Empresa Familiar: Profissionalizao, Sucesso e ? 1 Empresa Familiar: Profissionalizao, Sucesso

  • Published on
    22-Oct-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

  • 1

    Empresa Familiar: Profissionalizao, Sucesso e Conflitos

    Armando Lourenzo Moreira Jnior

    Introduo

    A sobrevivncia hoje uma das maiores preocupaes dos dirigentes de empresas familiares, em

    especial dos dirigentes das Empresas de Pequeno Porte. Para este setor, pode-se observar que vrias

    empresas enfrentam problemas operacionais ou estratgicos.

    Dentre esses problemas, a questo da sucesso tem uma posio ambgua: pode dar empresa uma

    nova perspectiva de atuao, ou pode ser a bala perdida que a destri. Aliada ao problema da falta de

    profissionalizao, que atinge cerca de 80% das empresas desse segmento da economia.

    A Empresa Familiar

    A empresa familiar atualmente representa uma parte significativa no conjunto das empresas existentes

    no pas. Essa importncia evidente nos volumes de produo, nas quantidades de empregos geradas e

    nas marcas tradicionais de produtos comercializados no mercado.

    Em sua fase inicial, marcada pela garra e viso do mercado que o fundador possui. O perfil, os

    valores, as crenas do fundador acabam passando para a empresa e funcionrios, iniciando assim a

    formao da cultura organizacional. Com o crescimento da organizao, a centralizao das decises no

    fundador inibe a participao e a iniciativa dos funcionrios: condies bsicas para o desenvolvimento

    da empresa. Dessa forma, determinadas atividades operacionais e decises devem ser descentralizadas,

    todavia, como os seres humanos no tm as mesmas expectativas e qualificaes, aparecem conflitos,

    por exemplo, entre os desejos do fundador (que sempre decidiu sozinho) e as atitudes dos funcionrios

    que tm outras necessidades e informaes. Os conflitos devem ser tratados com tcnicas de gesto

    mais modernas como: estabelecimento de sistemas de deciso mais participativos e realizao de

    programas de desenvolvimento profissional.

    Segundo levantamentos, as organizaes com base familiar apresentam vrios problemas de gesto que

    prejudicam sua atuao em um mercado mais competitivo, conforme j mencionado. Tais problemas

    no so privilgio de empresas familiares, outras empresas tambm os apresentam de forma

    semelhante. Assim, a profissionalizao no pode ser vista apenas como uma substituio dos gestores

    proprietrios por gestores no proprietrios; pois o problema pode no estar nos pilotos, mas na nave,

    ou na atmosfera.

    Instrumentos

    Na tentativa de orientar a empresa familiar para o seu prolongamento, apresento dois instrumentos

    bsicos de gesto: profissionalizao e planejamento da sucesso.

    O primeiro a profissionalizao, a qual se pode entender em seu sentido mais amplo como a

    separao dos interesses familiares dos da empresa. Nessa primeira etapa so criados critrios gerais

    que iro nortear as decises, como: contratao, remunerao e promoo de funcionrios; regras de

    trabalho e nveis para a tomada de deciso. A profissionalizao pode ser usada como instrumento para

    apoio empresa. Com relao a sua adoo, deve-se levar em considerao as mudanas ambientais, a

  • 2

    competitividade, os clientes, e no puramente passar para o papel determinados critrios para a tomada

    de deciso. importante verificar os objetivos da empresa e a sua razo de existir, para no permitir

    que estes sejam podados por um critrio mais inflexvel, pois a profissionalizao apia a estratgia da

    empresa e apoiado por ela.

    O segundo instrumento o planejamento da sucesso empresarial. A escolha do sucessor deve ser

    orientada por critrios claros e amplamente divulgada. Vrios so os pontos crticos da sucesso, como:

    treinamento, avaliao, escolha e monitoramento dos sucessores; comparao do perfil do sucedido,

    com o do sucessor e com o exigido pela empresa; relao do sucesso da empresa com a figura do

    sucedido (ou fundador) e a aceitao do sucessor escolhido por toda a famlia.

    Para minimizar os pontos crticos, a sucesso deve ser planejada desde o incio da empresa, pois

    conforme mencionado, pode constituir um elemento chave para a sobrevivncia em longo prazo, sendo

    muito importante que o prprio empresrio fundador ajude a coordenar e planejar o programa de ao.

    Estes instrumentos de gesto podem estar planejados e organizados, contudo se as pessoas no

    colaborarem os objetivos no sero mais do que uma relao de desejos. Conflitos entre scios,

    parentes e funcionrios so constantes, porm apesar da dificuldade em reduzi-los totalmente estes

    devem ser gerenciados. Alm dos conflitos existentes entre o fundador e seus funcionrios, existem

    aqueles resultantes da relao entre os membros da famlia (mesmo os que no trabalham) e a empresa.

    Para estes problemas recomendam-se atividades de treinamento para os familiares, com o objetivo de

    buscar um equilbrio interno de conhecimento e a elaborao de um conjunto de regras de convivncia

    com a participao de todos os membros na sua confeco visando um maior comprometimento. Esse

    conjunto de regras tem tido cada vez mais uma presena administrao das empresas nacionais. A

    famlia, por meio de reunies, responde a questes como: quais so os critrios de ingresso dos

    familiares? Como eles so demitidos? Podemos usar funcionrios para finalidade particular? Podemos

    dar avais para amigos sem a autorizao dos demais scios? Podemos abrir uma nova empresa com

    outros scios e geri-la no mesmo horrio da empresa atual? Enfim, a ideia discutir futuros pontos de

    conflitos para tentar reduzi-los.

    Os instrumentos apresentados no tm o objetivo de resolver todos os problemas relativos s empresas

    familiares, mas sim orientar o pensamento dos dirigentes na gerao de programas que visem aumentar

    a longevidade da empresa familiar, de modo que esteja adequada ao ambiente, integrada s expectativas

    da famlia e gerando os resultados necessrios. Outro aspecto importante que cada um destes

    instrumentos pode ter um nvel de reflexo diferente para cada empresa, fazendo com que um projeto

    de sucesso e profissionalizao seja feito sob medida a fim de respeitar tanto as caractersticas

    especficas, quanto o nvel de amadurecimento do respectivo negcio.

    Professor Armando Lourenzo: Doutor e Mestre em Administrao pela FEA/USP. Professor da

    FIA. Diretor da Ernst Young University. Autor dos livros: Bastidores da Empresa Familiar e

    Empresa Familiar: um sonho realizado.

Recommended

View more >