1 ANEXO II MATRIZ DE COMPETNCIAS E HABILIDADES DO ...

  • Published on
    07-Jan-2017

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

  • 1

    ANEXO II

    MATRIZ DE COMPETNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MDIO

    1 - Matriz de Competncias e Habilidades de Cincias da Natureza e Suas Tecnologias Ensino Mdio

    EIXOS COGNITIVOS

    I- Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

    II- Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV- Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS

    M1 - Compreender as cincias como construes humanas, relacionando o desenvolvimento cientfico ao longo da histria com a transformao da sociedade. M2 - Compreender o papel das cincias naturais e das tecnologias a elas associadas, nos processos de produo e no desenvolvimento econmico e social contemporneo. M3 - Identificar a presena e aplicar as tecnologias associadas s cincias naturais em diferentes contextos relevantes para sua vida pessoal. M4 - Associar alteraes ambientais a processos produtivos e sociais, e instrumentos ou aes cientfico-tecnolgicos degradao e preservao do ambiente. M5 - Compreender organismo humano e sade, relacionando conhecimento cientfico, cultura, ambiente e hbitos ou outras caractersticas individuais. M6 - Entender mtodos e procedimentos prprios das cincias naturais e aplic-los a diferentes contextos. M7 - Apropriar-se de conhecimentos da fsica para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenes cientfico-tecnolgicas no mundo contemporneo.

  • 2

    M8 - Apropriar-se de conhecimentos da qumica para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenes cientfico-tecnolgicas no mundo contemporneo. M9 - Apropriar-se de conhecimentos da biologia para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenes cientfico-tecnolgicas no mundo contemporneo. HABILIDADES

    I II III IV V

    M1 H1 H2 H3 H4 H5 M2 H6 H7 H8 H9 H10 M3 H11 H12 H13 H14 H15 M4 H16 H17 H18 H19 H20 M5 H21 H22 H23 H24 H25 M6 H26 H27 H28 H29 H30 M7 H31 H32 H33 H34 H35 M8 H36 H37 H38 H39 H40 M9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Identificar transformaes de idias e termos cientfico-tecnolgicos ao longo de diferentes pocas e entre diferentes culturas. H2 Utilizar modelo explicativo de determinada cincia natural para compreender determinados fenmenos. H3 - Associar a soluo de problemas de comunicao, transporte, sade, ou outro, com o correspondente desenvolvimento cientfico e tecnolgico. H4 - Confrontar diferentes interpretaes de senso comum e cientficas sobre prticas sociais, como formas de produo, e hbitos pessoais, como higiene e alimentao. H5 - Avaliar propostas ou polticas pblicas em que conhecimentos cientficos ou tecnolgicos estejam a servio da melhoria das condies de vida e da superao de desigualdades sociais. H6 Identificar diferentes ondas e radiaes, relacionado-as aos seus usos cotidianos, hospitalares ou industriais. H7 Relacionar as caractersticas do som a sua produo e recepo, e as caractersticas da luz aos processos de formao de imagens. H8 Analisar variveis como presso, densidade e vazo de fluidos para enfrentar situaes que envolvam problemas relacionados gua, ou ao ar, em processos naturais e tecnolgicos. H9 - Comparar exemplos de utilizao de tecnologia em diferentes situaes culturais, avaliando o papel da tecnologia no processo social e explicando transformaes de matria, energia e vida. H10 - Analisar propostas de interveno nos ambientes considerando as dinmicas das populaes, associando garantia de estabilidade dos ambientes

  • 3

    e da qualidade de vida humana a medidas de conservao, recuperao e utilizao auto-sustentvel da biodiversidade. H11 - Utilizar terminologia cientfica adequada para descrever situaes cotidianas apresentadas de diferentes formas. H12 - Interpretar e dimensionar circuitos eltricos domsticos ou em outros ambientes, considerando informaes dadas sobre corrente, tenso, resistncia e potncia. H13 - Relacionar informaes para compreender manuais de instalao e utilizao de aparelhos ou sistemas tecnolgicos de uso comum. H14 - Comparar diferentes instrumentos e processos tecnolgicos para identificar e analisar seu impacto no trabalho e no consumo e sua relao com a qualidade de vida. H15 - Selecionar procedimentos, testes de controle ou outros parmetros de qualidade de produtos, conforme determinados argumentos ou explicaes, tendo em vista a defesa do consumidor. H16 - Identificar e descrever processos de obteno, utilizao e reciclagem de recursos naturais e matrias-primas. H17 - Compreender a importncia da gua para a vida em diferentes ambientes em termos de suas propriedades qumicas, fsicas e biolgicas, identificando fatos que causam perturbaes em seu ciclo. H18 - Analisar perturbaes ambientais, identificando fontes, transporte e destinos dos poluentes e prevendo efeitos nos sistemas naturais, produtivos e sociais. H19 - Analisar aspectos ticos, vantagens e desvantagens da biotecnologia (transgnicos, clones, melhoramento gentico, cultura de clulas), considerando as estruturas e processos biolgicos neles envolvidos. H20 - Relacionar atividades sociais e econmicas - comrcio, industrializao, urbanizao, minerao e agropecuria - com as principais alteraes nos ambientes brasileiros, considerando os interesses contraditrios envolvidos. H21 - Interpretar e relacionar indicadores de sade e desenvolvimento humano, como mortalidade, natalidade, longevidade, nutrio, saneamento, renda e escolaridade, apresentados em grficos, tabelas e/ou textos. H22 - Reconhecer os mecanismos da transmisso da vida e prever a manifestao de caractersticas dos seres vivos, em especial, do ser humano. H23 - Associar os processos vitais do organismo humano (defesa, manuteno do equilbrio interno, relaes com o ambiente, sexualidade, etc.) a fatores de ordem ambiental, social ou cultural dos indivduos, seus hbitos ou outras caractersticas pessoais. H24 - Avaliar a veracidade e posicionar-se criticamente diante de informaes sobre sade individual e coletiva relacionados a condies de trabalho e normas de segurana. H25 - Analisar propostas de interveno social considerando fatores biolgicos, sociais e econmicos que afetam a qualidade de vida dos indivduos, das famlias e das comunidades.

  • 4

    H26 - Relacionar informaes apresentadas em diferentes formas de linguagem e representao usadas nas Cincias, como texto discursivo, grficos, tabelas, relaes matemticas ou linguagem simblica. H27 - Analisar e prever fenmenos ou resultados de experimentos cientficos organizando e sistematizando informaes dadas. H28 - Selecionar, em contextos de risco sade individual e coletiva, normas de segurana, procedimentos e condies ambientais a partir de critrios cientficos. H29 - Avaliar a adequao a determinadas finalidades de sistemas ou produtos como guas, medicamentos e alimentos a partir de suas caractersticas fsicas, qumicas ou biolgicas. H30 - Selecionar mtodos ou procedimentos prprios das Cincias Naturais que contribuam para diagnosticar ou solucionar problemas de ordem social, econmica ou ambiental. H31 - Descrever e comparar caractersticas fsicas e parmetros de movimentos de veculos, corpos celestes e outros objetos em diferentes linguagens e formas de representao. H32 - Reconhecer grandezas significativas, etapas e propriedades trmicas dos materiais relevantes para analisar e compreender os processos de trocas de calor presentes nos sistemas naturais e tecnolgicos. H33 - Utilizar leis fsicas para prever e interpretar movimentos e analisar procedimentos para alter-los ou avali-los, em situaes de interao fsica entre veculos, corpos celestes e outros objetos. H34 - Comparar e avaliar sistemas naturais e tecnolgicos em termos da potncia til, dissipao de calor e rendimento, identificando as transformaes de energia e caracterizando os processos pelos quais elas ocorrem. H35 - Analisar diversas possibilidades de gerao de energia para uso social, identificando e comparando as diferentes opes em termos de seus impactos ambiental, social e econmico. H36 - Reconhecer e utilizar cdigos e nomenclatura da qumica para caracterizar materiais, substncias e transformaes qumicas e para identificar suas propriedades. H37 - Caracterizar materiais, substncias e transformaes qumicas, identificando propriedades, etapas, rendimentos e taxas de sua obteno e produo; implicaes sociais, econmicas e ambientais. H38 - Identificar implicaes sociais, ambientais e/ou econmicas na produo ou no consumo de eletricidade, dos combustveis ou recursos minerais, em situaes que envolvam transformaes qumicas e de energia (a partir de petrleo, carvo, biomassa, gs natural, e dispositivos como pilhas e outros tipos de baterias). H39 - Relacionar a importncia social e econmica da eletricidade, dos combustveis ou recursos minerais, identificando e caracterizando transformaes qumicas e de energia envolvendo fontes naturais (como petrleo, carvo, biomassa, gs natural, e dispositivos como pilhas e outros

