Edio 17 Maro 2012

  • Published on
    15-Mar-2016

  • View
    218

  • Download
    4

DESCRIPTION

Revista Em Ordem

Transcript

  • 1em ORDEMEdio 17 - maro 2012 www.oabcascavel.org.br

    Parabns MulherAdvogada

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 1 21/03/2012 15:06:05

  • R. Presidente Kennedy, 1720 - Centro - 3222-4542

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 2 21/03/2012 15:06:07

  • Revista Em Ordem 17 - maro.indd 3 21/03/2012 15:06:07

  • 4PALAVRA DO PRESIDENTEColegas Advogados

    Juliano Huck MurbachPresidente da Subseo da

    OAB Cascavel

    Iniciamos o ano buscando novos desafi os.Alm de outros assuntos, focamos nossos trabalhos na

    elevao de entrncia da Comarca de Corblia, de inicial para intermediria, o que acarretar em uma maior estrutura do Poder Judicirio de to importante Comarca.

    Aps a concluso dos trabalhos, intercedemos junto ao Tribunal de Justi a do Paran requerendo tal elevao e permaneceremos vigilantes at sua obteno.

    Tambm temos infelizmente constatado que alguns rgos pblicos no tem respeitado as prerrogati vas profi ssionais to caras aos advogados, o que tem exigido uma fi rme e pronta interveno da OAB Cascavel na proteo das mesmas.

    Insisti mos na necessidade dos advogados informarem OAB Cvel toda e qualquer leso s suas prerrogati vas a fi m de que possamos tomar as medidas cabveis, inclusive com o suporte do

    Linha Direta Prerrogati vas da OAB PR.O chamado Disque Prerrogati vas efeti vamente funciona

    e temos recebidos elogios constantes dos advogados quanto ao auxlio que presta nos casos de violao s prerrogati vas profi ssionais.

    No se inti midem! Procurem a OAB Cvel ou liguem diretamente para o 0800-643-8906 e constatem pessoalmente a efi ccia dos trabalhos.

    Boa leitura!

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 4 21/03/2012 15:06:08

  • 525

    Conselho da Subseo

    Telefones teis

    EXPEDIENTEDireo: Juliano Murbach e Nilberto VanzoRedao e diagramao: Mayara Oliveira KopceskiComisso de Comunicao e Divulgao:Thaianna Klaime, Carla Kelli Schons, Patrcia Reinhardt Meulan, Lucas Velasco, Rui da Fonseca, Michel de LimaTiragem: 2000 exemplaresImpresso: Grfi ca Positi vaAnuncie na Revista Em OrdemLigue 45 3222-1906

    Farmcia do Advogado: 45 3222-1838Livraria do Advogado: 45 3225-0519Sala da OAB|Justi a Federal: 45 3225-8904(fax) 45 3322-0085Sala OAB|Justi a do Trabalho: 45 3326-497045 3226-5459Sala OAB |Frum: 45 3226-9010 45 3326-3082Sede OAB: 45 3222-1906 45 3322-1653 45 3224-4896Centro de Incluso Digital: 3096-0641

    Andr Beck LimaAlexandre BarbosaAlti vir Braganholo Jr.Ana M. K. da SilvaAndria A. AguilarAndria Belo RossoAntnio A. E. FilhoAntnio C. S. KuhnCarlos A. Bortolott oCelso CordeiroClarice Dal CantonGisele MafessoniLauro Luiz StoinskiMarcelo NavarroMaria F. AndrPatrcia Guimares

    Patrcia R. PereiraPaulo A. JarolaRui da FonsecaRui Dias da RosaSueli Silva FontolanConselho EstadualNeide S. Pipa AndrPaulo G. FornazariConselheiros VitalciosMaurcio VieiraArmando Luiz MarconAntonio Linares FilhoNerilda VendrameMarcos Vinicius BoschirolliLuciano Braga Crtes

    PresidenteJuliano MurbachSecretrio-GeralHelio Ideriha Jr.Secretria AdjuntaSinclair Tibola

    Vice-PresidenteNilberto VanzoTesoureiroCharles Duvoisin

    46

    8 9

    10

    18

    17

    14

    22

    3130

    24

    Palavra do PresidenteCiclo de Estudo Interdisciplinar de Direito

    ltimas notcias

    Dia Internacional da Mulher

    Prestao de Contas

    Juramento

    CAA - Caixa de Assistncia dos Advogados

    Aniversariantes

    ESA - Escola Superior de Advocacia

    C entre nsOpinio

    12

    Obra - futura sede

    DIRETORIA NDICE

    Lado B

    26 TED - Tribunal de tica e Disciplina

    27 Perfl

    21 2 Vara de Famlia de Cascavel

    28 Social

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 5 21/03/2012 15:06:08

  • 6Ciclo de Estudo Interdisciplinarde DireitoO Ciclo de Estudo

    Interdisciplinar de Direito uma iniciativa da Comisso de Ao Social e Educao da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseo de Cascavel, com o objetivo de levar treinamento aos professores da rede pblica de ensino de Cascavel, habilitando-os para o trabalho em sala de aula de questes pertinentes a cidadania, direitos e deveres, bem como organizao da justia.

    O exerccio da cidadania pressupe o conhecimento dos direitos e deveres, bem como sobre a organizao jurdica. Assim, o projeto ora desenvolvido pretende levar s escolas pblicas de Cascavel uma educao jurdica popular, atravs da orientao de professores, habilitando-os para o desenvolvimento interdisciplinar de temas correlatos a cidadania e ao direito, em sala de aula.

    Este projeto inspirado na Portaria 09/2001 do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que criou a comisso OAB vai Escola, bem como em projetos promovidos pelas seccionais, que levam aos alunos, atravs de palestras, noes bsicas de cidadania, direitos humanos, organizao poltica brasileira, solidariedade e tica.

    Em seus dois anos de existncia, a Comisso de Ao Social e Educao da Ordem dos Advogados, subseo de Cascavel, recebeu vrios apelos de professores, solicitando orientaes acerca dos procedimentos a serem adotados

    em situaes especficas, especialmente e violncia na escola, o que motivou o estudo interdisciplinar de direito.

    Assim, o presente projeto de formao de professores novo, considerando-se que Cascavel j possui um projeto de palestras direcionado aos alunos, promovido por acadmicos de Direito da Univel e, considerando

    ainda, o manifestado interesse dos professores da rede pblica por orientaes sobre temas jurdicos.

    Os mini cursos sero ofertados pela Ordem dos Advogados do Brasil, Subseo de Cascavel e ministrados na sede prpria

    da instituio, em encontros peridicos.

    Sero convidados a participar, mediante prvia inscrio, todos os professores da rede pblica de Cascavel, independentemente da disciplina de formao e as turmas sero compostas de no mximo 30 participantes.

    Nos encontros designados, sero abordados ramos do direito (Constitucional, Famlia, Penal, Trabalhista e Civil), atravs de aula expositiva, com espao para discusses e debates. Ao final, os professores recebero certificados, bem como material de apoio que poder ser futuramente utilizado

    em sala de aula com os alunos.Sero privilegiados temas

    do quotidiano e que sejam de interesse geral da comunidade escolar .

    Os mini-cursos sero ministrados pelos prprios membros da Comisso, todos com formao em Direito, sendo que alguns possuem ainda formao superior em docncia.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 6 21/03/2012 15:06:14

  • 7Revista Em Ordem 17 - maro.indd 7 21/03/2012 15:06:16

  • 8Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a Ordem dos Advogados do Brasil Subseo Cascavel,convida voc para um divertido coquetel.

    Data: 28/03/2012Local: Restaurante Villa Zanella(Rua Minas Gerais, N 2778)Horrio: 19h30minValor: R$15,00

    ltimas Notcias

    Devido a enorme quantia de ligaes que a sede da OAB Cascavel recebe todos os dias, a subseo est disponibilizando novas centrais telefnicas para melhor atender ao advogado em suas atribuies.Os novos nmeros so: 045 - 3035-1634/045 - 3035-2117045 - 3035-2144

    Novos nmeros telefnicos

    Sucesso na campanha de abertura de contas do Citibank em Cascavel

    No incio de 2012, a Caixa de Assistncia dos Advogados do Paran (CAA/PR) anunciou o convnio com o Banco Citibank S.A. para proporcionar benefcios exclusivos aos advogados que abrissem contas no banco.

