CRBS S/A - ? Classificao Nacional da 46.35-4-02 (Quadro 1 da NR-4) ... representantes do SESMT,

  • Published on
    20-Nov-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

  • CRBS S/A

    Perodo: JUNHO 2012 JUNHO 2013

    SASMET COORDENADOR: REGINALDO BESERRA ALVES ENGENHEIRO DO TRABALHO

  • AANNLLIISSEE DDEE RRIISSCCOOSS

    AAMMBBIIEENNTTAAIISS EE CCAARRAACCTTEERRIIZZAAOO

    DDAA AATTIIVVIIDDAADDEE

    JJuunn//22001122 JJuunn//22001133

  • CCAARRAACCTTEERRSSTTIICCAASS DDAASS IINNSSTTAALLAAEESS

    JJuunn//22001122 JJuunn //22001133

  • PPLLAANNOO DDEE

    AAOO EE MMEELLHHOORRIIAASS

    JJuunn//22001122 JJuunn //22001133

  • AANNTTEECCIIPPAAOO EE RREECCOONNHHEECCIIMMEENNTTOO

    DDOOSS RRIISSCCOOSS

    JJuunn//22001122 JJuunn //22001133

  • QQUUAADDRROO DDEE EEPPII EE PPLLAANNEEJJAAMMEENNTTOO

    AANNUUAALL

    JJuunn//22001122 JJuunn //22001133

  • RREELLAAOO DDEE FFUUNNCCIIOONNRRIIOOSS DDAA

    EEMMPPRREESSAA EE CCEERRTTIIFFIICCAADDOO DDEE AAPPRROOVVAAOO DDOOSS EEQQUUIIPPAAMMEENNTTOOSS

    JJuunn//22001122 JJuunn //22001133

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    I OBJETIVO II INTRODUO 2.1 - IDENTIFICAO DA UNIDADE 2.2 - DESCRIO DOS MACROS PROCESSOS III QUALIFICAO DOS RESPONSVEIS

    3.1 - RESPONSVEL PELA UNIDADE 3.2 - RESPONSVEL PELO PPRA 3.3 EQUIPE OPERACIONAL IV ESTRUTURA DO PROGRAMA

    4.1 - PLANO DE AO V ESTRATGIA E METODOLOGIA DE DESENVENVOLVIMENTO DO PROGRAMA 5.1 - ANTECIPAO E RECONHECIMENTO

    5.2 - ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES 5.3 - AVALIAO DOS RISCOS 5.4 - MEDIDAS DE CONTROLE 5.5 - MONITORAMENTO 5.6 - REGISTRO, MANUTENO E DIVULGAO 5.7 - PERIODICIDADE E FORMA DE AVALIAO

    VI METAS VII RESPONSABILIDADES 7.1 DA EMPRESA

    7.2 DA CIPA 7.3 DOS EMPREGADOS 7.4 DA FUNO SEGURANA 7.5 DA FUNO SADE 7.6 DA GERNCIA / SUPERVISO

    VIII CONCLUSES IX ANEXOS

    Planilha de Anlise de Riscos e Caracterizao da Atividade Antecipao e Reconhecimento dos Riscos Ambientais

    Planilha de Caracterizao das Instalaes e Condies Ambientais Quadro de EPI

    Planejamento Anual Plano de Ao e melhorias Relao de Funcionrios da Empresa Certificado de Aprovao dos Equipamentos

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    I - OBJETIVO

    Assegurar aos trabalhadores, padres adequados de sade e bem-estar, atravs da antecipao, reconhecimento, avaliao e controle dos riscos ambientais, existentes ou potenciais, nos locais de trabalho, considerando a proteo ao meio ambiente e dos recursos naturais, atendendo a Norma Regulamentadora n 9, da Portaria 3.214/78, do Ministrio do Trabalho e Emprego.

    II - INTRODUO

    2.1 - IDENTIFICAO DA UNIDADE

    Empresa: CRBS S/A. Unidade: CDD Manaus Endereo Av. Torquato Tapajs n 12.685, Tarum -

    69.041-025 - Manaus AM CNPJ: 03.051.050/0014-00 Inscrio Estadual: 04.101.046-9 Ramo de Atividade: Com. atacadista de cerveja, chope e refrigerante

    Caractersticas Produtivas: Distribuio Classificao Nacional da 46.35-4-02 (Quadro 1 da NR-4) Atividade Econmica: Grau de Risco: 3 (Quadro I da NR-4) Nmero de Funcionrios: 238

    2.2 - DESCRIO DOS MACRO-PROCESSOS

    As atividades so desenvolvidas em Manaus, em prdio localizado na Estrada Torquato Tapajs, 12.685 (Km-11) Flores, com atividades administrativas e operacionais definidas em 04 processos macros que so: DEPSITO, DISTRIBUIO, VENDAS e MARKETING. Tais processos so detalhados em atividades que esto ligados aos departamentos da Unidade e abaixo relacionados sinteticamente:

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    2.2.1 - Gente & Gesto

    Administra os recursos humanos e tambm gerencia a Segurana Industrial da Unidade.

    2.2.2 - Administrativo / Financeiro

    Controlar despesas e receitas, levantar informaes para subsidiar a estratgia da empresa e manter a integridade e comunicao do parque de informtica.

    2.2.3 Logstica

    Controle do estoque de bebidas, carregamento e distribuio bem como a prestao de contas do movimento gerado e manuteno de equipamentos.

    2.2.4 - Vendas - rotas Atendimento de vendas de bebidas para clientes de pequeno e mdio porte da grande Manaus.

    2.2.5 - Vendas AS

    Atendimento das grandes redes de supermercados.

    2.2.6 C A T

    Manuteno dos equipamentos de chop e refrigerantes.

    Os servios de manuteno necessrios continuidade operacional so feitos por pessoal contratado, gerenciados pelo departamento de Logstica da Unidade. Os servios gerais executam, com pessoal contratado, servios de preparo de jardins, manuteno da limpeza e de reforma de edificaes. Toda a logstica de distribuio sofre severa influncia das caractersticas da regio em funo das distncias a serem vencidas diariamente.

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    III - QUALIFICAO DOS RESPONSVEIS

    3.1 - RESPONSVEL PELA UNIDADE: Pablo Marculano Gerente Comercial de Rota.

    3.2 - RESPONSVEL PELO PPRA: Alessandra de Faria Gerente de Gente & Gesto.

    3.3 - EQUIPE OPERACIONAL: Taciane Martins de Moraes

    Ada Barroso de Brito Tcnico de Segurana do Trabalho

    IV - ESTRUTURA DO PROGRAMA

    4.1 - PLANO DE AO

    Este PPRA direciona as aes prevencionistas de conforme os cronogramas anexados esto planejados baseados na metodologia 5W1H ou similar e, sero realizadas seguindo a estratgia e metodologias discutidas no item VI.

    V - ESTRATGIA E METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO

    DO PROGRAMA

    De um modo geral o PPRA tem uma concepo clssica de Higiene Ocupacional, que ser usada com os mesmos objetivos convencionais de Antecipao, Identificao e Reconhecimento, Avaliao e Controle dos riscos ambientais, onde sero usados um conjunto de procedimentos tcnicos e administrativos e exigidos compromissos com a eliminao ou minimizao dos riscos. A preveno de riscos ambientais se desenvolve em, basicamente, 04 fases (conforme prev a NR-9):

    Fase da antecipao Fase do reconhecimento Fase da avaliao e Fase de controle dos Riscos Ambientais

    Os objetivos e metodologias de ao das fases, e seus desdobramentos, bem como aes posteriores, so:

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    5.1 - ANTECIPAO E RECONHECIMENTO

    Na concepo da Antecipao aos riscos associados a agentes fsicos, qumicos e biolgicos esto previstas anlises em projetos de novas instalaes, mtodos ou processos de trabalho, alteraes ou modificaes nos projetos ou processos j existentes, visando identificar futuros riscos e recomendar a implantao de medidas de controle contra danos a sade, a integridade fsica dos trabalhadores e impactos ao meio ambiente. Esta fase ser realizada atravs de estudos ambientais relacionadas a seguir:

    Situaes para anlise antecipada de riscos a) Durante a concepo de projetos das instalaes, equipamentos e postos de

    trabalho; b) Quando da introduo de novos processos ou produtos; c) Nas mudanas de projeto; d) Nas modificaes de processos em funcionamento; e) Nas alteraes de posto de trabalho; f) Nas instalaes de equipamentos novos. Bases de projetos sero dispostas, de forma ordenada, com todas as informaes tcnicas prvias necessrias para aquisio e fornecimento de equipamentos e materiais a serem usados nas novas instalaes, de forma que sejam projetados e especificados dentro de padres que contemplem todos os aspectos prevencionistas de Segurana, Higiene Industrial e Meio Ambiente. Os estudos sero realizados por uma equipe multidisciplinar constituda por representantes do SESMT, da CIPA e das gerncias envolvidas. As responsabilidades e atribuies da equipe sero definidas pelo coordenador do PPRA. O Reconhecimento dos riscos sade do trabalhador requer a anlise sistemtica e conhecimento detalhado dos mtodos de trabalho, processos e operaes, matria-prima e produtos finais ou secundrios, alm de bons conhecimentos de Higiene Ocupacional. Sendo usado como base, levantamento completo e atualizado dos riscos existentes e outras tcnicas especficas de avaliao de condies ambientais de trabalho. As instalaes industriais e, conseqentemente, os trabalhadores, devido prpria natureza e diversidade dos equipamentos e materiais que manuseiam, esto sujeitos a uma variedade de riscos que podem provocar danos s instalaes, sade das pessoas, e ao meio ambiente.

