Cincias da Natureza e suas Tecnologias - Biologia Ensino Mdio, 2 Ano As anomalias dos sistema circulatrio.

  • Published on
    22-Apr-2015

  • View
    102

  • Download
    0

Transcript

  • Slide 1
  • Cincias da Natureza e suas Tecnologias - Biologia Ensino Mdio, 2 Ano As anomalias dos sistema circulatrio
  • Slide 2
  • BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio O SISTEMA CIRCULATRIO Imagem: Sansculotte / Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 Generic. Link do vdeo http://youtu.be/N3n_l4qOEJ0
  • Slide 3
  • Veias, Artrias e Capilares BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio As veias levam ao corao sangue vindo do corpo. Suas paredes so mais finas que as das artrias. As artrias levam sangue do corao a todo o corpo. Suas paredes so espessas e dilatveis. Os capilares levam sangue aos tecidos, para fornecer oxignio s clulas. Eles ligam artrias a veias. Artria VeiaCapilar Imagem: Autor desconhecido / disponibilizado por Habj / GNU Free Documentation License Imagem: Autor desconhecido / disponibilizado por Lokal Profil / Public Domain Imagem: Autor desconhecido / disponibilizado por Arcadian / Public Domain Microcirculao capilar Fluxo sanguneo Capilar Presso hidrosttica Presso osmtica Fluido intersticial extremidade venosa
  • Slide 4
  • Frequncia cardaca A frequncia cardaca oscila em torno de 70 a 80 batimentos por minuto. Durante o sono, o corao bate entre 35 e 50 vezes por minuto. Durante um exerccio fsico intenso, pode ultrapassar os 180 batimentos por minuto. Ela controlada por uma regio especial, chamada marca-passo, nodo sinoatrial ou n sinoatrial, que, juntamente com o nodo atrioventricular, emite impulsos eltricos que fazem o corao bater. [ I ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 5
  • Marca-passo Localizao dos nodos sinoatrial e atrioventricular no corao. As setas mostram a propagao dos sinais eltricos emitidos pelo marca-passo. [ I ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: SEE-PE
  • Slide 6
  • DOENAS CARDIOVASCULARES So doenas que acometem o corao e os vasos sanguneos. As doenas cardiovasculares so a principal causa de morte natural em boa parte do mundo. [ II ] Existem dezenas de doenas cardiovasculares, vejamos alguns exemplos: BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 7
  • Angina do peito Tambm chamada de angina pectoris, uma enfermidade em que a pessoa sente fortes dores no peito ao menor esforo cardaco. A angina consequncia do estreitamento de uma ou mais artrias coronrias, o que acarreta a reduo da circulao de sangue em certas regies do miocrdio, diminuindo sua nutrio e oxigenao. [ I ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Icewalker cs / GNU Free Documentation License. Artria coronria sem arteriosclerose Artria coronria com obstruo provocada por arteriosclerose
  • Slide 8
  • Aterosclerose (esclero duro) Aumento da espessura da parede arterial com perda da sua elasticidade. Causada pelo acmulo de placas de gorduras (ateromas), que se calcificam na parte interna da parede. O estreitamento dos vasos diminui o fluxo sanguneo e os rgos irrigados passam a receber menos oxignio (isquemia). [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 9
  • Aneurisma uma dilatao vascular que ocorre em qualquer artria. Pode trombosar e causar isquemia do tecido irrigado ou romper, causando graves hemorragias arteriais. Em pessoas idosas, frequente o aneurisma da aorta, na regio abdominal. Devido ao grosso calibre dessa artria, e consequente grave hemorragia que pode ocorrer na cavidade abdominal, esse tipo de aneurisma quase sempre fatal, mesmo que haja socorro imediato. [ III ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 10
  • Infarto Nos vasos com aterosclerose, formam-se cogulos que entopem os vasos e interrompem o fluxo sanguneo (trombose). Nesse caso, a parte do msculo cardaco fica sem oxignio e morre: o infarto do corao ou enfarte do miocrdio. [ III ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Mikael Hggstrm / public domain.
  • Slide 11
  • Infarto BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Um cogulo bloqueia parte da artria coronria e as clulas da regio morrem. Imagem: Patrick J. Lynch, medical illustrator / Creative Commons Attribution 2.5 Generic. Msculo cardaco danificado Artria estreitada Artria normal Local do cogulo
  • Slide 12
  • Isquemia cerebral o bloqueio da circulao das artrias que fornecem sangue ao encfalo, devido formao de cogulos decorrentes de traumatismos ou de placas de ateroma que se soltaram das artrias. As clulas nervosas localizadas na rea isqumica morrem, causando prejuzo para a atividade cerebral. [ I ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 13
  • Acidente Vascular Cerebral (AVC): no crebro, a trombose pode levar isquemia, causando o AVC isqumico, em que ocorre o entupimento da circulao sangunea; devido hipertenso arterial, geralmente, pode ocorrer a rotura de um vaso sanguneo cerebral, causando o que chamamos de derrame ou AVC hemorrgico; ambos os tipos de AVC podem prejudicar diversas funes (fala, locomoo, etc.) ou provocar a morte, dependendo do local atingido. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Lipothymia / public domain. Imagem: Wyglif / GNU Free Documentation License.
