Anexo III ao Edital de Abertura - Referncias Bibliogrficas

  • Published on
    31-Dec-2016

  • View
    213

  • Download
    1

Transcript

  • 1 de 6

    ANEXO III

    REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS

    DEMO, Pedro. Educar pela pesquisa. Campinas, Autores Associados, 1996. DEMO, Pedro. Professor do futuro e reconstruo do conhecimento. Petroplois, RJ. Vozes, 2004. GOMZ, Angel Prez. O pensamento prtico do professor: A formao do professor como profissional reflexivo. Temas da Educao. 1 Publicaes Dom Quixote. Instituto de Inovao Educacional (Nova Enciclopdia, 39) Lisboa 1992. NOVOA, Antnio (coord.) Os professores e a sua formao. Temas da Educao. 1 Publicaes Dom Quixote. Instituto de Inovao Educacional (Nova Enciclopdia, 39) Lisboa 1992. SACRISTN, J. Gimeno. Conscincia e ao sobre a prtica como libertao profissional dos professores. Coleo Cincias da Educao. Orientada por Maria Teresa Estrela e Albano Estrela. Porto Editora. Porto Portugal. 1999 MORIN, Edgar. Los siete saberes necesarios a la educacin del futuro. Paris: Unesco, 1999. [Documento eletrnico: http://www.unesco.org ] IMBERNN. F. Formao docente e profissional: formar-se para a mudana e a incerteza. 5 ed. So Paulo: Cortez, 2005. NVOA, A.. A formao de professores e profisso docente. In: NVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formao. Lisboa: Dom Quixote, 1992. GARCIA, C. M. A formao de professores: novas perspectivas baseadas na investigao sobre o pensamento do professor. In NVOA, Antnio (Coord.). Os professores e sua formao. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 51-76. ____. Formao de professores: para uma mudana educativa. Trad. Isabel Narciso. Porto: Porto Editora. 1999. GIROUX, H. Os professores como intelectuais: ruma a uma nova pedagogia crtica da aprendizagem. Trad. Daniel Bueno. Porto Alegre: Artes Mdicas. 1997. 12 GMEZ, A. P. O pensamento prtico do professor: a formao do professor como profissional. In NVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formao. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 93-114. NVOA, A. Formao de professores e profisso docente. In: NVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formao. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 9-33. PERRENOUD, P. Prticas pedaggicas, profisso docente e formao: perspectivas sociolgicas. Lisboa: Dom Quixote, 1993. SCHN, D. A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Trad. Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artes Mdicas Sul, 2000. ____. Formar professores como profissionais reflexivos. In NVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formao. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 77-91. TARDIF, M. Saberes docentes e formao profissional. 3. ed. Petrpolis: Vozes, 2002. PIMENTA, S. G. (Org.). Saberes pedaggicos e atividade docente. 4. ed. So Paulo: Cortez, 2005. ____; e GHEDIN, E. (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gnese e crtica de um conceito. So Paulo: Cortez, 2002. ZEICHNER, K. M. Formao de professores reflexivos para a educao centrada nos alunos: possibilidades e limites. In BARBOSA, R. L. L. (Org.). Formao de educadores: desafios e perspectivas. So Paulo: UNESP, 2003. CICLOS ARROYO, M. G. Imagens Quebradas: Trajetrias e tempos de alunos e mestres. 3 ed. Petrpolis, RJ: Vozes, 2004. ________. Ciclos de desenvolvimento humano e formao de educadores. Educ. Soc., Campinas, v. 20, n. 68, 1999. Disponvel em:

  • 2 de 6

    BARRETTO, E. S. de S.; SOUSA, S. Z. Estudos sobre ciclos e progresso escolar no Brasil: uma reviso. Educao e Pesquisa. So Paulo, v. 30, n. 1, 2004. Disponvel em:

  • 3 de 6

    1997. 370 p. Tese (Doutorado) Faculdade de Educao, Universidade de So Paulo, So Paulo, 1997. CARDOSO, A. Gesto participativa numa escola comunitria. 1995. 107 p. Dissertao (Mestrado) Faculdade de Educao, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1995. CASEIRO, L. C. Vida cotidiana e polticas de participao comunitria na rede estadual de ensino: um estudo preliminar. 1996. 144 p. Dissertao (Mestrado) Faculdade de Educao, Universidade de So Paulo, So Paulo, 1996. CISESKI, A. A. Aceita um conselho: teoria e prtica da gesto participativa na escola pblica. 1997. 119 p. Dissertao (Mestrado) Faculdade de Educao, Universidade de So Paulo, So Paulo, 1997. CORRA, B. C. Possibilidades de participao familiar e qualidade na educao infantil. 2001. 192 p. Dissertao (Mestrado) Faculdade de Educao, Universidade de So Paulo, So Paulo, 2001. FILP, Joana, et al. Sistema de Medicin de la calidad de la educacin bsica: una propuesta. Estudos de Avaliao Educacional, So Paulo (2): 49-89, jul./dez. 1990.