    Aps reinvindicaes feitas pelos advogados cascavelenses pelas dificuldades, entre elas o deslocamento at a Capital, a diretoria da OAB Cascavel entrou em contato com a CAA/PR buscando solues para que as contas tambm pudessem ser abertas em Cascavel.

    A solicitao foi atendida e a campanha foi um sucesso. Em apenas dois dias foram abertas mais de 100 contas. Alm de outras vantagens oferecidas pelo banco, a que mais chamou a ateno, foi o pagamento pelo Citibank da anuidade da OAB-PR relativa ao exerccio de 2.012.

    Mais uma vez, a OAB Cascavel demostra que trabalha em benefcio do advogado. Reitera o agradecimento a todos os diretamente envolvidos na questo, em especial ao Presidente da OAB/PR Jos Lcio Glomb, ao Presidente da CAA/PR Jos Augusto Arajo de Noronha e ao Conselheiro Estadual Paulo Giovani Fornazari.

    A harmonia da Subseo com a Seccional tem permitido aes eficazes em prol dos advogados.

    Instalao de Ar Condicionado na 15

    Mais uma vez a OAB Cascavel mostra que trabalha para os advogados, outra reivindicao atendida recentemente, foi instalao do ar condicionado no parlatrio da 15 Subdiviso Policial de Cascavel.

    A prestao de servio do advogado fundamental na delegacia, sendo que o ar facilita e ajuda muito no desenvolvimento do trabalho.

    O advogado Arley Mozel esteve frente dos trabalhos de negociao,

    essa j era uma reivindicao de praticamente todos os advogados criminalistas. Sendo assim, fiz o pedido ao Presidente da OAB, Juliano Murbach e entrei em contato com a OAB que prontamente atendeu e o ar condicionado j est instalado.

    Para o presidente da comisso de advocacia criminal, Cezar Paulo Lazzarotto, a instalao do ar condicionado trar benefcios a todos em especial as mulheres advogadas.

    Essa mais uma amostra de que a OAB Cascavel preocupa-se com o bem estar e o atendimento adequado do advogado.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 8 21/03/2012 15:06:19

  • 9TESOUREIRO:Charles Daniel Duvoisin

    CONTASPrestao de Contas - FevereiroN.GARBIN & CIA LTDA - PAPELARIA STAMPA DESPESAS COM JORNALISMO ALUGUEL ESTAC. FRUM A BOUTIQUE PAPELARIA NACIONAL ROADA ESTACIONAMENTO VARA FLOR. SPRE VERDE (COROA) LIMPEZA CONSERVAAO ESTAC. FRUM ESTER/MATERIAL ESCRITRIO DESPESAS GERAIS REVISTA (2 PARCELA) N.GARBIN & CIA LTDA - PAPELARIA STAMPA COPEL COPEL BRASIL TELECOM - OI CLARO BRASIL TELECOM - OI MARAZ & ANDERLE LTDA - ANDERPEL CORREIOS BRASIL TELECOM - OI SUPRIVEL PAP. E INFORMTICA LTDA CIA BEAL DE ALIMENTOS DARF GVT REALPLUS INTERNET E INFORMTICA LTDA. CIA BEAL DE ALIMENTOS SUPRIVEL PAP. E INFORMTICA LTDA COPEL COPEL COPEL

    R$ 197,48 R$ 2.200,00 R$ 2.000,00

    R$ 64,00 R$ 1.029,00

    R$ 100,00 R$ 220,00 R$ 100,00 R$ 275,82

    R$ 3.038,21 R$ 1.068,00 R$ 1.756,42

    R$ 28,88 R$ 219,58 R$ 125,91 R$ 576,22 R$ 154,61 R$ 137,90 R$ 111,00

    R$ 32,47 R$ 37,79 R$ 20,87

    R$ 301,94 R$ 96,92

    R$ 80,00 R$ 10,37 R$ 9,50

    R$ 87,75 R$ 25,42 R$ 31,41

    V.LIMA & LIMA LTDA GRAVA COMRCIO DE COMBUSTVEIS LTDA DARIO E MARIA LTDA - DARIO ESPORTES DESPESAS JURAMENTO ECT - EMP.BRAS.CORREIOS E TELGRAFOS CENTER FONE CASCAVEL LTDA JHB COM. DE EQU. PARA TELEC. E INFO. LTDA REFILTEC HYGIEL COMERCIO DE PROD. LIMPEza ltda MATERIAL DE HIGIENE/VARA TRAB. FORMATAO COMPUTADORES (2FRUM /2VARA) AQUISIO RETROPROJETOR - DESPESAS MATERIAL DE EXPEDIENTE FNIX SOLUES/ASSIT. TC/COMP. JORNALISMO CARTO MEMRIA - CMERA DESPESAS C/CAF CURSOS DESPESAS MATERIAL DE LIMPEZA HD PARA ARQUIVO DO JORNALISMO PEGUSPAN

    R$ 125,00 R$ 100,00 R$ 111,80 R$ 132,90

    R$ 7,75 R$ 60,00

    R$ 250,00 R$ 60,00

    R$ 162,50 R$ 78,08

    R$ 108,68 R$ 800,00 R$ 500,00 R$ 120,00

    R$ 90,00 R$ 120,00 R$ 500,00 R$ 249,47 R$ 318,64

    SALDO ANTERIOR (+) - R$ CRDITOS(+) - R$ DBITOS (-) - R$ SALDO ATUAL

    R$ 7.593,75R$ 21.940,60R$ 18.032,29R$ 11.502,06

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 9 21/03/2012 15:06:20

  • 10

    Advogada Cristi ane Bordin - Parti cipante

    dos Trabalhos da OAB

    Na atualidade, ser mulher advogada uma

    conquista comum para aquelas que se dedicam

    a representati vidade da sociedade, pois j se

    foi o tempo em que a mulher era discriminada por ser considerada do

    lar ou sexo frgil .A mulher advogada alm de ser uma mente

    pensante tambm o refl exo da fora, da coragem, da audcia, da dedicao, esperana e competncia com o plus da delicadeza e beleza.A advocacia uma das profi sses mais bonitas,

    pois possibilita que o operador do direto busque alternati vas para resguardar o direito do prximo

    e eu me sinto realizada em poder fazer isso. Eis, portanto, um dos moti vos que me levaram a

    escolher esta profi sso!

    Advogada Sinclair Fti ma Tibola - Secretria adjunta da OAB Cascavel

    A mulher ideal aquela que simples por natureza, que pode explanar com simples gestos toda sua feminilidade e grandeza.Parabns a todas!

    Advogada Giovana Marti ns - Presidente da

    Comisso de Eventos

    Gostaria de parabenizar a todas as mulheres, em especial as advogadas, e

    comparti lhar a sati sfao no exerccio da profi sso

    e no trabalho pela OAB. Aproveito a oportunidade

    para convidar as advogadas a parti ciparem conosco da OAB, considerando as peculiaridades

    caractersti cas da mulher, as quais acrescentam, e muito, para a insti tuio.

    Advogada Neide Simes Pipa Andr -Conselheira Estadual

    Entre tantas conquistas da mulher, a meu ver, a maior delas a indepen-dncia.

    O dia 08 de maro no uma data comemorati va comercial. sempre bom lembrar que h um fato

    histrico que justi fi ca a sua comemorao. O dia internacional da mulher comemorado nesta data porque no dia 08 de maro de 1857, operrias de uma fbrica de tecidos de Nova Iorque fi zeram uma grande greve para reivindicar melhores condies de trabalho e tratamento digno. A manifestao foi reprimida com violncia. As mulheres foram tranca-das dentro da fbrica que foi incendiada. Aproxima-damente 129 tecels foram carbonizadas. Somente no ano de 1910, durante uma conferncia na Dinamarca , fi cou decidido que o dia 08 de maro passaria a ser o dia internacional da mulher. Porm somente no ano de 1975, que a data foi ofi cializada pelas naes unidas.

    Portanto, temos muito a comemorar. Apesar da sociedade em que vivemos ainda ter

    paradigmas discriminatrios, as mulheres vem vencendo os desafi os e difi culdades da ascenso profi ssional, na busca de um patamar igualitrio.

    A emoo feminina, a fi rmeza na defesa dos direitos, a sensibilidade ao tratar as pessoas, fazem a mulher, principalmente a advogada , protagonizar mudanas nos valores culturais da sociedade.