  • 5

    tipos de baterias), identificando riscos e possveis danos decorrentes de sua produo e uso. H40 - Analisar propostas de interveno ambiental aplicando conhecimento qumico, observando riscos e benefcios. H41 - Identificar e descrever diferentes representaes de fenmenos biolgicos a partir de textos e imagens. H42 - Associar caractersticas gerais e adaptaes dos grandes grupos de animais e plantas com o seu modo de vida e seus limites de distribuio nos diferentes ambientes, em especial nos ambientes brasileiros. H43 - Prever ou interpretar resultados que se apliquem indstria alimentcia, agricultura, sade individual /coletiva, produo de medicamentos, decomposio de matria orgnica, ciclo do nitrognio e produo de oxignio, a partir da descrio de experimentos ou tcnicas envolvendo a utilizao de vrus, bactrias, protozorios, algas ou fungos. H44 - Comparar argumentos em debate, ao longo do tempo, sobre a evoluo dos seres vivos. H45 - Avaliar propostas de alcance individual ou coletivo, identificando aquelas que visam preservao e implementao da sade individual, coletiva ou do ambiente.

    2 - Matriz de Competncias e Habilidades de Cincias Humanas e suas Tecnologias

    Ensino Mdio EIXOS COGNITIVOS

    I. Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens

    matemtica, artstica e cientfica. II. Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a

    compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III. Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV. Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V. Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS

    M1 - Compreender os elementos culturais que constituem as identidades.

  • 6

    M2 - Compreender a gnese e a transformao das diferentes organizaes territoriais e os mltiplos fatores que neles intervm, como produto das relaes de poder. M3 - Compreender o desenvolvimento da sociedade como processo de ocupao de espaos fsicos e as relaes da vida humana com a paisagem. M4 - Compreender a produo e o papel histrico das instituies sociais, polticas e econmicas, associando-as s prticas dos diferentes grupos e atores sociais. M5 - Compreender e valorizar os fundamentos da cidadania e da democracia, favorecendo uma atuao consciente do indivduo na sociedade. M6 - Perceber-se integrante e agente transformador do espao geogrfico, identificando seus elementos e interaes. M7 - Entender o impacto das tcnicas e tecnologias associadas aos processos de produo, o desenvolvimento do conhecimento e a vida social. M8 - Entender a importncia das tecnologias contemporneas de comunicao e informao e seu impacto na organizao do trabalho e da vida pessoal e social. M9 - Confrontar proposies a partir de situaes histricas diferenciadas no tempo e no espao e indagar sobre processos de transformaes polticas, econmicas e sociais.

    HABILIDADES I II III IV V

    M1 H1 H2 H3 H4 H5 M2 H6 H7 H8 H9 H10 M3 H11 H12 H13 H14 H15 M4 H16 H17 H18 H19 H20 M5 H21 H22 H23 H24 H25 M6 H26 H27 H28 H29 H30 M7 H31 H32 H33 H34 H35 M8 H36 H37 H38 H39 H40 M9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Interpretar historicamente fontes documentais de naturezas diversas. H2 - Analisar a produo da memria e do espao geogrfico pelas sociedades humanas. H3 - Associar as manifestaes culturais do presente aos seus processos histricos. H4 - Comparar pontos de vista expressos em diferentes fontes sobre um determinado aspecto da cultura. H5 - Valorizar a diversidade do patrimnio cultural e artstico, identificando suas manifestaes e representaes em diferentes sociedades. H6 - Interpretar diferentes representaes do espao geogrfico e dos diferentes aspectos da sociedade. H7 - Identificar os significados histricos das relaes de poder entre as naes.

  • 7

    H8 - Analisar os processos de transformao histrica e seus determinantes principais. H9 - Comparar o significado histrico da constituio dos diferentes espaos. H10 - Reconhecer a dinmica da organizao dos movimentos sociais e a importncia da participao da coletividade na transformao da realidade histrico-geogrfica. H11 - Identificar diferentes representaes cartogrficas de um mesmo espao geogrfico. H12 - Analisar o papel dos recursos naturais na produo do espao geogrfico, relacionando transformaes naturais e interveno humana. H13 - Correlacionar a dinmica dos fluxos populacionais e a organizao do espao geogrfico. H14 - Correlacionar textos analticos e interpretativos sobre diferentes processos histrico-geogrficos. H15 Confrontar formas de interaes culturais, sociais, econmicas, ambientais, em diferentes circunstncias histricas. H16 - Identificar registros em diferentes prticas dos diferentes grupos sociais no tempo e no espao. H17 - Analisar o papel do direito (civil e internacional) na estruturao e organizao das sociedades. H18 - Analisar a ao das instituies no enfrentamento de problemas de ordem econmico- social. H19 - Comparar diferentes pontos de vista sobre situaes ou fatos de natureza histrico-geogrfica, identificando os pressupostos de cada interpretao e analisando a validade dos argumentos utilizados. H20 - Reconhecer alternativas de interveno em conflitos sociais e crises institucionais que respeitem os valores humanos e a diversidade sociocultural. H21 Identificar o papel dos diferentes meios de comunicao na construo da cidadania e da democracia. H22 - Analisar as conquistas sociais e as transformaes ocorridas nas legislaes em diferentes perodos histricos. H23 - Analisar o papel dos valores ticos e morais na estruturao poltica das sociedades. H24 - Relacionar criticamente formas de preservao da memria social. H25 Identificar referenciais que possibilitem erradicar formas de excluso social. H26 - Identificar em diferentes fontes os elementos que compem o espao geogrfico. H27 - Relacionar sociedade e natureza, reconhecendo suas interaes na organizao do espao, em diferentes contextos histrico-geogrficos. H28 - Relacionar as implicaes socioambientais do uso das tecnologias em diferentes contextos histrico-geogrficos.