    RIBEIRO, Srgio Costa. A pedagogia da repetncia. Mimeo. 1990. 16 pgs. (ver esta edio de Estudos Avanados). SILVA, Rose N.; DAVIS, Cladia; ESPSITO, Yara; MELLO, Guiomar N. Equidade, qualidade e avaliao: o difcil caminho entre utopia e realidade. Mimeo. 1991,30 pgs.

    TEDESCO, Juan Carlos. Estratgias de Desarrollo y Educacin: el desafio de la gestin pblica. Mimeo., s.d., 28 pgs.

    CENPEC, (1994a). Participao de todos para uma escola melhor: escola municipal de Iputinga. In: __________. Qualidade para todos: o caminho de cada escola. So Paulo. CENTRO DE CULTURA LUIZ FREIRE, Grupo Alternativas Educacionais, (1994).Uma estratgia de sobrevivncia escolar na Regio Metropolitana do Recife. Olinda: CCLF. DIRIO DE PERNAMBUCO, (1993). Recifense quer maior tempo na escola. Recife, 19 set. GHANEM, Elie, (1996). Participao popular na gesto escolar: trs casos de polticas de democratizao. Son Paulo: Ao Educativa. GUIA NETO, Walfrido S. dos Mares, (1992). A realidade da educao em Minas Gerais. Estudos em Avaliao Educacional, n 6, p. 9-28, jul./dez. MACIEL, Maria, (1995). Gesto escolar democrtica: os conselhos escolares na rede municipal de ensino do Recife. Mestrado em educao. Universidade Federal de Pernambuco. MEC, (1995). Relatrio do 2 do ciclo do Sistema Nacional de Avaliao da Educao Bsica SAEB 1993. Braslia: MEC. PACTO DE MINAS PELA EDUCAO, (1994). Educao de qualidade para todos e todos pela qualidade da educao. Belo Horizonte. SECRETARIA DE EDUCAO E CULTURA ASSESSORIA TCNICA ESPECIAL (Recife), (1994a). Relatrio geral de atividades: 1 de janeiro a 30 de novembro de 1993. Recife. SECRETARIA DE EDUCAO E CULTURA (Recife), (1994b). Conferncia Municipal de Educao. Cadernos de Educao, 1, Recife. __________, (1994c). Realizaes 1993-1994. Cadernos de Educao, 1, Recife. __________, (1994d). Conselho escolar. Cadernos de Educao, 3, Recife. __________, (1994e). Projeto Avaliao e Necessidades Bsicas de Aprendizagem. Cadernos de Educao, 12, Recife. __________, (1995a). Pr-oramento 1996. Cadernos de Educao, 2, Recife. __________, (1995b). Projeto Qualidade de Ensino e Escola Democrtica: d asas s suas razes. Recife. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAO (Minas Gerais), (1992). Colegiado em revista. Belo Horizonte. __________, (1994). A poltica educacional de Minas Gerais. Belo Horizonte. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAO (Porto Alegre), (1995). Regimento escolar: documento referncia para a escola cidad: escola municipal de 1 grau, I, II e III ciclos. Porto Alegre.

