1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 ... ? LNGUA PORTUGUESA 1) Leia os textos

  • Published on
    25-Aug-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Transcript

  • 4 GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORAMENTO E GESTO SUPERINTENDNCIA GERAL DE RECURSOS HUMANOSEDITAL N 01/2018 - NVEL SUPERIORESPECIALISTA EM POLTICAS PBLICAS E GESTO GOVERNAMENTAL - EPPGG

    NOME DO CANDIDATO ASSINATURA DO CANDIDATO RG DO CANDIDATO

    LEIA COM ATENO AS INSTRU ES ABAIXO

    IN STR U ES GERAIS

    V E R S O

    AI. Nesta prova, voc encontrar 13 (treze) pginas numeradas sequencialmente, contendo 70 (setenta) questes

    objetivas correspondentes s seguintes disciplinas: Lngua Portuguesa (10 questes), Lngua Inglesa (05 questes), Noes de Raciocnio Lgico e Estatstica (05 questes), Realidades Brasileira e Local (05 questes), Direito Pblico (10 questes), Cincia Poltica (10 questes), Administrao Pblica (15 questes), Economia (05 questes) e Contabilidade Pblica (05 questes).

    II. Verifique se seu nome e nmero de inscrio esto corretos no carto de respostas. Se houver erro, notifique o fiscal.III. Verifique se o caderno de provas se refere ao cargo para o qual voc se inscreveu. Caso o cargo esteja divergente,

    solicite ao fiscal de sala para que tome as providncias cabveis, pois no sero aceitas reclamaes posteriores nesse sentido.

    IV. Assine e preencha o carto de respostas nos locais indicados, com caneta azul ou preta.V. Verifique se a impresso, a paginao e a numerao das questes esto corretas. Caso observe qualquer erro, notifique

    o fiscal.VI. Marque o carto de respostas cobrindo fortemente o espao correspondente letra a ser assinalada, conforme o

    exemplo no prprio carto de respostas.VII. O sistema de leitura e processamento das folhas de resposta no registrar a resposta em que houver falta de nitidez

    na marcao e/ou marcao de mais de uma alternativa.VIII. O carto de respostas no pode ser dobrado, amassado, rasurado ou manchado. Exceto sua assinatura, nada deve ser

    escrito ou registrado fora dos locais destinados s respostas.IX. Ao terminar a prova, entregue ao fiscal o carto de respostas e este caderno. As observaes ou marcaes registradas

    no caderno no sero levadas em considerao.X. Voc dispe de 04 (quatro) horas para fazer esta prova. Reserve os 20 (vinte) minutos finais para marcar o carto de

    respostas.XI. O candidato s poder retirar-se do setor de prova 02 (duas) horas aps seu incio.XII. terminantemente proibido o uso de telefone celular, e demais aparelhos eletrnicos.

    Boa Prova!

    Nome:

    DESTAQUE AQUI

    GABARITO DO CANDIDATO - RASCUNHOAssinatura do Candidato: Inscrio:

    1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

    26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

    51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70

    IBFC 03 - VERSO A

  • OHNflOSVU

  • LNGUA PORTUGUESA

    1) Leia os textos (1) e (2) das msicas a seguir:

    [Texto msica (1)]O Mundo Um Moinho Cartola

    Ainda cedo, amorMal comeaste a conhecer a vidaJ anuncias a hora de partidaSem saber mesmo o rumo que irs tomarPreste ateno, queridaEmbora eu saiba que ests resolvidaEm cada esquina cai um pouco a tua vidaEm pouco tempo no sers mais o que sOua-me bem, amorPreste ateno, o mundo um moinhoVai triturar teus sonhos, to mesquinhosVai reduzir as iluses a p

    [ Texto msica (2) ]Anna Julia Los Hermanos

    Quem te v passar assim por mimNo sabe o que sofrerTer que ver voc, assim, sempre to lindaContemplar o sol do teu olhar, perder voc no arNa certeza de um amorMe achar um nadaPois sem ter teu carinhoEu me sinto sozinhoEu me afogo em solido

    Oh, Anna Jlia Oh, Anna Jlia

    Analisando sintaticamente ambos os textos, quanto aos termos destacados podemos afirmar que:I. Se equivalem sintaticamente.II. No se equivalem, pois amor e querida no podem

    ser considerados sujeitos nucleares dentro do contexto que esto inseridos.

    III. Esto descolados sintaticamente da orao, no pertencem ao sujeito ou predicado e servem para chamar, ou seja, invocar o receptor da mensagem.

    IV. So considerados apenas acessrios da orao, complementos que no so utilizados como integrantes, ou seja, no participam como essenciais para o esclarecimento da orao.

    Esto corretas as afirmativas:a) II, apenas.b) IV, apenas.c) I e III, apenas.d) I e IV, apenas.

    2) Leia o fragmento do texto:Acredita-se que o ebola se propague em longas distncias ao ser levado por morcegos, que podem hospedar o vrus sem morrer. Assim, ele infecta outros animais com os quais os mamferos voadores compartilham rvores, como os macacos. Frequentemente se propaga para os humanos atravs de carne infectada. A geografia remota e extensa do Congo lhe d uma vantagem com relao a outras zonas, j que os surtos costumam ser localizados e so relativamente fceis de isolar.A partir do texto, leia as afirmativas interpretadas gramaticalmente a seguir:I. afirmada a indeterminao do sujeito, ao se apresentar

    o verbo acreditar em terceira pessoa, acompanhado do pronome SE.

    II. H a participao do sujeito composto ao lermos no texto, uma geografia remota e extensa do Congo.

    III. O advrbio de modo est presente quando classificado o modo que se propaga a doena para os seres humanos.

    IV. Ao dizer frequentemente, se faz a classificao do tempo necessrio para que a enfermidade acometa os seres humanos por intermdio da carne infectada.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e III, apenas.b) II e III, apenas.c) IV, apenas.d) II e IV, apenas.

    3) Leia com ateno o poema de Gregrio de Matos:

    Trs dzias de casebres remendados,Seis becos de mentrastos entupidos Quinze soldados rotos e despidos Doze porcos na praa bem criados.

    Dois conventos, seis frades, trs letrados Um juiz com bigodes sem ouvidos Trs presos de piolhos carcomidos Por comer dois meirinhos esfaimados.

    As damas com sapatos de baeta Palmilha de tamanca como frade

    Saia de chita, cinta de raquete.

    O feijo que s faz ventosidade Farinha de pipoca, po de greta De Sergipe Del Rei esta a cidade.

    Quanto tipologia textual usada pelo escritor analise as afirmativas a seguir:I. uma descrio, por relatar as caractersticas de um

    local.II. uma dissertao, por analisar e interpretar dados

    reais sobre a cidade de Sergipe Del Rei.III. apenas a definio de uma linda cidade aos olhos do

    poeta.IV. uma exposio, so apresentadas informaes sobre

    assuntos e fatos especficos; expe ideias; explica; avalia; reflete.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e IV, apenas.b) I, apenas.c) III e IV, apenas.d) III apenas.

    IBFC 03 - VERSO A 1

  • 4) Observe a tirinha:

    https://co.pinterest.com/pin/561753753507096012/?autologin=true

    Analisando a tirinha possvel afirmar que:I. O objetivo da linguagem utilizada no expor

    verbalmente a realidade, no h a necessidade de vocbulos.

    II. Nos mostra que os pais da nova gerao no conseguem ser exemplos ideais para os filhos.

    III. A importncia da linguagem televisiva para os padres atuais.

    IV. A relao decadente entre mdia e educao nos dias atuais.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e IV, apenas.b) II, III e IV, apenas.c) I e III, apenas.d) II e IV, apenas.

    5) Leia o fragmento textual:Os conhecimentos produzidos na rea de polticas pblicas vm sendo largamente utilizado por pesquisadores, polticos e administradores que lidam com problemas pblicos em diversos setores de interveno e nas mais diferentes reas: cincia poltica, sociologia, economia, administrao pblica, direito etc.[i] Vm sendo utilizado tanto no que diz respeito implementao e a avaliao das polticas pblicas, quanto no que diz respeito a abordagens que destacam o papel das ideias e do conhecimento neste processo[ii].As palavras destacadas esto morfologicamente classificadas, respectivamente e conforme os preceitos da norma culta. A esse respeito, assinale a alternativa correta.a) conjuno; advrbio; verbo; verbo.b) conjuno; adjetivo; advrbio; verbo.c) preposio; adjetivo; substantivo feminino; verbo.d) preposio; advrbio; advrbio; verbo.

    6) Considere os textos:1. ... a riqueza provoca um tipo de consumo ostentatrio,

    comprando que serviam apenas para demonstrar o status dos ricos. [...] Esse consumo provoca a imitao dos pobres, que por sua vez, passavam, dentro das suas possibilidades, a consumir objetos desnecessrios, mas que lhe davam aparncia de classe superior (Jos Chiavenato).

    2.

    M u ito s gastam dinheiro que ainda no

    ganharam , com prando coisas de que no

    V ]precisam, para im pressionar pessoas de quem

    j f | n M

    no gostam .

    (W ill Sm ith)

    wrww.camtnhodigtal.nathttp://revolucaodg.blogspotcom.br/2013/09/frase-wiN-smith-

    consumismo-dinheiro-gastam.749.html#.Wvw8RO8vzIU3. Eu me utilizo de todos os meios da Sociedade de

    consumo, penetro no Sistema, mas como um veneno(Raul Seixas)

    Ao compar-los, correto afirmar:I. Na atualidade os bens de consumo so o equilbrio

    fsico e mental necessrios para toda a sociedade.II. H um consumo ilimitado de bens, sobretudo em

    artigos de pouca necessidade.III. As palavras ostentatrio e veneno servem para

    definir o que representa o consumismo no mundo atual.IV. O consumismo necessrio pela importncia da

    produtividade industrial no mundo moderno a menos que ultrapasse os limites da classe menos favorecida.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e III, apenas.b) I e IV, apenas.c) II e III, apenas.d) II e IV, apenas.

