1,2 mil bailarinos se apre-sentaro sem compromisso aos participan-tes. J na segunda fase, os danarinos com-petiro e sero julgados por profissionais de experincia nacional e internacional. Eles disputaro em diferentes categorias, como infantil, jnior, snior e avanado.

    As apresentaes comeam s 19h e os ingressos custam R$ 30 para especta-dores. Outras atividades, como cursos de dana e oficinas estaro disposio dos participantes.

    As inscries custam R$ 50 e devem ser feitas pelo site meryrosa.com.br.

    DIVULGUE SUA EMPRESANO JORNAL DOS BAIRROS

    3344-8600

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 6

    Neide Uriarteneidefestas@matrix.com.br

    9977.2390

    em DestaqueSociedadeInaugurao da quadra de padel do Itamirim Clube de CampoNo dia 11 de junho foi inaugurada a quadra de padel do Itamirim Clube de Campo, que recebeu o nome de Walmir Walter, em homenagem ao associado falecido h um ano e que foi um dos maiores incentivadores da construo da quadra oficial. Estiveram presentes na homenagem, sua esposa Rosita Werner Walter e seus filhos Guilherme e Eduardo Werner Walter. Aps descerrarem a placa inaugural, os convidados participaram de um coquetel de confraternizao. Parabenizamos o presidente do Itamirim Clube de Campo, Gelcir Bellini, vice-presidente, Jos Agenor de Arago, e diretoria por presentearem os associados com mais uma importante obra esportiva, que beneficiar a todos.

    Cantinho da Saudade: Osmar Rebello Baga

    Na segunda-feira, dia 15 de junho, quando Itaja comemora-va 155 anos, faleceu o Sr. Osmar Rebello, mais conhecido como seu Baga. Um cidado que amava a sua terra natal e se orgulhava muito de Itaja. Deixa viva a Sra. Tere-za Rebello, os dois filhos Omar e Osman Rebello, noras, netos e bis-neta. Seu corpo foi velado no cemi-trio Bosque Parque das Palmeiras e sepultado no jazigo da famlia no Cemitrio Municipal da Fazenda. Um ltimo pedido de seu Baga foi atendido pela famlia, foram buscar sua gua de estimao, Cigana, no haras Verde Vale em Cambori, e a deixaram perto do seu tmulo, du-rante o enterro. Quem conhecia o seu Baga sabia da sua paixo pelos cavalos, o carinho e amor que dedi-cava aos seus animais de estimao. Nossos sentimentos de pesar a todos os seus familiares. Que o Sr. Osmar Rebello esteja junto de seu inesque-cvel neto Sacha Delamora Ferraz e tenham o descanso eterno!

    Aniversrio de Rubens Angioletti

    Um abrao de todos os amigos do Jor-nal dos Bairros ao comunicador Rubens An-gioletti, que comemorou aniversrio no dia 31 de maio, junto de sua esposa Liactia e seus filhos. Parabns, Rubens! Que Deus lhe abenoe e conceda muitos anos de vida, jun-to de seus familiares e amigos.

  • A notcia que voc l aqui, mais de 800 mil pessoas tambm leem em toda Santa Catarina SC

    www.adjorisc.com.brEdio de Junho 2015 . Semana III rcn@adjorisc.com.br www.adjorisc.com.br

    adjorisc

    adjori

    RC

    N -

    31

    8 -

    B

    preciso bons projetos para que as obras virarem realidadeEm entrevista Agncia Adjori de Jornalismo, o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini, falou especialmente sobre as obras nas rodo-vias atualmente, so 2 mil quilmetros sendo pavimentados ou reparados, em Santa Ca-tarina. Agostini explicou que entraves judiciais tm colaborado para o atraso em algumas execues e destacou que empreendimentos como o Contorno Sul de Videira facilitam e melhoram a vida das pessoas.

    Agncia Adjori de

    Jornalismo - Qual o

    montante de recursos

    sendo aplicados, nes-

    se momento, em infra-

    estrutura, no Estado?

    Wanderley Agostini

    - Em obras de infraes-

    trutura, em andamen-

    to, neste momento, so

    cerca de R$ 4 bilhes

    aplicados. Muitas vezes

    as pessoas acabam no

    valorizando essas e ou-

    tras aes do governo.

    Mas uma conquista.

    preciso bons proje-

    tos, vontade poltica e

    determinao para que

    as obras possam virar

    realidade.

    Adjori Nas cidades

    do interior, a popula-

    do. Como sou daque-

    la regio, claro que

    defendo com mais de-

    terminao. A SC-120,

    que liga Curitibanos a

    So Jos do Cerrito, j

    est contratada, est

    em andamento. E nesse

    momento est sendo

    feita a terraplanagem.

