As cartas de Paulo III Glatas, Efsios, Filipenses e Colossenses Diretrizes para as igrejas primitivas que valem para as igrejas crists de hoje.

  • Published on
    16-Apr-2015

  • View
    103

  • Download
    1

Transcript

  • Slide 1
  • As cartas de Paulo III Glatas, Efsios, Filipenses e Colossenses Diretrizes para as igrejas primitivas que valem para as igrejas crists de hoje
  • Slide 2
  • As cartas de Paulo III Glatas, Efsios, Filipenses e Colossenses Estudo 11 Prossigo para o alvo Texto bblico Filipenses 3 e 4 Texto ureo Filipenses 3.13b-14...Mas uma coisa fao, e que, esquecendo-me das coisas que atrs ficam, e avanando para as que esto adiante, prossigo pra o alvo pelo prmio da vocao celestial de Deus em Cristo Jesus.
  • Slide 3
  • Na vida crist, voc tem que ter um alvo a atingir. Voc deve ter um objetivo a acertar. Voc tem que fazer todo um esforo de concentrao para isto. O objetivo da nova vida que alcanamos em Cristo deve ser sempre o de fazer o melhor possvel para isto. Paulo nos aponta para isto quando escreve ao filipenses. Este grau de dedicao do apstolo a determinado objetivo, deve ser nosso tambm.
  • Slide 4
  • Paulo vai ensinar aos filipenses sobre o que seria a verdadeira religiosidade, logo no incio do captulo 3: 1.Servir a Deus em esprito e no na aparncia (3a); 2.Gloriarmo-nos em Cristo Jesus e no em nossos atributos humanos (3b); 3.No confiarmos nas obras da carne, mas sim, nas intenes do corao (3c). O cuidado dele era especialmente para que os crentes em Filipos no se deixassem levar pelas atraes da falsa religiosidade, aparente e vazia
  • Slide 5
  • Um ponto de destaque nesta carta a importncia que o apstolo confere vida crist em alegria e regozijo. Por duas vezes ele menciona isto aos filipenses (3.1, 4.4): Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Outro aspecto que ele ressalta tambm o da capacidade que o crente pode alcanar pela f, de resistir a todas as dificuldades que porventura lhe surjam (4.13): Posso todas as coisas naquele que me fortalece.
  • Slide 6
  • Vamos abrir ento as nossas Bblias nesta preciosa carta de Paulo. Vamos ler ali, aquilo que escrito a dois mil anos atrs tem muito a ver com todos ns e com todas as igrejas de Cristo, em pleno sculo XXI. Filipenses 3 e 4 a nossa jornada de hoje!
  • Slide 7
  • 1. Quanto ao mais, irmos meus, regozijai-vos no Senhor. No me penoso a mim escrever-vos as mesmas coisas, e a vs vos d segurana. 2. Acautelai-vos dos ces; acautelai-vos dos maus obreiros; acautelai-vos da falsa circunciso. 3. Porque a circunciso somos ns, que servimos a Deus em esprito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e no confiamos na carne. 4. Se bem que eu poderia at confiar na carne. Se algum outro julga poder confiar na carne, ainda mais eu: 5. circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; quanto lei fui fariseu; 6. quanto ao zelo, persegui a igreja; quanto justia que h na lei, fui irrepreensvel. 7. Mas o que para mim era lucro passei a consider-lo como perda por amor de Cristo; Filipenses 3.1-7 A falsa religiosidade
  • Slide 8
  • 8. sim, na verdade, tenho tambm como perda todas as coisas pela excelncia do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo, 9. e seja achado nele, no tendo como minha justia a que vem da lei, mas a que vem pela f em Cristo, a saber, a justia que vem de Deus pela f; 10. para conhec-lo, e o poder da sua ressurreio e a participao dos seus sofrimentos, conformando-me a ele na sua morte, 11. para ver se de algum modo posso chegar ressurreio dentre os mortos. Filipenses 3.8-11 Ser como Cristo, era a meta de vida do apstolo
  • Slide 9
  • 12. No que j a tenha alcanado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcanar aquilo para o que fui tambm alcanado por Cristo Jesus. 13. Irmos, quanto a mim, no julgo que o haja alcanado; mas uma coisa fao, e que, esquecendo-me das coisas que atrs ficam, e avanando para as que esto adiante, 14. prossigo para o alvo pelo prmio da vocao celestial de Deus em Cristo Jesus. 15. Pelo que todos quantos somos perfeitos tenhamos este sentimento; e, se sentis alguma coisa de modo diverso, Deus tambm vo-lo revelar. 16. Mas, naquela medida de perfeio a que j chegamos, nela prossigamos. Filipenses 3.12-16 A suprema aspirao do apstolo
