Jornal dos Bairros - 17 Maio 2013

  • Published on
    11-Mar-2016

  • View
    212

  • Download
    0

DESCRIPTION

Jornal dos Bairros - 17 Maio 2013

Transcript

  • ITAJA NAVEGANTES BALNERIO CAMBORI | 17 DE MAIO DE 2013 | ANO XII | N 650

    PGINA 5

    Comea a temporada da tainha

    No prximo sbado, a tainha deve comear a ser comercializada no

    Mercado do Peixe.

    Equipamentos de fiscalizao eletrnica devem operar no

    incio de junho

    PPA de Itaja prevR$ 4,4 bi de recursos

    para os prximos quatro anos

    Sesso tumultuada

    marca debate sobre o reajuste do salrio dos

    Servidores Pblicos

    Lanado edital para estudo de viabilidade tcnica da Ferrovia do FrangoPGINA 5

    PGINA 7

    PGINA 4

    PGINA 4

    7 Festival Itaja em Cartaz estreia neste sbado

    Receita Federal doa dois

    contineres Apae de Itaja

    PGINA 5

    PGINA 4

    Divulgao/A

    paeItaja

    Divulgao/PMI

    Antnio M

    afalda/Secom

  • Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013 | Ano XII | Pgina 3

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013 | Ano XII | Pgina 3

    O Jornal do Bairros uma publicao da empresa Letras Editora Ltda. (ME), com sede na Rua Jorge Mattos, 15 Centro Itaja SC.Telefone: (47) 3344.8600 Site: www.jornaldosbairros.tv | Twitter: @jornalbairros

    Diretor: Carlos Bittencourt | direcao@bteditora.com.brColaboradores: Marcelo Nunes, Neide Uriarte e Hlio RebelloJornalistas:Leonardo Thom - DRT SC 04607 JPRenara Almeida DRT SC04030 JPDiagramao: Solange Alves | solange@bteditora.com.brDepartamento Comercial: (47) 3344.8600Circulao: Itaja, Balnerio Cambori, Navegantes e regio.Fale conosco: Sugesto de temas, opinies ou dvidas:

    direcao@bteditora.com.br | jornalismo@jornaldosbairros.tvO Jornal dos Bairros no se responsabiliza pelos artigos assinados pelos seus colaboradores ou de matrias oriundas de assessorias de imprensa de rgos oficiais ou empresas particulares.

    Jornal filiado Associao dos Jornais do Interior de Santa CatarinaRua Adolfo Melo, 38, Sala 901, Centro, Florianpolis, CEP 88.015-090Fone (48) 3029.7001 - e-mail: adjorisc@adjorisc.com.br

    EXPEDIENTE

    &Poltica

    CafCom

    LeiteHlio Rebellohelio_rebello@ibest.com.br

    REBELO & ZENDRONADVOGADOS

    Rua Dr. Pedro Ferreira, 155, sala 1502 15 andar - Centro - Itaja

    Fone: (47) 3398.1165 | (47) 9923.7503

    IMPROBIDADE POR AGRESSO AOS PRINCPIOS DA

    ADMINISTRAO PBLICA

    A Lei que trata da improbidade administrativa co-loca esses atos numa determinada ordem: os mais gra-ves vm primeiro, e so aqueles pelos quais algum enriquece ilicitamente, depois, vm os que causam prejuzo ao patrimnio pblico, e, finalmente, os atos que so praticados contra os princpios que regem a administrao pblica.

    Que princpios so esses que, quando violados, caracterizam a improbidade administrativa? So justa-mente aqueles estabelecidos pela Constituio: a legali-dade, a impessoalidade, a moralidade e a publicidade. Um pouco mais tarde, com a Emenda Constitucional n 19/1998, incluiu-se tambm o princpio da eficincia. Sim, a administrao pblica tem o dever de ser eficien-te, sob pena de cair na improbidade.

    Porm, h outros princpios da administrao p-blica que no podem ser violados, pena de estarmos diante de situaes que caracterizam a to temida im-probidade: impedir, por exemplo, a participao do ci-dado na administrao da Cidade, negar transparncia gesto pblica (artigo 37, 3 da CF), deixar de dar satisfao de seus atos e de prestar contas (artigo 58, 2, inciso V, e artigo 70), deixar de dar continuidade a polticas pblicas j estabelecidas (artigos 165 e 166, 1 e 2). Todos esses atos, dentre outros, podem conde-nar um poltico por improbidade administrativa.