    Mas o cronograma est

    adiantado, os pagamen-

    tos esto em dia, por

    meio de financiamento

    do Banco do Brasil. J

    quanto estrada que

    vai de Frei Rogrio at

    Liberata, que liga Frei

    Rogrio a Fraiburgo, foi

    feito o projeto. uma

    obra de 17 quilmetros.

    Porm, na chegada ao

    municpio de Frei Rog-

    rio h a necessidade de

    construo de um via-

    duto que muito caro,

    por isso estamos com

    dificuldade de arrumar

    recursos, ou mesmo

    a fonte financiadora

    para fazer a obra. En-

    tretanto, j vencemos

    uma etapa importante,

    que a elaborao do

    projeto.

    Adjori O Contor-

    no Sul de Videira foi

    inaugurado recente-

    mente. Qual o signifi-

    cado desta obra para

    aquela regio?

    Agostini - A obra facili-

    ta a mobilidade urbana

    do municpio de Videira

    e diminui o tempo que

    os motoristas gastam

    no trnsito. Uma coisa

    importante, que inclusi-

    ve defendida pelo go-

    vernador do Estado, a

    preocupao com a se-

    gurana e o bem-estar

    do maior patrimnio do

    Estado, que so as pes-

    soas. uma obra bem

    executada, e em tempo

    recorde.

    Adjori - Tambm fo-

    ram realizadas outras

    inauguraes durante

    o ms de maio...

    Agostini - Neste ms

    de maio, obras foram

    inauguradas em todas

    as regies do Esta-

    do. Por exemplo, em

    Rio Negrinho e Volta

    Grande, no Norte do

    Estado, Santa Cruz do

    Timb (Porto Unio) e

    Porto Unio, tambm

    no Norte; contorno de

    Videira, no Meio Oeste;

    travessia urbana de Ca-

    ador, no Meio Oeste;

    So Loureno do Oeste

    e Formosa do Sul, no

    Extremo Oeste; Rio do

    Campo e Passo Manso,

    no Alto Vale do Itaja;

    Campo Grande, San-

    go e Jaguaruna, no Sul

    do Estado; e em Passo

    de Torres, no Sul do Es-

    tado. possvel verifi-

    car que as obras esto

    bem distribudas. Em

    Santa Catarina existem

    aproximadamente 8 mil

    quilmetros de rodo-

    vias estaduais. Desses,

    quase um tero est em

    obras, ou de revitaliza-

    o, ou de implantao,

    pavimentao e cons-

    truo.

    Adjori - Quais obras

    esto previstas para

    serem executadas at

    o final do ano?

    Agostini - Temos cerca

    de 2 mil quilmetros em

    obras. Todas elas so

    importantes. A deter-

    minao do governador

    para que tudo seja

    feito dentro do crono-

    grama contratual e que

    se faa todos os esfor-

    os para a liberao e

    desburocratizao de

    entraves como licenas

    ambientais e desapro-

    priaes.

    o alega que h atra-

    sos na execuo das

    obras. Quais seriam os

    principais entraves na

    execuo?

    Agostini - Todos os r-

    gos reguladores so

    entraves na questo de

    estradas, como o Ibama,

    Fatma, ICM-Bio, Minis-

    trio Pblico. Todos so

    necessrios, claro.

    preciso ter esse acom-

    panhamento. Mas tam-

    bm preciso ter uma

    conscientizao de que

    ns, do governo, tam-

    bm estamos do lado

    da comunidade, e todos

    usamos as obras execu-

    tadas pelo governo.

    Adjori Recentemen-

    te, o senhor foi convi-

    dado a participar de

    uma reunio na Co-

    misso de Transportes

    da Assembleia Legis-

    lativa (Alesc). Como

    est a relao entre os

    poderes no desenvol-

    vimento e execuo

    de projetos?

    Agostini - Vejo como

    uma relao amisto-

    sa, harmnica. Aqui na

    Grande Florianpolis

    tivemos alguns pro-

    blemas judiciais, no

    por culpa do governo.

    Tivemos uma srie de

    obras paralisadas por

    culpa de uma mesma

    empresa, entre elas a

    restaurao da Ponte

    Herclio Luz, o acesso

    ao aeroporto e a dupli-

    cao da SC-403. Em

    todas elas houve rom-

    pimento de contrato.

    Iniciamos, agora, uma

    nova fase, com a aber-

    tura de novas licitaes

    e contratao de novas

    empresas.

    Adjori - Quando o se-

    nhor assumiu a presi-

    dncia do Deinfra, em

    janeiro deste ano, pro-

    meteu ateno espe-

    cial s obras que ligam

    Curitibanos a So Jos

    do Cerrito e Frei Rog-

    rio a Fraiburgo. Como

    esto estas obras?

