Casa da gente dezembro 2015 red

  • Published on
    24-Jul-2016

  • View
    221

  • Download
    7

DESCRIPTION

 

Transcript

  • ANO IV - EDIO N 73 - DEZEMBRO DE 2015 Circulao: Grande Rio, Niteri, So Gonalo, Itabora e Maric

    TOCA DA GAMB AINDA MAIS FORTEPgina 11

    Respondendo a esta pergunta, pessoas dos mais variados segmentos analisaram para o CASA DA GENTE como foi 2015. Eles depositaram esperana demelhores dias para o Ano Novo, mas a maioria est preocupada com a crise econmica, o crescimento da violncia e as questes da Sade. Pgina 7

    ANO NOVO. VOC ACREDITA?

    No caderno CLUBES, Natal, Rveillon, confraternizaese frias, o guia completo dos eventos e atividades que estoacontecendo nas agremiaes.

    Confira a programao do Rio de Janeiro e Niteri para a chegada de 2016.Em Copacabana, uma das atraes principais o espetculo: "SamBra, 100anos de Samba", comandado pelo msico Diogo Nogueira.Pgina 6

    Saiba como foi a gravao do DVD que marca os 10 anos de carreira dogrupo Samba, realizado no Clube Portugus de Niteri. Pgina 3

    De So Gonalo para a Casa BrancaPedro Oliveira Venanci um dos 50 finalistas do Programa Jovens Embaixadores criado pela Embaixada

    Americana no Brasil. Coluna Compartilha! Pgina 4

    F, shows e eventos marcam o roteiro de Natal. Num shopping, as princesas da Disney (foto) fazem a alegriadas crianas. Pgina 5

    Hyrina Borno

    O esprito natalino est no arDivulgao

    Divulgao/Guto Costa

  • 2 DEZEMBRO 2015

    Mrio Dias

    Diretor: Mrio Dias / Tel.: (21) 99874-0583Editora: Luana Dias

    E-mail: jornalcasadagente@gmail.comDepartamento de Marketing / Hyrina Borneo /

    marketing.casadagente@gmail.com / (21) 99631-3794 e (21) 3620 0010Designer Grfico: Renato Figueiredo / Edio: Casa da Gente

    Colaboradores: Kakao Figueiredo e Washington Arajo / Grfica: EditoraEsquema

    Fotografias: Luana Dias e fotos divulgaoAcesse o nosso facebook: JORNAL CASA DA GENTE

    Blog: www.jornalcasada gente.blogspot.com.brSUPLEMENTO CLUBES: Editora: Luana Dias / Contatos: Tel.: (21) 99888-

    9666 / editoracasadagente@gmail.com

    QUEDA DE LUZ E DESCASO

    O JORNAL QUE TEM DE TUDO

    ANUNCIE NO JORNAL CASADA GENTE

    Valores promocionais parao novo caderno SERVIOSEntre em contato conosco:

    marketing.casadagente@gmail.com

    (21) 99631-3794 (21) 3620-0010(21) 99874-0583

    Ao final de mais um ano legisla-tivo, o vereador Bruno Lessa(PSDB) fez um balano de seu man-dato. Incansvel na luta pela trans-parncia do poder pblico, apresen-tou vrios projetos de lei, requeri-mentos de informao, alm de re-presentaes ao Ministrio Pbli-co. Ao todo, foram apresentados47 projetos de lei, 92 requerimentosde informao e 54 indicaes.

    Entre os projetos, destaca-seo que determina a publicao nosite da Prefeitura de Niteri detodos os contratos, e seus aditi-vos, bem como os editais de cer-tame licitatrio, em seu inteiro teor,feitos pelo Poder Pblico. Outroprojeto de lei estipula prazo mxi-mo para atendimento nas unida-des pblicas de sade de Niteripara pacientes idosos, crianas,gestantes e portadores de defici-ncia. So 15 dias para consulta; 30 dias para cirurgias eletivas etrs dias para consultas a idosos,quando no houver necessidadede internao imediata. Para por-tadores de doenas graves e cri-anas com idade inferior a dezanos, os prazos sero a metadedos demais pacientes.

    Outra proposta apresentadapelo parlamentar, e que causougrande polmica, foi a emenda Lei Orgnica do Municpio queprev a reduo do nmero deSecretarias Municipais de 47 para20. Foi aprovado um projeto delei que obriga a divulgao, emplacas fixadas nas entradas de ci-nemas, teatros, boates, casas de

    Vereador Bruno Lessa fazbalano de seu mandato

    diverses, entre outros, o direitoao pagamento da meia-entradaaos jovens com idade de at 21anos, conforme lei estadual n3.364/2000. Alm disso, o Dia doPoeta foi institudo em 29 demaro pelo projeto de lei n 38/15,em comemorao ao nascimentodo jornalista, poeta e escritor LusAntnio Pimentel. Por fim, tevetambm aprovado o Projeto de Lei285/13, que assegura vagas pr-ximas da entrada em estaciona-mentos de shoppings, supermer-cados, centros comerciais paragestantes e pessoas com crian-as de colo, com idade de at doisanos, conforme j previsto ido-sos e deficientes.

    J entre os diversos requeri-mentos, destaca-se o encaminha-do Fundao Municipal deEducao (FME), que solicita ex-plicaes sobre a dispensa de li-citao da compra de botijes degs por R$ 197.395,80. Para inves-tigar todos os contratos firmadosentre a Prefeitura de Niteri com aTranslar e a Arkitec, Lessa, apre-sentou o requerimento de nme-ro 137/15 com um pedido de ins-taurao de uma Comisso Parla-mentar de Inqurito (CPI).

    Lessa tambm foi o proponen-te de duas importantes audinci-as pblicas da cidade. A primeiradiscutiu a implantao do CentroIntegrado de Segurana Pblica(CISP) na Regio Ocenica e asegunda, a construo da gara-gem subterrnea em Charitas.

    No Ministrio Pblico Estadu-

    al, o parlamentar entrou com umarepresentao contra a Prefeitura deNiteri por no ter elaborado umplano de mobilidade urbana, con-forme Lei federal n 12.587/2012, oque inviabilizou o municpio rece-ber verbas do Oramento Geral daUnio para mobilidade urbana.

    A compra de fil de Linguadocongelado, destinados a meren-da escolar, por R$ 48,19, um pre-o 20% acima do valor de merca-do, feita Fundao Municipal deEducao tambm foi alvo de umarepresentao no MP.

    Na Lei Oramentria Anual(LOA) para o exerccio financeirode 2016, apresentou 63 emendas.Dentre as propostas apresentadasdestacam-se: o passe livre parauniversitrios de instituies p-blicas, implantao de alimentosorgnicos e a criao do programade reaproveitamento de gua plu-vial nas escolas pblicas munici-pais, implantao de sinais detrnsito adaptados para portado-res de deficincia visual e moder-nizao da guarda municipal.