  • 8

    H29 - Discutir aes sobre as relaes da sociedade com o ambiente. H30 - Propor formas de atuao para conservao do meio ambiente e desenvolvimento sustentvel. H31 - Identificar e interpretar registros sobre as formas de trabalho em diferentes contextos histrico-geogrficos, relacionando-os produo humana. H32 - Analisar as formas de circulao da informao, da riqueza e dos produtos em diferentes momentos da histria. H33 - Comparar diferentes processos de produo e suas implicaes sociais e espaciais. H34 - Identificar vantagens e desvantagens do conhecimento tcnico e tecnolgico produzido pelas diversas sociedades em diferentes circunstncias histricas. H35 - Reconhecer as diferenas e as transformaes que determinaram as vrias formas de uso e apropriao dos espaos agrrio e urbano. H36 - Identificar e interpretar formas de registro das novas tecnologias na organizao do trabalho e da vida social e pessoal. H37 - Interpretar fatores que permitam explicar o impacto das novas tecnologias no processo de desterritorializao da produo industrial e agrcola. H38 - Analisar a mundializao da economia e os processos de interdependncia acentuados pelo desenvolvimento de novas tecnologias. H39 - Comparar as novas tecnologias e as modificaes nas relaes da vida social e no mundo do trabalho. H40 - Relacionar alternativas para enfrentar situaes decorrentes da introduo de novas tecnologias no setor produtivo e na vida cotidiana, respeitando os valores humanos e a diversidade sociocultural. H41 Identificar os instrumentos para ordenar os eventos histricos, relacionando-os a fatores geogrficos, sociais, econmicos, polticos e culturais. H42 - Analisar as interferncias ocorridas em diferentes grupos sociais, considerando as permanncias ou transformaes ocorridas. H43 Interpretar realidades histrico-geogrficas, a partir de conhecimentos sobre economia, as prticas sociais e culturais. H44 - Confrontar as diferentes escalas espao/temporais a partir de realidades histricas e geogrficas. H45 - Posicionar-se criticamente sobre os processos de transformaes polticas, econmicas, culturais e sociais.

    3 - Matriz de Competncias e Habilidades de Linguagens e Cdigos e suas Tecnologias

  • 9

    Ensino Mdio

    EIXOS COGNITIVOS

    I- Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

    II- Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV- Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS M1 - Aplicar as tecnologias da comunicao e da informao na escola, no trabalho e em outros contextos relevantes para sua vida. M2 - Conhecer e usar lngua(s) estrangeira(s) moderna(s) como instrumento de acesso a informaes e a outras culturas e grupos sociais. M3 - Compreender e usar a linguagem corporal como relevante para a prpria vida, integradora social e formadora da identidade. M4 - Compreender a Arte como saber cultural e esttico gerador de significao e integrador da organizao do mundo e da prpria identidade. M5 - Analisar, interpretar e aplicar os recursos expressivos das linguagens, relacionando textos com seus contextos, mediante a natureza, funo, organizao, estrutura das manifestaes, de acordo com as condies de produo e recepo. M6 - Compreender e usar os sistemas simblicos das diferentes linguagens como meios de organizao cognitiva da realidade pela constituio de significados, expresso, comunicao e informao. M7 - Confrontar opinies e pontos de vista sobre as diferentes linguagens e suas manifestaes especficas. M8 - Compreender e usar a lngua portuguesa como lngua materna, geradora de significao e integradora da organizao do mundo e da prpria identidade. M9 - Entender os princpios/ a natureza/ a funo/e o impacto das tecnologias da comunicao e da informao, na sua vida pessoal e social, no desenvolvimento do conhecimento, associando-os aos conhecimentos cientficos, s linguagens que lhes do suporte, s demais tecnologias, aos processos de produo e aos problemas que se propem solucionar. HABILIDADES

  • 10

    I II III IV V M1 H1 H2 H3 H4 H5 M2 H6 H7 H8 H9 H10 M3 H11 H12 H13 H14 H15 M4 H16 H17 H18 H19 H20 M5 H21 H22 H23 H24 H25 M6 H26 H27 H28 H29 H30 M7 H31 H32 H33 H34 H35 M8 H36 H37 H38 H39 H40 M9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Reconhecer as linguagens como elementos integradores dos sistemas de comunicao. H2 - Identificar os diferentes recursos das linguagens, utilizados em diferentes sistemas de comunicao e informao. H3 - Recorrer aos conhecimentos sobre as linguagens dos sistemas de comunicao e informao para explicar problemas sociais e do mundo do trabalho. H4 - Relacionar informaes sobre os sistemas de comunicao e informao, considerando sua funo social. H5 - Posicionar-se criticamente sobre os usos sociais que se fazem das linguagens e dos sistemas de comunicao e informao. H6 - Reconhecer temas de textos em LEM e inferir sentidos de vocbulos e expresses neles presentes. H7 - Identificar as marcas em um texto em LEM que caracterizam sua funo e seu uso social, bem como seus autores/interlocutores e suas intenes. H8 - Utilizar os conhecimentos bsicos da LEM e de seus mecanismos como meio de ampliar as possibilidades de acesso a informaes, tecnologias e culturas. H9 - Identificar e relacionar informaes em um texto em LEM para justificar a posio de seus autores e interlocutores. H10 - Reconhecer criticamente a importncia da produo cultural em LEM como representao da diversidade cultural. H11 - Identificar aspectos positivos da utilizao de uma determinada cultura de movimento. H12 - Reconhecer as manifestaes corporais de movimento como originrias de necessidades cotidianas de um grupo social. H13 - Analisar criticamente hbitos corporais do cotidiano e da vida profissional e mobilizar conhecimentos para, se necessrio, transform-los, em funo das necessidades cinestsicas. H14 - Relacionar informaes veiculadas no cotidiano aos conhecimentos relativos linguagem corporal, atribuindo-lhes um novo significado.

  • 11

    H15 - Reconhecer criticamente a linguagem corporal como meio de integrao social, considerando os limites de desempenho e as alternativas de adaptao para diferentes indivduos. H16 - Identificar, em manifestaes culturais individuais e/ou coletivas, elementos estticos, histricos e sociais. H17 - Reconhecer diferentes funes da Arte, do trabalho e da produo dos artistas em seus meios culturais. H18 - Utilizar os conhecimentos sobre a relao arte e realidade, para analisar formas de organizao de mundo e de identidades. H19 - Analisar criticamente as diversas produes artsticas como meio de explicar diferentes culturas, padres de beleza e preconceitos artsticos. H20 - Reconhecer o valor da diversidade artstica e das inter-relaes de elementos que se apresentam nas manifestaes de vrios grupos sociais e tnicos. H21 - Identificar categorias pertinentes para a anlise e interpretao do texto literrio e reconhecer os procedimentos de sua construo. H22 - Distinguir as marcas prprias do texto literrio e estabelecer relaes entre o texto literrio e o momento de sua produo, situando aspectos do contexto histrico, social e poltico. H23 - Relacionar informaes sobre concepes artsticas e procedimentos de construo do texto literrio com os contextos de produo, para atribuir significados de leituras crticas em diferentes situaes. H24 - Analisar as intenes dos autores na escolha dos temas, das estruturas, dos estilos, gneros discursivos e recursos expressivos como procedimentos argumentativos. H25 - Reconhecer a presena de valores sociais e humanos atualizveis e permanentes no patrimnio literrio nacional. H26 - Reconhecer, em textos de diferentes gneros, temas, macroestruturas, tipos, suportes textuais, formas e recursos expressivos. H27 - Identificar os elementos que concorrem para a progresso temtica e para a organizao e estruturao de textos de diferentes gneros e tipos. H28 - Analisar a funo predominante (informativa, persuasiva etc.) dos textos, em situaes especficas de interlocuo, e as funes secundrias, por meio da identificao de suas marcas textuais. H29 - Relacionar textos ao seu contexto de produo/recepo histrico, social, poltico, cultural, esttico. H30 - Reconhecer a importncia do patrimnio lingstico para a preservao da memria e da identidade nacional. H31 - Reconhecer, em textos de diferentes gneros, recursos verbais e no-verbais utilizados com a finalidade de criar e mudar comportamentos e hbitos.