    A mensagem que deixo para este dia que sejam incansveis na busca de seus objeti vos. Lutem sempre para conquist-los. No desanimem, invistam em sua carreira, e, principalmente: sejam felizes.

    No ms em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a revista Em Ordem por meio de algumas advogodas presta um singela homenagem a cada uma das mulheres que individualmente constroem histrias de sucesso

    Dia Internacional da Mulher

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 10 21/03/2012 15:06:21

  • 11

    Em nenhum momento de nossa histria, a mulher esteve no relevo que se encontra hoje. Destaque

    especial para a mulher advogada, que, ao se formar, j sai ungida com o carter de cidad, acima de tudo.

    De todas as batalhas emritas, ao longo da histria, como aquela que consagrou o dia da

    mulher na sociedade universal, lutamos ati vamente na busca das liberdades, sempre reprimidas. Passo a passo fomos conquistando vitrias, iguais quela

    ocorrida h 108 anos, quando se formava na Faculdade de Direito Largo So Francisco a primeira mulher advogada - Maria Augusta Saraiva, poca em que era rarssimo, ver-

    se uma mulher nessa ati vidade. Contudo, foi somente a parti r da segunda metade do sculo vinte que o movimento das mulheres juristas evoluiu no senti do da busca da identi dade e capacidade para gerir os atos da vida civil.

    Em 1952, as advogadas Romy Medeiros da Fonseca e Orminda Bastos apresentaram a Organizao dos Estados Americanos, na Oitava Assemblia da Comisso Interamericana de Mulheres, o anteprojeto, por elas elaborado,

    com o fi to de modifi car a condio jurdica da mulher no Brasil. Em 1957, Romy Medeiros da Fonseca ocupou a tribuna do Senado para defender o projeto que fi cou conhecido como o Estatuto da Mulher Casada. Essa lei alterou vrios arti gos do Cdigo Civil brasileiro de 1916, concedendo s

    mulheres o direito de trabalhar fora de casa sem a autorizao do marido ou do pai e, em caso de separao do casal, o direito guarda do fi lho.

    Anteriormente a histria relata que a primeira ao polti ca com o objeti vo de insti tuir o direito de voto s mulheres parti u da jornalista Josefi na Alves, que,

    em 1891, apela primeira Assemblia Consti tuinte: queremos o direito de intervir nas eleies, de eleger e ser eleitas como os homens.

    Ainda, em 1910, Myrthes Campos advogada e primeira mulher a ser aceita pelo Insti tuto da Ordem dos Advogados requereu o alistamento eleitoral

    argumentando que a Consti tuio da poca no negava expressamente o direito ao voto feminino. O pedido foi indeferido. Leolinda Daltro formou o

    primeiro movimento organizado em prol do sufrgio feminino. Mesmo assim, o direito ao voto feminino veio somente em 1932, por decreto do presidente

    Getlio Vargas, confi rmado na Consti tuio de 1934.O passado foi muito hosti l com as mulheres, por isso todas, especialmente as mulheres advogadas, devem estar em permanente viglia. A luta ainda atual e diria. Todas as mulheres da carreira jurdica tm plena conscincia sobre o papel da condio feminina na sociedade, principalmente onde as

    tradies culturais induzem ao conceito equivocado da desigualdade dos gneros.

    A efeti va parti cipao da mulher advogada em todos os segmentos da sociedade a forma de protagonizar mudanas profundas nas relaes de poder, no mercado de trabalho, nos valores culturais e, nos padres

    comportamentais.Advogadas! Lutem para ocupar todos os espaos possveis na vida social e polti ca de nosso pas. Parti cipem com muita garra da nossa insti tuio

    de classe OAB para, atravs dela, garanti r a to almejada igualdade no desempenho da profi sso e, com isso, mantermos viva a luta travada por

    nossas colegas no sculo passado.

    Mulher AdvogadaAdvogada Suzana Perboni - Presidente da Comisso da Mulher Advogada

    Advogada Larissa Boldrini - Presidente da Comisso de Eventos Cient fi cos

    Esse dia deve celebrar a luta das mulheres que marcou o incio do sculo XX

    por melhores condies de trabalho e dignidade.No podemos nos acomodar, pois essa luta j nos propiciou grandes realizaes, mas ainda h muito por conquistar!

    Advogada Clarice Dal Canton - Conselheira e Relatora

    A mulher ainda est se conhecendo, se descobrindo, muito embora em varios papeis j evoluimos muito; somos mes dedicadas, leais companheiras, amantes apaixonadas, profi ssionais competentes, parceiras incansveis e tudo mais que possamos aprender...PARABNS MULHERES!

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 11 21/03/2012 15:06:22

  • 12

    Poetisas Divinas Para esta poesiaFaltaram palavrasMais no inspiraoMulheres, poeti sas divinasA nossa eterna grati do.No decorrer da histriaForam vti mas e perseguidasMas obti veram a vitriaJoanas D `Arcs - heronasAnitas Garibaldis - guerreirasSouberam e sabem o momentoDe abrir as pginas e vencerCom garra enfrentam o preconceitoDesafi am o sistemaElianas Calmon do Direito.Lutam na trplice jornadaSo luzes e fazem brilharPenlopes pacientes e amigasTerezas de CalcutSo Clepatras - estrategistasE souberam o mundo conquistarMulheres advogadas, juzas, promotorasDelegadas, procuradorasEducadoras.A todas que nas diversasBatalhas da existnciaDecifram o mundo em sua essncia.E no frum da vidaNo cdigo do saber a intelignciaNo bero da civilizaoSo sementes que do fl oresDo cu, as estrelas o belo que se fez a vida.A vida que se fez no belo.Mulher e a harmoniaA essncia da poesia.

    A mulher a poesia de Deus; o homem a simples prosa.(Napoleo Bonaparte)

    Advogado. Valdenir Gonalves

    Mulheres na OABSinclair Fti ma TibolaSecretria Adjunta

    Conselheira EstadualNeide Simes Pipa Andr

    Conselheiras da SubseoAna M. K. da SilvaAndria A. AguilarAndria Belo RossoClarice Dal CantonGisele MafessoniMaria F. AndrNerilda VendramePatrcia GuimaresPatrcia R. PereiraSueli Silva Fontolan

    Comisses da OAB Cascavel

    Mnica Fernanda Matt esMaria Cristi na AlvesMicheli Toent PopiolekMrcia Sandra TumeleroEdineia SicbneihlerJuliana Ducatti Caroline Celicia P. BorgesGiovana Cezalli Marti nsMariana GaidarjiAriane Luise B. SantosLarissa BoldriniCamila RicciAna Hercilia BraganholoMelissa Fachinett oErika Watermann De CastroThaianna KlaimeCarla Kelli SchonsPatrcia Silvana E. MeulamCarla Antonia HommerdingAndria DallabridaSonia De Fti ma BrazIvone Gonalves Avelarngela FavretoCarla Leti cia De SouzaRaquel Manfroi TissianeDuclia BarbatoCamila SampaioIzabel Cristi na RossoniEliria Maria Specia Da Rosa

    Jany Mary RedivoManuela Renil CasarilCibele Santos MacielRafaela Silva De OliveiraJuliana Paola PinheiroKarla RaissaCleia QueirozFabiana Mendes FrancoSuzana PerboniDoralice F. Dos SantosJani KracieskiShirley NunesMagda FerrariRoberta Kelly B. VieiraMarilan De SouzaJoseani Da SilvaClaudia Uliano OrlandoRita Maria BrunCaren Reginan JaroszukDoralice F. Dos SantosViviane Bernardo JorgePatrcia Zanatt a M. CunhaPatrcia S. Einhardt MeulanHelaine Brandalero GrolliAlline Emanuele De FriasMere Rute S. KaddouraSilvane Fruett Verginia Bernardo J. PaternoSimone BorguesamMnica MolinLlian RadunzDanielle Mayumi SatoSandra Mara G. J. VieiraElisangela Cristi na PereiraPatrcia Mara Guimares Simone Hansen Alves GrossiEmilia Porteto FernandesElisangela A. Dos ReisJoselice Bauti tzAlessandra R. SchneiderGraziela Regina LohFrancielly Forbeck BiancoAna Carolina Weiler SilvaAryan Furlanett oMarcelle Mello RodriguesDaiane Regina PereiraMonia Tolenti noCarolina Cecilia P. BorgesKamila Ellen K. Coradi

    A assessoria de imprensa da Ordem dos Advogados do Brasil Subseo Cascavel deseja a todas as mulheres em especial advogadas, que datas como esta sejam lembradas todos os dias, e que em cada um deles, grandes vitrias e conquistas sejam realizadas.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 12 21/03/2012 15:06:23

  • 13

    Campanha de Matrcula 2012.1No Damsio, h descontos em TODAS as mensalidades:

    Carreiras Jurdicas

    Carreiras Fiscais

    Exame de Ordem

    TELEFONE

    S:

    45 3324-823

    1

    45-9931-97

    53

    R. Visconde

    do Rio

    Branco, 263

    3, esq. com

    Av.

