Edicao 17 06 16

  • Published on
    03-Aug-2016

  • View
    215

  • Download
    0

DESCRIPTION

jornal Tribuna Feirense, Feira de Santana, Bahia

Transcript

  • www.tribunafeirense.com.br R$ 1FEIRA DE SANTANA, SEXTA-FEIRA 17 DE JUNHO DE 2016ATENDIMENTO (75)3225-7500

    6

    2

    ANO XVI - N 2.588

    Empresas de nibus alegam prejuzo de R$ 2 milhes mensais

    A passagem deveria estar em R$ 4,47 s para cobrir os custos. Foi o que afirmaram as empresas de nibus Rosa e So Joo, em reunio na Cmara de Feira de Santana. Elas culpam a falta de passageiros, desviados pelo transporte clandestino, pelo prejuzo mensal de R$ 2 milhes.

    Representantes de todos os segmentos envolvidos se reuniram na Cmara para debater o transporte

    Tarczio e Flailton denunciados pelo Ministrio Pblico

    O ex-prefeito e o ex-secretrio foram denunciados pelo promotor Tiago Quadros, em processos diferentes. O primeiro pela contratao irregular e superfaturada de uma cooperativa mdica para o Hospital da Mulher. O segundo, por dispensa de licitao na compra de semforos. Casos ocorreram em 2011.

  • 2 Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016

    Os prejuzos com o baixo nmero de passageiros em Feira de Santana tm sido to grandes que o valor da passagem teria que estar em R$ 4,47, s para cobrir o custo.

    Foi o que disse um representante das empresas Rosa e So Joo, em reunio na Cmara municipal, convocada pela Comisso de Obras, Urbanismo, Infraestrutura Municipal e Meio Ambiente. A reunio foi convocada pela comisso em funo das notcias de que os empresrios, recm chegados cidade, esto insatisfeitos e h risco continuidade dos contratos.

    De acordo com o supervisor tcnico Claudinei Castanha, que falou em nome das duas empresas, o nmero de passageiros est longe do que foi anunciado no edital da concorrncia vencida por Rosa e So Joo. Segundo ele, maio foi o melhor ms at agora, com 1.960.000 passageiros que pagam o valor integral. Mesmo assim ainda mais de 20% inferior previso mensal apresentada na licitao, que era de 2.432.633 por ms, pagantes do valor integral.

    O custo total do sistema de R$ 8.756.000. Dividindo

    Segundo empresas, passagem deveria estar em R$ 4,47

    PEDIDO DE LICENA AMBIENTAL DE LOCALIZAO-LL

    A TREVO DERIVADOS DE PETRLEO LTDA, 14.486.153/0019-24 torna pblico que est requerendo Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econmico da Prefeitura do Municpio de Rafael Jambeiro-BA, a Licena de comrcio varejista de combustveis para veculos automotores, localizada na Rodovia BR 116, KM 486, S/N, Argoim, Rafael Jambeiro- BA.

    Fernando Silva Chagas Scio/Proprietrio

    PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANASECRETARIA MUNICIPAL DE SADE DE FEIRA DE SANTANA

    AVISO DE LICITAO O pregoeiro Antonio Rosa de Assis, devidamente designado atravs do Decreto n 9.860, de 04 de Fevereiro de 2016, leva ao conhecimento dos interessados, que realizar as seguintes licitaes:LICITAO N 058/2016 1111 PREGO ELETRNICO N 035/2016 DIA 30.06.2016 HORRIO: 09:00 hs OBJETO: Aquisio de equipamento e material permanente para atender s Unidades Bsicas de Sade: USF Videiras, USF Feira VI e UBS Maria do Nascimento de Souza (UBS Mangabeira) conforme proposta 08576.590.000/1140-17 do Ministrio da Sade. O Edital encontra-se disponvel no site: http://www6.caixa.gov.br/fornecedores/pregao_internet/index.asp. Os interessados podero obter maiores informaes no Setor de Compras e Licitao, na Secretaria Municipal de Sade, nos dias teis, no horrio das 08h s 12h e de 14h s 18h. Telefax: 3612.4557/3625.6053/3612.6610. Feira de Santana, 15 de Junho de 2016. ANTONIO ROSA DE ASSIS Pregoeiro / Presidente da CPL.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANASECRETARIA MUNICIPAL DE SADE DE FEIRA DE SANTANA

    AVISO DE LICITAO O Presidente da Comisso de Licitao, Antonio Rosa de Assis, devidamente designado atravs do Decreto n 9.860, de 04 de Fevereiro de 2016, leva ao conhecimento dos interessados, que realizar a seguinte licitao:LICITAO N 059/2016 1111 TOMADA DE PREO N 004/2016 DIA 06.07.2016 HORRIO: 09:00 hs OBJETO: Contratao de empresa de engenharia para execuo da Ampliao do Posto de Sade, localizado no Povoado de Tanquinho Distrito de Humildes neste municpio.O Edital encontra-se disponvel no site: www.feiradesantana.ba.gov.br. Os interessados podero obter maiores informaes no Setor de Compras e Licitao, na Secretaria Municipal de Sade, nos dias teis, no horrio das 08h s 12h e de 14h s 18h. Telefax: 3612.4557/3625.6053/3612.6610. Feira de Santana, 15 de Junho de 2016. ANTONIO ROSA DE ASSIS Pregoeiro / Presidente da CPL.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANASECRETARIA MUNICIPAL DE SADE DE FEIRA DE SANTANA

    FICA ADIADA A LICITAO N 049/2016 1111 PREGO PRESENCIAL N 015/2016 DIA 04.07.2016 HORRIO: 09:00 hs OBJETO: Contratao de empresa para aquisio de peas novas e originais, e acessrios novos, para os veculos das marcas: Renault, Volkswagem, Ford, Iveco, Agrale, Mercedes Benz, Volare, Chevrolet, Kia e Nissan, por um perodo de 12 (doze) meses para atender s necessidades da SMS, SAMU, MAC, Ateno Bsica, VISA, VIEP e CEREST. Com retificaes no Edital.O Edital encontra-se disponvel no site: www.feiradesantana.ba.gov.br. Os interessados podero obter maiores informaes no Setor de Compras e Licitao, na Secretaria Municipal de Sade, nos dias teis, no horrio das 08h s 12h e de 14h s 18h. Telefax: 3612.4557/3625.6053/3612.6610. Feira de Santana, 16 de Junho de 2016. ANTONIO ROSA DE ASSIS Pregoeiro / Presidente da CPL.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANASECRETARIA MUNICIPAL DE SADE DE FEIRA DE SANTANA