  • 12

    H32 - Relacionar, em diferentes textos, opinies, temas, assuntos, recursos lingsticos etc, identificando o dilogo entre as idias e o embate dos interesses existentes na sociedade. H33 - Inferir em um texto quais so os objetivos de seu produtor e quem seu pblico-alvo,pela identificao e anlise dos procedimentos argumentativos utilizados. H34 - Reconhecer no texto estratgias argumentativas empregadas para o convencimento do pblico, tais como a intimidao, seduo, comoo, chantagem, entre outras. H35 - Reconhecer que uma interveno social consistente exige uma anlise crtica das diferentes posies expressas pelos diversos agentes sociais sobre um mesmo fato. H36 - Identificar, em textos de diferentes gneros, as variedades lingsticas sociais, regionais e de registro, e reconhecer as categorias explicativas bsicas da rea, demonstrando domnio do lxico da lngua. H37 - Reconhecer, em textos de diferentes gneros, as marcas lingsticas que singularizam as diferentes variedades e identificar os efeitos de sentido resultantes do uso de determinados recursos expressivos. H38 - Identificar pressupostos, subentendidos e implcitos presentes em um texto ou associados ao uso de uma variedade lingstica em um contexto especfico. H39 - Analisar, em um texto, os mecanismos lingsticos utilizados na construo da argumentao. H40 - Identificar a relao entre preconceitos sociais e usos da lngua, construindo, a partir da anlise lingstica, uma viso crtica sobre a variao social e regional. H41 - Reconhecer a funo e o impacto social das diferentes tecnologias de comunicao e informao. H42 - Identificar, pela anlise de suas linguagens, as tecnologias de comunicao e informao. H43 - Associar as tecnologias de comunicao e de informao aos conhecimentos cientficos, aos processos de produo e aos problemas sociais. H44 - Relacionar as tecnologias de comunicao e informao ao desenvolvimento das sociedades e ao conhecimento que elas produzem. H45 - Reconhecer o poder das tecnologias de comunicao como formas de aproximao entre pessoas/povos, organizao e diferenciao social.

    4 - Matriz de Competncias e Habilidades de Matemtica e suas Tecnologias Ensino Mdio

    EIXOS COGNITIVOS

    I- Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

  • 13

    II- Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV- Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS

    M1 - Compreender a Matemtica como construo humana, relacionando o seu desenvolvimento com a transformao da sociedade. M2 - Ampliar formas de raciocnio e processos mentais por meio de induo, deduo, analogia e estimativa, utilizando conceitos e procedimentos matemticos. M3 - Construir significados e ampliar os j existentes para os nmeros naturais, inteiros, racionais e reais. M4 - Utilizar o conhecimento geomtrico para realizar a leitura e a representao da realidade, e agir sobre ela. M5 - Construir e ampliar noes de grandezas e medidas para a compreenso da realidade e a soluo de problemas do cotidiano. M6 - Construir e ampliar noes de variao de grandeza para a compreenso da realidade e a soluo de problemas do cotidiano. M7 - Aplicar expresses analticas para modelar e resolver problemas, envolvendo variveis socioeconmicas ou tcnico-cientficas. M8 - Interpretar informaes de natureza cientfica e social obtidas da leitura de grficos e tabelas, realizando previso de tendncia, extrapolao, interpolao e interpretao. M9 - Compreender o carter aleatrio e no determinstico dos fenmenos naturais e sociais, e utilizar instrumentos adequados para medidas e clculos de probabilidade, para interpretar informaes de variveis apresentadas em uma distribuio estatstica.

    HABILIDADES I II III IV V

    M1 H1 H2 H3 H4 H5 M2 H6 H7 H8 H9 H10 M3 H11 H12 H13 H14 H15 M4 H16 H17 H18 H19 H20

  • 14

    M5 H21 H22 H23 H24 H25 M6 H26 H27 H28 H29 H30 M7 H31 H32 H33 H34 H35 M8 H36 H37 H38 H39 H40 M9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Identificar e interpretar, a partir da leitura de textos apropriados, diferentes registros do conhecimento matemtico ao longo do tempo. H2 - Reconhecer a contribuio da Matemtica na compreenso e anlise de fenmenos naturais, e da produo tecnolgica, ao longo da histria. H3 - Identificar o recurso matemtico utilizado pelo homem, ao longo da histria, para enfrentar e resolver problemas. H4 - Identificar a Matemtica como importante recurso para a construo de argumentao. H5 - Reconhecer, pela leitura de textos apropriados, a importncia da Matemtica na elaborao de proposta de interveno solidria na realidade. H6 - Identificar e interpretar conceitos e procedimentos matemticos expressos em diferentes formas. H7 - Utilizar conceitos e procedimentos matemticos para explicar fenmenos ou fatos do cotidiano. H8 - Utilizar conceitos e procedimentos matemticos para construir formas de raciocnio que permitam aplicar estratgias para a resoluo de problemas. H9 - Identificar e utilizar conceitos e procedimentos matemticos na construo de argumentao consistente. H10 - Reconhecer a adequao da proposta de ao solidria, utilizando conceitos e procedimentos matemticos. H11 - Identificar, interpretar e representar os nmeros naturais, inteiros, racionais e reais. H12 - Construir e aplicar conceitos de nmeros naturais, inteiros, racionais e reais, para explicar fenmenos de qualquer natureza. H13 - Interpretar informaes e operar com nmeros naturais, inteiros, racionais e reais, para tomar decises e enfrentar situaes-problema. H14 - Utilizar os nmeros naturais, inteiros, racionais e reais, na construo de argumentos sobre afirmaes quantitativas de qualquer natureza. H15 - Recorrer compreenso numrica para avaliar propostas de interveno frente a problemas da realidade. H16 - Identificar e interpretar fenmenos de qualquer natureza expressos em linguagem geomtrica. H17 - Construir e identificar conceitos geomtricos no contexto da atividade cotidiana. H18 - Interpretar informaes e aplicar estratgias geomtricas na soluo de problemas do cotidiano.

  • 15

    H19 - Utilizar conceitos geomtricos na seleo de argumentos propostos como soluo de problemas do cotidiano. H20 - Recorrer a conceitos geomtricos para avaliar propostas de interveno sobre problemas do cotidiano. H21 - Identificar e interpretar registros, utilizando a notao convencional de medidas. H22 - Estabelecer relaes adequadas entre os diversos sistemas de medida e a representao de fenmenos naturais e do cotidiano. H23 - Selecionar, compatibilizar e operar informaes mtricas de diferentes sistemas ou unidades de medida na resoluo de problemas do cotidiano. H24 - Selecionar e relacionar informaes referentes a estimativas ou outras formas de mensurao de fenmenos de natureza qualquer, com a construo de argumentao que possibilitem sua compreenso. H25 - Reconhecer propostas adequadas de ao sobre a realidade, utilizando medidas e estimativas. H26 - Identificar grandezas direta e inversamente proporcionais, e interpretar a notao usual de porcentagem. H27 - Identificar e avaliar a variao de grandezas para explicar fenmenos naturais, processos socioeconmicos e da produo tecnolgica. H28 - Resolver problemas envolvendo grandezas direta e inversamente proporcionais e porcentagem. H29 - Identificar e interpretar variaes percentuais de varivel socioeconmica ou tcnico-cientfica como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H30 - Recorrer a clculos com porcentagem e relaes entre grandezas proporcionais para avaliar a adequao de propostas de interveno na realidade. H31 - Identificar e interpretar representaes analticas de processos naturais ou da produo tecnolgica e de figuras geomtricas como pontos, retas e circunferncias. H32 - Interpretar ou aplicar modelos analticos, envolvendo equaes algbricas, inequaes ou sistemas lineares, objetivando a compreenso de fenmenos naturais ou processos de produo tecnolgica. H33 - Modelar e resolver problemas utilizando equaes e inequaes com uma ou mais variveis. H34 - Utilizar modelagem analtica como recurso importante na elaborao de argumentao consistente. H35 - Avaliar, com auxlio de ferramentas analticas, a adequao de propostas de interveno na realidade. H36 - Reconhecer e interpretar as informaes de natureza cientfica ou social expressas em grficos ou tabelas. H37 - Identificar ou inferir aspectos relacionados a fenmenos de natureza cientfica ou social, a partir de informaes expressas em grficos ou tabelas.