    Brasil, Pra

    a do Imigra

    nte,

    Centro, Cas

    cavel - PR

    AnuaisAnual Carreiras Jurdicas (Diurno ou Noturno)Anual Carreiras Jurdicas (Fins de semana)

    SemestraisDefensoria Pblica e ProcuradoriasDelegado de Polcia CivilDelegado FederalMagistratura e MP do TrabalhoMagistratura e MP Estadual

    Mdulos EspeciaisAnalista e Tcnico dos TRTs e do TST - NovoAnalista dos Tribunais - TRE/TRFSentena Cvel, Criminal e Peas do MPQuestes Discursivas, Sentenas Trabalhistase Peas Tpicas do MP do TrabalhoResoluo de Questes, Smulas e JurisprudnciasPortugus para Concursos

    Extensivo Semestral1 fase (Semestral ou aos Fins de Semana)Conhea tambm:Intensivo Reta Final 2 fase

    www.damasio.com.br/oab

    Carreiras Pblicas Semestral - Nvel MdioCarreiras Fiscais Semestral - Nvel SuperiorTcnico dos Tribunais (TRE/TRF/TRT)Agente e Escrivo da Polcia Federal

    Carreiras FiscaisDireito Constitucional AplicadoDireito do Trabalho e Processo do TrabalhoDireito Penal e Processo Penal

    www.damasio.com.br/oab

    Direo geral: Damsio de Jesus Direo pedaggica: Marco Antonio Araujo Junior

    PENSE GRANDE.FAADAMSIO.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 13 21/03/2012 15:06:23

  • Juramento - OAB Cascavel A Ordem dos Advogados do Brasil Subseo Cascavel, teve a honra de realizar no dia primeior do maro a solenidade de compromisso coletivo para 73 novos advogados de vrias cidades da regio. A OAB Cascavel parabeniza a todos e deseja boa sorte

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 14 21/03/2012 15:06:24

  • Juramento - OAB Cascavel

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 15 21/03/2012 15:06:24

  • Revista Em Ordem 17 - maro.indd 16 21/03/2012 15:06:25

  • A CAIXA promove convnios com empresas comerciais ou prestadoras de servios, para obter descontos aos advogados.

    Concede consultas mdicas e tratamentos de fi sioterapia alm da Farmcia do advogado, concede benef cios aos advogados em situaes especiais:

    Maternidade, mensal, emergencial, auxilio funeral e peclio. Para consultas mdicas necessrio obter a guia de consulta na subseo. Para tratamentos de fi sioterapia e dermato-funcionais, o advogado deve

    procurar as clnicas conveniadas e efetuar o pagamento diretamente;Para receber os descontos, basta apresentar a carteira de identi fi cao do

    advogado nas lojas conveniadas.

    A dos advogados um rgo da OAB PR que tem como fi nalidade prestar assistncia aos advogados

    Farmcias: Farmcia do Advogado Farmcia ChamomillaHoteis: Bourbon Business Hotel - Harbor Querncia HoteL - Deville Express CascavelLivraria: Livraria da CAAFisioterapia: Clnifi sio Fisioterapia e Reabilitao - Fisiocenter Centro de FisioterapiaAluguel de Carros: Yes Rent a CarCartrio: Fleck Assessoria Administrati va LtdaCurso de Lnguas: CNAGPS: Movix Mio BrasilInformaes: Consultor Jurdico Ultracred Check CheckInformti ca: Dell ComputadoresLavanderia: 5 SecLeitora de Carto: Digital Security do Brasil

    Em Cascavel alguns dos convnios oferecidos pela Caixa so:

    Moda: Tevah Moda MasculinaScaners: Netscan Digital - Point Soluti ons Vinhos: Bouti que do VinhoSINTEC Automoo JudicialCRDITO APORTE - Caixa Econmica FederalBANCO: HSBCCARTRIO POSTALSCANNER: KodakSADE:Laboratrio lvaro UOPECCANHospital e Maternidade Dr. LimaDr. Walter AssumpoDr. Joir Alves de OliveiraDra. Alessandra Sato MaiaDr. Altair Antonio PellandaCentro Oft almolgico de CascavelPsicloga Dra. Mariangela PazMarja Antonello - nutricionista

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 17 21/03/2012 15:06:30

  • LINHA DO TEMPO - Obra Sede da OAB Cascavel

    Fevereiro 2011 Maro 2011 Maro 2011 Abril 2011

    Maio 2011 Maio 2011 Junho 2011 Junho 2011

    Agosto 2011Julho 2011 Julho 2011 Agosto 2011

    Janeiro 2012

    Janeiro 2012Janeiro 2012

    Setembro 2011

    Fevereiro 2012 Fevereiro 2012

    Setembro 2011 Outubro 2011 Outubro 2011

    Dezembro 2011Novembro 2011 Dezembro 2011

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 18 21/03/2012 15:06:48

  • LINHA DO TEMPO - Obra Sede da OAB Cascavel

    Maro 2012Maro 2012 Maro 2012Maro 2012

    Maro 2012Maro 2012 Maro 2012Maro 2012

    A realizao de um sonho e uma grande conquista!

    Arquiteto Leonardo Hauer - responsvel pelo projeto

    Quais as principais caractersticas da obra sede da OAB Cascavel? Uma sede ampla, de mltiplo uso (salas para aulas e eventos), moderna e flexvel (usando

    paredes divisrias de dry wall) e que oferece muito conforto para os usurios, o que com certeza ser motivo de orgulho para os advogados da regio.

    A obra possui algum diferencial? A nova sede da OAB Cascavel tem como diferencial a longevidade. Espaos amplos e

    generosos proporcionaro vida longa para o edifcio, evitando assim uma prematura reforma, ampliao ou at mesmo a necessidade de uma nova sede, vislumbrando o crescente nmero de advogados na regio.

    Algo muito comentado atualmente em qualquer construo a questo de acessibilidade. A obra da OAB possui acessibilidade?

    O projeto arquitetnico normalmente contempla os equipamentos relativos mobilidade. Itens relacionados com a percepo fazem parte de projetos especficos como comunicao visual e projeto de arquitetura de interiores e devero ser providenciados. Esto contemplados no projeto arquitetnico: vaga para PNE (portador de necessidades especiais), elevador que dar acesso do subsolo ao segundo pavimento, rampas de acesso externo, circulaes e sanitrios dentro das normas da NBR 9050.

    Nesta edio a enquete sobre a obra sede da OAB Cascavel, traz o arquitetoresponsvel pelo projeto da obra, advogados e tambm o arquiteto fiscal da obra

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 19 21/03/2012 15:06:57

  • Arquiteto Ivo de Lara Junior, Fiscal de Obra da Subseo - uma imensa satisfao participar desta obra, trata-se de um projeto arrojado que atende as necessidades dos advogados com excelncia, qualidade e conforto. Ainda, uma edificao com tima esttica, acesso, ambientes amplos e flexveis. Estamos no final do nosso cronograma com uma obra de excelente qualidade, fruto de uma tima organizao entre a seccional, subseo, construtora e fornecedores. Foi um ano com reunies semanais, tomadas de decises, pesquisa de fornecedores, oramentos, tudo para transformar os projetos em uma das maiores e melhores subsees do Paran.

    Alguns ajustes foram feitos ao projeto, quais foram?Um projeto, seja ele residencial ou comercial, sempre passa por um perodo de amadurecimento. Quando os

    prazos so confortveis isso se d na fase de ante-projeto, onde o contratante troca informaes com os demais usurios do edifcio para afinar o projeto e deix-lo o mais perfeito possvel. No caso da OAB Cascavel, esse perodo ocorreu j com a obra em andamento, mas, no fora do prazo limite, o que nos permitiu fazer ajustes internos mudando a localizao de alguns servios oferecidos pela Ordem, o que facilitar a vida dos usurios da nova sede.