    AVISO DE LICITAO O pregoeiro Antonio Rosa de Assis, devidamente designado atravs do Decreto n 9.860, de 04 de Fevereiro de 2016, leva ao conhecimento dos interessados, que realizar as seguintes licitaes:LICITAO N 061/2016 1111 PREGO ELETRNICO N 036/2016 DIA 04.07.2016 HORRIO: 09:00 hs OBJETO: Aquisio de Medicamentos para atender s necessidades da Ateno Bsica e Farmcia Bsica. O Edital encontra-se disponvel no site: http://www6.caixa.gov.br/fornecedores/pregao_internet/index.asp. Os interessados podero obter maiores informaes no Setor de Compras e Licitao, na Secretaria Municipal de Sade, nos dias teis, no horrio das 08h s 12h e de 14h s 18h. Telefax: 3612.4557/3625.6053/3612.6610. Feira de Santana, 16 de Junho de 2016. ANTONIO ROSA DE ASSIS Pregoeiro / Presidente da CPL.

    por 1.960.000 passageiros, hoje o custo do passageiro seria de R$ 4,47, declarou. Claudinei afirmou que as empresas esto com dficit superior a R$ 2 milhes por ms.

    De acordo com as empresas a culpa principalmente dos clandestinos que transportam pessoas em carros particulares. Eles estariam tirando at 1 milho de passageiros do sistema mensalmente. Esse o nmero de passageiros que est sendo desviado para o sistema clandestino, que no paga imposto, no tem controle nem segurana, e esses poderiam deixar o sistema de transporte equilibrado, comentou. Claudinei avaliou ainda que o combate ao clandestino no difcil de fazer.

    Mas no s isso. J no reajuste que levou a passagem para o valor de R$ 3,10, o preo deveria ter sido R$ 3,18, de acordo com o representante das empresas. Outro fator que interfere no resultado que o edital previa, segundo ele, que parte dos nibus operaria sem cobrador. As empresas chegaram a ensaiar este modelo, mas recuaram aps presso do sindicato.

    O clculo do valor da passagem

    apresentado na reunio de quarta-feira por Claudinei j leva em conta os recentes reajustes de salrios dos rodovirios e de outros insumos, como pneus e diesel.

    GOVERNO CONTESTA

    Em defesa do governo, o secretrio de Transportes e Trnsito, Pedro Boaventura, garantiu que nunca foram apreendidos tantos clandestinos e que a quantidade de passageiros no sistema crescente. A expectativa chegar a 2,6 milhes no ms de junho, calculou.

    Para mostrar que h empenho na fiscalizao ao transporte clandestino, Boaventura assegurou que so apreendidos em mdia 50 carros por ms, a despeito do risco que os fiscais correm. Esto sendo ameaados com armas de fogo. Essas pessoas, no meu entendimento, esto formando quadrilhas, so criminosos e ainda encontram respaldo daqui ou dali de pessoas que os

    GLAUCO WANDERLEY

    confortam sob alegao de que so trabalhadores, provocou.

    Na prpria Cmara no tm faltado defensores dos clandestinos, como os governistas Pablo Roberto e Wellington Andrade. O prprio lder

    do governo, Z Carneiro, adotou uma postura dbia quando Pablo levantou o debate, dizendo que a reteno dos carros na SMT era ilegal e eles deveriam ser liberados at mesmo sem o pagamento de multa.

    Boaventura relacionou ainda o corte de 2.500 gratuidades como medida que vem sendo adotada pelo governo em cumprimento ao edital da licitao. E ressaltou que no contesta os nmeros apresentados pelas empresas, mas entende que deveriam ser objeto de uma auditoria por tcnicos especializados.

    Quem contestou as empresas foi o lder governista, Z Carneiro. As empresas dizem que o servio traz prejuzo, mas as antigas brigaram na Justia para continuar na concesso. Essa choradeira no mudou em 35 anos, afirmou. Sobre as promessas das atuais Rosa e So Joo, o vereador disse que a maioria ainda no foi cumprida.

    A vereadora

    Gerusa Sampaio assinalou que a retirada de gratuidades um erro a ser reparado. A comunidade est sendo sacrificada porque as pessoas perderam essa gratuidade. A lei de 2003, j tem 13 anos e precisa ser revista por ns vereadores. Temos que ver as pessoas que esto sofrendo, elas precisam e isso requer um tratamento, que no est tendo. Tiveram os direitos ceifados, criticou.

    Isaas de Diogo destacou a pequena quantidade de carros em algumas linhas e opinou que por isso que as pessoas recorrem ao ligeirinho.

    Participaram do evento tambm vrias outras autoridades e lideranas da

    cidade. Pelo Ministrio Pblico, compareceu o promotor Svio Damasceno, que atua h alguns anos nesta rea.

    Tambm participaram da reunio Rodrigo Rosa e Felipe Marcondes, ambos diretores da empresa Rosa; Gerson Nastri, diretor da empresa So Joo; Carlos Daniel, advogado da ViaFeira; Jos de Souza, representante do Sintrafs; os vereadores Ronny, Justiniano Frana, Welligton Andrade e a comisso de Obras, Urbanismo, Infraestrutura Municipal e Meio Ambiente, que tem como membros Alberto Nery, Correia Zezito e David Neto.

    LICITAO 095/2016 PREGO ELETRNICO 076/2016Foi FRACASSADA a Licitao 095/2016. Objeto: AQUISIO DE MATERIAIS DE LIMPEZA E HIGIENE PARA O ALMOXARIFADO CENTRAL. Tipo: MENOR PREO. Fica REMARCADA para a Data: 01/07/2016 s 08h30. Informaes no Dpto.de Licitao e Contratos, Av. Sampaio, n 344, Centro, nos dias teis, das 09hs00 s 12hs00 e das 14h00 s 17h00. Tel.: 75 3602 8345/8361. Edital no site: www.bllcompras.org.br. Feira de Santana, 16/06/2016. Diego de Oliveira Silva Azevedo Pregoeiro.

  • Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016 3

    Glauco Wanderley redacao@tribunafeirense.com.br

    Quem se elege vereador em geral no quer mais perder o lugar e, na atual legislatura, h um esforo bem explcito dos que esto no Legislativo para se manterem para o prximo quadrinio. O principal meio para barrar a entrada dos novos tem sido estreitar a porta.