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    O estudo de reconhecimento dos riscos poder ser feito atravs das tcnicas de Anlise Preliminar de Riscos (APR), Anlise Quantitativa de Riscos (AQR) e Estudos de Perigos e Operabilidade (HaZop) para avaliar qualitativamente ou quantitativamente os mesmos, considerando os riscos associados com agentes fsicos, qumicos, ergonmicos, biolgicos e de riscos de acidentes existentes nos locais de trabalho e nas tarefas/atividades executadas pelos trabalhadores e servir para nortear a avaliao ambiental e/ou as medidas de controle dos mesmos. A finalidade bsica da Anlise de Risco revisar e avaliar todos os procedimentos e prticas dentro das instalaes industriais, atravs da participao de equipes multidisciplinares, com o objetivo de identificar e, se possvel, eliminar ou minimizar os riscos. So realizadas avaliaes nos diversos ambientes de trabalho das instalaes industriais, onde so verificadas e levantadas todas as informaes possveis, atravs de tcnicas especficas, registradas em planilhas contemplando os seguintes dados: risco, causa, modos de deteco, efeitos, classe de freqncia, severidade das conseqncias (produtos, inventrio, possibilidade de propagao, grau de severidade), classe de risco, recomendaes/observaes e hipteses acidentais. Aps esta srie de informaes coletadas e inferidas, so realizadas anlises comparativas com padres normativos da empresa, nacionais e internacionais. Nos relatrios de concluses e recomendaes, constam todas as planilhas com os dados levantados; tcnicas utilizadas; padres comparativos; medidas de mitigao dos riscos, verificados de acordo com as tcnicas usadas, onde se determinam as Classes de Medidas (Aconselhvel-A, Necessria-N e Imprescindvel-I) e Classificao do Risco (Risco No Crtico-RNC, Risco Moderado-RM e Risco Crtico-RC); tabelas com a hierarquizao das medidas mitigadoras.

    5.1.1 - Levantamento de Riscos Ambientais Para atender as diretrizes da Participao e Interao da Poltica de Higiene Industrial (PHI), so realizadas inspees planejadas ou no planejadas nos locais de trabalho, por equipe multidisciplinar, para identificao e registro de dados, que so sintetizados em planilhas contendo diversas informaes, como: agente de risco, fonte geradora, atividade e funo do empregado, nmero de trabalhadores expostos, medidas de controle adotadas e/ou recomendadas, grupo e grau de risco e possveis registros de doenas ocupacionais. Essas informaes servem de base para elaborao e atualizao dos Mapas de Riscos dos diversos locais de trabalho, aquisio de novos equipamentos para avaliaes ambientais, realizao de avaliaes quantitativas de agentes agressivos, programao de treinamentos para aprimoramento tcnico na rea de higiene industrial, bases para direcionamento de aes de controle do PCMSO e PPRA.

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    5.2 - ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES.

    As tcnicas utilizadas na fase de antecipao e reconhecimento fornecem os dados necessrios para priorizar o atendimento das no-conformidades.

    5.2.1 - No Levantamento dos Riscos Ambientais, a classificao dos riscos, e conseqentemente a priorizao das medidas de controle, so decorrentes do nvel de presena do agente no local, conforme indicado nos Mapas de Risco.

    5.2.2 - Nas Anlises de Risco, a hierarquizao das medidas mitigadoras toda

    estabelecida em funo do resultado: Classe de Medidas para Atendimento versus Classificao do Risco, conforme tabela I, mantendo a respectiva correlao; dos prazos (curto, mdio, longo) e dos custos (baixo, mdio, alto), sempre tendo em conta a proteo do trabalhador.

    Classe de Medidas Classificao do Risco Aconselhvel ( A ) Necessria ( N ) Imprescindvel ( I )

    Risco No Crtico ( RNC ) Risco Moderado ( RM ) Risco Crtico ( RC )

    Tabela I - Classe de Medidas X Classificao do Risco

    5.3 - AVALIAO DOS RISCOS

    5.3.1 - fundamentalmente quantitativa principalmente para aqueles agentes de

    maior incidncia, como rudo, por exemplo. A quantificao necessria para comprovao e dimensionamento dos riscos ambientais, alm de subsidiar as medidas de controle a serem implementadas. Para a fase de reconhecimento podem tambm ser usada ferramenta de avaliao, reconhecidas e aceitas, como APR, HAZOP, AQR, etc.

    5.3.2 - As avaliaes devem ser realizadas usando instrumentos de medidas, dispositivos de amostragem e procedimentos de exatido, preciso e confiabilidade, bem como critrios qualitativos conhecidos e demonstrados.

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    5.3.3 - considerada a Portaria 3.214/78, NR-15, Anexos 1 e 2 e a NR-17, do Ministrio do Trabalho e Emprego e as normas NBR 10151 e 10152 da ABNT e NBR 5413.

    5.3.4 - Para o agente rudo foram mapeadas quantitativamente as reas

    operacionais e administrativas, atravs do levantamento ambiental com a utilizao de Medidor do Nvel de Presso Sonora, que o sistema bsico para medio e avaliao de rudo ambiental. Sero levantadas, quando necessrio, a freqncia em que o rudo emitido centrado nas faixas de 125Hz a 8 kHz principalmente para a validao dos protetores auriculares com 95% de confiana, atravs de clculo de atenuao pelo mtodo longo.

    5.3.5 - Os trabalhadores expostos aos nveis mais crticos de rudo sero monitorados por dosimetria, utilizando dosmetro de rudo tipo 2 e cujos resultados sero analisados e interpretados por tcnicos treinados.

    5.3.6 - Sero avaliados os nveis de iluminamento dos ambientes de trabalho, de

    acordo com as necessidades identificadas, utilizando Luxmetro.

    5.3.7 - A freqncia e extenso de cada avaliao dependem de vrios fatores, tais como: variedade e toxicidade de produtos utilizados, tipos de tarefas, resultados de avaliaes anteriores, reclamao de trabalhadores, registros mdicos de problemas de sade, alm das situaes novas que surgirem.

    5.3.8 - O processo de avaliao composto de duas fases distintas, inicialmente realiza-se a medio instrumental ou laboratorial de concentrao do agente e a seguir comparam-se os resultados aos nveis de Exposies Aceitveis (Limites de Tolerncia). Para iniciar a avaliao, deve-se, em uma visita preliminar, conhecer e definir itens bsicos, tais como:

    rea em que ser realizada a avaliao; Nmero de trabalhadores expostos; Movimentao dos trabalhadores em relao ao ambiente de trabalho,

    durante a sua jornada diria; Movimentao de materiais que podem ser possveis fontes de exposio; Condies de ventilao; Ritmo de produo ou de trabalho; Agentes a pesquisar; Agentes presentes que interfiram na coleta e anlise.

    Com essas informaes, define-se a estratgia de amostragem, considerando:

    Dados levantados na visita preliminar; Equipamentos de medio ou coleta de amostras a serem utilizadas;

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    Anlise do material coletado; Pessoal necessrio para coleta de amostras; Preciso, sensibilidade e exatido do mtodo a ser empregado; Tempo de coleta de cada amostra; Nmero de amostras a serem coletadas; Localizao dos pontos de coleta; Dias em que as amostras sero coletadas.

    5.3.9 - Realizada a medio e de posse dos resultados das concentraes de

    cada ponto, passa-se comparao destes com os padres, o que levar s concluses de necessidade ou no de medidas de controle, bem como da gravidade do risco a que possivelmente o trabalhador esteja exposto.

    5.3.10 - Os relatrios conclusivos devem conter, os antecedentes tcnico-legais sobre o agente, a metodologia usada, as normas consideradas nas anlises, o instrumental utilizado, incluindo modelo, calibrao, caractersticas tcnicas do instrumento, condies ambientais e meteorolgicas durante a realizao da avaliao.

    5.3.11 - Para cada agente a ser avaliado existe o Padro Definido, a correspondente metodologia e o instrumental a ser utilizado.

    5.3.12 - Em funo das novas necessidades estabelecidas, sero sempre adquiridos novos equipamentos de avaliao.

    5.4 - MEDIDAS DE CONTROLE

    5.4.1 - As medidas de controle recomendadas nos relatrios de avaliao devem ser especificadas de forma a serem necessrias e suficientes para eliminar a exposio do trabalhador ou, ao menos reduzi-la a um nvel aceitvel, com prioridade s de ordem coletiva.

    5.4.2 - Os relatrios so encaminhados s gerncias responsveis pela rea ou local avaliado para que sejam implementadas as medidas recomendadas.

