Edio 108 - Agosto de 2012

  • Published on
    10-Mar-2016

  • View
    213

  • Download
    1

DESCRIPTION

Edio 108 - Agosto de 2012

Transcript

  • So Francisco, Sagrada Face, Santa Luzia, Santa Rita, So Benedito, So Jos, MeBOLETIM DA PARQUIA N. SRA. DA CONCEIO APARECIDA EDIO MENSAL ANO 11AGO/12 NMERO 108APARECIDA-SP

    Eu escolhi viver de escolhas, no de chances. Ser motivada, no manipulada.Ser til, no usada. Sobressair, no competir. Eu escolhi amor prprio,

    no auto piedade. Por fim, eu escolhi ouvir a voz de Deus, no a opinio dos outros.

    AGOSTO: MS VOCACIONALDiante de famlias desestru-

    turadas, de maus exemplos depadres e mesmo apesar dosMeios de Comunicao Soci-al s falarem mal dos padres,o ms de agosto , desde 1983,o Ms Vocacional. Neste mssomos chamados a refletir so-bre esta questo vital para anossa Igreja: o chamado e aresposta.

    O Ms Vocacional quernos chamar reflexo para aimportncia do chamado queo Pai nos faz. Urge descobrir-mos o nosso papel e o nossocompromisso com a Igreja e asociedade. Reflexo que devenos levar ao. O que Deusespera de cada um de ns?

    O tema do Ms Vocacionaldeste ano : "Anunciar a Pala-vra que gera a vida!", e o lema:"Eu vim para que todos te-nham vida" (Jo 10,10). con-tinuao do tema da CF. Olema um convite a fazer danossa vocao um servio aDeus e aos irmos: "Eu vimpara que todos tenham vida".

    S poder responder comfidelidade e liberdade voca-o a qual foste chamado, apessoa que se deixar tocar peloSenhor, que se dispuser a ca-minhar com Jesus. Sem cami-nhada no h chamado, noexiste vocao. No h comoseguir a Jesus se o nosso co-rao no experimentar a vida

    dia de So Joo Maria Vianney,patrono dos procos, padres.

    No 2 domingo de agostocelebramos o Dia dos Pais. Vo-cao matrimonial. Semana dafamlia. Do dia dos Pais pas-samos a comemorar a vocaomatrimonial e, por isso, a Se-mana Nacional da Famlia paraaprofundar a vida da famliacrist.

    No 3 domingo do ms ce-lebramos a Vocao VidaConsagrada: religiosos, religi-osas. A Assuno de Maria aoscus modelo de consagra-o a Deus e das vocaesreligiosas.

    O 4 domingo de agosto o dia da Vocao do CristoLeigo e especialmente o Diado Catequista. Parabns a to-dos os agentes de pastoral!

    Rezemos e reflitamos bas-tante sobre o que Deus querde ns e qual tem sido a qua-lidade de nossa resposta. Epeamos ao Senhor da messee Pastor do rebanho que con-tinue a inspirar muitos jovensa serem sensveis ao chamadoe generosos na resposta.

    Vale a pena oferecer a pr-pria vida por Cristo, a servi-o de Seu Reino de Amor ede Paz!

    Pe. Jos Marques Dias C.Ss.R.

    NESTA EDIOPalavra do Proco............ 02Semana da FamliaQuestes de F ............... 02Morrer para frutificar?Pingos e Respingos ....... 02Liturgia no Sculo das LuzesA Palavra Sua ................ 02FriasAtividades na Parquia.... 03103 Festa de S.Benedito...

    Confira o balancete da festa2012Gente Fiel ......................... 03Duda

    Aconteceu ........................ 04Crisma de JovensAniversrio da RCCFesta de Corpus ChristiJornal dos CoroinhasArrai da Santa Rita

    que Ele veiopara nos dar.Jesus quemnos chama enos convida auma vocaoque transfor-mar o nossomero fazernuma missode amor peloSeu Reino.

    No 1 do-mingo o diadas VocaesSacerdotais eD i a c o n a i s .Lembramosque o dia 4

    CURTAS E BOAS:Caminhada das Famlias

    no Morro do Cruzeiro:Dia 14, as 19 e 30 horas.

    O Ponto de encontro ser na Prefeitura.Participe!