    No incio dos mandatos em vigncia estava decidido que a Cmara teria 23 vagas em disputa em outubro de 2016 (pela populao superior a 600 mil pessoas a cidade pode ter at 27 vereadores). Recentemente foi votada uma emenda que reduziu para 21, mesma quantidade que j vigora.

    Esta semana, o vereador Justiniano Frana (DEM) decidiu apertar ainda mais o funil, ao propor baixar para 19. A inteno declarada de criar dificuldades para as legendas de aluguel, que

    Como cada vereador tem direito a 11 assessores (os membros da Mesa Diretiva tm 13), em tese seriam retirados 22 cargos.

    Justiniano entende que a populao v com bons olhos sua proposta, porque ao invs de aumentar, diminui o nmero de vereadores. Como a proposta obteve o dobro de assinaturas necessrias do que seria necessrio para tramitar, parece que a inteno tambm conta com o aval dos colegas.

    Aos desavisados, convm informar que o nmero de vereadores no muda o peso da Cmara no oramento do municpio. Por lei, o Legislativo tem direito a uma parcela da receita municipal. Pode devolver dinheiro, se gastar menos, mas isto nunca ocorre. Diminuir o nmero de vereadores no gera necessariamente economia.

    O presidente da Cmara, Ronny, foi rpido em negar prosseguimento e enviar para o arquivo a representao do PCO (Partido da Causa Operria) para cassar Jos Ronaldo. A alegao da obscura sigla de que o prefeito descumpre a legislao, em detrimento dos jornais impressos, por concentrar a publicidade oficial no Dirio Oficial Eletrnico, disponvel no site da prefeitura na internet. O governo alega que cumpre a lei e a orientao do Tribunal de Contas dos Municpios.

    A representao foi entregue na quarta-feira, ltimo dia de sesses da semana passada. Nesta segunda, os trabalhos do Legislativo foram abertos com a deciso do presidente, de que o documento no seria levado em conta, por erro na forma. A Lei Orgnica fala em denncia e desconhece o termo representao, adotado pelo advogado do PCO, Hrcules Oliveira.

    Vereadores reclamaram

    Demagogo em potencialPublicamente, atravs do Facebook, um dos candidatos que tentam furar o bloqueio no

    Legislativo, o jornalista Joilton Freitas, atacou Justiniano e sua ideia.Disse que o autor est desgastado e procura meios para conseguir se eleger, chamou

    Justiniano de demagogo em potencial e lanou o desafio: renuncia candidatura se o vereador apresentar emenda reduzindo o salrio da vereana para o equivalente a quatro salrios mnimos e reduzir o nmero de assessores para apenas quatro (hoje so 11). Na gesto de Justiniano como presidente da Cmara, Joilton era chefe da Assessoria de Comunicao.

    Nanicos x Tubareshoje so maioria. Justiniano acredita que dificultar a vida dos pequenos partidos caminha na direo do que a sociedade sinaliza, que depurar o processo poltico.

    Entre os que esto na fila, consolidou-se o entendimento de que no seriam aceitos nos partidos os que esto exercendo mandato, considerados concorrncia desleal. Por isso, findo o prazo para filiaes, cada grupo ficou em sua trincheira. Agora, diante da investida de Justiniano os pretendentes a vereador promoveram na Cmara um protesto, chamando a nova reduo de vagas de golpe.

    Alm da questo maior de afunilar a entrada, outra condio move Justiniano. Ele alega que com 21 vereadores falta at espao fsico para que os gabinetes possam funcionar do modo ideal.

    Aps orientao de Ronny, PCO volta a pedir cassao de Ronaldo

    por sequer ter tido acesso pea antes que o presidente decidisse. Mas o certo que a agilidade do presidente favoreceu a acusao. Ronny no se limitou a arquivar. Acrescentou que se outro documento viesse no formato correto, iria tramitar. No mesmo dia Hrcules anunciou que faria a mudana. E de fato, na quarta-feira, deu entrada novamente e a bola voltou para Ronny, que declarou Tribuna Feirense: Vai ser lida, iremos obedecer a Lei Orgnica. Ser encaminhada procuradoria da casa e dentro de alguns dias, iremos fazer todo tipo de avaliao. Ns iremos ter um posicionamento. Pelo artigo 90 [da Lei Orgnica] tem que ter uma votao de dois teros, para ver se ela segue adiante. Se quisesse - e ainda poder querer - Ronny poderia empurrar a deciso para depois do recesso de julho.

    Formalmente o

    prefeito Jos Ronaldo tem os votos de bem mais que dois teros da Cmara (18 de 21 vereadores). Entretanto, a pea acusatria poder ser usada como instrumento na eterna queda de brao entre prefeito e vereadores de sua prpria base.

    Ronny, que preside o PHS, tem emitido sinais ambguos para quem um aliado declarado do prefeito. Disse que a liderana estadual e nacional do seu partido exigia o lanamento de candidatura a prefeito em Feira, por ser uma das maiores cidades do estado e do pas.

    Mas quando o presidente estadual, Jnior Muniz, veio a Feira, no incio de junho, fez discurso diferente. Colocou como prioridade no a disputa pelo Executivo, mas a reeleio dos vereadores do partido (so quatro) ou at ampliao deste grupo. Disse ser amigo de Ronaldo, mas no garantiu-lhe apoio, avisando que iria apoiar quem oferecesse melhores condies ao partido para alcanar seus objetivos.

    Batalha pelo passe livreSegundo Sandoval

    Coutinho, que preside a associao de vtimas da doena falciforme, mais de duas mil pessoas perderam o direito ao passe livre em Feira de Santana, depois que o cadastro comeou a passar por uma severa reviso, iniciada aps o ingresso das novas operadoras do transporte coletivo, Rosa e So Joo.

    Em diversas entrevistas, o secretrio municipal de Transportes e Trnsito, Pedro Booaventura, tem sacado a lista de doenas

    que do direito ao passe livre, para demonstrar que a prefeitura vem apenas cumprindo a lei.

    Que a prefeitura age dentro da lei no se duvida, mas o fato que a liberalidade anterior acostumou os beneficirios, alguns dos quais efetivamente muito necessitados e h anos possuidores da passagem gratuita.

