EXERCCIOS DE REVISO - 8. ANO

  • Published on
    06-Jul-2015

  • View
    228

  • Download
    0

Transcript

EXERCCIOS DE REVISO LNGUA PORTGUESA Lgica da vinganaNo nosso cotidiano, estamos to envolvidos com a violncia, que tendemos a acreditar que o mundo nunca foi to violento como agora: pelo que nos conta nossos pais e outras pessoas mais velhas, h dez, vinte ou trinta anos, a vida era mais segura, certos valores eram mais respeitados e cada coisa parecia ter seu lugar. Essa percepo pode ser correta, mas precisamos pensar nas diversas dimenses em que pode ser interpretada. Se ampliarmos o tempo histrico, por exemplo, ela poder se mostrar incorreta. Em um dos volumes da coleo Histria da vida privada, Michel Rouch afirma, em seu artigo sobre a criminalidade na Alta Idade Mdia (por volta do sculo VI), que, se fossemos comparar o nmero de assassinatos que ocorriam naquele perodo, proporcionalmente populao mundial de ento, com o dos dias atuais, veramos que antes eles eram bem mais comuns do que so agora. Segundo esse autor, naquela poca, cada qual via a justia em sua prpria vontade, e o ato de matar no era reprovado era at visto como sinal de virilidade: a agressividade era uma caracterstica cultivada pelos homens, fazia parte de sua educao. O autor afirma, ainda, que torturas e assassinatos, bastante comuns naqueles tempos, ocorriam em grande parte por vingana: Cometido um assassinato, a linhagem da vtima tinha imperioso dever religioso de vingar essa morte, fosse no culpado, fosse num membro da parentela. Realizada a vingana e assassinado o culpado da primeira morte, a mesma lgica passava a valer para parentes deste, que deveriam vingalo, criando assim uma interminvel cadeia de vinganas, que podia estenderse por vrias geraes.(A.Buoro/F.Schilling/H.Singer/M.Soares)

01. A alternativa que melhor explica o texto : (A) A violncia est presente em todas as pocas. (B) A vingana era legal antigamente e praticada de forma correta.

(C) Antigamente a vida era menos segura. (D) Devemos fazer justia com as prprias mos.

02. O uso de aspas, em alguns segmentos do texto, indica que: (A) devem ser lidos com mais ateno (C) foram traduzidos de outra lngua. (B) so produes do texto de outro autor. (D) mostram o mais importante contedo. 03. No nosso cotidiano...; o vocabulrio cotidiano, nesse caso, corresponde a: (A) Mundo atual (C) Nas noticias de jornal (B) Atividade profissional (D) Diaadia 04. Segundo esse autor...; o vocabulrio correspondente a segundo. Nesse caso, : (A) Para (C) Conforme (B) Quando (D) Embora 05. Em ...o ato de matar no era reprovado... o predicativo do sujeito : (A) matar (C) ato (B) reprovado (D) matar 06. Em No nosso cotidiano, estamos to envolvidos com a violncia..., retirado do texto, a forma verbal em destaque se refere a: (A) todos os cidados do Rio de Janeiro porque verbo indica um sujeito indeterminado. (B) cidados que foram vtimas de violncia porque verbo indica um sujeito composto. (C) vtimas do trnsito porque verbo indica um sujeito desinencial. (D) ele mesmo e a todos os cidados porque verbo indica um sujeito desinencial. 07. Na orao: A funcionria da secretaria no conseguiu esconder o espanto. Qual a funo do termo destacado? ( ) Predicativo do sujeito ( ) Sujeito porque o termo est ligado ao ( ) Objeto indireto porque completa um verbo predicativo transitivo indireto ( ) Objeto direto porque completa um verbo transitivo direto 08. Determine a predicao dos verbos em destaque: a) Quem j conversou com um _______________________________________________________________________________________ ndio.

b) Vim matricular meu filho__________________________________________________________________________________________________ c) O time veio para o jogo. ____________________________________________________________________________________________________ d) Todos queriam sua volta. __________________________________________________________________________________________________ 09. Classifique o tipo de complemento verbal recebido pelos verbos: a) O relojoeiro que conserta despertadores dorme a prestao. ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ b) No dia em que decidi me libertar do tempo. ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ c) O pndulo que nos d a sensao de que o tempo passa e volta atrs pra passar de novo. ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ d) Quem tem relgio tem a vantagem de atrasar ou adiantar o tempo. ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ 10. Observe a tirinha abaixo e responda s questes seguintes:

a) A resposta de Susanita foi compatvel com a pergunta de Mafalda? ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ b) Na orao Pra dizer a verdade..., qual a transitividade verbal e o tipo de complemento? ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ c) Em Mas no me lembrei, o pronome destacado tem a funo de complemento verbal. Como classificado este complemento? ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________ ________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________