Insights Sobre A Proxima GeraO De Beneficios Revista Cobertura Ed 65

  • Published on
    29-Jul-2015

  • View
    204

  • Download
    0

Transcript

1. A R T I G O SEGURO DE PESSOASO mais difcil no planejamento estratgico fazer suposiessobre o futuro no qual estaro baseadas as projees da empresaInsights sobre a prxima gerao de benefciosPor Samy Hazan*bm permitir s companhias e corre- tores personalizar melhor os produtos Este artigo analisa as tendn-de acordo com as necessidades dos cli-cias que delinearo o merca- entes. Sistemas baseados na tecnologiado de benefcios a funcion- e no conhecimento tero um papel fun- rios nos prximos anos e os desafios quedamental no aperfeioamento do pro- as companhias de seguro enfrentam paracesso de subscrio. Os avanos da me- atender melhor seus clientesdicina e dos exames genticos afetaro corporativos. o clculo de preos e a experincia li-O custo dos benefcios pagos a fun-gada aos produtos de vida, sade e pre- cionrios um fator que afeta as finan-vidncia privada. Ou seja, se a medici- as das empresas com um grau de im- na permite que as pessoas vivam mais, portncia cada vez maior. Com os cres-os prmios de seguro de vida podero centes valores de assistncia mdica, cair, mas os custos de invalidez e segu- muitas organizaes foram foradas aro-sade provavelmente aumentaro. encontrar novas formas de sustentar os Todos ns sabemos que o bom aten- benefcios de seguro e aposentadoria pregador, com nveis de cobertura b-dimento ao cliente determinante para para funcionrios atuais e aposentados.sicos. Em geral, eles sosua atrao e manuteno. Nos prxi-Ao longo desta dcada, os empre-complementados por planos voluntri- mos anos, muitas seguradoras de vida gadores tm como desafio encontrar os pagos pelos empregados. em grupo lanaro websites (portais) maneiras de dividir o custo desses be-O que podemos fazer para atendernovos e melhores, para aperfeioar o nefcios. Estes, por sua vez, continua-melhor a esse mercado? Qual ser, no atendimento clientela. O mercado ro a migrar para uma abordagem de futuro, o papel dos benefcios ofereci-evolui rapidamente na direo de ofe- contribuio definida e adeso facul-dos a funcionrios no local de trabalho? recer ferramentas de relacionamento e tativa a um amplo leque de vantagens,Que impacto a tecnologia ter sobre aapoio a decises que ajudem os funcio- limitando o desembolso do empregador prestao dos servios?nrios a administrar com eficcia seus e fazendo com que os funcionrios pa- Os esforos de desenvolvimento de prprios benefcios, que atendam me- guem a diferena.produto continuaro a variar entre uma lhor a suas necessidades individuais.Ao mesmo tempo, as empresas que-maior comoditizao e mais flexibilida- As ferramentas on-line de atendi- rem ajudar a proteger a segurana fi-de e individualizao. Estes, talvez, se-mento a funcionrios ajudam a forne- nanceira de seus empregados, oferecen- jam os principais pontos a serem en- cer acesso fcil a informaes, prote- do-lhes seguro de vida, invalidez e se-frentados por nosso setor nos prximos o legal e dados consistentes, ao mes- guro-sade. Alm disso, apesar de toda anos. O crescimento da internet redu-mo tempo em que liberam os recursos a presso econmica, os empregadores zir as margens e acelerar ade RH para executar atividades de ainda reconhecem que um programa decomoditizao - o que deixar a con- maior valor agregado. benefcios competitivo importante para corrncia mais acirrada e far emer-Esses portais do aos corretores, atrair, motivar e manter profissionais degir a necessidade de estabelecer uma agenciadores e segurados um acesso talento na empresa.imagem de marca forte e de diferenci-simples, rpido e direto, capaz de satis-Diante desse quadro, sindicatos e as- ar a companhia por meio de caracte-fazer suas necessidades comerciais, in- sociaes de classe demonstram inte- rsticas como qualidade de servio e cluindo adeso, divulgao de dispositi- resse cada vez maior por planos flex- acessibilidade.vos da aplice e preenchimento de for- veis e de baixo custo pagos pelo em-O desenvolvimento tecnolgico tam-mulrios. Alm disso, alguns portais for-44www.skweb.com.br revistacobertura65..p6544 19/4/2007, 17:52 2. necem servios de convenincia a fun- uma maior produtividade e despesas visto como uma commodity - melhorias,cionrios, tais como adeso interativa, mdicas menores. portanto, no atendimento em geral, taisproposta eletrnica; subscrio eletr-Como as