    7) Leia com ateno o fragmento do livro Mensagem, de Fernando Pessoa:H em mim fenmenos de abulia que a histeria, propriamente dita, no enquadra no registo dos seus sintomas. Seja como for, a origem mental dos heternimos est na minha tendncia orgnica e constante para a despersonalizao e para simulao. Estes fenmenos - felizmente para mim e para outros - mentalizaram-se em mim; quero dizer, no se manifestam na minha vida prtica, exterior e de contato com os outros; fazem exploso para dentro e vivo-os eu a ss comigo. Se eu fosse mulher - na mulher os fenmenos histricos rompem em ataques e cousas parecidas - cada poema de lvaro de Campos (o mais histericamente histrico de mim) seria um alarme para vizinhana. Mas sou homem - e nos homens a histeria assume aspectos mentais: assim tudo acaba em silncio e poesia...Assinale a alternativa incorreta:a) possvel observar que o poeta era perseguido por

    uma espcie de conscincia do seu estado psquico.b) algo to ntimo, que est dentro dele, vive com ele

    e se manifesta de maneiras diferentes unicamente em seu interior.

    c) Ele se diz ser seus heternimos e confessa o assombro que causaria a outros, caso fosse mulher.

    d) O mal que o acomete, a ele mesmo nada podia fazer, porm ao se exteriorizar os danos morais e intelectuais seriam, com certeza, enormes.

    2 IBFC 03 - VERSO A

    https://co.pinterest.com/pin/561753753507096012/?autologin=truehttp://revolucaodg.blogspotcom.br/2013/09/frase-wiN-smith-

  • 8) Analise as afirmativas a seguir atribuindo-lhes valores Verdadeiro (V) ou Falso (F):( ) Renderam-se s tropas aliadas as foras germnicas

    de terra, mar e ar. (O ncleo do sujeito , foras germnicas).

    ( ) Pode haver grandes shows na virada cultural. (O verbo haver tem valor existencial).

    ( ) Precisa-se de pedreiro. (A partcula SE atua como determinante do sujeito).

    ( ) Foram incentivados a comemorar a queda do governo. (O infinitivo no flexionado, principalmente, em locues verbais e verbos preposicionados).

    Assinale a alternativa que, respectivamente, apresenta a sequncia correta de cima para baixo.a) V; V; F; V.b) F; F; V; V.c) V; F; V; F.d) V; V; F; F.

    9) Analise o poema de Rudolf Steiner:No corao tece o sentirNa cabea brilha o pensarNos membros vigora o quererBrilhocenteTecer revigoranteVigor brilhanteIsto o homem.Com relao palavra Brilhocente:Assinale a alternativa correta.a) Se trata da juno do verbo brilhar e o substantivo

    inocente.b) um adjunto adnominal.c) Se trata da unio do substantivo brilho e o adjetivo

    inocente.d) um neologismo.

    10) Leia os seguintes textos:I. Casal maduro vive os ltimos captulos de uma crise

    matrimonial diante dos olhos da filha mais velha, uma adolescente que est a um passo de iniciar-se na vida adulta e amorosa.

    II. Em 2017, o Papa Francisco recebeu de presente da Lamborghini uma unidade do esportivo Huracn. Trata- se de um modelo personalizado pela fabricante italiana como homenagem para o Vaticano, de quem empresta as cores da bandeira. O papa assinou o cap e resolveu coloc-lo venda para beneficiar instituies de caridade.

    III. Por mais voltas que o mundo d, um dia todos ns iremos nos encontrar em algum ponto. Um ponto pacfico, onde estaremos falando a mesma lngua, bebendo o mesmo vinho, contando nossas histrias e rindo, um riso leve e sincero. Assim, estaremos prontos para percorrer juntos este longo caminho; em que simplesmente falamos de nossos dias, vendo o futuro com olhos livres.

    Charles ChaplinIV. Espalhe o amor por onde voc for antes de tudo, em

    sua prpria casa. D amor a seus filhos, sua esposa ou seu marido, a um vizinho prximo... No permita jamais, que algum se aproxime de voc sem viver melhor, e mais feliz. Seja a expresso viva da bondade de deus; bondade em seu rosto, bondade em seus olhos, bondade em seu sorriso, bondade em sua terna saudao

    Madre Teresa de Calcut Com base na gramtica de pontuao da lngua culta, assinale a alternativa correta:a) Os textos I e II apresentam pontuao incorreta ao

    utilizar de maneira equivocada as vrgulas.b) Apenas o texto IV est incorreto em sua pontuao

    ao apresentar vrgulas gramaticalmente erradas e, tambm, a falta de outros fatores relevantes para o entendimento do texto.

    c) Apenas o texto III apresenta a pontuao correta no que diz respeito a todos os fatores pontuais.

    d) Os textos II e III esto corretos em todos os fatores pontuais.

    LNGUA INGLESA

    For questions 11 to 15 read the text below:

    People are getting poorer: hunger and homelessness as Brazil crisis deepens

    Unemployment and social instability threaten unwelcome return to the past in recession-hit country once seen as a model for developing economies.It wasnt yet 5am when Miriam Gomes drove up to Happy Little Angel, the social project she runs in the scruffy Cidade Nova neighbourhood of Rio de Janeiro, but the queue for her weekly food handout was already a hundred yards long.Some had slept outside - those among Rios growing army of homeless people, or who lived too far away to get there by 6.30am, when those registered could start collecting a bag of vegetables, fruit, rice, beans, pasta, milk and biscuits, and a little chocolate.These are some of the victims of a worsening problem in a country once praised for reducing poverty, but where the numbers of poor are climbing again.Brazil has slumped into its worst recession for decades, with 14 million people unemployed.There are a lot more people on the street, said Gomes, 53, who bought the house where Little Happy Angel is based with an inheritance, and lives off her late fathers military pension.Some of those Gomes helps benefit from a cash transfer scheme called the family allowance, but still struggle to make ends meet. Others are among the 1.1 million families the government removed from the programme last year for what it called irregularities.Among the latter is Vera dos Santos, 43, who lost her job as a maid two and a half years ago, has three teenage children to feed, and recently had her allowance stopped. My financial situation is difficult, she said.Brazil celebrated its removal from the UN hunger map in 2014. Now it is in danger, a new report warns, of being reinstated.If we dont take the due providences, Brazil will go back to the hunger map, said Francisco Menezes, an economist and one of the authors of a progress report on the 2030 sustainable development agenda, presented recently to the UN by a group of two dozen non-government groups and research institutes, and released in full later this month.People are getting poorer, said Menezes.That was supposed to be Brazils past. When leftwing leader Luiz Incio Lula da Silva swept to power on a wave of popular support in 2002, he promised three meals a day to all Brazilians. During his eight years of rule, and a further four by his chosen successor, Dilma Rousseff, 36 million Brazilians escaped poverty with the help of acclaimed social policies like the family allowance.Rising commodities prices and the feverish consumer spending of a new, lower-middle class contributed to a booming economy. Those living below the poverty line fell from 25% in 2004 to 8% in 2014, when Rousseff faced re-election, according to figures from the social policy centre at the Getlio Vargas Foundation, a leading business school.By then, though, the economy was already beginning to retract. Commodities prices fell when Rousseff secured a narrow win, with concern growing over her interventionist economic policy and soaring public spending.By 2015, unemployment was climbing and Brazil had sunk into its deepest recession since the 1930s. The country was stripped of its investment grade. In 2016 Rousseff was impeached, ostensibly for breaking budget rules. But the process was driven by the recession and a vast corruption crisis at state-run oil company Petrobras in which many from Rousseffs Workers party and its Congress allies were embroiled.By then, the number of Brazilians living in poverty had risen to an estimated 11%. Without doubt, it is a regression, said Marcelo Neri, director of the Vargas Foundations social policy centre.Michel Temer, Rousseffs former vice-president, took over

    3IBFC 03 - VERSO A

  • and began cutting costs. Last December, a 20-year cap was introduced on public spending. Congress is debating reforms to Brazils generous pensions system. Liberal economists argue that without these reforms, Brazil will be unable to overcome its deficit and get back to growth.The progress report argued that these austerity measures will increase poverty in Brazil and said the country should reduce other costs and adopt a fairer tax system (the highest tax rate in this deeply unequal country is 27.5%). Menezes calculated that, had the spending cap been in place in 2003, Brazil would have had 68% less to spend on social programmes between 2003 and 2015.Meanwhile, the poor keep getting poorer. This was evident on a recent morning in a corner of Borel, a Rio favela where ramshackle wooden shacks without running water or sewage cling to a muddy hillside. Welington de Souza, a 39-year-old resident, said more homes are being built in the improvised, low-income community, where people work selling tin cans, plastic bottles and cardboard they pick off the street.People are starting the same line of informal, cash-in-hand work, which they call recycling, in growing numbers. Because of the unemployment, people are having to get by, said De Souza, who lives with his pregnant partner Karla Santos, 19, and her son Carlos Eduardo, four, and did electrical and cleaning jobs before work dried up.Santoss sister, Edeane Silva, 24, lives next door with her partner Srgio Conceio, 39, and their three young children. Their fridge has broken and water floods under the door when it rains, said Silva. Since her 101 a month family allowance was stopped, she has been recycling with Conceio, leaving her baby boy with her mother.Sometimes I think I need some meat on the table, and I dont come home until I get it, Conceio said. I have to have faith.What Brazilians lack is faith that their politicians have any ability to resolve the mess the country is in and tackle its rising poverty. As graft scandals multiply, most are too busy trying to save themselves. Earlier this year, investigations were authorised into eight of Temers ministers. On 2 August, the lower house of Congress will vote on whether to authorise a trial of the president himself on corruption charges.Temers centrist PMDB party has run Rios state government since 2007. Its former governor Srgio Cabral is in jail, accused of pocketing substantial bribes, while the state government is broke and months in arrears with salaries. Unions have been organising food donations for hungry staff.All of which has fed into an increasingly chaotic environment, where new legislation threatens advances in food security, as well as undermining health, education and social security services, the progress report warned.There is a generalised lack of confidence in relation to the political class, the justice system, and the executive and legislative powers, said the reports authors, adding that the most vulnerable populations were among the most prejudiced.

