Aula 8 - Poluio Atmosfrica

  • Published on
    10-Jul-2015

  • View
    178

  • Download
    0

Transcript

Poluio Atmosfrica Profa. Roselene Schneider

Poluentes do ar CO Hidrocarbonetos (CH4) Chumbo NO2 SO2 Oxidantes fotoqumicos (formados pela ao da luz solar nos xidos de N e hidrocarbonetos) Particulados

Efeitos globais da poluio atmosfrica

Efeito estufa Chuva cida Diminuio da camada de oznio Inverso trmica Corroso Efeitos sobre a sade

Efeito estufa 1000 x mais rpida! http://1.bp.blogspot.com/_a6g-ynXl3og/TIfjSE-fw3I/AAAAAAAAAA4/L5NXkCOm90U/s1600/ efeito_estufa.jpg http://3.bp.blogspot.com/_6P3XJDoJOps/TLXwpBjAqTI/AAAAAAAAAfg/TPCM2_wdk6g/s1600/ efeito_estufa.jpg http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTMRPZRhEaS2bhKAPPCQmIkRKiduPHOIoX3S-L6N NiJKdc-TWp5

Chuva cida (deposio cida) Chuva naturalmente cida

Deposio resultante de resduos sulfatos, nitratos e outras substncias Deposio molhada (limpeza da atmosfera) ou seca (gases ou partculas se agregarem) http://1.bp.blogspot.com/_ySj2pUkm7Zw/TPRmBx87y1I/AAAAAAAABSc/souE8TU4AN0/s1600/ chuva_acida.gif

Diminuio da camada de oznio Vilo CFC grupo de gases usados no sistema de refrigerao, produo de aerossis, solventes, espumas; Os raios ultravioletas do sol quebram as molculas de CFC s e liberam tomos de cloro o oznio reage com o cloro ...efeito em cascata... Cl + O3 . ClO + O2 ClO + 1/2O2 . Cl + O2 H controvrsias concorrncia industrial http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRQ5vZASQ7050O74gcg-h4dl9bt39vsGwT2bneVR sw6Ao-67Mih http://eco.ib.usp.br/lepac/conservacao/ensino/imagens/esquema_ozonio.jpg

Inverso trmica um processo natural, no tem a ver com a poluio A poluio s agrava a situao... Cubato...

Pode haver a necessidade de interrupo das atividades que geram poluentes, at que as condies se modifiquem e o vento espalhe e dilua os poluentes atmosfricos; Aumento substancial na incidncia de doenas respiratrias e alrgicas; http://3.bp.blogspot.com/_Yf-I1R1i8CA/S8NyPj5XX9I/AAAAAAAAABU/GOOyQUe3SKo/s1600/ inversao-termica%5B1%5D.gif http://www.agracadaquimica.com.br/imagens/artigos/clip_image003_0001.gif

Corroso A poluio atmosfrica pode causar problemas srios de corroso em metais, rochas, pinturas etc.; Principal responsvel pela corroso metlica o SO2 que se converte em H2SO4 corroso eletroqumica; A palidez das tintas e a reduo do poder de rigidez, so resultados de alguns poluentes como o SOx e NOx; O H2S reage sobre os pigmentos, principalmente amarelos e vermelhos;

Efeitos sobre a sade Pouco foi estudado em relao s doenas; h casos ligados e eventos de grande poluio, mas pouco se sabe da relao entre poluio e doenas.

Mtodos de controle da poluio do ar

Medidas indiretas:

Impedir a gerao do poluente: Diminuio da quantidade de poluentes gerados Diluio atravs de chamins elevadas Adequada construo (layout) e manuteno dos edifcios industriais Planejamento territorial

Medidas diretas:

Concentrao /reteno dos poluentes na fonte

Mtodos de controle da poluio do ar Impedir a gerao do poluente: Substituio de matrias-primas e reagentes, ex.: eliminao da adio de chumbo tetraetila na gasolina; Mudana de processos ou operao: utilizao de operaes contnuas automticas, uso de sistemas completamente fechados, condensao e reutilizao de vapores (indstria petrolfera), processos midos ao invs de secos etc.; Diminuio da quantidade de poluentes gerados: operar com os equipamentos dentro da capacidade nominal - boa operao e manuteno de equipamentos produtivos - adequado armazenamento de materiais pulverulentos - mudana de processos, equipamentos e operaes - mudana de combustveis

Mtodos de controle da poluio do ar Diluio atravs de chamins elevadas os fatores a serem considerados neste caso so relacionados com o processo, a fonte geradora de poluentes e s condies meteorolgicas;

Adequada construo (layout) e manuteno dos edifcios industriais armazenamento de produtos adequada disposio de resduos slidos e lquidos

Planejamento territorial localizao seletiva fonte/receptor

Mtodos de controle da poluio do ar Medidas diretas

Concentrao dos poluentes na fonte para tratamento efetivo antes do lanamento na atmosfera; Reteno do poluente aps gerao atravs de equipamentos de controle de poluio do ar (ECP);

Equipamentos de controle de poluio do ar (ECP)

Os equipamentos de controle so classificados primeiramente em funo do estado fsico do poluente a ser considerado;

Em seguida a classificao envolve diversos parmetros como mecanismo de controle, uso ou no de gua ou outro lquido etc.