    Qual o resultado obtido com a reunio que voc teve com a diretoria da OAB?Como j descrito na pergunta acima, ajustamos alguns detalhes internos. A explanao por parte dos

    funcionrios e da diretoria da OAB descrevendo como funcionam cada uma das reas da OAB Cascavel foi muito importante para o desenvolvimento final do projeto. Mesmo tendo projeto a sede da OAB Paran em Curitiba e diversas outras no interior, cada sede tem seu procedimento especfico e essa troca de idias com as pessoas que vivero o dia-a-dia da nova sede foi fundamental.

    Gostaria de lembrar que o projeto foi desenvolvido em cima de uma fundao j iniciada e, portanto com uma certa falta de flexibilidade em algumas situaes de projeto, mas acreditamos que no fim o resultado foi muito satisfatrio, explica Leonardo.

    Advogado Andr Felippe J. da Silva - As novas instalaes da OAB Cascavel fortalecero a classe advocatcia e, por consequncia, estimularo positivamente os profissionais atuantes na Comarca. Tenho certeza que teremos uma sede local a altura da dignidade dos advogados.

    Advogada Bianca Ribeiro da Silva - A nova sede da OAB Cascavel permite maior comodidade e praticidade, concentrando em um espao vrios servios utilizados pelos advogados, bem como economia oramentria. E para ns iniciantes, esses fatores permitem melhor integrao junto ao rgo representativo, pois alm de um local para aprimoramento e debates, um ponto de encontro para planejamentos e participao em benefcio da classe.

    Advogado Daniel Augusto Orlandini - Esta obra contempla e valoriza toda a classe. A nova sede referncia nos mbitos regional, estadual e nacional. Novos profissionais passaro a contar, j no incio das atividades profissionais, com a belssima estrutura das modernas instalaes. A concentrao, num s local, das diversas atividades e opes proporcionadas pela OAB Cascavel, antes em pontos dispersos, um aspecto a ser grandemente enaltecido.

    Advogado Helio Ideriha Junior - Secretrio Geral da OAB CascavelA sede tem para os advogados a mesma importncia que a casa tem para uma famlia. o

    lugar em que vo se realizar todas as atividades ligadas entidade, a centralizao da farmcia, da ESA, bem como do auditrio e a parte administrativa da OAB tambm vai ser muito positiva, uma vez que centralizando, os advogados vo se encontrar mais, vo conversar mais, vo ter a oportunidade de estar em contato com a diretoria, trabalhando junto com a gesto da entidade. Essa sede uma grande conquista, algo pra ser comemorado e amplamente utilizado atravs de palestras, cursos e todos os servios oferecidos pela OAB, o advogado vai ter ali uma segunda casa, uma casa profissional.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 20 21/03/2012 15:06:57

  • A 2 VARA DE FAMLIA DE CASCAVELAlm de direcionar suas

    atenes para questes estruturais da prpria Entidade, tais como nova sede, clube dos Advogados, estacionamento, salas em reas do Poder Judicirio e funcionrios, a OAB Cascavel luta pela ampliao da estrutura do Poder Judicirio local.

    Aps a conquista da instalao da 4 e 5 Vara Cvel, os esforos foram direcionados para a criao e instalao de uma 2 Vara de Famlia, ante o volume de processos tramitando na nica Vara existente, fato que tem causado inmeros prejuzos aos jurisdicionados.

    Para tanto, foram realizadas vrias reunies com a Juza Titular da Vara Dr. Fernanda Travaglia de Macedo, o que culminou em um dossi conjunto OAB/

    Magistratura local, atravs do qual se comprovou com dados emitidos pelo prprio Tribunal de Justia do Paran que o volume de trabalho em nossa Comarca era superior a outras de porte parecido, como Maring e Ponta Grossa.

    A partir da a OAB Cascavel passou a tratar do assunto diretamente com a Presidncia do TJ/PR, quando tambm o SINDIJUS/PR na pessoa de seu Diretor Itacir Antunes dos Santos e o Diretor do Frum local Dr. Srgio Luiz Kreuz reforaram os trabalhos para a efetiva criao e instalao da 2 Vara de Famlia.

    Aps um rduo trabalho, eis que podemos anunciar com satisfao que nossos esforos foram coroados com xito, pois dentro de algumas semanas

    teremos a efetiva instalao da 2 Vara de Famlia e Anexos de Cascavel.

    J existe o espao fsico destinado para esse fim no Frum local, faltando to somente a aquisio do mobilirio, bem como a efetivao dos funcionrios que passaram no ltimo concurso realizado e a designao do Juiz que ser responsvel pela Vara.

    Desse modo a OAB Cascavel compartilha to importante notcia a todos os Advogados de nossa Subseo, sem esquecer de externar seus agradecimentos e reconhecimentos aos envolvidos nessa empreitada.

    Em tempo, caso no ocorram contratempos a instalao ocorrer no dia 23 de abril de 2012.

    eis que podemos anunciar com satisfao que nossos esforos foram coroados com xito, pois dentro de algumas semanas teremos a efetiva instalao da 2 Vara de Famlia e Anexos de Cascavel

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 21 21/03/2012 15:06:59

  • 22

    Aniversariantes - FEVEREIROAdriana Aparecida Leme 1Aldo Jose Parzianello 1Amelio Scaravonatti 1Andrea Malucelli 1Joscelito Cechinato 1Antonio Anzolin Neto 2Herbert Correa Barros 2Lucio Mauro Noffke 2Reovaldo Aparecido Barbosa 2Carlos Antonio Studzinski 3Rosicler Adair De Castro 3Laercio Losso Lisboa 4Leda Pinto Barbieri 4Nadia Mazurek 4Carlos Luciano Flores 5Jose Alberto Dietrich Filho 5Larissa Karla De Paula E Sa 5Maria Thais Abreu De Figueiredo 5Nelson Tavares 5Denis Jonh Vogler 6Valdir Oliveira 6Elzi Marcilio Vieira Filho 7Gilson Roberto Cecatto Santos 7Giselle Martine Victorino Riepenhoff 7Sergio Luiz Zandona 7Ana Paula Swiech 8Charles Pereira Lustosa Santos 8Eliseu Avelino Zanella 8Enzo Phelipe Jawsnicker De Oliveira 8Carolina Celicia Piccinin Borges 9Cleber Barbosa Siqueira 9Keti Jaqueline Prestes 9Rosani Rotta Moretti 9Adilton Luiz Vettorazzi 10Ildo Forcelini 10Maico Schnell 10

    Marcelo Cechinel 10Maria Salute Somariva 10Marroquis Borgo Freire 10Melissa Isabel Fachinetto 10Aline Ferreira Nunes 11Marcos Antnio Garcia Da Fonseca 11Patricia Bedin 11Leandro Henrique Fraccaroli Da Silva 12Thiago Salvatti 12Douglas Dos Santos Lucietto 13Karla Raissa Novacoski 13Nelson Francisco Vieira Junior 13Felix Esteves Rodrigues Junior 14Gilberto Orth 14Orildo De Souza 14Rafael Baroni 14Roberta Perinazzo 14Ronaldo Jose E Silva 14Camylla Do Rocio Kaled Camelo 15Durvanir Ortiz Junior 15Graziela Lopes 15Higor Oliveira Fagundes 15Luciane Elisa Piccolotto 15Pedro Ivo Melo De Oliveira 15Priscila Bovolin Pelanda 15Sidonia Savi Moro 15Adani Primo Triches 16Andrey De Jesus Zornitta 16Marcelo Locatelli 16Alexandre Nascimento Hendges 17Elias Jose Kruger 17Rozanne Zandona Lopes Gottlieb 17Adecir Albino Dybas 18Elisngela Neumann 18Denilce Cardoso 19Erico Augustinho Brizzi 19

