Ficha de Registo Ensino Especial

  • Published on
    06-Jun-2015

  • View
    3.951

  • Download
    0

DESCRIPTION

Ficha de Registo para a Avaliao do Desempenho - Docentes do Ensino Especial - Avaliao feita pelo Coordenador. Autores: Ramiro Marques e Ftima Andr

Transcript

FICHA DE AVALIAO DO DESEMPENHODOCENTES DO ENSINO ESPECIALAVALIAO EFECTUADA PELO COORDENADOR DE DEPARTAMENTOMINISTRIO DA EDUCAO Agrupamento de Escolas / Escola _________________________________________________________________________________ Cdigo ___________________ Direco Regional de Educao ___________________________________________________________________________________ (A preencher pelo avaliador) Nome do avaliador_____________________________________________________________________________________________ Cargo_______________________________________________________________________________________________________ NIF_______________________________ Nome do avaliado_____________________________________________________________________________________________ Categoria____________________________________________________________________________________________________ Departamento Curricular________________________________________________________________________________________ NIF________________________________ Perodo em avaliao ________ a ________A A.1Preparao e organizao das actividades lectivas Adequao dos Programas Educativos Individuais s necessidades de cada aluno, tendo em conta os princpios da incluso, em trabalho conjunto com os docentes de turma/disciplina e encarregados de educao1 O docente no promove, em conjunto com os docentes da turma/disciplina e Encarregados de Educao, nem adequa os programas educativos individuais s necessidades especficas de cada aluno 2 O docente rene, no incio do ano lectivo, com os docentes da turma/disciplina e Encarregados de Educao, com o objectivo de adequar os programas educativos individuais s necessidades especficas de cada aluno 3 O docente rene, regularmente, com os docentes da turma/disciplina e Encarregados de Educao, com o objectivo de adequar os programas educativos individuais s necessidades especficas de cada aluno 4 O docente rene, com regularidade e tem em considerao as sugestes, com os docentes da turma/disciplina e Encarregados de Educao, com o objectivo de adequar os programas educativos individuais s necessidades especficas de cada alunoClassificao12A.2Adequao das estratgias de ensino e aprendizagem s necessidades de cada aluno e s aprendizagens adquiridas1 O docente no adequa as estratgias de ensino e aprendizagem s necessidades de cada aluno e s aprendizagens adquiridas 2 O docente adequa, esporadicamente, as estratgias de ensino e aprendizagem s necessidades de cada aluno e s aprendizagens adquiridas 3 O docente adequa, regularmente, as estratgias de ensino e aprendizagem s necessidades de cada aluno e s aprendizagens adquiridas 4 O docente adequa, com regularidade e de forma sempre adequada, as estratgias de ensino e aprendizagem s necessidades de cada aluno e s aprendizagens adquiridasA.3Ponderao dos progressos de cada aluno na planificao das actividades lectivas1 O professor no pondera os progressos de cada aluno na planificao das actividades lectivas 2 O professor pondera, apenas esporadicamente, os progressos de cada aluno na planificao das actividades lectivas 3 O professor pondera, com regularidade, os progressos de cada aluno na planificao das actividades lectivas 4 O professor pondera, com regularidade e sempre de forma adequada, os progressos de cada aluno na planificao das actividades lectivasA.4Participao na elaborao do Plano Individual de Transio1 O professor no participa na elaborao do PIT 2 O professor participa na elaborao do PIT mas no apresenta sugestes nem estabelece parcerias para a implementao do PIT 3 O professor participa na elaborao do PIT, apresenta sugestes mas no desenvolve parcerias para a implementao do PIT 4 O professor participa na elaborao do PIT, apresenta sugestes e desenvolve parcerias para uma adequada implementao do PITA.5Outro a estipular pelo Agrupamento / Escola no agrupada1 2 3 4SUB-TOTAL AB B.1Realizao das actividades lectivas Cumprimento dos objectivos definidos no PEI (reas curriculares especficas e contedos dos