    Por isso, pressionam para que se aprovem leis que garantam o direito. Alguns vereadores j manifestavam

    tanto o desejo de fazer estas leis como m vontade com as empresas de nibus, que por sua vez se dizem insatisfeitas com a realidade do mercado ao qual acabaram de chegar, para um contrato de 15 anos.

    A Defensoria Pblica tambm tem tomado partido, ingressando com aes judiciais para restabelecer o direito de quem tinha o passe.

    Ao que tudo indica o tema ainda vai dar pano pra manga.

    No renunciaReagindo a especulaes de que o PSB poderia se aliar com o PT de Z Neto ainda

    no primeiro turno, ngelo Almeida gravou vdeo dizendo que no h possibilidade. Que fala no somente por ele como tambm pelo partido a nvel estadual, ao garantir que sua candidatura est mantida e logo ser oficializada em conveno.

    Maratona de inauguraesO prefeito Jos Ronaldo, que

    inaugurou na noite desta quinta (16) a avenida Ayrton Senna, corre para fazer o mximo possvel de eventos inaugurais at o sbado (2 de julho), ltimo dia autorizado pela lei eleitoral para eventos com participao do candidato reeleio.

    Entre prdios novos e reformados, sero inauguradas seis unidades escolares e trs postos de sade. A policlnica de So Jos tambm ser entregue. No fim do prazo, inaugura-se a creche do Novo Horizonte, dia 01 de julho. H dias com mais de uma inaugurao na agenda.

    A ao mais vistosa depois da Ayrton Senna ser a reabertura do Joia da Princesa aps reforma, neste domingo, na partida do Fluminense de Feira contra o Murici, de Sergipe, pela Srie D do Campeonato Brasileiro.

    A venda de bebida no Joia da Princesa est liberada, segundo o vereador Correia Zezito, porque no h nenhuma lei proibindo. H uma lei que probe somente a venda em garrafas de vidro, mas permite em latas. Correia quer agora proibir latas, para permitir somente copos descartveis.

    H semanas o mesmo vereador tentou aprovar projeto para regulamentar a venda de cerveja. Sofrendo oposio da bancada evanglica, o projeto no passou. Agora Correia diz que entendeu errado e que a lei existente (de autoria do ex-vereador Irmo Fernando, que por sinal era vereador da Igreja Universal) embute automaticamente autorizao para a venda de cerveja, quando diz que s pode ser feita em latas.

    Ao lado de Ludimila de Oliveira ( direita) e Juliana Vital, comecei esta semana na conduo do Jornal da Manh, na rdio Jovem Pan de Feira de Santana, de 7 a 8 da manh. A ideia fazer um jornalismo dinmico, com muita informao, anlise, opinio e cobrana a chicos e franciscos, que quem acompanha esta pgina e a linha editorial da Tribuna Feirense, j conhece.

    Pode beber no Joia

  • 4 Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016

    @cesaroliveira10

    Pra no dizer que no falei das flores

    Frase histrica sobre a misso de Sergio Machado Extrair o mximo possvel de recursos ilcitos para repassar aos polticos que o garantiam no cargo.

    Nenhum outro trio merece mais a cadeia do que Renan, Sarney e Juc. Entretanto difcil compreender o jogo que acontece em Braslia entre o MP, de Janot, e o STF. Tola iluso imaginar que s o que vemos norteia estas aes.

    Quando Srgio Moro vazou o udio de Dilma e Lula obstruindo a Justia, jogou xadrez. Apostou sua obra e os resultados da Lava Jato no impedimento da posse de Lula como ministro, o que, certamente, teria mudado o rumo da situao.

    Agora, Janot pediu a priso do trio por obstruo Justia, o que foi negado por Teori, que tem se comportando muito bem. Por mais leigos que sejamos, as conversas dos trs no parecem suficientes para um pedido de priso por obstruo judicial, e soa estranho, pois as acusaes de roubo e corrupo

    @A famlia Lobo no pode mais andar a solta neste pas! Os cofres pblicos so apenas netinhas.

    @O vazio cerebral de Neymar s no maior que sua sonegao de impostos.

    @Dilma a escurido. Temer a gambiarra!

    @Temer mantm a cabea na economia e os ps enfiados na jaca.

    @Tem dia que acordo pensando quem t dirigindo o reality show de minha vida e que horas acabam as provas de resistncia, pra comear a festa.

    @PT foi contra a Constituio, o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal. No programa partidrio, folha corrida.

    @Nada contra falar o portugus, mas ele podia ter vindo j dublado em ingls.

    @Dunga derrotado no Comit de tica e Cunha demitido da seleo.

    @Foro privilegiado para 22 mil autoridades no foro, esconderijo de bandido, a caverna jurdica de Ali Bab.

    @Brasil j est to contaminado pelo esprito olmpico que milhares de assaltantes afirmam estar roubando s por esporte.

    @Sarney no envelhece. Entrou moleque na poltica e vai sair moleque.

    @STF no pode continuar sendo o que : um resort paraa bandidagem poltica.

    @Islamismo quer nos extinguir e os cristos civilizados acham que podem det-los com dois salmos e um dilogo sobre a natureza da humanidade.

    @O planeta preocupado com as armas de destruio em massa e Dunga andando solto por a destruindo a maior seleo de futebol do mundo.

    @Ideologia dominante na classe poltica empresarial do pas combinao de usurpao continuada com discurso hipcrita de defesa dos pobres.

    @A devastao petista na economia s capaz de ser produzida com a combinao de incompetncia, autoritarismo e populismo.

    @Ao meter a mo, atacante peruano mostra que j est habilitado a ser poltico no Brasil.

    O senhor da motoserra x senhor das almasTalvez as oraes, de foro ntimo, tenham me ajudado a ter uma conduta pela qual nunca fui alvo da

    Justia. Ao contrrio de Blairo.(Do ministro Marcos Pereira, do Desenvolvimento, sobre Blairo Maggi ter dito a Temer que seria

    impossvel ter um bispo como ministro da Agricultura)

    Srgio Machado, o operador Vazamento

    Sarney

    No tem como deixar de considerar algo medocre quem tem apenas o dinheiro como limite na vida e molda discursos, afetos, amizades, guiado por este alvo, incapaz de um gesto existencial puro e simples. A compra indiscriminada de todas as relaes, se lhe concede os favores e os confortos do dinheiro farto, acabam fazendo com que a vida seja apequenada e isenta das realizaes das conquistas pessoais, pois sempre estar servindo, sem escolhas, ambio da facilidade ou

    a polticos. E a servido a um poltico a pior das escravides, pois carece de escrpulos.