    Marta Dias De Franca 19Salete Zanon Perin 19Adriana Ritter Dos Santos 20Margarida Maria Siqueira 20Sueli Terezinha Bevilaqua Sella 20Carla Huff 21Ilka Bianchin Viana 21Marcos Frare 21Michelle Cristina Bordin 21Any Caroliny Santiago Massaranduba 22Fabricio Gressana 22Marcelo Navarro De Morais 22Marcos Luciano Gomes 22Micheli Tonet Popiolek 22Neliane Regina Huve Musskopf 22Lilian Novakoski 23Maykon Cristiano Jorge 23Rubens Jose De Souza Junior 23Victor Hugo Lohmann 23Geane Giacomelli Geteins Vidal 24Edgar Ingracio Da Silva 26Elias Zordan 26Luiz Carlos Pasqualini 26Luiz Felipe Xavier De Araujo 26Manuela Renner Casaril 26Milton Jose Gnoato Junior 26Alessandra Machado De Oliveira 27Leonete Ghellere 27Paulo Renato Fedrigo 27Vaneide Skura 27Alaide Rodrigues Baliero 28Marlon Bogo 28Micheli Cristina Dionisio Dos Santos 28Orestes Eduardo Accordi 28

    Aniversariantes - MAROAntonio Carlos Marteli 1Daniel Alfredo Kanieski 1Laurentino Augusto Dantas 1Nadia Carenina Parcianello Taniguti 1Rodrigo Corona Menegassi 1Sonia De Ftima Braz 1Francielle Cristiane Da Silva 2Nilce Regina Tomazeto Vieira 2Csar Contri Cavalheiro 3Ccero Emanuel Damaceno De Lacerda 3Luiz Carlos Provin 3Michel Aron Platchek 3Paulo Sergio Codagnone 3Rita Maria Brum 3Sandro Mattevi Dal Bosco 3Eloa Regina Bittencourt Ramos Pinto 4Jose Artemio Schmidt 4Marlene Cherpinscki 4Roseli De Lurdes Rodrigues Vanzo 4Eduardo Rodrigo Colombo 5Rosita Klein Da Cruz 5Vitor Hugo Scartezini 5Fernanda Gambeta Sass Castro Dos Santos 6Thiago Tetsuo De Moura Nishimura 6Solange Sarapio 7Gilmar Angoneze 8Kelly Cristina Ribeiro 8Olides Berticelli 8Claudia Resqueti Cerqueira Dos Reis 9Fabiana Rubia Moresco 10Marlon Assis Izolan 10Neide Simoes Pipa Andre 10Osmar Perazzolo 10Rafael Jacson Da Silva Hech 10Isabela Marques Hapner 11Moacir Francisco Vozniak 11Admilson Naitzk 12Amanda Cremonesi Filipini 12Carlos Moraes De Jesus 12Rafaela Denes Vialle 12

    Rodrigo Vicente Poli 12Camilla Pasqual 13Eliane Cristina De Oliveira Carnoski 13Mauricio Berto 13Juliana Mugnol 14Leandrus Abelirio Braz Do Amaral 14Mario Vicente Dos Passos 14Patricia Liliana Schroeder Takaqui 14Victor Daniel Moretti 14lvaro Fbio Krefta 15Eder Waine Cuareli 15Leonardo Salaberry Camargo 15Marcelo Rene Reinhardt 15Pedro Maria Martendal De Araujo 15Denis Lisboa Costa 16Everton Alexandre Pratas 16Helio Ideriha Junior 16Adriana Vieira Bernardino 17Deisi Cristina Miranda 17Fernando Centeno De Campos 17Jackson Luis Marques 17Jany Mary Redivo 17Juliane Isabel Pieniak Bassi 17Roberta Kelli Berlatto Vieira 17Rosangela Dalla Vecchia 17Jane Mara Da Silva Pilatti 18Michel Rodrigo De Lima 18Evaristo Stabile Neto 19Henrithe Caroline Covatti 19Jose Fernando Vialle 19Ademir Jesus Da Veiga 20Francielly Tibola 20Gibson Martine Victorino 20Janete Codonho 20Mnica Fernanda Mattes 20Roberto Luiz Celuppi 20Arlei De Mello 21Juliana Carvalho 21Marcus Vinicius Dalavechia 21Patricia Gesualdo Paranhos De Oliveira 21

    Omar Sfair 22Leandro De Quadros 23Marcelo Jose Vianna Tulio 23Paulo Eduardo Moreno Dias 23Tarine Cavalli 23Claudio Stabile 24Eveltoniro Stock Santos 24Gerci Libero Da Silva 24Marcelo Honjo 24Marco Antonio Barzotto 24Adriana Furlanetto 25Angela Fabiana Bueno De Souza Pinto 25Milton Coninck 25Murilo Denicolo David 25Roberta Do Nascimento Justino 25Carina Patricia Kunzler Bora 26Cintia Regina Brito Aguiar 26rico Jos Lazzarini 26Jaime Cirino Gonalves Neto 26Josiane Borges Prado 26Helena Melo De Oliveira 27Henrique Pedro Bremm 27Joseane Da Silva 27Charles Sander Giglio 28Paulo Henrique Diniz 28Robson Luiz Ferreira 28Cerli Dala Rosa Bueno 29Joao Pereira Da Silva Junior 29Marcia Rejane Bordignon 29Nilberto Rafael Vanzo Junior 29Thaianna Klaime 29Cristiany Fatima Vigano 30Denise Krohling Camozzato 30Marceli Paula Polidorio 30Marcelle Guimares Da Mata 30Marcelo Manoel 30Rosangela Maria Dalsasso Mion 30Sylvio Taddeu De Carvalho Torres 30Larisa De Cassia Araujo Vignola 31Willian Rodrigo Mller 31

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 22 21/03/2012 15:06:59

  • 23

    Consumir sem consumir o planeta

    em que vivemos uma responsabilida-

    de de todos ns

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 23 21/03/2012 15:07:00

  • 24

    ESA Escola Superior de AdvocaciaEd. Cima Rua Paran, 3056 | SobrelojaCoordenador: Charles Daniel Duvoisin

    Honorrios Advocat cios23/03Horrio: 18h s 20h - TelepresencialGRATUITO - 02 horas/aula

    Direito Bancrio26,27,28 e 29/3/2012Horrio: 19h s 21h00 - TelepresencialR$75,00 - 08 horas/aula

    Dilogos entre o direito de famlia e o processo civil09 e 10/04/2012 Horrio: 10h s 12h - Telepresencial - R$37,50 - 04 horas/aula

    Direito Coleti vo do Trabalho Aplicado. Atualidades da Atuao Jurdica dos Sindicatos09,10,11 e 12/01/2012 Horrio: 19h s 21h00 - Telepresencial - R$75,00 - 08 horas/aula

    Locao: aspectos materiais e processuais23,24,25 e 26/04/2012Horrio: 19h s 21h00 - TelepresencialR$75,00 - 08 horas/aula

    Bsico de Clculos Trabalhistas27/04/2012Horrio: 08h s 12h30 - 14h s 18h30 - Presencial - R$50,00 - 09 horas/aula

    Prti ca de Clculos Trabalhistas04 e 05/05/2012Sexta-feira - 09h s 12h00 - 14h s 18h00 - 19h s 22h - Sbado - 08 s 12h - PresencialR$90,00 - 14 horas/aula

    Eleies 2012 - Advocacia Eleitoral 11,12,25 e 26/05/2012Sbado - 09h s 12h00 - Sexta-feira - 19h s 22h - Presencial - R$80,00 - 12 horas/aula

    Ingls Jurdico - Direito de Empresa e Formao de Contrato18 e 19/05/2012Sexta-feira - 09h s 12h - 14h s 17h Sbado - 08h s 11h00 - 13h s 16h - PresencialR$70,00 - 12 horas/aula

    Direito Tributrio15,16,29 e 30/06/2012Sexta-feira - 19h s 22h00 - Sbado - 08h s 12h - 13h s 17h - Presencial - R$120,00 - 22 horas/aula

    Capacitao em Processo Eletrnico22 e 23/06/2012Sexta-feira - 19h s 22h00 - Sbado - 08h s 12h - 13h s 17h - Presencial - R$100,00 - 11 horas/aula

    Cursos - Maro - Abril - MaioCursos - Maro - Abril - Maio

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 24 21/03/2012 15:07:03

  • 25

    Como surgiu a idia de colecionar carros?Assim como o direito, o antigomobilismo algo que em minha famlia se transmite

    por geraes. Muito mais do que um simples hbito ou costume, ao meu ver, o antigomobilismo uma arte, que se traduz em conservar e preservar a histria por meio de automveis. Em seus caractersticos gerais, retratam claramente conceitos sociais, polticos e econmicos de suas pocas.