currculos especficos individuais que lecciona)1 No cumpre os objectivos e orientaes definidos no PEI 2 Cumpre, esporadicamente, os objectivos e orientaes definidas no PEI 3 Cumpre, regularmente, os objectivos e orientaes definidas no PEI 4 Cumpre, regularmente e de forma muito eficaz, os objectivos e orientaes definidas no PEI, enriquecendo-os com adaptaes que visam melhorar os resultados dos alunosClassificao12B.2Adequao dos materiais utilizados ao nvel da funcionalidade de cada aluno, ao seu nvel etrio e ao seu estilo de aprendizagem1 No adequa os materiais utilizados ao nvel da funcionalidade de cada aluno, ao seu nvel etrio e ao seu estilo cognitivo 2 Adequa, apenas esporadicamente, os materiais utilizados ao nvel da funcionalidade de cada aluno, ao seu nvel etrio e ao seu estilo cognitivo 3 Adequa, regularmente, os materiais utilizados ao nvel da funcionalidade de cada aluno, ao seu nvel etrio e ao seu estilo cognitivo 4 Adequa, regularmente e de forma muito eficaz, os materiais utilizados ao nvel da funcionalidade de cada aluno, ao seu nvel etrio e ao seu estilo cognitivoB.3Adequao das estratgias e actividades desenvolvidas s medidas e objectivos educativos definidos no PEI1 No adequa as estratgias e actividades s medidas e objectivos individuais definidos no PEI e no recorre utilizao de recursos inovadores e s TICs 2 Adequa, apenas esporadicamente, as estratgias e actividades s medidas e objectivos individuais definidos no PEI, recorrendo pouco utilizao de recursos inovadores e s TICs 3 Adequa, regularmente, as estratgias e actividades s medidas e objectivos individuais definidos no PEI, recorrendo utilizao de recursos inovadores e s TICs 4 Adequa, regularmente e com muita eficcia, as estratgias e actividades s medidas e objectivos individuais definidos no PEI, recorrendo utilizao de recursos inovadores e s TICsB.4Utilizao de mtodos de ensino adequados s estratgias de aprendizagem de cada aluno em situao de grupo1 No implementa mtodos de ensino adequados s estratgias de aprendizagem de cada aluno 2 Implementa, esporadicamente, mtodos de ensino adequados s estratgias de aprendizagem de cada aluno 3 Implementa, regularmente, mtodos de ensino adequados s estratgias de aprendizagem de cada aluno e revela alguma criatividade na sua utilizao 4 Implementa, regularmente e com muita eficcia, mtodos de ensino adequados s estratgias de aprendizagem de cada aluno e revela grande criatividade na sua utilizaoB.5Outro a estipular pelo Agrupamento / Escola no agrupada1 2 3 4SUB-TOTAL BClassificaoC C.1Relao pedaggica com os alunos Promoo de um clima favorvel aprendizagem, ao bem-estar e desenvolvimento emocional e social dos alunos1 O docente no contribui para a criao de um clima favorvel aprendizagem, bem-estar e desenvolvimento emocional e social do aluno 2 O docente contribui, esporadicamente, para a criao de um clima favorvel aprendizagem, bem-estar e desenvolvimento emocional e social do aluno 3 O docente contribui, regularmente, para a criao de um clima favorvel aprendizagem, bem-estar e desenvolvimento emocional e social do aluno 4 O docente contribui, regularmente e com muita eficcia, para a criao de um clima favorvel aprendizagem, bem-estar e desenvolvimento emocional e social do aluno12C.2Criao de um ambiente de trabalho favorvel convivncia, ao respeito pelos outros e pelas diferenas individuais1 O docente no contribui para a criao de um ambiente de trabalho favorvel convivncia, ao respeito pelos outros e pelas diferenas individuais dos alunos e no proporciona uma relao estvel e amiga entre os pares 2 - O docente contribui, esporadicamente, para a criao de um ambiente de trabalho favorvel convivncia, ao respeito pelos outros e pelas diferenas individuais dos alunos e proporciona uma relao estvel entre os pares 3 - O docente contribui, regularmente, para a criao de um ambiente de trabalho favorvel convivncia, ao respeito pelos outros e pelas diferenas individuais dos alunos e proporciona uma boa relao afectiva e alguns momentos de interaco social positiva entre os pares 4 O docente contribui, regularmente e com muita eficcia, para a criao de um ambiente de trabalho favorvel convivncia, ao respeito pelos outros e pelas diferenas individuais dos alunos e proporciona uma relao afectiva segura, positiva e de