    5.4.3 - Nas reas operacionais, os relatrios de avaliao sero apresentados nas reunies de gerentes e supervisores, para as providncias cabveis a cada rea e acompanhamento das solues de todas as pendncias.

    5.4.4 - Dentre as medidas recomendadas, destacam-se algumas, que so atendidas preliminarmente por serem de execues essencialmente administrativas:

    Interdio ou paralisao de atividades; Proibio do uso de certos produtos; Proibio de certas tcnicas de trabalho;

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    Limitao do tempo de exposio; Limitao do nmero de trabalhadores expostos; Organizao do trabalho; Treinamento dos trabalhadores.

    5.4.5 - Outros grupos de medidas de controle so de execuo essencialmente tcnica, que na medida do possvel vm sendo implementadas: Eliminao do agente; Substituio do agente; Modificao do mtodo, processo ou tcnica de trabalho; Segregao fsica do agente ou atividade; Mudana nos lay-outs das instalaes; Modificao no todo ou em partes/componentes dos equipamentos. 5.4.6 - Quando a proteo coletiva invivel tecnicamente, o recurso utilizado o uso de Equipamento de Proteo Individual (EPI). 5.4.7 - Antes do fornecimento do EPI, o usurio deve receber informaes e

    orientaes sobre as conseqncias de ficar exposto ao risco, como us-lo corretamente, noes de higienizao e manuteno, guarda e conservao do mesmo.

    5.4.8 - No caso da deteco de agente existente no ambiente de trabalho, cujos

    limites de exposio forem omitidos pelas Legislaes Brasileiras, deve-se usar outras referncias e critrios de instituies reconhecidas como: ACGIH - American Conference of Governmental Industrial Hygienists; NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health; OSHA - Occupational Safety and Health Administration e HSE- Health and Safety Executive, (U.K.).

    5.5 - MONITORAMENTOS

    5.5.1 - So realizados de acordo com os Programas Corporativos, utilizando os

    respectivos indicadores e relatrios consolidados em nvel corporativo e divulgados para toda a Companhia, quando relevantes ou solicitados.

    5.5.2 - A avaliao conjunta PPRA e PCMSO analisar se os controles implantados esto apresentando os resultados esperados. Deve tambm discutir parmetros para estabelecimento de um NVEL DE AO para implantar e ou implementar medidas preventivas, administrativas ou no, toda vez que as exposies dos trabalhadores a agentes ambientais agressivos, ultrapassarem a metade dos Limites de Tolerncias ou Dose (50% do LT).

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    5.6 - REGISTRO, MANUTENO E DIVULGAO.

    5.6.1 - No departamento de Gente e Gesto da CRBS S/A, sero criados arquivos especficos e numerados contendo todos os documentos relativos ao PPRA, de forma a disponibilizar um acervo tcnico administrativo e histrico, para acompanhamento das aes e desenvolvimento do PPRA.

    5.6.3 - Esses dados sero mantidos pelo tempo que for necessrio e, alguns

    casos, por no mnimo 20 anos, para atender eventuais consultas e subsidiar informaes na elaborao de laudos tcnicos sobre a vida laboral de empregados e contratados, inclusive informaes posteriores.

    5.6.4 - A divulgao dos dados do PPRA ser realizada em reunies da CIPA, e

    em reunies com gerentes e empregados, especficas ou no para tal finalidade.

    5.6.5 - O documento base e suas alteraes e complementaes devero ser

    divulgados em reunies da CIPA, com cpia anexada ata da reunio. 5.6.6 - Podero tambm ser divulgado atravs de palestras preparadas

    mostrando os resultados atravs de grficos ou estatsticas, ou ainda atravs de quadros de aviso.

    5.6.7 - O documento base e os dados sero ser divulgados sempre que se

    fizerem necessrios e estaro inteiramente disposio para consulta imediata de todos os empregados interessados, seus representantes legais e autoridades competentes.

    5.7 - PERIODICIDADE E FORMA DE AVALIAO DO PROGRAMA

    5.7.1 - O PPRA passar por uma avaliao inicial em Junho 2011 e por

    avaliaes de acompanhamento nos meses de Outubro 2011, Fevereiro 2012, Junho 2012, quando sero comparados e renovados os objetivos traados e os nveis de evoluo do programa. Os parmetros e protocolos para essa avaliao sero criados e desenvolvidos por equipe multidisciplinar. A partir dos resultados da avaliao sero traados planos de aes para correo das reas indicadas para melhoria, bem como implementaes necessrias.

    5.7.2 - Nas reunies de avaliao do PPRA ocorrer, conjuntamente, a avaliao do PCMSO.

    5.7.3 - Os ndices de acompanhamento sero medidos atravs dos registros sistemticos da evoluo dos resultados alcanados, os quais sero

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    apresentados nas reunies da CIPA e divulgados atravs de informativos do Programa.

    VI METAS

    As metas do Programa sero conduzidas em consonncias as metas corporativas e da Unidade. Mais especificamente quanto exposio aos riscos ambientais as metas direcionam ao atendimento s Normas Regulamentadoras da Portaria 3.214/78, nas suas especificaes e determinaes de limites de tolerncia.

    VII RESPONSABILIDADES

    7.1 - DA EMPRESA

    Estabelecer, implementar e assegurar o cumprimento do PPRA como atividade permanente na empresa; Indicar um coordenador para o programa; Informar aos trabalhadores, de maneira apropriada e suficiente, sobre os riscos ambientais em seus locais de trabalho e sobre as formas adequadas de se prevenir de tais riscos; Garantir aos trabalhadores a interrupo imediata de suas atividades, com a comunicao do fato ao superior hierrquico, em caso de situao de risco grave e iminente ou de agravos a sade por agentes ambientais; Executar aes integradas com as outras empresas, quando realizarem simultaneamente atividades no mesmo local, visando a proteo de todos os trabalhadores expostos aos riscos ambientais; Incentivar a participao dos trabalhadores que podem contribuir na elaborao do PPRA e no desenvolvimento de suas aes; Levar em considerao o Mapa de Riscos, para fins de planejamento e execuo do PPRA em todas as suas fases; Disponibilizar recursos materiais, tcnicos e financeiros para implementao do Programa. 7.2 - DA CIPA

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    Participar dos estudos de classificao do potencial de riscos para elaborao e/ou atualizao dos Mapas de Riscos Ambientais;

    Participar da analise critica do Programa.

    7.3 - DOS EMPREGADOS

    Seguir as recomendaes recebidas nos treinamentos; Informar aos seus superiores hierrquicos as ocorrncias que a seu julgamento, possam implicar em riscos sade dos trabalhadores; Apresentar propostas e se empenhar em receber informaes/orientaes como forma de preveno aos riscos ambientais identificados no PPRA.

    7.4 - DA FUNO SEGURANA

    Encaminhar uma cpia do PPRA para a CIPA; Executar, coordenar e monitorar as etapas do programa; Programar e aplicar treinamento com o objetivo de instruir os trabalhadores sobre as tcnicas de preveno contra os riscos ambientais; Propor solues para eliminar/reduzir a exposio aos riscos ambientais; Manter arquivado por 20 (vinte) anos os relatrios das avaliaes ambientais e pessoais de exposio aos riscos existentes; Encaminhar para a funo sade, cpia dos relatrios das avaliaes e reavaliaes dos riscos ambientais.

    7.5 - DA FUNO SADE

    Promover treinamento aos empregados com objetivo de instru-los sobre as tcnicas de preveno contra os riscos ambientais; Informar a funo segurana s alteraes ocorridas com os trabalhadores em funo da exposio aos riscos existentes; Contribuir com informaes tcnicas sobre os riscos sade que possam ser causados por exposio aos agentes de risco; Implementar a interao do PCMSO com PPRA.

    7.6 - DAS GERNCIAS/SUPERVISES

    Colaborar na avaliao e identificao das emisses de contaminantes gerados em cada gerncia;

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    Informar aos trabalhadores os resultados da avaliao ambiental de seu local de trabalho; Interrelacionar-se com as reas de engenharia, manuteno e operao em busca de propostas de solues que reduzam/eliminem os agentes de risco; Programar e aplicar treinamento com o objetivo de instruir os empregados sobre os riscos existentes.

    VIII CONCLUSES

    De acordo com o Decreto 3.038/99, art. 64 1 concesso de aposentadoria especial depende de comprovao a feita pelo segurando requerente, perante o INSS, do tempo de trabalho habitual e permanente, no ocasional nem intermitente, exercido em condies especiais que prejudiquem a sade ou integridade fsica, durante o perodo mnimo pr-determinado. A relao de agentes nocivos qumicos, fsicos ou associao de agentes prejudiciais sade ou integridade fsica, considerandos para fins de concesso de aposentadoria especial, conta no ANEXO IV do regulamento da Previdncia Social (Decreto 3.048/99). A caracterizao das condies de trabalho para obteno de aposentadoria especial, apresentada neste documento, segue os requisitos estabelecidos pelo artigo 64 a 70 do Decreto mencionado. Ela foi obtida comparando-se cada condio de trabalho avaliada como as recomendaes contidas no ANEXO IV Classificao de Agentes Nocivos do referindo Decreto, sendo apresentada na ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DE ATIVIDADE de trabalho.