    Desde quando coleciona?O primeiro item do meu acervo foi um VW Passat LS 1983. O adquiri do meu falecido

    padrasto em fevereiro de 1996 e encontra-se em famlia desde que retirado da Corujo veculos, em Curitiba. No auge dos seus 29 anos, encontra-se atualmente com 87mil km rodados. Este, o precursor da minha histria pessoal com os autos antigos e o item do qual no me desfao, em qualquer hiptese.

    Quantos carros tem?Meu acervo pessoal hoje composto por sete antigos, entre eles seis automveis

    e uma motocicleta. Espao fsico , quase sempre, um problema a ser encarado por qualquer antigomobilista. Muitas vezes temos que nos socorrer da bondade de amigos e parentes em busca de uma desejada vaga de garagem.

    Quais so os modelos? ano de cada um?Em ordem cronolgica, meu acervo pessoal composto pelos seguintes itens: 1965

    Lambretta LI, 1976 Chevrolet Caravan, 1981 Mercedes-Benz 280SE, 1982 VW Passat LS, 1983 VW Passat LS, 1984 Mercedes-Benz 280S, 1986 Mercedes-Benz 300TE.

    um hobby diferente, o que os colegas da profisso acham?Muitos admiram, pois sabem a pacincia e dedicao que este tipo de arte demanda.

    Meus pais e minha irm, estes colegas de profisso em especial, admiram o empenho, incentivam e contribuem, de alguma maneira.

    Qual o seu preferido? Tenho admirao especial pelo Mercedes-Benz 280SE, pois um modelo precursor

    de muitas tecnologias apenas hoje vistas em nosso mercado. Freios ABS, cambio automtico, piloto automtico, airbags, ar condicionado bi-zone, bancos com ajuste eltrico e aquecimento eram alguns de seus itens. Nos anos 80, era o veculo de reis e rainhas, do Papa Joo Paulo II e de inmeros chefes de estado e celebridades.

    Mas a preferncia indubitvel pelo VW Passat LS 1983. parte da minha histria familiar e pessoal, de uma maneira geral. Das primeiras aulas de direo a grandes aventuras, este sempre fora um grande companheiro.

    Alguma histria interessante/engraada/maluca que tenha acontecido com algum de seus carros?

    comum ouvirmos propostas de compra, venda e permuta de toda natureza. Alguns mensuram o valor de um auto antigo em cifras e, muitas vezes, de forma equivocada. Mencione-se que em vrias oportunidades isto se d de forma indelicada.

    Mas das propostas recusveis, a mais recusvel (e cmica) partiu de um carroceiro que me ofereceu, de mano, como em seu simples vocabulrio definiu o negcio, sua carroa e o seu cavalo. Quando devolvi a este um sorridente e categrico no obrigado este se disps a complementar a oferta com um televisor de 14 polegadas que tinha em sua casa. Conduzia, naquela oportunidade, o Passat prata...

    Algumas pessoas colecionam selos, chaveiros, ou at mesmo miniaturas de carros, mas o Dr. Daniel Toledo no, ele coleciona carros de verdade, isso mesmo, carros antigos! Uma paixo de muita gente

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 25 21/03/2012 15:07:05

  • 26

    POSSE NA 9 TURMA DO TED-OAB/PR

    No ltimo dia 10 de fevereiro prximo passado, a 9 Turma do Tribunal de tica e Disciplina da OAB Seccional do Paran, atravs de seu Presidente, Luiz Augusto Broetto, concedeu a Posse do novo Membro Julgador, Dr. Neandro Lunardi, completando assim, a composio da referida turma, com sede em Cascavel-PR e que tem jurisdio da regio Oeste do Paran, ou seja, Assis Chateaubriand, Cascavel, Foz do Iguau, Guair, Laranjeiras do Sul, Marechal Candido Rondon, Medianeira, Palotina e Toledo. Compem a Turma, alm do novo empossado, os advogados Luiz Augusto Broetto e Adriano de Quadros (Cascavel), Enimar Pizzatto (Palotina) e Tatiana Orlandi (Toledo), com mandato at o ms de abril/2013 (vide foto). A 9 Turma do TED da OAB-PR, se rene em sesso de julgamento, uma vez por ms, onde so

    julgados em mdia 20 (vinte) representaes disciplinares mensais.

    O novo julgador Dr. Neandro Lunardi, advogado em Foz do Iguau, com graduao na UNIVALI (Universidade do Vale do Itaja-SC), com Especializaes em Ps Graduao em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho (Unipar) e em Direito Processual Civil (Unicuritiba). professor das disciplinas de Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e de tica e Disciplina no Centro de Ensino Superior de Foz do Iguau CESUFOZ, alm de exercer funo de Procurador de Assuntos Patrimoniais do Municpio de Foz do Iguau-PR. scio administrador da sociedade de advogados Lunardi & Gimenes Advogados Associados (OAB-PR 3.107). Foi Presidente da Comisso de Fiscalizao do Exerccio Profissional da Subseo

    de Foz do Iguau (2004/2006) e Conselheiro da Subseo por dois mandatos (2007/2009 e 2010/2011).

    Assim, a 9 Turma do Tribunal de tica e Disciplina da OAB-PR, continuar desempenhando sua funo e/ou competncia, segundo o que dispe o artigo 66 do Regimento Interno do Conselho Seccional da OAB-PR, de mediar e conciliar as questes que envolvam dvidas e pendncias entre advogados, partilha de honorrios contratados em conjunto e mediante substabelecimento ou decorrentes de sucumbncia, alm de julgar processos disciplinares envolvendo advogados em geral.

    Luiz Augusto BroettoPresidente da 9 Turma

    do TED em Cascavel

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 26 21/03/2012 15:07:07

  • 27

    PERFIL

    Fabiana De Abreu - OAB: 59008Graduao: Univali - 2008

    Atuao: Direito Trabalhista Patronal

    Antes de qualquer coisa, a Adocacia significa para mim a realizao um grande sonho, sonho este que comeou aos meus 16 anos quando comecei a trabalhar como secretria em

    um escritrio de advocacia, hoje minha colega de profisso Dra. Sidonia Savi Moro, por quem tenha uma enorme admirao. Sou uma profissional realizada com meu trabalho e no tenho dvidas, vale a pena sonhar para um dia alcanar.

    Olivio Joo Branselli Junior - OAB 55.793Graduao: UNIVEL - 2006

    Atuao: Cvel, Bancaria e TrabalhistaA advocacia alm de ser fascinante uma arte, a qual o Advogado deve sempre defender os interesses de quem o contrata, e cumprir o seu mandato com

    honestidade, tica e profissionalismo.

    Conhecendo os colegas da Subseo

    Lauren Pons Da Silva Possobon - OAB/PR 57.298Graduao: UNIVEL - 2010Atuao: Assessora de Estabelecimento Penal

    A advocacia profisso primordial para que ocorra o aperfeioamento do estado democrtico de direito. Como instrumento, se materializa principalmente atravs do ato, que se espera fundamentalmente tico, de busca da defesa dos direitos dos indivduos pautados conforme o ordenamento jurdico ptrio. Ainda, na infeliz atualidade, trata do exerccio paciencioso e dedicado do operador do direito em busca da to almejada justia.

    Joo Martins Neto - OAB 57.355Graduao: UNIVEL - 2010Atuao: DIREITO BANCRIO A Profisso que representa um dos pilares de qualquer sociedade moderna, justa e social. impossvel imaginar uma convivncia civilizada sem o advogado e sem o direito, indispensvel a postular pelo cumprimento do mesmo. Advocacia responsabilidade, pois so confiadas a ns as maiores riquezas de cada ser humano, compromisso com a ordem social, dedicao ao combate da opresso e injustia, e mesmo que tudo isso seja rduo, ao final gratificante e recompensador.

    Paulo Trento Gorski - OAB: 58.474Graduao: Universidade

    Paranaense - 2010rea de atuao: Direito Empresarial

    Entendo que a advocacia est ligada a paz social, devendo o advogado sempre buscar a conciliao entre as partes antes de propor a ao em juzo. O exerccio da advocacia se faz no gosto de resolver problemas e conflitos alheios, sendo que

    em muitos casos o advogado acaba se tornando um conselheiro de seu cliente.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 27 21/03/2012 15:07:08

  • Social

    Advogado Larcio Luiz Balbinotti, Iliane e Vtor.