confiana entre os paresC.3Promoo da participao activa dos alunos na construo e prtica de regras de convivncia, fomentando a vivncia de prticas de colaborao, no mbito da formao para a cidadania democrtica1 O professor no promove a participao dos alunos na construo de regras de convivncia e de cortesia e na interiorizao de valores cvicos 2 O professor promove, esporadicamente, a participao dos alunos em alguns momentos da vida do grupo que favorecem a educao para a cidadania, o esprito de ajuda mtua e de solidariedade, envolvendo os alunos na elaborao e implementao de regras claras, baseadas naqueles princpios 3 O professor promove, regularmente, a participao dos alunos em alguns momentos da vida do grupo que favorecem a educao para a cidadania, o esprito de ajuda mtua e de solidariedade, envolvendo os alunos na elaborao e implementao de regras claras, baseadas naqueles princpios 4 O professor promove, sempre de forma muto eficaz, a participao dos alunos em alguns momentos da vida do grupo que favorecem a educao para a cidadania, o esprito de ajuda mtua e de solidariedade, envolvendo os alunos na elaborao e implementao de regras claras, baseadas naqueles princpiosC.4Disponibilidade para atender, ouvir e apoiar os seus alunos1 O professor no revela disponibilidade para atender, ouvir e apoiar os alunos 2 O professor revela, apenas esporadicamente, disponibilidade para atender e ouvir os alunos, mas no desenvolve estratgias de apoio aos alunos 3 O professor revela, regularmente, disponibilidade para atender e ouvir os alunos, mas nem sempre desenvolve estratgias adequadas para os apoiar 4 O professor revela sempre disponibilidade para atender e ouvir os alunos e desenvolve sempre estratgias adequadas para os apoiarC.5Outro a estipular pelo Agrupamento / Escola no agrupada1 2 3 4SUB-TOTAL CD D.1Avaliao das aprendizagens dos alunos Realizao das avaliaes pedaggicas especializadas sempre que solicitadas pelos professores/educadores do ensino regular ou outros1 O docente no realiza as avaliaes pedaggicas especializadas sempre que solicitado pelos professores/educadores do ensino regular ou outros 2 - O docente nem sempre realiza as avaliaes pedaggicas especializadas solicitadas pelos professore/educadores do ensino regular ou outros 3 O professor realiza, no incio do ano lectivo e no final de cada trimestre, as avaliaes pedaggicas especializadas solicitadas pelos professores/educadores do ensino regular ou outros 4 O docente realiza sempre as avaliaes pedaggicas especializadas solicitadas pelos professores/educadores do ensino regular ou outrosClassificao12D.2Realizao da avaliao diagnstica das aprendizagens e competncias dos alunos1 O docente no realiza a avaliao diagnstica das aprendizagens dos alunos 2 O docente realiza, apenas esporadicamente, a avaliao diagnstica das aprendizagens dos alunos 3 - O docente realiza sempre a avaliao diagnstica das aprendizagens dos alunos, quando solicitado por outros docentes 4 O docente realiza sempre a avaliao diagnstica das aprendizagens dos alunos, quando solicitado por outros docentes e por iniciativa prpriaD.3Avaliao do trabalho realizado com vista ao ajustamento permanente do processo de ensino/aprendizagem1 O docente no avalia o trabalho realizado, no tendo como preocupao o ajustamento do processo de ensino e aprendizagem 2 - O docente avalia, esporadicamente, o trabalho realizado, mas sem grande preocupao de ajustamento do processo de ensino e aprendizagem 3 - O docente avalia, com regularidade, o trabalho realizado com vista ao ajustamento do processo de ensino e aprendizagem 4 O docente avalia sempre o trabalho realizado com vista ao ajustamento do processo de ensino e aprendizagemD.4Promoo, no final de cada perodo, da interveno dos alunos na sua auto-avaliao1 O docente no promove a interveno dos alunos na sua auto-avaliao 2 - O docente promove, esporadicamente, a interveno dos alunos na sua auto-avaliao 3 - O docente promove, com regularidade, a interveno dos alunos na sua autoavaliao 4 O docente promove sempre e tem em considerao a interveno dos alunos na sua autoavaliaoD.5Outro a estipular pelo Agrupamento / Escola no agrupada1 234SUB-TOTAL DTOTAL A+B+C+D (1+2ANO)O Avaliador __________________________________, em _____/_____/_____(Ramiro Marques e Ftima Andr)