    Quando um administrador pblico deixa, siste-maticamente, de prestar esclarecimentos populao a respeito de sua atuao, ou deixa de justificar a escolha de determinadas prioridades de seu governo comete im-probidade administrativa. Sempre que algum viola os princpios e os deveres de honestidade, imparcialidade, ou de lealdade s instituies estar sendo mprobo.

    No so somente os agentes pblicos, porm, que podem ser condenados por improbidade. Qual-quer pessoa que exera, ainda que de modo transitrio, ou mesmo sem remunerao, por eleio, nomeao, designao, contratao, ou qualquer outra forma de investidura ou vnculo, mandato, cargo, emprego ou funo nas entidades mencionadas pode praticar atos mprobos. A lei alcana tambm os particulares, pesso-as que, mesmo sem vnculo com a administrao p-blica, induzam ou concorram para a prtica do ato de improbidade ou dele se beneficiem sob qualquer forma direta ou indireta.

    Neste contexto, ento, qual o significado do prin-cpio da moralidade administrativa? O que significa a obrigao que tem um prefeito, ou qualquer agente poltico, de ser leal s instituies? A moralidade ad-ministrativa tem a ver com honestidade, transparncia, participao, sintonia com as expectativas ticas da po-pulao e empenho naquilo que se faz. O princpio da lealdade s instituies tem a ver com a obrigao que tem um agente pblico de assumir sua misso institu-cional com seriedade, respeito e afinco, e tambm com a competente e sincera representao dos interesses do rgo pblico ao qual serve.

    Toda improbidade no campo da administrao pblica uma espcie de corrupo, merece nossa re-provao e clama por severa punio. Somente assim deixaremos de ter aquela incmoda sensao que nos causa a impunidade.

    Jonas Tadeu NunesCoordenador do Observatrio Social de Itaja

    SERVIDORES MUNICIPAIS O Sindicato pleiteia 16% de reajuste salarial para os

    Servidores Pblicos Municipal de Itaja, entretanto, o Exe-cutivo acena com 7%.

    O vereador Afonso Arruda (PMDB), lder do governo na Cmara, afirmou que participou das negociaes com o Sindicato, que segundo ele, j teria conhecimento do ndice proposto. Arruda destacou ainda que para definir o reajuste, a Prefeitura levou em conta a Lei de Responsabi-lidade Fiscal, que limita os gastos com a folha e, portanto, no poderia exceder os 7%.

    PAVAN E PIRIQUITO: PMDB X PSDB O ex-governador Leonel Pavan (PSDB) contesta o

    prefeito de Balnerio Cambori, Edson Piriquito (PMDB), alegando que os pedidos de cassao do mandato do pre-feito partiram do Ministrio Pblico Eleitoral e no dos tucanos. Em uma alfinetada com endereo certo, o ex-governador recorda que o PMDB j cassou o mandato de quatro tucanos em Santa Catarina: Clsio Salvaro, em Cri-cima e Saulo Sperotto, em Caador, alm dos prefeitos de Palmitos e Jos Boiteux.

    FERROVIA: LANADO EDITAL O edital para o Estudo de Viabilidade Tcnica, Eco-

    nmica e Ambiental (EVTEA) da Ferrovia da Integrao, tambm conhecida como Ferrovia do Frango e que ir cortar Santa Catarina de Leste a Oeste, foi assinado em Chapec. Na ocasio, tambm foi anunciado o traado da ferrovia, que ir partir de Dionsio Cerqueira, passan-do por So Miguel do Oeste, Chapec, Herval do Oeste, Santa Ceclia e Blumenau at chegar a Itaja. Informaes preliminares indicam que o EVTEA ficar pronto no prazo de um ano, enquanto o Projeto Bsico dever ser conclu-do em 22 meses. Presentes na cerimnia o Ministro dos Transportes, Csar Borges, e da ministra das Relaes Ins-titucionais, Ideli Salvatti, alm dos diretores da Valec.

    ITAJA: TURISMO A Secretaria Municipal de Turismo de Itaja partici-

    pou da Seatrade Latin America Cruise Convention 2013, nos dias 14 e 15 de maio, em Valparaso, no Chile.

    O evento abordou temas importantes para o desen-volvimento da indstria turstica, incluindo discusses so-bre impostos, tarifas porturias, infraestrutura, extenso, aproveitamento de itinerrios e oportunidades de merca-do.

