Expresso Tricolor # 05

  • Published on
    06-Apr-2016

  • View
    212

  • Download
    0

DESCRIPTION

 

Transcript

  • Tera-Feira,

    25 / 11 / 2014

    Porto Alegre Ano I, Ed. 05

    Grmio Perde Para o Cornthians, Se Afasta do G -4, Porm

    AINDA RESTA UMA ESPERANA

    /expressotricolor 51 92998401 /expressotricolor

    U ma dura derrota, a segunda consecuti-va, do Grmio na reta final do campe-onato brasileiro, praticamente o afasta da Libertadores de 2015.

    A vaga para permanecer entre os quatro primei-ros est longe e agora, alm de necessitar vencer seus dois prximos confrontos, precisa torcer por resulta-dos paralelos.

    Bahia e Flamengo, mesmo no tendo mais inte-resse direto na competio, prometem exigir ao mxi-mo do onze gremista na luta pelos trs pontos.

    Alm de derrot-los, e assim terminar com 66 pontos, o Grmio precisa torcer para que uma das seguintes situaes ocorram:

    1 O Cruzeiro conquistar a Copa do Brasil con-tra o Atltico neste meio de semana e assim transfor-mar o G4 em G5, residindo o duelo entre o Grmio (hoje com 60 pontos) e o Galo (61).

    2 O Inter somar no mximo 2 pontos contra Palmeiras e Figueirense.

    3 O Cornthians perder seus dois ltimos jogos para Fluminense e Cricima.

    Como se percebe, a misso gremista complica-da porm inegvel que enquanto h chance, h es-perana, e se o Grmio no fizer sua parte, conquis-tando os ltimos seis pontos, a sim no seria mere-cedor de participar da mais importante competio sul-americana em 2015.

    Marcelo Moreno Pode Colocar o

    Grmio na

    Libertadores15

    Grmio e Marcelo Moreno, que vivem um caso de amor e dio, podem se unir nas alegrias neste final de ano. Alm de torcer pelo Cruzeiro derrotar o Atltico, a alegria gremista poder vir nos ps de Marcelo Moreno, o atacante gremista emprestado ao Cruzeiro que j prometeu

    no voltar ao Olmpico no prximo ano.

    Moreno poder fazer o gol do ttulo da Raposa e ao entrar no gramado do Mineiro estar vestindo, por baixo da camisa azul do bicampeo brasileiro, a

    camisa do Grmio !!

    Cornthians Pode Ser Punido no STJD

    Na prxima quinta-feira, dia 27, o Cornthians ser julgado no STJD pela inscrio irregular de seu jogador Petros. Caso haja uma reverso do julgamento de primeira instncia, que absolveu o clube paulista, o Grmio ser beneficiado pois o Cornthians ir perder 4 pontos. Porm, como a diferena entre as equipes de 6 pontos e o Cornthians tem dois jogos fceis a cumprir, inevitavelmente, o resultado deste julgamento pouco afetar para o futuro do Grmio na competio, que se far presente

    com seu corpo jurdico.

  • Cornthians 1 x 0 Grmio

    Campeonato Brasileiro, 36 Rodada - 23 novembro, D, 19h30

    Estdio: Itaquero - Juiz: Ricardo Marques Ribeiro - Pblico Total: 36.511 (36.307)

    Cor: Cssio; Fagner, Gil, Felipe, F. Santos; Ralf, Elias (Danilo), Petros, R. Augusto (Jadson); Malcom (Luciano), Guerrero. Tcnico: Mano Menezes.

    Gr: Marcelo Grohe; Ramiro, Bressan, Rhodolfo, Z Roberto; Walace, Fellipe Bastos, Riveros (Giuliano), Luan (Alan Ruiz), Dudu (Lucas Coelho); Barcos. Tcnico: Luiz Felipe Scolari.

    Gol: Guerrero 37 do 2t

    Sem Produo Ofensiva, Grmio Perde e Chance de Libertadores Remota

    O Grmio no se intimidou com a presso da torcida corinthiana e duelou de igual para igual com o time de

    Mano Menezes.