    People are getting poorer: hunger and homelessness as Brazil crisis deepens. The Guardian, 2017. Disponvel em:

    11) As pointed in the text, what are the factors that can lead Brazil to a setback in its development process:a) Social instability and unemploymentb) Cash transfer scheme and social instabilityc) Unemployment and rising of commodities pricesd) Unemployment and pensions system

    12) As pointed in accordance with the text, during the recent recession period, what situation raise awareness of severity of the period faced by Brazil:a) The living situation of Miriam Gomesb) The 11 million families removed from pensions systemc) The total of 14 million people jobless and the

    unemployment rising in 2015d) The celebration of the UN hunger map in 2014 with

    Brazil named on that

    13) What is the consequence related to the possible Brazils situation in year 2030 was highlighted by Francisco Menezes:a) The rising number of people living in povertyb) Brazils reinstatement of the UNs hunger mapc) Retraction of commodities pricesd) Failure on social programs

    14) What was the change felt regarding the situation of Brazilians below the poverty line between 2004 and 2016:a) Since 2004 increase from 8% to 11% in 2014 and new

    decrease to 25% in 2016b) Stabilization in percentage terms of 25% between 2004

    and 2016c) In 2016 decline in percentage term to 17%d) Since 2004 decrease from 25% to 8% in 2014 and

    increase to 11% in 2016

    15) Within the presented context, in addition to cutting costs started in 2016, what other measures are necessary to ensure the possibility of Brazils growth recovery according the progress report:a) In addition to cutting costs, avoid multiply political

    scandals and substantial bribesb) Besides cutting costs, ensure stability of commodities

    pricesc) In addition to cutting costs, other costs must be reduced,

    recast of pensions system and implement a fairer tax system

    d) Besides cutting costs, enhance confidence in relation to the political class

    NOES DE RACIOCNIO LGICO E ESTATSTICA16) Uma rede de lojas fez um levantamento da quantidade

    de queixas apresentadas por seus clientes ao longo de uma semana, nas 16 lojas da rede em uma regio. O resultado apresentado no grfico abaixo. Acerca do levantamento realizado, em relao ao nmero de queixas por loja, analise:

    0 1 2 3 4 S 6 7 8

    Nmero de queixas dos consumidores

    Figura 1: Grfico do nmero de queixas por loja. Baseando-se em sua anlise, assinale a alternativa correta:a) A moda na distribuio de queixas por loja igual a 4

    queixas por lojab) A moda na distribuio de queixas por loja menor que

    a mdiac) A mdia de queixas por loja foi inferior a 3d) O total de queixas ao longo da semana, somando-se

    todas as lojas, foi menor que 50

    17) Na Copa do Mundo de Futebol, 32 times so agrupados em oito grupos com quatro times cada. Sero classificados para a segunda fase o primeiro e o segundo colocados de cada grupo, sendo os demais eliminados. Considerando que indiferente um time se classificar em primeiro ou segundo lugar, assinale a alternativa correta acerca da probabilidade de uma dada combinao de times ser classificada para a segunda fase.a) 1/32b) 1/64c) 1/72d) 1/96

    4 IBFC 03 - VERSO A

    https://www.theauardian.com/alobal-development/2017/iul/19/people-aettina-poorer-hunaer-homelessness-brazil-crisishttps://www.theauardian.com/alobal-development/2017/iul/19/people-aettina-poorer-hunaer-homelessness-brazil-crisishttps://www.theauardian.com/alobal-development/2017/iul/19/people-aettina-poorer-hunaer-homelessness-brazil-crisis

  • 18) Considerando que cada letra representa um predicado lgico, assinale a alternativa que apresenta um silogismo que no vlido.a) Todo X Y; nenhum Y Z; logo, nenhum X Zb) Todo P Q; algum R P; logo, algum Q Rc) Nenhum S T; todo T R; logo, algum S Rd) Algum A B; nenhum B C; logo, algum A no C

    19) Considere a seguinte sentena: Se o presidente exonerar o secretrio por causa da presso poltica da diretoria, ento o presidente conseguir ser reeleito. Assinale a alternativa que apresenta uma correta concluso referente a esta sentena.a) Caso o presidente no exonere o secretrio, ele no

    ser reeleitob) Caso o secretrio seja exonerado sem que haja

    presso poltica por parte da diretoria, o presidente no ser reeleito

    c) Se no houver presso poltica da diretoria e o secretrio for exonerado, o presidente pode ser reeleito

    d) A reeleio do presidente est necessariamente vinculada exonerao do secretrio

    20) Analise as trs afirmativas abaixo sobre Lgica e Estrutura Argumentativa:I. Uma estrutura argumentativa construda com uma ou

    mais premissas e uma concluso.II. Caso uma premissa seja falsa em qualquer situao,

    qualquer concluso que se baseie nela ser sempre invlida.

    III. Uma estrutura argumentativa necessita ao menos de duas premissas para que possa ser considerada vlida.

    Esto corretas as afirmativas:a) I, apenasb) III, apenasc) I e II, apenasd) II e III, apenas

    ________ REALIDADES BRASILEIRA E LOCAL________

    21) Na tentativa de proteger a diversidade ambiental e os diferentes biomas brasileiros a legislao do pas, em especial a contida no Sistema Nacional de Unidades de Conservao (SNUC/2000), determina uma gama de diferentes unidades de conservao. Com base em tal afirmao, assinale a alternativa correta que contenha apenas Unidades de Uso Sustentvel:a) Reserva Biolgica e Reserva Extrativistab) Reserva Nacional e Parque Nacionalc) Reserva de Fauna e Estao Biolgicad) rea de Proteo Ambiental e Floresta Nacional

    22) So duzentos mil indivduos, duzentos mil cidados feitos de carne de caranguejos. O que o organismo rejeita volta como detrito para a lama do mangue para virar caranguejo outra vez (CASTRO, Josu. Homens e Caranguejos, 2001 p. 27) A respeito do fragmento citado, assinale a alternativa que melhor corresponda ao processo em questo:a) O autor se debrua sobre a farta alimentao destes

    sujeitos e a simbitica relao destes com o habitat Mangue

    b) Sendo nutricionista e se preocupando com a questo da fome, Josu de Castro destaca a rica fonte proteica advinda dos caranguejos

    c) Ambientada na periferia recifense, a histria de Josu de Castro denuncia a relao entre excluso social, fome e degradao socioambiental

    d) O Brasil referncia internacional no que se refere preservao de ambientes costeiros, os processos de desenvolvimento econmico e urbanizao garantiram a manuteno dos ambientes associados a faixa litornea

    23) Entre 1991 e 2010, a populao residente em setores urbanos conhecidos como aglomerados subnormais aumentou em mais de 60%, passando de pouco menos de sete milhes para 11,4 milhes, segundo o Censo demogrfico do IBGE (IBGE, 2018, pg. 18). Os aglomerados subnormais, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica), so caracterizados pela ausncia ou precariedade de servios bsicos. Assinale a alternativa incorreta a respeito dos servios bsicos ausentes ou precrios em questo:a) Servio de sadeb) Coleta de lixoc) Abastecimento de guad) Esgotamento sanitrio

    24) Serto isto: o senhor empurra pra trs, mas de repente ele volta a rodear o senhor dos lados. Serto quando menos se espera (Joo Guimares Rosa, Grande Serto Veredas). A vasta regio semirida brasileira determinada por elementos fsicos e climticos associados a fatores socioeconmicos compe uma realidade particular, e neste quadro a regio Nordeste a que possui maior parte de seu territrio nela incluso. Assinale a alternativa incorreta acerca dos estados que possuem parte de seu territrio dentro da Regio Semirida:a) Sergipeb) Piauc) Maranhod) Bahia

    25) Observando a dinmica demogrfica brasileira, especialistas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE), a partir de projees com base nos censos realizados pelo mesmo, apontam que na quarta dcada do sculo XXI o Brasil passar por uma Inverso Demogrfica. Assinale a alternativa que contenha as caractersticas deste momento:a) O nmero de nascimentos ser igual ao de bitosb) O nmero de bitos ser maior que o de nascimentosc) A populao masculina ser maior que a femininad) O nmero de nascimentos ser superior ao de bitos

    ________________ DIREITO PBLICO________________26) As parcerias do Estado com o Terceiro Setor so

    importantes para concretizao de atividades de interesse pblico. O Terceiro Setor composto por pessoas jurdicas de direito privado da sociedade civil que exercem atividades de interesse pblico sem finalidade lucrativa. Inserem-se no Terceiro Setor as Organizaes da Sociedade Civil (OSC), reguladas pela Lei n. 13.019/2014. Sobre as parcerias do Estado com as Organizaes da Sociedade Civil (OSC), assinale a alternativa correta:a) Termo de fomento o instrumento por meio do qual

    so formalizadas as parcerias estabelecidas pela administrao pblica com organizaes da sociedade civil para a consecuo de finalidades de interesse pblico e recproco que no envolvam a transferncia de recursos financeiros

    b) Procedimento de Manifestao de Interesse Social (PMIS) o procedimento destinado a selecionar uma organizao da sociedade civil para firmar parceria por meio de termo de colaborao ou de fomento, no qual se garanta a observncia dos princpios da isonomia, da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculao ao instrumento convocatrio, do julgamento objetivo e dos que lhes so correlatos

    c) Termo de colaborao o instrumento por meio do qual so formalizadas as parcerias estabelecidas pela administrao pblica com organizaes da sociedade civil para a consecuo de finalidades de interesse pblico e recproco propostas pela administrao pblica que envolvam a transferncia de recursos financeiros

    d) As organizaes religiosas que se dediquem a atividades ou a projetos de interesse pblico e de cunho social, distintas das destinadas a fins exclusivamente religiosos, no esto inseridas no conceito de Organizao da Sociedade Civil (OSC)

    IBFC 03 - VERSO A 5

  • 27) A Lei Complementar Estadual n. 33 de 1996 instituiu o Cdigo de Organizao e de Procedimento da Administrao Pblica do Estado de Sergipe. Esta Lei Complementar estabeleceu alguns deveres da Administrao Pblica do Estado de Sergipe nas suas relaes com rgos e entidades de outros nveis federativos. Sobre esses deveres, analise as afirmativas abaixo:I. Facilitar, pelos meios ao seu alcance, as informaes,

    dados, documentos e meios de prova em seu poder e daqueles que necessitem para o eficaz exerccio das suas competncias, somente sendo lcita a recusa quando o atendimento puder ocasionar prejuzos ao cumprimento das prprias atribuies.