    A Seatrade Latin America liderada por linhas de cruzeiros e criadores de polticas regionais, reunindo re-presentantes de governos, destinos tursticos e fornece-dores para a promoo do setor de cruzeiros na Amrica Latina.

    PESCA Representantes do Sindicato dos Armadores e da In-

    dstria da Pesca (Sindipi) foram a Braslia em reunio com o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, para discutir as dificuldades enfrentadas pelo setor com a en-trada de pescado importado no pas. Um dos principais assuntos ser a sardinha, que est em plena safra. Sem demanda de compra, armadores tm deixado barcos para-dos em Itaja e Navegantes, principal plos pesqueiros de sardinha no pas.

    Queremos que sejam revistas as cotas de impor-tao, uma vez que h abundncia de recurso nacional diz Giovani Monteiro, presidente do Sindipi.

    BC: LDER DO GOVERNO Em reunio na tarde de tera-feira (14), com o pre-

    feito Edson Piriquito (PMDB), os onze vereadores da base governista indicaram, em consenso, o nome do vereador Orlando Angioletti (DEM), que passa a ser o lder do Go-verno Municipal na Cmara de Vereadores.

    SUPERLICENAS Nos 100 primeiros dias desde que voltou ao coman-

    do do Senado, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), adota um discurso da moralizao dos gas-tos pblicos. Mas, as medidas tomadas por Renan, at o momento, no tocaram naquilo que considerado uma verdadeira caixa-preta do Senado: a concesso de licenas mdicas. Entre 2011 e 2012, servidores efetivos e funcio-nrios comissionados do Senado tiraram 87,5 mil dias de licenas.

    Desde o incio da atual legislatura, cada trabalhador da Casa afastou-se por motivo de sade em mdia por 14 dias. O levantamento revela que a imensa maioria das li-cenas em 2011 e 2012 foi tirada por servidores efetivos que ingressaram por concurso pblico. Os efetivos so uma populao bem remunerada, onde um garom, por exemplo, pode ganhar salrio de at R$ 17 mil.

    A menos que o Senado seja um paraso de doentes, no mnimo um exagero inominvel. Acho uma fraude repetida. O Senado no hospital, disse o senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

    AGORA UMA COOPERATIVA? Cansados de ficarem a reboque das grandes siglas, os

    pequenos partidos de Santa Catarina esto se mobilizando para discutir as eleies de 2014. Dirigentes dos partidos PEN, PHS, PPL, PSDC, PSL, PTdoB, PTN e PCB se renem na Assembleia Legislativa para discutir a possibilidade de uma chapa conjunta para apresentar candidatos ao gover-no do Estado e ao Senado.

    CABIDE De 2007 a 2012, as secretarias de Desenvolvimento

    Regional receberam R$ 3,5 bilhes do governo estadual. O valor destinado a obras e servios praticamente igual ao gasto com folha de pagamento e manuteno. A lder do PT na Assembleia, Ana Paula Lima, classifica as SDRs de mquinas poltico-partidrias e grandiosos cabides de emprego. Para ela, a administrao no pode sucatear Sade e Educao e manter as secretarias consumindo di-nheiro pblico.

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013| Ano XII | Pgina 4

    Cerca de 60 pessoas participaram da Audincia Pblica para apresentao do Projeto de Lei do Plano Plurianual PPA 2014-2017. Todos os 68 projetos e mais de 200 aes levados ao conheci-mento da comunidade foram aprovados. Agora, o projeto segue para aprovao na Cmara de Vereadores.

    A previso oramentria para os prximos quatro anos de R$ 4,4 bi-lhes, um acrscimo de 24% em relao ao PPA que est em vigor. Estes recursos sero aplicados em importantes projetos como a construo de elevados na Ave-nida Abraho Joo Francisco (prximo Univali) e Avenida Adolfo Konder (jun-to rtula do Vanolli), o binrio do So Vicente (Estefano Jos Vanolli e Otvio Cesrio Pereira), e as revitalizaes da Avenida Ministro Victor Konder (Beira Rio), de Cabeudas, da Rodovia Osvaldo Reis e da Avenida Abraho Joo Francis-

    co (Contorno Sul).Na segurana, o destaque a cria-

    o da Guarda Civil. Na sade, a con-cluso do Centro Integrado de Sade e a implantao do Centro de Fisioterapia Especializada. E no desenvolvimento so-cial, a construo da Cidade do Idoso.