    Naturalmente, por jogar em casa, o Cornthians comeou partindo para o ataque, e o Grmio respondia trocando passes, procurando uma melhor oportunidade e

    aos poucos amenizando o mpeto paulista.

    No houve uma presso corinthiana, mas um jogo aberto, em velocidade, com as duas equipes buscando o ataque. Naturalmente as chances de gol tendem ocorrem de forma mais frequente, e no primeiro tempo o Cornthians quase abriu o placar com Guerrero aos 10 chutando na trave aps jogada pela esquerda, Felipe cabeceando com perigo aps cobrana de escanteio e novamente Guerrero aps jogada pela direita, concluir no contrap de Marcelo Grohe, que defendeu no reflexo. Importa mencionar que o Grmio no assistiu o Cornthians jogar, mesmo tendo criado pouco. Buscou tambm o ataque, trocando passes no campo ofensivo,

    oferecendo perigo zaga corinthiana

    Na segunda etapa o Grmio foi melhor e conseguiu impedir qualquer ameaa sua meta at os 20, quando o Cornthians ousou mais buscando abrir o placar, equilibrando a partida e, como natural, empurrando o Grmio para trs a partir dos 30. A postura defensiva do Grmio estava adequada ao ritmo de jogo e pode-se afirmar que o gol saiu de uma jogada fortuita, um lance isolado dentro do jogo, pois os ataques corinthianos eram previsveis e facilmente rebatidos pela defensiva gremista,

    a melhor do pas.

    O gol corinthiano surgiu quase ao final da partida quando as duas equipes j sinalizavam o conformismo pelo empate, que seria um placar mais justo pelo que

    apresentaram dentro de campo.

    Geromel e Par, ausentes diante do Cornthians retornam

    equipe para o confronto em Salvador contra o Bahia.

    CORNTHIANS 1x0 GRMIO

    GUERRERO 37 DO 2oT:

    Guerrero recebeu a bola dentro da rea, girou e bateu forte. A bola desviou em Rodholfo e Marcelo Grohe e foi morreu lentamente no fundo das redes.

    - 25/11/2014, pgina 2

    A MARCHA DO PLACAR

    Felipo Berra Contra

    Roubalheira

    Encerrada a partida contra o Cornthians, Felipo no perdeu tempo e bradou seu incon-formismo contra a pssima arbitragem de Ricar-do Ribeiro. Sem meias palavras vaticinou aos reprteres presentes que j esto escolhidos os representantes brasileiros na prxima Liberta-dores, fazendo referncia s pssimas arbitra-gens que vm prejudicando o Grmio no cam-

    peonato.

    Infelizmente, tal inconformismo no seguido pelos dirigentes, que se omitem publi-camente, assistindo pacificamente a espoliao

    pblica protagonizada pelos homens de preto.

    A irresignao do tcnico gremista, no centro do pas, e at mesmo no Rio Grande do Sul, visto como conversa de quem no saber perder, ou de que o Grmio ganha ou roubado. Estes mesmos que criticam no se do ao traba-lho de analisar os lances irregulares avalizados pelos rbitros, como a expulso de Barcos con-tra o Palmeiras num lance em que ele sequer toca em seu adversrio, ou a bola atrasada para Rogrio Ceni no jogo contra o So Paulo em que o goleiro agarra com as mos e o rbitro faz vistas grossas, ou os lances em que Geromel abraado dentro da rea em duas oportunidades contra o Cruzeiro e nada marcado, e at mes-mo no Gre-Nal, com o jogador Willian distribu-indo pontaps e recebendo apenas um carto amarelo, e os descontos de 5 minutos sonegados

    pelo rbitro ao final do jogo.

  • Artilheiros Gremistas BARCOS 14

    ALAN RUIZ 4

    LUAN 3

    DUDU 3

    LUCAS COELHO 2

    RODRIGUINHO 2

    RAMIRO 2

    RIVEROS 2

    GIULIANO 1

    MAXI RODRIGUEZ 1

    CONTRA 1

    CLASSIFICAO - 35a Rod.