    II. Praticar ato que se situe na competncia de rgo ou entidade de outra Administrao Pblica.

    III. Assegurar cooperao tcnica e financeira aos programas municipais de educao pr-escolar e de ensino fundamental.

    IV. Assegurar cooperao tcnica e financeira aos servios municipais de saneamento bsico e de atendimento sade da populao.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e I, apenasb) I, III e IV, apenasc) III e IV, apenasd) II e III, apenas

    28) A administrao pblica direta e indireta de qualquer dos Poderes da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municpios obedecer aos princpios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficincia. Sobre a Administrao Pblica e a Constituio Federal de 1988, assinale a alternativa incorreta:a) A investidura em cargo ou emprego pblico depende

    de aprovao prvia em concurso pblico de provas ou de provas e ttulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeaes para cargo em comisso declarado em lei de livre nomeao e exonerao

    b) O prazo de validade do concurso pblico ser de at dois anos, prorrogvel uma vez, por igual perodo

    c) Durante o prazo improrrogvel previsto no edital de convocao, aquele aprovado em concurso pblico de provas ou de provas e ttulos ser convocado com prioridade sobre novos concursados para assumir cargo ou emprego na carreira

    d) Os cargos em comisso, exercidos por servidores ocupantes de cargo efetivo, e as funes de confiana, a serem preenchidas por servidores de carreira nos casos, condies e percentuais mnimos previstos em lei, destinam-se apenas s atribuies de direo, chefia e assessoramento

    29) A Constituio Federal de 1988 pode ser emendada por um procedimento do Poder Constituinte Derivado Reformador que ir reformular os dispositivos constitucionais sempre que for conveniente e necessrio, haja vista a necessidade de tais dispositivos se adequarem realidade social. Sobre as emendas constitucionais, assinale a alternativa correta:a) A matria constante de proposta de emenda rejeitada

    ou havida por prejudicada poder ser objeto de nova proposta na mesma sesso legislativa se houver manifestao da maioria relativa dos membros de cada Casa do Congresso Nacional

    b) No ser objeto de deliberao a proposta de emenda tendente a abolir o voto direto, secreto, obrigatrio e peridico

    c) A proposta ser discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, trs quintos dos votos dos respectivos membros

    d) A Constituio poder ser emendada mediante proposta de mais da metade das Assembleias Legislativas das unidades da Federao, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria absoluta de seus membros

    30) A despesa total com pessoal, em cada perodo de apurao e em cada ente da Federao, no poder exceder os percentuais da receita corrente lquida estabelecidos da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) - Lei Complementar n. 101 de 2000. Se em determinado Estado a despesa total com pessoal exceder a 95% (noventa e cinco por cento) do limite, ser vedado:I. Extinguir cargo, emprego ou funo.II. Conceder vantagem, aumento, reajuste ou adequao

    de remunerao a qualquer ttulo, salvo os derivados de sentena judicial ou de determinao legal ou contratual.

    III. Alterar a estrutura de carreira que implique ou no aumento de despesa.

    IV. Prover cargo pblico, admisso ou contratao de pessoal a qualquer ttulo, ressalvada a reposio decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das reas de educao, sade e segurana.

    Esto corretas as afirmativas:a) I e II, apenasb) I, III e IV, apenasc) II e IV, apenasd) II e III, apenas

    31) A Lei n 4.320/1964 estatui normas gerais de Direito Financeiro para elaborao e controle dos oramentos e balanos da Unio, dos Estados, dos Municpios e do Distrito Federal. Especificamente, no que se refere s receitas pblicas, leia o artigo 11 e os pargrafos 1, 2 e 3 da lei supracitada:Art. 11 - A receita classificar-se- nas seguintes categorias econmicas: Receitas Correntes e Receitas de Capital.Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas. 1 - So Receitas _________ as receitas tributria,de contribuies, patrimonial, agropecuria, industrial, de servios e outras e, ainda, as provenientes de recursos financeiros recebidos de outras pessoas de direito pblico ou privado, quando destinadas a atender despesas classificveis em Despesas Correntes. 2 - So Receitas __________ as provenientes darealizao de recursos financeiros oriundos de constituio de dvidas; da converso, em espcie, de bens e direitos; os recursos recebidos de outras pessoas de direito pblico ou privado, destinados a atender despesas classificveis em Despesas de Capital e, ainda, o supervit do Oramento Corrente. 3 - O __________ do Oramento Corrente resultantedo balanceamento dos totais das receitas e despesas correntes, apurado na demonstrao a que se refere o Anexo n 1, no constituir item de receita oramentria.

    (Brasil, 1964, Disponvel em: https://http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/Leis/l4320.htm. Acesso em 16 de mai. de 2018)

    a) Correntes; de Capital; Supervitb) Correntes; Derivadas; Supervitc) De Capital; Correntes; Dficitd) Correntes; de Capital; Dficit

    6 IBFC 03 - VERSO A

    https://http://www.planalto.gov.br/

  • 32) A Lei n 8.666/1993 instituiu normas para licitaes e contratos da Administrao Pblica. A licitao destina- se a garantir a observncia do princpio constitucional da isonomia, a seleo da proposta mais vantajosa para a administrao e a promoo do desenvolvimento nacional sustentvel e ser processada e julgada em estrita conformidade com os princpios bsicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculao ao instrumento convocatrio, do julgamento objetivo e dos que lhes so correlatos. Sobre as modalidades de licitao, assinale a alternativa correta:a) So modalidades de licitao previstas na Lei n

    8.666/93 a concorrncia, a tomada de preos, o prego, o convite, o concurso e o leilo

    b) Convite a modalidade de licitao entre interessados do ramo pertinente ao seu objeto, cadastrados ou no, escolhidos e convidados em nmero mnimo de 5 (cinco) pela unidade administrativa, a qual afixar, em local apropriado, cpia do instrumento convocatrio e o estender aos demais cadastrados na correspondente especialidade que manifestarem seu interesse com antecedncia de at 24 (vinte e quatro) horas da apresentao das propostas

    c) Concurso a modalidade de licitao entre quaisquer interessados para escolha de trabalho tcnico, cientfico ou artstico, mediante a instituio de prmios ou remunerao aos vencedores, conforme critrios constantes de edital publicado na imprensa oficial com antecedncia mnima de 45 (quarenta e cinco) dias

    d) Concorrncia a modalidadede licitao entre interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condies exigidas para cadastramento at o terceiro dia anterior data do recebimento das propostas, observada a necessria qualificao

    33) No ano de 2016 foi publicada a Lei n. 13.303/2016 que dispe sobre o estatuto jurdico da empresa pblica, da sociedade de economia mista e de suas subsidirias, no mbito da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municpios. Sobre o assunto, assinale a alternativa incorreta:a) O estatuto da empresa pblica, da sociedade de

    economia mista e de suas subsidirias dever observar regras de governana corporativa, de transparncia e de estruturas, prticas de gesto de riscos e de controle interno, composio da administrao e, havendo acionistas, mecanismos para sua proteo

    b) Ser dada publicidade, com periodicidade mnima anual, em stio eletrnico oficial na internet de acesso irrestrito, relao das aquisies de bens efetivadas pelas empresas pblicas e pelas sociedades de economia mista

    c) A empresa pblica e a sociedade de economia mista devero criar comit estatutrio para verificar a conformidade do processo de indicao e de avaliao de membros para o Conselho de Administrao e para o Conselho Fiscal, com competncia para auxiliar o acionista controlador na indicao desses membros

    d) A empresa pblica e a sociedade de economia mista podero celebrar convnio ou contrato de patrocnio com pessoa fsica ou com pessoa jurdica para promoo de atividades culturais, sociais, esportivas, educacionais e de inovao tecnolgica, desde que comprovadamente vinculadas ao fortalecimento de sua marca

    34) O tratamento da Ordem Econmica e Financeira na Constituio Federal de 1988 importante para assegurar a todos existncia digna, conforme os ditames da justia social. Assinale a alternativa correta quanto ordem econmica e financeira na Constituio:a) A defesa do consumidor, a defesa do meio ambiente,

    a reduo das desigualdades regionais e sociais e o tratamento favorecido para as empresas de pequeno porte constitudas sob as leis brasileiras e que tenham sua sede e administrao no Pas so princpios da ordem econmica

    b) assegurado a todos o livre exerccio de qualquer atividade econmica, dependendo de autorizao de rgos pblicos

    c) Como agente normativo e regulador da atividade econmica, o Estado exercer, na forma da lei, as funes de fiscalizao, incentivo e planejamento, sendo este determinante para o setor pblico e privado

    d) As empresas pblicas e as sociedades de economia mista podero gozar de privilgios fiscais no extensivos s do setor privado

    35) A interveno de um Estado em seus Municpios prevista na Constituio Federal de 1988 para casos excepcionais previstos expressamente. Sobre a possibilidade de interveno do Estado em seus Municpios, analise as afirmativas abaixo:I. Deixar de ser paga, sem motivo de fora maior, por dois

    anos consecutivos, a dvida fundada;II. No forem prestadas contas devidas, na forma da lei;III. No tiver sido aplicado o mnimo exigido da receita

    municipal na manuteno e desenvolvimento do ensino e nas aes e servios pblicos de sade;

    IV. O Tribunal de Justia der provimento a representao para assegurar a observncia de princpios indicados na Constituio Estadual, ou para prover a execuo de lei, de ordem ou de deciso judicial.

