Introduo  Estatstica Dr. Renato M.E. Sabbatini Instituto Edumed. slide 0

Introduo Estatstica Dr. Renato M.E. Sabbatini Instituto Edumed.

  • Published on
    22-Apr-2015

  • View
    112

  • Download
    4

Transcript

Slide 1 Introduo Estatstica Dr. Renato M.E. Sabbatini Instituto Edumed Slide 2 O Progresso Cientfico da Medicina Slide 3 A Medicina Cientfica A cincia s aceita como verdadeiro aquilo que comprovado pelo mtodo cientfico Slide 4 Mtodo Cientfico Conjunto de etapas objetivas e ordenadas, a serem vencidas na investigao de um fenmeno Slide 5 Mtodo Cientfico Concluses HipteseDados Deciso Anlise Slide 6 Objetivos da Pesquisa Clnica u Meta: Adicionar e integrar novos conhecimentos cincia mdica u Mtodo: Utilizar controles e anlise rigorosos e objetivos, para assegurar a validade dos resultados Slide 7 Objetivos da Pesquisa Clnica u Aplicao: Derivar resultados que tenham aplicabilidade prtica na preveno, diagnstico e terapia de doenas Slide 8 Pesquisa Experimental: Exemplo u Objetivo: determinar se a sobrevida de pacientes com leucemia aumenta com Glivec u Grupo controle: recebe um placebo u Grupo experimental: recebe Glivec Slide 9 Anlise de Dados u Anlise qualitativa u Anlise quantitativa Estatstica ! Slide 10 O que estatstica? Porque a estatstica necessria? Slide 11 Porque os fenmenos biolgicos so muito variveis! Distribuio dos pesos de adultos normais de 30 a 40 anos de idade Slide 12 E porque eles so to variveis? Slide 13 Para que a evoluo possa acontecer... Slide 14 Fontes de variao biolgica Fenmenos aleatrios Fenmenos complexos Slide 15 Interaes organismo- ambiente Gmeos univitelinos criados separadamente so diferentes aos 45 anos Interao genes e radiao UV no cncer de pele Slide 16 Porque usar estatstica? u Os resultados sempre so variveis, principalmente em biologia e medicina u As concluses so probabilsticas (incerteza) u Portanto: necessrio ter tcnicas quantitativas para tomar decises com a maior certeza possvel Slide 17 A estatstica fornece dos princpios e mtodos para u Planejar investigaes u Coletar dados u Descrever e apresentar dados e resultados u Interpretar os resultados Slide 18 Perguntas de pesquisa u Com que idade ocorre o diagnstico de mieloma? u diferente a incidncia de mieloma em ambos os sexos? u O nmero de plaquetas se relaciona com a idade? u O tratamento melhora a sobrevida dos pacientes? Slide 19 Conceitos bsicos u Varivel u Distribuio u Populao u Probabilidade u Descrio u Inferncia u Covariao u Efeito Slide 20 Populao e amostra Populao O universo de indivduos em que se deseja estudar um fenmeno Amostra o subconjunto da populao em que se estuda o fenmeno Slide 21 Varivel Varivel uma observao ou dado coletado sobre um indivduo Sexo Idade Estatura Peso Na+ Ca++ Hemoglobina No.eritrcitos No.plaquetas Diagnstico nd.Karnofsky etc Slide 22 Tipos de variveis u Variveis categricas nominais (ex.: sexo) ordinais (ex.: classe socioeconmica) u Variveis numricas discretas (ex.: idade em anos) contnuas (ex.: peso corporal) Slide 23 Distribuio da varivel Observada Estimada Slide 24 Tipos de distribuies Slide 25 DescrioDescrio % Pacientes Mdia Varincia Kg peso Slide 26 Medidas de centralidade mediana metade da amostra mdia metade da amostra Slide 27 Medidas de disperso mnimomximo gama quartil inferior quartil superior gama da amostra Slide 28 Probabilidade P=0.10 de ter um valor de 12 Slide 29 Probabilidade Soma de probabilidades rea da curva Slide 30 Inferncia u Clculo do parmetro populacional a partir do amostral (estimativa) u Aceitao ou rejeio de uma hiptese com base na anlise de dados Slide 31 Erros de classificao Normais Diabticos Glicemia em mg/dL Slide 32 Erros de classificao Com efeito Sem efeito Com efeito Verdade Erro alfa (tipo I) Sem efeito Erro beta (tipo II) Verdade Realidade Estudo Slide 33 Planejamento experimental u Determinao prvia das variveis a serem coletadas, tipos e tamanho dos grupos, formas de amostragem, ordem e coleta dos dados, etc. u Os tipos de anlise estatstica a serem usadas Slide 34 Seleo da estatstica u Tipo de varivel medida Nominal, ordinal, discreta, contnua u Nmero de variveis analisadas simultaneamente Univariado, bivariado, multivariado u Tipo de distribuio da varivel Normal, binomial, no paramtrica, etc. u O tipo de inferncia a ser feita Slide 35 Tipos de comparao estatstica u De uma amostra e uma populao u De uma amostra com ela mesma u De duas amostras pareadas u De duas amostras no pareadas Slide 36 Seleo de testes Um grupo Dois grupos Nominal Associao X2 Diferena X2 Escalar Correlao r Teste t ou F Slide 37 Teste de variveis nominais Com efeito Sem efeito ExperimentalControle Teste de associao ou contingncia: X 2 Slide 38 Exemplo de teste de variveis nominais Cncer Sem cncer Fumantes No fumantes 98 8129 23 1678 X 2 = 332.07 probablilidade=0.000. Risco relativo= 4.73 Slide 39 Correlao linear Slide 40 Teste de diferenas u Teste t de Student u Para detectar diferenas entre duas amostras, em uma varivel contnua com distribuio normal u Calcula-se o parmetro t: t = f(m 1 /v 1,m 2 /v 2 ) Slide 41 Teste de diferenas u Hiptese nula: o t no diferente de zero, as diferenas entre as amostras devida ao acaso, com uma certa probabilidade (p.ex. p < 0.05). u Essa probabilidade o ponto de corte para se tomar a deciso

Recommended

View more >