Abordagem sistmica na Gesto Bibliografia: A Quinta Disciplina Peter M. Senge Editora Best Seller.

  • Published on
    17-Apr-2015

  • View
    104

  • Download
    1

Transcript

  • Slide 1
  • Abordagem sistmica na Gesto Bibliografia: A Quinta Disciplina Peter M. Senge Editora Best Seller
  • Slide 2
  • Abordagem Sistmica Organizaes que aprendem
  • Slide 3
  • Deficincias de Aprendizagem Eu sou meu cargo O inimigo est l fora A iluso de assumir o controle A fixao em eventos A parbola do sapo escaldado A iluso de aprender com a experincia O mito da equipe gerencial
  • Slide 4
  • Estrutura x Decises A estrutura influencia o comportamento A estrutura dos sistemas humanos sutil A alavancagem freqentemente vem de novas formas de pensar
  • Slide 5
  • Disciplinas da Organizao que aprende 1. Domnio Pessoal 2. Modelos Mentais 3. A Construo de uma viso compartilhada 4. Aprendizagem em equipe
  • Slide 6
  • Disciplinas da Organizao que aprende 1. Domnio Pessoal a disciplina de continuamente esclarecer e aprofundar nossa viso pessoal, de concentrar nossas energias, de desenvolver pacincia e de ver a realidade objetivamente. A capacidade e o comprometimento de uma organizao em aprender no podem ser maiores do que de seus integrantes
  • Slide 7
  • Disciplinas da Organizao que aprende 2. Modelos Mentais So pressupostos profundamente arraigados, generalizaes ou mesmo imagens que influenciam nossa forma de ver o mundo e de agir. O trabalho consistem em aprender a desenterrar nossas imagens internas do mundo, a leva-las superfcie e mante-las sob rigorosa anlise
  • Slide 8
  • Disciplinas da Organizao que aprende 3. Construo de uma viso compartilhada - Envolve as habilidades de descobrir imagens do futuro compartilhadas que estimulem o compromisso genuno e o envolvimento, em lugar da mera aceitao. - a contra partida das declaraes de misso.
  • Slide 9
  • Disciplinas da Organizao que aprende 4. Aprendizagem em equipe - Envolve a capacidade dos membros da equipe de deixarem de lado as idias preconcebidas e participarem de um verdadeiro pensar em conjunto. - As equipes, e no os indivduos, so a unidade de aprendizagem fundamental nas organizaes modernas
  • Slide 10
  • A 5a. Disciplina Pensamento Sistmico
  • Slide 11
  • As leis da 5a. Disciplina Os problemas de hoje vm das solues de ontem Quanto mais voc empurra, mais o sistema empurra de volta O comportamento melhora antes de piorar A sada mais fcil normalmente nos leva de volta para dentro.
  • Slide 12
  • As leis da 5a. Disciplina A cura pode ser pior que a doena Mais rpido significa mais devagar Causa e efeito no esto prximos no tempo e no espao Pequenas mudanas podem produzir grandes resultados mas, freqentemente, as reas de maior alavancagem so as menos bvias
  • Slide 13
  • As leis da 5a. Disciplina Voc pode assobiar e chupar cana mas no ao mesmo tempo Dividir um elefante ao meio no produz dois pequenos elefantes No existem culpados
  • Slide 14
  • Diagrama - Interpretao Posio da Torneira Fluxo de gua Nvel atual da gua Diferena Percebida Nvel desejado de gua Influencia
  • Slide 15
  • Elementos bsicos do pensamento sistmico Feedback de Reforo Feedback de Equilbrio Defasagens
  • Slide 16
  • Feedback de Reforo Vendas Clientes Satisfeitos Propaganda boca a boca
  • Slide 17
  • Feedback de Equilbrio Temperatura do Corpo Diferena de Temperatura Agasalho Temperatura Desejada
  • Slide 18
  • Defasagens (TEMPO) Temperatura Atual Diferena de Temperatura Controle de Temperatura do Chuveiro Temperatura Desejada Defasagem
  • Slide 19
  • Padres que controlam os eventos Arqutipo 1: Limites ao crescimento Arqutipo 2: Transferncia de responsabilidade
  • Slide 20
  • Padres que controlam os eventos Arqutipo 1: Limites ao crescimento Inicia-se um processo de reforo (amplificador) a fim de produzir um resultado desejado. Tal processo cria uma espiral de sucesso, mas tambm cria inadvertidamente efeitos secundrios (processos de equilbrio) que acabam reduzindo o ritmo do sucesso. Alavancagem: no force o crescimento, elimine os fatores que o limitam
  • Slide 21
  • Padres que controlam os eventos Arqutipo 2: Transferncia de responsabilidade Um problema subjacente gera sintomas que demandam ateno. Mas as pessoas tem dificuldade de abordar o problema, seja porque se trata de uma dificuldade obscura ou por exigir um grande esforo. Por isso as pessoas transferem a responsabilidade de seus problemas para outras solues (bem- intencionadas e fceis), que entretanto so solues paliativas e no alteram o problema subjacente.
  • Slide 22
  • O novo trabalho do lder O lder como projetista O lder como um regente O lder como professor
  • Slide 23

Recommended

View more >