  • 16

    H38 - Selecionar e interpretar informaes expressas em grficos ou tabelas para a resoluo de problemas. H39 - Analisar o comportamento de varivel expresso em grficos ou tabelas, como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H40 - Avaliar, com auxlio de dados apresentados em grficos ou tabelas, a adequao de propostas de interveno na realidade. H41 - Identificar, interpretar e produzir registros de informaes sobre fatos ou fenmenos de carter aleatrio. H42 - Caracterizar ou inferir aspectos relacionados a fenmenos de natureza cientfica ou social, a partir de informaes expressas por meio de uma distribuio estatstica. H43 - Resolver problemas envolvendo processos de contagem, medida e clculo de probabilidades. H44 - Analisar o comportamento de varivel expresso por meio de uma distribuio estatstica como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H45 - Avaliar, com auxlio de dados apresentados em distribuies estatsticas, a adequao de propostas de interveno na realidade.

  • 17

    MATRIZ DE COMPETNCIAS E HABILIDADES

    ENSINO FUNDAMENTAL

    1 - Matriz de Competncias e Habilidades de Cincias Naturais Ensino Fundamental

    EIXOS COGNITIVOS

    I - Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica. II - Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas. III - Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema. IV - Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente. V - Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS F1 - Compreender a cincia como atividade humana, histrica, associada a aspectos de ordem social, econmica, poltica e cultural. F2 - Compreender conhecimentos cientficos e tecnolgicos como meios para suprir necessidades humanas, identificando riscos e benefcios de suas aplicaes. F3 - Compreender a natureza como um sistema dinmico e o ser humano, em sociedade, como um de seus agentes de transformaes. F4 - Compreender a sade como bem pessoal e ambiental que deve ser promovido por meio de diferentes agentes, de forma individual e coletiva. F5 - Compreender o prprio corpo e a sexualidade como elementos de realizao humana, valorizando e desenvolvendo a formao de hbitos de auto-cuidado, de auto-estima e de respeito ao outro. F6 - Aplicar conhecimentos e tecnologias associadas s cincias naturais em diferentes contextos relevantes para a vida. F7 - Diagnosticar problemas, formular questes e propor solues a partir de conhecimentos das cincias naturais em diferentes contextos. F8 -Compreender o Sistema Solar em sua configurao csmica e a Terra em sua constituio geolgica e planetria.

  • 18

    F9 - Reconhecer na natureza e avaliar a disponibilidade de recursos materiais e energticos e os processos para sua obteno e utilizao.

    HABILIDADES

    I II III IV V F1 H1 H2 H3 H4 H5 F2 H6 H7 H8 H9 H10 F3 H11 H12 H13 H14 H15 F4 H16 H17 H18 H19 H20 F5 H21 H22 H23 H24 H25 F6 H26 H27 H28 H29 H30 F7 H31 H32 H33 H34 H35 F8 H36 H37 H38 H39 H40 F9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Identificar e descrever diferentes representaes dos fenmenos naturais a partir da leitura de imagens ou textos. H2 - Relacionar diferentes explicaes propostas para um mesmo fenmeno natural, na perspectiva histrica do conhecimento cientfico. H3 - Associar determinadas transformaes culturais em funo do desenvolvimento cientfico e tecnolgico. H4 - Selecionar argumentos cientfico-tecnolgicos que pretendam explicar fenmenos sociais, econmicos e ambientais do passado e do presente. H5 - Identificar propostas solidrias de interveno voltadas superao de problemas sociais, econmicos ou ambientais. H6 - Observar e identificar, em representaes variadas, fontes e transformaes de energia que ocorrem em processos naturais e tecnolgicos. H7 - Identificar processos e substncias utilizados na produo e conservao dos alimentos, e noutros produtos de uso comum, avaliando riscos e benefcios dessa utilizao para a sade pessoal. H8 - Associar a soluo de problemas da comunicao, transporte, sade (como epidemias) ou outro, com o correspondente desenvolvimento cientfico e tecnolgico. H9 - Reconhecer argumentos pr ou contra o uso de determinadas tecnologias para soluo de necessidades humanas, relacionadas sade, moradia, transporte, agricultura, etc. H10 Selecionar, dentre as diferentes formas de se obter um mesmo recurso material ou energtico, as mais adequadas ou viveis para suprir as necessidades de determinada regio. H11 Descrever e comparar diferentes seres vivos que habitam diferentes ambientes, segundo suas caractersticas ecolgicas.

  • 19

    H12 Identificar, em situaes reais, perturbaes ambientais ou medidas de recuperao. H13 - Relacionar transferncia de energia e ciclo de matria a diferentes processos (alimentao, fotossntese, respirao e decomposio). H14 - Relacionar, no espao ou no tempo, mudanas na qualidade do solo, da gua ou do ar s intervenes humanas. H15 Propor alternativas de produo que minimizem os danos ao ambiente provocados por atividades industriais ou agrcolas. H16 - Identificar e interpretar a variao dos indicadores de sade e de desenvolvimento humano, a partir de dados apresentados em grficos, tabelas ou textos discursivos. H17 - Associar a qualidade de vida, em diferentes faixas etrias e em diferentes regies, a fatores sociais e ambientais que contribuam para isso. H18 - Relacionar a incidncia de doenas ocupacionais, degenerativas e infecto-contagiosas a condies que favorecem a sua ocorrncia. H19 - Comparar argumentos sobre problemas de sade do trabalhador decorrentes de suas condies de trabalho. H20 - Comparar e selecionar alternativas de condies de trabalho e/ou normas de segurana em diferentes contextos, valorizando o conhecimento cientfico e o bem estar fsico e mental de si prprio e daqueles com quem convive. H21 - Representar (localizar, nomear, descrever) rgos ou sistemas do corpo humano, identificando hbitos de manuteno da sade, funes, disfunes ou doenas a eles relacionadas. H22 - Associar sintomas de doenas a suas possveis causas ou a resultados de testes diagnsticos simples, prevenindo-se contra a automedicao e valorizando o tratamento mdico adequado. H23 - Relacionar sade com hbitos alimentares, atividade fsica e uso de medicamentos e outras drogas, considerando diferentes momentos do ciclo de vida humano. H24 - Analisar o funcionamento de mtodos anticoncepcionais e reconhecer a importncia de alguns deles na preveno de doenas sexualmente transmissveis, considerando diferentes momentos do desenvolvimento sexual e psquico do ser humano. H25 - Selecionar e justificar propostas em prol da sade fsica ou mental dos indivduos ou da coletividade, em diferentes condies etrias, culturais ou scio-ambientais. H26 - Associar procedimentos, precaues ou outras informaes expressas em rtulos, bulas ou manuais de produtos de uso cotidiano a caractersticas de substncias que os constituem. H27 - Examinar a possvel equivalncia da composio de produtos de uso cotidiano (limpeza domstica, higiene pessoal, alimentos, medicamentos ou outros).