  • Slide 14
  • Hipertenso Tambm conhecida como presso alta a subida anormal e constante da presso arterial, que causa leses nos vasos sanguneos, derrame, aterosclerose, insuficincia cardaca e leses em rgos como os rins, olhos, etc. Pode ter vrias causas ou ser idioptica (sem causa) e no apresenta sintomas. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Pia von Ltzau / GNU Free Documentation License. O acmulo de liquido nos vasos eleva a sua presso interna
  • Slide 15
  • Insuficincia cardaca Quadro em que o corao no consegue bombear sangue suficiente para os tecidos por causa de leses provocadas por infarto, hipertenso ou outras doenas. Possui vrias causas e pode afetar indiretamente rgos como o fgado e os rins. BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Patrick J. Lynch, medical illustrator / Creative Commons Attribution 2.5 Generic.
  • Slide 16
  • Arritmia cardaca Anormalidade no ritmo dos batimentos do corao, quando o tecido que conduz os impulsos eltricos que controlam o corao afetado por infarto, leses nas valvas ou outros problemas cardacos. [II] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Mariana Ruiz LadyofHats / public domain.
  • Slide 17
  • Basicamente, as arritmias (disritmias) cardacas so classificadas em: Bradicardia - quando ocorre uma diminuio na frequncia cardaca. Taquicardia - quando ocorre um aumento na frequncia cardaca. Fibrilao - quando ocorrem movimentos irregulares nas cmaras do miocrdio, no existindo uma contrao efetiva. [ V ] Arritmia cardaca BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 18
  • Sopros cardacos Em certos casos, as doenas cardacas alteram os rudos normais do corao. Leses nas valvas podem impedir seu fechamento completo e ocorre o retorno do sangue. Pode haver tambm orifcios que comunicam os ventrculos ou os trios entre si, causando fluxos de sangue irregulares de um lado para o outro do corao. Esses rudos anormais (os sopros) so importantes para a suspeita diagnstica de anormalidades cardacas. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 19
  • Varizes ou veias varicosas Vrios fatores, como a tendncia hereditria para desenvolver defeitos nas vlvulas, msculos fracos e ocupaes que a pessoa fica muito tempo em p ou sentada, fazem com que ocorra o acmulo de sangue nas veias, principalmente nas pernas. Isso pode provocar a rotura das vlvulas das veias e o aparecimento de veias varicosas (varizes), que podem ser removidas/tratadas cirurgicamente. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 20
  • Essas figuras mostram o sentido da circulao sangunea (direita) e o bloqueio do refluxo pela ao das valvas venosas, na veia normal e na varicosa (esquerda). Na veia varicosa, as valvas no conseguem impedir o refluxo do sangue pelas veias. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: National Heart Lung and Blood Institute / public domain. Vlvula Veias sadiasVeias varicosas Fluxo anormal do sangue Fluxo normal do sangue Veia dilatada Abaulamento da pele Vlvula deformada
  • Slide 21
  • costura (anastomose) de uma das pontas parede da aorta, e da outra ponta ao segmento de artria coronria subsequente ao local da obstruo, realizando, assim, um "desvio". [ IV ] A maioria das doenas cardiovasculares necessitam de cirurgia, como a ponte de safena, que envolve a retirada de um ou mais segmentos de veia safena da perna, seguida da Ponte de safena BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 22
  • Angioplastia com aplicao de stent Essa cirurgia indicada para o tratamento da aterosclerose. A sonda introduzida at a obstruo, o globo, perto da extremidade. Em seguida, inflada, para abrir o vaso bloqueado, e preso o stent, que restaura o fluxo sanguneo no corao. BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Clique no link acima e veja o vdeo http://www.youtube.com/watch?feature=fvwp&NR=1&v=i-KXyVpOobM
  • Slide 23
  • O marca-passo artificial Pequeno aparelho composto de um circuito eletrnico gerador de impulsos eltricos, que funciona com pilhas especiais. Atravs de um condutor eltrico, envia impulsos para o corao e passa a controlar o seu ritmo. [ II ] BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: J. Heuser Jheuser / GNU Free Documentation License. Imagem: Lucien Monfils / GNU Free Documentation License. Imagem: Cardiac Pacemakers Inc / public domain.
  • Slide 24
  • A adoo de prticas saudveis de vida previne inmeras doenas. Quais hbitos voc conhece para se ter uma vida mais saudvel? PREVENO BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio Imagem: Kenneth Allen / Creative Commons Attribution- Share Alike 2.0 Generic.
  • Slide 25
