ALVENARIA ESTRUTURAL DE BLOCOS DE CONCRETO

  • Published on
    04-Feb-2016

  • View
    45

  • Download
    0

DESCRIPTION

ALVENARIA ESTRUTURAL DE BLOCOS DE CONCRETO. Desenvolvimento de Projeto. MARCIO CONTE MARING 29/10/2009. OBJETIVO. Informaes e dicas para se iniciar bem um projeto de alvenaria estrutural. PORQUE UTILIZAR ALVENARIA ESTRUTURAL. R$. VANTAGENS DO PROCESSO. - PowerPoint PPT Presentation

Transcript

  • ALVENARIA ESTRUTURAL DE BLOCOS DE CONCRETOMARCIO CONTE MARING 29/10/2009Desenvolvimento de Projeto

  • Informaes e dicas para se iniciar bem um projeto de alvenaria estruturalOBJETIVO

  • PORQUE UTILIZARALVENARIA ESTRUTURALR$

  • Eliminao das etapas de moldagem dos pilares e vigasMontagem da alvenariaReduo de armadurasReduo de formasRevestimentos finos

    VANTAGENS DO PROCESSO

  • O hbito de se trabalhar em sistemas ruins tinhaa compensao de permitir aos trabalhadores,incorporar o seu prprio senso de ruindade no sistema.

    Eric Trist

    O custo do material em si no significativo, mas o custo do sistema ruim que se instala intangvel. DESPERDCIO

  • O projeto de alvenaria pressupe a integraoentre todos os projetos e a gesto dessa integrao dever ser executada por profissionais especializados no tipo de projeto, atuando de forma integral ou parcial dentro das necessidadesINTEGRAO DE PROJETOSCOMPATIBILIZAO

  • Patologias em platibandaPatologias por movimentao trmicaPatologias em janelasMANUTENO PS OBRAREDUO DE PATOLOGIAS

  • Alvenaria Estrutural: vem desempenhando um importante papel no processo de mudana da Indstria da Construo Civil na busca de: TECNOLOGIA E QUALIDADEPROCESSO DE MUDANA

  • LIMITAES DO PROCESSOVos livres e balanos Remoo de paredes

  • MDULAO BSICA

  • Famlia 39InteiroBLOCOS VAZADOS DE CONCRETO FAMLIA DE BLOCOSUnidades modulares em planta, iguais a 15cm x 20cm.MeioBloco 34Bloco 54

  • Paredes = 15cm e Vos = 20cmMDULO BSICO

  • Amarrao em LBLOCOS VAZADOS DE CONCRETO AMARRAESFamlia 39

  • AMARRAES EM L

  • BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO AMARRAES Amarrao em TFamlia 39

  • AMARRAES EM T

  • Elementos estruturais horizontais.BLOCOS COMPLEMENTARESBloco Hidrulico.

  • Unidades modulares em planta, iguais a 15cm x 15cm.BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO FAMLIA DE BLOCOSFamlia 29

  • ARGAMASSA E GRAUTE

  • TRABALHABILIDADE

    CAPACIDADE DE RETENO DE GUA

    GEOMETRIA DA JUNTA

    ADERNCIA

    RESISTNCIA = 65%fbk (Mn 4MPa)ARGAMASSA

  • JUNTA DE ARGAMASSA

  • CIMENTO + AREIA + PEDRISCO

    SLUMP ALTO PARA PREENCHER VAZIOS

    BAIXA RETRAO (ADITIVOS)