    A concluso deste trabalho negativa para caracterizao de aposentadoria especial, pois os trabalhadores avaliados no esto expostos a agentes nocivos prejudiciais sade, e ou integridade fsica, uma vez que as atividades avaliadas no contemplam os requisitos exigidos, por uma ou mais das seguintes causas:

    A freqncia de exposio ou tempo de exposio ao risco no habitual e

    permanente, no ocasional e nem intermitente;

    A intensidade do(s) agente (s) potencialmente nocivo(s) inferior ao(s) respectivo(s) limite(s) de tolerncia;

    A medida de controle relativa proteo coletiva ou individual eficaz.

  • PROGRAMA DE PREVENO

    DE RISCOS AMBIENTAIS PPRA 2012/ 2013

    CRBS S/A

    PPRA 2012/ 2013

    Estas informaes servem de base para elaborao dos Perfis Profissogrficos Previdencirios (PPP) em conjunto com os dados do Programa de Controle Mdicos e Sade Ocupacional (PCMSO) e programa de Preveno de Riscos Ambientais (PPRA).

    Manaus (AM) 14 de Junho de 2012 ______________________________ Sandra Rodrigues Tec. segurana do trabalho SRT/AM 0010910 ____________________________

    Reginaldo Beserra Alves Eng Seg. do Trabalho

    CREA/ AM 5.907 D/PB

  • Setor: ADS/Financeiro Cargo: Supervisor (01) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Descrio das Atividades:

    Administrao de contas a pagar, administrao de frota e servios da unidade, promover pagamento de empresas prestadoras de

    servios, atuar no conforto estrutural da unidade, bem como efetuar pagamento de todos os gastos do CDD, e demais contas referente

    operao.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    1

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 624500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 50.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de

    Tolerncia (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

  • Setor: ADS/Financeiro Cargo: Tcnico Administrativo (03) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Existentes Recomendadas

    Descrio das Atividades:

    Administrao de contas a pagar, administrao de frota e servios da unidade, promover pagamento de empresas prestadoras de servios,

    atuar no conforto estrutural da unidade, bem como efetuar pagamento de todos os gastos do CDD, e demais contas referente operao.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de

    Tolerncia (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    1

    Freqncia de Exposio

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Emergncia

    Operao

    Emergncia

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03

    HP698 698 550

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 50.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: ADS/Financeiro Cargo: Supervisor (01) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    1

    Descrio das Atividades:

    Apurao de resultados das vendas do CDD, executando pr-anlise tcnica detalhada e integral das informaes recebidas da rea de

    vendas, contabilizando o resultado das vendas por marcas por vendedor, e encaminhamento de informaes para consolidao da

    remunerao varivel de vendedores e Supervisores; possibilitar a continuidade nos processos normais das atividades rotineiras,

    efetuando triagens, encaminhando respostas e/ou solucionando eventuais problemas tratados s reas afins.

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 594500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diurnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 59.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Agente

    (Fator de Risco)Avaliao Quantitativa

    Limite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Causa / Fonte

  • Setor: ADS/Financeiro Cargo: Tc. Administrativo (03) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / FonteConcluso - Caracterizao

    da AtividadeFreqncia de

    Exposio

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    1

    Descrio das Atividades:

    Apurao de resultados das vendas do CDD, executando pr-anlise tcnica detalhada e integral das informaes recebidas da rea de

    vendas, contabilizando o resultado das vendas por marcas por vendedor, e encaminhamento de informaes para consolidao da

    remunerao varivel de vendedores e Supervisores; possibilitar a continuidade nos processos normais das atividades rotineiras,

    efetuando triagens, encaminhando respostas e/ou solucionando eventuais problemas tratados s reas afins.

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    CRBS S/A

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03

    HP523 592 623

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 59.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Responsvel pela Empresa

    (Fator de Risco)Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao

    da AtividadeExposioAvaliao Quantitativa Tolerncia

    (Legislao)

  • Setor: ADV/Financeiro Cargo: Supervisor de Vendas (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Existentes Recomendadas

    CRBS S/A

    Administrao de contas e receber, e cadastro de pontos de vendas, bem como documentao referente a comodato (aluguel de

    freezer's logomarcados) para clientes pr-definidos,controle de clientes inadimplentes e efetuao de cobrana dos mesmos

    adequados a operacionalizao das atividades financeiras, mediante estudos e pesquisas pertinentes, contabilizar a movimentao

    financeira, bem como garantir o fechamento mensal da unidade, mediante anlise das transaes efetuadas, subsidiando a rea de

    consolidao na apurao do resultado real.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    1

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 878

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 52.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    (Legislao)

  • Setor: Gente e Gesto Cargo:Tcnico Administrativo (2)

    Aprendiz (01)

    Menor Aprendiz (02)

    GFIP: Freqncia de Exposio CBO:Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Administrao de contas a pagar, e cadastro de pontos de vendas, bem como documentao referente a comodato (aluguel de

    freezer's logomarcados) para clientes pr-definidos,controle de clientes inadimplentes e efetuao de cobrana de dos mesmos

    adequados a operacionalizao das atividades financeiras, mediante estudos e pesquisas pertinentes, contabilizar a movimentao

    financeira, bem como garantir o fechamento mensal da unidade, mediante anlise das transaes efetuadas, subsidiando a rea de

    consolidao na apurao do resultado real.

    3

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03 Mesa 04

    HP

    524 774 708 318

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fisico

    - RUDO

    Ambiente HP 52.465 db

    (NBR-10152)Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    consolidao na apurao do resultado real.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Gente e Gesto Cargo:Tcnico Seguranao do

    Trabalho (02)GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    Causa / FonteConcluso - Caracterizao Agente Freqncia de

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    1

    Descrio das Atividades:

    Garantir a implementao das diretrizes de segurana e sade ocupacional; acompanhar os acidentes de trabalho, investigando, garantindo a

    execuo e o comprometimento dos envolvidos nas aes corretivas; garantir o cumprimento e acompanhamento dos requisitos legais (CIPA,

    PCMSO, PPRA, brigada de emergncia e etc).

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02

    HP548 535

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 63.365 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Causa / FonteConcluso - Caracterizao

    da AtividadeAgente

    (Fator de Risco)Freqncia de

    Exposio

  • Setor: Vendas / Centro Oeste Cargo: Gerente de Vendas (01) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , D

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 IT 111500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente IT 63.865 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Centro Oeste Cargo: Supervisor de Vendas (05) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas,

    preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02Mesa 03 Mesa 04 Mesa 05

    EV

    457 224218454 433

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 63.865 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Sala Vip Cargo: Gerente de Vendas (01) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas,

    preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01

    EV 251500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 58.665 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Sala Vip Cargo: Supervisor de Vendas (03) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de

    investimentos, MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados (

    volume de vendas, preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01Mesa 02 Mesa 03

    EV

    269 347 269

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 58.665 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Zona Leste Cargo: Gerente de Vendas (01) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas,

    preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01EV 425

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 63.265 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Zona Leste Cargo: Supervisor de Vendas (4) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua responsabilidade

    alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos, MVR , Domnio,

    projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas, preo, cobertura,

    desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03 Mesa 04

    EV

    324404554 470

    500 Lux(NR-17)

    NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 63.265 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Sala ASR Cargo: Gerente de Vendas (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas,

    preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01EV 244

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 60.165 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas / Sala ASR Cargo: Supervisor de Vendas (3) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas da rota, realizando as atividades previstas nos cronogramas e mantendo a equipe sob sua

    responsabilidade alinhada ao processo, responsvel pela utilizao das ferramentas de vendas (Thomas, desempenho de investimentos,

    MVR , Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de resultados ( volume de vendas,

    preo, cobertura, desempenho de investimentos, inadimplncia e devoluo).

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01Mesa 02 Mesa 03

    EV399 408215

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 60.165 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Faturamento / Financeiro Cargo: Tcnico Administrativo (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Conferir e confrontar valores, vencimentos e outros, com a documentao correspondente (notas promissrias, notas fiscais, duplicatas,

    recibos) e procedendo os lanamentos do movimento dirio;Efetuar o fechamento do caixa de forma a assegurar a regularida

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 418500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 60.265 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Caixa / Financeiro Cargo: Caixa (2) GFIP: Freqncia de Exposio CBO:Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Conferir e confrontar valores, vencimentos e outros, com a documentao correspondente (notas promissrias, notas fiscais, duplicatas,

    recibos) e procedendo os lanamentos do movimento dirio;Efetuar o fechamento do caixa de forma a assegurar a regularidade das

    transaes financeiras ocorridas, controlando os recebimentos de terceiros, mediante cheque, moeda corrente, boletos bancrios e

    comprovantes de recebimento;

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 327500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial -

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 57.465 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: ADV/Financeiro Cargo: Aprendiz (2) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Descrio das Atividades:

    Administrao de contas a pagar, e cadastro de pontos de vendas, bem como documentao referente a comodato (aluguel de freezer's

    logomarcados) para clientes pr-definidos,controle de clientes inadimplentes e efetuao de cobrana de dos mesmos adequados a

    operacionalizao das atividades financeiras, mediante estudos e pesquisas pertinentes, contabilizar a movimentao financeira, bem

    como garantir o fechamento mensal da unidade, mediante anlise das transaes efetuadas, subsidiando a rea de consolidao na

    apurao do resultado real.