    Para o prximo ano, Bruno afir-mou que continuar desempe-nhando o mesmo trabalho quevem realizando: este ano foi pro-dutivo. Tivemos importantes vo-taes no legislativo e acreditoque ano que vem no ser dife-rente. Continuarei firme no exer-ccio do meu mandato, defenden-do os interesses da populaoniteroiense, fiscalizando as aesdo executivo e legislando em fa-vor de nossa cidade., finalizou.

    Divulgao

    Basta 15 minutos de temporal, raios e ventos umpouco mais fortes, que ocorrem apages no sistemade energia eltrica em Niteri. A queda de luz umaconstante, mesmo em dias normais, causando sriosprejuzos com a queima de aparelhos eletrodomsti-cos, como geladeiras e televisores, alm de lmpa-das e luminrias.

    Os bairros mais atingidos na ultima chuva do fimde semana, foram, Santa Rosa, Icara e Pendotiba.Na rua Abel, moradores tiveram srios danos, de-vendo ingressar com pedido de indenizao a Am-pla, mesmo aqueles que pagam a um atendimento deprofissionais, fora das j majoradas taxas pelo ps-simo fornecimento de energia.

    Mas para amenizar esse problema, vamos lembrarque 2016 est chegando, com esperana de um novotempo, muita sade, paz, segurana e mais empre-sas, para todas as classes trabalhadores, muita luzdos que esto em Braslia, fazendo parte de uma cor-rente negativa, clareando suas mentes e com atitu-des decentes.

    Que venha 2016!

  • CIDADES 3DEZEMBRO 2015

    https:// www.facebook.com/jornal.casadagente

    CASA DA GENTECurta a nossa pgina no facebook

    A alegria foi contaginate noClube Portugus, durante a tradi-cional feijoada do Grupo Samba.O evento, que realizado h seisanos, teve um tempero especialnessa edio, a gravao do DVDque marca os 10 anos de carreira,encarando o samba com respeito.

    Sob a direo musical de Bo-ris, Samba 10 anos, tem seu lan-amento, em conjunto com o CD,previsto para abril, traz canesinditas Tsunami de Prazer,Cu de Dubai, Querendo aten-o, Sem voc, Flashback,Gosto Assim, T Faltando ho-mem, Sexta-feira, e contacom as participaes especiais deAna Clara e o Grupo Bom Gosto.

    Formado no inicio de 2005, oSamba ganhou diversos prmioscom a msica Mensageiro Bra-sil. Composto atualmente por:Jefferson (cavaco e voz), Messias(banjo e voz), Thiago Carvalhal(surdo e vocal), Bebeto (pandeiroe vocal), e Romulo (percusso evocal), o grupo, dono de um beloentrosamento musical que tantoencanta seu pblico, faz tremer asrodas de samba e pagode de todopais, principalmente em Niteri.

    Falando com os Astros, Pen-sa Bem, Colcha de Algodo,Ilha da Felicidade, Cu e Firma-mento e Mensageiro Brasil, es-to entre as msicas que ficarama um bom tempo nas mais pedi-das das principais rdios do Riode Janeiro e foram sucesso tam-bm pelo Brasil afora fazendo doSamba sucesso de pblico e cr-tica, fruto da parceria com o pro-dutor musical Wilson Prateado.

    Em 2010 o grupo entrou em es-tdio para gravar seu CD Na F

    com o produtor musical LeandroSapucahy. Lanado em 2011 o CDcontm outras canes que empla-caram nas rdios do Rio de Janeirocomo Desejo me chama, O tem-po me fez enxergar, Amor e Poe-ta e Quatro Cantos.

    Em outubro de 2011, o grupoiniciou uma nova histria em suacarreira gravando seu primeiroDVD Na F Ao vivo sob ocomando do renomado produtor

    Bira Haway, recebendo a sambis-ta Leci Brando como convidadaem uma de suas faixas.

    Nesses 10 anos de carreira doSamba foi tudo feito, sempre, commuito amor e profissionalimo! E nes-se trabalho no poderia ser diferen-te, 10 anos de Samba sendo come-morado com um DVD! A gente stem a agradecer todo carinho dopblico com a gente! Ei, psiu... SAM-BA!, conclui Thiago Carvalhal.

    Fotos: Hyrina Borno

    Thiago incrementou na percurso

    Pblico participou inteiramente

    Cantora Ana Clara fez participao especial

  • 4 DEZEMBRO 2015

    CO

    MP

    CO

    MP

    CO

    MP

    CO

    MP

    CO

    MP A

    RTI

    LHA!

    ARTI

    LHA!

    ARTI

    LHA!

    ARTI

    LHA!

    ARTI

    LHA!

    Por Washington Arajowcosmosw@gmail.comS

    O G

    ON

    ALS

    O G

    ON

    ALS

    O G

    ON

    ALS

    O G

    ON

    ALS

    O G

    ON

    ALOOOO O

    Aconteceu...

    DE SO GONALOPARA A CASA BRANCA

    O gonalense Pedro Oli-veira Venanci um dos 50finalistas do Programa Jo-vens Embaixadores criadopela Embaixada Americanano Brasil. O jovem, que dis-putou a vaga com 13.800candidatos de todo o Brasil,foi recebido pela secretriade Educao, Vaneli Chaves.

    Fotos: Washington Araujo

    Gneros e Diversidades emdiscusso nas escolas

    Sob a coordenao da Prof Shirlei Victorino (foto), teveincio no CREFCON, em So Gonalo, uma srie de aulas que seestendero at maro/2016, conforme ela explica: "Sediamos aedio compacta do GDE, que o curso de Gneros e Diversi-dades nas Escolas, da UERJ, do Centro Latino-Americano deSexualidade e Direitos Humanos e, o Instituto de Medicina Soci-al. E essa edio do curso discutir at maro do ano que vem,temas do cotidiano escolar, o que gnero, o que diversidade,relaes etno-raciais, e sexualidade", conta. Haver mais doisencontros em fevereiro e dois, em maro de 2016.

    Gincana premia alunos comvisita ecolgica ao Piscino

    O dia 9 dezembro foi diferente para dezenas de alunos(foto) da Escola Municipal Joaquim Lavoura, no Barro Verme-lho. Duas turmas devidamente orientadas pelo coordenadorde Educao Ambiental Lauro Nobre foram vencedoras da gin-cana que envolveu toda a escola e teve um carter educacio-nal eficaz. Durante 30 dias os alunos arregaaram as mangase realizaram coletas de embalagens de alimentos trazidas decasa e dos vizinhos. A iniciativa foi um sucesso com pais eprofessores procurando ajudar e, conforme afirmou o ambien-talista, "isso o que denominamos educao reversa, quandoas crianas educam os pais", explica o ambientalista.

    EDUCAO INCLUSIVA RENE ESPECIALISTAS NA UERJA Coordenao de Edu-

    cao Inclusiva sob o co-mando do Prof. HumbertoBethoven auxiliado por Ra-quel Gonalves e SullenD'Estfano realizou a 3Mostra Experincias Educa-tivas Especiais. No dia 3 dedezembro, o evento teve lu-gar no auditrio do Centrode Formao de Professo-res, no Campus da UERJ, noPatronato.