  • BOA NOTCIA - ago/201222222Palavra do ProcoPalavra do ProcoPalavra do ProcoPalavra do ProcoPalavra do Proco

    Que bom agosto est chegando ecom ele vem a lembrana e o compro-misso de celebrarmos mais uma vez oMs Vocacional. E por falar em voca-o lembramos a Vocao Matrimonial.E para celebrarmos com toda alegria ef, no Dia dos Pais, iniciaremos a Sema-na da Famlia.

    Assim como em cada ano temos ce-lebrado, esse ano no ser diferente.Alm de intensificar as nossas oraespela famlia teremos vrias atividades emnossa parquia para valorizarmos essepresente de Deus, que a famlia - "Fa-mlia Santurio da Vida". Ali a vida concebida, gerada, nascida, cresce e sedesenvolve at a vida adulta. Uma dasgrandes importncias da Famlia por-que dela surgem todas as vocaes. Pre-cisou-se da unio de um homem e de

    Semanada

    FamliaOi Laura. Tudo bem? Saudaes a

    voc e a todos que so Boa Notcia paraas pessoas. As coisas de Deus so lin-das e simples, formam poesia, msica eparbolas. Deus simples e isso facilitanossa aproximao com Ele. No mes-mo?

    Sua pergunta uma passagem b-blica, e quer saber? uma das passa-gens bblicas que eu mais gosto, porquese parece muito com Jesus. Veja que bo-nito: est em Joo, captulo 12, versculo24. "Se o gro de trigo que cai na terrano morre, ele fica s. Mas, se morre,produz muito fruto."

    Estas palavras de Jesus revelam osegredo da vida. No existe alegria deJesus que no seja fruto de uma dorabraada. No h ressurreio sem mor-te. Aqui Jesus fala de si mesmo e expli-ca o significado da sua existncia. Fal-tam poucos dias para a sua morte. Serdolorosa, humilhante. Por que morrer,justamente Ele que se definiu "Eu soua Vida"? Por que sofrer, Ele que ino-cente? E, sobretudo, por que Ele, queviveu na unio constante com Deus,haveria de sentir-se abandonado peloseu Pai? Tambm Ele sente medo damorte. No entanto, ela ter um senti-do: a Ressurreio.

    Jesus tinha vindo para reunir os fi-lhos de Deus dispersos, para derrubartoda e qualquer barreira que separa po-vos e pessoas, para irmanar os homensdivididos entre si, para trazer a paz econstruir a unidade. Mas havia um pre-

    Questes de fQuestes de fQuestes de fQuestes de fQuestes de fLaura - Catequese do So Francisco, pergunta:

    Pe. Clio Lopes dos Santos, C.Ss.R. responde:

    Entramos no s-culo XVIII (1700).Podemos dizer que oConclio de Trento

    estava bem implantado e os livroslitrgicos que foram feitos estavam a ple-no vigor. Podemos notar ainda que, de-vido a uma formao ainda deficiente doclero, a celebrao passava por dificulda-des por falta de preparo. A formao departe do clero era deficiente. Mais ainda:faltava uma formao teolgica que des-se suporte a uma boa celebrao.

    Nesse tempo, Santo Afonso escreveudois livros sobre a boa maneira de cele-brar, mostrando os erros que eram fei-tos. A execuo das normas litrgicas erao mais importante. A Eucaristia o sus-tento espiritual das pessoas que viviamsua f. Est bem firme no povo, a devo-o aos santos e Nossa Senhora.

    O Sculo XVIII vive um tempo demuita reflexo filosfica com grandesnomes que influenciaram os sculos quese seguiram. tempo dos grandes reiscomo Luiz XV, na Frana, Jos II daustria. tempo da revoluo francesaque penetrou profundamente o pensa-mento ocidental. Logo a seguir vemNapoleo, que domina a Europa. NaIgreja temos a supresso da Companhiade Jesus, os jesutas, com grandes preju-zos na formao religiosa do povo. Te-mos o incio da secularizao. o tempodo choque entre os Estados e o Papapelo poder sobre a Igreja. Os reis queri-am mandar na Igreja e resolverem elesseus problemas sem a interferncia doPapa.