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    1

    Limite de

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 566500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 57.465 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

  • Setor: ADS/Financeiro Cargo:Tcnico Informtica

    (teceirizado) (2)GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Participar da elaborao do oramento de Informtica, levantando dados, sugerindo modificaes de estrutura e elaborando relatrios

    finais para tomada de deciso, assegurar o armazenamento das informaes contidas nos sistemas, conforme procedimentos e padres

    definidos pela DTI, garantir o bom andamento e continuidade dos servios de informtica dentro do fluxo de trabalho da entidade.

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 EV 550500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 50.465 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Marketing Cargo: Auxiliar de Marketing (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Zelar pelos materiais de merchandising e utilizar corretamente as marcas no mercado, efetuar o acompanhamento da forma de utilizao

    dos equipamentos de refrigerao junto ao mercado, visando o atendimento do contrato de comodato, conferir se as documenta

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 EV 408500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente EV 60.165 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de

    Tolerncia (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Marketing Cargo: Supervisor Trade Marketing (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Descrio das Atividades:

    Zelar pelos materiais de merchandising e utilizar corretamente as marcas no mercado, efetuar o acompanhamento da forma de utilizao dos

    equipamentos de refrigerao junto ao mercado, visando o atendimento do contrato de comodato, conferir se as documentaes dos clientes

    foram entregues, visando a emisso de contratos de comodato dos equipamentos pela rea de faturamento.

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    1

    Limite de

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 408500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 60.165 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao QuantitativaLimite de

    Tolerncia (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

  • Setor: Financeiro Cargo: Supervisor do Financeiro (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Efetuar o planejamento dos procedimentos, inclusive oamentrios, utilizados na conduo do CDD. Definir, monitorar e acompanhar itens

    do gerenciamento de rotina nos aspectos financeiros, garantir o cumprimento do processo fisico financeiro da Unidade, gerenciar o

    desenvolvimento das atividades administrativas e financeiras do CDD, gerenciar e assegurar a performance dos sistemas tecnologicos,

    garantir o cumprimento do oramento planejado, estimular constantemente o esprito do programa de excelncia e melhores prticas no

    CDD.

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa HP 627500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaLimite de

    Tolerncia (Legislao)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Gerncia Cargo:Gerente de Operaes (1)

    Supervisor (05)GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Efetuar o planejamento dos procedimentos, inclusive oamentrios, utilizados na conduo do CDD. Definir, monitorar e acompanhar itens

    do gerenciamento de rotina nos aspectos financeiros, garantir o cumprimento do processo fisico financeiro da Unidade, gerenciar o

    desenvolvimento das atividades administrativas e financeiras do CDD, gerenciar e assegurar a performance dos sistemas tecnologicos,

    garantir o cumprimento do oramento planejado, estimular constantemente o esprito do programa de excelncia e melhores prticas no

    CDD.

    Concluso - Caracterizao

    2

    Freqncia de Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    CRBS S/A

    Agente

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco de Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03 Mesa 04 Mesa 05 Mesa 06

    HP

    457 224 218 454 433 111

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 63.8

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Logstica/ Armazm Cargo: Coordenador (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Freqncia de Agente Concluso - Caracterizao Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades:

    Limite de

    1Controlar a chegada e sada das bebidas, observando o prazo de validade das mesmas, bem como efetuar o planejamento dos

    procedimentos, inclusive oamentrios, utilizados na conduo do CDD. Definir, monitorar e acompanhar itens do gerenciamento de

    rotina nos aspectos financeiros, garantir o cumprimento do processo fisico financeiro da Unidade, gerenciar o desenvolvimento das

    atividades administrativas e financeiras do CDD, gerenciar e assegurar a performance dos sistemas tecnologicos, garantir o

    cumprimento do oramento planejado, estimular constantemente o esprito do programa de excelncia e melhores prticas no CDD.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 109500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    Providenciar meios tcnicos para correo da iluminarias.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 64.9

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Causa / FonteLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao Quantitativa

  • Setor: Armazm Cargo: Supervisor de Vendas (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Descrio das Atividades:

    Limite de

    1

    Concluso - Caracterizao Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Controlar a chegada e sada das bebidas, observando o prazo de validade das mesmas, bem como efetuar o planejamento dos

    procedimentos, inclusive oamentrios, utilizados na conduo do CDD. Definir, monitorar e acompanhar itens do gerenciamento de

    rotina nos aspectos financeiros, garantir o cumprimento do processo fisico financeiro da Unidade, gerenciar o desenvolvimento das

    atividades administrativas e financeiras do CDD, gerenciar e assegurar a performance dos sistemas tecnologicos, garantir o

    cumprimento do oramento planejado, estimular constantemente o esprito do programa de excelncia e melhores prticas no CDD.

    Freqncia de Agente

    CRBS S/A

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 184500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz artificial)

    Providenciar meios tcnicospara correo da iluminarias.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 64.9

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Causa / FonteLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaConcluso - Caracterizao

    da AtividadeFreqncia de

    ExposioAgente

    (Fator de Risco)

  • Setor: Armazm / Controle Cargo:Tc. Administrativo (4)

    Aprendiz (1)GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Descrio das Atividades:

    2

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Controlar a chegada e sada das bebidas, observando o prazo de validade das mesmas, bem como efetuar o planejamento dos

    procedimentos, inclusive oamentrios, utilizados na conduo do CDD. Definir, monitorar e acompanhar itens do gerenciamento de

    rotina nos aspectos financeiros, garantir o cumprimento do processo fisico financeiro da Unidade, gerenciar o desenvolvimento das

    atividades administrativas e financeiras do CDD, gerenciar e assegurar a performance dos sistemas tecnologicos, garantir o

    cumprimento do oramento planejado, estimular constantemente o esprito do programa de excelncia e melhores prticas no CDD.

    CRBS S/A

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02

    HP120 107

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    Providenciar meios tcnicos para correo da iluminarias.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 66.7

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Causa / FonteLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao QuantitativaConcluso - Caracterizao

    da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Freqncia de

    ExposioAgente

    (Fator de Risco)

  • Setor: Armazm Cargo: Conferente (2) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Existentes Recomendadas

    Risco Fisico

    - RUDO Mquinas e veculos IT

    66.7 67.3 81.0 89.0

    85 dB(A)(NR-15, anexo 1)

    Uso de protetor auricularIntensificar treinamento epalestras quanto a importnciado uso de EPI.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Avaliao Quantitativa

    1Efetuar o recebimento , conferncia e autorizar o descarregamento de produtos transferidos das fbricas; Garantir maior eficincia nasoperaes com os clientes internos, efetuando a implementao de novas solues dentro dos prazos, qualidade e expectativa desejadas,

    visando racionalizar e/ou automatizar processos e rotinas de trabalho.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Causa / FonteLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades: Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Risco Fisico

    - CALOR Aquecimento das telhas da cobertura e reflexo no piso

    IT 27.926,7 IBUTG

    (NR-15, anexo 3)-

    Sempre que possvel fica no local refrigerado para descanso dirio, bebedouros prximos ao local de trabalho.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco Quimico

    MONXIDO DE CARBONO

    Escapamento dos gases dos caminhes

    HP -39 ppm

    (NR-15, anexo 11 quadro 1)

    -Efetuar a medio do monxidode carbono

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco Ergonmia

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Deposito de materias IT105 107

    300 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao natural e artificial

    Providenciar meios tcnicos para correo da iluminarias.

    Medidas de controle eficaz, caracteriza atividade especial.

    Risco de Acidente

    - QUEDA Carregamento

    e descarregamento de camines

    IT - -Uso de bota de segurana culos de segurana, capacete, cinto refletivo,

    Estender cabo guia em toda aextenso armazem, portandogancho trava quedas durante asoperaes.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela EmpresaResponsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: Logstica/ Distribuio Cargo: Menor Aprendiz (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Existentes RecomendadasCausa / Fonte

    Descrio das Atividades:

    Limite de Tolerncia

    (Legislao)Avaliao Quantitativa

    1

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Como contribuir com o desenvolvimento de polticas e procedimentos adequados a operacionalizao das atividades, fazendo controle

    em planilhas e auxiliando o Coordenador de Distribuio.

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    CRBS S/A

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 120500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)Iluminao artificial

    Providenciar meios tcnicos para correo da iluminarias.