    No PPA tambm sero apresentados projetos para a construo de creches e escolas de ensino fundamental, no espor-te e lazer - construo de praas, par-ques, centros poliesportivos, alm da realizao do JASC. Na habitao, cons-truo de moradias populares e na cultu-ra e turismo, a implantao do Centro de Turismo e Arte do Molhe da Atalaia e do Centro Cultural de Itaja.

    O Porto tambm est contemplado no PPA 2014-2017 com a nova bacia de evoluo e obras de infraestrutura no ca-nal de acesso e a terceira etapa da Via Expressa Porturia.

    As inscries para o preen-chimento das 1.457 vagas ofereci-das pela Universidade do Vale do Itaja (Univali) para cursos de gra-duao por meio do Vestibular de Inverno 2013 encerram-se hoje, 17. Elas devem ser feitas, ao custo de R$ 70,00, pelo www.acafe.org.br. As vagas esto distribudas nos campi de Itaja, Balnerio Cambo-ri, Biguau e Kobrasol - So Jos. Ao todo, so 54 opes de cursos somando-se os diferentes turnos e campi.

    O Vestibular Univali est inte-

    grado ao Sistema Acafe. Ele possui uma prova objetiva com 60 questes de mltipla escolha e uma redao. Ela ser realizada dia 16 de junho, das 13h s 18h, em 16 cidades catarinenses e, ainda, em Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS). Os resulta-dos sero divulgados at o dia 5 de julho. Quadro de vagas, calendrio completo, ndice de candidatos no Vestibular de Inverno 2012, relao de obras literrias, assim como edi-tal com todas as informaes sobre o processo esto disponveis pelo www.univali.br/vestibular.

    A mensagem de urgncia 063/2013, da Prefeitura Municipal, para que os vereadores votassem na sesso de tera-feira (14) a proposta de reajus-te aos servidores pblicos municipais foi rejeitada por 15 vereadores. Represen-tantes do Sindicato dos Servidores Pbli-cos Municipais da Regio Foz Rio Itaja e servidores compareceram Cmara para se manifestar contrrios a votao do projeto que prev reajuste real de 7%, enquanto que os servidores reivindicam ao menos 10%.

    Durante a discusso da matria, os vereadores Clayton Batschauer (PR) e Thiago Morastoni (PT) afirmaram que aguardavam a posio dos prprios ser-vidores presentes na Casa para se colo-carem favorveis ou contrrios ao pedi-do de urgncia. O vereadores tambm deixaram claro que a votao contrria mensagem significaria que o aumento no viria neste ms.

    J o lder do governo na Cmara, vereador Afonso Arruda (PMDB), desta-

    cou ainda, que para definir o reajuste a prefeitura levou em conta a Lei de Res-ponsabilidade Fiscal, que limita os gas-tos com a folha e, portanto, no poderia exceder os 7%.

    A presidente do Sindicato dos Servi-dores de Itaja, Eliane Aparecida , decla-rou na ltima semana que, a prefeitura usa como desculpa a folha inchada e a responsabilidade fiscal e no tem nenhu-ma responsabilidade com os trabalhado-res, desabafou.

    O vereador de Itaja e presidente da Fora Sindical de SC (da qual o sindicato dos Servidores Pblicos de Itaja so fi-liados), Osvaldo Mafra, apoiou o direito ao debate.

    O sindicato no pode abrir mo da negociao e nem de expor em assem-bleia as propostas. Pois o trabalhador quem decide, declara.

    Mafra se colocou disposio para participar das discusses e fazer a me-diao entre a prefeitura e o sindicato e ajudar nas negociaes.

    Comea neste sbado (18) o 7 Itaja em Cartaz. A abertura oficial ser s 10h30, com um Cortejo na Rua Herclio Luz, no Centro. Inmeros personagens teatrais j confirmaram presena. Em seguida, s 11h, ser apresentada a primeira pea do festival Passarpolis, do grupo Cia Carona, de Blumenau, em frente Casa da Cultura Dide Brando. Essas atraes so gratuitas e destinadas a toda a famlia. J os outros espetculos custam R$ 12.00 (inteira) e R$ 6.00 (meia entra-da: Estudantes, Professores, Idosos e Scios do SESC).