    Na liturgia encontramos tentativas dereformas como foi o caso do Snodo de

    PingPingPingPingPingos e Ros e Ros e Ros e Ros e Respingespingespingespingespingososososos Art. n 94Histria da Liturgia

    Pistia (1786). Esse snodo j traz ideiasde purificao das devoes, inclusiveaquelas que estavam ligadas liturgia.Como essas boas ideias estavam muitodominadas pelo racionalismo exagera-do, acabaram por serem condenadaspelo Papa Bento XIV. As ideias so asque se levaram adiante no movimentolitrgico e no Vaticano II. Pena que noteve apoio nem uma preparao maior.Por aqui vemos que a liturgia renovadano surgiu de um Conclio, mas foramlentamente preparadas.

    Na arte das Igrejas encontramos abela arte rococ que leva ao esplendor aarte barroca. Depois a arte das Igrejas setorna mais sbria.

    Os bons resultados do tempo doIluminismo no que toca liturgia aPastoral Litrgica. A liturgia devia ser afonte de vida da Igreja. Por outro lado,a liturgia foi usada como educao mo-ral do povo, no tanto da evangelizao.Como vemos, a liturgia como tal nofoi tocada.

    O esprito iluminista procurouaprofundar os estudos bblicos commais seriedade cientfica. Isso levou aencontrar tantos documentos da liturgiaque sero a base para a renovaolitrgica futura.

    Cada poca d sua contribuio aocrescimento da vida da Igreja. Toda re-forma da Igreja passa pela reformalitrgica. O povo de Deus, na suacriatividade e em seu amor Igreja e asua liturgia, d essa contribuio to ricapara podemos prestar um culto a Deus,que parta do corao e alimente a f dopovo.

    Pe. Lus Carlos de Oliveira, C.Ss.R.

    LITURGIA NO SCULODAS LUZES: O ILUMINISMO

    o a ser pago: para atrair todos a si, Eledeveria ser levantado da terra, na cruz.Da a parbola, a mais bonita de todo oEvangelho: "Se o gro de trigo que caina terra no morre, ele fica s. Mas, semorre, produz muito fruto."

    Aquele gro de trigo Ele. Ali Eledoou tudo: aos carrascos, o perdo; aoladro, o Paraso; a ns, sua Me e oprprio Corpo e Sangue. Deu a sua vidaat o ponto de gritar: "Deus meu, Deusmeu, por que me abandonaste?". E deu-nos a possibilidade de nos tornarmosfilhos de Deus: gerou um povo novo,uma nova criao.

    No dia de Pentecostes, o gro detrigo cado na terra e morto j floresciaqual espiga fecunda: trs mil pessoas detodos os povos e naes so transfor-madas "num s corao e numa salma". Depois so cinco mil, e depoisvoc, eu, a nossa Igreja - todo o povode Deus, todo o povo Dele. Isso nosinspira muito, no? "Se o gro de trigoque cai na terra no morre, ele fica s.Mas, se morre, produz muito fruto."

    O que nosso Mestre fez para "pro-duzir muito fruto"?

    Compartilhou todo o nosso modode ser. Assumiu sobre si os nossos so-frimentos. Conosco, Ele se fez trevas,melancolia, cansao, contraste Expe-rimentou a traio, a solido, a orfanda-de Numa palavra: Ele "se fez um"conosco, carregando tudo aquilo quepara ns era um peso. Tornemo-noscom Ele um gro de trigo.

    Por qu no Evangelho est escrito:"O gro de trigo tem que morrer

    para dar bons frutos"?

    uma mulher para que a vida se desabro-chasse. A famlia continua sendo a pri-meira escola, a primeira igreja. Ali a pes-soa formada e lanada para o mundo.

    Precisamos urgentemente resgatarcertos valores, que com o tempo vo sedesvirtuando. A famlia no deveria nun-ca abrir mo de seu papel de educadora,formadora da personalidade da criana.Apesar de todas as transformaes, con-tinua sendo o melhor lugar para crescere se transformar em uma pessoa de bem.

    A cada um que veio de uma famliasabe a grande importncia que ter umafamlia. Aquele que, porventura, no par-tilha da mesma alegria procure aprenderde outras famlias, o que voc no teve.E mais: ainda procure dar aos outros, oque voc no teve.

    Por isso, meu irmo, procure amar,respeitar, valorizar a famlia que voc tem,sobretudo, o seu Pai e a sua Me. Que aSagrada Famlia continue abenoando econservando sempre unidos no amornossas queridas famlias!Pe. Jos Manoel Belo de Oliveira C.Ss.R.

    A palavra suaA palavra suaA palavra suaA palavra suaA palavra suaFrias...

