Era uma vez...Bom, s se usa era uma vez quando se trata de apenas uma histria qualquer...

  • Published on
    21-Apr-2015

  • View
    112

  • Download
    8

Transcript

  • Slide 1
  • Era uma vez...Bom, s se usa era uma vez quando se trata de apenas uma histria qualquer...
  • Slide 2
  • Mas o sublime acontecimento que aqui me refiro um sinal concreto do infinito amor de Deus...
  • Slide 3
  • Esse prodigioso milagre, deu-se por volta dos anos 700, em uma pequena cidade italiana chamada Lanciano...
  • Slide 4
  • Na igreja do Mosteiro de So Legoziano, onde viviam os monges da ordem Basiliana(So Baslio).
  • Slide 5
  • Entre os monges, havia um que tinha no corao uma f vacilante...Todos os dias, ele era perseguido por uma dvida que o fazia sofrer muito...
  • Slide 6
  • A dvida de que a hstia e o vinho consagrados so verdadeiramente o Corpo e o Sangue do Senhor Jesus Cristo.
  • Slide 7
  • Foi quando, certa manh, celebrando a Santa Missa, mais do que nunca atormentado pela sua dvida, aps proferir as palavras da Consagrao...
  • Slide 8
  • Ele viu a hstia converter-se em CARNE VIVA e o vinho em SANGUE VIVO na sua frente. Falando, parece inacreditvel...Mas veja ento voc mesmo...
  • Slide 9
  • Eis o Corpo do Senhor Jesus Cristo, convertido em carne viva...
  • Slide 10
  • E esse o Sangue Real do Senhor, derramado por nossos pecados.
  • Slide 11
  • Esse Milagre est conservado em estado natural h 12 sculos, e permanece intacto at os dias de hoje, sem entrar em decomposio.
  • Slide 12
  • Slide 13
  • Em 18 de novembro de 1970, os Frades Menores Conventuais decidiram, devidamente autorizados, confiar a dois mdicos de renome profissional e idoneidade moral a anlise cientfica das relquias.
  • Slide 14
  • Aps alguns meses de trabalho, exatamente a 4 de maro de 1971, os pesquisadores publicaram um relatrio contendo o resultado das anlises.
  • Slide 15
  • Veja as concluses:Ve A carne verdadeira carne; O sangue verdadeiro sangue; A carne do tecido muscular do corao (contm o miocrdio, o endocrdio,o nervo vago e, no considervel espessor do miocrdio, o ventrculo cardaco esquerdo). No sangue foram encontrados, alm das protenas normais, os seguintes minerais: cloreto, fsforo, magnsio, potssio, sdio e clcio.
  • Slide 16
  • Essas protenas encontram-se normalmente fracionadas em percentagem a respeito da situao soroproteica do sangue vivo normal, ou seja: SANGUE DE UMA PESSOA VIVA.
  • Slide 17
  • A conservao da carne e do sangue, deixados em estado natural por 12 sculos, e expostos ao de agentes fsicos, atmosfricos e biolgicos, constitui um fenmeno extraordinrio.
  • Slide 18
  • Antes de redigirem este documento, os doutores Linoli e Bertelli enviaram aos frades um telegrama com o ttulo:
  • Slide 19
  • Et Verbum Caro Factum Est, que quer dizer: E o Verbo se fez Carne
  • Slide 20
  • Outro detalhe inexplicvel: pesando-se as pedrinhas de sangue coagulado(todas so de tamanhos diferentes), cada uma delas tem exatamente O MESMO PESO DAS CINCO PEDRINHAS JUNTAS. Deus parece brincar com o peso normal dos objetos.
  • Slide 21
  • Depois que foram conhecidas as concluses dessa pesquisa, os peregrinos vm de toda parte venerar a hstia que se tornou carne e o vinho que se tornou sangue.
  • Slide 22
  • O que muitos no entendem que, em cada missa celebrada, no mundo todo, essa transformao acontece concretamente.A nica diferena que, em Lanciano, transformou-se tambm a aparncia.O que diz o prprio Jesus a respeito?
  • Slide 23
  • Voc acreditou porque viu? Felizes os que acreditam sem ter visto. Jo 20, 29
  • Slide 24
  • Atravs do milagre, o prprio Jesus vem em socorro da nossa falta de f. Na Eucarstia, ns recebemos o prprio Cristo por inteiro, seu corpo e sangue verdadeiros, em alma e divindade eternas. No apenas uma comunho simblica como muitos pensam.
  • Slide 25
  • Ele mesmo disse: Isto o meu corpo que dado por vocs. Faam isto em memria de mim.(...)Este clice a nova aliana do meu sangue que derramado por vocs
  • Slide 26
  • Lc 22, 19-21; Mt 26, 26-29; Mc 14, 22-25
  • Slide 27
  • A minha carne verdadeoramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida.Quem come a minha carne e bebe o meu sangue, permanece em mim e eu nele.Jo 6, 55-56
  • Slide 28
  • No h maior demonstrao de amor...Primeiro, Deus entrega seu filho nico para ser flagelado e morrer por ns...Este, como presente, nos deixa, alm dos ensinamentos, seu corpo e seu sangue reais, vivos...E o que ns fazemos?
  • Slide 29
  • Magoamos o Senhor...Usamos a preguia, a acomodao e a omisso como desculpa para no nos entregarmos ao seu Infinito Amor...
  • Slide 30
  • ...Um amor manso e humilde, um amor mais poderoso e mais forte que a morte, que antdoto para todas as nossas dores...
  • Slide 31
  • Que mais provas podemos exigir de Cristo, que Ele j no nos tenha dado?
  • Slide 32
  • Vamos am-lo mais e mais cada dia...Que toda a nossa fala, nosso olhar e nossa expresso facial transborde esse amor em todo lugar, contagiando a todos...
  • Slide 33
  • Que Deus nos use como instrumentos pra levar adiante tudo que seu amado filho nos deixou...
  • Slide 34
  • Principalmente, use a pessoa que acabou de ler essa apresento, para que possa comear mandando isso para todos os seus contatos de e-mail...
  • Slide 35
  • Que assim seja...Amm.