  • 20

    H28 - Comparar, entre diversos bens de consumo, o mais adequado a determinada finalidade, baseando-se em propriedades das substncias (e/ou misturas) que os constituem, ou outras caractersticas relevantes. H29 - Selecionar testes de controle ou outros parmetros de qualidade de produtos, conforme determinados argumentos ou explicaes, tendo em vista a defesa do consumidor. H30 - Diagnosticar situaes do cotidiano em que ocorrem desperdcios de energia ou matria, e propor formas de minimiz-las. H31 - Reconhecer na linguagem corrente informaes cientficas apresentadas em diferentes linguagens (matemtica, artstica ou cientfica) a respeito de processos naturais ou induzidos pela atividade humana. H32 - Relacionar comportamento de variveis explicao de determinado fenmeno natural, a partir de uma situao concreta expressa em linguagem matemtica ou outra. H33 - Combinar leituras, observaes, experimentaes e outros procedimentos para diagnosticar e enfrentar um dado problema. H34 - Analisar o uso de procedimentos, de equipamentos ou dos resultados por eles obtidos, para uma dada finalidade prtica ou a investigao de fenmenos. H35 - Comparar procedimentos propostos para o enfrentamento de um problema real, decidindo os que melhor atendem ao interesse coletivo, utilizando informaes cientficas. H36 - Reconhecer e/ou empregar linguagem cientfica (nomes, grficos, smbolos e representaes) relativa Terra e ao sistema solar. H37 - Relacionar diferentes fenmenos cclicos como: dia-noite, estaes do ano, climas e eclipses aos movimentos da Terra e da Lua. H38 - Fazer previses sobre mars, eclipses ou fases da Lua a partir de uma dada configurao das posies relativas da Terra, Sol e Lua ou outras informaes dadas. H39 - Analisar argumentos que refutam ou aceitam concluses apresentadas sobre caractersticas do planeta Terra. H40 - Estabelecer relaes entre informaes para explicar transformaes naturais ou induzidas pelas atividades humanas como maremotos, vulces, enchentes, desertificao, etc. H41 - Identificar finalidades, riscos e benefcios dos processos de obteno de recursos materiais e energticos, apresentados em grficos, figuras, tabelas ou textos. H42 - Relacionar diferentes recursos naturais - seres vivos, materiais ou energia - a bens de consumo utilizados no cotidiano. H43 - Investigar o significado e a importncia da gua e de seu ciclo em relao a condies scio-ambientais. H44 - Comparar, entre os vrios processos de fracionamento de misturas existentes na natureza, os mais adequados para se obter os produtos desejados.

  • 21

    H45 - Analisar propostas para o uso de materiais e recursos energticos, tendo em vista o desenvolvimento sustentvel, considerando-se as caractersticas e disponibilidades regionais (de subsolo, vegetao, rios, ventos, oceanos, etc.)

    2 - Matriz de Competncias e Habilidades de Lngua Portuguesa, Lngua Estrangeira, Educao Artstica e Educao Fsica

    Ensino Fundamental

    EIXOS COGNITIVOS

    I- Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

    II- Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV- Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS F1 - Reconhecer as linguagens como elementos integradores dos sistemas de comunicao e construir uma conscincia crtica sobre os usos que se fazem delas. F2 - Construir um conhecimento sobre a organizao do texto em LEM e aplic-lo em diferentes situaes de comunicao, tendo por base os conhecimentos de lngua materna. F3 - Compreender a arte e a cultura corporal como fato histrico contextualizado nas diversas culturas, conhecendo e respeitando o patrimnio cultural, com base na identificao de padres estticos e cinestsicos de diferentes grupos socioculturais. F4 - Compreender as relaes entre arte e a leitura da realidade, por meio da reflexo e investigao do processo artstico e do reconhecimento dos materiais e procedimentos usados no contexto cultural de produo da arte. F5 - Compreender as relaes entre o texto literrio e o contexto histrico, social, poltico e cultural, valorizando a literatura como patrimnio nacional. F6 - Utilizar a lngua materna para estruturar a experincia e explicar a realidade. F7 - Analisar criticamente os diferentes discursos, inclusive o prprio, desenvolvendo a capacidade de avaliao de textos. F8 - Reconhecer e valorizar a linguagem de seu grupo social e as diferentes variedades do portugus, procurando combater o preconceito lingstico.

  • 22

    F9 - Usar os conhecimentos adquiridos por meio da anlise lingstica para expandir sua capacidade de uso da linguagem, ampliando a capacidade de anlise crtica.

    HABILIDADES

    I II III IV V F1 H1 H2 H3 H4 H5 F2 H6 H7 H8 H9 H10 F3 H11 H12 H13 H14 H15 F4 H16 H17 H18 H19 H20 F5 H21 H22 H23 H24 H25 F6 H26 H27 H28 H29 H30 F7 H31 H32 H33 H34 H35 F8 H36 H37 H38 H39 H40 F9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Reconhecer as linguagens como elementos integradores dos sistemas de comunicao. H2 - Distinguir os diferentes recursos das linguagens, utilizados em diferentes sistemas de comunicao e informao. H3 - Recorrer aos conhecimentos sobre as linguagens dos sistemas de comunicao e informao para resolver problemas sociais e do mundo do trabalho. H4 - Relacionar informaes sobre os sistemas de comunicao e informao, considerando sua funo social. H5 - Posicionar-se criticamente sobre os usos sociais que se fazem das linguagens e dos sistemas de comunicao e informao. H6 - Inferir a funo de um texto em LEM pela interpretao de elementos da sua organizao. H7 - Identificar recursos verbais e no-verbais na organizao de um texto em LEM. H8 - Atribuir um sentido previsvel a um texto em LEM presente em situao da vida social e do mundo do trabalho. H9 - Identificar a funo argumentativa do uso de determinados termos e expresses de outras lnguas no Brasil. H10 - Reconhecer os valores culturais representados em outras lnguas e suas relaes com a lngua materna. H11 - Identificar em manifestaes culturais elementos histricos e sociais. H12 - Identificar as mudanas/permanncias de padres estticos e/ou cinestsicos em diferentes contextos histricos e sociais. H13 - Comparar manifestaes estticas e/ou cinestsicas em diferentes contextos.

  • 23

    H14 - Analisar, nas diferentes manifestaes culturais, os fatores de construo de identidade e de estabelecimento de diferenas sociais e histricas. H15 - Posicionar-se criticamente sobre os valores sociais expressos nas manifestaes culturais: padres de beleza, caracterizaes estereotipadas e preconceitos. H16 - Identificar produtos e procedimentos artsticos expressos em vrias linguagens. H17 - Reconhecer diferentes padres artsticos, associando-os ao seu contexto de produo. H18 - Utilizar os conhecimentos sobre a relao entre arte e realidade, para atribuir um sentido para uma obra artstica. H19 - Relacionar os sentidos de uma obra artstica a possveis leituras dessa obra, em diferentes pocas. H20 - Reconhecer a obra de arte como fator de promoo dos direitos e valores humanos. H21 - Identificar categorias pertinentes para a anlise e interpretao do texto literrio. H22 - Reconhecer os procedimentos de construo do texto literrio. H23 - Utilizar os conhecimentos sobre a construo do texto literrio para atribuir-lhe um sentido. H24 - Identificar em um texto literrio as relaes entre tema, estilo e contexto histrico de produo. H25 - Reconhecer a importncia do patrimnio literrio para a preservao da memria e da identidade nacional. H26 - Reconhecer temas, gneros, suportes textuais, formas e recursos expressivos. H27 - Identificar os elementos organizacionais e estruturais de textos de diferentes gneros. H28 - Identificar a funo predominante (informativa, persuasiva etc.) dos textos em situaes especficas de interlocuo. H29 - Relacionar textos a um dado contexto (histrico, social, poltico, cultural etc.). H30 - Reconhecer a importncia do patrimnio lingstico para a preservao da memria e da identidade nacional. H31 - Reconhecer em textos os procedimentos de persuaso utilizados pelo autor. H32 - Identificar referncias intertextuais. H33 - Inferir as possveis intenes do autor marcadas no texto. H34 - Contrapor interpretaes de um mesmo fato em diferentes textos. H35 - Identificar em textos as marcas de valores e intenes que expressam interesses polticos, ideolgicos e econmicos.