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 66.7

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    da AtividadeExposio(Fator de Risco)

  • Setor: Logstica/Distribuio Cargo: Analista de Rota (3) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Descrio das Atividades:

    Limite de

    1

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Acompanhar a entrega dos caminhes da empresa de logstica, bem como contribuir com o desenvolvimento de polticas e procedimentos

    adequados a operacionalizao das atividades financeiras, efetuando anlise crtica dos instrumentos j existentes ou identificando a

    necessidade de serem desenvolvidos novos, mediante estudos e pesquisas pertinentes, contabilizar a movimentao financeira, bem como

    garantir o fechamento mensal da unidade, mediante anlise das transaes efetuadas, subsidiando a rea de consolidao na apurao

    do resultado real.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 IT 518500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Limite de Tolerncia

    (Legislao)Avaliao Quantitativa

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Causa / FonteFreqncia de

    ExposioAgente

    (Fator de Risco)

  • Setor: Logstica/ Distribuio Cargo: Coordenador (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    CRBS S/A

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Causa / Fonte

    Descrio das Atividades:

    Limite de Tolerncia Avaliao Quantitativa

    1Acompanhar a entrega dos caminhes da empresa de logstica, bem como contribuir com o desenvolvimento de polticas e

    procedimentos adequados a operacionalizao das atividades financeiras, efetuando anlise crtica dos instrumentos j existentes ou

    identificando a necessidade de serem desenvolvidos novos, mediante estudos e pesquisas pertinentes, contabilizar a movimentao

    financeira, bem como garantir o fechamento mensal da unidade, mediante anlise das transaes efetuadas, subsidiando a rea de

    consolidao na apurao do resultado real.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 428500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Exposio(Fator de Risco) da AtividadeCausa / Fonte Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Avaliao Quantitativa

  • Setor: Vendas - Cargo: Vendedor (50) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Freqncia de

    1

    Descrio das Atividades:

    Preparar e realizar a pr-venda do mix de produtos em cada um dos PDV's, cumprindo a rotina determinada pelo Programa de

    Excelncia, que visa manter e expandir a participao de mercado na sua rea de atuao e atingir as metas negociadas com

    supervisor, responder pelas crenas e polticas da Cia., cumprindo normas, MP, padres necessrios a realizao de sua atividade,

    responsvel pelos ativos da Cia. sob sua responsabilidade (moto, palm pillot, etc ).

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Concluso - Caracterizao Agente Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Limite de

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Fisico

    - RUDO Transito e motivao matinal. HP -85 dB(A)(NR-15)

    (anexo 1)-

    Fazer avaliao e adequaoque atenda a legislao quetrata do conforto acstico ereavaliao da motivaomatinal, dosimetria

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Risco Quimico

    MONXIDO DE CARBONO

    Escapamento dos gases dos veculos automotores

    HP -39 ppm(NR-15)

    (anexo 11 quadro 1)

    -Efetuar a medio do monxidode carbono

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Freqncia de Exposio

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Agente (Fator de Risco)

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Avaliao Quantitativa Tolerncia

    (Legislao)Causa / Fonte

  • Setor: Vendas - AS Cargo: Repositor (48) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Aval. Quantitativa Limite de Tolerncia

    (Legislao)Existentes Recomendadas

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    1

    Descrio das Atividades:

    Realizam a reposio dos produtos nos supemercados, substituem os preos, transportam nos carrinhos os produtos para a

    distribuio.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesas IT 506500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz artificial e

    natural)-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: Vendas - AS Cargo: Supervisor de Vendas (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Valor Medido

    LT (NR-15) / Existentes Recomendadas

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Freqncia de Exposio

    CRBS S/A

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    1

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades:

    Cumprir o processo de vendas do AS, realizando as atividades previstas nos cronogramas, responsvel pela utilizao das

    ferramentas de vendas (Thomas, Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de

    resultados ( volume de vendas, preo e devoluo), efetuar o acompanhamento dos repositores, buscando a melhoria da

    execuo no mercado e identificando carncias para treinamentos tericos;

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido (NR-15) / ACGIH NBR

    5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 IT 404500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 63.2

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    (Fator de Risco)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Exposio da Atividade

  • Setor: Vendas - AS Cargo: STM (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    LT Concluso - Caracterizao

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    1

    Descrio das Atividades:

    Freqncia de

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Agente

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas do AS, realizando as atividades previstas nos cronogramas, responsvel pela utilizao das

    ferramentas de vendas (Thomas, Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de

    resultados ( volume de vendas, preo e devoluo), efetuar o acompanhamento dos repositores, buscando a melhoria da

    execuo no mercado e identificando carncias para treinamentos tericos;

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido

    LT (NR-15) /

    ACGIH NBR 5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 IT 470500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 63.2

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: Vendas - AS Cargo: Gerente de Vendas (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    LT Concluso - Caracterizao

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    1

    Descrio das Atividades:

    Freqncia de

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Agente Causa / Fonte

    CRBS S/A

    Cumprir o processo de vendas do AS, realizando as atividades previstas nos cronogramas, responsvel pela utilizao das

    ferramentas de vendas (Thomas, Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de

    resultados ( volume de vendas, preo e devoluo), efetuar o acompanhamento dos repositores, buscando a melhoria da

    execuo no mercado e identificando carncias para treinamentos tericos;

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido (NR-15) / ACGIH NBR

    5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 IT 627500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 63.2

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: Vendas - AS Cargo: Repres. Vendas (2) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Valor Medido

    LT (NR-15) / Existentes Recomendadas

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Freqncia de Exposio

    CRBS S/A

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    1

    ANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades:

    Cumprir o processo de vendas do AS, realizando as atividades previstas nos cronogramas, responsvel pela utilizao das

    ferramentas de vendas (Thomas, Domnio, projetos de vendas, etc) com o objetivo de atingimento/melhoria da performance de

    resultados ( volume de vendas, preo e devoluo), efetuar o acompanhamento dos repositores, buscando a melhoria da

    execuo no mercado e identificando carncias para treinamentos tericos;

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido (NR-15) / ACGIH NBR

    5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 IT 554500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 63.2

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    (Fator de Risco)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Exposio da Atividade

  • Setor: Gerncia Cargo: Gerente Gente e Gesto (2) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Descrio das Atividades:

    Atuar como consultor e treinador de equipes na utilizao de ferramentas e qualidade; analisar e informar limites de posicionamento

    salarial, facilitando para gerentes de rea a negociao de propostas de enquadramentos, reclassificaes e promoes de cargos e

    salrios de acordo com a verba anual de salrios orada; analisar e executar processo de diagnstico de necessidades de

    treinamento de funcionrios para consolidar demandas, planejar, orar e realizar treinamento na unidade.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    1

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido

    LT (NR-15) /

    ACGIH NBR 5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 HP 428500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Concluso - Caracterizao da Atividade

  • Setor: Gerncia Cargo:Gerente de Distruio Direta

    (1)GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Aval. Quantitativa (Concentrao) Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    2

    Descrio das Atividades:

    Analisar sistemicamente os indicadores de mercado, para melhor atuar na alavancagem das vendas, fazer levantamentos

    peridicos nos resultados obtidos, prestar treinamentos para maior capacitao da equipe de vendas, promover recursos para

    otimizar a operao bem como, gerir toda operao no que lhe for pertinente.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido

    LT (NR-15) /

    ACGIH NBR 5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 741500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Freqncia de Exposio

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: Vendas Cargo: Gerente de Trade e Marketing (1)

    GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    LT Concluso - Caracterizao

    Aval. Quantitativa (Concentrao)

    Freqncia de

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Agente

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    2

    Descrio das Atividades:

    Responsvel pelo controle do desempenho de materiais permanentes (refrigerao, Jogos de Mesa Plstica, etc.) nos pontos de

    venda e do remanejamento dos equipamentos de desempenho baixo, a fim de alcanar a meta de volume de vendas, treinar a

    equipe de supervisores de vendas, auxiliares e vendedores nos assuntos e rotinas referentes a marketing e coordenar/monitorar a

    equipe de Auxiliares de Marketing.

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Valor Medido

    LT (NR-15) /

    ACGIH NBR 5413

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 HP 669500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 56.4

    65 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Freqncia de Exposio

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / Fonte

  • Setor: CAT Funo:

    Tcnico de Manuteno (4) GFIP Freqncia de Exposio CBO Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Existentes Recomendadas

    Risco Quimico Efetuar treinamento quanto ao Medidas de controle eficaz

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)Agente

    (Fator de Risco)Avaliao Quantitativa

    Limite de Tolerncia

    (Legislao)

    Descrio das Atividades:

    Manuteno de expositores de produtos e de mquinas de chopp

    Causa / Fonte

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Concluso - Caracterizao da Atividade

    4

    Freqncia de Exposio

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Risco Quimico

    PRODUTOS QUIMICOS EM GERAL

    Produtos usados para limpeza de peas

    HP - - -Efetuar treinamento quanto aouso de EPI recomendado para aatividade. (luva)

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    rea de circulao HP 262300 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    Reviso da rede eltrica para asdevidas adequaes

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente HP 65.4

    85 db (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

  • Setor: CAT Cargo: Supervisor Cat (1) GFIP: Freqncia de Exposio CBO: Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    1

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Descrio das Atividades:

    Supervisiona os expositores de produtos e de mquinas de chopp e promove conserto nos freezer's, bem como auxilia na assepsia dos

    barris de chopp.

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO INADEQUADA

    Mesa 01 IT 298500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle

    eficaz no caracteriza atividade especial.