    Neurocientistas, taiscomo Dr Bianca Fonseca eAlexandre Borges, e profis-sionais da Educao comoDr Anelice Ribeiro (UERJ),

    Mnica Santos (UFRJ) eJoo Ricardo (Diretor do IBC)

    mediados pela Prof HelenSlvia da SEMED; destaca-

    ram em suas oportunidadesna mesa redonda temas como"Formao Continuada naDeficincia na Educao Es-pecial", "A importncia dospolos como ferramenta naformao dos professores"e Capacitao de professo-res na Educao Especial.

    Vrias escolas e profissi-onais da Rede Municipal deEnsino apresentaram desafi-os e solues, a partir de exi-bio em datashow de suasrealizaes, e tambm fez par-te do evento nmeros musi-cais e teatrais com os alunosemocionando a todos.

    ODETE SO PAIO E JEAN PIAGETVENCEM CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY

    Prof. Humberto - ao lado de sua equipe e com a Prof CarlaCristiane - segue incansvel consolidando a Educao Inclusi-va no municpio de So Gonalo

    Dupla honra para SoGonalo, os ColgiosOdete So Paio, no Colu-band, e Jean Piaget, emJardim Catarina, consa-graram-se campees naci-onais de futebol societynas categorias masculinoe feminino, respectiva-mente. As etapas finaisforam no sbado, 5 dezem-bro, no Estdio do Mo-rumbi, em So Paulo.

    A final feminina contrao Futiec, e com resultado de1X0 teve momentos crticoscom direito a bola na travenos ltimos segundos. J os

    PROERD CERTIFICA MIL ALUNOSO Programa Educacional de Resistncia

    s Drogas e Violncia (PROERD) tem comobase o DARE. (Drug Abuse Resistance Edu-cation), e foi criado pela Professora RuttyHellen em conjunto com o Departamento dePolcia, nos Estados Unidos em 1989. Presen-te em 58 pases, o PROERD chegou ao Brasilem 1992.

    No dia 2 de dezembro, o Clube Tamoio deSo Gonalo foi literalmente tomado por cer-ca de mil alunos do 5 ano da Rede Municipalde Ensino de So Gonalo. Eles participaramda formatura e entrega dos certificados doPrograma Educacional de Resistncia s Dro-gas e Violncia (PROERD). A Secretria deEducao Prof Vaneli Chaves participou dafesta e com ela estiveram tambm Shirlei Vic-torino, Vanda Niccio e outros assessores daSEMED. O Projeto uma parceria da PolciaMilitar do Estado do Rio de Janeiro com aSecretaria Municipal de Educao.

    Acompanhado pelospais, Elana e Agnaldo Go-mes, Pedro falou com a Se-cretria sobre suas expec-tativas e destacou que ape-nas trs jovens, em todo oEstado do Rio de Janeiro,conseguiram chegar final.E ele acredita ser o nicode So Gonalo.

    Durante trs semanas, Pedro Venanci visitar museus, o SenadoFederal e se hospedar num lar americano, enquanto aguarda ato sonhada visita a Casa Branca quando, possivelmente, seencontrar com Barack Obama

    meninos, venceram o NotreDame por 2X1. "Em ambasas finais, mostramos nossasuperioridade no toque debola e na preparao fsica.A estratgia adotada pelacomisso tcnica foi terposse de bola, o tempo in-teiro para ter a iniciativa dojogo ficando nossos adver-srios sem chance paraequilibrar as partidas", de-clarou o Prof. Marcelo, pro-fessor de Educao Fsica.

    Parabns aos nossosatletas, professores e aospais que acompanharammais essa vitria!

    Os times Jean Piaget e Odete So Paio, em frente ao Estdio doMorumbi, momentos antes de se sagrarem campees nacionais

    Divulgao

    Washington Araujo

    Washington Araujo

    Parceria da PMRJ e SEMED, o PROERD premiou a aluna Milene Gomes, doCIEP 411 - Doutor Armando Leo Ferreira, autora da melhor redao de 2015

    Washington Araujo

  • 5DEZEMBRO 2015

    Paulo Soares ImveisAdvocacia - Administrao

    Compra e Venda

    Rua Professor Martins Teixeira, 30 Casa 2 - Santa Rosa - Niteri - RJ

    Tel: (21) 2719 - 9270 e 99978 4850E-mail: paessoares@gmail.com/ Site: www.paulosoaresimoveis.com.br

    Durante todo o ms dedezembro, Niteri vive o cli-ma natalino a todo vapor:Papai Noel vem chegan-do em diversos pontos dacidade; apresentaes mu-sicais de Natal e persona-gens de desenhos anima-dos fazem a alegria de es-pectadores de todas as ida-des, alm da tradicional no-vena de Natal e Missas,mantendo vivo o significa-do religioso da data.

    No Solar do Jambeiro,vem acontecendo durante

    O esprito natalino est no arF, msica e atraes especiais para as crianas so os destaques em Niteri

    todos os sbados e do-mingos de dezembro Con-certos de Natal gratuitos.No dia 19 de dezembro, olocal recebe Vanja Ferrei-ra s 20h. A harpista irapresentar o show Natalcom a corda toda!, reu-nindo canes folclricase cnticos tradicionais na-talinos, do sculo XIII aosculo XX.

    No dia 20, o Solar doJambeiro ter duas ses-ses musicais: uma s 17h,com a apresentao do

    grupo Jazz Total, e s20h, com Amantes daMsica. Com regncia deWagner Leo, os Aman-tes da Msica prometemapresentar um repertriovariado e alegre.

    No dia 25 de dezembro,o Natal da Cidade vai en-cantar o pblico. A partir das18h, em frente ao Palcio dosCorreios, no Centro de Nite-ri, haver show de luzes,projeo mapeada e apre-sentao dos cantores ToniGarrido e Zlia Duncan, en-

    tre outras atraes.Na Catedral de Niteri,

    acontece no dia 19 o sor-teio do Cesto de Natal, com51 itens natalinos. A entre-ga ser no dia 22, logo apsa missa das 18h30. No dia20, s 16h, haver o encer-ramento da Novena de Na-tal. Como j tradicional, nodia 24, ter a Missa de Na-tal, s 20h. J no dia 25, ha-ver missa s 10h e as 18h30.

    Fantasia - at o dia 6 dejaneiro, o Plaza ShoppingNiteri recebe um projeto dedecorao natalina em par-ceria com a Disney. As Prin-cesas traro todas as meni-nas de Niteri para os gran-des contos de fadas e a ani-mao Carros, prometemuita aventura e diversopara os meninos da regio.As duas faces da decoraoso interativas e integradas,onde uma grande e rica r-vore de Natal permitir quetodas as crianas circulempelos dois mundos.

    Do lado da aventuraCarros, os meninos podemconhecer o personagemmais famoso da srie: overmelhinho LightningMcQueen estar em exibio eter uma interao com opblico graas a uma sriede efeitos especiais. Almdisso, uma pista de corridae um pdio estaro na reapara deixar a experinciaainda mais completa.