    Wanderley Agostini

    - Esta uma bandei-

    ra que no somente

    minha, mas tambm

    do governo do Esta-

    Entrevista: Wanderley Agostini, presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) de Santa Catarina

    Bia

    nca

    Bac

    kes

  • A fruta da moda quando o assunto emagrecimento foi alvo de estu-dos da Univali e acabou desmas-carada de certa forma. Pesquisadores do curso de Nutrio da universidade com-provaram que o goji berry no proporcio-na o to anunciado efeito milagroso na perda de peso.

    Sob orientao da professora Sandra Soares Melo, acadmicos do 6 perodo do curso fizeram anlises em ratos. Os roedores foram alimentados com dieta rica em gorduras e receberam goji berry na forma de extrato e fruto desidratado. Os resultados finais mostraram que uso do goji berry no acelerou o metabolis-mo, tampouco influenciou na reduo de apetite.

    _ O goji berry, assim como as ou-tras frutas vermelhas, atua como um an-tioxidante, mas ele no tem efeito ema-grecedor se no for associado dieta para perda de peso _ explica a profes-sora orientadora.

    O efeito que chamou aten-o foi com relao ao consumo do extrato do goji berry, que pro-

    vocou reduo de acmulo de gordura no fgado, porm percebeu-se que o rim sofreu uma sobrecarga com elevao de uma substncia, a creatinina.

    _ O extrato do goji berry pode aju-dar pacientes com toxicidade heptica, relacionado ao acmulo de gordura no fgado, mas seu uso tem que ser acom-panhado por um profissional de sade _ diz Sandra.

    O goji berry, denominado cienti-ficamente como Lycium babarum, um fruto de cor vermelha de uma planta nativa do sudeste da Europa e sia.

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 746 - 19 DE JUNHO de 2015 | Ano XVI | Pgina 8

    Mais de 70 casais oficializaram a unio no Casamento Coletivo 2015, no ltimo sbado em Ita-ja. O evento fez parte do calendrio fes-tivo em comemorao ao aniversrio de 155 anos da cidade. Essa foi a primeira edio do evento com a participao de um casal homoafetivo. Este ano, o even-to no contou com cerimnia religiosa, somente a unio civil.

    Ao todo, 72 cnjuges se encontra-ram na Sociedade Recreativa e Cultu-ral da Vila, em Itaja. L, eles tiveram a oportunidade de dizer o to esperado sim aos companheiros. A parte civil foi realizada pelos juzes de paz Sergio Saturnino Janurio e Mariana Perez Ou-riques.

    Entre os casais estavam Ricardo Henrique Gomes Santos e Fabrcio Ale-xandre, primeiro casal homoafetivo a participar do Casamento Coletivo de Ita-ja. Eles se conheceram por meio de re-des sociais e esto juntos h quatro anos. A novidade foi tratada com naturalidade pelos demais participantes do casamen-

    O Senac de Itaja precisa de vo-luntrios que queiram cortar os cabelos ou fazer a barba. Os interessados precisam apenas pe-gar uma senha, no ser cobrado nada pelos servios. A iniciativa atende as necessidades dos cursos profissionali-zantes.

    Os atendimentos so realizados trs vezes por semana, de segunda a

    quarta-feira, s 19h, no salo de bele-za do Senac, no 4 andar do edifcio, localizado no nmero 293 da rua Her-clio Luz.

    A partir do dia 24 de junho sero oferecidos, tambm de graa, cortes de cabelos para homens e designer de barba todas as teras, quartas e quin-tas-feiras pela manh, s 9h. Para mais informaes ligue (47) 3348 0410.

    Primeiro casamento coletivo com unio homoafetiva conta com mais de 70 casais

    Evento marcou as comemoraes de 155 anos de Itaja e

    foi realizado por dois juzes de paz

    to. Para o secretrio Municipal de De-senvolvimento Social, Marcelo Sodr, o sbado foi dia de celebrar a famlia e o amor.

    _ Ns, que trabalhamos na rea da

    Assistncia Social, vemos que o maior problema da sociedade a dissoluo da famlia. Por isso to bonito e impor-tante esse evento_ diz.

    O Casamento Coletivo uma pro-

    moo da Secretaria de Desenvolvimen-to Social aos moradores de Itaja. Eles recebem, gratuitamente, lembranas, registro fotogrfico e a documentao do contrato civil do matrimnio.

    Senac de Itaja precisa de modelos para corte de barba e cabelo

    Divulgao

    Pesquisa da Univali mostra que goji berry no atua na perda de peso

    Divulgao

    Documentao fornecida

    gratuitamente para os novos

    casais