    Risco de Fsico

    - RUDOAmbiente IT 63.7

    85 dB(A)(NR-15)

    (anexo 1)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza

    atividade especial.

    Freqncia de Exposio

    Limite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Agente (Fator de Risco)

    Causa / FonteConcluso - Caracterizao

    da Atividade

    Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    Avaliao Quantitativa

  • Setor: Gente e Gesto Cargo: Analista (3) GFIP: Freqncia de Exposio CBO:Funo:

    HP: Habitual e Permanente

    EV: Eventual

    IT: Intermitente

    Limite de Tolerncia Concluso - Caracterizao Agente Freqncia de Medidas de Controle (EPC's, EPI's, Treinamentos, ...)

    1

    Descrio das Atividades:

    Atuar como consultor e treinador de equipes na utilizao de ferramentas e qualidade; analisar e informar limites de posicionamento salarial,

    facilitando para gerentes de rea a negociao de propostas de enquadramentos, reclassificaes e promoes de cargos e salrios de

    acordo com a verba anual de salrios orada; analisar e executar processo de diagnstico de necessidades de treinamento de funcionrios

    para consolidar demandas, planejar, orar e realizar treinamento na unidade.

    CRBS S/AANLISE DE RISCOS AMBIENTAIS E CARACTERIZAO DA ATIVIDADE

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Operao

    Manuteno

    Emergncia

    Existentes Recomendadas

    Risco Ergonmico

    - ILUMINAO ADEQUADA

    Mesa 01 Mesa 02 Mesa 03

    HP267 684 684

    500 Lux(NR-17)

    (NBR-5413)

    Iluminao artificial (completada diuturnamente com luz natural)

    -Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Risco Fsico

    - RUDO

    Ambiente HP 63.065 db

    (NBR-10152)

    O rudo esta dentro do limite permitido conforme norma

    regulamentadora-

    Medidas de controle eficaz no caracteriza atividade

    especial.

    Avaliao QuantitativaLimite de Tolerncia

    (Legislao)

    Responsvel pela Elaborao Responsvel pela Empresa

    Causa / FonteConcluso - Caracterizao

    da AtividadeAgente

    (Fator de Risco)Freqncia de

    Exposio

  • REVISO:

    SETOR FUNO TIPO DE RISCO FATOR DE RISCOFONTE

    GERADORAMEIO DE

    TRANSMISSOFREQUNCIA

    DE EXPOSIOPOSSVEIS DANOS SADE

    Postura Mobiliriospostura no

    adequada no local de trabalho

    Cansao, dores lombares e musculares, problemas de coluna, leses sseas

    Iluminao inadequada

    Lmpadas inadequadas

    IluminariaEsforo, ofuscamento e fadiga visual

    Fsico Rudo VeculosServios externos

    e interno

    Diminuio do limiar auditivo; reduo da capacidade de comunicao, fadiga fsica e psquica; reduo do rendimento

    Acidente Acidente no

    trnsitoUso de moto e Veculos

    Servios externos e interno

    Em caso de acidente, morte, fraturas,etc.

    Ergonmico Exigncia de

    Postura inadequada

    Atividade exercida

    Condies de Trabalho

    Cansao, dores lombares e musculares, problemas de coluna, leses sseas

    Exigncia de postura

    Levantamento de peso e

    transporte de materiais

    Condies de Trabalho

    Cansao, dores lombares e musculares, problemas de coluna, leses sseas

    Providenciar servios de manuteno, para atender os nveis de iluminncia, substituindo as lmpadas queimadas, ou inadequadas.

    ANTECIPAO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS

    CRBS S/A

    DATA: 14/06/2012

    ANEXO

    Vendas Rota Vendas As

    Vendas Distribuio

    Vendedor (88) Repositor (48)

    Repositor AS-pcd (01) Repositor de Rota (02) Repositor Lder (02) Gerente de Vem. Rota II (01) Gerente de

    Operaes (01) Repres. de Vendas (01) Supervisor de

    Vendas II (04) Analista de Rota (05) Menor Aprendiz (01)

    Auxiliar de Execuo (02) Gerente de Vend. Rota II (02)

    Coordenador I (01) Supervisor I (01)

    I

    Manter os colaboradores ciente da importncia do uso do protetor auditivo devendo ser utilizados quando necessrio. Palestra sobre o uso adequado e higienizao dos EPIs.

    Treinamento dos funcionrios quanto a postura correta. Providenciar cadeiras adequada e ajustvel. Ginstica laboral antes do incio das atividades.

    Gente e Gesto Adm. Financeiro

    Logstica

    Gente e Gesto (02) Tc. de Segurana (02)

    Aprendiz (04) Menor Aprendiz (53)

    Aprendiz (06) Tc. Administrativo (04) Gerente de Trade (02)

    Caixa I (01) Analista I (04)

    Ergonmico C

    Treinamento dos funcionrios quanto a postura correta. Ginastica laboral antes do incio das atividades.

    Ergonmico

    Treinamento dos funcionrios quanto a postura correta. Ginstica laboral antes do incio das atividades.

    Palestra educativas de segurana. Verificar periodimente a manuteno nos veculos.

    MEDIDAS DE PRECAUO

    Iluminao inadequada.

    Lmpadas inadequadas

    IluminariaEsforo, ofuscamento e Fadiga visual

    Rudo Caminho Ar

    Diminuio do limiar auditivo; reduo da capacidade de comunicao, fadiga fsica e psquica; reduo do rendimento

    CalorAmbiente

    quenteAmbiente

    Cansao, stress, fadiga, mal-estar, reduo de rendimentos.

    Acidente Queda de materiais

    Garrafas Contato Corte de membros e etc.

    Qumico Poeira fumaasCaminho deposito

    ArPossveis problemas no sistema respitatrio, alergias e etc.

    Acidente Manuteno

    nos frizerFrizer Contato

    Corte, queda de materiais, choque

    ErgonmicoExigncia de

    postura Manuseio em

    frizerTransporte de

    materiais (frizer)

    Cansao, dores lombares e musculares, problemas de coluna, leses sseas

    I = Intermitente C = Contnuo

    Providenciar servios de manuteno, para atender os nveis de iluminncia, substituindo as lmpadas queimadas, ou inadequadas.

    Fsico

    Manter os colaboradores ciente da importncia do uso do protetor auditivo devendo ser utilizados quando necessrio. Palestra sobre o uso adequado e higienizao dos EPIs.

    Providenciar meios tcnicos para diminuir o conforto trmico. Distribuindo ventilao no setor.

    Palestra sobre preveno de acidente, uso de equipamento de proteo conforme norma de segurana.

    Palestra sobre ergonomia . Palestra Ginstica laboral antes do incio das atividades.

    ISupervisor de Vendas II (01)

    Conferente (12)Armazem

    Palestra sobre preveno de acidente. Uso de equipamento de segurana.

    Realizar avaliao de dioxido de carbono. Uso de equipamento de proteo respiratrio.

    Responsvel Tcnico Responsvel legal da Empresa

    As exposies dos riscos Ergonmicos, e intensidades dos efeitos (danos sade) devem ser levantados nos Laudos da Anlise Ergonmica. Os risco de acidentes devem ser administrados, atravs de treinamento ou palestra de Preveno de Acidentes conforme anexo 05.

    Legenda

    CatTc. de Manuteno (04)