    Srgio Machado desviou, segundo ele mesmo, R$100 milhes da Transpetro. E colocou os filhos para fazer o trabalho sujo. Srgio Machado apenas um dos infinitos Srgios Machados a tirar sade, educao, merenda, investimentos, do povo brasileiro. revoltante. Nenhuma delao premiada vale a liberdade de um bandido serial como ele.

    O ex-presidente foi apontado em denncia do MP como o chefe dos chefes dos criminosos. Na mesma semana em que Srgio Machado delata que ele recebeu R$16 milhes, em dinheiro vivo, roubado, uma denncia revela que ele intercedeu para libertar um prefeito estuprador no Maranho - estado que ele e sua famiglia mantiveram na misria absoluta -, para assim ficar com

    a prefeitura na mo. Desde a compra de

    votos pela reeleio, Sarney, vem influindo e revelando o pior da escria poltica nacional, da mais absoluta falta de escrpulo no uso das verbas pblicas, da manipulao institucional.

    Nem na velhice, aos 86 anos, o carter amoral sofreu qualquer mudana. A sua priso uma questo de honra nacional, um resgaste que a moralidade da Justia deve ao pas por sua tolerncia, passividade e cumplicidade com este honorvel bandido.

    Sarney IIA nica recompensa saber que alm do fardo da

    Academia, do diploma presidencial, ele acrescentaria a tornozeleira eletrnica da Justia aos seus trofus.

    VAMOS SALVAR A LAGOA SALGADA ANTES QUE OS INVASORES A OCUPEM

    TRIBUNA FEIRENSEUma campanha da

    PolticaExcetuando-se grandes recursos para investimentos

    ou algo de forte apelo popular, uma candidatura exige candidatos a vereador, lideranas, deputados, tempo de TV partidos coligados. Ronaldo sai na frente, nestes quesitos.

    parecem muito mais consistentes. No ficaria bem a um procurador usar o vazamento como elemento de punio, mesmo sabendo que houvesse dificuldade de produzir provas.

    Tentou Janot pressionar o STF, que costuma sentar sob processos, e ao permitir vazamentos garantir que o sigilo fosse suspenso, pois no faria mais sentido, e com isso garantir que toda a extenso do depoimento de Machado fosse liberada? De Temer a Jandira Feghalli? Jogou xadrez, Janot?

    Tentou a priso dos trs, sabendo que no a obteria, e com isso tornou um segundo pedido de priso da cpula do PMDB algo mais difcil? No sei e acho que ningum sabe.

    A nica coisa que creio certa que este pedido de priso - merecida, ressalto -, por motivos menos consistentes, foi pea de um jogo poltico, no uma mera ao judicial.

    Avenida Ayrton Senna

    Gramado do Jia da Princesa

    Apresentao da Orquestra Neojib

    As chuvas inaugurando o So Joo

    Os efeitos da Lava-Jato ao levar a lei pra fora de sua curva habitual

    Pequenos teatros em Salvador que viabilizam peas e shows

  • Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016 5

    Instituto Histrico e Geogrfico de Feira de Santana

    Trazer memria dos feirenses as personalidades importantes que contriburam para o desenvolvimento cultural da cidade o meu foco, como pesquisadora.

    Desta feita quero destacar as mulheres feirenses natas, as quais escreveram suas obras em forma de poesia, contos, crnicas, romances, biografias, etc.

    Caminhando com o tempo lembramos da poetisa UREA MIRANDA publicou: Fragmentos dAlma: versos da adolescncia (1918); EDITH MENDES DA GAMA E ABREU: A Cigana

    (romance) 1949; LAURA RIBEIRO LOPES: Feira de Santana Geografia para o Curso Primrio (1964); SNIA MARIA ALVES PIRES Encanto e Desencanto de um poeta (1977); JERUSA DE CARVALHO PIRES FERREIRA: Cavalaria em Cordel (1979); ARTMIA PIRES FREITAS: Inspiraes (1990); NEUZA DE BRITO CARNEIRO: Por Quanto Tempo? (1987); ANNE CERQUEIRA: Rua dos Espelhos (1992); PILAR COSTA SANTANA: Memrias e Curiosidades de Feira de Santana

    (1997); MARIA ANTNIA RAMOS COUTINHO: Trao de Famlia (1998); KEYLA MARTINS: Aves Nuas (1999); CORINA DE OLIVEIRA LOPES: Provrbios (2001); ANTONIELLA CARNEIRO DEVANIER LOPES: A Revoluo do Orvalho (2001); IRMA ROSA DE LIMA CARIB AMORIM: Um Solto no Outro (2003); ZENY DUARTE O Esplio incomensurvel de Godofredo Filho 2005; IRLANA JANE MENAS DA SILVA Dana de Salo (2005); IANY BRASILEIRO: Calendrio

    Cvico-Patritico e Social (2008); ADNIL DIAS FALCO: Olhares sobre Newton Falco (2008); JERUSA MARIA FERREIRA DE SOUZA: Pedaos de Mim (2008); LLIA BEATRIZ DE CALAZANS NASCIMENTO: Saindo da Casca (2008); ANA MARIA PIRES DA PURIFICAO: Tempo de Espera (2012); CNTIA PORTUGAL: Caminhando pela cidade (2013);

    No poderia deixar de mencionar as escritoras que adotaram Feira de Santana como seu bero e que

    deixaram seus escritos para compor a pliade feminina da cultura feirense: Eliane Elisa de Souza Azevdo, Florsia Arlete de Freitas Morais, Maria Helena Conserva, Joelma de Oliveira Morbeck, Solange Dures da Silva Barbosa, Neide Almeida da Cruz, Maria Betnia Knoedt Andrade, Ana Anglica Vergne de Morais, Benedita Loyla Prazeres, Rita de Cssia R. de Queiroz, Marieta Borges Peixinho, Graa de Paula, Ldia de Carvalho Barros, Lana Mattos, Elizete da Silva, Beth Atade, Gilmara

    Ferreira, Salete Oliveira Brando, Salete Bitencourt, Eliane Quadros de Castro, Ana Anglica M. Rocha, Ana Rita de Almeida Neves, Daniela Santos Morris, Dora Bezerra, Mari Naide Carmo Nascimento, Maria da Luz Silva, Maria Fulgncia Bomfim Ribeiro, Maria Gorete Cerqueira, Marinalva Lopes Ribeiro, Marlia Queiroz da Silva, Neide Sampaio, Nvea Vasconcelos, Nvia Maria Santos Silva, Olga Nomia de F. Guimares (Ni), Rita O. Godet, Uilma de Andrade, entre outras.