    No shopping Bay Market,a decorao de natal tem o tema de Brinquedos Natali-nos. Esse ano o shoppingoptou por colocar o cenrioprincipal da decorao na en-trada, onde os clientes encon-tram dois ursos de 3m de al-tura, alm da cenografia es-pecialmente planejada para le-var ao pblico um espao demagia e encantamento, ondepode-se interagir e tirar fotos.

    Uma programao gra-tuita acontece s quintas,sextas, sbados e domin-gos, alm de apresentaode corais nas teras.

    VanjaFerreira

    Amantes da Musica - Carla Campos

    Fotos: Divulgao

    Desejamos a clientese amigos, um Bom Natal

    e Feliz Ano Novo!

  • 6 DEZEMBRO 2015

    Uma das festas da vira-da mais celebradas do mun-do, o Rveillon de Copaca-bana ir homenagear doisdos maiores acontecimen-tos que esto previstospara o ano de 2016: os 100anos do Samba e os JogosOlmpicos. O tema da festadeste ano Rio, CidadeOlmpica e o espetculo daqueima de fogos - que irdurar 16 minutos - vai sau-dar a chegada do ano novonas cores verde, violeta elaranja. O destaque fica porconta dos fogos batizadoscomo fantasminhas epalmeiras kamuro, almdas bombas de repetioem que os fogos se abrem ese repetem, como confetesbrilhantes e flutuantes.

    A festa ter tambm di-versas atraes musicais:Arlindo Cruz, Dudu Nobre,Jorge Ben Jor e Zeca Pago-dinho so alguns dos artis-tas confirmados. Havertambm uma novidade: pelaprimeira vez, ser apresen-tado ao pblico um espet-culo musical. SamBra, 100anos de Samba ser coman-

    RVEILLON 2016: Rio e Niteri temshows de samba, rock e pop nacionais

    dado pelo msico e compo-sitor Diogo Nogueira, e vailevar aos espectadores auma viagem cultura musi-cal carioca e brasileira. Asescolas de samba Acadmi-cos do Salgueiro, Acadmi-cos da Grande Rio e BeijaFlor de Nilpolis vo esquen-tar ainda mais a festa.

    Em Niteri, a programa-o musical do Rveilloncomear s 20h, com o gru-po de pagode Vou Zuar. Comcomposies prprias gra-vadas por consagrados no-mes como o cantor Belo, ogrupo tem em seu repertriosucessos como Rebola,Voyeur, e lanou em 2015o seu mais novo trabalho,#VemproSalseiro, com 5 fai-xas produzidas por JulinhoSantos. Alm da regravaoda msica Assim que sefaz, muito conhecida na vozda cantora Luciana Mello, ogrupo gravou outras 4 fai-xas inditas e, uma delas,

    Salseiro, j est tocan-do em diversas rdios doestado do Rio de Janeiro.

    Logo em seguida, ser avez do rock invadir a Praia de

    Icara, com show de Os Uni-cos Quem, resultado da jun-o de duas bandas que mar-caram os anos 60, em Nite-ri: Os Quem, e Os ni-cos. Aps 40 anos, eles re-solveram se reunir em 2013neste novo projeto e a partirda nunca mais pararam. Norepertrio, Rock & Roll anos60, 70 e 80 e msicas mais re-centes deste mesmo estilo.

    A seguir, ser a vez dabanda Faixa Etria, com umaproposta de trazer msicaspara todas as idades. Esco-lhida como a melhor banda depop rock do Domingo doFausto, a Faixa Etria con-quistou tambm o primeirolugar no Nova Schin RockFestival e ganhou uma pgi-na no livro de Celebridadesda Rede Globo, de Srgio Ma-dureira, depois de animar fes-tas de abertura dos grandesespeciais da TV. O grupo formado por quatro msicos:Alexandre Brito (baixo), Fabr-cio Arajo (bateria), MrciaPalmar (vocal) e Philipe Nu-nes (guitarra). A vocalistaMrcia Palmar a mais novaintegrante da banda.

    Para encerrar a festa, foiconvidada a banda mineiraJota Quest. Comemorando afase de sucesso, o grupo irtrazer para Niteri o Baileda Pesada, com uma ondadanante, com reletiruas su-ingadas de seus antigos su-cessos, alm das novas m-sicas mandou bem, Wai-ting for you, Dentro de umabrao e a recm lanadaparceria com a banda Nati-rus, Reggae Town.

    Zeca Pagodinho

    Jorge Ben Jor

    Divulgao/Guto CostaDivulgao

    Divulgao

    Banda Faixa Etria

    Os Unicos Quem

    Divulgao

    SamBra, 100 anos de Samba

    Ainda em Icara, a quei-ma de fogos ter durao pre-vista de 15 minutos. Sero 14mil bombas, de calibres entre

    3 e 10 polegadas, que serodisparadas de cinco balsas -trs grandes intercaladas porduas menores. Os fogos po-

    dem chegar a 550 metros dealtura e apresentaro diversosefeitos como corao, cande-la romana e coqueiro.

    Divulgao

  • GERAL 7DEZEMBRO 2015ANO NOVO: voc acredita?

    Respondendo a esta indagao, pessoas dos mais variados segmentos analisaram para o CASA DA GENTE como foi 2015. Como sempre, eles depositaramesperana de melhores dias para o novo ano, mas a maioria est preocupada que a crise econmica, a violncia, a questo da sade atravessem o ano.

    A sade do brasileiropassou 2015 no CTI - Centrode Tratamento Intensivo, noshospitais pblicos e particu-lares. Os planos de sade ti-raram nota zero sem exceo.Fizemos milagres, pois traba-lhamos sem material e compouqussimos recursos. Es-pero que 2016 recuperemos otempo perdido para no per-dermos mais vidas. Reiteroaqui o que disse h meses noClube dos Advogados, emNiteri, na 16 Subseo daOAB. Herval Latinni, m-dico cirurgio

    Tanto na Fora Sindical, quanto na Federao dosMetalrgicos do Estado do Rio de Janeiro, temos efetua-do reunies permanentes cobrando das autoridades umasoluo para os terrveis efeitos da pssima gesto nasquestes da Economia, Sade, Segurana, Educao e odesemprego, que fizeram de 2015 o ano macabro para opas. Como sou resistente, brigaremos mais forte ainda em2016. s esperar para ver, no daremos trgua. Francis-co Dal Pr, presidente da Fora Sindical do Estado doRio de Janeiro e da Federal dos Metalrgicos.

    Classifico 2015 como o ano que no vai acabar tocedo, pois seus problemas tero tentculos imprevisveis.Ningum estava preparado para esta avalanche de crisesem todos os setores, categorias e classes, sem distinode rico, pobre ou projees dos analistas. Da, nem queropensar ainda em 2016 - Claro Nunes, presidente daAssociao Fluminense de Jornalistas.

    O ano acabou. 2015 acabou! O ano acabou e eunem senti!

    O ano passou to rpido que eu nem me dei contado inverno. Alis, no tivemos inverno. A chapa aquiesteve to quente que nem o frio se manifestou.