  • 4 de 6

    RIBEIRO, Vera Masago, (1989). O novo conselho de escola. In: __________ (org.). Participao popular e escola pblica: movimentos populares, associaes de pais e mestres, conselhos de escola e grmios estudantis. So Paulo: Cedi. VASCONCELOS, Jarbas, (1994). Projeto de lei n 74/94. Recife. ABIB, Jos. As secretarias estaduais de educao e a administrao dos sistemas de ensino. Braslia : MEC, Seps, 1980. 114 p. ALMEIDA, Zenaide C. M. de et al. Gesto de educao: experinciasdo Centro-Oeste. Braslia: Anpae/Inep, 1995. ALONSO, M. O papel do diretor na administrao escolar. So Paulo: Difel Educ, 1976.. O papel do diretor na administrao escolar. Rio de Janeiro: Bertand Brasil, 1996. ANDRADE, Narcisa. V. Administrao em educao. Rio de Janeiro: LTC, 1979. 256 p. CARVALHO, N. V. Autogesto: o governo pela autonomia. So Paulo: Brasiliense, 1983. CENPEC. Gesto, compromisso de todos. So Paulo, 1994. CUNHA, Maria Cristina Amoroso A. de. O diretor: articulador do projeto da escola. So Paulo: FDE, 1992. DALBEN, ngela Imaculada Loureiro de Freitas. Trabalho escolar e conselho de classe. Campinas: Papirus, 1992. FLIX, M. F. C. Administrao escolar: um problema educativo ou empresarial. So Paulo: Cortez, Autores Associados, 1986. FERREIRA, N. S. C. (Org.). Gesto democrtica da educao: atuais tendncias, novos desafios. So Paulo: Cortez, 1998. FONSECA, Dirce (Org.). Administrao educacional: um compromisso democrtico. So Paulo: Papirus, 1994. GADOTTI, Moacir. Organizao do trabalho na escola. 2. ed. So Paulo: tica, 1994. GHANEM. lie. Democracia: uma grande escola: alternativas de apoio democratizao da gesto e melhoria da educao pblica. So Paulo: Ao Educativa/Unicef/Fundao Ford, 1998. GONZALES, Elias Nunes. Conselho de classe participativo, GRIFFITHS, Daniel Edward. Teoria da administrao escolar. 4. ed. So Paulo: Ed. Nacional, 1978. 136 p. (Atualidades Pedaggicas). HORA, Dinair Leal da. Gesto democrtica na escola: artes e ofcios da participao coletiva. Campinas : Papirus, 1994. KIMBROUCH, RALPH B. Princpios e mtodos de administrao escolar. So Paulo: Saraiva, 1977. LACERDA, Beatriz Pires de. Administrao escolar. 2. ed. So Paulo: Pioneira, 1987. LEM, Leocdia Agla Petry. Democratizao e autonomia da escola pblica. In: RELATRIO de atividades 1991-1992. Recife: CONSED, 1993. p. 73-85. LOURENO FILHO, Manoel Bergstrm. Organizao e administrao escolar: curso bsico. 7. ed. So Paulo: Melhoramentos, 1976. LCK, Helosa. Ao integrada : administrao, superviso e orientao educacional. 14. ed. Petropolis : Vozes, 1999. LCK, Helosa et al. A escola participativa : o trabalho do gestor escolar. Rio de Janeiro: DP&A, 1998. LUCK , HELOISA. - Liderana Em Gesto Escolar LUCK, HELOISA. GESTO EDUCACIONAL - UMA QUESTO PARADIGMTICA - VOL. 1, LUCK HELOISA. Concepces e Processos Democraticos de Gesto Educacional www.planetanews.com/autor/. LCK, HELOISA. Escola Participativa: o Trabalho do Gestor Escolar, A -& KATIASIQUEIRA. www.planetanews.com/autor/. Perspectivas da gesto escolar e implicaes quanto formao de seus gestores H LCK - Em aberto - rbep.inep.gov.br LCK, HELOISA. A EVOLUO DA GESTO EDUCACIONAL, A PARTIR DE MUDANA PARADIGMTICA H LCK - FINGER, Almir P. Educao: caminhos e perspectivas. , 1996 Citado por 4 - Artigos relacionados - Pesquisa na web LCK, HELOISA Gesto educacional: estratgia para a ao global e coletiva no ensino H LCK - FINGER, Almeri Paulo [et al.]. Educao: caminhos e, 1996

    Citado por 3 - Artigos relacionados - Pesquisa na web LCK, HELOISA. Gesto escolar e formao de gestores em H Lck - Em aberto

    Citado por 3 - Artigos relacionados - Pesquisa na web

    http://www.planetanews.com/autor/http://www.planetanews.com/autor/

  • 5 de 6

    A dimenso participativa de gesto escolar H LCK - Gesto Citado por 2 - Artigos relacionados - Pesquisa na web Indicadores para a Qualidade na Gesto Escolar e Ensino