    De 18 a 24 de maio, o Itaja em Cartaz vai exibir 12 espetculos teatrais de todos os gneros para todas as faixas etrias, no Teatro Municipal, nas escolas e na rua, um encontro de caixeiros de Teatro lambe-lambe e ainda oficinas, semi-nrio sobre produo cultural, workshop. Alm disso, haver debates de todos os espetculos da cidade, orientados por Marisa Naspolini (Florianpolis) e Ppe Sedrez (Blumenau), artistas convidados desta edio, proporcionando um intenso

    dilogo sobre a criao teatral e uma semana de convivncia entre o teatro e a cidade.

    Em todas as suas edies, o Itaja em Cartaz conta com o pa-trocnio da Prefeitura e da Funda-o Cultural de Itaja, por meio da Lei Municipal de Incentivo Cultura, e desde sua ltima edi-o, tem a correalizao do SESC - Santa Catarina.

    PPA 2014-2017 aprovado em Audincia Pblica

    Previso oramentria de R$ 4,4 bilhes para os prximos quatro anos

    NELSO

    N R

    OB

    LEDO

    Sesso tumultuada marca debate do aumento de 7% para os

    Servidores Pblicos de Itaja

    Davi Spuldaro/CVI

    Inscries para Vestibular de Inverno Univali 2013 encerram-se hoje

    Processo seletivo conta com 1.457 vagas em 54 opes de cursos

    7 Festival Itaja em Cartaz estreia neste sbado

    Divulgao/PMI

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013 | Ano XII | Pgina 5

    A temporada da tainha comeou nesta quarta-feira (15) em Santa Catarina registrando captura de 15 toneladas do pescado. Em Itaja ain-da no h nmeros precisos, mas, se-gundo o secretrio da Pesca e Aquicul-tura, Agostinho Peruzzo, a estimativa de 30% a mais que no ano passado. Em 2012 foram registradas 1530 toneladas de tainha. Para esse ano a gente espera pescar cerca de 2 mil, conta ele.

    Apesar da perspectiva otimista, ainda possvel que essa quantidade no seja atingida devido restrio da pesca da tainha. A pesca industrial, por exemplo, s pode atuar a 5 milhas de distncia da costa e, dos 115 armado-res, apenas 60 podem adquirir licena para pescar. At esta quarta-feira, 51 ar-

    madores de Santa Catarina haviam con-seguido a autorizao.

    O maior interesse recolher as ovas da tainha, que so consideradas iguarias da gastronomia regional, e a ento disponibilizarem o peixe para consumo.

    A gente tem inteno de disponi-bilizar a tainha no Caminho do Peixe, mas isso vai depender muito da produ-o, avalia Peruzzo.

    A chegada da Tainha nas embarca-es Industriais inicia neste sbado (18). Com isso, a partir da prxima semana, a espcie j deve estar disponvel no Cen-tro de Abastecimento Paulo Bauer, co-nhecido popularmente como Mercado do Peixe e tambm no Caminho do Peixe de Itaja.

    Uma pesquisa feita em parceria entre a Revista Exame e a Fundao Ins-tituto de Pesquisas Econmicas (Fipe), avaliou o preo do metro quadrado dos imveis novos e usados em 63 cidades do pas. No levantamento, Itaja apare-ce na sexta posio das cidades do Sul do pas com a maior valorizao dos imveis usados. Em Santa Catarina, das seis cidades avaliadas, Itaja fica atrs apenas de Florianpolis e Balnerio Cambori.

    De acordo com a pesquisa, divul-gada na edio especial da revista Exa-me (edio 1041), em Itaja, o preo mdio do metro quadrado dos imveis usados de R$ 3.243,00. Os bairros mais valorizados da cidade so Cabe-udas e Praia Brava, onde os imveis

    usados custam de R$ 4.500,00 a R$ 6.400,00 o metro quadrado.

    Logo em seguida, esto o Centro e o bairro Fazenda, que possuem metro quadrado calculado entre R$ 3.900,00 a R$ 4.100,00; em terceiro lugar, apare-cem no levantamento os bairros Barra do Rio, Dom Bosco, Itamirim, Ressacada, So Joo, So Judas e Vila Operria com mdia de R$ 3.001,00 a R$ 3.500,00 o metro quadrado e em quarto lugar, fi-cam Cidade Nova, Cordeiros, Espinhei-ros e So Vicente, onde o metro quadra-do varia de R$ 2.400,00 a R$3.000,00. A pesquisa, realizada anualmente desde 2010, ainda mostra que os preos dos imveis continuam subindo. No entan-to, de forma mais moderada do que nos ltimos anos.