    RESISTNCIA = 2fbk (Mn 14MPa)GRAUTE

  • INSTALAES

  • Podem ser embutidas nos furos dos blocos e sempre verticaisINSTALAES ELTRICAS

  • Vo do Quadro de LuzINSTALAES ELTRICAS

  • NBR 10837-Tubulaes que contm fludos no podem ser embutidasINSTALAES HIDRULICAS

  • Instalaes acessveis INSTALAES HIDRULICA

  • Instalaes acessveis INSTALAES HIDRULICA

  • PROCESSOS DEINDUSTRIALIZAO

  • Pr-lajeCOMPONENTES PR-FABRICADOS

  • Laje pr-fabricadaCOMPONENTES PR-FABRICADOS

  • COMPONENTES PR-FABRICADOSEscada Jacar

  • Escada Pr-fabricadaCOMPONENTES PR-FABRICADOS

  • COMPONENTES PR-FABRICADOSVergas e Contravergas

  • APRESENTAODE PROJETO

  • Planta de 1 e 2 Fiada para locaoCotas acumuladasEltrico e hidrulico na planta

    Elevaes em Escala 1:25 Usar papel A3Numerar fiadas1. fiada abaixo da elevaoCOMPONENTES DO PROJETO

  • APRESENTAO EM PLANTA

  • APRESENTAO EM ELEVAO

  • ESPECIFICAES DE PROJETO

  • JUNTA TRMICA DA LAJE

  • A alvenaria estrutural de bloco de concreto a nica que conta com um completo corpo normativo na ABNTNBR 6136 (2006) Bloco vazado de concreto simples para alvenaria estrutural;NBR 7184 (1992) Determinao da resistncia compresso;NBR 12117 (1992) Retrao por secagem;NBR 12118 (1992) Determinao da absoro de gua, do teor de umidade e da rea lquida;NBR 10837 (1989) Clculo de alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto;NBR 8798 (1985) Execuo e controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto; eNBR 8215 (1983) Prismas de blocos vazados de concreto simples para alvenaria estrutural Preparo e ensaio compresso.BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO

  • CONTATOSEng. ALEXANDER MASCHIO(41) 3353-7426 alexsander.maschio@abcp.org.br

    Eng. MARCIO CONTE (41) 3669-7435marcio@mcprojetos.eng.br

    **A alvenaria um sistema construtivo muito antigo, tendo sido muito utilizado desde o incio da atividade humana para executar estruturas destinadas a variados fins. Utilizando-se blocos de diversos materiais, como argila, pedra e muitos outros, foram construdas obras que desafiaram o tempo, atravessando sculos ou mesmo milnios, chegando at nossos dias como verdadeiros monumentos da capacidade humana de erguer estruturas*A alvenaria um sistema construtivo muito antigo, tendo sido muito utilizado desde o incio da atividade humana para executar estruturas destinadas a variados fins. Utilizando-se blocos de diversos materiais, como argila, pedra e muitos outros, foram construdas obras que desafiaram o tempo, atravessando sculos ou mesmo milnios, chegando at nossos dias como verdadeiros monumentos da capacidade humana de erguer estruturas*Alm dessas vantagens, a mudana do sistema ruim promove economia nos servios posteriores e aumento de produtividade.Lembrar que os 20% de aumento de produtividade, no estudomostrado anteriormente facilmente obtido com a implantaodo sistema.*Desperdcio de materiais;Ambiente desorganizado.

    O custo do material, se considerarmos apenas o componente isolado, no alto, mas o custo do sistema ruim, que se instala no ambiente de trabalho, um custo cuja abrangncia e dimenses intangveis torna-se muito elevado.*A gesto do projeto de um produto no uma prtica muito comum na indstria da construo civil, mais especificamente no setor de edificaes. No entanto, entidades autorizadas prevem que essa atividade pode acrescentar em 10% a produtividade brasileira se comparada americana.A gerncia do projeto como um programa de execuo do projeto:- integra os diferentes projetos;- interfere e contribui no estudo de alternativas;- padroniza e uniformiza as informaes;- evita transferir para o canteiro de obras decises que dizem respeito fase de elaborao dos projetos;- reduz ao menos em parte os improvisos e desperdcios.*Alm dessas vantagens, a mudana do sistema ruim promove economia nos servios posteriores e aumento de produtividade.Lembrar que os 20% de aumento de produtividade, no estudomostrado anteriormente facilmente obtido com a implantaodo sistema.*H pouco mais de 5 anos conseguimos sair do discurso e implantar mudanas efetivas nos procedimentos construtivos. E a contribuio de empresas pioneiras, que adotaram como alternativa o processo construtivo em alvenaria estrutural de blocos de concreto modulado, projetados a partir de bases racionais, foi de fato relevante.Passamos a falar de famlias de blocos, ao invs de simplesmente blocos, e a dar importncia ao projeto modulado na sua origem, a partir das unidades modulares dessas famlias. A experincia de capacitao das equipes de produo demonstrou que a improdutividade do setor em funo da m formao dos operrios poderia ser recuperada. A qualidade final depende dos recursos que colocamos a sua disposio.