    Sim...mas, tivemos manifestaes! Tivemos algunsempresrios e politicos brasileiros roubando nossosdireitos sade, direitos educao, direitos segu-rana, direitos cidadania etc. Tivemos muitos mas-sacres pelo mundo.

    Tivemos perdas irreparveis. Tivemos balas perdi-das. Sim, tivemos muitas balas perdidas. Dezenas depoliciais assassinados. Ainda tivemos alguns policiaispactuando com traficantes. Professores e mdicos es-pancados.

    Preconceitos, violncia e sacanagem. Dezenas demulheres submetidas a socos, torturas e assassina-tos. Isto tudo em pleno ano de 2015.

    O ano acabou. Agora esto tentando acabar comos progressos dos anos passados, que ajudamos aconstruir, e futuros e esperanosos anos que nao seise existiro. Mas se existirem, desejo a todos um anode paz, sade, dignidade e um longo e tranquilo inver-no. Mauro Costa Jr., msico

    O ano de 2016 ser umano de realizaes de meusplanos na minha vida pessoaltanto quanto na vida profis-sional. Estamos com algunsprojetos culturais e sociais aserem realizados via o Restau-rante Sintonia Fina em parce-ria com o Curso Mrcia Gam-barine. Nos unimos em umprojeto arrojado para promo-ver cidadania e bem estar nomunicpo de So Gonalo. So-mos dois gonalenses de co-

    rao, apaixonados pela nossa cidade e a nossa sociedadeem geral, compreendemos perfeitamente a atual situaoscio-econmica em que estamos vivendo e mais ainda anossa posio como empresrios de uma cidade de aproxi-madamente hum milho e duzentos mil habitantes, e nopodemos ficar alheios s dificuldades que a populao denossa cidade tem enfrentado.!!!

    Espero tambm que os governantes passem a traba-lhar em prol do povo e no em benefcio prprio FbioHartmann, empresrio e produtor cultural.

    No acredito que ocorranada csmico que faa comque as coisas mudem. Acre-dito que seja um momento dereflexo, onde analisamosnossas atitudes durante oano, que tipo de conquista ti-vemos, onde erramos e o queteremos que mudar para rea-lizar nossos sonhos no pr-ximo ano. Em 2016, eu espe-ro que para o bem do Brasil,tenhamos uma renovao to-tal na politica, servios p-

    blicos que funcionem, tica, decoro e moral. Que os culpa-dos paguem pelos seus erros e sirvam de lio para quemgovernar daqui para frente. Espero que as vitimas de ca-tstrofes, violncia e ausncia do poder publico possamsuperar as dificuldades e rumar em direo a um futuro me-lhor. Um abrao e que Deus abenoe a todos. Feliz 2016 !!!,Fernando Almeida, empresrio na rea de informtica.

    Espero um ano com mui-ta dificuldade em quase todosos segmentos da economia.Porm nessa hora em queaparecem a criatividade parasuperar os desafios. Eu acre-dito que o mercado por si svai se adequar para que opas no pare. Creio que ocomportamento empreende-dor do brasileiro vai ficar maisaguado e novos negciosvo surgir, principalmente nosegmento das pequenas em-presas. hora de ficar atentoe se qualificar.

    Em particular, o Rio de Janeiro poder ter um ano diferentedas outras cidades. Teremos as Olimpadas acontecendo eum grande nmero de turistas circulando por aqui. Um belachance de transformar dificuldade em oportunidade.

    At o momento, cerca de 700 empresas de pequenoporte conseguiram fazer negcios com o Comit Rio 2016nas reas de consultoria, lavanderia, prestao de servi-os de limpeza, fornecimento de gelo, mveis, grficas,eventos entre outros. At o momento, o Portal de Supri-mentos como um todo conta com o cadastramento de 7.750empresas nacionais e internacionais. Desse total, cerca de5.000 so pequenos empreendimentos. Francisco JosMarins Ferreira, economista e Coordenador Nacionaldo Programa Sebrae no Pdio (SEBRAE)

    Eu acreditoque a presidentaDilma no sofrerimpeachment e oEduardo Cunhaser deposto e irpara cadeia e comele todos os cul-pados. Ykenga -cartunista

    Fotos: Arquivo Pessoal

  • 8 DEZEMBRO 2015A Sociedade Fluminen-

    se de Fotografia (SFF) re-cebe at o dia 22 de janeiroa exposio iPhoneandopor a..., com imagens dofotgrafo Livio Campos, naGaleria Jaime Moreira.

    Atravs do iPhone, odia-a-dia das pessoas comquem esbarra nas suas an-danas vem sendo mostra-do por Lvio numa visoinovadora e contempor-nea. Seu trabalho busca,alm da beleza plstica, re-velar uma estreita relaocom os objetos de suas fo-tos, expondo sempre algumsentimento, alguma situa-o em que o aspecto hu-mano seja preponderante.

    Vindo de uma tradicionalfamlia de fotgrafos, com pai,me e irmos atuantes nessarea, desde muito cedo Liviodesenvolveu sua apuradatcnica, mas, especialmente,o olhar fotogrfico, o que otornou um dos mais respei-tados profissionais brasilei-ros da atualidade.

    Hoje, depois de muitocarregar o peso dos tradici-onais equipamentos profis-sionais, Livio inauguraessa primeira exposio defotos totalmente produzi-

    Exposio iPhoneando por a... acontece na SFF

    das com o discreto apare-lhinho, principal compo-nente dos seus planos parao futuro. Um iLivio! OiPhone tornou-se a minha

    A exposio fica em cartaz at dia 22 de janeiro

    cmera predileta e compa-nheira de todos os momen-tos declara Lvio.

    A Sociedade Fluminen-se de Fotografia fica na rua Flagrante de um banho de balde

    Livio e Iphone

    Foto

    s: Di

    vulga

    o/

    Livio

    Cam

    pos

    Dr. Celestino, 115, no Cen-tro de Niteri. A exposiofica aberta visitao desegunda a sexta, das 9h s20h, e sbado das 9h s 17h.

    FormaturaA famlia Padilha est em

    festa: acaba de se graduar emMedicina, Henrique PadilhaNeto. O pai, (advogado) Hen-rique Padilha Filho, a me, (ge-rente banria), Claudia e airm, Mariana (advogada)eram s alegria! A missa, decolao de grau e festa acon-tecero em janeiro. Parabns!

    "Au-migo" oculto

    Uma pet-shop em Icara aderiu onda de confraternizaes de final de ano de umaforma diferente: os clientes de quatro patinhas realizam um amigo oculto, promovendo oencontro entre os caninos e os seus donos. Esta foto foi enviada pela leitora RosangelaBrasil, que levou o seu "filho" Bill Brasil para a festa!

    Social

    Foto

    s:Ace

    rvo

    pess

    oal

  • Que neste Natal elevemosnossos pensamentos ao

    menino Jesus, e que em 2016estejamos com nossas foras

    renovadas para que juntos,fortes e unidos, possamos dar

    continuidade aos nossosmelhores projetos em defesada Advocacia e da Sociedade

    de Niteri, buscando umFuturo melhor.