    Encerraram nesta quinta-feira (16), os testes dos equipamentos de fiscalizao eletrnica na cidade. Nesta semana, trs aparelhos operaram na Rodovia Osvaldo Reis, no bairro fazenda. Por enquanto, ningum ser notificado. Radar fixo dotado de OCR (que identifica os caracteres da placa e flagra irregularidades), OCR mvel e lombada eletrnica tambm passaram pelo teste de aprovao. Equipes da Secretaria de Segurana e da empresa que ficou em segundo lugar na licitao acompanharam o procedimento.

    Conforme o Coordenador de Trnsito de Itaja, os testes esto previstos no edital e fazem parte da ltima etapa do processo. O objetivo comprovar se a empresa realmente est apta a prestar servios ao municpio, alm de analisar se os produtos oferecem a qualidade exigida.

    Nesta quinta-feira (16), a empresa entregou Secretaria de Segurana um re-latrio com todos os dados obtidos neste perodo de testes. Neste material consta

    a contagem dos veculos que passaram pelas vias, a classificao dos mes-mos, sendo carro, moto, caminho ou nibus alm de apresentar o nmero de veculos irregulares identi-ficados pelos equipamen-tos. Aps toda a anlise, a previso de que os apa-relhos definitivos come-cem a operar no incio de junho.

    A Apae de Itaja recebeu na ter-a-feira (14), dois contineres doados pela Receita Federal. A carga veio dos Estados Unidos e foi doada porque fi-cou muito tempo parada na Receita. Ou seja, a pessoa que enviou para o Brasil, no foi retirar. Nas caixas haviam de roupas usadas, at miangas para fazer

    colar. A Apae de Itaja informa que no haver bazar dessas mercadorias. As roupas e produtos devem ser doados as famlias carentes da Apae de Itaja. O primeiro passo contabilizar tudo o que veio, para depois decidir o que fazer, disse a presidente da Apae, Vera Lcia Correa Figueredo.

    Temporada da tainha comea em Santa Catarina com captura de 15 toneladas do pescado

    Em Itaja a estimativa de 30% a mais de pesca da tainha nesse ano.Antnio Mafalda/Secom

    Valorizao de Imveis: Itaja apontada como a sexta cidade mais valorizada na Regio Sul

    Divulgao/PMI

    Receita Federal doa dois contineres Apae de Itaja

    Divulgao/ApaeItaja

    Equipamentos de fiscalizao eletrnica devem operar no incio de junho

    Divulgao/PMI

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013| Ano XII | Pgina 6

    Neide Uriarteneidefestas@matrix.com.br

    9977.2390

    em DestaqueSociedadeCh Beneficente em homenagem

    ao Dia das MesNo dia 8 de maio - (quarta-feira), as volun-

    trias da COMBEMI realizaram o ch beneficente em homenagem ao Dia das Mes, na Sede Social do Itamirim Clube de Campo. A presidente da en-tidade, a Primeira Dama do Municpio de Itaja, Sra. Lourdes Bellini, junto das voluntrias, profes-soras e alunos recepcionaram com carinho as ami-gas, que foram prestigiar o evento. As mes foram presenteadas com sesses de massagem, terapia, limpezas de pele e maquiagem feitas especialmen-te pelas acadmicas do curso de Esttica e Cosme-ticologia da Univali. Havia exposio e venda de bijouterias finas e msica ao vivo com o trio Loui-se, Peninha e Giovani Sagaz. O lanche estava uma delcia, os salgados doados pelas voluntrias e as tortas doadas pela renomada doceira e tambm voluntria, Glria Ayres dos Santos.

    Diversos brindes foram sorteados entre as presentes e tambm a rifa de uma cesta especial em homenagem s mes. Foi uma tarde gostosa, um encontro de amigas, que ajudaram no traba-lho realizado pela COMBEMI, que atende jovens de nossa cidade, oportunizando que eles faam cursos profissionalizantes e possam ser inseridos no mercado de trabalho, ajudando assim na renda familiar.