    Supervisor I (01)I

  • Ave

    nta

    l de

    Ras

    pa

    de

    Co

    uro

    Ave

    nta

    l Tr

    mic

    oA

    ven

    tal d

    e P

    ano

    Ave

    nta

    l de

    PV

    C

    Bo

    ta d

    e B

    orr

    ach

    a

    Bo

    ta c

    om

    Biq

    uei

    ra d

    e A

    o

    Bo

    ta c

    om

    Biq

    uei

    ra d

    e P

    VC

    Bo

    ta d

    e S

    egu

    ran

    a

    Cal

    ad

    o d

    e se

    gu

    ran

    a

    Cal

    a d

    e P

    VC

    Cap

    acet

    e d

    e S

    egu

    ran

    a

    Cap

    a d

    e C

    hu

    va

    Cin

    ta E

    rgo

    n

    mic

    a

    Cin

    to d

    e S

    egu

    ran

    a t

    ipo

    Par

    aqu

    edis

    ta

    Co

    lete

    Ref

    leti

    vo

    Co

    lete

    Sal

    va V

    idas

    Co

    nju

    nto

    Imp

    erm

    eve

    l

    Far

    dam

    ento

    co

    m M

    ang

    a C

    urt

    a

    Far

    dam

    ento

    co

    m M

    ang

    a L

    on

    ga

    Lu

    vas

    de

    Lt

    ex

    Lu

    vas

    de

    Ao

    An

    te C

    ort

    e

    Lu

    vas

    de

    Alg

    od

    o -

    Pig

    men

    tad

    a

    Lu

    va T

    rm

    ica

    Lu

    vas

    de

    Bo

    rrac

    ha

    Lu

    vas

    Vaq

    uet

    a d

    e C

    ou

    ro

    Lu

    vas

    de

    Ras

    pa

    de

    cou

    ro c

    urt

    o

    Lu

    vas

    de

    Ras

    pa

    de

    cou

    ro lo

    ng

    o

    Lu

    vas

    p/ E

    letr

    icis

    ta

    Lu

    vas

    Nit

    rica

    s d

    e P

    VC

    Man

    go

    te d

    e R

    asp

    a d

    e C

    ou

    ro

    Ms

    cara

    de

    Pro

    te

    o In

    colo

    r

    Ms

    cara

    par

    a P

    oei

    ra

    Ms

    cara

    p/ S

    old

    a

    Ms

    cara

    co

    m F

    iltro

    Qu

    mic

    o

    Pes

    coce

    ira

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o M

    aar

    iqu

    eiro

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o L

    ente

    Inco

    lor

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o L

    ente

    Cin

    za

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o L

    ente

    Ver

    de

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o L

    ente

    Vis

    o

    cu

    los

    de

    Pro

    te

    o L

    ente

    Am

    pla

    Vis

    o

    Per

    nei

    ra d

    e R

    asp

    a

    Pro

    teto

    r A

    uri

    cula

    r P

    lug

    Ab

    afad

    or

    EPI

    QUADRO DE EPICRBS S/A

    Reviso: Data: 14/06/2012ANEXO

    LEGENDA: Bsico Uso Obrigatrio EPI de uso eventual No aplicvel

    SETOR EQUIPAMENTO DE PROTEO USO

    PARA ATIVIDADE ADMINISTRATIVA EM CONTATO COM A PRODUO

    Calado de Segurana para proteo dos ps contra riscos de natureza leve.

    PARA ATIVIDADE EM SERVIOS DE LIMPEZA ADMINISTRATIVA E PRODUO

    Mscara descartveis para proteo das vias respiratrias contra poeiras.

    culos para proteo contra particulas nos olhos.

    Luva para proteo das mos contra bacterias e contato com produto qumico.

    Protetor Auditivo para proteo do sistema auditivo contra nvel de

    FemininoMasculino

    Protetor Auditivo para proteo do sistema auditivo contra nvel de presso sonora acima dos limites de tolerncia.

    Bota de sete leguas para proteo dos ps contra local umido.

    AS FOTOS SO MODELOS BASEADO NAS SUGESTES TCNICAS.

    Responsvel Tcnico Responsvel pela empresa

    Protetor Auditivo e abafador para proteo do sistema auditivo contra nvel de presso sonora acima dos limites de tolerncia.

    Capacete para proteo da cabea contra queda de objetos.

    culos de segurana para proteo dos olhos contra impactos de partculas.Luvas de algodo pigmentada, luva de vaqueta e luva de raspa para proteo das mos contra riscos de corte.

    Mangote para proteo dos braos contra risco de corte.

    Luvas de ltex para proteo das mos em atividades com uso d'agua e produtos de limpeza.

    PARA SETOR DE MANUTENO

    Calado de Segurana para proteo dos ps contra impactos de quedas de objetos sobre os ps.

    PLACA SINALIZADORA

    OBS: OS EQUIPAMENTO PROTEO INDIVIDUAL SO OBRIGATRIO SEMPRE QUE O FUNCIONRIO ESTIVER EXPOSTO AOS RISCOS CORRESPONDENTES.

  • PRIORIDADES CRONOGRAMA

    Realizar Treinamentos / Palestra:

    B C

    Palestra sobre uso, higienizao e guarda de EPI's;

    Palestras sobre sade ocupacional;

    Palestra sobre DST;

    Primeiros Socorros;

    Noes de Princpio de Incndio e uso correto de Extintores;

    Implatar ginstica laboral com todos os colaboradores;

    Simulado sobre evacuao no caso de emergncia;

    Palestra sobre qualidade de vida;

    Renovao da Cipa.

    PLANEJAMENTO ANUALCRBS S/A

    REVISO: DATA: 14/06/2012

    ANEXO 5 - PLANEJAMENTO

    METAS

    PRIORIDADES: A Medidas executadas em prazo inferior a 03 (trs) meses. B Medidas executadas com prazo entre 02 (dois) a 06 (seis) meses. C Medidas executadas no perodo de 01 (um) ano.

    Avaliao do PPRA. C

    Renovao da Cipa.

    Apresentao do PPRA e PCMSO A

  • REA (m2)TIPO DE

    CONSTRUOP-DIREITO Mnimo (m)

    PISO PAREDES COBERTURA VENTILAO ILUMINAO OBS.

    Administrativo(Piso superior e

    trreo)662 Salas 3,00 Cermica

    Em alvenaria com divisrias

    de duratex

    Telha de fibro cimento

    ClimatizadoLmpada

    fluorescente_

    Armazm 1.222 Galpo 5,67

    Concreto armado com

    revestimento de alvenaria

    Alvenaria Telha de fibro

    cimentoVentilao

    naturalLmpada a vapor

    de mercurio Este setores esto

    passando por

    SETOR

    CARACTERSTICAS DAS INSTALAES

    CARACTERSTICAS DAS INSTALAES

    Pteo de manobras 2.650 rea aberta rea aberta Concreto armado rea livre Sem coberturaVentilao

    natural

    Luz natural com auxilio de

    lmpada a vapor de mercurio

    Sala de treinamento,

    refeitrio e portaria180 Salas 2,95 Cermica Alvenaria

    Telha de fibro cimento

    ClimatizadoLmpada

    fluorescente_

    passando por procedimentos de

    ampliao.

  • JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN

    Responsvel pela Avaliao

    REALIZADOPROGRAMADO REPROGRAMADO

    Renovao do PPRA

    Realizar dosimetria.

    Realizao avaliao de Dioxido de Carbono. (armazem)

    Palestra sobre ergonomia e treinamento quanto a postura adequada no ambiente de trabalho.

    2012

    Avaliao Global PPRA

    Obs. A empresa tem um perodo de um ano para realizao das aes e melhorias conforme o cronograma.

    Responsvel pela Empresa

    Treinamento de CIPA. Conforme NR-05.

    Divulgao do PPRA

    Inspeo / Manuteno no sistema eltrico da empresa.

    Realizar Palestras Educativas com os temas: DST / AIDS, Drogas e Alcoolismo.

    Palestra sobra conscientizao de Preveno de Acidentes no Trabalho.

    Elaborao do Programa de Proteo Auditivo - PPA

    Promover palestra sobre noes de Primeiros Socorros. Realizar palestras sobre DST / AIDS

    Elaborao do Programa de Proteo Respiratrio - PPR

    Treinamento de Brigada de Incndio. Elaborar e treinar um plano de Atendimento a Emergncia - PAE

    Elaborar e implementar um Plano de Atendimento a Emergencia - PAE.

    CRBS S/A CRONOGRAMA DE AES E

    MELHORIAS

    ITENS

    Dimensionar e demarcar extintores de acordo com as classes, em localidade de fcil acesso. Conforme NR-23 item 23.11.

    2013

  • !"#$%&'

    ! " #

    #

    $

    %

    $&

    '%

    '

    $&"& #

    %

    % #

    #

    %

    & #

    '

    #

    !"#$%&'(

    (%

    (

    ( (

    &%

    %%&

    % %&

    # '

    %

    % #

    &

    $

    $

    &" #

    #

    &%&

    &%

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./

  • % #

    '&

    ! #('

    &

    & #

    &

    "&

    $&

    #

    %&

    '

    %& #

    '%%

    &

    & #

    $&

    !

    $

    $

    %%$%&

    % ==

    &%&

    #

    !

    !(

    !

    !"#$%&*'

    %%

    #

    !"#$%&'

    %$& # &

    & &

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./

  • !"#$%&'

    % #

    #

    %%% #

    &

    & #

    #

    &

    '$ #

    & &

    % #

    #

    #

    %

    "

    #

    ' #

    #

    %

    "&

    %

    %

    "

    % #

    %%

    $ #

    #

    % #

    %

    & #

    %

    %%

    #

    #

    $ >#

    #

    & #

    % #

    & #

    #

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./

  • & #

    & #

    ' # &

    &

    $$ #

    %

    %& #

    %

    #

    & #

    "%& >

    (

    '%% #

    (

    #

    #

    ( #

    %

    #

    ?% '

    !&

    ((

    & #

    '$ #

    '$!

    #

    &

    #

    & & (

    % #

    %

    %

    & #(

    %

    #

    %(

    % #

    &&&

    #

    "

    #

    #

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./

  • % >

    % #

    % #

    #

    % #

    %

    %"

    % #

    #

    " #

    %

    % # &

    % #

    !

    !

    ! >#

    !%

    !

    !

    !"#$%&(''

    %

    @#

    &

    &

    $"

    %%

    !"#$%&+

    % #

    A-B

    & # &

    '

    A-B

    &

    # &

    $ # &

    A-B

    &$$ #

    A-B

    # &

    !"#$%&,

    #

    &

    "&

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./

  • !"#$%&-

    #

    $ # &

    !"#$%&'

    #

    !"#$%&(

    #

    # &

    %

    "

    !"#$%&.

    & # #

    !"#$%&(

    !"#$%&'-/

    )*+,-.-/0-123./4,5+3,)6+37896/773:7;;./