    Tempo de frias, que bom!Descansar, passear, brincar, poder

    dormir mais um pouquinho, passardias sem preocupaes de compromis-sos e de horrios a serem cumpridos eatendidos!

    So as frias; que fazem muito bemao corpo e ao esprito tambm.

    Nos tempos de hoje, h quem acre-dite que se devem e se podem gozar asfrias tambm de DEUS, da Igreja edos compromissos de comunidade.

    No entanto, o "ser CRISTO" compromisso de VIDA. , portanto,para TODOS OS DIAS, para todos osinstantes.

    No pode haver frias do AMOR.J imaginaram se DEUS tirasse f-

    rias de NS? E, se num dia qualquer,atribulado ou no, de nossa vida, a gen-te O procurasse e algum anjo, comoSEU secretrio, nos dissesse: Deus nopode atender hoje, ELE est em F-RIAS?...

    Ser CRISTO AMAR sem con-dio, sem folgas, nem frias.

    AMAR SEMPRE.Jos Galvo Lua

  • ago/2012 - BOA NOTCIA 33333

    REIS: Ulysses Antonio PedrilhoEliana dos Santos Reis Pedrilho

    TESOUREIROS: Luiz Gonzaga Monteiro de CamposMaria Aparecida Teixeira de Campos

    RECEITAS:Carns da Festa (1.855 Recebidos) 324.640,00R$ Equipe de Eventos =02 Bingos Umuarama 4.033,00R$ Equipe de Eventos =Jantar de Massas 7.296,00R$ Equipe de Eventos =Barraca Festa Sts Reis 5.584,00R$ Equipe de Eventos =Barraca ps Missa Envio 922,55R$ Equipe de Eventos = Bingo ps Missa de Envio 1.555,00R$ Equipe de Eventos = Baile no Rancho St F 11.777,00R$ Doaes p/compra da Roleta do Bingo 1.975,00R$ Doaes p/Enfeites de Andores 3.812,00R$ Doaes p/Compras de 100 Dz. Pratos de melanina 1.220,00R$ Doaes p/Compras de 50 Dz. Colheres + 50 dz. Garfos 800,00R$ Doao do SAAE p/10 Banners 1.160,00R$ Doao da PMA p/3.000 Bandeirinhas (Liturgia) 4.025,00R$ Doao da PMA p/alugul de Palco/250m Gradil/10 Banh. Qum) 10.000,00R$ Doaes conforme "Livro Ouro" 11.753,94R$ Doaes Devotos Annimos (Compras de Imagens, etc...) 1.089,50R$ Patrocnios p/Camisetas 4.191,00R$ Patrocnios p/Livreto da Novena 1.800,00R$ Patrocnios p/Livreto de Receitas 2.800,00R$ Patrocnios p/Folders 2.100,00R$ Patrocnios p/Carns da Festa SB/2013 2.450,00R$ Patrocnios p/aluguel de Telo 2.700,00R$ Bumbo na "Feira Livre" R$ 2.454,85Coleta na Novena -Equipe Cavalaria R$ 266,15Vendas de Barracas =Grandes 72.600,00R$ Vendas de Barracas = Pequenas 39.309,00R$ Vendas de Materiais (Camisetas/DVDs/Livros, etc...) 19.263,25R$ Vendas de Materiais (Sobra de arrecadaes) 1.670,00R$ Leilo de Animais 33.510,00R$ Bingo Oficial da Festa 36.246,00R$ Bingo Extra da Festa 5.984,10R$ Juros Ref. Aplicao financeira 5.363,57R$ TOTAL = 624.350,91R$

    103 FESTA DE SO BENEDITO DE APARECIDA-SPPRESTAO DE CONTAS

    Nosso Gente Fiel deste ms sechama Dorival Correia dos Santos,mais conhecido por todos comoDuda. Ele nasceu em Guaratinguet etem 71 anos. casado com DonaEdna h 49 anos e tem 2 filhos, PauloCesar e Maurcio.

    Trabalhou na Editora Santurioat 1987 e atualmente proprietrioda conhecida Grfica Duda, que j exis-te h 25 anos. J foi coordenador daComunidade So Jos. Atualmente,ajuda na Comisso de Doce da Festa

    DUDAde So Benedito e tambm desde aprimeira edio do Arraial Solidrio.Disse tambm que ajuda na Promo-o Social de Aparecida.

