Balano de Gesto 2009/2011 30 de maro de 2011 1/12 Escola Politcnica de Sade Joaquim Venncio Fundao Oswaldo Cruz.

  • Published on
    18-Apr-2015

  • View
    104

  • Download
    0

Transcript

Slide 1 Balano de Gesto 2009/2011 30 de maro de 2011 1/12 Escola Politcnica de Sade Joaquim Venncio Fundao Oswaldo Cruz Slide 2 Fortalecimento poltico da EPSJV 2/12 no mbito da Fiocruz: - protagonismo no Congresso Interno; - movimento pela garantia do pagamento da insalubridade aos profissionais da limpeza de toda a Fiocruz. junto aos rgos gestores e formuladores de polticas: - MEC - INCRA - SGEP Slide 3 Fortalecimento poltico da EPSJV 3/12 junto a sociedade: participao significativa em fruns/frentes de luta pela sade e educao pblica: - Luta contra a violao de direitos e danos ambientais e sade causados pela implantao da TKCSA; - Reconhecimento da Escola pelos movimentos sociais e mdias alternativas, comunitrias, sindicais e populares como fonte de informao alternativa produzida pela grande imprensa; - Frum de defesa da escola pblica; - Frente nacional contra a privatizao do SUS. Slide 4 Ampliao e fortalecimento de aes poltico- pedaggicas junto aos movimentos sociais, em territrios urbanos, campo e floresta; Criao de novos espaos poltico pedaggicos, como o Terrammata; Reinsero e reformulao da Secretaria Executiva da RETSUS. Inflexes estratgicas da EPSJV 4/12 Slide 5 5/12 Gesto e Desenvolvimento Institucional Aumento significativo do oramento: Ampliao de R$ 2,8 milhes (+ 48%) nos ltimos 2 anos, atingindo o patamar de R$ 8,6 milhes no POM de 2011; Incremento na captao de recursos externos. Ampliao Predial da Escola. Ampliao da fora de trabalho em vrias frentes, e aumento na remunerao: 28 vagas no concurso 2010/11; Reformulao do contrato de terceirizao, implicando em ampliao de postos de trabalho (atualmente 71 contratados) e aumento real na remunerao (mdia de 39%); PAETEC: ampliao do n de bolsistas (42 em vigncia), com aumento da tabela de valores pagos aos pesquisadores. Slide 6 6/12 Gesto e Desenvolvimento Institucional Desenvolvimento e implementao de sistemas informatizados: ferramentas de apoio a gesto: requisio de compras, solicitao de dirias e passagens, entre outros; ferramentas de apoio a gesto escolar: processo seletivo; SAGE Sistema de Apoio Gesto Estratgica: em parceria com a Diplan, a ser incorporado como sistema corporativo de toda a Fiocruz; SAGE/CPLP adequao do sistema Fiocruz para utilizao nos paises africanos de lngua portuguesa. Slide 7 7/12 Ensino Reformulao do Programa de educao de jovens e adultos; Atualizao/Reviso do PPP (em andamento); Intensificao da integrao curricular (em andamento); Reformulao do processo seletivo; Ampliao, em nvel nacional, do Mestrado de Educao Profissional em Sade; Ampliao da produo de vdeos, hipermdia e outras produes no campo da Tecnologia Educacional. Slide 8 8/12 Comunicao e Informao Ampliao de parcerias com editoras (UFRJ, Expresso Popular); Cooperao com mdias independentes e movimentos sociais para divulgao de contedos produzidos pela Escola; Reformulao da Revista da RET-SUS; Ampliao da distribuio/alcance da Revista POLI; RevTES no Scielo. Slide 9 9/12 Pesquisa e Desenvolvimento Tecnolgico Ampliao da divulgao cientifica e da produo de material didtico (18 livros de 2009 a 2011; 42 artigos em revistas indexadas em 2010) Criao de poltica editorial; Implantao de comisso de tica em pesquisa em Cincias Humanas na Fiocruz, em parceria com ICICT e potencialmente com COC; Slide 10 10/12 Pesquisa e Desenvolvimento Tecnolgico Aumento da participao em editais (18 editais internos e externos Fiocruz); Ampliao das cooperaes tcnicas e convnios (16 em vigncia); Implementao do projeto de Iniciao Cientfica para tcnicos em sade. Slide 11 11/12 Cooperao Internacional Implementao do curso de especializao em educao profissional em sade para os PALOPs no mbito da Rede de Escolas Tcnicas da CPLP; Implantao do curso de formao ps secundria em biodiagnstico, em coordenao conjunta com a Universidade de Cabo Verde; Fortalecimento e ampliao das atividades de CI em vrias frentes (formao, material didtico, RETS, estruturao de escolas tcnicas e currculos). Slide 12 12/12 Dificuldades, frustraes e desafios Recrudescimento em 2010 das relaes com a SGTES, em funo de diversas variveis polticas, eleitorais e de organizao interna; Ainda que a relao poltica e institucional da Direo com laboratrios e setores da escola seja ativa e com desdobramentos importantes, em alguns casos surgiram alguns vcuos, apontando para necessidade futura de maior estreitamento; O oramento da Fiocruz tem se mostrado insustentvel para garantir o crescimento de suas atividades, com impacto direto nas atividades e pretenses da EPSJV, atrasando ou desacelerando projetos (p.ex: o contingenciamento no segundo semestre de 2010, o controle e garroteamento das passagens e dirias em 2011).

Recommended

View more >