  • 24

    H36 - Identificar, em textos de diferentes gneros, as variedades lingsticas sociais, regionais e de registro (situaes de formalidade e coloquialidade). H37 - Identificar, em textos de diferentes gneros, as marcas lingsticas (fonticas, morfolgicas, sintticas e semnticas) que singularizam as diferentes variedades sociais, regionais e de registro. H38 - Reconhecer no texto a variedade lingstica adequada ao contexto de interlocuo. H39 - Comparar diferentes variedades lingsticas, verificando sua adequao em diferentes situaes de interlocuo. H40 - Identificar a relao entre preconceitos sociais e usos lingsticos. H41 - Reconhecer as categorias explicativas bsicas dos processos lingsticos, demonstrando domnio do lxico da lngua. H42 - Identificar os efeitos de sentido que resultam da utilizao de determinados recursos lingsticos. H43 - Reconhecer pressuposies e subentendidos em um texto. H44 - Identificar em um texto os mecanismos lingsticos na construo da argumentao. H45 - Reconhecer a importncia da anlise lingstica na construo de uma viso crtica do texto.

    3 - Matriz de Competncias e Habilidades de Matemtica Ensino Fundamental

    EIXOS COGNITIVOS

    I- Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

    II- Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IV- Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS

  • 25

    M1 - Compreender a Matemtica como construo humana, relacionando o seu desenvolvimento com a transformao da sociedade. M2 - Ampliar formas de raciocnio e processos mentais por meio de induo, deduo, analogia e estimativa, utilizando conceitos e procedimentos matemticos. M3 - Construir significados e ampliar os j existentes para os nmeros naturais, inteiros e racionais. M4 - Utilizar o conhecimento geomtrico para realizar a leitura e a representao da realidade, e agir sobre ela. M5 - Construir e ampliar noes de grandezas e medidas para a compreenso da realidade e a soluo de problemas do cotidiano. M6 - Construir e ampliar noes de variao de grandeza para a compreenso da realidade e a soluo de problemas do cotidiano. M7 - Construir e utilizar conceitos algbricos para modelar e resolver problemas. M8 - Interpretar informaes de natureza cientfica e social obtidas da leitura de grficos e tabelas, realizando previso de tendncia, extrapolao, interpolao e interpretao. M9 - Compreender conceitos, estratgias e situaes matemticas numricas para aplic-los a situaes diversas no contexto das cincias, da tecnologia e da atividade cotidiana.

    HABILIDADES I II III IV V

    F1 H1 H2 H3 H4 H5 F2 H6 H7 H8 H9 H10 F3 H11 H12 H13 H14 H15 F4 H16 H17 H18 H19 H20 F5 H21 H22 H23 H24 H25 F6 H26 H27 H28 H29 H30 F7 H31 H32 H33 H34 H35 F8 H36 H37 H38 H39 H40 F9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Identificar e interpretar, a partir da leitura de textos apropriados, diferentes registros do conhecimento matemtico ao longo do tempo. H2 - Reconhecer a contribuio da Matemtica na compreenso e anlise de fenmenos naturais, e da produo tecnolgica, ao longo da histria. H3 - Identificar o recurso matemtico utilizado pelo homem, ao longo da histria, para enfrentar e resolver problemas. H4 - Identificar a Matemtica como importante recurso para a construo de argumentao. H5 - Reconhecer, pela leitura de textos apropriados, a importncia da Matemtica na elaborao de proposta de interveno solidria na realidade.

  • 26

    H6 - Identificar e interpretar conceitos e procedimentos matemticos expressos em diferentes formas. H7 - Utilizar conceitos e procedimentos matemticos para explicar fenmenos ou fatos do cotidiano. H8 - Utilizar conceitos e procedimentos matemticos para construir formas de raciocnio que permitam aplicar estratgias para a resoluo de problemas. H9 - Identificar e utilizar conceitos e procedimentos matemticos na construo de argumentao consistente. H10 - Reconhecer a adequao da proposta de ao solidria, utilizando conceitos e procedimentos matemticos. H11 - Identificar, interpretar e representar os nmeros naturais, inteiros e racionais. H12 - Construir e aplicar conceitos de nmeros naturais, inteiros e racionais, para explicar fenmenos de qualquer natureza. H13 - Interpretar informaes e operar com nmeros naturais, inteiros e racionais, para tomar decises e enfrentar situaes-problema. H14 - Utilizar os nmeros naturais, inteiros e racionais, na construo de argumentos sobre afirmaes quantitativas de qualquer natureza. H15 - Recorrer compreenso numrica para avaliar propostas de interveno frente a problemas da realidade. H16 - Identificar e interpretar fenmenos de qualquer natureza expressos em linguagem geomtrica. H17 - Construir e identificar conceitos geomtricos no contexto da atividade cotidiana. H18 - Interpretar informaes e aplicar estratgias geomtricas na soluo de problemas do cotidiano. H19 - Utilizar conceitos geomtricos na seleo de argumentos propostos como soluo de problemas do cotidiano. H20 - Recorrer a conceitos geomtricos para avaliar propostas de interveno sobre problemas do cotidiano. H21 - Identificar e interpretar registros, utilizando a notao convencional de medidas. H22 - Estabelecer relaes adequadas entre os diversos sistemas de medida e a representao de fenmenos naturais e do cotidiano. H23 - Selecionar, compatibilizar e operar informaes mtricas de diferentes sistemas ou unidades de medida na resoluo de problemas do cotidiano. H24 - Selecionar e relacionar informaes referentes a estimativas ou outras formas de mensurao de fenmenos de natureza qualquer, com a construo de argumentao que possibilitem sua compreenso. H25 - Reconhecer propostas adequadas de ao sobre a realidade, utilizando medidas e estimativas. H26 - Identificar grandezas direta e inversamente proporcionais, e interpretar a notao usual de porcentagem.

  • 27

    H27 - Identificar e avaliar a variao de grandezas para explicar fenmenos naturais, processos socioeconmicos e da produo tecnolgica. H28 - Resolver problemas envolvendo grandezas direta e inversamente proporcionais e porcentagem. H29 - Identificar e interpretar variaes percentuais de varivel socioeconmica ou tcnico-cientfica como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H30 - Recorrer a clculos com porcentagem e relaes entre grandezas proporcionais para avaliar a adequao de propostas de interveno na realidade. H31 - Identificar, interpretar e utilizar a linguagem algbrica como uma generalizao de conceitos aritmticos. H32 - Caracterizar fenmenos naturais e processos da produo tecnolgica, utilizando expresses algbricas e equaes de 1 e 2 graus. H33 - Utilizar expresses algbricas e equaes de 1 e 2 graus para modelar e resolver problemas. H34 - Analisar o comportamento de varivel, utilizando ferramentas algbricas como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H35 - Avaliar, com auxlio de ferramentas algbricas, a adequao de propostas de interveno na realidade. H36 - Reconhecer e interpretar as informaes de natureza cientfica ou social expressas em grficos ou tabelas. H37 - Identificar ou inferir aspectos relacionados a fenmenos de natureza cientfica ou social, a partir de informaes expressas em grficos ou tabelas. H38 - Selecionar e interpretar informaes expressas em grficos ou tabelas para a resoluo de problemas. H39 - Analisar o comportamento de varivel expresso em grficos ou tabelas, como importante recurso para a construo de argumentao consistente. H40 - Avaliar, com auxlio de dados apresentados em grficos ou tabelas, a adequao de propostas de interveno na realidade. H41 - Identificar e interpretar estratgias e situaes matemticas numricas aplicadas em contextos diversos da cincia e da tecnologia. H42 - Construir e identificar conceitos matemticos numricos na interpretao de fenmenos em contextos diversos da cincia e da tecnologia. H43 - Interpretar informaes e aplicar estratgias matemticas numricas na soluo de problemas em contextos diversos da cincia e da tecnologia. H44 - Utilizar conceitos e estratgias matemticas numricas na seleo de argumentos propostos como soluo de problemas, em contextos diversos da cincia e da tecnologia. H45 - Recorrer a conceitos matemticos numricos para avaliar propostas de interveno sobre problemas de natureza cientfica e tecnolgica.