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    DIVULGUE SUA EMPRESA NO JORNAL DOS BAIRROS - 3348.3040 | 3344.8600

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013 | Ano XII | Pgina 7

    A Ferrovia da Integrao, tam-bm conhecida como Fer-rovia do Frango, comear a ser construda em dois anos. A ferrovia, que ter 862 quilmetros entre Dionsio Cerqueira e Itaja, foi tema de mobilizao da Associao Empresarial de Itaja e esta largada no processo foi muito comemorada por lideranas empresariais e polti-cas de toda regio.

    O traado foi confirmado pelo ministro dos Transportes, Cesar Bor-ges, durante o lanamento do edital para Estudo de Viabilidade Tcnica e Ambiental (EVTEA) da Ferrovia. O evento ocorreu na sede da Asso-ciao Empresarial de Chapec e a regio do Vale do Itaja esteve re-presentada pela vice-prefeita de Ita-ja, Dalva Maria Rhenius; pelo de-putado Estadual, Volnei Morastoni, e o ex-Ministro da Pesca, Altemir Gregolim e pela diretora executiva da ACII, Olga Zanella.

    Custo reduzidoO diretor da Federao das In-

    dstrias de Santa Catarina (Fiesc), Osni Verona, explicou que estu-dos de 2011, realizados pela Fiesc, mostram que mais de 10 mil cami-nhes passam por dia pela BR-282, cada veculo carregado com cerca de 30 toneladas de produtos. Com

    a ferrovia esse nmero de cami-nhes vai cair pela metade. Isso vai permitir a reduo do custo do pro-duto transportado. O custo mdio do transporte dos produtos que vo para o Porto de Itaja, por exemplo, vai reduzir em 36%, afirma.

    Projetos custaro R$ 68 milhesO Ministro dos Transportes,

    Cesar Borges, disse que o EVTEA deve ficar pronto em um ano. Em seguida ser elaborado o levan-tamento aerofotogramtrico (foto area para avaliao do terreno) e o projeto bsico. O presidente da Frente Parlamentar das Ferrovias, Pedro Uczai informou que o edital contempla os trs trabalhos, com custo estimado de R$ 68 milhes e previso de concluso de 22 me-ses.

    A empresa vencedora deve ser conhecida no dia 26 de junho e a expectativa de que em dois anos seja licitada a obra que deve ser concluda em 2019. Segundo Bor-ges, a obra em si deve custar R$ 4 bilhes.

    Santa Catarina j teve mais de 1,3 mil quilmetros de ferrovias. Hoje, no entanto, utiliza cerca de 350 quilmetros e apenas 5% das cargas so transportadas por trem.

    Lanado edital para estudo de viabilidade tcnica da

    Ferrovia do Frango

    Divulgao/ACII

  • WWW.JORNALDOSBAIRROS.TV

    Jornal dos Bairros - ITAJA/SC - Edio N 650 - 17 de MAIO de 2013| Ano XII | Pgina 8

    Marcelo NunesFALANDO DEESPORTES

    marcelonunesitj@gmail.com

    ACESSE: www.jornaldosbairros.tv e fique por dentro das ltimas notcias

    CAMPEESO trabalho desenvolvido no Handebol de Itaja sensa-

    cional. E os garotos treinados pelos tcnicos Alexandre Mo-relli e Silvio Rodrigues e coordenados pela tcnica Cludia Monteiro comemoraram em carro aberto, neste domingo, o ttulo de Campeonato Brasileiro da categoria Juvenil pra cima do tradicional Pinheiros. A competio aconteceu no Piau, e com uma final eletrizante, vencida pelos meninos de Itaja por 33x32. Detalhe: A final foi jogada com uma temperatura de 40 graus. Parabns, aos meninos, a comisso tcnica e a FMEL de Itaja. Que mais resultados como esses, se tornem rotina por aqui.

    DECISO NO CATARINENSEO Cricima venceu a Chapecoense por 2 a 0 e arrancou

    boa vantagem na disputa pelo ttulo do Catarinense 2013. No duelo entre os dois melhores times da competio, o Tigre coloca uma mo na taa na final entre o nico representante da Srie A e um dos, seno, o mais organizado e competitivo catarinense de Srie B. Jogando no Oeste, a Chapecoense ainda mais forte, aguerrida e conta com o apoio macio de sua torcida. No seria surpresa nenhuma, se os comandados de Gilmar dal Pozzo consigam reverter a parada. Mas do ou-tro lado, tem o Tigre, um time de Srie A, e que desde a che-gada de Vado, tem evoludo e cada vez mais jogado como um bom time de Srie A. Promessa de um excelente jogo no domingo que vem. Pena que essa expresso de bons jogos seja atribuda a no mximo 10% das partidas do Catarinense. No domingo em Chapec, veremos o ultimo ato do Catari-nense 2013.