    Deus nos d talentos diversos; aIgreja e a humanidade precisa de to-dos. Sr. Duda um exmio cantadorde bingo, fama que corre a cidade. Porisso, vrias comunidades o procurampara pedir a sua ajuda nas promoespara angariar fundos para pastorais,comunidades e entidades sociais.Duda est sempre disposto a ajudar.Ser Gente Fiel sempre estar atentos necessidades de sua comunidade, eisso ele faz com competncia.

    O Reino precisa de SIM's e de vi-das generosas, de pessoas que tenhama conscincia de que so necessriaspara que o Reino acontea cada vezmais entre ns, que estejam dispostasa fazer de suas vidas, vocao plena deservio a Deus e aos irmos, de almasque professem como Pedro que nopodem mais viver em lugar algum oucom qualquer um, a no ser com aque-le que tem Palavras de Vida Eterna.

    Maria Rita - Pascom

    Gente FielGente FielGente FielGente FielGente Fiel

    DESPESAS:Carn da Festa - SB = Prmios Pagos 94.500,00R$ Carn da Festa - SB = Comisses p/receber carns 7.054,75R$ Secretaria (Materiais/Servios prestados/Telefones, etc..) 8.700,95R$ Equipe de Assessoria 126,00R$ Equipe de Comunicao/Divulgao 2.951,00R$ Equipe de Comisso Histrica 2.460,40R$ Equipe do Mastro 179,30R$ Equipe do Lanche 399,00R$ Equipes da Festa = Reunies diversas 3.364,91R$ Equipes da Festa = 1.300 + 14 Camisetas 8.670,00R$ Bingo Oficial da Festa = GASTOS 2.825,00R$ Bingo Extra da Festa = GASTOS 677,00R$ Irmandade de So Benedito = gastos div. 827,00R$ Tero de So Benedito 51,30R$ Almoo c/Irmandade - SB 165,00R$ Barracas =Montagem e Pintura 5.677,70R$ Barracas = Fiscalizao 5.000,00R$ Leilo de Animais = GASTOS 2.306,00R$ Igreja de So Benedito = Pintura (Mo Obra/materiais) 18.465,39R$ Igreja de So Benedito = Manuteno 461,75R$ Igreja de So Benedito = Decorao 24.312,89R$ Centro Comunitrio So Benedito = Manuteno 1.876,57R$ Centro Com. S.B =Talher/Prato/Tapete/Mesa, etc (Patrimnio) 7.043,22R$ Liturgia (Esprtula/Decoraes/Mat. Liturgico/Bandeirinhas,etc 17.085,52R$ Procisso = Materiais/Costureira, etc... 35.653,04R$ Procisso = Andores 6.423,00R$ Congadas = Hospedagem/Alimentao/Coz. Piloto 16.533,55R$ Congadas = Caf com os Reis 2.823,60R$ Distribuio de Dces (Dces/Embalagens/Imagens, etc...) 43.585,83R$ Gincana Escolar = Premiaes, etc... 3.024,00R$ Enduro da Mentira 1.600,00R$ Gincana de Motos 500,00R$ Reportagem: Filmagem da Festa 5.000,00R$ Reportagem: Fotogrfica da Festa 2.200,00R$ Fogos de Artifcios 5.780,00R$ Equipe de Bonecos 7.023,20R$ Materiais p/Vendas (Camisas/Aventais/Dvds/Livros, etc..) 16.400,00R$ Aluguis: 10 Banheiros Qumicos/Materiais 3.715,00R$ Aluguis: 02 Teles 2.000,00R$ Aluguis: 250 m Gradil 1.250,00R$ Shows = Bandas/Palco/Som/Camarins, etc... 89.762,26R$ Segurana:M.O (Congadas/Palco /Show/Igreja/Praa/etc...) 10.060,00R$ Segurana: Projeto Corpo de Bombeiros (Div.) 1.500,00R$ Segurana: Polcia Militar (Lanches) 656,00R$ Segurana: Guarda Municipal 500,00R$ Engenharia Eltrica:M.O/Gerador 150CV/Combustvel 16.000,00R$ Engenharia Eltrica:Bandeirante Energia S/A. 1.773,78R$ Engenharia Eltrica:Materiais p/decorao especial Igreja-SB 1.462,00R$ Doaes diversas 890,00R$ TOTAL:......................................... 491.295,91R$