    Esto corretas as afirmativas.a) I e II, apenasb) I, III e IV, apenasc) I, II e III, apenasd) I, II, III e IV, apenas

    ________________ CINCIA POLTICA________________

    36) (...) Aquele que quer governar a multido, sob uma forma republicana ou monrquica, deve saber com certeza quais os que so inimigos da nova ordem. Sem isso o governo ter uma existncia efmera. (...) Tendo a multido por inimiga, so obrigados, para afirmar seu poder, a empregar meios extraordinrios. De fato, aquele que tem nmero reduzido de inimigos pode saber com certeza o seu nmero sem grande trabalho ou esforo, enquanto que aquele que objeto do dio geral nunca tem certeza de nada, e, tanto mais se mostra cruel, tanto mais enfraquece seu prprio poder. Assinale a alternativa correta, respectivamente quanto ao autor e a sua obra.a) Max Weber, Cincia e Poltica, duas vocaesb) August Comte, Apelo aos Conservadoresc) mile Durkheim, As Formas Elementares da Vida

    Religiosad) Nicolau Maquiavel, O Prncipe

    37) A __________ , ou seja, a probabilidade de encontrar__________ a um determinado mandato pode fundar-se em diversos_________________. Pode dependerdiretamente de uma constelao de interesses, ou seja, de consideraes utilitrias de vantagens einconvenientes por parte daquele que_________ .Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas.a) Relao, Influncia, Servios, Expressab) Legitimidade, Associaes, Deveres, Falhac) Dominao, Obedincia, Motivos de Submisso,

    Obedeced) Competncia, Hierarquia, Regulamentos, Representa

    7IBFC 03 - VERSO A

  • 38) A democracia, segundo Aristteles, deve ser totalmente soberana, mas com duas limitaes: no deve ir alm dos rgos de deliberao e julgamento, pois estes so poderes coletivos expressos em uma Constituio (o conjunto do povo superior a cada um dos indivduos) e no exigem competncia tcnica; a segunda limitao o dever de agir de acordo com as leis.Com base no que foi citado acima, leia atentamente as afirmaes abaixo:I. A definio processual de democracia, tambm

    chamada procedimental, considera que, alm do direito de voto, a seleo dos representantes polticos deve ocorrer a partir de um processo eleitoral livre, ou seja, competitivo.

    II. A soberania popular enquanto ao democrtica um ideal possvel em todas as sociedades, pois o poder desde os atenienses exercido pelo povo.

    III. A diminuio da participao poltico partidria fortalece a democracia e a torna cada vez mais eficiente, consensual e legitima.

    IV. O nico modo de tornar possvel o exerccio da democracia atribuir cada vez menos ao cidado o direito de participar direta ou indiretamente na tomada de decises coletivas.

    Esto corretas as afirmativas:a) I, apenasb) II e IV, apenasc) I, II e III, apenasd) IV, apenas

    39) Na Amrica Latina, as ltimas dcadas foram vivenciadas com devoo afetiva a vrios lderes atribuindo a eles dotes sobrenaturais, faculdades mgicas, revelaes, poder intelectual e oratria. Tais qualidades os elevam de heri guerreiro, a grande demagogo, sem que, no entanto o povo perceba a dominao na qual envolvido. Entretanto, podemos afirmar que esta obedincia cega subsiste somente enquanto a f dos que acreditam mantm-se.A afirmao acima se refere :a) Dominao Tradicionalb) Dominao Carismticac) Dominao Legald) Dominao Patriarcal

    40) As ONGs, constitudas na forma de fundao ou associao civil, so entidades sem fins lucrativos, de direito privado e realizam atividades de interesse pblico. Sobre as caractersticas e atividades realizadas pelas ONGs, assinale a alternativa incorreta.a) Iniciativas na esfera pblica no realizadas pelo Estadob) Autonomia, livre adeso e participao voluntria dos

    associadosc) Iniciativas privadas orientadas para o lucrod) Realizao de aes solidrias, de ajuda mtua e

    filantrpicas

    41) Em Cincias Polticas, a ___________ pode designarum ato importante de um governante desde que emconformidade com a ___________ ou princpiosaceitos pelos titulares do poder soberano. As vezes a______________do governo interpretada de formaestrita, ocasio em que o governo s consideradolegtimo se for_____________ , sendo a sucesso aopoder predeterminada por uma lei fundamental, a ser respeitada pelo governo que toma posse (MacIVER, R. M. The web of government. New York, Macmillan, 1947.p.225-6, in Dicionrio de Cincias Polticas - FGV - 1987)Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas.a) Aliana, estrutura, aliana, consensualb) Administrao, estrutura, administrao, soberanoc) Democracia, lei, democracia, hegemnicod) Legitimidade, lei, legitimidade, constitucional

    42) Desde os primrdios da civilizao foi imputada ao gnero feminino, a condio de inferioridade, com o passar dos sculos esta desigualdade, no s se acentuou como se alicera em submisso. No Brasil, a atual Constituio datada de 1988 dispe: Artigo 5. Todos so iguais perante a lei, sem distino de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no Pas a inviolabilidade do direito vida, liberdade, igualdade, segurana e propriedade.Assinale a alternativa correta no que diz respeito ao direito igualdade estabelecido no bojo da Constituio Federal:a) A Constituio de 1988 no avana nos chamados

    direitos de igualdade e indiretamente acentua a discriminao entre os gneros

    b) O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, em 1985, criou e divulgou a campanha Mulher e Constituinte e aps a promulgao da Constituio 1988, cria por decreto a Constituio Brasileira dos Direitos da Mulher de 1989

    c) A participao das mulheres no processo constituinte foi de grande repercusso na histria poltico-jurdica do pas o que resultou na elaborao da Carta da Mulher Brasileira aos Constituintes

    d) vedada a cidad brasileira o pedido de petio aos Poderes Pblicos em defesa de seus direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder

    43) (...) Assim como o Estado de estamentos, tambm o Estado representativo se afirma ao menos num primeiro tempo, como o resultado de um compromisso entre o poder do prncipe (cujo princpio de legitimidade a tradio) e o poder dos representantes do povo (por povo entendendo-se, ao menos num primeiro tempo, a classe burguesa), cujo princpio de legitimidade o consenso. A diferena do Estado representativo diante do Estado estamental est no fato de que a representao por categorias ou corporativa (hoje se diria representao de interesses) substituda pela representao dos indivduos singulares (num primeiro tempo apenas os proprietrios), aos quais se reconhecem os direitos polticos.Assinale a alternativa correta quanto ao autor deste fragmento:a) Norberto Bobbiob) Nicolau Maquiavelc) Karl Popperd) Getlio Vargas

    44) Assinale a alternativa correta:a) As Autarquias so pessoas jurdicas de direito pblico

    criadas para desempenhar atividades tpicas de Estado, outorgadas e delegadas pelo ente estatal. Rege-se pelo direito pblico justamente por desempenharem funes tpicas de Estado, como sade, educao, previdncia social. Criadas por lei especfica visam lucro e no so obrigadas por lei a prestao de contas

    b) As Agncias Executivas, assim como as agncias reguladoras, no so um novo tipo de entidade da Administrao Indireta. Tratam-se apenas de autarquias ou fundaes que receberam uma qualificao especial, para o melhor cumprimento de sua misso. Ressalte-se que no o contrato de gesto que concede privilgios s agncias executivas. Estes devem ser previstos em lei, em atendimento ao Princpio da Legalidade

    c) As Organizaes Sociais (OS) so pessoas jurdicas de direito pblico, sem fins lucrativos que desempenham atividades de interesse do Estado, criadas para prestar servios sociais, privativos do poder pblico, tais como ensino, pesquisa cientfica, proteo ao meio ambiente. Esta denominao tem por objetivo qualific-la de modo que possa receber recursos privados, isenes fiscais e direito de uso de patrimnio pblicos

    d) Antes da emenda constitucional 19/1998, as fundaes pblicas eram consideradas pessoas jurdicas de direito privado, pois eram criadas diretamente pela lei. Aps a EC 19/98, elas passaram a ter sua criao apenas autorizada por lei especfica (art. 37, XIX, CF/88), devendo a Administrao efetuar o arquivamento de seus atos constitutivos em rgo de registro de pessoas jurdicas, situao caracterstica de pessoas jurdicas de direito pblico

    8 IBFC 03 - VERSO A

  • 45) Os Princpios Constitucionais Expressos esto previstos no artigo 37, caput, da Constituio da Repblica de 1988, os quais so aplicveis a todos os institutos do Direito Administrativo. Sobre o assunto supracitado, analise as afirmativas abaixo, d valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).( ) Moralidade: obrigao de honestidade e de probidade.

    Ser honesto quer dizer ser fiel ao interesse pblico definido na lei. exigido da Administrao como um todo, de cada agente pblico e tambm dos particulares que se relacionam com a Administrao.

    ( ) Publicidade: como a Administrao no titular do interesse pblico, o qual pertence ao povo, tudo aquilo que acontece na esfera administrativa deve ser publicizado. o dever de clareza e de transparncia que a Administrao deve ter em relao aos titulares do interesse pblico.

    ( ) Legalidade: tambm chamado de princpio da juridicidade, exige adequao de toda e qualquer conduta administrativa a todo o ordenamento jurdico, nele estando includos todas as normas e todos os princpios. Enquanto o particular livre para fazer tudo o que no seja proibido, a Administrao s pode agir se a lei ordenar, nos termos que a lei traz, no condicionamento da lei e no tempo que a lei determina. Se a lei no traz qualquer comando, a Administrao no pode agir.