    H Lck - Gesto em Rede, 2000 Citado por 1 - Artigos relacionados - Pesquisa na web GESTO EDUCACIONAL. ... Discusses e estudos coletivos entre todos os segmentos da escola; Maior atuao do conselho escolar; HELOISA LCK. IDENTIDADE DA ESCOLA. ... Citado por 1 - Artigos relacionados - Ver em HTML - Pesquisa na web A Evoluo da Gesto Educacional, a partir de Mudana Paradigmtica. 2001

    H LCK Citado por 1 - Artigos relacionados - Pesquisa na web LCK, HELOISA A dimenso participativa da gesto escolar

    H LCK - Gesto em Rede, Braslia Citado por 1 - Artigos relacionados - Pesquisa na web A aplicao do planejamento estratgico na escola

    H LCK - Gesto em Rede, Braslia: CONSED, 2000 - crmariocovas.sp.gov.br ... PROFA. HELOSA LCK Coordenadora da RENAGESTE/ Rede Nacional de Referncia em Gesto Educacional, do Conselho Nacional de Secretrios da Educao... Citado por 3 - Artigos relacionados - Ver em HTML - Pesquisa na web MARTINS, Jos do Prado. Administrao escolar: uma abordagem crtica do processo administrativo em educao. So Paulo: Atlas, 1991. MONTENEGRO, Nesse. O conselho de escola e a gesto participativa. So Paulo: PUC-SP, 1991. NOGUEIRA, Madza Julita. Diretor/Dirigente: a construo de um projeto pedaggico na escola pblica. In: CUNHA, Maria Cristina Amoroso A. da (Org.). Fundao de Desenvolvimento da Educao. So Paulo: [s.n.], 1992. p. 57-67. (Sries Idias, v. 15). OLIVEIRA, Dalila Andrade. Gesto democrtica da educao: desafios contemporneos. Petrpolis: Vozes, 1997. PARO, Vitor Henrique. Administrao escolar: introduo crtica. So Paulo: Cortez, Autores Associados, 1990. PARO, Vitor Henrique. Eleio de diretores. Campinas: Papirus, 1996. . A gesto de escolas pblicas de 1 e 2 graus e a teoria administrativa. Goinia, set. 1986. Comunicao apresentada IV Conferncia Brasileira de Educao, no painel. Administrao da Educao na Nova Repblica.. PARO, Vitor Henrique. Gesto democrtica da escola pblica. So Paulo: tica, 1997. (Srie Educao em Ao). PERES, Janise Pinto. Administrao e superviso em educao. So Paulo: Atlas, 1977. REBOUAS, Osmundo, FERREIRA, Cludio. Gesto compartilhada: o pacto do Cear. Rio de Janeiro : Qualitymark, 1994. RIBEIRO, J. Q. Ensaio de uma teoria de administrao escolar. So Paulo: Saraiva, 1978. RIO DE JANEIRO (Estado). Secretaria da Educao. Diretrizes gerais para o funcionamento das unidades escolares da rede estadual. Rio de Janeiro, 1981. SANDER, Benno. Administrao da educao no Brasil: evoluo do conhecimento. Fortaleza: UFC, Braslia: Anpae, 1982. . Consenso e conflito: perspectivas analticas da pedagogia e na administrao da educao. So Paulo: Pioneira, Niteri: UFF, 1984. . Gesto da educao na Amrica Latina. So Paulo: Autores Associados, 1995. SILVA, Jair Milito da. A autonomia da escola pblica. So Paulo: Papirus, 1996. SINGER, P. Desafios com que se defrontam as grandes cidades brasileiras. In: SOARES, J., BAVA, S. (Org.). Os desafios da gesto municipal democrtica. So Paulo: Cortez, 1998. SOARES, J., BAVA, S. (Org.). Os desafios da gesto municipal democrtica. So Paulo: Cortez, 1998. VALERIEN, Jean. Gesto da escola fundamental: subsdios para anlise e sugestes de aperfeioamento. So Paulo: Cortez, MEC, 1993.

  • 6 de 6

    WACHOWICZ, Llian Anna. O processo de gesto das escolas estaduais de 1 e 2 graus do Paran. Curitiba, 1991. Mimeo. Trabalho apresentado na VI Conferncia Brasileira de Educao, So Paulo, 1991. WARDE, Mirian Jorge. Consideraes sobre a autonomia da escola. In: CUNHA, Maria Cristina Amoroso A. da (Org.).

Recommended

View more >