Informativo ENL Cientfica - Novembro 2011

  • Published on
    21-Mar-2016

  • View
    212

  • Download
    0

DESCRIPTION

1 edio do informativo ENL Cientfica

Transcript

  • A Escola, hoje, no mais deve ser tomada como objeto transmissor de informaes/conhecimento, mas, sim, como instigadora da busca do conhecimento. Hoje se faz necessrio que os jovens sejam inseridos no universo da pesquisa, antes mesmo de chegarem universidade.

    Apresentao

    Destaques:

    Robtica educacional pg. 7

    Educao tecnolgica pg. 8

    Contos contados para curumins 2

    Sade e educao 2

    Educao e cidadania 3

    Jogos interdisciplinares 4

    Feira das naes 4

    Incluso e compromisso com a educao 5

    Educao ambiental 6

    Nesta edio:

    In

    fo

    rm

    ativ

    o

    EN

    L C

    ien

    tf

    ica

    ES

    CO

    LA

    S

    NI

    LT

    ON

    L

    IN

    S

    Edio 01

    Novembro, 2011

    Mostra cientfica

    As exigncias por profissionais mais qualificados e a necessidade de desenvolver em nossos alunos as mltiplas inteligncias necessrias para o futuro fazem com que as Escolas Nilton Lins estejam sempre atentas a novas metodologias e s propostas educacionais. Devemos preparar nossos alunos, no s para as exigncias atuais, como rankings e vestibulares, mas tambm para as exigncias futuras de um mundo globalizado, em que a velocidade das informaes e a era digital sejam tambm uma realidade den-tro da Escola. Atentos s necessidades atuais, estamos ampliando o programa do terceiro ano do Ensino Mdio e ofertando mais uma opo de ensino em perodo integral para a Educao Infantil: Maternal e Jardim, porque acreditamos que a educao de quali-dade solidifica o aprendizado desde os primeiros anos de vida. No programa do terceiro ano do Ensino Mdio estaremos trabalhando com o contra-turno, em que a estrutura curricular se amplia, a fim de atender s vrias exigncias de formao para o futuro no nvel superior. Para maiores informaes, visite nosso site: www.escolas.niltonlins.br ou agende uma visita pelos telefones 3643-2010/3643-2012/3643-2049.

  • Viajar ao mundo dos contos de fadas j maravilhoso, agora, poder viajar para o mundo das lendas e dos personagens do folclore popular, alm de prazeroso, evidencia a representao viva da rique-za e da diversidade infinitamente rica do nosso pas.

    De fato, ao olhar o rosto dos alunos, podemos observar os mais variados significados da ferramenta como refe-rncia do cotidiano escolar e do desen-volvimento no aprendizado dos peque-nos, alm de aguar o imaginrio e a fantasia.

    Nas Escolas Nilton Lins, esses momento so vivenciados pelo projeto de estmu-lo leitura: Contos contados para curu-

    mins, em que, cada histria, novos per-sonagens so criados e apresentados nas roupagens mais inusitadas e divertidas possveis.

    O objetivo do projeto desenvolver atividades ldicas, capazes de fomentar nas crianas o gosto e o conhecimento pela cultura local e, por meio delas, difundir a leitura e sua diversidade no universo infantil.

    Ao evidenciar o folclore popular e ex-plorar o universo dos mitos, permite-se uma verdadeira viagem ao mundo dos sonhos e das lendas, que tanto fascinam adultos e crianas.

    tncia da presena cada vez mais forte no ambiente da escola.

    Quando pensamos em sade, logo nos vem a mente qualidade de vida. E poder conciliar momentos em que esses fato-res, mais satisfao e felicidade estejam presentes, a, sim, conseguimos a receita perfeita de aprendizado: satisfao, inte-rao e sociabilidade, sentimentos es-senciais vida humana. E com este sentimento que a escola Nilton Lins, idealiza suas atividades. Sublimando pela famlia e pela impor-

    Pgina 2

    Contos contados para curumins

    Sade e educao

    I NF ORM AT IV O

    Satisfao, interao e

    sociabilidade, sentimentos

    essenciais vida humana

  • E DI O 01

    A formao do ser humano exige da escola uma proposta curricular voltada s diver-sas habilidades no desenvolvimento da cidadania.