    ( ) Eficincia: foi tornado expresso no caput do art. 37 da CR/88, por meio da Emenda Constitucional n 19/98. Antes da emenda esse princpio no estava escrito na Constituio, pois era implcito, no entanto, a Administrao j tinha o dever de ser eficiente, independente da ordem estar escrita ou no.

    Assinale a alternativa que apresenta a sequncia correta de cima para baixo.a) V, F, F, Vb) F, F, F, Vc) V, F, V, Fd) V, V, V, V

    ____________ ADMINISTRAO PBLICA____________

    46) sabido que o regime jurdico para contratao e compras por parte da Administrao Pblica totalmente distinto do que praticado pela iniciativa privada. O administrador pblico tem uma srie de regras e princpios a observar, sob pena de responder, eventualmente, por determinada conduta. Dentro desse contexto, assinale a alternativa CORRETA:a) aps a definio dos concorrentes, o administrador

    poder, discricionariamente, escolher aquele que melhor atenda ao interesse da administrao, devendo apenas observar o menor preo

    b) o administrador, observado o devido processo licitatrio, quando no for o caso de exceo, dever declarar vencedora a proposta mais vantajosa para a Administrao Pblica

    c) no h necessidade de dar publicidade aos processos de compra, bastando que os interessados tenham cincia do ato

    d) os concorrentes podero manter contato entre si e ajustarem, mesmo sem cincia do administrador, os preos que iro ofertar no processo licitatrio

    47) Nos estudos da administrao e gesto pblica comum que se faa confuso entre institutos como planejamento, plano, programas e projetos o que, via de consequncia, implica em prejuzos para o prprio funcionamento da Administrao Pblica. Em que pese parecerem expresses sinonmias, cada uma delas guarda um significado autnomo e que merece ser detalhadamente compreendido. Neste sentido assinale a alternativa INCORRETA:a) planejamento a metodologia administrativa que

    permite diagnosticar e analisar situaes atuais, de estabelecer resultados - objetivos e metas - a serem alcanados

    b) um programa um documento que traz a indicao de um conjunto de aes que permitem alcanar o objetivo maior de uma poltica

    c) o planejamento se d por meio de uma manifestao de propsitos e intenes sobre uma situao historicamente dada (ponto de partida) e uma situao desejada (ponto de chegada)

    d) programas so atividades de carter continuado que visam a melhoria da qualidade de vida da populao

    48) Em decorrncia do sufocante Estado patrimonial, da falta de qualificao tcnica dos servidores, da crise econmica mundial que explodiu em 1929 e da difuso da teoria keynesiana com vistas superao da crise - que pregava a interveno do Estado na Economia -, o governo Getlio Vargas resolve modernizar a mquina administrativa brasileira atravs dos paradigmas burocrticos difundidos por Max Weber (modelo racional- legal). Nesse contexto, assinale a alternativa correta:a) A reforma Administrativa trazia subjacente uma concepo

    de modernizao, cujo significado era o de reorganizao do aparato estatal com vistas ao aumento do rendimento e da produtividade. Propunha-se a redefinio das atribuies das reparties, a racionalizao de suas estruturas mtodos e normas de trabalho, adequao de recursos financeiros e materiais e um sistema de recrutamento, seleo e aperfeioamento de RH, fundado no princpio do mrito. Tentou-se a instaurao de uma burocracia weberiana no pas

    b) Houve, no perodo, a institucionalizao da funo oramentria, enquanto atividade independente e sem qualquer espcie de vinculao

    c) A implantao do Estado Novo no implicou a utilizao da administrao pblica recm-implantada tambm como forma de controle poltico, nos planos nacional e estadual

    d) A criao de institutos, autarquias e grupos tcnicos foi o recurso utilizado pelo governo sem qualquer inteno de intervir diretamente nas relaes econmicas, mas na verdade apenas como um apoio iniciativa privada

    49) Estrutura organizacional o conjunto ordenador de responsabilidades, autoridades, comunicaes e decises das unidades organizacionais de uma organizao. a forma pela qual as atividades so divididas, organizadas e coordenadas, provocando impactos na cultura organizacional. Nesse contexto, assinale a alternativa correta:a) Estruturas Matriciais so constitudas de divises

    autnomas que produzem um mesmo produto, ou prestam um servio especfico, estabelecidas em regies diferentes

    b) A expresso governabilidade diz respeito capacidade do governo em formular e implementar as suas polticas, podendo-se assinalar a gesto das finanas pblicas, gerencial e tcnica, entendidas como relevantes para a sociedade

    c) Hierarquia a ordenada distribuio dos poderes com subordinao sucessiva de uns aos outros. uma srie contnua de graus ou escales, em ordem crescente ou decrescente, podendo-se estabelecer tanto uma hierarquia social, uma hierarquia urbana, militar, eclesistica etc

    d) A estrutura organizacional determina relaes informais de subordinao, entre as quais o nmero de nveis na hierarquia e amplitude de controle de gerentes e supervisores

    IBFC 03 - VERSO A 9

  • 50) A histria da administrao pblica no Brasil tem menos de 500 anos. Se no muito comparado a outras culturas, suficiente para gerar um modus operandi prprio. Historicamente, os governos no Brasil nunca se preocuparam em estabelecer bons indicadores de gesto. Sobre o assunto, assinale a alternativa correta:a) O desenvolvimento das sociedades organizacionais cria

    padres cada vez menos fragmentados, preservando- se os padres tradicionais de ordem social

    b) Cultura organizacional pode ser entendida como um conjunto de valores e pressupostos bsicos expressos em elementos simblicos, que em sua capacidade de ordenar, atribuir significaes, construir a identidade organizacional, tanto agem como elemento de comunicao e consenso, como ocultam e instrumentalizam as relaes de dominao

    c) A cultura organizacional composta por constantes, no havendo interferncia de fatores variveis como vivncias tcnicas, administrativas, polticas, estratgicas e tticas

    d) Cultura organizacional expresso utilizada apenas na administrao de entidades eminentemente privadas, no se aplicando s instituies pblicas

    51) O empreendedorismo governamental ocorre quando os gestores pblicos aproveitam os recursos disponveis de formas novas e melhores, buscando a satisfao e o benefcio dos cidados. O conceito de empreendedorismo governamental surgiu com o livro Reinventando o Governo - como o esprito empreendedor est transformando o poder pblico, de Osborne e Gaebler. Sobre o tema assinale a alternativa correta:a) Um governo empreendedor pretende controlar a

    economia, seja por meio direto ou indireto, bem como concentrar a gesto das atividades empresariais na administrao pblica

    b) Para um modelo de empreendedorismo governamental deve se buscar o desaparecimento do Estado, para que a administrao pblica conte, cada vez mais, com caractersticas prprias da iniciativa privada

    c) Um governo empreendedor atua estrategicamente buscando gerar receitas, e no despesas, ampliando as prestaes dos servios pblicos e considerando os gastos sob uma perspectiva de investimento

    d) O conceito de empreendedorismo governamental prestigia, em diversos aspectos, a manuteno da burocracia do Estado como critrio para seu prprio funcionamento

    52) A Administrao Pblica, enquanto vertente especfica da cincia da Administrao, preocupa-se com muitas questes comuns a esse campo do conhecimento. De fato, tambm o Estado se manifesta, em suas aes, atravs da criao e funcionamento das organizaes pblicas. Estas se assemelham s organizaes privadas na medida em que necessitam tambm da aplicao dos processos administrativos j vistos, ou seja, Planejamento, Organizao, Direo e Controle. Tambm nas organizaes pblicas encontraremos questes relativas a campos tradicionais de estudo da Administrao, tais como Recursos Humanos, Finanas, Administrao de Materiais, Contabilidade, Oramento, Prestao de Servios, Atendimento ao Pblico, Tecnologia de Informao, etc.Existe atualmente uma tendncia muito forte nas organizaes pblicas no sentido das mesmas incorporarem cada vez mais no seu gerenciamento dirio algumas tcnicas h muito empregadas nas organizaes privadas, uma vez que os desafios e problemas organizacionais so, sob muitos aspectos, semelhantes.Sobre o tema referente as convergncias e divergncias entre a Administrao Pblica e a Administrao Privada, assinale a alternativa CORRETA:a) A administrao pblica administra, em sua grande

    parte, receitas derivas (ex. tributos), que so de carter compulsrio, sem uma necessria contrapartida em termos de prestao direta de servios. A administrao privada, por outro lado, gere receitas advindas de pagamentos feitos por livre e espontnea vontade por parte dos clientes

    b) Tanto a administrao pblica, como a administrao privada, tm como premissas e princpios a observncia ao bem coletivo e social

    c) A nica diferena entre o modelo de Administrao Pblica com a Administrao Privada diz respeito espcie de receitas que ambas gerem

    d) A estabilidade como prerrogativa do servidor pblico considerada como desnecessria para todos os que exercem atribuies de responsabilidade nos rgos e nas entidades da administrao. tida como prejudicial em detrimento do modelo trabalhista adotado pela administrao privada

    53) A transformao radical do cenrio mundial - com a universalizao da informao, o desenvolvimento tecnolgico e a consequente acelerao e expanso do processo produtivo - faz parte do processo de uma nova organizao das relaes internacionais, tendo como pano de fundo a globalizao da economia. Nessa nova forma de organizao, a multiplicao dos polos produtivos e a diversificao dos agentes produtores aceleram tambm as exigncias quanto mquina administrativa do Estado. A partir dessa leitura, assinale a alternativa correta:a) Os pases perifricos contam com diversos mecanismos

    modernos e eficazes para implementao de gesto dos servios pblicos

    b) O aumento constante do nmero de servidores pblicos o mecanismo mais eficiente para a implementao de uma gesto eficaz

    c) Uma das principais diretrizes norteadoras do Estado moderno a descentralizao da atividade econmica, objetivando aumentar a autonomia dos estados e municpios na prestao dos servios que lhes so prprios, reconhecendo a maior flexibilidade e capacidade de as instncias mais prximas da populao identificarem solues criativas e eficazes para o seu adequado atendimento, alm de articular-se com a iniciativa privada para o desempenho conjunto, ou delegado, de grande parte dessas atividades

    d) A modernizao da administrao do servio pblico desnecessria tendo em vista as exigncias burocrticas a ela inerentes

