Cinco Marcas Do Mordomo Fiel

  • Published on
    11-Jun-2015

  • View
    801

  • Download
    3

DESCRIPTION

Pequeno artigo sobre as caractersticas importantes na mordomia crist.

Transcript

Texto Inicial: Lucas 12:42-48CINCO MARCAS DO MORDOMO FIEL42 Disse o Senhor: Quem , pois, o mordomo fiel e prudente, a quem o senhor confiar os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo? 43 Bemaventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. 44 Verdadeiramente, vos digo que lhe confiar todos os seus bens. 45 Mas, se aquele servo disser consigo mesmo: Meu senhor tarda em vir, e passar a espancar os criados e as criadas, a comer, a beber e a embriagar-se, 46 vir o senhor daquele servo, em dia em que no o espera e em hora que no sabe, e castig-lo-, lanando-lhe a sorte com os infiis. 47 Aquele servo, porm, que conheceu a vontade de seu senhor e no se aprontou, nem fez segundo a sua vontade ser punido com muitos aoites. 48 Aquele, porm, que no soube a vontade do seu senhor e fez coisas dignas de reprovao levar poucos aoites. Mas quele a quem muito foi dado, muito lhe ser exigido; e quele a quem muito se confia, muito mais lhe pediro. 1 Jos foi levado ao Egito, e Potifar, oficial de Fara, comandante da guarda, egpcio, comprou-o dos ismaelitas que o tinham levado para l. 2 O SENHOR era com Jos, que veio a ser homem prspero; e estava na casa de seu senhor egpcio. 3 Vendo Potifar que o SENHOR era com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava em suas mos, 4 logrou Jos merc perante ele, a quem servia; e ele o ps por mordomo de sua casa e lhe passou s mos tudo o que tinha. 5 E, desde que o fizera mordomo de sua casa e sobre tudo o que tinha, o SENHOR abenoou a casa do egpcio por amor de Jos; a bno do SENHOR estava sobre tudo o que tinha, tanto em casa como no campo. 21 O SENHOR, porm, era com Jos, e lhe foi benigno, e lhe deu merc perante o carcereiro; 22 o qual confiou s mos de Jos todos os presos que estavam no crcere; e ele fazia tudo quanto se devia fazer ali. 23 E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam nas mos de Jos, porquanto o SENHOR era com ele, e tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava. (Gen 39:1-5;21-23) "Senhor, quem habitar no teu santurio? Quem poder morar no teu santo monte? Aquele que ntegro em sua conduta e pratica o que justo, que de corao fala a verdade e no usa a lngua para difamar, que nenhum mal faz ao seu semelhante e no lana calnia contra o seu prximo, que rejeita quem merece desprezo, mas honra os que temem o Senhor, que mantm a sua palavra, mesmo quando sai prejudicado, que no empresta o seu dinheiro visando lucro nem aceita suborno contra o inocente. Quem assim procede nunca ser abalado" (Sl 15:1-5). "O avarento [o que vido por lucro desonesto] pe sua famlia em apuros, mas quem repudia o suborno viver" (Pv 15:27). "Muitos se dizem amigos leais, mas um homem fiel, quem poder achar? O homem justo leva uma vida ntegra; como so felizes os seus filhos!" (Pv 20:6-7). "Tudo o que fizerem, faam de todo o corao, como para o Senhor, e no para homens, sabendo que recebero do Senhor a recompensa da herana. a Cristo, o Senhor, que vocs esto servindo" (Cl 3:23-24). "Na terra de Uz vivia um homem chamado J. Era homem ntegro e justo; temia a Deus e evitava fazer o mal" (J 1:1). Leia a seguinte frase: "Na cidade de ________________ vivia uma pessoa chamada ________________. Era uma pessoa ntegra e justa; temia a Deus e evitava fazer o mal". Se voc preencher as lacunas dessa frase com a sua cidade e com o seu nome, respectivamente, a frase seria verdadeira?Tesouro desejvel e azeite h na casa do sbio, mas o homem insensato os desperdia. (Prov 21:20) 24 H quatro coisas mui pequenas na terra que, porm, so mais sbias que os sbios: 25 as formigas, povo sem fora; todavia, no vero preparam a sua comida; (Prov 30:24-25) 6 Vai ter com a formiga, preguioso, considera os seus caminhos e s sbio. 7 No tendo ela chefe, nem oficial, nem comandante, 8 no estio, prepara o seu po, na sega, ajunta o seu mantimento. (Prov. 6:6) 4 O que trabalha com mo remissa empobrece, mas a mo dos diligentes vem a enriquecer-se. (Prov. 10:4) 24 A mo diligente dominar, mas a remissa ser sujeita a trabalhos forados. (Prov 12:24) 4 O preguioso deseja e nada tem, mas a alma dos diligentes se farta. (Prov. 13:4) 5 Os planos do diligente tendem abundncia, mas a pressa excessiva, pobreza. (Prov. 21:5) 9 Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primcias de toda a tua renda; 10 e se enchero fartamente os teus celeiros, e transbordaro de vinho os teus lagares. (Prov 3:9) "Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justia..." Mt 6:33 "Pratiquem o bem, sejam ricos em boas obras, generosos e prontos a repartir". (1Tm 6:18 6 E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco tambm ceifar; e o que semeia com fartura com abundncia tambm ceifar. 7 Cada um contribua segundo tiver proposto no corao, no com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem d com alegria. 8 Deus pode fazer-vos abundar em toda graa, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficincia, superabundeis em toda boa obra, 9 como est escrito: Distribuiu, deu aos pobres, a sua justia permanece para sempre. 10 Ora, aquele que d semente ao que semeia e po para alimento tambm suprir e aumentar a vossa sementeira e multiplicar os frutos da vossa justia, 11 enriquecendo-vos, em tudo, para toda generosidade, a qual faz que, por nosso intermdio, sejam tributadas graas a Deus. (2 Cor. 9:6-11) 2 Vocs cobiam coisas, e no as tm; matam e invejam, mas no conseguem obter o que desejam. Vocs vivem a lutar e a fazer guerras. No tm, porque no pedem. 3 Quando pedem, no recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres. (Tiago 4:2-3) 10 Quem ama o dinheiro jamais ter o suficiente; quem ama as riquezas jamais ficar satisfeito com os seus rendimentos. Isso tambm no faz sentido. 11 Quando aumentam os bens, tambm aumentam os que os consomem. E que benefcio trazem os bens a quem os possui, seno dar um pouco de alegria aos seus olhos? 12 O sono do trabalhador ameno, quer coma pouco quer coma muito, mas a fartura de um homem rico no lhe d tranqilidade para dormir. 13 H um mal terrvel que vi debaixo do sol: Riquezas acumuladas para infelicidade do seu possuidor.14 Se as riquezas dele se perdem num mau negcio, nada ficar para o filho que lhe nascer. 15 O homem sai nu do ventre de sua me, e como vem, assim vai. De todo o trabalho em que se esforou nada levar consigo. (Ecl. 5:10-15) 2 Por que gastais o dinheiro naquilo que no po, e o vosso suor, naquilo que no satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que bom e vos deleitareis com finos manjares. (Isa 55:2)