    Escritoras feirensesPesquisadora, escritora, bigrafa e poetisa

    Llia Vitor Fernandes de Oliveira

  • 6 Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016

    Rua Quintino Bocaiuva - 701 - Ponto Central - CEP 44075-002 - Feira de Santana - PABX (75)3225.7500/3021.6789

    OS TEXTOS ASSINADOS NESTE JORNAL SO DE RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES.

    Fundado em 10.04.1999www.tribunafeirense.com.br / redacao@tribunafeirense.com.brFundadores: Valdomiro Silva - Batista Cruz - Denivaldo Santos - Gildarte Ramos

    Editor - Glauco Wanderley Diretor - Csar OliveiraEditorao eletrnica - Maria da Piedade dos Santos

    Andr Pomponet Economia em crnica

    Quem observa a cena poltica brasileira de fora, sem a passionalidade de quem mergulhou no lufa-lufa disputando nacos de poder a unhas e dentes, no consegue deixar de constatar que o melhor para o pas a realizao de eleies presidenciais o mais rpido possvel. Dilma Rousseff (PT) caiu em funo de diversos fatores inclua-se a a crise econmica e o evidente estelionato eleitoral de quem se elegeu prometendo uma coisa e, depois, fazendo outra e seu sucessor, Michel Temer (PMDB), alm de ter urdido a manobra que apeou a antecessora do cargo, tenta implementar uma agenda que no passou pelo crivo das urnas.

    Ambos ostentam, portanto, mltiplas fragilidades: ela, apesar de eleita, conduzia um governo claudicante desde os primeiros momentos; ele, exibindo ares de Salvador da Ptria, chafurda na mesma lama do clientelismo, operando como gerente de um grande balco fisiolgico. Ambos constituem pssimas opes. Nada melhor, portanto, que a realizao de novas eleies.

    A possibilidade de que ocorram novas eleies, porm, mnima: o PMDB jamais admitiria a hiptese de deixar o poder que no conquistaria pela via eleitoral. Os petistas, por sua vez, j acham que o mais cmodo aguardar 2018 e apostar no desgaste do atual governo. Entre os demais atores polticos, a ideia

    Pas precisa de eleies presidenciais jdesencorajada por aqueles que no podem abdicar dos seus cargos no momento e que preferem esperar mais dois anos para, eles mesmos, disputarem as eleies presidenciais.

    O ideal seria recomear do zero, conferindo legitimidade a quem se candidatasse e vencesse a eleio, seja quem for. Mas, movida por suas convenincias particulares, a classe poltica, como sempre, caminha na contramo dos interesses do Pas, optando pela manuteno do caos atual. Afinal, embora milhes de brasileiros estejam desempregados e outros tantos vejam seus rendimentos minguarem, os polticos mantm, intocados, seus inmeros privilgios. Para eles, no h problema em aguardar 2018.

    Paradoxalmente, em meio a esse atoleiro poltico, preparam-se eleies municipais, como se no houvesse nenhuma crise em curso no pas. Nada de se discutir o sistema poltico apodrecido, a excrecncia de mais de trs dezenas de partidos, o jogo fisiolgico que determina vitoriosos e vencidos. Finge-se que nada est acontecendo, justamente para ficar tudo como est. essa a lgica que vai reger as prximas eleies.

    Fundamentalismo possvel que as bancadas

    religiosas se ampliem nos municpios, aprofundando a mistura explosiva entre Estado e Religio. Com isso, tendncias de cerceamento de direitos de segmentos especficos da populao como mulheres,

    homossexuais e adeptos das religies de matriz africana podem se aprofundar, com desdobramentos catastrficos no futuro.

    O abuso do poder econmico vem filtrando os eleitos, favorecendo ainda mais quem detm o capital. No toa que, nos parlamentos, prevalecem discusses que favorecem, estritamente, esses grupos. o caso do renitente discurso da flexibilizao trabalhista, eufemismo para extinguir direitos de trabalhadores. Sonegao e reforma tributria progressiva, por outro lado, so temas banidos.

    A baixa qualidade do perfil dos eleitos tambm vem contribuindo para tornar as coisas piores. Nessas situaes, emergem temas como o combate ao comunismo, o fim do vis ideolgico da educao, a revogao do estatuto do desarmamento, a burocratizao do atendimentos s vtimas de estupro e inmeras outras sandices. Mais que proposta de candidato conservador, bandeira de quem tem pouca desenvoltura com padres mnimos de civilidade.

    Enquanto isso, o presidente interino e sua equipe econmica urdem um arrocho brutal para a prxima dcada, traado sob encomenda pelo capital financeiro. Nesse cenrio, ao povo restar tomar as ruas e pression-lo, j que o presidente-caranguejo sempre recua quando pressionado...

    O ex-secretrio de Transportes e Trnsito de Feira de Santana, Flailton Frankles, que foi tambm superintendente da autarquia de trnsito do municpio, foi denunciado em ao movida pelo promotor Tiago Quadros, do Ministrio Pblico estadual. Flailton, um empresrio e uma procuradora do municpio so acusados de uma dispensa de licitao irregular para compra de semforos, no valor de R$ 3.990.796,88, no ano de 2011.

    Segundo a denncia, a empresa Trafit Indstria e Comrcio, representada pelo

    Flaiton Frankles denunciado por compra sem licitao

    empresrio Carlos Alberto Maia, emprestou prefeitura por um ano, o equipamento que depois veio a ser comprado sem licitao.

    O promotor defende que a generosidade empresarial foi uma forma de criar um ambiente favorvel venda irregular. Mas no mencionou se houve superfaturamento.

    Alm de Flailton e Carlos Alberto, a denncia incluiu a procuradora municipal Maria Helena Cordeiro, por ter dado parecer favorvel compra.

    Aps a divulgao da informao, Flailton se

    manifestou por meio de nota, dizendo estranhar a denncia, porque na prtica a transao sequer foi concluda. Segundo ele, aps o pagamento de duas ou trs parcelas, houve um questionamento do Tribunal de Contas dos Municpios e a compra acabou suspensa. Me consta que a empresa recorreu Justia com relao a essa deciso de suspenso, completa.