    10 IBFC 03 - VERSO A

  • 54) Planejamento estratgico um processo gerencial que tem como propsito desenvolver e manter uma adequao razovel entre os objetivos, os recursos organizacionais e as mudanas e oportunidades do ambiente. O objetivo do planejamento estratgico orientar e reorientar a administrao em torno da eficincia e da obteno de resultados e crescimento satisfatrio. Neste sentido, assinale a alternativa correta.a) planejamento estratgico disciplina dedicada apenas

    as relaes privadas e de gesto empresarialb) a viso se d pelo relatrio das situaes presentes e

    atuais vivenciadas no mbito da administrao pblicac) os valores devem ser enunciados de forma complexa e

    detalhada e devem ser transmitidos apenas aos cargos de gesto

    d) o planejamento estratgico, seja na esfera pblica ou privada, pressupe o estabelecimento de misso, viso e valores

    55) As atividades de Monitoramento e Avaliao devem ser compreendidas como fases do prprio processo de planejamento das aes assistenciais, o qual precisa assegurar o atendimento s reais necessidades da populao beneficiria, visando consolidar uma rede de incluso e de proteo social aos segmentos mais carentes. A partir disso assinale a alternativa correta:a) O Monitoramento e a Avaliao devem ser utilizados

    como meio para melhorar os projetos e programas existentes, aprimorar o conhecimento sobre sua execuo e seu planejamento futuro, tendo como pano de fundo a contribuio aos objetivos institucionais

    b) Monitorar e avaliar refere-se a um exerccio transitrio e momentneo, sem repercusses a longo prazo

    c) As atividades de Monitoramento e Avaliao no esto compreendidas nos processos de planejamento das aes assistenciais

    d) A implantao de polticas pblicas articuladas a um sistema de informao, monitoramento e avaliao no promove subsdios para a consolidao de polticas pblicas

    56) A Lei de Acesso Informao , como regra, uma lei nacional, ou seja, deve ser observada pela Unio, Estados, Distrito Federal e Municpios. Isto significa que os rgos pblicos integrantes da administrao direta e indireta dos Poderes Executivo, Legislativo - incluindo os tribunais de contas - e Judicirio, alm do Ministrio Pblico e Defensorias Pblicas, devem atender Lei de Acesso Informao. Nesse sentido, assinale a alternativa correta.a) O acesso informao de que trata a Lei compreende,

    entre outros, os direitos de obter informao contida em registros ou documentos, produzidos ou acumulados por seus rgos ou entidades, recolhidos ou no a arquivos pblicos

    b) A informao produzida ou custodiada por pessoa fsica ou entidade privada decorrente de qualquer vnculo com rgos ou entidades pblicas no objeto da Lei de Acesso Informao

    c) dever dos rgos e entidades pblicas arquivar as informaes referentes aos processos que neles tramitam, sem obrigao, no entanto, de prestar informaes aos respectivos administrados

    d) O acesso s informaes pblicas depende, necessariamente de prvia aprovao da autoridade competente que, discricionariamente, pode negar o pedido

    57) Ter um contrato fundamental para a prestao de servios ou de fornecimento, especialmente no setor pblico. Alm de constituir esses documentos da maneira certa, exigido realizar a gesto dos contratos. Nestes termos, assinale a alternativa correta:a) a gesto de contratos atividade eminentemente

    privada, no se aplicando administrao pblicab) a gesto de contratos na Administrao Pblica

    compreende o gerenciamento, o acompanhamento e fiscalizao da execuo dos ajustes, desde a concepo do edital da licitao at a entrega e o recebimento do objeto contratado

    c) o prazo de vigncia dos contratos com a administrao pblica ser sempre previsto em Lei

    d) a Lei 8666/93 dispe sobre os mtodos para contratao com a Administrao Pblica mas no regula, em nenhum aspecto, a gesto dos contratos pblicos

    58) A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ou Lei Complementar N 101, entrou em vigor em 2000 com o intuito de limitar o endividamento da Unio, dos Estados e Municpios, ao passo que define os princpios bsicos de responsabilidade. A lei de Responsabilidade Fiscal passa a ser mais uma ferramenta para determinar diretrizes necessrias para uma boa execuo do errio pblico. Neste sentido assinale a alternativa correta:a) a responsabilidade na gesto fiscal no pressupe a

    ao planejada, vez que no h como se prevenirem riscos nessa matria

    b) a LRP no criou metas em matria de responsabilidade fiscal, deixando-as a critrio de cada administrador

    c) devem ser observadas metas para que haja equilbrio das contas pblicas, bem como a obedincia a limites e condies no que tange a renncia de receita, gerao de despesas com pessoal, da seguridade social e outras, dividas consolidada e mobiliria, operaes de crdito, etc

    d) a Lei no conseguiu estabelecer mtodos para que sejam evitados gastos desnecessrios pela administrao pblica

    59) Sabendo que transparncia e responsabilidade so os pilares bsicos da Lei de Responsabilidade Fiscal, assinale a alternativa correta:a) No obrigatria a publicao dos relatrios fiscais por

    parte da administrao pblica, salvo quando solicitadob) No cabida a realizao de audincias pblicas para

    deliberao sobre os relatrios fiscais previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal em razo da ausncia de expressa previso legal

    c) Com base nos parmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal, a sociedade organizada, alm de exercer o direito de voto para eleger o administrador pblico, tem efetiva oportunidade de participar do processo de administrao pblica, o que, no entanto, permitido apenas no mbito municipal

    d) Os relatrios fiscais devem ter ampla divulgao, assegurando, inclusive, a participao da sociedade na discusso dos PPA, LDO e LOA

    60) Sobre as receitas e despesas pblicas, assinale a alternativa correta:a) despesa pblica se d pela aplicao dos recursos

    estatais e privados, em dinheiro, com a finalidade de custear apenas os servios pblicos necessrios para a manuteno estrutural do respectivo ente pblico

    b) as receitas pblicas subdividem-se em correntes (so as destinadas as despesas correntes, ou seja, todas aquelas que no geram majorao do patrimnio do ente pblico); e de capital (so as destinadas a cobrir as despesas de capital a ttulo de investimentos, criando acrscimo ao patrimnio pblico)

    c) as despesas no esto previstas na Lei Oramentria, diante da discricionariedade do administrador em eleger, a seu critrio, quais as despesas ir assumir

    d) as receitas pblicas so auferidas apenas por meio da arrecadao de tributos

    IBFC 03 - VERSO A 11

  • ECONOMIA

    61) A Microeconomia trata do comportamento das empresas, famlias, indivduos. Lida com a oferta de um determinado bem ou servio em relao as preferncias dos consumidores e estuda os monoplios, oligoplios, monopsnios e concorrncia perfeita. A macroeconomia, por sua vez, estuda o funcionamento da economia de um pas de uma forma mais abrangente. Este estudo abrange o nvel geral de preos, emprego e desemprego, renda, produto nacional, investimentos, taxa de cmbio, balano de pagamento, inflao, poupana e consumo, estoque de moeda, polticas fiscais, monetrias, cambiais entre outros fatores. A partir dessas consideraes, assinale a alternativa CORRETA.a) As movimentaes de capital so registradas no balano

    de pagamentos para permitir o acompanhamento, por exemplo, das entradas autnomas de capital por meio de aquisies de aes e ttulos governamentais feitas por no residentes

    b) Discrepncias estatsticas aparecem quando so registradas transaes econmicas entre residentes e no residentes no balano de pagamentos. Ao traar uma linha imaginria sobre esses erros e emisses, possvel perceber que, acima da linha, esto as transaes autnomas ou independentemente motivadas pelos bancos centrais para a conduo da poltica monetria

    c) O PIB nominal a medida do produto ideal para avaliar o nvel e a trajetria de crescimento econmico, pois representa mtrica de produto a preos constantes a partir de determinado ano-base

    d) A atuao do BC na poltica monetria tem papel fundamental para que a demanda agregada cresa de maneira muito rpida, pois assim estar contribuindo para inflao baixa, desemprego baixo e crescimento econmico alto

    62) Ainda que o assunto Estado versus Mercado no seja novo, o papel do Estado na economia um dos temas mais discutidos da poltica pblica nos pases desenvolvidos e nos menos desenvolvidos. A presena de bens pblicos, externalidades, monoplio, mercados incompletos e informao imperfeita reconhecida pela teoria neoclssica do bem-estar como a fonte do fracasso do mercado para atingir a eficincia alocativa na economia, para obter o resultado ideal. Nessa situao, o governo chamado a intervir para corrigir essas falhas, fornecendo bens pblicos, como segurana e justia, para proteger os direitos propriedade, atendendo s externalidades por meio da educao e da proteo ao meio ambiente, regulando o monoplio por meio de poltica antitrust e superando a informao imperfeita por meio da proteo ao consumidor e de regulamentaes financeiras. Feitas essas consideraes assinale a alternativa correta:a) Keynes no defendeu a interveno do governo

    por duas razes principais: primeiro, para oferecer um ambiente so para que o jogo livre das foras econmicas realize todas as potencialidades de sua produo e, depois, para tratar com os defeitos do sistema capitalista e evitar a sua destruio

    b) A concentrao da renda no um resultado natural do funcionamento das foras do livre mercado no sistema capitalista de mercado

    c) O crescimento e a estabilidade da economia capitalista esto fortemente relacionados com a distribuio da renda entre os fatores da produo

    d) A interveno do Estado na economia, no sentido neoclssico ou no sentido keynesiano, efeito de uma causa: o sistema de livre mercado no obter o melhor resultado possvel para a sociedade. Nessa situao, o governo pode escolher intervir, quando entender necessrio