preocupaes dos funcio-como portais na internet, podem expan-nica (anlise e aceitao do risco);nrios vo alm das necessidades finan-dir a base de clientes e reduzir as des-faturamento (desconto em folha ou d- ceiras, algumas empresas adotaro umapesas da seguradora. Oferecer aos fun-bito em conta); aviso de sinistro; status abordagem mais estratgica para tra- cionrios uma melhor educao e maisde propostas de adeso, status de fatu- tar dos desafios ligados aos benefcios. incentivos, para que sejam parceiros efi-ras; acesso aos formulrios; status deEssas empresas tero como foco os pro- cazes na gesto do custo de seus bene-sinistros e relatrios em geral; e infor- gramas que gerenciam risco em vez de fcios, tambm uma medida decisivamaes sobre os benefcios do funcio- correr atrs da reduo de custos. para o sucesso desses programas.nrio mediante digitao de senha e Exemplos de programas assim so bem-(Baseado no estudo: LIMRA, 2005identificao do usurio. estar e preveno, monitoramento deAnnual Surveys of U.S. Group Life, Embora o investimento inicial para doena, aconselhamento de sade men- Group Disability, and Group Long-obter esses servios possa parecer re-tal e iniciativas para equilibrar trabalho Term Care Insurance.)lativamente alto, a expectativa de quee vida fora da empresa.no longo prazo eles reduzam as des-Concluindo, as seguradoras e cor-Samy Hazan - Superindentende de Vidapesas administrativas da seguradora e retores de seguro precisam manter-seMartima Seguros. Formado em admi-ajudem a manter seu produto maisatualizados sobre as tendncias quenistrao de empresascompetitivo.podem afetar seus resultados. Devempela FGV, especialis- Nos prximos anos, teremos uma dis-ser parceiros eficazes, capazes de de- ta em Marketing & Distribuio pelaponibilidade maior de programas de qua- senvolver formas de comunicao que Universit Catholiquelidade de vida que ajudem os funcion-atendam s expectativas de uma for-de Louvain. Foi con-rios a administrar sua sade e a equili-a de trabalho moderna, inserida no s-sultor da LIMRAbrar as demandas do trabalho e da fa- culo XXI.INTERNATIONAL emlia. A idia que os empregados te- A concorrncia decorrente da pres-representante no Bra-nham acesso a servios essenciais e osso por menores taxas continua a fazer sil da Million Dollarempregadores sejam beneficiados por com que o seguro de vida em grupo seja Round Table (MDRT) Cdigo Civil pode estimular o suicdio nos contratos de seguroO novo Cdigo Civil determinoubancrio e empresarial.de vida deve proteger oque nos contratos de seguro, em ca-O dispositivo muito infeliz, sen-beneficirio, terceiro na relao,sos de suicdio, toda a clusula quedo um estmulo ao reprovvel ato dedando-lhe o direito de receber aafastar o dever de indenizar este fugir da tarefa nem sempre agrad- quantia fixada entre as partes con-evento nos primeiros dois anos ser vel de enfrentar problemas, medida tratantes, de acordo com o prmioconsiderada nula de pleno direito.essa que a lei no deixa de repre- pago e pelo encargo assumido, sem-O beneficirio receber, apenas, os sentar perigoso elemento cataliza- pre tangido pela incerteza da exis-valores referentes aos pagamentos dor, no s por ser a depresso e otncia humana.realizados para a constituio da estresse corriqueiros na moderna so-Dentro desta premissa, a juris-reserva tcnica.ciedade humana, assim tambm por-prudncia, inclusive sumulada peloMas esta determinao pode serque a interpretao literal de seu in- Superior Tribunal de Justia, so-um estmulo ao ato de tirar a pr-teiro teor representa a porta aberta mente obrigava as seguradoras a pria vida. O alerta do para o denominado suicdio com arcar com sinistros oriundos de sui- advogado e procura-hora marcada, explica advogado. cdios involuntrios, ou seja, aque- dor municipal do Rio de Segundo ele, o Poder Judicirio les onde no haveria risco, pois o Janeiro, Eduardo deao analisar casos desta natureza po- celebrante no teria premeditado Oliveira Gouva (foto),der tratar de maneira desigual dar fim sua vida, na contramo do escritrio C.Martinsvoluntariedade ou no do ato de sui- da boa-f nsita ao instrumento da & Advogados Associa- cdio, em homenagem a boa-f dos aplice, que bilateral, tanto para dos, banca carioca es- contratos de seguro. O advogadoo consumidor, quanto para o forne- pecializada em direito esclarece que o contrato de seguro cedor, esclarece.opiniaodoleitor@skweb.com.br 45 revistacobertura65..p6545 19/4/2007, 17:52