    R E S U M O: CRDITOS/RECEITAS = R$ 624.350,91DBITOS /DESPESAS = R$ 491.295,91LUCRO LQUIDO = R$ 133.055,00

    103 FESTA DE SO BENEDITO DE APARECIDA-SPPRESTAO DE CONTAS

  • BOA NOTCIA - ago/201244444 AconteceuAconteceuAconteceuAconteceuAconteceu

    Informativo mensal da ParquiaNossa Senhora da Conceio AparecidaProco: Pe. Jos Belo, CSsRDiretor espiritual: Pe. Jos Marques Dias, CSsRJornalistas responsveis:Marco Antnio Santos Reis, MTB58336 e Deize RenCoordenao: BoaventuraColaboradores: Maurlio Reis, Deize Ren, Boaventura,Mara (Santa Luzia), Maria Rita (So Benedito), AndresaCustdio (Santa Rita), Valdir (So Benedito), Maria deJesus (Santa Rita), Paula Castro (So Benedito), Eliane,Renato (So Benedito).Impresso: EDITORA SANTURIO - Tiragem: 1500 exemplares

    Rua Tot Barbosa - Ponte AltaAparecida - 3105-5755

    Rua Santa Rita - Santa RitaAparecida - 3105-2765

    Av. Padroeira do Brasil, 818Aparecida - 3105-4804

    Avenida Solon Pereira, 709 - Jardim ParabaAparecida-SP

    Fone: (12) 3105-3827 e 3105-3399mineiros@valeconstruir.com.br

    Nos dias 28 e 30 de junho, DomDamasceno celebrou a crisma de 88 jovensde nossa parquia.

    Aconteceu entre os dias 9 e 13 de julho,a Semana Carismtica, na qual comemora-mos 35 anos do Grupo de Orao "Jesusde Nazar". Como este grupo foi o pri-meiro, em Aparecida, comemoramos tam-bm o aniversrio da RenovaoCarismtica Catlica, em nossa cidade. Napoca, havia uma s parquia, a deN.Sra.da Conceio Aparecida.

    Encerramos a Semana Carismtica coma Santa Missa da Divina Misericrdia, naqual muitos puderam experimentar oAmor de Deus, de modo muito especial,atravs da Orao para alcanar a Cura eLibertao. (Regina - RCC)

    ERRATA: Na seo "Questes de F", da edio no ms de maio, cometemos umengano. A pergunta sobre a Santssima Trindade j foi respondida, na edio de abril. Naedio de maio, Pe. Jos Marques respondeu a seguinte pergunta: Por que ns temos quefalar a orao na santa missa: "Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo"?

    Crismade jovens

    Jornal dos Coroinhasda Comunidade Santa Rita

    Arrai da Santa RitaO primeiro Arrai de Santa Rita foi

    feito, mais uma vez, da ao movida pelaF e Amor Santa Rita. Festa que nos fezreaviver a F, nos fazendo colocar em pr-tica, os ensinamentos de Deus, como apartilha, o trabalho e o amor.

    Foi um Trduo Sertanejo, nos dias 6,7 e 8 de julho, que muito nos emocio-nou, contando sempre com a comunida-de e seus visitantes, tanto na F como notrabalho de servir e alegrar a missa. A igre-ja esteve repleta de fiis. Msicas alegresnos fazendo relembrar o campo e com adecorao tpica sertaneja, incluindo ani-mais e muito verde.

    Foi realmente um sucesso, o Primei-ro Arrai de Santa Rita. (rica - Pascom)

    Festa de CorpusChristi

    Ao abordarmos sobre a festa de Corpus Christiparece-me por bem recordarmos como tudo co-meou. Foi no dia 11 de agosto de 1264, h exata-mente 748 anos. O Papa Urbano IV promulgouuma bula, que institua para todo o Cristianismoa festa de Corpus Christi.

    Como foram os preparativos para a celebra-o de Corpus Christi desse ano? Como aconteceh vrios anos, desde quando a Arquidiocese com-pletou 50 anos, por sugesto de DomDamasceno. Numa unio bonita das trs par-quias de Aparecida: So Roque, Santo Afonso eNossa Senhora Aparecida e com suas pastorais,seus ministrios e movimentos.