  • Slide 10
  • 17. Irmos, sede meus imitadores, e atentai para aqueles que andam conforme o exemplo que tendes em ns; 18. porque muitos h, dos quais repetidas vezes vos disse, e agora vos digo at chorando, que so inimigos da cruz de Cristo; 19. cujo fim a perdio; cujo deus o ventre; e cuja glria assenta no que vergonhoso; os quais s cuidam das coisas terrenas. 20. Mas a nossa ptria est nos cus, donde tambm aguardamos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo, 21. que transformar o corpo da nossa humilhao, para ser conforme ao corpo da sua glria, segundo o seu eficaz poder de at sujeitar a si todas as coisas. Filipenses 3.17-21 A vitria final do crente
  • Slide 11
  • 1. Portanto, meus amados e saudosos irmos, minha alegria e coroa, permanecei assim firmes no Senhor, amados. 2. Rogo a Evdia, e rogo a Sntique, que sintam o mesmo no Senhor. 3. E peo tambm a ti, meu verdadeiro companheiro, que as ajudes, porque trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros meus cooperadores, cujos nomes esto no livro da vida. 4. Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai- vos. 5. Seja a vossa moderao conhecida de todos os homens. Perto est o Senhor. Filipenses 4.1-5 Recomendaes pessoais
  • Slide 12
  • 6. No andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela orao e splica com aes de graas; 7. e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardar os vossos coraes e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. 8. Quanto ao mais, irmos, tudo o que verdadeiro, tudo o que honesto, tudo o que justo, tudo o que puro, tudo o que amvel, tudo o que de boa fama, se h alguma virtude, e se h algum louvor, nisso pensai. 9. O que tambm aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz ser convosco. Filipenses 4.6-9 A expresso da verdadeira religiosidade
  • Slide 13
  • 10. Ora, muito me regozijo no Senhor por terdes finalmente renovado o vosso cuidado para comigo; do qual na verdade andveis lembrados, mas vos faltava oportunidade. 11. No digo isto por causa de necessidade, porque j aprendi a contentar-me com as circunstncias em que me encontre. 12. Sei passar falta, e sei tambm ter abundncia; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundncia, como em padecer necessidade. 13. Posso todas as coisas naquele que me fortalece. 14. Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflio. Filipenses 4.10-14 Convivendo com as dificuldades
  • Slide 14
  • 15. Tambm vs sabeis, filipenses, que, no princpio do evangelho, quando parti da Macednia, nenhuma igreja comunicou comigo no sentido de dar e de receber, seno vs somente; 16. porque estando eu ainda em Tessalnica, no uma s vez, mas duas, mandastes suprir-me as necessidades. 17. No que procure ddivas, mas procuro o fruto que cresa para a vossa conta. 18. Mas tenho tudo; tenho-o at em abundncia; cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro suave, como sacrifcio aceitvel e aprazvel a Deus. Filipenses 4.15-18 A solidariedade crist
  • Slide 15
  • 19. Meu Deus suprir todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glria em Cristo Jesus. 20. Ora, a nosso Deus e Pai seja dada glria pelos sculos dos sculos. Amm. 21. Saudai a cada um dos santos em Cristo Jesus. Os irmos que esto comigo vos sadam. 22. Todos os santos vos sadam, especialmente os que so da casa de Csar. 23. A graa do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso esprito. Filipenses 4.19-23 Uma saudao final
  • Slide 16
  • Concluso Como voc reage s exortaes de Paulo sobre a sua vida crist? 1.Firme no Senhor? (4.1) 2.Vive em comunho? (4.2) 3.Em esprito de cooperao? (4.3) 4.Em regozijo constante? (4.4) 5.Em equilbrio de vida (4.5) 6.Vence a ansiedade? (4.6a) 7. Em esprito de orao? (4.6b) 8. Em que voc pensa? (4.8) Examine-se a si mesmo e faa a sua avaliao sobre isto!

Recommended

View more >