Equipamentos de controle de material particulado Para o controle da emisso de material particulado pode-se lanar mo de filtros de manga; coletores inerciais ou gravitacionais; coletores midos; ciclones; ps-queimadores; precipitadores eletrostticos; Filtros de Manga O fluxo gasoso forado atravs de um meio poroso (filtro) onde o material particulado retido.

http://www.ambientelivre.com.br/projetos/luvasul/images/stories/filtro%20manga3. jpg http://www.aletron.com.br/profissional/images/filtro_manga_gr.jpg

Equipamentos de controle de material particulado Vantagens de se utilizar os filtros de manga: - Alta eficincia (at 99.9%) - Perda de carga no excessiva; -Resistncia a corroso As desvantagens do equipamento so: - Grande espao requerido para tratar grandes vazes - Alto custo - Baixa resistncia a altas temperaturas - Empastamento devido a poluentes condensveis e pegajosos - Possibilidade de entupimento

Equipamentos de controle de material particulado Coletores Gravitacionais Utilizam a deposio gravitacional das partculas carregadas pelo fluxo gasoso:

Equipamentos de controle de material particulado

As vantagens de se utilizar este tipo de equipamento so devido ao: - Baixo custo; - Baixa perda de carga; - Resistncia a corroso e temperatura;

As desvantagens so: - Baixa eficincia para partculas pequenas (restritos a partculas maiores que 50 micrometro) - Grande espao requerido.

Equipamentos de controle de material particulado

Coletores midos ou Lavadores de Gs O gs forado atravs de uma asperso de gotas, que colidem com o material particulado, aglomerando as partculas e tornando a coleta facilitada (gravitacional ou inercial);

http://www.aletron.com.br/profissional/images/lavador_gas_graf.gif https://encrypted-tbn3.google.com/images?q=tbn:ANd9GcSoe_3lFbW2hJbV7zTKZhsjp52Ss CivTNOZw3E2rqg2I3tyZNiHZw

Equipamentos de controle de material particulado

As vantagens deste tipo de equipamento so as de que: - Pode coletar partculas e gases ao mesmo tempo; - Baixo custo inicial; - Seu tamanho em geral pequeno;

As desvantagens no uso deste equipamento so: - Grande consumo de gua - Gerao de resduos - Baixa eficincia para partculas menores que 1 micrometro)

Equipamentos de controle de material particulado Ciclones O ciclone baseia-se na ao da fora centrifuga que age sobre as partculas carregadas pelo fluxo de gs, empurrando-as na direo das paredes, e retirando-as do fluxo gasoso.

http://www.geocities.ws/dmatias/trabalhos/ciclone.JPG http://www.ecotechsystem.com.br/images/ciclone01.jpg

Equipamentos de controle de material particulado As vantagens: - Baixo custo; - Baixa perda de carga; - Resistncia a corroso e temperatura; - Simplicidade de projeto e manuteno; As desvantagens: - Baixa eficincia para partculas menores que 5 micrometro) - Excessivo desgaste por abraso - Possibilidade de entupimento (partculas menores, higroscpicas e/ou pegajosas).

Equipamentos de controle de emisses de gases Para o controle de emisso de gases, podem ser usados os processos de:

absoro por um lquido, os lavadores de gs; adsoro para um material slido; converso para um composto menos poluente ou no poluente: psqueimadores e catalisadores.

Equipamentos de controle de emisses de gases Lavadores de Gs O gs forado atravs de uma asperso de gotas, que colidem com o material particulado, aglomerando as partculas e tornando a coleta facilitada (gravitacional ou inercial);

http://www.aletron.com.br/profissional/images/lavador_gas_graf.gif https://encrypted-tbn3.google.com/images?q=tbn:ANd9GcSoe_3lFbW2hJbV7zTKZhsjp52Ss CivTNOZw3E2rqg2I3tyZNiHZw

Equipamentos de controle de emisses de gases Equipamentos de adsoro remoo de gases

Os equipamentos de adsoro utilizam diferentes adsorventes, dependendo do tipo de substncia que se quer remover

http://www.neurolab.ufsc.br/ensino/eqa5312/semestres/2002.2/20022_3.jpg http://www.vemag.com.br/zander/vsacadorZ.jpg

Equipamentos de controle de emisses de gases

Equipamentos de controle de emisses de gases

A eficincia destes materiais quase 100% (entre 99 e 99,8% de eficincia de recuperao), e se mantm extremamente alta at sua completa saturao;

Quando saturados estes materiais podem ser regenerados e reutilizados. So muito utilizados quando os compostos recuperados possuem valor comercial.

Equipamentos de controle de emisses de gases Converso para um composto menos poluente ou no poluente - Psqueimadores Exposio direta do fluxo gasoso a uma chama; Eficincia prxima a 100% se operado corretamente; Queima dos gases pode ser usada como fonte de energia; Maioria dos compostos orgnicos se decompe entre 650 e 825oC.

Equipamentos de controle de emisses de gases Converso para um composto menos poluente ou no poluente: catalisadores

Princpio de funcionamento: este equipamento basicamente uma cmara atravs da qual o poluente combustvel, gs ou vapor, forado a passar. O Catalisador uma substncia que aumenta a taxa de reao (ou combusto), sem participar do processo; A combusto cataltica ocorre no interior do catalisador sem chama e temperaturas relativamente baixas(300 - 400oC); Usada principalmente para a remoo de compostos de carbono (aldedos (ex.: H2C=O - formol) e hidrocarbonetos (CH4 metano) no queimados) e NOx (NOx.N2 + O2).

Equipamentos de controle de emisses de gases