    O projeto ALUNO CIDADO visa, em sua essncia, a formar o aluno tanto para o exerccio de sua cidadania, quanto para um bom desempenho escolar. Nesse sentido, cidadania um processo gradativo e exige iniciativas ticas e responsveis, capazes de oferecer a percepo sobre esses temas.

    A dinmica desse projeto consiste em visitas monitoradas a instituies como ONGs, abrigos de crianas e idosos, populao ribeirinha e demais segmentos sociais.

    Com isso, esperamos sensibilizar e faz-los perceber que eles detm uma responsabi-lidade individual com a tica, cujo foco principal o bem comum, fora da esfera de interesses particulares.

    Alimentos, brinquedos, material de higiene, roupas, livros so alguns dos muitos itens arrecadados nas campanhas, para possibilitar uma formao efetiva, que vise consolidao de valores sobre a vida e o respeito ao semelhante.

    Pgina 3

    Educao e cidadania

  • O esporte sempre fez parte da vida dos seres humanos e torna-se intimamente ligado as questes bsicas de sade e melhoria da qualidade de vida.

    Assim, no somente nas aulas de educa-o fsica, mas nos jogos internos, agre-ga-se o real sentido do fair play, que a competio exige.

    Desse modo, propor momentos de des-porto sadio dever e compromisso das Escolas Nilton Lins, que promovem diversas atividades, que culminam na promoo do lazer e das habilidades pessoais e coletivas, orientadas por pro-fissionais qualificados e comprometidos com o bem-estar comum.

    Como a pluralidade cultural um fator positivo e presente em nossa vida, a feira das naes difunde-se no mbito escolar, permitindo uma viajem na cultura e nas origens do idioma, evi-dencia peculiaridades, curiosidades, danas e cnicas, que aguam o gosto pelo idioma e a vontade de expandir o vocabulrio em melhor capacitao pessoal e profissional.

    A Lngua Espanhola est mais presente na cultura brasileira, nas artes, cinema, msica, televiso, esportes, na inform-tica e nos muitos momentos de nossa vida acadmica.

    O conhecimento da lngua estrangeira aproxima povos, fomenta boas relaes diplomticas e articula a incluso social tanto nos Estados, que no esto locali-zados em fronteira e, principalmente nos que esto.

    Pgina 4

    Jogos interdisciplinares

    Feira das Naes

    Propor momentos de desporto sadio dever e

    compromisso das Escolas Nilton Lins

    I NF ORM AT IV O

    Um universo novo e encantador e, principalmente, so ofertados aos alunos, com base em pesquisas e mos-tras de algumas caractersticas dos pases onde o espanhol a lngua ptria.

  • E DI O 01

    Ensinar crianas e jovens com necessi-dades educacionais especiais ainda um grande desafio, mas, aqui, nas Escolas Nilton Lins, a incluso j uma realida-de. Nossa equipe de professores especi-alizados em dar carinho e amor conse-guem administrar uma situao muito especial. Com a misso de que a educa-o um direito de todos, assumimos nosso compromisso de fazer, de fato, a incluso em que a diferena no seja vista como um impasse e, sim, uma caracterstica, que todos, de alguma forma, acabam por ter.

    Conhecer bem a criana o primeiro passo a uma outra ao igualmente im-portante, que envolver os demais professores e funcionrios da Escola, alm dos colegas de sala de aula, em aes em que essas crianas especiais possam ser ajudadas a se organizarem. Nossas experincias fazem com que os pais e familiares dessas crianas se sin-tam envolvidos em nossa rotina de ensi-nar e aprender.

    Toda essa influncia social nos transfor-ma e tambm vai sendo transformada quando interagimos com os outros.

    Pgina 5

    Incluso e compromisso com a educao

  • A educao ambiental nas escolas deve servir para mudar atitu-des comportamentais e agregar valores polticos e sociais, pois devemos ver as crianas e jovens, no s como representantes do futuro, mas como multiplicadores, capazes de tomar e influenci-ar as decises de quem convive com eles.

    Com base nisso, a disciplina de Educao Socioambiental das Escolas Nilton Lins vem desenvolvendo, ao longo do ano, proje-tos multidisciplinares, como o PET na horta, Aluno Cida-do, Reciclar legal, Conhecer para preservar, gua pre-ciosa e Cidade sustentvel. Todos esses projetos planejados e desenvolvidos como subsdio da disciplina de cincias e suas caractersticas, mais estudadas na tentativa de expor os mecanis-mos que podem e devem fazer parte da vida humana na busca da qualidade de vida.