    Claudio Vianna

    GERAL 9DEZEMBRO 2015Tomou posse como vereador,

    o suplente Lus Roberto Noguei-ra Saad, o Beto Saad (PTdoB).Aos 49 anos, casado, formadoem Direito e Administrao deEmpresas, recebeu 1.884 votospela Coligao Niteri PodeMais, formada por PTdoB ePSDB. Filho do ex-deputadoestadual Michel Salim Saad, queexerceu o mandato de 1948 a1954, e que tambm foi secret-rio de Governo e de AssistnciaSocial e procurador-geral de Ni-teri, promete lutar pela manuten-o da famlia durante o tempoem que estiver na Cmara.

    Beto Saad foi candidato a de-putado estadual em 2002 e, comoadvogado, trabalha atualmenteno Tribunal de Justia (TJ) doEstado. Pai de trs filhos, Michel,de 19 anos, Sarah, de 18, e Gio-vana, 8, nascido em Niteri, ten-do crescido nos bairros do Fon-seca e Vital Brazil e hoje mora emPiratininga. Ele assume a vagadeixada por Andrigo de Carva-lho (SDD) que pediu licena paraassumir a Secretaria Municipaldo Idoso, criada pela atual admi-nistrao para traar polticas

    Cmara de Niteri tem novo vereador

    voltadas terceira idade.Pretendo ouvir a populao e

    os meus eleitores; quero estreitar arelao entre os cidados e o Poder

    Pblico. Tive a oportunidade departicipar da elaborao de planosde governo e estratgico para diver-sas cidades do Estado do Rio. Essa

    participao, ao lado da luta por cau-sas populares, rendeu o convite deamigos e correligionrios para colo-car em prtica os projetos elabora-

    dos no plano de governo dos muni-cpios, conta Beto Saad.

    Analista judicirio na especi-alidade oficial de justia avalia-dor do TJ, o novo vereador jatuou na rea de Educao, ten-do sido subsecretrio em Nite-ri. No municpio de So Pedroda Aldeia (Regio dos Lagos), foisecretrio municipal de Fazenda.De hbitos simples, gosta de vi-ajar com a famlia nas horas defolga e reunir amigos para des-contrair. Beto Saad militante dotrabalhismo e pertenceu aos qua-dros do antigo Partido Trabalhis-ta Brasileiro, o PTB.

    Beto Saad o nono suplentea assumir na atual legislatura. An-tes j haviam ocupado uma cadei-ra o vereador Carlos Macedo, navaga de Lucio do Nevada; o Pas-tor Ronaldo, na vaga de Macedo;Jayme Suzuki, na vaga de DanielMarques; Betinho, no lugar deTnia Rodrigues; Bira Marques,na cadeira de Vernica Lima; Vi-tor Junior, com a eleio de Wal-deck Carneiro; Carlos Magaldi, emlugar de Milton Cal; e Renato doQuilombo, durante a viagem dePaulo Eduardo Gomes.

    Beto Saad e o Presidente da Cmara Municipal de Niteri, Paulo Bagueira no momento da posse

    Divulgao: Srgio Gomes

    Que neste Natal elevemosnossos pensamentos ao

    menino Jesus, e que em 2016estejamos com nossas foras

    renovadas para que juntos,fortes e unidos, possamos dar

    continuidade aos nossosmelhores projetos em defesada Advocacia e da Sociedade

    de Niteri, buscando umFuturo melhor.

    Claudio ViannaAdvogado

  • GERAL10 DEZEMBRO 2015Fotos: Divulgao

    Msica no ArSom, udio e Tecnologia KAKAO Figueiredo

    www.kkostudio.com Tel.: (21) 2711-3104

    @2015 foi para o saco, ou encheu o saco, acabou, finito... Vamos festejar, comemorar as vitrias conseguidas e rezar,pedir, sonhar, com um 2016 melhor para esse pas, que continua de P, mesmo depois de tanta corrupo. Que a Justiaseja feita e que a msica possa encher nossas almas de alegria e Esperana! Vamos falar nessa ltima coluna do ano demsicos que continuam a sonhar e a trazer alegrias para as nossas noites. Feliz 2016!

    @ Fim de ano com muita alegria e o prazer de ter feito omelhor. Fazendo o que gosta, o pianista e compositorMarvio Ciribelli termina o ano com o Ibitipoca Choro eBossa. Tocando com o saxofonista americano, Tom Berge-ron, o bandolinista e violonista Srgio Chiavazzoli e o bai-xista Adalberto Miranda. No final de semana anterior aoNatal, dias 18 e 19 de dezembro. Vale a pena assistir essestimos shows e se hospedar no Serra do Ibitipoca Hotelde Lazer, que fica entre a Vila e o Parque Estadual de Ibiti-poca, um dos lugares mais bonitos do planeta.

    Logo depois, Marvio fecha o ano em Mau fazendoum Rveillon imperdvel. Vale se programar para comemo-rar a passagem de ano no terra da Luz Jazz Club: seroshows com o pianista acompanhado de Luiz Lima (Japo-percusso), Adalberto Miranda (baixo) e convidados, comoa jovem cantora Larissa Piris e Rodrigo Camar. Showsnos dias 31 de dezembro, 1 e 2 de janeiro. Feliz Ano Novo,moada!

    @ Uma banda que agitou e continua agitando as noi-tes cariocas a BR80. Tocando grandes sucessos dosAnos 80 e 90, os rapazes alegram qualquer evento e festa.Baro Vermelho, Legio, Capital, Paralamas, Skank, O Ra-ppa, Jota Quest, Cidade Negra, Los Hermanos, Tim Maia,Jorge Benjor, e muito mais fazem parte desse show. SvioHeidenfelder (guitarra e voz), Marcelo Freitas (bateria evoz), Bruno Mello (baixo) e Rodrigo Santana (teclado evoz), formam o quarteto, que por onde passam deixam suamarca registrada.

    @ Uma banda de samba e pagode que vem se desta-cando entre Niteri, Rio e So Gonalo a Banda Sempre+. Claudio Henrique (voz principal), Fernando Pereira (vio-lo e teclado), Luan Figueiredo (pandeiro e percusso),Marcos Junior ( tantan , percusso e vocais) e Werleson (bateria), "tocam o terror" por onde passam , alegrando agalera e botando todo mundo para sambar. Sax, flauta, bai-xo e cavaco esto tambm sempre presentes nos shows. Abanda promete muitas novidades para 2016.

    SENALBASetor Administrativo Senalba RJ

    Rua XV de Novembro, 182, Centro - Niteri RJ 24.020-125 Tels. 21 2717-5603/21 2721-1344

    Luan

    a Di

    as

    Venho em nome da diretoria desta entidade sindical, representando no Rio deJaneiro os segmentos que fazem a diferena para o desenvolvimento do nossoestado, com desdobramento em mbito nacional. Atividades fins: culturais, re-creativas, de assistncia social, de orientao e formao profissional, estatuta-riamente definida desde 28 de dezembro de 1965 Carta Sindical.