    **A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.*As famlias de blocos so compostas por elementos cujas dimenses guardam relaes com a unidade modular, possibilitando o fechamento da modulao.

    A famlia 39 composta de 4 tipos de blocos:

    B39 ou B40 - 14x19x39B19 ou B20 ou meio bloco - 14x19x19B34 - 14x19x34B54 - 14x19x54

    *As famlias de blocos so compostas por elementos cujas dimenses guardam relaes com a unidade modular, possibilitando o fechamento da modulao.

    A famlia 39 composta de 4 tipos de blocos:

    B39 ou B40 - 14x19x39B19 ou B20 ou meio bloco - 14x19x19B34 - 14x19x34B54 - 14x19x54

    *Quando se utiliza a famlia 39 nos encontros de duas paredes ortogonais {encontros tipo L}, devemos utilizar o bloco B35 para restabelecer a unidade modular 20 cm, afetada pela largura modular dos blocos de 15 cm. Assim no dever ocorrer juntas a prumo (coincidncia das juntas verticais entre fiadas).

    *Nos encontros entre duas paredes contnuas com uma terceira ortogonal {encontros tipo T}, devemos utilizar o bloco B55 para restabelecer a unidade modular 20 cm, perturbada pela largura modular dos blocos de 15 cm, e para que no ocorram juntas a prumo (coincidncia das juntas verticais entre fiadas).

    *Esses blocos so encontrados em ambas famlias. So eles:Bloco canaleta ou tambm conhecido como BU: possui a funo de moldar cintas, vergas e contravergas;Blocos tipo J: possuem a funo de incorporar as lajes, sem a necessidade de se usar frmas na periferia dos pavimentos, formando cintas sobre as paredes externas;Blocos tipo compensadores, BCP: formam as cintas sobre as paredes internas, onde sero apoiadas as lajes.

    *A famlia 29 apresenta apenas trs elementos distintos:B29 ou B30 - 14x19x29B44 ou B45 - 14x19x14B14 ou B15 (meio bloco) - 14x19x14*A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.*A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.******A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.*A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.*Detalhes da fabricao de componentes pr-moldados na obra.

    esquerda, no canto superior, foto mostrando apoio para escada jacarNo canto inferior, fabricao dos degraus em forma de madeira. direita, fabricao com forma metlica.

    *A utilizao de componentes pr-fabricados (escadas, lajes, shafts) otimiza o processo e evita desperdcios, industrializando a construo.No prprio canteiro possvel montar a fbrica de pr-moldados.**Uma vez definido o valor da resistncia de prisma, vamos compar-lo com as solicitaes. Para isto temos dois caminhos: definir uma tenso admissvel limite, ou estudar estatisticamente as variveis. A Norma Brasileira ainda trabalha com o mtodo das tenses admissveis, apresentando frmulas em funo da resistncia mdia do prisma. Na frmula bsica observamos o valor de 0,2 , que corresponde a adotar um coeficiente de segurana 5*As normas de alvenaria estrutural de blocos de concreto, especificaes e mtodos de ensaio, so estudadas pelo Comit Brasileiro - CB-18. A alvenaria estrutural com blocos de concreto a nica que possui um conjunto completo de normas.*As normas de alvenaria estrutural de blocos de concreto, especificaes e mtodos de ensaio, so estudadas pelo Comit Brasileiro - CB-18. A alvenaria estrutural com blocos de concreto a nica que possui um conjunto completo de normas.

Recommended

View more >