    CONVOCAO DA SELEO: HORA DA CHIADEIRAJ virou costume reclamar da convocao da seleo

    brasileira. de praxe, a chiadeira nacional, ps a divulgao que vem de um hotel chique no Rio de Janeiro. Desta vez, no foi diferente. As redes sociais que servem como termme-tros dessa reao foram invadidas pelos comentrios sobre a chamada do tcnico Felipo para a Copa das Confederaes.

    :: Goleiros:Jlio Csar, Diego Cavalieri e Jefferson.Ningum questiona o histrico de Jlio Csar com a

    seleo, porm no vejo o goleiro do rebaixado QPR da In-glaterra, em condio de titularidade. Diego Cavalieri seria o cara para a camisa 1. Diego Alves do Valencia est em bom nvel no Campeonato Espanhol e quanto teve oportunidades na seleo. Particularmente, levaria, o ex-goleiro do Galo.

    :: Laterais:Daniel Alves, Jean, Marcelo e Filipe Lus.Se Maicon vivesse boa fase no Manchester City e ainda

    fosse do Maicon da Copa de 2010 e da Internazionale, talvez houvesse uma concorrncia a digna ao Daniel Alves. Jean um bom reserva, enquanto na esquerda, tanto o esquentado Marcelo, quanto o catarinense Filipe Lus do Atltico de Ma-drid so bons nomes.

    :: Zagueiros:Thiago Silva, David Luiz, Rver e Dante.Thiago Silva e David Luiz so quase unanimidades. R-

    ver vem absoluto na defesa atleticana, e Dante, muito bem na defesa do todo poderoso Bayern de Munique. No nenhum pangar

    :: Volantes:Fernando, Paulinho, Hernanes e Luiz Gustavo.Paulinho um poo de qualidade. O jogador do Corin-

    thians destoa da imagem do volante tradicional que destri o jogo. Sua qualidade absurda. No sei por quanto tempo, o Timo vai conseguir segurar. Convocao justssima. Fernan-do vem muito bem no Grmio, o time sobe de produo com sua presena, jovem e caiu nas graas de Felipo. Hernanes o cara da Lazio, mas precisa por sua cabea em ordem. Luis Gustavo o mais questionvel. Com Ramires do Chelsea e Ralf do Corinthians muito bem, acredito que o reserva do Bayern no tenha sido a melhor opo.

    :: Meias:Oscar, Jadson e Bernard.O setor mais questionvel da seleo. Trs bons jogado-

    res, mas jovens. No tenho certeza se o peso da funo no vai incomodar. E a que talvez seja notada a ausncia de Ronaldinho, Kak ou do veterano Z Roberto. Para mesclar, a criatividade necessria a funo com toque de experincia. O irregular Jadson no teria espao em uma lista, com a en-trada de um dos trs veteranos, talvez fosse uma alternativa mais vivel.

    :: Atacantes: Neymar, Leandro Damio, Hulk, Fred e Lucas.O faro goleador de Fred com o talento de Lucas e Ney-

    mar deve ter lugar garantido na seleo. Damio e Hulk so os nomes mais questionveis na lista. O goleador colorado vem voltado a forma e um jogador do gosto de Felipo, en-quanto Hulk, insatisfeito na Rssia, ganha mais uma chance. Talvez Alexandre Pato cavasse uma vaguinha por a.

    Uma coisa certa. A convocao foi feita, existem di-vergncias, mas nada assombroso, chocante, nenhuma au-sncia totalmente injusta. Ser que os craques, os caras que decidem esto se esgotando? Isso preocupa, cada vez mais.

    MARCLIO DIASComo encerro a coluna aqui no Jornal dos Bairros, antes

    da definio do acordo entre Marclio Dias e LA Sports com relao a uma parceria entre o Marinheiro e essa empresa. Na semana que vem trago uma anlise sobre esse assunto aqui no JB. Voc pode acompanhar, minha coluna diria no portal ND Vale, atravs do endereo: WWW.ndonline.com.br/vale, no link: Colunas.

    HANDEBOL Trabalho gera campees aqui em itaja

    PAULINHO Corintiano um dos destaques da lista de Felipo