    Cinco dcadas presente em todas as transies polticas, econmicas e especial-mente as que se referem ao direito do trabalho no campo coletivo e individual.

    O movimento sindical, institucionalmente vem cumprindo seu papel, com tare-fas rduas, visando o equilbrio, a paz social, autoestima, manuteno do empre-go, garantia do direito alimentar e desenvolvimento.

    Boas Festas!Muita Paz...

    Alcides FreirePresidente-SENALBA/RJ

    Aos Associados e integrantes da categoria:

    50 Anos

  • CULTURA 11DEZEMBRO 2015

    TOCA DA GAMB ainda mais forte

    Se 2015 foi de casa lotada, umsucesso em todos os eventos, aToca da Gamb prepara uma pro-gramao bem mais forte para2016, mantendo a tradio mastrazendo novidades, informa oempresrio Jairo Pacheco, o po-pular Jairinho, que comanda olocal h 10 anos, completadosagora, mas que teve 20 outros coma responsabilidade de seu pai, dequem herdou o nome e a continu-ao da casa de shows.

    Independente das ativida-

    des, a Toca da Gamb temsido locada para festas de ani-versrios, comemoraes de em-presas e atividades culturais,sempre com boa msica e totalsegurana, sendo o respeito umaconstante da Casa.

    Alm de prestigiar os artistasde Niteri, dentre eles, MnicaMac, Adriana Dutra, Andrea Beat,Mara Santaf, Pedro Ivo, IncioRios, Bruno Barreto Declar, AlmirSodr, Hernane do Cavaco, entreoutros, mantm nomes consagra-

    dos no Brasil e exterior, dentre osquais, Diogo Nogueira, Monarco,Marquinho Diniz, Xande de Pila-res, agora traz os novos talentos,como grupo de samba do Caci-que de Ramos, seguidores doFundo de Quintal; Gabrielzinho doIraj; Mosquito e Andra Caf.

    Abrindo o ano, a Toca daGamb comea o ms de janeirouma programao especial e di-versificada com o melhor dosamba, e valorizando tambm osartistas niteroienses. Dessa for-

    ma abrimos a temporada no do-mingo, dia 3 de janeiro, com Carli-nhos 7 cordas (msico da BethCarvalho), Branka e Rafael Cau-la. Nos dias seguintes a progra-mao contar ainda com RioSam-batuque, liderado pelo talentosocavaquinista e compositor DanielScisnio, em seguida , diretamentede Olaria o grupo do Cacique DeRamos, Grupo Arruda, TemperoCarioca e a Roda do XA coman-dada por Xande de Pilares e coma participao de Gilson Bernine

    do Quintal do Zeca e Helinho doSalgueiro. Est previsto ainda noms de janeiro a apresentao doClube do Samba, do saudoso JooNogueira, que tem como organi-zadora Angela Maria Nogueira. ARoda do X, Xande de Pilaresacontecer no domingo 17/1, s17 h. A roda do Clube do Samba& convidados est previsto prasbado dia 30, s 16h. Para ficarpor dentro da programao com-pleta, acesse:

    www.tocada gamba.com.br

    Grupo de Samba do Cacique de Ramos Marquinho Diniz, Jairinho, Mosquito e Gabrielzizho do Iraj

    Fotos: Hyrina Borno

    HOMENAGEMA Semana do Samba, iniciada em Niteri no dia 30 de

    novembro, com homenagens a vrias personalidades, teveum momento especial na avenida Marqus de Sapuca, ondeo tradicional produtor de Carnaval da Rede Globo de Televi-so, Manoel Alves, recebeu das mos do presidente da C-mara de Vereadores de Niteri, Paulo Bagueira, o trofu Is-mael Silva, alm do Diploma Carlos Magaldi, antes do inciodos ensaios tcnicos da Acadmicos da Rocinha, Alegriada Zona Sul e Unidos de Vila Isabel.

    Ainda se restabelecendo de um problema de sade, Ma-noel Alves no pde comparecer a Niteri, durante o DiaNacional do Samba, razo porque a homenagem foi transfe-rida para a Sapuca. No ato, estavam presentes dirigentes daLiesa, da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, e ainda aRainha de Bateria da Unidos do Viradouro, Rassa Macha-

    SAPUCA E AMARAL PEIXOTO J VIVEM CLIMA DE CARNAVAL

    CORTE MOMESCAEsta a corte momesca para o carnaval 2016 de

    Niteri: Rei Momo Thiago Gomes, a Rainha Ma-ryanne Hiplito, a 1 Princesa Andressa Ramos e a2 Princesa Danielle do Nascimento. Eles prometemdar um show de energia durante a apresentaodas escolas de samba e blocos de Niteri, alm doscarnavais de bairro!

    Divulgao

    Luana Dias

    do, Ana Alves, esposa do homenageado, Milton Cunha,carnavalesco e animador cultural, Mestre Cia, Diretor deBateria, Jornalista Mario Dias, Teteu Jos, Elmo dos San-tos, coordenador de desfile da LIESA. entre outros. A hon-raria pelos relevantes servios que Manoel Alves prestaao Samba e ao Carnaval Brasileiro.

    Na Amaral Peixoto, aossbados, a Acadmicos doCubango vem realizando osseus ensaios tcnicos, comconcentrao s 17h. No do-mingo, a vez da Unidos doViradouro invadir a avenida,com concentrao tambm apartir das 17h.

    Na Sapuca, o cronogra-ma de ensaios teve inicio nodomingo, dia 13 de dezem-bro, com a apresentao daAcadmicos da Rocinha,Alegria da Zona Sul e Uni-dos de Vila Isabel. No dia 20de dezembro, domingo, sera vez da Unio do ParqueCuricica (19h), Estcio de S(20h), Estao Primeira de

    Mangueira (21h). Aps apausa de final de ano, os en-saios reiniciam no dia 9 dejaneiro, com a Unidos doPorto da Pedra (19h), Acad-micos de Santa Cruz (20h) eRenascer de Jacarepagu(21h30); j no domingo, dia10, ensaiam Inocentes de Bel-ford Roxo (19h), Unio da Ilha(20h) e Mocidade (21h30). Nodia 16, fazem sua preparaoCaprichosos de Pilares (19h)e Imprio da Tijuca (20h). Nodia 17, Paraso do Tuiuti (19h),Unidos da Tijuca (20h) e Por-tela (21h30). No dia 23, Aca-dmicos do Cubango (19h);Imprio Serrano (20h), Unidosde Padre Miguel (21h30). Dia24: Unidos do Viradouro(19h), Grande Rio (20h), Sal-

    gueiro (21h30). No dia 30 dejaneiro, sbado, So Clemen-te (19h) e Imperatriz (20h). Jno dia 31,haver a tradicio-nal lavagem do Sambdro-mo, s 19h. s 20h, teste desom e luz e s 21h30, Beija-Flor de Nilpolis.