    63) A ao do governo atravs da poltica fiscal abrange as trs funes bsicas das finanas pblicas: a funo alocativa, a funo distributiva e a funo estabilizadora. A educao e a sade, quando bem distribudas e ofertadas de forma igualitria, tendem a garantir o mnimo social na medida em que garantem que todos tenham um padro mnimo de bem-estar, na medida em que visam reduzir a sensao de excluso da sociedade causada por diferenas da renda, e na medida em que visam eliminar as vantagens desproporcionais na educao. Diante dessa anlise, responda a alternativa correta:a) a funo distributiva se prope a promover o ajustamento

    na distribuio da renda mas sem se preocupar com a garantia de oferta de bens e servios para a populao menos assistida ou em situao de pobreza

    b) a funo alocativa, diferente do que parece indicar o nome a ela atribudo, no busca promover ajustamentos na alocao de recursos

    c) a funo estabilizadora no busca promover a manuteno da estabilidade econmica, vez que no h como se falar em estabilidade na economia. A funo estabilizadora, por essa razo, no se relaciona com o uso da poltica oramentria com o objetivo de manter o pleno emprego

    d) a funo distributiva refere-se organizao da distribuio da renda, resultante dos fatores de produo capital, trabalho e terra e da venda dos servios desses fatores no mercado. Ela pode ser feita por meio do mecanismo das transferncias, dos impostos progressivos e dos subsdios para assegurar conformidade com o que a sociedade considera uma situao justa de distribuio

    64) Dficit Pblico o nome que se d relao na qual o valor total das despesas pblicas maior que o valor total das receitas pblicas, considerando-se, nesta determinada relao os valores nominais, ou melhor, a inflao e a correo monetria do mesmo perodo considerado. O dficit pblico, ou governamental, encobre diversas caractersticas do processo oramentrio que so fundamentais para a determinao das causas do mesmo. Merecem destaque:- a contribuio do dficit passado para o atual;- o efeito da inflao sobre a receita e despesa do governo;- o efeito da variao das taxas de juros;A partir desses esclarecimentos assinale a alternativa correta:a) Receitas e despesas do governo no so diretamente

    afetadas por movimentos cclicos da economia. O endividamento pblico no afeta em nada a poltica tributria do Estado

    b) A Dvida Lquida do Setor Pblico equivale ao total das obrigaes do setor pblico no financeiro deduzido dos seus ativos financeiros junto aos agentes privados no financeiros e aos agentes financeiros pblicos e privados

    c) A Dvida Pblica Mobiliria Federal Interna no leva em considerao a aplicao de juros. A contabilizao dessa dvida se apropria dos valores devidos considerando os pagamentos ocorridos no perodo

    d) A Dvida Pblica Mobiliria Externa no inclui os ttulos emitidos no mbito dos programas de renegociao da dvida externa (Brady bonds) e nem os ttulos emitidos em forma de ofertas pblicas que ocorreram a partir da renegociao da dvida externa

    12 IBFC 03 - VERSO A

  • 65) A histria do Brasil foi marcada por uma inflao acentuada que teimava em persistir mesmo com muitos planos de estabilizao. As interpretaes para o problema de descontrole de preos foram muitas, perpassando por vrias abordagens tericas que inspiraram os Planos de estabilizao dos anos 1980 e 1990. A proposta da teoria da regulao emerge a partir dos problemas observados nas economias capitalistas nos anos 1970 (estagflao), criando necessidade de maiores estudos sobre as crises e regularidades que acontecem a longo da reproduo do capital. Feitas essas observaes, assinale a alternativa correta:a) Em termos estritamente econmicos, a teoria da

    regulao procura expressar o modo como um processo essencialmente contraditrio - o processo de acumulao de capital - consegue reproduzir-se com um grau suficientemente inteligvel de regularidade

    b) O regime de acumulao o conjunto de regularidades que asseguram uma progresso geral mas no coerente da acumulao de capital, ou seja, que no permitem absorver ou repartir no tempo as distores e desequilbrios que surgem permanentemente ao longo do prprio processo

    c) A definio da relao salarial no condiz com a caracterizao dos diferentes tipos de organizao do trabalho, do modo de vida dos trabalhadores e das modalidades de relao que ocorrem na reproduo dos assalariados

    d) No Cruzado, seguiu-se estabilizao um superaquecimento da demanda que foi apontado como uma das principais causas do sucesso do Plano. Com a economia mais prxima do pleno emprego, qualquer aumento da demanda iria se refletir no controle e estabilidade inflacionrios, como de fato aconteceu no perodo

    ____________ CONTABILIDADE PBLICA____________66) A Lei federal N 4.320 de 17 de maro de 1.964 determina

    normas de Direito Financeiro para elaborao e controle dos oramentos e balanos da Unio, dos Estados, dos Municpios e do Distrito Federal. Com base nessa legislao, e em relao s Receitas e Despesas analise as proposies a seguir, atribuindo- lhes valores verdadeiro (V) ou falso (F):( ) Tanto as Receitas como as Despesas de cada rgo

    do Governo ou unidade administrativa dividem-se em duas categorias econmicas: Receitas e/ou Despesas Correntes e Receitas e/ou Despesas de Capital.

    ( ) Receitas Tributrias, Receitas de Contribuies, Receita de Operaes de Crdito e Receita de Servios so exemplos de Receitas Correntes.

    ( ) As Despesas Correntes dividem-se em Despesas de Custeio, Transferncias Correntes e Investimentos em Obras Pblicas.

    ( ) As despesas do governo com o pessoal civil e pessoal militar, despesas com os pensionistas e inativos e juros da dvida ativa so exemplos de Despesas de Custeio.

    Assinale a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a sequncia correta:a) V, F, V, Fb) V, V, F, Fc) V, F, F, Fd) F, F, F, V

    67) A lei 4.320/64 determina que o exerccio financeiro das entidades pblicas coincidam com o ano civil. O citado normativo diz que pertencem ao exerccio financeiro as receitas nele arrecadadas e as despesas nele legalmente empenhadas. Com relao ao exerccio financeiro e s receitas e despesas do setor pblico, assinale a alternativa correta:a) Restos a pagar so as despesas legalmente

    empenhadas e no pagas at o dia 31 de dezembrob) Restos a pagar so despesas pagas mas no

    empenhadas at o dia 31 de dezembroc) As despesas que do origem conta Restos a Pagar

    podem ser as despesas autorizadas e despesas no autorizadas

    d) As despesas legalmente empenhadas e pagas dentro do exerccio financeiro, mas no autorizadas pelo poder competente so classificadas em Restos a Pagar

    68) A Lei 4.320/64 preconiza em seu Art. 83 que A contabilidade evidenciar perante a Fazenda Pblica a situao de todos quantos, de qualquer modo, arrecadem receitas, efetuem despesas, administrem ou guardem bens a ela pertencentes ou confiados. Para atingir esse objetivo de evidenciar a situao econmica dos rgos pblicos, so gerados relatrios pela contabilidade. Nesse sentido, assinale a alternativa correta.a) Os resultados gerais do exerccio so demonstrados

    no Balano Oramentrio, Balano Financeiro, Balano Patrimonial e Demonstrao de Resultados do Exerccio

    b) O Balano Financeiro demonstra as receitas e as despesas previstas em confronto com as realizadas de cada exerccio

    c) O Balano Oramentrio demonstra a receita e a despesa oramentrias, bem como os recebimentos e os pagamentos de natureza extra oramentria, conjugados com os saldos em espcie provenientes do exerccio anterior, e os que se transferem para o exerccio seguinte

    d) O Balano Patrimonial demonstra Ativo Financeiro, o Ativo Permanente, O Passivo Financeiro, o Passivo Permanente, o Saldo Patrimonial e as Contas de Compensao

    69) A auditoria governamental voltada para a administrao pblica, tendo como objetivo a preservao do patrimnio pblico, bem como dos interesses dos cidados. A respeito desse assunto, analise as afirmativas a seguir:I. A fiscalizao contbil, financeira, oramentria,

    operacional e patrimonial da Unio e das entidades da administrao direta e indireta, exercida pelo Congresso Nacional, mediante controle externo, e pelo sistema de controle interno de cada Poder.

    II. O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, exercido com o auxlio do Tribunal de Contas da Unio, Tribunais de Contas dos Estados, do Distrito Federal, Tribunais ou Conselhos de Contas Municipais.

    III. A denuncia de irregularidades ou ilegalidades perante o Tribunal de Contas da Unio pode ser feita apenas por pessoas fsicas ou jurdicas vinculadas partidos polticos ou membros do governo.

    Esto corretas as afirmativas:a) I apenasb) II apenasc) I e II apenasd) I e III apenas

    70) Com relao aos registros contbeis das operaes do poder pblico, a Lei 4.320/64 estabelece uma srie de preceitos que devem ser rigorosamente seguidos pela contabilidade. A esse respeito, assinale a alternativa incorreta:a) Os servios de contabilidade devem ser organizados

    de forma a permitirem o acompanhamento da execuo oramentria, o conhecimento da composio patrimonial, a determinao dos custos dos servios industriais, o levantamento dos balanos gerais, a anlise e a interpretao dos resultados econmicos e financeiros

    b) A escriturao sinttica das operaes financeiras e patrimoniais devem ser efetuados pelo mtodo das partidas simples

    c) Os dbitos e crditos devem ser escriturados com individuao do devedor ou do credor e especificao da natureza, importncia e data do vencimento, quando fixada

    d) Devem ser contabilizados os direitos e obrigaes oriundos de ajustes ou contratos em que a administrao pblica for parte

    IBFC 03 - VERSO A 13

  • IBFC 03 - VERSO A

Recommended

View more >