    Alm deles, empenharam-se algumas esco-las, a Terceira Idade, a Secretaria da Mulher, a Edi-tora Santurio, os Seminaristas do Santo Afonso,o Shalom e outros mais. Trabalharam pra valerat a madrugada. Todo o material utilizado paraconfeccionar os 40 tapetes so fornecidos pela Pre-feitura de Aparecida, bem como os lanches servi-dos pela Chica durante os trabalhos.

    Em tudo isso se percebe um ato de f e doa-o muito grande. Aproveito para dizer a todosque trabalharam na montagem dos tapetes, queno sintam como se seu trabalho tivesse sido emvo pelo fato de ter chovido e no ter sido poss-vel realizar a procisso, como era esperado portodos. Eu digo que no foi, de modo algum,trabalho perdido, porque o prprio Cristo viu ereconheceu seu esforo. Alm do mais, quantaspessoas olharam, admiraram e puderam perceberquanto carinho, quanta arte, tudo por JesusEucarstico.

    Ainda bem que tivemos a CelebraoEucarstica presidida pelo Cardeal DomDamasceno e concelebrada pelos procos e vig-rio e um nmero significativo de fiis. Alm dasmsicas muito apropriadas, motivadas por umgrupo de cantores de nossa parquia com osmsicos do Santurio, sob a coordenao deJuninho.

    Por todas as pessoas que trabalharam, nossoeterno obrigado!

    Pe. Jos Manoel Belo de Oliveira C.Ss.R.

    Aniversrio da RCC,em Aparecida

    O jornal "Coroi-nhas de Santa Rita" sur-giu da ideia de levar in-formaes religiosas sfamlias, atravs da cri-ana, fazendo com queeste informativo fossede contedo religioso eatrativo, pois abrange aadultos e crianas. Ospais encaminham osseus filhos para a mis-sa, para o curso e paraalguns eventos relaci-onados Igreja e, decerta forma, paira so-bre eles a dvida: o quefaz meu filho l?

    Pensando nestadvida, decidi infor-m-los e incentiv-losa continuarem encami-nhando e acompa-nhando os seus filhose juntos permanece-rem na F. O jornaltraz informaes sobrea Formao de umCoroinha e umAclito, fala tambmsobre a F da criana,dvidas que ns, adul-tos, e, principalmente, as crianastenhamos, e por falta de tempoou vergonha no perguntamos.Comenta-se tambm de assun-tos atuais e assuntos de extremaimportncia, como dvidas quesejam sanadas por Padres e Psi-clogas. Contm um espao-cri-

    ana e entrevistas com nossosCoroinhas/Aclitos.

    E acreditando que, como crianascrescidas na orao, poderemos nos tor-nar adultos de F. Erica Bouri (Coor-denadora de Coroinhas da Comunida-de de Santa Rita)

    Contato:corinhadessr@hotmail.com

    VISITE O NOSSO SITE:www.paroquiadeaparecida.com.br

    /ColorImageDict > /JPEG2000ColorACSImageDict > /JPEG2000ColorImageDict > /AntiAliasGrayImages false /DownsampleGrayImages true /GrayImageDownsampleType /Bicubic /GrayImageResolution 300 /GrayImageDepth -1 /GrayImageDownsampleThreshold 1.50000 /EncodeGrayImages true /GrayImageFilter /DCTEncode /AutoFilterGrayImages true /GrayImageAutoFilterStrategy /JPEG /GrayACSImageDict > /GrayImageDict > /JPEG2000GrayACSImageDict > /JPEG2000GrayImageDict > /AntiAliasMonoImages false /DownsampleMonoImages true /MonoImageDownsampleType /Bicubic /MonoImageResolution 1200 /MonoImageDepth -1 /MonoImageDownsampleThreshold 1.50000 /EncodeMonoImages true /MonoImageFilter /CCITTFaxEncode /MonoImageDict > /AllowPSXObjects false /PDFX1aCheck false /PDFX3Check false /PDFXCompliantPDFOnly false /PDFXNoTrimBoxError true /PDFXTrimBoxToMediaBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXSetBleedBoxToMediaBox true /PDFXBleedBoxToTrimBoxOffset [ 0.00000 0.00000 0.00000 0.00000 ] /PDFXOutputIntentProfile () /PDFXOutputCondition () /PDFXRegistryName (http://www.color.org) /PDFXTrapped /Unknown

    /Description >>> setdistillerparams> setpagedevice