  • 28

    4 - Matriz de Competncias e Habilidades de Histria e Geografia Ensino Fundamental

    EIXOS COGNITIVOS

    VI. Dominar a norma culta da Lngua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemtica, artstica e cientfica.

    VII. Construir e aplicar conceitos das vrias reas do conhecimento para a compreenso de fenmenos naturais, de processos histrico-geogrficos, da produo tecnolgica e das manifestaes artsticas.

    VIII. Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informaes representados de diferentes formas, para tomar decises e enfrentar situaes-problema.

    IX. Relacionar informaes, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponveis em situaes concretas, para construir argumentao consistente.

    X. Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaborao de propostas de interveno solidria na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

    COMPETNCIAS GERAIS

    F1 - Compreender processos sociais utilizando conhecimentos histricos e geogrficos. F2 - Compreender o papel das sociedades no processo de produo do espao, do territrio, da paisagem e do lugar. F3 - Compreender a importncia do patrimnio cultural e respeitar a diversidade tnica. F4 - Compreender e valorizar os fundamentos da cidadania e da democracia, de forma a favorecer uma atuao consciente do indivduo na sociedade. F5 - Compreender o processo histrico de ocupao do territrio e a formao da sociedade brasileira. F6 - Interpretar a formao e organizao do espao geogrfico brasileiro, considerando diferentes escalas. F7 - Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente. F8 - Compreender a organizao poltica e econmica das sociedades contemporneas. F9 - Compreender os processos de formao das instituies sociais e polticas a partir de diferentes formas de regulamentao das sociedades e do espao geogrfico.

  • 29

    HABILIDADES

    I II III IV V F1 H1 H2 H3 H4 H5 F2 H6 H7 H8 H9 H10 F3 H11 H12 H13 H14 H15 F4 H16 H17 H18 H19 H20 F5 H21 H22 H23 H24 H25 F6 H26 H27 H28 H29 H30 F7 H31 H32 H33 H34 H35 F8 H36 H37 H38 H39 H40 F9 H41 H42 H43 H44 H45

    H1 - Identificar diferentes formas de representao de fatos e fenmenos histrico-geogrficos expressos em diferentes linguagens. H2 Reconhecer transformaes temporais e espaciais na realidade. H3 - Interpretar realidades histricas e geogrficas estabelecendo relaes entre diferentes fatos e processos sociais. H4 - Comparar diferentes explicaes para fatos e processos histricos e/ou geogrficos. H5 Considerar o respeito aos valores humanos e diversidade scio-cultural, nas anlises de fatos e processos histricos e geogrficos. H6 Identificar fenmenos e fatos histrico-geogrficos e suas dimenses espaciais e temporais, utilizando mapas e grficos. H7 Analisar geograficamente caractersticas e dinmicas dos fluxos populacionais, relacionando-os com a constituio do espao. H8 Interpretar situaes histrico-geogrficas da sociedade brasileira referentes constituio do espao, do territrio, da paisagem e/ou do lugar. H9 Comparar os processos de formao socioeconmicos e geogrficos da sociedade brasileira. H10 Comparar propostas de solues para problemas de natureza socioambiental, respeitando valores humanos e a diversidade sociocultural. H11 Identificar caractersticas de diferentes patrimnios tnico-culturais e artsticos. H12 Reconhecer a diversidade dos patrimnios tnico-culturais e artsticos em diferentes sociedades. H13 - Interpretar os significados de diferentes manifestaes populares como representao do patrimnio regional e cultural. H14 - Comparar as diferentes representaes tnico-culturais e artsticas. H15 Identificar propostas que reconheam a importncia do patrimnio tnico-cultural e artstico para a preservao das memrias e das identidades nacionais.

  • 30

    H16 Identificar em diferentes documentos histricos os fundamentos da cidadania e da democracia presentes na vida social. H17 Caracterizar as lutas sociais, em prol da cidadania e da democracia, em diversos momentos histricos. H18 Relacionar os fundamentos da cidadania e da democracia, do presente e do passado, aos valores ticos e morais na vida cotidiana. H19 Discutir situaes da vida cotidiana relacionadas a preconceitos tnicos, culturais, religiosos e de qualquer outra natureza. H20 Selecionar criticamente propostas de incluso social, demonstrando respeito aos direitos humanos e diversidade sociocultural. H21 Identificar em diferentes documentos histricos e geogrficos vrios movimentos sociais brasileiros e seu papel na transformao da realidade. H22 Investigar criticamente o significado da construo e divulgao dos marcos histricos relacionados histria da formao da sociedade brasileira. H23 Interpretar o processo de ocupao e formao da sociedade brasileira, a partir da anlise de fatos e processos histricos. H24 Analisar relaes entre as sociedades e a natureza na construo do espao histrico e geogrfico. H25 Avaliar propostas para superao dos desafios sociais, polticos e econmicos enfrentados pela sociedade brasileira na construo de sua identidade nacional. H26 Identificar representaes do espao geogrfico em textos cientficos, imagens, fotos, grficos, etc. H27 Caracterizar formas espaciais criadas pelas sociedades, no processo de formao e organizao do espao geogrfico, que contemplem a dinmica entre a cidade e o campo. H28 Analisar interaes entre sociedade e natureza na organizao do espao histrico e geogrfico, envolvendo a cidade e o campo. H29 Discutir diferentes formas de uso e apropriao dos espaos, envolvendo a cidade e o campo, e suas transformaes no tempo. H30 A partir de interpretaes cartogrficas do espao geogrfico brasileiro, estabelecer propostas de interveno solidria para consolidao dos valores humanos e de equilbrio ambiental. H31 Associar as caractersticas do ambiente (local ou regional) vida pessoal e social. H32 Identificar a presena dos recursos naturais na organizao do espao geogrfico, relacionando transformaes naturais e interveno humana. H33 - Relacionar a diversidade morfoclimtica do territrio brasileiro com a distribuio dos recursos naturais. H34 - Analisar criticamente as implicaes sociais e ambientais do uso das tecnologias em diferentes contextos histrico-geogrficos.

  • 31

    H35 Selecionar procedimentos e uso de diferentes tecnologias em contextos histrico-geogrficos especficos, tendo em vista a conservao do ambiente. H36 - Identificar aspectos da realidade econmico-social de um pas ou regio, a partir de indicadores socioeconmicos graficamente representados. H37 Caracterizar formas de circulao de informao, capitais, mercadorias e servios no tempo e no espao. H38 - Comparar os diferentes modos de vida das populaes, utilizando dados sobre produo, circulao e consumo. H39 Discutir formas de propagao de hbitos de consumo que induzam a sistemas produtivos predatrios do ambiente e da sociedade. H40 Comparar organizaes polticas, econmicas e sociais no mundo contemporneo, na identificao de propostas que propiciem eqidade na qualidade de vida de sua populao. H41 - Identificar os processos de formao das instituies sociais e polticas que regulamentam a sociedade e o espao geogrfico brasileiro. H42 - Estabelecer relaes entre os processos de formao das instituies sociais e polticas. H43 - Compreender o significado histrico das instituies sociais considerando as relaes de poder, a partir de situao dada. H44 Discutir situaes em que os direitos dos cidados foram conquistados, mas no usufrudos por todos os segmentos sociais. H45 Comparar propostas e aes das instituies sociais e polticas, no enfrentamento de problemas de ordem econmico-social.