    Flailton, que oficial da PM baiana, encerrou a nota dizendo que em todos as funes onde atuou pautou o trabalho pela honra, honestidade e retido.

    Luzes no Caminho

    di.vianfs@ig.com.brDom Itamar Vian

    Ces gatos - filhosO cachorro considerado o melhor e o mais antigo amigo do homem, desde o

    tempo das cavernas. No livro de Tobias, um cachorro anuncia a volta do filho. No episdio do rico insensvel, um cachorro lambe as feridas do pobre Lzaro. So inmeras as atitudes hericas e inteligentes de ces que salvaram seus donos ou mesmo desconhecidos.

    A MILIONRIA norte-americana Gail Posner, que morreu aos 67 anos, fez um testamento deixando 21 milhes de reais para seus trs cachorros. Parte de sua fortuna ficou com os funcionrios de sua manso em Miami, encarregados de cuidar dos animais. Foi-lhes garantida casa e renda enquanto os animais viverem.

    PARA O FILHO Bret Carr, a viva deixou apenas dois milhes de reais. Inconformado, ele entrou na Justia, alegando que a me foi forada por um dos seus assessores. Ente os trs animais, as doaes foram diferentes. Conchita, uma chihuahua, foi a mais privilegiada. A cachorra ganhou trs colares de prolas, jias, uma coleo de roupas e seu prprio Cadillac.

    A HUMANIDADE, hoje, tem grande sensibilidade em relao aos animais, especialmente ces e gatos. Praticamente todos os ces tm nomes, quase sempre de pessoas: polticos conhecidos, jogadores de futebol, personagens do cinema. Em muitos lares, os animais vestem roupinhas de acordo com a estao, tm camas confortveis, alimentao especial. Por vezes, so at considerados filhos. Algumas pessoas cuidam melhor de seus ces e gatos do que seus irmos. (Papa Francisco)

    TODOS os animais devem ser bem tratados. E esse tratamento deve levar em considerao sua condio animal. Por vezes, eles so confidentes de pessoas que confiam a eles suas mgoas e segredos. No perigoso individualismo do nosso tempo, os animais continuam solidrios com seus donos. E o cachorro nunca abandona o dono por ele ser pobre ou doente. Mesmo assim, o animal deve estar no seu lugar e no pode ocupar o lugar de um filho ou de uma criana qualquer.

    CURIOSAMENTE, essa mesma sensibilidade com os animais, muitas vezes, no reservada s crianas. Milhes delas, anualmente, so assassinadas pelo aborto ou pela fome; milhes perambulam pelas ruas ou disputam com os ces menos favorecidos os alimentos nos lixes. No Evangelho, Jesus recomenda: No deis aos ces coisas santas (Mt 7,6). Isso significa manter uma correta escala de valores.

    O Ministrio Pblico estadual ofereceu denncia contra o ex-prefeito de Feira de Santana Tarczio Suzart Pimenta Jnior e contra o mdico Paulo Csar Queiroz Rocha. Na ao penal pblica, proposta na tera-feira, dia 7, o promotor de Justia Tiago Almeida Quadros acusa os dois de cometerem crime em contrato emergencial firmado em 2011 com a ento CooperSade, atualmente RedeSade, para prestao de servios por profissionais de sade no Hospital da Mulher (o Incia Pinto dos Santos).

    Segundo a ao, a cooperativa mdica, de

    MP denuncia Tarczio Pimenta por contratao irregular de cooperativa

    propriedade de Paulo Csar Rocha, foi contratada com dispensa ilcita de processo licitatrio, por preo superior ao de mercado, causando dano ao errio.

    Segundo o MP, a Fundao Hospitalar de Feira de Santana, mantenedora do Hospital, j tinha feito um outro processo de dispensa de licitao, dentro dos trmites legais, mas Tarczio determinou, alegando convenincia administrativa, a anulao.

    Conforme o promotor de Justia, ao assumir a contratao, o ento prefeito preteriu a cooperativa

    selecionada pela Fundao, que havia apresentado o menor preo (cerca de 470 mil mensais), e escolheu a ento CooperSade, contratando-a pelo valor total de R$ 3,3 milhes aproximadamente, valores mensais em torno de R$ 658 mil.

    Na denncia, Quadros afirma que a atual RedeSade inclusive no atende, por entendimento da Justia do Trabalho, os requisitos legais de cooperativa, representando verdadeira empresa de intermediao irregular de mo de obra.

  • Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016 7

    Sandro PeneluMais dicas culturais em: www.infcultural.blogspot.comsandropenelu@gmail.com

    Cultura e Lazer

    SHOWS AO VIVO

    A depredao dos manguezais da ilha de Tracajs, devido ocupao desordenada pelo homem, agravada pela sanha do capital especulativo, com anuncia do poder poltico, o eixo central de A Repblica do Mangue, integrante da coleo Viagens na Fico, da editora portuguesa Chiado.

    O livro a estreia na fico do jornalista Jorge Magalhes e ser lanado na noite desta sexta-feira (17) no Mercado de Arte Popular. Haver todo um evento cultural, alm da noite de autgrafos do livro, com lanamento do programa de comemorao do Sesquicentenrio da Sociedade Filarmnica 25 de Maro, de coletnea de DVDs Fragmentos da Histria de Feira de Santana - Volume 8, e relanamento de Cinema Demais, de Dimas Oliveira, A Histria do Fluminense, de Adilson Simas, e Feira de SantAna:

    Histrias e Estrias, coletnea do Instituto Histrico e Geogrfico de Feira de Santana (IHGFS).

    Como pano de fundo, retreta da 25 de Maro, sob a regncia do maestro Tony Neves.

    Interessados em fazer lanamento de livro na 9 Feira do Livro de Feira de Santana podem se inscrever at 31 de

    Definida data de desfile do Bando Anunciador de Santana

    As telas enigmticas de Ftima Dias

    Abertas inscries para lanamento de livros na Feira do Livro 2016

    Tudo pronto para a 10 edio do Bando Anunciador da Festa de Santana, que acontece no dia 10 de julho. O evento promovido pela Universidade Estadual de Feira de Santana, atravs do Centro Universitrio de Cultura e Arte. O cortejo ter incio s 7 horas, em frente ao Cuca, seguindo at a Igreja dos Remdios, passando por trechos das avenidas Senhor dos Passos e Getlio Vargas,

    Rua Marechal Deodoro e Beco do Moc, de onde ir seguir at a rea externa da Catedral de Senhora Santana.