  • a) diminuindo o volume de sangue circulante. b) aumentando o volume de sangue circulante. c) reduzindo o calibre dos vasos sanguneos. d) dilatando o calibre dos vasos sanguneos. e) obstruindo os capilares das artrias com placas de ateroma. Exerccios 1 - (Fuvest-SP) Em caso de hipertenso, recomenda-se uma dieta sem sal porque este atua: BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 26
  • a) velhos, devido idade avanada e ao corao mais frgil. b) jovens, devido ao corao possuir um menor nmero de vasos que substituam a circulao na artria coronria bloqueada. c) jovens, devido idade e ao corao mais frgil. d) velhos, devido ao corao possuir um menor nmero de vasos que substituam a circulao na artria coronria bloqueada. e) jovens e velhos que praticam atividades fsicas. 2 - O infarto do miocrdio pode ocorrer mais facilmente em indivduos: BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 27
  • 3 - Esta enfermidade vascular venosa geralmente acomete mulheres e pessoas que passam muito tempo em p, causando flebite, hemorragias subcutneas e lceras varicosas. Como se chama tal enfermidade? a)Acidente Vascular Cerebral. b)Infarto do Miocrdio. c)Vete. d)Varizes. e)Arteriosclerose. BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 28
  • Referncias AMABIS, J. M; MARTHO, G.B. Biologia, vol. 2, 3 Ed. So Paulo: Moderna. 2010. Cap. 13, pag. 379-382 LINHARES, S.; GEWANDSZNAJDER, F. Biologia hoje. So Paulo: tica, 2010. Cap. 27, pag. 400-403 SILVA JNIOR, C.; SASSON, S. Biologia. 2 srie, seres vivos: estrutura e funo. v. 2. 8 Ed. So Paulo : Saraiva, 2005. Cap. 22, pag. 272-274 Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro. Disponvel em: http://sociedades.cardiol.br/socerj/publico/dica-safena.asphttp://sociedades.cardiol.br/socerj/publico/dica-safena.asp. Acesso em:10/07/2012 Medipedia Contedo e Servios de Sade. Disponvel em: http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=118http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=118. Acesso em: 10/07/2012 I - II - III - IV - V - BIOLOGIA, 2 Ano do Ensino Mdio As anomalias do sistema circulatrio
  • Slide 29
  • Tabela de Imagens n do slide direito da imagem como est ao lado da fotolink do site onde se consegiu a informaoData do Acesso 2aSansculotte / Creative Commons Attribution- Share Alike 2.5 Generic http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Grafik_blu tkreislauf.jpg 23/08/2012 3.aAutor desconhecido / disponibilizado por Habj / GNU Free Documentation License http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Vein- crosssection-no-text.png 19/09/2012 3.bAutor desconhecido / disponibilizado por Lokal Profil / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ett_stycke _av_en_art%C3%A4r_starkt_f%C3%B6rstorad,_Nor disk_familjebok.png 19/09/2012 3.cAutor desconhecido / disponibilizado por Arcadian / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Illu_capilla ry_microcirculation.jpg 19/09/2012 7Icewalker cs / GNU Free Documentation License. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:AP_Ateros kler%C3%B3za.png 23/08/2012 9Patrick J. Lynch, medical illustrator / Creative Commons Attribution 2.5 Generic. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Heart_cor onary_artery_lesion.jpg 23/08/2012 11Mikael Hggstrm / public domain.http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Human_h eart.png 23/08/2012 13aLipothymia / public domain.http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cerebral_ angiography,_arteria_vertebralis_sinister_injection. JPG 23/08/2012 13bWyglif / GNU Free Documentation License.http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cerebral_l obes.png 23/08/2012
  • Slide 30
  • Tabela de Imagens n do slide direito da imagem como est ao lado da fotolink do site onde se consegiu a informaoData do Acesso 14Pia von Ltzau / GNU Free Documentation License. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Blood_pre ssure_measurement.JPG 23/08/2012 15Patrick J. Lynch, medical illustrator / Creative Commons Attribution 2.5 Generic. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Heart_circ ulation_diagram.svg?uselang=pt-br 23/08/2012 16Mariana Ruiz LadyofHats / public domain.http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hypoplasti c_left_heart_syndrome.svg 23/08/2012 20aNational Heart Lung and Blood Institute / public domain. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Varicose_v eins_pl.jpg 19/09/2012 23aJ. Heuser Jheuser / GNU Free Documentation License. http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Pacemaker_G uidantMeridianSR.jpg 23/08/2012 23bLucien Monfils / GNU Free Documentation License. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pacemaker.jpg?uselang=en 23/08/2012 23cCardiac Pacemakers Inc / public domain.http://commons.wikimedia.org/wiki/File:CPI_Pace maker.jpg 23/08/2012 24Kenneth Allen / Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic. http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Jogging_at _Cranny_-_geograph.org.uk_-_1002880.jpg 23/08/2012

Recommended

View more >