    Fotos: Luana Dias

    Por Luana Dias

  • 12 DEZEMBRO 2015

    A microcefalia uma anomaliacongnita, que se manifesta an-tes do nascimento e pode ser re-sultado de uma srie de fatoresde diferentes origens, como assubstncias qumicas, agentesbiolgicos (infecciosos), comobactrias, vrus e radiao. Emcoletiva de imprensa realizada emnovembro, o Ministrio da Sadeinformou que uma das possibili-dades que est sendo considera-da por alguns especialistas seriaa transmisso vertical do vruszika - diagnsticos laboratoriaisdo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) que constatarama presena do genoma do vruszika em amostras relativas a duasgestantes do estado da Paraba.Ou seja, a malformao poderiaestar relacionada infeco pelovrus zika em gestantes nos pri-meiros meses de gestao.

    O vrus zika muitas vezes con-fundido com dengue e chikun-gunya. No Brasil, desde abril de 2015temos a presena desses trs vrus.Mas ainda h a necessidade de seampliar a divulgao sobre os sinto-mas e, principalmente, as diferenas

    Zika, chikungunya e dengue:entenda as diferenas

    entre essas trs infeces.Dengue, chikungunya e zika

    so transmitidas pelo mesmo ve-tor, o mosquitoAedes aegypti. E,embora zika, chikungunya e den-gue apresentem sinais clinicamen-te parecidos, como febre, dores decabea, dores nas articulaes,enjoo e exantema (rash cutneo oumachas vermelhas pelo corpo), halguns sintomas marcantes que asdiferem. A principal manifestaoclnica de chikungunya, por exem-plo, so as fortes dores nas articu-laes, a artralgia. Essa artralgiapode se manifestar em todas asarticulaes, mas, em especial, nasdos ps e das mos, como dedos,tornozelos e pulsos. Na chikun-gunya, essas dores so decorren-tes de um processo inflamatrionas articulaes e podem ser acom-panhadas de edemas e rigidez.

    Tambm possvel haver essetipo de dores na dengue e no zika,mas a diferena est, segundoespecialistas, na intensidade dador. Enquanto o paciente comdengue ou zika pode apresentardores de leves a moderadas, opaciente infectado com chikun-

    gunya apresenta dores de nvelelevado, tendo como consequn-cia a reduo da produtividade eda qualidade de vida. Na fase su-baguda ou crnica da doena, asdores podem persistir por mesesou at mesmo anos, particular-mente em pacientes mais velhos.Segundo dados do Instituto Pas-teur, um estudo sobre os casosocorridos na frica do Sul rela-tou que pacientes ainda sofriamde dores intensas nas articulaesde 3 a 5 anos aps a infeco agu-da de chikungunya

    Com relao febre, dengue echikungunya so marcadas pelafebre alta, geralmente acima de39C e de incio imediato. J ospacientes de zika apresentam fe-bre baixa ou, muitas vezes, nemapresentam febre. Os sintomasrelacionados ao vrus zika costu-mam se manifestar de maneirabranda e o paciente pode, inclu-sive, estar infectado e no apre-sentar qualquer sintoma. Mas umamanifestao clnica que podeaparecer logo nas primeiras 24horas e considerada uma marcada doena o rash cutneo e o

    prurido, ou seja, manchas verme-lhas na pele que provocam inten-sa coceira. H, inclusive, relatosde pacientes que tm dificuldadepara dormir por conta da intensi-dade dessas coceiras.

    Outro sintoma que pode servirnos diagnsticos clnicos dessasdoenas a vermelhido nos olhos.Enquanto a dengue provoca doresnos olhos, o paciente infectado comzika ou chikungunya pode apresen-tar olhos vermelhos, com uma con-juntivite sem secreo.

    Dentre as trs doenas, den-gue tem sido considerada a maisperigosa pelo nmero de mortes.Segundo boletim epidemiolgicodo Ministrio da Sade, divulga-do em outubro deste ano, j so693 mortes por dengue confirma-das apenas em 2015. Mortes rela-cionadas chikungunya so mui-to raras e ocorrem por complica-es em pacientes com doenaspr-existentes. E, embora aindano se tenha relato de morte rela-cionada infeco por zika, essevrus o nico dentre os trs quetem sido associado a complica-es neurolgicas, conforme re-

    latado durante epidemias simul-tneas de zika e dengue na Poli-nsia Francesa.

    O diagnstico clnico feitopelo mdico ou profissional desade essencial, uma vez que o mtodo mais rpido e o pacien-te j pode iniciar o tratamento maisadequado.

    Para investigar os casos demicrocefalia que tm sido notifica-dos no Brasil, o Ministrio da Sa-de est realizando exames clnicos,de imagens e laboratoriais commes e bebs, alm de entrevistase investigao do histrico do pr-natal e obsttrico. Ainda no hvacina para nenhuma das trs do-enas. A preveno para dengue,zika e chikungunya o combateao mosquito Aedes aegypti e o usode repelentes. Como a cocircula-o dos trs vrus na nas Amri-cas recente, ainda so necess-rios muitos estudos, especialmen-te com relao coinfeco e oefeito da infeco sequencial des-ses diferentes vrus.

    (Pamela Lang/Agncia Fio-cruz de Notcias / AFN)

    /ColorImageDict > /JPEG2000ColorACSImageDict > /JPEG2000ColorImageDict > /AntiAliasGrayImages false /CropGrayImages true /GrayImageMinResolution 75 /GrayImageMinResolutionPolicy /Warning /DownsampleGrayImages true /GrayImageDownsampleType /Bicubic /GrayImageResolution 300 /GrayImageDepth -1 /GrayImageMinDownsampleDepth 2 /GrayImageDownsampleThreshold 1.10000 /EncodeGrayImages true /GrayImageFilter /DCTEncode /AutoFilterGrayImages true /GrayImageAutoFilterStrategy /JPEG /GrayACSImageDict > /GrayImageDict > /JPEG2000GrayACSImageDict > /JPEG2000GrayImageDict > /AntiAliasMonoImages false /CropMonoImages true /MonoImageMinResolution 1000 /MonoImageMinResolutionPolicy /Warning /DownsampleMonoImages false /MonoImageDownsampleType /Bicubic /MonoImageResolution 1200 /MonoImageDepth -1 /MonoImageDownsampleThreshold 1.50000 /EncodeMonoImages true /MonoImageFilter /CCITTFaxEncode /MonoImageDict > /AllowPSXObjects false /CheckCompliance [ /None ] /PDFX1aCheck false /PDFX3Check false /PDFXCompliantPDFOnly false /PDFXNoTrimBoxError false /PDFXTrimBoxToMediaBoxOffset [ 7.08661 7.08661 7.08661 7.08661 ] /PDFXSetBleedBoxToMediaBox false /PDFXBleedBoxToTrimBoxOffset [ 1.41732 1.41732 1.41732 1.41732 ] /PDFXOutputIntentProfile (None) /PDFXOutputConditionIdentifier () /PDFXOutputCondition () /PDFXRegistryName () /PDFXTrapped /False

    /Description >>> setdistillerparams> setpagedevice