    O Procurador do Estado Dr Pablo R Al-ves e sua namorada, a jornalista Fernan-da Benedito

    Advogado Marcus Dalavechia - Estdio do River Plate em Buenos Aires, Show Pink Floyd

    Advogada Daniely Zampro-nio Laurentino de Albu-querque

    Patricia Caroline Vettorello Roman Borges

    Advogado Carlos Luciano Flores - Cerro Catedral - Bariloche

    Felipe filho da advogada Raquel Tissiani

    Reunio do Conselhoe confraternizao

    realizada no final de 2011.Para agradecer a todos que

    trabalham gratuitamentepela OAB, conselheiros e

    presidentes de comisses atuantes receberam

    uma singela homenagem da OAB Cascavel

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 28 21/03/2012 15:07:15

  • 29

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 29 21/03/2012 15:07:17

  • 30

    O ms passado a nossa jovem e valorosa redatora, responsvel, inclusive, pela diagramao desta maravilhosa revista, Mayara Oliveira Kopceski, sugeriu-me escrever sobre a carreira do advogado, as dificuldades e os obstculos a justificar merecidas frias; mas, c entre ns, a est o problema: na medida em que a carreira de advogado , altamente gratificante por ser ele, advogado, fonte geradora de sociedade, justamente, a residem as dificuldades e obstculos. Para fazer jus essa definio de que se fonte geradora de sociedade, partindo-se da concepo, grosso modo, de que o Direito um conjunto de normas e princpios que tm por objetivo regular a vida do homem em sociedade, surgem certas dificuldades e ou obstculos que se fazem concentrar entre o ser, relacionado ao universo dos fatos e o dever ser relacionado ao universo das normas. a relembrana de Kelsen na sua TEORIA PURA DO DIREITO. Mal comparando, poder-se-ia crivar semelhante dualismo entre o ser e o dever ser com uma espcie de enunciado tupiniquim no sentido de que no direito nada , tudo pode vir a ser.

    Nada na medida em que cada fato poder deixar de ser como tal, com todas as suas circunstncias, tendo em vista o seu enquadramento na contextualizao da lei, dependendo da interpretao e consequente aplicao da interpretao da norma (pelo que, se esse fato, era um fato, determinado em sua origem e, j no mais, considerando-se as transformaes que possa ter sofrido em decorrncia da aplicao da interpretao da norma, o fato X deixou de ser o fato X e metamorfoseou-se no fato Y, o fato camalenico).

    Ora, ainda est a se falar nas dificuldades e obstculos. Tais dificuldades e obstculos conduzem s controvrsias, aos paradoxos como, por exemplo, o paradoxo da flecha, inventado pelos dialetas gregos: se a cada momento da sua trajetria a flecha est sempre em um ponto fixo, como se explica, a no ser pela superao, que ela v de um lugar para outro? Ou como na ndia, o paradoxo do banho do rio: um homem jamais se banha no mesmo rio: com o correr da gua e do tempo, no nunca o mesmo homem que se banha na mesma gua (ou no mesmo rio).

    um mundo bizarro! Um mundo fantstico onde o que , no , podendo, no exagero da retrica, dizer-se que o mundo da mulher meio grvida! Veja-se: reconhecimento de firma por semelhana! Veja-se, tambm, nos crimes dolosos contra a vida, em sede de sentena de pronncia, havendo dvida sobre a participao do acusado, a aplicao do artificial in dubio pro societate!

    que se quer dar nfase ao que deveria ser e j no , pois que, por interpretao e ou por conveno e ou por construo casustica, se edificou outra realidade. Para que se tome to somente esses dois casos: a)reconhecimento de firma por semelhana; b)in dubio pro societate. O reconhecimento de firma no deveria ser por verdadeiro? Reconheo verdadeira a assinatura (ou firma) de fulano de tal! De onde saiu o reconheo por semelhana a firma de fulano de tal? E o in dubio pro societate? O princpio no o do in dubio pro reo? Ora, ambos saram do (mal) exemplo de Pilatos (remember Estigma de Pilatos de Adriano Srgio Nunes Bretas, Editora Juru) ao lavar as mos do Sangue do Justo. O tabelio lava as mos, exime-se de sua responsabilidade, ao reconhecer por semelhana e, o juiz, igualmente, se exime de responsabilidade ao invocar o in dubio pro societate, enviando o acusado ao Conselho de Sentena de onde, apesar da dvida sobre a sua (dele acusado) participao no fato, supostamente, criminoso, poder sair condenado. Essas, algumas das dificuldades e ou alguns dos obstculos na vida de todos ns ou, pelo menos, na de alguns de ns, at porque, de repente, no mais que de repente, o que, hoje, se imagina certo (reconhecimento de firma por semelhana e aplicao do in dubio pro societate) poder, amanh, ser, finalmente, considerado errado (quem que sabe; tem algum dono da verdade?). Exatamente, dificuldades assim, fazem de cada advogado, de cada advogada, respectivamente, a grandeza do homem e a importncia da mulher nesta magna profisso a justificar merecidas frias. So pequenas nuanas da grande seara da vida em sociedade gerenciada pela cincia do dever ser!

    Jos Bolivar BretasAdvogado

    A Cincia do dever serExatamente, dificuldades assim, fazem de cada advogado, de cada

    advogada, respectivamente, a grandeza do homem e a importncia da mulher nesta magna profisso a justificar merecidas frias

    C ENTRE NS

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 30 21/03/2012 15:07:18

  • 31

    Nilberto Rafael Vanzo Advogado

    DIA E MS DA MULHER ADVOGADA OPINIO

    O direito garante a homens e mulheres direitos iguais, sem distino. Mas no cotidiano da vida moderna, ainda h tratamento desigual em vrios setores, um deles se d no campo profissional.

    No ms de comemorao do dia da mulher, est em vias de ser sancionado projeto de lei que estabelece multas para as empresas que pagam s mulheres salrios menores que os salrios pagos aos homens.

    As mulheres que conseguiram escapar da misria da ignorncia, ainda em pequeno nmero, alcanaram nas ltimas dcadas importantes conquistas no cenrio profissional e poltico. xitos estes que demonstram serem iguais homens e mulheres, no havendo, neste grupo de iguais, diferena entre os sexos.

    Em relao ao grupo das mulheres que ainda, por diferentes razes, no conseguiu ascender o grau mximo de escolaridade e o de relativa cultura, constata-se, sem necessidade de prova estatstica, haver um abismo entre homens e mulheres, com prevalncia, em todos os aspectos em favor do universo masculino.

    As mulheres que integram o primeiro grupo, algumas delas no concordam em comemorar

    o dia internacional da mulher, em razo de no haver diferena entre elas e os homens.

    Para este grupo de mulheres, totalmente bem resolvidas e independentes, a comemorao deste dia soa feminista demais, e deve continuar a ser comemorado atravs dos parabns para voc, pela entrega de flores e jantares romnticos, sem mais nenhum propsito ideolgico.

    As mulheres discriminadas em razo da falta de escolaridade e cultura, pela raa e cor, pela ausncia de beleza fsica determinada excentricamente de acordo com os padres erroneamente definidos pela rentvel indstria da moda e beleza, o dia da mulher deve ser, sim, comemorado, mas de maneira contundente a repelir as diferenas havidas.

    Portanto, as mulheres que compem o segundo grupo, a maioria, a comemorao feita aos moldes do primeiro grupo no chegar em tempo breve, e muito ainda tem para ser conquistado.

    Quanto a mulher advogada a realidade tambm se divide em grupos, aquele da qual fazem parte mulheres que no so discriminadas em razo da rea de atuao, e as que integram grupos que ainda so discriminadas pela

    rea de atuao. As advogadas deste segundo

    grupo, a nica razo para a mulher ser discriminada o simples atuar machista do cliente, ao no querer ser representado por uma mulher, por entender que sendo ela mulher, o direito dele ser menos defendido. Bobagem. Mas, isto na prtica acontece, e muito!

    Portanto, o dia da mulher advogada deve ser comemorado com festa, mas, mais do que isto, deve ser comemorado com reflexo, a fim de ser constatado por ela qual o real papel da mulher advogada, no contexto atual do exerccio profissional.

    Boa reflexo, mulher advogada.

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 31 21/03/2012 15:07:19

  • 32

    Revista Em Ordem 17 - maro.indd 32 21/03/2012 15:07:20