    Como nos anos anteriores, dias antes do Bando, ocorrer a escolha da Rainha, que ser a anfitri do cortejo. A majestade ser selecionada na noite de 7 de julho, s 19h30min, no Cuca. Na oportunidade, haver palestra sobre o Bando Anunciador: patrimnio

    imaterial de Feira de Santana, proferida por Hygor da Silva Almeida, Assessor Tcnico do Sistema Municipal de Cultura. A noite ser abrilhantada pelo show do grupo Unidos pelo Samba.

    As inscries para Rainha do Bando Anunciador podero ser feitas no perodo de 20 de junho a 6 de julho, das 8h30min s 11h30min e das 14h30min s 17h30min, na direo do Cuca.

    A artista plstica feirense Ftima Dias o que se pode chamar de uma artista incansvel. Desde a adolescncia, ela j enveredava pelas artes, cantando e compondo msicas. Depois, integrou alguns grupos de teatro da cidade,

    sempre caprichando nas interpretaes.

    Agora, resolveu dedicar-se s artes plsticas, com pinturas que mostram todo o seu amadurecimento frente vida, s pessoas e sua viso de mundo. As telas expressam um misto de surrealismo, pincelado

    de um cubismo mpar e at enigmtico.

    Ftima recebe os apreciadores de suas telas em sua residncia, no Jomafa. Mas o pblico pode entrar em contato com a artista atravs dos nmeros (75) 991121808 e (75) 9 8159-9292.

    agosto, acessando o site da Uefs e preenchendo o formulrio de inscrio. Os lanamentos acontecem de forma

    coletiva e sempre s 18 horas, na Praa do Cordel, montada na Praa do Frum, onde acontece a Feira do Livro.

    Jornalista lana livro de fico no MAP

    Esto abertas at o dia 30 de julho as inscries de trabalhos para o Seminrio Urbanismo na Bahia - Estatuto da Cidade 15 anos: lutas, conquistas e paradoxos. O evento ser realizado entre os dias 5 e 7 de outubro na Uefs. Os trabalhos inscritos precisam estar articulados

    Seminrio Urbanismo na Bahia abre inscriescom os trs eixos temticos: Urbanizao em processo, Produo contempornea do espao e Urbanismo e regulao.

    O objetivo do seminrio abordar questes sobre cidades, urbanizao e urbanismo na Bahia, em dilogo com as escalas nacional

    e internacional do pensar e agir sobre a poltica urbana. A programao do encontro inclui palestras, apresentaes de trabalhos, oficinas e atividades culturais.

    Informaes sobre o evento e como submeter trabalhos esto disponveis no site http://urbba16.wix.com/uefs.

    A artista plstica feirense Ftima Dias o que se pode chamar de uma artista incansvel. Desde a adolescncia, ela j enveredava pelas artes, cantando e compondo msicas. Depois, integrou alguns grupos de teatro da cidade, sempre caprichando nas interpretaes. Agora, resolveu dedicar-se s artes plsticas, com pinturas que mostram todo o seu amadurecimento frente vida, s pessoas e sua viso de mundo. As telas expressam um misto de surrealismo, pincelado de um cubismo mpar e at enigmtico. Ftima recebe os apreciadores de suas telas em sua residncia, no Jomafa. Mas o pblico pode entrar em contato com a artista atravs dos nmeros (75) 991121808 e (75) 9 8159-9292.

    Abertas inscries para lanamento de livros na Feira

    do Livro 2016 Interessados em fazer lanamento de livro na 9 Feira do Livro de Feira de Santana podem se inscrever at 31 de agosto, acessando o site da Uefs e preenchendo o formulrio de inscrio. Os lanamentos acontecem de forma coletiva e sempre s 18 horas, na Praa do Cordel, montada na Praa do Frum, onde acontece a Feira do Livro.

    SEXTA-FEIRA 17/06ATRAO LOCAL HORA ENDEREOELIOMAR Quiosque dos Amigos 20 Praa Duque de CaxiasGELIVAR SAMPAIO E SEU GRUPO Bengos Bar 21 Estao NovaGALEGUINHO O Boteco 22 Ville GourmetWILLIAN DE CASTRO The House 22 Ville GourmetNUNO BAIA Filozophia 21 Rua So DomingosPITITIU Cidade da Cultura 21 Conjunto Joo PauloMAZINHO VENTURINI Bar 14 Bis 22 Av. Getlio VargasALAN OLIVEIRA Quiosque do Mazinho 21 Praa de Alimentao

    TIMBABA, CESC PAULINHO JEQUI Teatro Margarida Ribeiro 20 Capuchinhos

    DOMINGO 17/06ATRAO LOCAL HORA ENDEREOBRUNO BEZERRA Beco da Energia 09 CentroDI NASCIMENTO Frango na Brasa 12 JomafaLUCIANO ROCHA Quiosque dos Amigos 18 Praa Duque de Caxias

    RAIMUNDO SODR, JULIANA GREYCE E RAMON LIMA Museu de Arte Contempornea 18 Centro

    ELIOMAR SANTOS Quiosque do Mazinho 19 Praa Gilson Pedreira Av. Getlio Vargas

    GRUPO POP ZEN Zeca Petiscaria 19 Ville GourmetMARCOS HEYNNA Resenharia 20 Kalilndia

    MARCEL TORRES E CAMILA PEREIRA Dom Vicente 20 Ponto Central

    ALAN OLIVEIRA Vitr 20 Av. Maria QuitriaSANDRO PENEL Los Pampas 20 Av. Contorno

    SBADO 18/06ATRAO LOCAL HORA ENDEREOLUCIANO ROCHA Quiosque dos Amigos 20 Praa Duque de CaxiasDI NASCIMENTO Frango na Brasa 21 JomafaCELLY NOBLAT Quiosque do Mazinho 21 Praa Gilson Pedreira Av. Getlio VargasVALDMIO Cho de Estrelas 22 Fraga MaiaMANO REIS Ana da Manioba 22 Ponto CentralNENEM DO ACORDEON Cidade da Cultura 21 Conjunto Joo PauloGELIVAR SAMPAIO E SEU GRUPO Bengos Bar 21 Estao Nova

    OS MENINOS DE SEU Z E CALANGO TIO ria Hall 22 Av. Presidente Dutra

  • 8 Feira de Santana, sexta-feira 17 de junho de 2016