    Pgina 6

    Educao ambiental

    I NF ORM AT IV O

  • E DI O 01

    Baseado em diversas teorias da aprendizagem bem como o construtivismo de Piaget e o construcionismo de Papert, as Escolas Nilton Lins desenvol-vem projeto pioneiro na cidade de Manaus, juntamente com a franquia Lego ZOOM.

    Dotado de metodologias educacionais e de equipamentos tecnolgicos, este modelo de educao tecnolgica prope um ambiente educacional diferenci-ado onde os alunos manipulam conceitos matemticos e fsicos por meio de kits compostos por estruturas, que fomentam essas teorias de forma ldica e interativa atravs de interfaces grficas computacionais.

    Pgina 7

    Robtica Educacional

  • A Escola, hoje, no mais pode deixar de inserir-se nas correntes tecnolgicas do mundo contemporneo com receio de que haver resistncia por parte de seus professores e de que toda sua essncia tradicionalista seja suprimida com o advento destas inovaes.

    Espera-se que a Escola possa utiliza-se dessas inovaes com suporte aos con-tedos curriculares, antes ministrados nas exaustivas aulas tericas, e que a sala de aula passe a ser um ambiente ainda mais motivador, dinmico e reple-to de possibilidades.

    Diante dessas novas exigncias, as Es-colas Nilton Lins passam a adotar a metodologia One Laptop Per Child bastante difundida pelo mundo e que visa a explorar as ferramentas computa-cionais, aliando esses recursos s disci-plinas curriculares.

    Educao tecnolgica

    Filosofia da Escola

    Os estudos e pesquisas nas reas das Cincias Sociais e Humanas indicam a necessidade imperiosa de um processo educacional que torne indissocivel a relao entre conhecimentos, linguagens e afeto como com-ponentes dos atos de ensinar e aprender. Este pensamento constitui-se na marca de trabalho realizado pelas Escolas Integradas Professor Nilton Lins, que na sua ao educativa vm mantendo sua identidade num processo de fazer mais e melhor o seu trabalho Educativo, para atender a variedade de alunos presentes em sala de aula.

    A Diretriz Nacional proposta prev nos Pareceres 04 e 15 do Conselho Nacional de Educao, a valorizao do dilogo em suas mltiplas manifestaes como forma efetiva de educar, de ensinar e apren-der com xito, atravs dos sentidos e significados expressos pelas mltiplas vozes nos ambientes escolares. Isso pressupe segundo essa diretriz, uma Pedagogia de Qualidade, na qual a ao baseada na construo de conhecimento significativo, eficiente e eficaz e no mera transmisso de informaes, muitas vezes desvinculadas da vida do educando e ineficaz para sua realidade. Por isso, ao pensar sua ao educativa as Escolas Integradas Professor Nilton Lins, estabelecem como premissa maior:

    Formar o homem enquanto pessoa e cidado do mundo com capacidade de desenvolver a sua dimenso social, a solidariedade, o pluralismo de ideias para o enriquecimento cultural e cvico da sociedade.

    Incentivar o esprito de tolerncia e o respeito ao outro, o apreo a outras culturas, o esprito cvico que o ajude a compreender e julgar o presente a partir do conhecimento do passado. Usar as novas tecnologias e ter um comportamento inovador. Enfim, aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver em comunidade e aprender a ser. De certo, esses pilares o conduziro sua plenitude.

    Av. Prof. Nilton Lins, N 3259 Parque das Laranjeiras - CEP: 69058-040

    Manaus - AM

    E SCO LAS NILT O N L INS

    Reviso ortogrfica: Ritta Haikal Diagramao: Almir Junior Superviso: Keyle Ribeiro

    Direo Geral: Emannuelle Lins Coordenao infantil: Kthya Novaes

    Coordenao Fund. II e Mdio: Bernaide Teles

    Coordenao: (92) 3643-2010 Direo: 92) 3643-2007

    Email: escola@niltonlins.br

    Os primeiros passos comeam aqui.

    Estamos na Web!

    example.com