    1. CRUZEIRO 76

    2. SO PAULO 69

    3. CORNTHIANS 66

    5. INTER 63

    4. ATLTICO 61

    6. GRMIO 60

    7. FLUMINENSE 58

    Cruzeiro garante o ttulo ao vencer o

    Gois. So Paulo praticamente ga-

    rante o vice-campeonato. Inter com

    um p na Libertadores pois tem

    mais vitrias que os demais.

    37a Rodada Fluminense x Cornthians So Paulo x Figueirense Atltico-MG x Coritiba Bahia x Grmio Inter x Palmeiras Chapecoense x Cruzeiro

    38a Rodada Sport x So Paulo Figueirense x Inter Cornthians x Cricima Cruzeiro x Fluminense Grmio x Flamengo Botafogo x Atltico-MG

    JOGOS QUE INTERESSAM:

    Copa do Brasil

    Jogo Volta: Cruz. x Atl-MG

    Sul-Americana

    2o Jogo Semi-Final

    So Paulo x Nacional

    Vagas Brasileiras

    na Libertadores15 Campeo Brasileiro

    Campeo da Copa do Brasil

    Os outros 3 melhores do Brasileiro

    ** Caso SPFC conquiste a Sul-Americana, sobram 2 vagas para os

    Efemrides Gremistas Fatos marcantes na histria entre os dias 24 e 26 de novembro:

    24/11/1960. Joo Severiano estreia com a camisa do Grmio na vitria sobre o Riograndense por 4 a 0, um amistoso realizado em Santa Maria. Time do Grmio: Suli (Henrique), Figueir, Arton, nio Rodrigues e Ortunho (Renato); lton e Vieira; Marino, Cardoso, Juarez (Joo Severiano) e Jurandir. Tc. Foguinho.

    25/11/1984. ltimo jogo do atacante Caio pelo Grmio, na derrota por 2 a 0 em Gre-Nal do Gaucho. Caio marcou o primeiro gol da final da Libertadores de 1983, vitria de 2 a 1 frente ao Pearol.

    26/11/2005. Batalha dos Aflitos. Nutico 0x1 Grmio.

    Vitria com apenas 7 jogadores em campo que garantiu o ttulo da Srie B e o acesso Srie A de 2006.

    Atendendo o pedido do leitor Edmundo Ro-drigues da Silva, diretor de futebol do Gr-mio em 1976, apresentamos informaes so-bre o jogador Pipoca em sua passagem pelo Grmio:

    Pipoca era zagueiro e atuou entre 1952 e 1954, em 46 partidas. Estreou em 24 de julho de 1952 no empate em 3 a 3 com o Floriano, no estdio Tiradentes, do Renner, pelo Tor-neio Quadrangular, de carter amistoso, quando o Grmio atuou com Srgio, Clarel e PIPOCA; Hugo Seelig, Aldeia (Bentevi) e Or-lando; Tesourinha (Dario), Gita, Camacho, Pedrinho e Ferraz. Tc. Otaclio dos Santos. Sua ltima partida foi um amistoso realizado em Canoas, contra o Veronese, em 27 de maio de 1954, vencido pelo Grmio por 3 a 1, com gols de Tesourinha e Vtor (2), e o Gr-mio atuou com Srgio (Vlson), nio Rodri-gues (Miro) e Orly; Camacho (Roberto), Xis-to (Altino) e Itamar (PIPOCA); Tesourinha, Sarar (Delm), Vtor, Mlton (Ross) e Torres. Tc. Lazlo Szekely.

    PEDIDO DO LEITOR

    - 25/11/2014, pgina 3

    PRXIMO CONFRONTO

    BAHIA X GRMIO

    30 / 11 / 14 - FONTE NOVA O Bahia entra em campo virtualmente rebaixado. Aps a derrota no l-timo jogo, em casa, para o Atltico-PR, vrios jogadores saram do gra-mado aos prantos, cenrio idntico entre os torcedores nas arquibanca-das. O rebaixamento do time baiano ser definitivo caso o jogo termine empatado. O atacante Guilherme, do Bahia, foi expulso e desfalque

    certo para o Tricolor de Ao.